Cafezinho do Brasil | Nespresso celebra 15 anos no país com retorno de café icônico

Sucesso absoluto entre coffee lovers e clientes da marca em 2016 e 2019, a receita de grãos 100% nacionais volta em Edição Limitada como presente da marca em suas bodas no país

Com cheiro de infância e memória afetiva, a Nespresso, pioneira no mercado de cafés de alta qualidade sustentável, resgata uma de suas grandes homenagens ao mercado de cafés brasileiro relançando, por tempo limitado, o Cafezinho do Brasil. A variedade composta por Arábicas do Cerrado Mineiro e do Espírito Santo, e realçada pelo adocicado Bourbon de Carmo de Minas e de Poços de Caldas, provoca lembranças sensoriais aos apaixonados por cafés, que encontrarão em sua xícara um perfil sensorial tradicionalmente brasileiro: intenso e presente.

Disponível a partir deste mês, a Edição Limitada com sabor de Brasil dá continuidade as celebrações do aniversário de 15 anos da marca no país. "A cultura do café brasileiro é rica, vibrante e profundamente arraigada no país. A bebida é sinônimo de boas-vindas: é oferecida a convidados na entrada de empresas ou de casa, permitindo que as pessoas compartilhem momentos por meio de um "cafezinho". Essa conexão nacional nos inspirou a resgatar o Cafezinho do Brasil durante um ano tão especial para nós no país" diz Marcos Djinishian, head de Marketing da Nespresso no Brasil.

A história da marca se confunde com a cultura do café brasileiro desde a criação da companhia em 1986. Grãos Arábica do Brasil fazem parte da composição de receitas clássicas como as dos cafés Volluto e Ristretto, sendo o país o maior fornecedor de café verde para a companhia. Além disso, atualmente, o consumidor brasileiro ocupa a segunda posição no ranking de bebedores de café no mundo, ficando atrás apenas dos EUA.

De textura aveludada, com notas herbais e um toque torrado, o Cafezinho do Brasil estará disponível até 26 de junho, ou enquanto durarem os estoques nos canais oficiais da marca - nas Boutiques, no site, no aplicativo ou pelo telefone 0800 7777 737, por R$3,10/cápsula ou R$31,00 um estojo com dez cafés.

Experiência Nespresso | Boutique em Casa

Como parte da experiência de consumo Nespresso, a marca preparou alguns momentos especiais na Boutique em Casa com foco em harmonizações de alimentos tipicamente brasileiros com o Cafezinho do Brasil.
Esse serviço de streaming ao vivo e online da Nespresso funciona de segunda a sábado, das 10h às 18h. Possibilitando uma interação especial com Coffee Experts da marca para dicas do universo dos cafés.
Para conferir a programação, basta acessar o link: https://www.nespresso.com/br/pt/boutique-em-casa.

Sustentabilidade: Um compromisso do grão à xícara

Como parte de um dos pilares mais importantes para a marca, 100% das fazendas fornecedoras para a empresa no Brasil fazem parte do Programa Nespresso AAA de Qualidade Sustentável™️, desenvolvido em 2003 em parceria com a Rainforest Alliance para fornecer aos produtores, conhecimentos e técnicas que os apoiassem na produção de um café de alta qualidade, utilizando práticas sustentáveis e também contribuindo para sua qualidade de vida.

Atualmente, mais de 100 mil fazendas parceiras em 17 países são auxiliadas por mais de 450 agrônomos, que os ajudam a cultivar o café de forma ambiental, social e economicamente sustentável.

Para fechar a cadeia, todas as cápsulas Nespresso são recicláveis. Atualmente, a companhia oferece um serviço de reciclagem para 100% dos consumidores, com 200 pontos de coleta espalhados pelo Brasil, logística reversa com a Entrega Verde em algumas capitais do país e envio de cápsulas pelos Correios.

9==gMmlDZjJjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnOxIDO2YjMxUzMyozZlBnauc3bsJGNlZ2NjBjMiJTM1QWO1AzM1EDOiZjYzEWM3QGMjlzYGJTJjlzYGJTJxEDO0YkMlMzMwEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopjM
Sleeve Cafezinho do Brasil
Intensidade 9
Intenso e encorpado com notas herbais e um toque torrado
R$ 31,00 (cada cápsula R$ 3,10)

Sobre a Nespresso
A Nespresso é pioneira em café em porções individuais da mais alta qualidade sustentável. No Brasil desde 2006, conta com 33 Boutiques e cerca de 700 colaboradores nas principais cidades do país. A linha doméstica da marca oferece 29 variedades de cafés, além de máquinas e acessórios para uma experiência completa. Já a linha Nespresso Profissional apresenta 15 cafés e máquinas adequadas para estabelecimentos de alta rotatividade, como hotéis, restaurantes e empresas. Por meio do compromisso The Positive Cup™, a Nespresso atua na gestão sustentável do café, do alumínio e em práticas relacionadas ao clima. No Brasil, a marca tem investido no sistema de reciclagem de cápsulas e possui mais de 200 pontos de coleta. Todas as informações sobre a Nespresso e o compromisso com sustentabilidade podem ser encontradas no site no site www.nespresso.com.

