Venda de imóveis de alto padrão cresce durante pandemia

Alta do setor entre maio e julho foi de 43%, de acordo com Abrainc. Em Curitiba, empreendimento recém-lançado pela A.Yoshii Engenharia surpreende, com 64% das unidades vendidas

De acordo com o balanço da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) divulgado no início de outubro, a venda de imóveis de médio e alto padrão teve alta nos últimos meses. Os dados mostram que o total de unidades vendidas nesse segmento, em julho de 2020, foi 34,8% maior do que no mesmo mês em 2019. Quando considerado somente o resultado líquido, sem os distratos, o aumento foi de 43,2%.

O levantamento também aponta que os lançamentos de imóveis registraram alta de 38,2% em julho. Em Curitiba (PR), o Grupo A.Yoshii lançou recentemente o Talent, um edifício de alto padrão, que já está com 64% das unidades vendidas. O gerente de unidade da construtora em Curitiba, Erick Takada, conta que a segurança em todo o processo de venda 100% online e estudos de comportamento do consumidor fizeram com que os clientes se sentissem valorizados e confiantes na hora de investir. "Além da alta qualidade de nossos produtos, investimos fortemente nas soluções tecnológicas e digitais e estamos colhendo os frutos", celebra.

Outra estratégia de sucesso foi a campanha de lançamento do empreendimento, que contou com a participação de grandes destaques da cidade - referências em áreas como moda, comportamento, bem-estar, gastronomia e beleza.

Compradora de uma unidade do Talent, Lidiane Dalaqua de Paula explica que, “mesmo com a pandemia e dificuldades no cenário econômico, consegui realizar um dos meus maiores sonhos. No processo de vendas e visita ao showroom, me deparei com um trabalho que envolve excelência e me identifiquei com o empreendimento e com a marca. Realmente, fiquei muito impressionada com a construtora e a qualidade em todos os processos”, comenta.

O quinto empreendimento da construtora em Curitiba, tem 19 andares e está localizado em uma das áreas mais valorizadas da cidade, o bairro Água Verde. As unidades possuem 146 ou 157m² privativos e varanda, um diferencial que vem ajudando a alavancar as vendas, conforme pesquisa recente da Imovelweb. Outra tendência que está presente no Talent são os ambientes integrados e amplos.

“Muitas famílias buscam estabelecer residência no bairro Água Verde, por sua localização estratégica e facilidade de acesso a outros bairros. O edifício chega para suprir essa busca e apresenta, junto a um design contemporâneo, pontos muito desejados, como a sacada ampla com churrasqueira”, reforça o gerente.

O empreendimento, que fica ao lado do Clube Curitibano, oferece ainda estrutura completa de lazer, com espaço fitness, espaço família, brinquedoteca, playground, mini quadra esportiva e salão de festas.

Mais informações: https://www.talent.ayoshii.com.br/.

Grupo A.Yoshii

Fundado em 1965, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná e interior de São Paulo; pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural; e atua em Obras Corporativas, atendendo a grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br

Construção civil lidera geração de empregos no Paraná em 2020, com saldo positivo de 9,2 mil novas contratações

Dados do último Caged registram que apenas os setores de construção e agropecuária registraram saldos positivos de vagas no estado no acumulado do ano

O setor de construção civil se mostrou o mais resiliente à crise gerada pela pandemia do novo coronavírus em todo o estado do Paraná, segundo os dados do último Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), lançado no final de agosto. Os números, que consideram o saldo de contratos de trabalho assinados e encerrados entre janeiro e julho, registraram saldo positivo apenas nos setores de construção civil (9.293 novas vagas) e agronegócio (3.247).

Com a demanda por imóveis em alta, diversas obras em andamento e novos lançamentos agendados, a tendência é que o setor siga investindo e gerando empregos no estado. Sozinha, a MRV, plataforma habitacional líder do mercado, já fez 285 contratações no Paraná entre janeiro e julho deste ano. A partir de setembro a empresa tem dez novos lançamentos previstos para o estado, empreendimentos que devem impulsionar o volume de contratações.

