#2 – Boletim do 30º Festival de Curitiba

Hoje é 17 de março e faltam 12 dias para o Festival de Curitiba

Risorama, 18 anos. Viva a Gargalhada!

Com 18 anos de história, o Risorama já é “de maior” - e considerado um dos mais importantes eventos de humor no Brasil. O primeiro evento do segmento no país que mistura variados estilos de humor com os melhores artistas do gênero como Fábio Porchat, Nany People, Murilo Couto e outros humoristas. Tudo com curadoria de Diogo Portugal, um dos pioneiros do stand-up comedy nacional. O Risorama começa dia 31 de março e vai até 5 de abril, na Live. Todas as informações sobre ingressos, datas e atrações estão aqui: https://bit.ly/3teqym4

Hora de rever (e ouvir) um clássico
Mais de 50 anos após a primeira montagem de Brasileiro, Profissão: Esperança, o clássico do teatro nacional renasce adaptado ao momento atual do país. Com direção da dupla de magos do musical, Charles Möeller e Claudio Botelho, o texto escrito por Paulo Pontes é um dos grandes destaques da Mostra Lúcia Camargo nos dias 31 de março e 01 de abril, às 21h, no Guairinha. A peça é toda baseada em textos e canções dos compositores Antônio Maria e Dolores Duran. Para entrar no clima, criamos uma playlist com a nata da MPB cantando os temas da peça, além da gravação do espetáculo dos anos 1970 com Paulo Gracindo e Clara Nunes.

Ouça a playlist aqui: https://spoti.fi/3tZH5cN
Saiba tudo sobre a peça aqui: https://bit.ly/3MVyoZs

Baseado em Histórias Reais

Mona Lisa, Noel Rosa, Hitler e Angeli... Você é do tipo que adora uma biografia? Então é aqui o seu lugar. O 30º Festival de Curitiba traz entre os dias 29 de março e 10 de abril uma seleção imperdível de espetáculos baseados em histórias reais. Tem de tudo, musical, comédia, drama, é só escolher e correr para adquirir os ingressos. Aqui a programação: https://bit.ly/34O63Df

O Dia em Que Norma Bengell Chorou
Uma das maiores atrizes e diretoras do teatro e do cinema brasileiro, Norma Bengell chorou no palco do Guairinha no festival de 2008 enquanto interpretava a personagem Madame Clessi da peça “Vestido de Noiva” montada pela Cia. De Teatros Os Satyros. Quer saber o que aconteceu leia a matéria sobre o episódio aqui: https://bit.ly/3Jn0nPG

Os Satyros, aliás, estão de volta, no 30º Festival de Curitiba com duas peças na Mostra Lúcia Camargo, ambas no Teatro Zé Maria, às 21h: “Aurora”, nos dias 7 e 8 de abril; e “Pessoas Brutas”, nos dias 5 e 6 de abril.
Saiba tudo sobre Aurora aqui: https://bit.ly/3iisfs8

E sobre Pessoas Brutas aqui: https://bit.ly/3CQk7cc

Mostra Ave Lola
A Mostra Ave Lola está de volta ao Festival de Curitiba com o tema “Celebrando a Resistência”. São mais de 30 horas de programação, incluindo espetáculos teatrais do Brasil e do Chile, shows musicais, ações formativas, leituras dramáticas e exibições audiovisuais. A mostra acontecerá na Ave Lola ao ar livre – Teatro na tenda, situada na Associação Eunice Weaver do Paraná (Dr. Alarico Vieira de Alencar, 10 – Bacacheri, Curitiba – PR), de 1º a 10 de abril. Para mais informações sobre programação e reservas, o público interessado deve acessar o site www.avelola.net.br

Uma homenagem a Emílio di Biasi

Emílio di Biasi (1939-2020) é uma eminência do teatro nacional. Ator e diretor foi um dos fundadores do Grupo Decisão, nos anos 1960, ao lado de nomes como Antônio Abujamra e Lauro César Muniz. Dirigiu novelas como Renascer e Rei do Gado e coordenou a Oficina de Atores da Rede Globo, onde deu oportunidade a gerações de atores e atrizes. Em 1998, foi dele a direção, no Festival de Curitiba, da estreia de ppp@wlmshkspr.com.br, a peça do grupo Parlapatões que compila toda a obra de William Shakespeare em 90 minutos. Segundo o grupo, a remontagem da peça no 30.º Festival de Teatro é, também, uma homenagem a Emílio. Veja aqui por que a peça é imperdível: https://bit.ly/3CL4wKQ

Bye-bye, baby, bye-bye...