Cafeteria tem blends exclusivos de café com produção própria

Café Cultura tem torras especiais em laboratório próprio, com gestão completa da cadeia de produção do plantio até a xícara

CURITIBA, 25/05/2021 – O cuidado com o café desde o grão até a bebida é destaque da rede Café Cultura. O processo todo é acompanhado pela equipe da marca catarinense, que garante a alta qualidade de suas torras. O processo exclusivo gera os blends especiais, que podem ser degustados nas lojas ou em casa, com a venda dos pacotes. Toda essa excelência transformou a rede em uma das grandes referências na produção de cafés especiais no Brasil.

“Somos a única rede de cafeterias com projeção nacional com o conceito Farm to Cup, garantindo assim a qualidade em todos os processos, da fazenda à xícara”, diz um dos sócios, Carlos Zilli, que também é diretor de Estratégia Digital na Associação Brasileira de Franchising (ABF). Entre seus vários prêmios, a rede Café Cultura foi considerada a melhor rede de cafeterias do Sul do Brasil e a oitava do país pelo Guia de Franquias 2019/2020, elaborado pela Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios.

Mesmo com a venda online de produtos (no site www.cafeculturabrasil.com), o Café Cultura está em plena expansão de lojas físicas, contando com unidades em Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Paraná. Recentemente, desembarcou na cidade de Curitiba com duas unidades: uma no ParkShoppingBarigüi e outra no Batel Soho.

A rede foi fundada em2004 pela CEO do Café Cultura, Luciana Melo. Neta de imigrantes italianos cafeicultores, busca o cuidado com grãos especiais, selecionando parceiros ideais para elaborar seus blends e apresentar uma verdadeira cultura do café. Há gestão da cadeia desde os produtores até o cliente final. Até mesmo o solo é analisado por Luciana: os grãos 100% arábica tem origem controlada em altitudes acima de 1000m em fazendas de estados como São Paulo e Espírito Santo. Após inspeção, os frutos de alta qualidade são levados ao Café Cultura Lab, laboratório próprio da rede para torrefação e elaboração dos blends.

Linha de Blends

Seis opções completam a linha clássica de cafés do Café Cultura. O House Blend, por exemplo, tem acidez equilibrada com doçura intensa, bem equilibrado e aromático. O Bourbon Amarelo alia notas de caramelo e laranja com notas florais. Já Peaberry é mais aveludado e doce, uma torra mais uniforme com aroma de chocolate. O Orgânico apresenta acidez sutil e corpo médio, de toque cítrico e doce. E o Descafeinado é um café encorpado com notas de frutas secas e nozes que não apresenta o amargor da cafeína. No Dia das Mães, foi lançado o Delas Blend: um café totalmente elaborado por mulheres, plantado no norte do Paraná, cremoso, levemente adocicado e de notasfrutadas.

A marca conta também com edições limitadas e especiais. Para a Páscoa, por exemplo, foi lançado o Páscoa Blend, em uma ação pontual para a celebração com presença marcante do aroma de chocolate. O Café Cultura Lab mantém constante pesquisa de novidades, para o lançamento de variados sabores. Para os próximos meses, já está programado o lançamento de três blends exclusivos.

A rede Café Cultura conta com duas unidades em funcionamento na cidade de Curitiba: ParkShoppingBarigüi (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600) e Batel Soho (R. Saldanha Marinho, 1050). Para mais informações, acesse o site www.cafeculturabrasil.com.

Maio celebra o café no Brasil

Especialista traz dicas para harmonizar a bebida com diferentes alimentos

A degustação de um café ganha sabores especiais no mês de maio, quando é dada a largada para o início da colheita da safra do grão no Brasil. Patrimônio nacional, o café tem apelos bem democráticos com sua variedade traduzida em gostos, aromas e nuances.
Por isso, nada mais justo do que dedicar neste mês homenagens ao café. Para quem não sabe, o calendário brasileiro tem um dia especial: 24 de maio, que celebra o Dia Nacional do Café. A data foi instituída em 2005 pela Associação Brasileira da Indústria de Cafés (ABIC).

O Brasil é o maior produtor e exportador mundial do grão, é responsável por 38% do cultivo no planeta e tem grande parte do plantio concentrado em Minas Gerais [líder nacional], São Paulo, Espírito Santo, Paraná e Bahia.

Café aproxima

“Ainda sentimos os efeitos das medidas de distanciamento social e as pessoas tendem a permanecer mais tempo em casa. Com isso, além do inverno, temos um aumento no consumo do café, que é uma bebida que inspira uma boa conversa a dois ou aquela pausa no trabalho para repor as energias”, explica Carlo Costa Gallinea, diretor comercial da CCG Representações, responsável pela expansão da marca catarinense Bonblend Cafés Especiais.

Se o café é uma bebida popular, pronto para ser consumido em qualquer ocasião, o potencial de combinação com outros alimentos também mostra sua força. Eclético, ele vai bem com frutas, queijos, doces e salgados, além de combinado com outras bebidas e ganhar o status de drink.