Sobre a MRV

Ao longo de 40 anos de história transformando a vida de milhares de pessoas por meio da casa própria, a MRV, maior construtora da América Latina, se tornou uma plataforma de soluções habitacionais capaz de fornecer a opção de moradia que melhor se adapte ao momento na vida dos brasileiros, seja com a aquisição de apartamentos prontos ou na planta, pela compra de um terreno em loteamentos completamente urbanizados pela Urba, ou mesmo alugando imóveis especialmente pensados, com inúmeros serviços, pela sua startup Luggo, totalmente digital e sem burocracia.

MARCOS BERTOLDI ARQUITETOS & HABITAR A QUARENTENA

HABITAR A QUARENTENA

Sou um privilegiado. Minha profissão me permitiu trabalhar em casa. Passei a vida em home office, a novidade é o confinamento. Vivi grande parte da minha infância em casa e, ainda hoje, é o meu lugar de conforto, segurança e bem estar. Lugar onde preservo as minhas principais memórias, referências e encontros.

Quando comprei o meu primeiro laptop e passei a usá-lo para desenhar, me dei conta de que meu escritório seria onde estivesse. No ano de 2008, trouxe a atividade profissional para casa, inicialmente de maneira improvisada, com certo receio de que o escritório pudesse interferir na nossa rotina e privacidade. Rapidamente percebi que o tempo que eu economizava em deslocamentos, os custos de manutenção da antiga sede e a facilidade em ter o escritório próximo me recompensavam com sobras. Eventuais desvantagens de espaço e no recebimento de fornecedores e de clientes ainda deveriam ser testadas. Quando percebi que a situação não nos causaria nenhum embaraço, iniciei reformas e adaptações no térreo/subsolo da residência de modo a tornar os espaços mais agradáveis e salubres à nossa atividade.

Portanto, em tempos de SARS-CoV 2, estamos razoavelmente preparados, mental e fisicamente. Nossa equipe desmobilizou-se e todos agora trabalham de seus respectivos domicílios. Reuniões entre nós, clientes e fornecedores são feitas online, e têm se mostrado mais objetivas e igualmente eficazes.

O que virá de tudo isso não se sabe. “Fique em casa” é o novo mantra. Ainda lembraremos por muito tempo desta pandemia. O que vamos aprender – se é que aprenderemos algo, passado o susto – ainda é prematuro para se afirmar. Para alguns, nos tornaremos menos materialistas, desperdiçaremos e poluiremos menos, seremos mais solidários e cuidaremos melhor dos nossos entes queridos. A economia, finalmente, estará a serviço do homem – e não o contrário. Enfim, respeitaremos mais o planeta, a vida e o próximo. Assim espero.

P.S.: mesmo com o escritório acessível, bastando descer duas rampas, continuo trabalhando da sala da minha casa, onde tenho o nível necessário de introspecção e concentração.

Top Imóveis comemora Dia do Corretor de Imóveis com resultados positivos

Neste dia 27 de agosto, a Top Imóveis comemora o Dia do Corretor de Imóveis com resultados positivos e mercado aquecido com destaque para operações logísticas e escritórios de até 500m².

Todos os protocolos indicados pelos órgãos competentes estão sendo seguidos como o uso de máscaras, distanciamento necessário entre as pessoas e prioridade de atendimento via videoconferência (Zoom, WhatsApp e outros meios). Em raros casos são realizadas visitas remotas, sempre com transparência na demonstração dos imóveis e nas negociações.

Segundo Eduardo Schulman, sócio-presidente da Top Imóveis “nossos resultados estão totalmente ligados ao desempenho dos nossos colaboradores. Somos um time muito afinado que trabalha junto há anos oferecendo soluções imobiliárias para nossos clientes. As pessoas são o maior ativo da empresa.”

Com um enxuto time multidisciplinar, a Top Imóveis gerencia escritórios corporativos e galpões atendendo empresas que buscam soluções de gestão de patrimônio, locação de espaço em si, desenvolvimento de condomínios logísticos e contratos de permuta de grandes terrenos. Seus colaboradores trazem mais de 20 anos de experiência, inclusive com construção civil, obras, logística, operação de grandes condomínios e gestão financeira.