O 30º Festival de Curitiba nem começou e já tem gente ansiosa pela festa de encerramento. Não é pra menos, pois a atração da festa é a Blitz, a banda mais teatral do rock brasileiro. Na árvore genealógica da banda um dos ascendentes é o grupo teatral Asdrúbal Trouxe o Trombone. A festa rola no dia 9 de abril, no Jockey Eventos, parte da turnê de 40 anos da Blitz.
Com sucessos como A Dois Passos do Paraíso e Mais Uma de Amor (Geme-Geme), Evandro Mesquita e Cia prometem fechar com muita classe a edição mais celebrativa do Festival de Curitiba, Detalhes sobre preços e locais de compra de ingressos aqui: https://bit.ly/3N8inzN

Material do Festival de Curitiba 2022 para imprensa:
Os releases, fotos das atrações do Festival de Curitiba estão aqui:
https://bit.ly/36js5hE

O 30º Festival de Curitiba nas Redes Sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/festivaldecuritiba/
Twitter: https://twitter.com/Fest_Curitiba
Facebook: https://www.facebook.com/fest.curitiba/
Youtube: https://www.youtube.com/c/festivalcuritiba
Linkedin: https://www.linkedin.com/company/parnaxxoficial/

Dia do macarrão: variedades do prato típico italiano agradam cada vez mais o paladar dos brasileiros

Fettuccine com ragu de linguiça calabresa é opção para celebrar a data seguindo receitas tradicionais

Ele é o queridinho e o coringa da culinária brasileira. O macarrão faz parte do cardápio de 99,3% dos lares no Brasil, de acordo com pesquisa da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi). O preferido continua sendo o espaguete, mas outras variedades começam a ganhar espaço nas mesas. E as possibilidades são muitas. Na Itália, por exemplo, são mais de 500 tipos de massa. No Brasil, as variedades já chegam a algumas dezenas, com receitas levando, por exemplo, fusilli, penne, talharim e fettuccine.

O Dia Mundial do Macarrão foi comemorado pela primeira vez em 1995, no dia 25 de outubro, durante o Primeiro Congresso Mundial de Pasta, em Roma. E para celebrar a data a Alegra e a Herança Holandesa prepararam uma receita simples, com calabresa acompanhando a massa fresca.

Fettuccine com Ragu de Linguiça tipo Calabresa

Ingredientes

1 ½ xícara de farinha de trigo Herança Holandesa
2 ovos grandes
2 colheres de sopa de azeite
½ colher de chá de sal
500g linguiça tipo calabresa Alegra
3 dentes de alho picados
½ cebola média picada
10 champignons frescos laminados
50ml azeite
1 colher de sopa de orégano fresco
1 colher de sopa de manteiga
600ml de molho de tomate
Sal e pimenta a gosto
Modo de preparo:

Em uma superfície lisa e limpa, faça um montinho de farinha e abra um buraco de aproximadamente 7 centímetros no meio. Coloque os ovos, o sal e o azeite no espaço aberto. Com um garfo, misture tudo lentamente, incorporando um pouco de farinha a cada vez. Misture tudo até formar a massa.

Sove a massa com as mãos de sete a dez minutos, até que ela esteja lisa e elástica. Use um pouco mais de farinha para evitar que ela grude na superfície do trabalho. Faça uma bola e enrole bem com plástico filme. Deixe descansar em temperatura ambiente durante 30 minutos.

Divida a bola de massa em dois. Usando um rolo de macarrão, abra a massa até ficar fininha. Pegue as pontas e junte-as no meio da massa. Corte tiras de cerca de 0,5 centímetro. Polvilhe mais farinha para evitar que os fios grudem. Reserve e repita o procedimento com o restante da massa.

Ferva água numa panela, acrescentando bastante sal. Cozinhe o macarrão de 2 a 3 minutos, ou até ficar al dente.

Para o ragu, em uma frigideira aquecida, coloque o azeite de oliva, a cebola e deixe refogar. Acrescente a calabresa Alegra, esmague com uma colher e refogue até dourar. Adicione os champignons laminados, deixar refogar, mexendo até os cogumelos murcharem. Coloque o orégano, o molho de tomate e a manteiga. Após ferver, adicione sal e pimenta. Sirva a massa com o ragu.

Sobre a Alegra

A indústria de alimentos Alegra é a união das cooperativas de origem holandesa, Frísia, Castrolanda e Capal, que constituem o grupo Unium. Uma empresa que combina condições de trabalho ideais aliando tecnologia, equipamentos de última geração, preocupação com o bem-estar dos animais e sustentabilidade em seu parque industrial, sempre primando pela excelência em seu produto final, que utiliza as melhores carnes suínas.

Em 2017, a marca conquistou o reconhecimento internacional quanto às Práticas de Bem- estar Animal no abate, tornando-se a primeira planta brasileira a receber essa certificação em bem-estar suíno, pela WQS. Mais informações em www.alegrafoods.com.br.

Sobre a Unium

Marca institucional das indústrias das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, a Unium representa os projetos em que as cooperativas paranaenses atuam em parceria. Todas as marcas reunidas pela Unium, inclusive a Alegra, são reconhecidas pela qualidade e excelência.

A Unium também conta com três marcas de lácteos: Naturalle - de produtos livres de aditivos -, Colônia Holandesa e Colaso. No setor de grãos, a Unium conta com a marca Herança Holandesa - farinha de trigo produzida em uma unidade totalmente adequada à ISO 22000, o que a qualifica com elevados padrões de exigência.