Harmonização com comidas

Segundo o executivo da CCG, se a opção for degustar queijos com características mais cremosas e salgadas, a harmonização deve ser feita com o tradicional café coado. Já num café mais adocicado, o contraste é bem-vindo. Neste caso, o acompanhamento vai bem com um pão de queijo salgado, tortas e quiches.

Com as frutas, é só tomar cuidado para não exagerar no sabor amargo, usando frutas silvestres mais adocicadas e encorpadas como peras, framboesas e morangos.

Cafés coados, suaves e adocicados também harmonizam deliciosamente com bolos feitos de fubá, cenoura e milho. Se o cardápio apresentar sobremesas mais intensas como brigadeiros, tiramisu e petit gateau, o café espresso e de volume mais forte é o indicado, segundo Gallinea.

Drinks de café

O café também reúne características que permitem boas combinações com outras bebidas. No inverno, quanto mais quente, melhor. A versão “mocha” - que também é conhecida como moccacino - cumpre à risca esse preceito. Ela é formada com uma dose do café espresso, calda de chocolate ou chocolate quente, leite vaporizado e micro espuma do leite.

“Normalmente, ele vem polvilhado com chocolate ou canela para dar um toque a mais no sabor e na aparência. E também vale aquela foto chamativa para repercutir nas redes sociais”, brinca o executivo.

O preparo Havaiano é outro tipo que pode ser considerado uma boa pedida no inverno. “De forma bem simples, ele é quase um café com leite, mas no lugar do leite de vaca usamos leite de coco em sua composição e uma decoração bem característica com coco queimado nas bordas”, descreve Gallinea.

Até mesmo com bebidas alcóolicas a presença do café ganha destaque. É o caso do café Caribenho. “Ele pode ser considerado um drink, já que leva rum em sua composição. Algumas receitas podem adicionar um pouco de gim e vermute seco, mas a versão original leva apenas rum e açúcar. Outro de tom alcóolico é o café irlandês, que leva whisky e creme batido na receita. Como se percebe, basta soltar a imaginação, usar à vontade o café e brindar suas receitas favoritas”, conta Gallinea.

Sugestão de legenda

Durante o inverno, café ganha destaque na mesa dos brasileiros e harmoniza com diferentes pratos e bebidas

Crédito das fotos

Divulgação/Brasílio Wille

Cafés especiais ganham preferência no gosto do brasileiro

Busca por qualidade e aromas amplia mercado nacional e internacional. Grãos com indicação geográfica se destacam entre os amantes da bebida

Cafés especiais com IG, como os produzidos no norte pioneiro do Paraná, se destacam no mercado pela diferenciação na qualidade, sabor e aroma. Crédito: Divulgação.

Há quase 300 anos, o Brasil começou a trilhar o seu caminho como um dos maiores e melhores produtores de café no mundo. Com os novos hábitos dos consumidores, há uma procura cada vez maior por qualidade e por sensações que essa bebida, que faz parte da tradição brasileira, pode oferecer. Com o crescimento do mercado dos cafés especiais, o público tem mudado a forma de escolher a bebida, o que tem ampliado as chances para pequenos produtores, torrefadores, baristas, provador/classificador e donos de cafeteria, tanto dentro do país como no exterior.

Pesquisa realizada pelo Sebrae, revela que 52% dos profissionais da cadeia produtiva do café especial no Brasil estão há no máximo cinco anos nesse ramo. “O nicho do café especial é totalmente novo no país, mas o fato de agregar valor ao produto e por haver uma procura maior, pelo consumidor, por cafés diferenciados, faz com que esse mercado tenha um grande potencial de expansão”, comenta o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

De acordo com o estudo dos profissionais ligados à cadeia de cafés especiais, este mercado tem ficado cada vez mais com o perfil de empreendedores jovens e com uma participação maior das mulheres à frente desses negócios. Os empresários desse segmento reconhecem a mudança de comportamento do consumidor e têm se preocupado mais com a origem e como o produto é produzido.

Entre os produtores rurais que trabalham com cafés especiais, esse tipo de produto já representa em média 44% da produção total. Os donos de torrefação, assim como os proprietários de cafeterias levam mais em consideração o perfil sensorial, a pontuação do café e a origem do produto do que o preço que irão pagar.

IG trouxe visibilidade nacional e internacional para o café paranaense. Crédito: Divulgação.

IG atende novo perfil do consumidor

O Brasil é o maior produtor de café do mundo e o segundo maior consumidor do grão, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. O país possui 12 indicações geográficas de café. A mais recente foi conquistada pelo Estado do Espírito Santo, maior produtor brasileiro de café Conilon. Somente em 2020, o Brasil produziu 63,1 milhões de sacas, o equivalente a 3,7 toneladas de café, incluindo o arábica e o Conilon.

No Paraná, o norte pioneiro foi a primeira região a conquistar um selo de Indicação Geográfica (IG), em 2012, com o café especial. Os solos de origem vulcânica e clima subtropical oferecem grande potencial para a produção de grãos diferenciados. Ao longo dos últimos anos, a capacidade de produção e colheita tem sido aprimoradas com o uso de novas tecnologias para aumentar a qualidade, agregar valor e atender a demanda em constante crescimento.