O corretor de imóveis contemporâneo é aquele que não apenas lista oportunidades de negócio e acompanha visitas, mas pensa junto com o cliente soluções para cada empresa. Tem como papel fundamental equilibrar os interesses de proprietários de imóveis e compradores ou inquilinos. Assim, auxilia nas definições de tamanho, características do imóvel, valores, condições de recebimento, contrato e garantias.

Mas, o principal desafio é se manter atualizado sobre padrões construtivos, diferenciais entre os produtos e legislação. O uso de solo, por exemplo, direciona o tipo de construção e atividade comercial ou residencial que pode ser desenvolvido no local.

Atualmente, o cliente que busca galpões está focado no acesso viário, na quantidade de docas, resistência do piso em toneladas por m², pé direito, medidas exatas da área de armazenagem, as quais influenciam no aproveitamento de estruturas porta-paletes.

No caso de prédios corporativos, o checklist é bastante técnico e vai além de itens como fachada, hall de entrada e andar a ser ocupado. As grandes empresas estão se focando em itens como gerador de energia para áreas comuns, automação predial através de BMS (Building Management System) e a operação do condomínio.

Para Daniel Allegretti, gerente da Aroeira Adminstradora de Bens Próprios “os corretores da Top Imóveis são altamente profissionais, dedicados e com conhecimento de causa. São especialistas nessa área e tem muita experiência”.

Top Imóveis Curitiba

Desde 1988, atua no setor imobiliário paranaense com foco em espaços empresariais. Tem a missão de gerar bons negócios para proprietários de imóveis, locatários, investidores imobiliários ou parceiros de mercado. Sua equipe possui sólidos conhecimentos sobre imóveis industriais - galpões e terrenos - e corporativos - salas ou prédios comerciais, lojas, strip centers e outros empreendimentos de varejo de Curitiba e região metropolitana.

Top Imóveis Curitiba

Telefone: (41) 2105-0500

WhatsApp: (41) 2105-0505

E-mail: contato@topimoveis.com.br

Endereço: Rua Mal.Deodoro, 950, Conj.301 I Centro I Curitiba-PR

Redes Sociais: Facebook, LinkedIn, Youtube, Instagram

www.topimoveis.com.br

TAGs #TopImoveis #imoveiscuritiba #imobiliariacorporativa #realestate #imoveiscorporativos #imobiliariatop #imobiliariacuritiba #Diadocorretordeimoveis

--

Queda de juros aquece mercado imobiliário

Momento é ideal para iniciar um financiamento, negociar taxas com bancos e diminuir valor das parcelas mensais

A redução da Selic de 2,25% para 2% ao ano – determinada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) – deve estimular a atividade econômica e facilitar a obtenção de crédito, já que os bancos tendem a diminuir suas taxas.

De acordo com o professor de administração financeira, controladoria e mercado de capitais do Centro Universitário Curitiba – UNICURITIBA, Samir Bazzi, o momento é indicado para quem pretende adquirir um imóvel. “A tendência é que essa nova taxa alavanque o mercado imobiliário e isso deve impactar o setor”, conta.

“A ocasião também é muito positiva para quem já tem um financiamento. Nas atuais condições, o consumidor pode renegociar os contratos imobiliários e diminuir os valores das parcelas de apartamentos, casas, lotes, salas comerciais, galpões ou qualquer outro tipo de imóvel”, explica o professor.

A especialista em direito imobiliário Morgana Borssuk – sócia do escritório Borssuk & Marcos Advocacia – lembra que quem financiou um imóvel há dois ou três anos, provavelmente fez o contrato com uma taxa de 10% a 11% ao ano. “Hoje, essa alíquota gira em torno de 7%. Isso permite uma conversa com o banco para que tanto o consumidor quanto a instituição financeira cheguem a um equilíbrio justo para os dois lados”, explica.

Troca de banco
A queda da Selic tem estimulado muitos compradores a migrar a dívida de um banco para outro em busca de melhores condições de financiamento. Dados do Banco Central mostram que, de janeiro a maio deste ano, foram realizados 4,3 mil pedidos de substituição de contratos no Sistema Financeiro da Habitação (SFH): alta de 617,2%, em relação a igual período do ano passado.