A IG trouxe visibilidade nacional e internacional para o café paranaense, abriu novos mercados, melhorou a renda dos cafeicultores e contribuiu para o desenvolvimento da região, que é formada por 45 municípios. O consultor do Sebrae/PR, Odemir Capello, afirma que foram criados vários núcleos de produção no norte pioneiro desde então. Além disso, a região passou a atrair especialistas da bebida por meio da Feira Internacional de Cafés Especiais (Ficafé), o que tem contribuído para a crescente valorização do produto.

“Hoje, cerca de 40 torrefações compram os cafés especiais do norte pioneiro”, conta Capello. Em 2021, a Cooperativa de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (COCENPP) realizou a primeira exportação direta – sem intermediação de traders - de microlotes de café para a Europa. O mercado em crescente expansão reflete o novo perfil do consumidor da bebida, que ficou mais seletivo.

Principais resultados da pesquisa:

O levantamento foi feito com 366 profissionais da cadeia produtiva de cafés especiais, de 22 unidades da federação, no período entre outubro e dezembro de 2020.

- 52% dos profissionais da cadeia produtiva do café especial no Brasil estão há no máximo cinco anos nesse ramo.

- O nicho do café especial é totalmente novo no país, mas o fato de agregar valor ao produto e por haver uma procura maior, pelo consumidor, por cafés diferenciados, faz com que esse mercado tenha um grande potencial de expansão.

- O perfil dos profissionais ligados à cadeia de cafés especiais tem ficado cada vez mais jovem e com uma participação maior das mulheres à frente desses negócios.

- Os empreendedores desse segmento reconhecem a mudança de comportamento do consumidor e têm se preocupado mais com a origem e como o produto é produzido.

- Entre os produtores rurais que trabalham com cafés especiais, esse tipo de produto já representa em média 44% da produção total.

- Os donos de torrefação, assim como os proprietários de cafeterias levam mais em consideração o perfil sensorial, a pontuação do café e a origem do produto do que o preço que irão pagar.

- O novo perfil desse consumidor mais seletivo, acaba se refletindo no aumento da produção de produtos orgânicos e com selo de Identificação Geográfica.

- Um quarto dos produtores de cafés especiais tem selo de IG e outros 10% já estão produzindo cafés orgânicos.

Melitta apresenta o novo café Sabor da Fazenda

Linha chega reformulada para São Paulo e Paraná, com proposta de trazer tudo que o campo tem de mais gostoso em uma xícara de café fresquinho

5==wN1kTZkdjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnOxgzNwITOxIzMxozZlBnauc3bsZDMzMzM1gzN0YkMlgzN0YkMlEzMxMzMGJTJxMTM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTN 7=QWMxgDZ0ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pTM4cDMykTMyMTM6cWZwpmL39Gb3cTMzgjN0MzNyYkMlMzNyYkMlEzMxMzMGJTJxMTM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopDO
São Paulo, maio de 2021 - A Melitta anuncia novidades na linha de cafés para o dia a dia, visando resgatar as boas lembranças e memórias do campo por meio de um café fresquinho. Com grãos selecionados e uma torra diferenciada, o novo Sabor da Fazenda entrega um café com aroma marcante e sabor equilibrado, lembrando o café consumido nas fazendas.

O novo Melitta Sabor da Fazenda tem em seu blend o café como ele é colhido na fazenda, mantendo suas características originais vindas do campo. Para este produto, a Melitta prioriza parte da compra dos grãos diretamente do produtor ou de cooperativas de cafeicultores, valorizando o trabalho deles.

A linha volta reformulada, com embalagens de 500 gramas nas versões a vácuo e pouch, para os pontos de venda de São Paulo e Paraná, e será lançada nos estados do Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O objetivo da Melitta é ampliar a distribuição para levar a mais consumidores uma opção diferenciada da sua linha de cafés tradicionais.

"Queremos enaltecer as memórias relacionadas à fazenda e à vida no campo, que nos remetem a bons momentos e despertam nossos sentidos. Com a ampliação da distribuição para outros estados esperamos que mais consumidores do Sul e Sudeste do país possam desfrutar do melhor café fresquinho para sentir mais a vida", diz João Michaliszyn, gerente de Marketing na Melitta.

Sobre a empresa Melitta

Multinacional alemã presente em mais de 100 países, a Melitta é uma companhia que oferece aos consumidores produtos de qualidade para o preparo e o consumo de café. No Brasil, a marca Melitta tem um portfólio completo para quem aprecia o melhor café fresquinho: cafés torrados e moídos, filtros de papel, acessórios para preparo de café, espresso em cápsulas, café solúvel e bebidas instantâneas. Além disso, detém as marcas Café Bom Jesus e Café Barão. Fundada em 1908, em Dresden, por Melitta Bentz, criadora do primeiro filtro de papel para coar café, hoje a Melitta tem no Brasil o 2º maior mercado. Melitta, café fresquinho para sentir mais a vida. Para mais informações, visite https://www.melitta.com.br. Siga-nos no Instagram @melittabrasil e curta a fan page https://www.facebook.com/MelittaBrasil .

SIM - Serviço de Informação Melitta

0800 595 0203

The American Way Café inaugura amanhã

O badalado bairro do Batel não ficará órfão de um bom café e nem de uma excelente gastronomia Americana

Aproveitando toda a experiência adquirida administrando a ex-franquia do local por mais de um ano, a família proprietária decidiu dar continuidade no negócio acreditando que um futuro próspero e consistente está por acontecer no segmento.

Desta forma no próximo dia 15 de maio haverá a reabertura daquele cantinho saudoso da Gonçalves Dias, 151 no Batel que toda Curitiba aprendeu a amar, não só pela continuidade da excelente gastronomia e acolhimento do local, mas também pela importância aos clientes que utilizam o espaço para se reunir e se divertir.

A proposta do novo estabelecimento é a ampliação do jeito de servir americano, com uma gastronomia rica em sabores e texturas, drinks inspirados naquele país, isso sem esquecer dos cafés e sobremesas que nós curitibanos adoramos ter pertinho de nós sem precisar pegar um avião.

The American Way Café é o novo nome do endereço gastronômico do Batel, aguardamos logo a sua visita no local e no Instagram @theamericanwaycafe.

O Café abre de segunda a sexta das 12 às 21hs e sábados das 10 às 21hs.

Por que o café harmoniza tão bem com queijo?

Harmonização Café e Queijo (Divulgação)
Harmonização Café e Queijo
(Divulgação)
Agosto de 2020 – Já parou para pensar por que é tão gostoso fazer um intervalo no meio da tarde e tomar uma xícara de café com um pão de queijo recém-saído do forno? Protagonistas entre os ingredientes queridinhos dos brasileiros, o café e o queijo possuem sabores peculiares, que, quando misturados, oferecem uma inusitada e deliciosa harmonização gastronômica. A combinação faz parte do cotidiano de muitas culturas ao redor do mundo, inclusive dos brasileiros.

“Em Minas Gerais, por exemplo, existe o costume de se comer queijos meia-cura ou curados com café em alguns momentos do dia, principalmente no café da manhã e no meio da tarde”, pontua Hellen Maluly, doutora em Ciência de Alimentos e consultora do Comitê Umami, organização responsável pela divulgação do quinto gosto do paladar humano no Brasil.

De acordo com a especialista, o motivo para tanto sucesso pode estar diretamente relacionado ao queijo, sendo um dos ingredientes em que o gosto umami - quinto gosto do paladar humano - está presente. “O umami é evidente em muitos alimentos do cotidiano, como tomates, carnes, cogumelos e, principalmente, queijos, tendo um papel fundamental para que a harmonização aconteça”, explica Hellen.

“Quando misturado ao café, o quinto gosto ameniza sensações de alguns tipos de café de torra mais intensa, como o amargor, ou a acidez de cafés que passam por processos de fermentação mais longos. Outros compostos presentes naturalmente nos grãos, como polifenóis, também podem provocar certa adstringência, mas isto irá depender das suas concentrações. No entanto, o fato mais interessante está relacionado ao aumento da salivação provocado pelo gosto umami. A saliva faz com que os aromas, tanto do queijo como do café, possam se diluir com mais facilidade, oferecendo continuidade ao sabor na boca e uma harmonização perfeita entre o café e o queijo”, complementa.

Para ter uma experiência mais acentuada, vale escolher cafés e queijos de boa qualidade para melhorar ainda mais essa combinação. Hellen ainda dá algumas dicas: “Alguns blends, feitos com Coffea arabica e Coffea robusta, podem ser mais amargos pelo aumento do teor de cafeína e são excelentes escolhas para queijos mais fortes. Já queijos mais leves, como brie, camembert ou mesmo queijos frescos, combinam bem com cafés da variedade arábica, pois são mais leves e realçam o dulçor, principalmente se forem servidos com geleias aromáticas, feitas com cascas de laranja e especiarias, por exemplo.

Vamos experimentar? Está quase chegando a hora do café!

UMAMI
É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/ogostoumami e instagram.com/ogostoumami.

Celebre o Dia dos Namorados com café

Bebida aproxima as pessoas e aquece ainda mais o coração dos apaixonados
O Dia dos Namorados está chegando e os tradicionais jantares românticos podem ficar de lado nesse momento de isolamento social. Mas nem por isso a data vai passar em branco.

Uma boa alternativa será trocar o encontro em restaurantes por comemorações mais reservadas, dentro de casa. Uma boa maneira de surpreender a pessoa amada é levar o café da manhã na cama para ela, tornando o dia menos estressante e mais feliz.

Confira abaixo algumas sugestões da Bonblend – marca de cafés especiais que harmonizam sabor e aroma - para ter uma combinação perfeita e arrasar nesta data:

Preparo

Um delicioso café envolve os ingredientes certos e na dose certa. Para fazer um litro da bebida, a recomendação é um litro de água filtrada para três colheres de sopa de café Bonblend Tradicional ou Clássico, já em pó. Leve a água ao fogo, mas não deixe ferver. É que quando isso acontece, a água perde o oxigênio e queima o pó, alterando o sabor da bebida. A dica é retirar a água do fogo quando observar o surgimento das primeiras bolhinhas na chaleira.