O movimento de troca de contratos também ocorreu no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), que concentra as operações de maior valor e não permite o uso do FGTS do trabalhador para abatimento da dívida.

Desde que foi criada a lei federal nº 27.703, em 8 de agosto de 2012, é possível fazer a portabilidade de financiamento imobiliário. A primeira etapa é tentar negociar com o próprio banco. Em caso de resposta negativa, a portabilidade do crédito pode ser opção econômica. “Imagine um financiamento de 30 anos. Qualquer redução de um ponto percentual fará grande diferença”, comenta a advogada Morgana Borssuk.

Exemplo prático
Veja abaixo um exemplo que ilustra a importância das renegociações de contratos, as diferenças das taxas de juros e a economia ao final do período de financiamento.

Fazendo uma simulação de um saldo devedor de R$ 500 mil - utilizando uma tabela do Sistema de Amortização Constante (SAC), para um prazo de 240 meses (20 anos) e trocando uma taxa de juros de Custo Efetivo Total (CET) de 11% ao ano por uma taxa de 7% ao ano - a economia pode ser de até R$ 185 mil.

Financiamento de R$ 500 mil
Condições
Antes
Depois
Prazo (em meses)
240
240
Taxa Anual % (CET)
11
7
Juros devidos
526.259,28
340.662,26
Principal devidos
500.000,00
500.000,00
Total devido
1.026.259,28
840.662,26

“Portanto, com a taxa Selic em queda, a renegociação dos contratos de financiamento imobiliário é uma oportunidade que pode se mostrar muito interessante para que o cliente devedor consiga novas e melhores taxas e condições para pagar sua dívida. E num momento de tantas incertezas em relação ao cenário econômico, é algo a se avaliar com seriedade”, explica Morgana.

Cuidados
Mas antes de tomar qualquer decisão, vale a pena pedir ajuda e colocar todos os detalhes e números na ponta do lápis. Caso haja intenção de migrar a dívida de banco, a responsabilidade pela quitação do contrato original é da nova instituição financeira contratada.

A especialista observa que “essa operação é realizada pela Câmara Interbancária de Pagamentos (CIP), sem a participação do cliente. Ou seja, é o banco contratado quem vai fazer o pedido no CIP. Depois de feito o registro nesse sistema, a instituição original tem prazo de cinco dias úteis para se manifestar”. Neste período, ela pode entrar em contato com o cliente e até mesmo oferecer a renegociação do contrato, em condições melhores. Caso o cliente concorde, a portabilidade é interrompida.

Caso decida pela portabilidade, o banco original deve enviar as informações necessárias para que a instituição proponente finalize o processo e liquide a dívida. Após o recebimento dos recursos, a instituição original tem o prazo de dois dias úteis para remeter ao banco que comprou a dívida o documento que efetiva a transação.

“Não há custos de transferência para o cliente. Mas fica sob a responsabilidade dele gastos como uma nova avaliação do imóvel e o de averbação no cartório”, finaliza a especialista em especialista em direito imobiliário.

Top Ten Reasons to Move to Miami

Find an ideal new lifestyle in
Miami’s work & play environment
Times are changing and there are many reasons why Miami is the perfect place to begin your new normal.

Contact me today for the 10 Top Reasons to move to Miami.

I’ll help you obtain the lifestyle you deserve.

Contact Peter

TOP 10 REASONS TO MOVE TO MIAMI

ABOUT PETER GREEN

Peter Green & Associates have worked with Fortune International Realty for the last 9 years. His company is the leader in Luxury New Development in Miami and also specializes in Single Family Homes.

Originally from New York City, he moved to Miami due to the lifestyle and amazing opportunities.

Peter speaks fluent Portuguese and Spanish and plays high level competitive Tennis. His team is very active in the current market and focuses a tremendous amount on Instagram Live and zoom chats to stay connected to his client during this new virtual age.

Contact Peter for expert and comprehensive information on Miami's high-end real estate opportunities.