Se desejar incrementar a produção no tradicional café com leite, faça um coração sobre a bebida. Para isso, basta uma folha de papel e um molde vazado de coração. Depois é só posicionar sobre a xícara cheia e polvilhar canela ou cacau em cima.

Bandeja

Separe uma bandeja que você já tem e utilize suas próprias ideias para decorar. O simples bem feito traz ótimos resultados.

A dica é escrever palavras românticas na xícara, na caneca ou no guardanapo de seu amor. Use uma canetinha de tinta permanente e solte a imaginação para expressar seus sentimentos.

Comidinhas

Pequenas porções de comida agradam em cheio. Doce de leite e geleias são atraentes para adoçar o dia.

Pense também em ovos mexidos, iogurte natural com mel, frutas ou cereais. Pães integrais ricos em fibras sustentam e bolos leves e sem coberturas completam uma pequena, mas agradável refeição.

Frutas

Arrisque em cores fortes para lembrar o tom da paixão. Morangos e framboesas formam um ótimo mix.

Proximidade

Sim, uma boa conversa com seu amor - acompanhada de um carinho sincero e uma boa xícara de café - fortalece os laços e intensifica a relação.

“Depois da água, o café é a bebida mais consumida em todo o mundo. O café também aproxima as pessoas e traz uma série de benefícios à saúde, especialmente por ampliar o estado de alerta e estar associado à uma sensação de bem-estar”, argumenta Carlo Costa Gallinea, diretor comercial da CCG Representações, empresa responsável pela expansão comercial da Bonblend - empresa que há dez anos trabalha com grãos e blends especiais no Paraná e em Santa Catarina.

Você sabia?

Quem bebe café diariamente e em quantidades adequadas ingere vitaminas, minerais e nutrientes que estimulam o organismo e comprovadamente ajudam quando o tema é atenção e concentração.

Também considerado um estimulante natural, o café dá mais agilidade ao organismo, diminui o sono e o cansaço. A cafeína, por sua vez, possui um efeito bronco-dilatador e diminui a fadiga dos músculos respiratórios.

Almoço especial para os namorados

Mas se você quiser incrementar ainda mais o seu Dia dos Namorados, pode fazer um almoço rápido e especial tendo como prato principal um espaguete ao Bonblend. Confira a receita exclusiva do chef Angel Gabriel Jaimes Carvajal, da Especiaria Eventos e Gastronomia, em Curitiba.

Espaguete ao Bonblend

Ingredientes:

Molho

- 50 gramas de manteiga
- 50 gramas de farinha de trigo
- 300 ml de leite
- 60 ml de café Bonblend bem forte
Sal, pimenta e noz-moscada a gosto
Massa
- 300 gramas espaguete caseiro ou da sua preferência
- 1 litro de água para cocção
- sal a gosto
Modo de preparo:

- Derreta a manteiga, adicione a farinha e mexa por dois minutos sem parar.
- Adicione o leite frio e continue mexendo por mais 3 minutos sem parar. Acrescente o sal, a pimenta e a noz-moscada.
- Quando a mistura estiver homogênea, acrescente o café Bonblend quente e mexa por mais 1 minuto. Está pronto.
Massa

- Cozinhe a massa temperada com sal até a massa ficar al dente.
- Escorra o espaguete e reserve 50 ml da água da cocção.
Montagem

- Adicione os 50ml da água de cocção ao molho.
- Mexa e acrescente o macarrão. Incorpore tudo e sirva.
- Polvilhe café e café em grãos para dar crocância.
Rende 2 porções.

Sobre a Bonblend

Fundada em 2009 em Joinville-SC, a Bonblend surgiu da paixão do casal Valéria e Claudimar Zomer pela magia do café. Seu objetivo foi desmistificar os tipos especiais e inseri-los na cultura diária do consumidor, disponibilizando acesso a produtos de maior qualidade e preço justo.

A Bonblend fornece cafés das principais regiões brasileiras, preserva a verdadeira essência de cada terroir e está presente em dezenas de cafeterias, empresas e escritórios de Santa Catarina e do Paraná. Em 2020 a Bonblend deseja ampliar a presença nacional e busca mercados internacionais. Bonblend pode ser encontrado no site, em empórios especiais e também nos principais Marketplaces do país.

Sugestão de legenda

Café da manhã na cama é ótima opção romântica para celebrar o Dia dos Namorados.

Se quiser preparar um almoço especial, a dica do chef Angel Gabriel Jaimes Carvajal, da Especiaria Eventos e Gastronomia, em Curitiba, é Espaguete ao Bonblend.

Crédito da foto Divulgação

Café do Moço abre as portas em Curitiba com a melhor experiência em cafés especiais no Brasil

A cafeteria Barista Coffee Bar deu lugar ao Café do Moço, um projeto pioneiro do casal Leo Moço e Estela Cotes em parceria com a Prumo, aceleradora do Grupo 3Corações

CURITIBA, 24/01/2020 – O público curitibano se despediu no último ano do Barista Coffee Bar, loja da marca Café do Moço, considerado um dos principais endereços de cafés especiais na capital paranaense. Inaugurado em 2014, em um espaço de apenas 18m², o empreendimento logo ganhou destaque, cresceu e conquistou o mercado servindo cafés exclusivos, que carregam toda excelência do barista tricampeão brasileiro, Leo Moço.

Agora, a simpática casa de cafés especiais deu lugar a uma nova loja, que abriu ao público na última segunda-feira, dia 20 de janeiro, com um conceito inédito na capital paranaense. O Barista Coffee Bar assumiu a identidade de Café do Moço, com um ambiente completamente remodelado e novos serviços, que oferecem a melhor experiência em cafés especiais no Brasil. Com um projeto inovador, a nova cafeteria tem 300 m², com capacidade para 130 pessoas, divididos em ambientes diversos, contando inclusive com áreas de experiências de café e produtos relacionados ao universo de cafés especiais.

“A nova loja é uma grande imersão no mundo dos cafés especiais. Trouxemos um novo conceito para Curitiba, redesenhando desde as embalagens dos nossos produtos até as novas linhas de cafés com grãos selecionados”, comenta Leo Moço, que comanda o empreendimento ao lado da diretora-executiva Estela Cotes. O novo Café do Moço é o primeiro fruto da parceria da marca com a aceleradora Prumo, um dos braços do Grupo 3Corações, que tem quase 30% de participação no mercado nacional de cafés.

Segundo Leo Moço, o Café do Moço tem como objetivo resgatar a identidade brasileira em relação ao café. No local, os consumidores podem escolher cada detalhe do processo de preparo, que conta, por exemplo, com café torrado na hora. “Oferecemos um espaço para o nosso público tomar café do jeito que ele gosta e não replicar um conceito de fora, que é aplicado na grande maioria das cafeterias que trabalham com grãos especiais”, ressalta o barista. “Nosso objetivo é contar para o mundo como o brasileiro toma o seu café, para que o restante do planeta se interesse em provar os cafés mais exóticos e de perfis sensoriais ricos que encontramos apenas aqui”, complementa.

Um dos grandes destaques do empreendimento é o Espresso Bar, um balcão de experiências com três formas diferentes de extração de café espresso em uma máquina La Marzocco Leva. Outras novidades são o bar de drinks autorais, que têm cafés especiais como estrela da receita, e da venda de grãos a granel. Para quem quiser torrar o próprio café para levar para casa, a cafeteria conta com um torrador Atilla, que está à disposição para a realização do processo na hora, em quantidades de 500g a 2kg.

Gastronomia de excelência

O Café do Moço conta, também, com cardápios completos para as mais variadas refeições do dia, do café da manhã ao jantar. A maior parte do menu é assinada pelo badalado chef André Pionteke, e conta com uma forte inspiração na gastronomia regional brasileira, resgatando ingredientes que fizeram a parte da história do Paraná e de outras regiões do país. “A nossa ideia é proporcionar momentos diferentes ao longo do dia, trazendo parceiros que possa agregar à experiência de tomar um café”, explica Estela Cotes.

Para quem ama doces, a confeitaria do empreendimento é assinada pela chef Karla Becker, que teve como missão resgatar uma identidade nacional trazendo doces clássicos da cultura brasileira, sem deixar de lado a harmonização perfeita com os cafés especiais. O novo espaço conta, ainda, com uma área de panificação, assinado pela Padaria Giovanotto, empreendimento especializado em pães de fermentação lenta e natural assinada por André Santi. O Café do Moço conta diariamente com 20 tipos de pães. “Queremos relembrar o público que o café com pão faz parte do dia a dia dos brasileiros, possibilitando a introdução dos cafés especiais nessa rotina”, completa Estela.

O Café do Moço fica no mesmo endereço do antigo Barista Coffee Bar: Rua Moyses Marcondes (nº 609), no bairro Juvevê. O empreendimento funciona de segunda a sábado, das 7h às 21h, e aos domingos, das 8h às 20h. Para dar mais comodidade ao público, o Café do Moço conta com estacionamento exclusivo e gratuito. Mais informações na página oficial do empreendimento no Facebook, no perfil do Instagram e no site www.cafedomoco.com.br.

Duckbill Cookies & Coffee – CWB Juvevê

Duckbill Cookies & Coffee - CWB Juvevê A Duckbill Cookies & Coffee foi fundada em 2016 por Rafael Naves. A inspiração veio durante uma viagem para Nova Iorque, onde conheceu modelos de negócios que operavam com muito sucesso no segmento de cookies e cafés especiais. Mas, para criar o cookie perfeito, ele teve que testar várias receitas. 42, para sermos mais exatos. A qualidade dos cookies e o sabor único são apenas dois dos nossos diferenciais.