WhatsApp: + 1.305.815.9595
pgreen@fir.com

Fortune International Realty

Campanha ‘Compra Digital’ traz condições especiais para quem adquirir imóvel totalmente online

Ação da GT Building quer estimular clientes com benefícios como recompra garantida, parcela reduzida e descontos digitais

Desde que a pandemia do novo coronavírus começou, muitas empresas tiveram de se adaptar para oferecer serviços remotamente. Enquanto para algumas isso pode ter sido um processo complicado, outras enxergaram uma possibilidade de transformação e conquista de novos nichos, como é o caso da GT Building. A incorporadora imobiliária – que está entre as maiores de Curitiba – está oportunizando o atendimento online há mais de um mês, mas, no dia 22 de abril, lançou a campanha ‘Compra Digital’, trazendo mais uma possibilidade aos clientes e corretores. A convenção digital que reuniu mais de 700 profissionais imobiliários apresentou quais serão os benefícios que poderão ser oferecidos nesse novo conceito e que valem para todos os imóveis da empresa.

O primeiro deles é a chamada “Recompra Garantida”, que dará ao cliente que comprar um apartamento em abril a possibilidade de devolvê-lo e receber o valor pago até o momento, caso seja necessário. Isso significa que, se alguém adquirir um imóvel da GT Building e, por algum motivo, precisar devolvê-lo, a incorporadora irá reembolsá-lo integralmente do valor pago até então em um prazo de no máximo 90 dias, com exceção da comissão imobiliária paga diretamente aos corretores pela intermediação do negócio. Essa é uma possibilidade que traz mais segurança aos clientes que, adquirindo imóveis em abril, poderão acionar o benefício da recompra até 31 de dezembro de 2020.

Além disso, outro benefício que faz parte da campanha é o da parcela reduzida que consiste na diminuição do valor pago à incorporadora no período de construção do empreendimento – nesse caso, vale para os que ainda não foram entregues. A porcentagem de diminuição varia para cada edifício, o que poderá aliviar as finanças do cliente e é uma variação significativa quando a quantidade é traduzida para reais.

Outro benefício da campanha é chamado de ‘descontos digitais’ e que, assim como o próprio nome diz, dará descontos exclusivos aos compradores que optarem pelo processo digital. Nesse caso, os valores dos empreendimentos estão mais maleáveis e, consequentemente, mais negociáveis e acessíveis. No entanto, são válidos e aplicados somente para as unidades indicadas na tabela promocional, de acordo com o que cada corretor irá apresentar, assim como os descontos são limitados para uma quantidade determinada de unidades para cada empreendimento. A tabela promocional poderá ser alterada a qualquer momento, sem aviso prévio.

Rodolfo Baggio Pereira, diretor comercial da GT Building, afirma que a campanha Compra Digital foi planejada a partir do cenário atual a fim de gerar ainda mais facilidade ao cliente. “Sabemos que estamos passando por um momento delicado, mas a GT entende que toda essa mudança pode ser um ponto de partida para uma transformação imobiliária bastante positiva, que virá a perdurar por muito mais tempo. Há mais de um mês estamos criando possibilidades de continuar com nosso atendimento e isso tem acontecido de forma remota, oportunizando desde tour virtual pelos apartamentos a assinatura de contrato online, o que tem funcionado muito bem e está trazendo bons resultados. Entretanto, procuramos nos superar e encontramos uma nova maneira de vender”, explica.

Ele ainda complementa que a ação, mesmo que indiretamente, agrega mais segurança tanto ao quadro de colaboradores da incorporadora quanto ao interessado em adquirir um imóvel. “É natural que as pessoas fiquem um pouco mais inseguras nesse momento, então a GT está propondo uma estabilidade com essa campanha. Isso acontece porque demonstra aos corretores e funcionários que a empresa está se reinventando e ampliando o estilo de trabalho, assim como apresenta aos clientes mais uma série de vantagens ao investir nos imóveis da incorporadora”, comenta. O diretor ainda destaca que mil reais de cada venda que a GT Building efetuar dentro do prazo da campanha serão destinados às imobiliárias para que desenvolvam ações de combate ao coronavírus.

A campanha Compra Digital é destinada somente aos clientes que adquirirem imóveis por meio do processo de venda online disponível na plataforma de vendas da GT Building. Esse processo engloba as seguintes etapas: cadastramento no site, apresentação do projeto via ferramenta de vídeo transmissão, negociação digital e assinatura de contrato via DocuSign. Para saber mais, acesse o site https://www.gtbuilding.com.br/atendimentodigital ou entre em contato pelo WhatsApp: 41 3411-1262.

O frame da campanha está sendo veiculado em mídias televisivas e em redes sociais.

Sobre a GT Building

A partir de um conceito inovador, aliado à tecnologia, modernidade, qualidade e diferentes projetos de vida, a GT Building faz parte do grupo GT Company, que desde 2017 empreende no setor imobiliário em Curitiba por meio da GT Invest. Com foco na construção de alta qualidade, nos comprometemos com a excelência, ideias inovadoras guiadas pelas mãos dos líderes, a incorporadora chega como uma das maiores empresas do ramo em Curitiba, com 20 empreendimentos em diferentes fases, entre eles o Denmark, Bosco Centrale e o Maison Alto da Glória.

www.gtbuilding.com.br

Deseja adquirir um imóvel em Miami?

Prezado Sr.

Sou Peter Green, da Fortune International Realty | Development Group, uma das maiores imobiliárias e incorporadora do Sul da Flórida.

Estou enviando este email para auxiliar a venda do seu imóvel em Miami.

1. Deseja adquirir um imóvel em Miami?

2. Se já possui um imóvel, gostaria de obter uma avaliação do seu imóvel no mercado atual?

3. Se for vender o imóvel, tem interesse em reinvestir em Miami ou capitalizar no Brasil com a vantagem do cambio?

Posso fazer uma simulação gratuita do valor real atual do seu imóvel, A Fortune International está há 30 anos no mercado imobiliário em Miami. Neste momento, estou trabalhando com muitos investidores que querem vender ou fazer investimos diversificados.

Fico ao seu dispor caso queira mais informações de Miami,
por favor não hesite em contactar pelo meu contato de Whatsapp: + 1 305.815.9595

Fortune International Realty | 475 Brickell Ave Suite # 204, Miami, FL 33145
Unsubscribe vanessamalucelli@terra.com.br
Update Profile | About Constant Contact
Sent by pgreen@fir.com in collaboration with
Trusted Email from Constant Contact - Try it FREE today.

Decisão assertiva de investir no mercado imobiliário em 2020

Decisão assertiva de investir no mercado imobiliário em 2020.

Quem escreveu o artigo foi o Diretor Executivo da GT Building, Alysson Sanches.
A incorporadora foi lançada em agosto de 2019, chegou ao mercado paranaense com 18 projetos em diferentes fases e um potencial aproximado de R$ 900 milhões de Valor Geral de Vendas (VGV). A estimativa, segundo números apurados por consultorias especializadas no setor, indica que a incorporadora poderá alcançar o papel de maior incorporadora de Curitiba, tornando-se uma das maiores do Sul do Brasil.

O CEO da GT Building é o bilionário Geninho Thomé, fundador da Neodent, uma das maiores empresas de implantes dentários do mundo.

Além do artigo, há a disponibilidade das fontes para explanar mais sobre esse e outros temas voltados ao setor imobiliário e da construção civil.

Lowest Priced Home | Miami Beach

Peter Green
Fortune International Realty
Luxury Specialist
WhatsAp+1.305.815.9595 Price : $ 529,000 | Motivated Seller

Interior : 1,835 SF

4 Bed | 2 Bath

Lot Size : 6,565 SF.

Description : 

Price Reduction! Come see this charming home located in the posh islands of North Bay Village and surrounded by million dollar homes. Awesome 7,140 sq. ft. property has Huge Yard with oversized pool. This hidden gem, built in 1951 is so warm and inviting, has a split floor plan with 4 Bedrooms, 2 bathrooms and wide open dining and living spaces with pool views. Spacious kitchen with tons of potential featuring a breakfast nook and laundry room. The perfect blend of a quiet family neighborhood & easy access to shops, restaurants and boating. Located ½ block from the bay and only minutes to Miami Beach, Bal Harbour & the burgeoning upper east side. It’s all ready for your TLC and special touches to make it your own. Fantastic opportunity for a buyer looking to make this their dream home.