Confeitaria Curitibana tem cafés exclusivos preparados pelo barista da casa 

Confeitaria Curitibana tem cafés exclusivos
preparados pelo barista da casa
As únicas mãos de onde podem sair o Café do Barista
e o Kaiser Melange, por exemplo, são as de Regival Miranda
A Confeitaria Curitibana, atração localizada no observatório panorâmico SKY CURITIBA – no ponto mais alto da cidade – é o local perfeito para quem quer ter uma vista ímpar da capital paranaense. Mas a exclusividade do espaço não para por aí, afinal, ela também acompanha o menu, composto por 40 cafés, divididos entre quentes, gelados e alcoólicos. Todos eles trazem uma composição da sua cultura de origem e técnicas exclusivas da Confeitaria, que faz suas releituras. Dois cafés exclusivos da carta só podem ser preparados pelas mesmas mãos: as de Regival Miranda, que está na casa desde a sua inauguração. Quando o mesmo está de folga, esses cafés ficam indisponíveis e somente os demais cafés da carta poderão ser solicitados.
Duas opções exclusivas feitas pelo barista são o Café do Barista e o Kaiser Melange que, de acordo com Regival, surgiram através de suas experiências para que conseguisse “extrair o café junto a especiarias e outros grãos para dar sabores incríveis às bebidas”. Sobre o café que leva sua assinatura, conta que foi uma criação exclusiva, do início ao fim. “O processo começa pelo preparo do xarope de mel e gengibre e pela extração do café, feita na máquina junto com cacau em pó e lâminas de gengibre fresco”, conta. A caneca onde é preparado o Café do Barista também é especial – feita na cidade de Monte Sião, em Minas Gerais. A outra opção, também exclusiva, é o Kaiser Melange, feito com a base do café – de origem austríaca – e com técnicas do barista Regival Miranda. Contém gema de ovo batida com mel e finalizado com café expresso extraído com anis estrelado.
Além do austríaco, opções de diversos tipos de cafés e vindos dos quatro cantos do mundo estão disponíveis na carta, também preparadas pelo Regival. O Eiskaffee, típico alemão e preparado com chocolate belga, por exemplo, é uma opção gelada preparada com uma bola de sorvete. Por contar com o tradicional e muito conhecido chocolate belga, para alguns, o café pode ser consumido até mesmo como sobremesa. Nos quentes, o destaque étnico vai para o Marocchino di Alba, que por sua origem alemã, da cidade de Alba – onde está a fábrica da Nutella – é o queridinho da casa, levando em sua receita o próprio creme de avelã. O Touba, simples café expresso, é de origem senegalense, onde as pessoas gostam de consumi-lo com algumas especiarias e com alguns toques e técnicas específicos. Na Confeitaria, o Barista Regival criou a versão com pimenta. De diversos países e gêneros de café, a Confeitaria promete agradar a todos os gostos dos seus clientes, enquanto os mesmos estão no ponto mais alto da capital paranaense.
Serviço:
Cobertura do edifício Champagnat Tower - Rua Pe. Anchieta 1287
Terça-Feira à Domingo 12h00 às 00h00

Delícias Madrid

Delícias Madrid
A história da Delícias Madrid inicia em meados de 2014, quando uma mãe e o filho mais novo iniciaram a produção de doces em casa e vendiam no condomínio, por conta de uma crise financeira que a família estava passando na época.
Após começarem a vender os doces no porta a porta de lojas de shopping, para os funcionários das lojas, apesar dos funcionários acharem muito bons os doces, falavam que faltava salgados e sucos. Um dia a mãe que estava desanimada falou que, pela crise, em breve não teria mais comida em casa, mas nesse dia o irmão mais velho que já fazia massas, molhos e carnes desde os 11 anos e com 12 anos saiu vender no condomínio salgados e chegou a faturar 250 reais numa só noite decidiu ajudar, e, no próximo dia, acordou 5 horas da manhã e ficou 2 horas sovando massa e com muito entusiasmo contagiou a família que ajudou-o naquele dia, o irmão do meio fez os sucos, o mais novo ajudou a mãe com os doces e o pai ficou lavando a louça, então saiu vendendo os lanches com um sorriso no rosto.
Com sua alegria contagiou os clientes e com o amor que colocavam nos lanches fidelizaram-nos. Fizeram cursos com chefes que foram para diversos países, Espanha, França, Itália, Irlanda, etc. O pai chamava Rafael José Madrid e o nome era doces Madrid, mas o irmão mais velho pensou que não era somente mais doces, em seguida descobriu que em Madrid na Espanha existe um bairro chamava delicias, por isso chamou Delicias Madrid. A partir disso passou a desenvolver o marketing de um sonho de vida. Pagou sua própria faculdade de comércio exterior com esse trabalho e depois de formado fez cursos de coaching e retiros espirituais que o levaram a descobrir que o seu propósito de vida é de espalhar amor e alegria para as pessoas e dessa forma gerar prosperidade para todo mundo!

Império do Brigadeiro

O Império do Brigadeiro O Império do Brigadeiro oferece doces e delícias feitos com chocolate belga. Alta qualidade, sabor e ampla variedade!

Para estes dias mais frios?
Cafés, cappuccinos, chocolate quente e também o nosso maravilhoso fondue na xícara!
Frutas da estação e opções deliciosas de brigadeiros quentinhos para acompanhar...

Dez opções para você se deliciar.