MRV lança plataforma para aluguel de apartamentos em Curitiba

MRV lança plataforma para aluguel de apartamentos em Curitiba

Capital paranaense terá dois dos empreendimentos pioneiros da Luggo, startup criada dentro da MRV para buscar novos públicos

Luggo Positivo, em Curitiba, é o primeiro empreendimento da startup fora da cidade-sede da MRV e marca o início da expansão da plataforma (Foto: Divulgação/MRV)

A MRV, líder nacional no setor de imóveis, escolheu Curitiba para apresentar ao mercado a startup Luggo, criada dentro da construtora. A startup funciona como plataforma e administradora de aluguel de imóveis em empreendimentos construídos pela própria MRV exclusivamente para este fim. Nesta primeira fase, serão dois condomínios Luggo na capital paranaense: um de 88 apartamentos no bairro Campo Comprido (ao lado da Universidade Positivo, finalizado e pronto para locação) e outro de 128 unidades no bairro Portão, em fase final de obras e com entrega prevista ainda para este ano.

Antecipando tendências de consumo das novas gerações, a Luggo faz parte da estratégia da empresa para atender consumidores em todos os momentos da vida, do aluguel à casa própria. “O público mais jovem, em idade universitária ou no início de carreira, planeja sim ter um imóvel próprio no futuro. Mas, nessa fase da vida, busca, principalmente, flexibilidade e praticidade no aluguel. E é justamente para atender a essa demanda que criamos a Luggo”, afirma o diretor de marketing da Luggo, Rodrigo Resende.

Para proporcionar essas facilidades, a startup traz um novo modelo de negócios ao mercado de locações. O executivo destaca que, além de uma experiência totalmente digital e livre de burocracias na hora de fechar o contrato, a Luggo pretende unir comodidade e qualidade de vida a preços compatíveis. O objetivo da startup é transformar o conceito de moradia, atendendo às necessidades dessa geração, utilizando tecnologia e serviços como mudança, limpeza, internet nativa, lavanderia, reparos e até carro e bike compartilhados.

Os condomínios terão monitoramento de segurança e um gerente que assumirá o papel do síndico. “Os detalhes dos serviços foram escolhidos a dedo para otimizar o tempo dos condôminos. Pensamos em tudo para que o nosso morador possa investir seu tempo no que realmente importa”, explica Resende. “Aliamos localização e opções de mobilidade compartilhada a uma estrutura completa com o suporte de um síndico profissional disponível nos empreendimentos para apoiar no que for preciso”.

Um dos serviços que fazem parte da operação da Luggo em Curitiba é a possibilidade de os moradores utilizarem carros compartilhados nos condomínios. Nos primeiros três meses da Luggo na cidade, os clientes poderão utilizar o Renault Zoe, carro elétrico que faz parte da parceria entre a MRV e a Renault para o compartilhamento de carros nos empreendimentos da construtora. Após os três meses iniciais, o Zoe será substituído por um veículo a combustão, que permanecerá no condomínio por mais um ano – podendo ser prorrogado dependendo da procura –, com administração da plataforma paulistana de carros compartilhados Zazcar.

A economia compartilhada é parte importante do comportamento da geração que a Luggo pretende atender. Uma pesquisa realizada pela consultoria Deloitte aponta que 62% dos jovens que utilizam aplicativos de transporte consideram a compra de um carro dispensável. “Estamos atentos a essa nova maneira de consumir. É uma geração mais ágil, mais consciente e mais sustentável. Por isso a Luggo tem buscado parcerias que proporcionem uma experiência completa aos nossos clientes”, diz Rodrigo Resende.

Startup em expansão

O diretor comenta que o primeiro condomínio da Luggo, lançado em Belo Horizonte – sede da MRV – há poucos meses, foi totalmente locado em tempo recorde. A escolha de Curitiba como próximo passo para a Luggo foi pelo perfil inovador da cidade. “O curitibano abraça ideias novas que facilitam a vida e apreciam novas soluções de mobilidade urbana, o que faz da cidade um ótimo ponto de partida em nossa expansão”.

Resende conta que outra característica dos condomínios é a flexibilidade: “Se um morador troca de emprego e gostaria de se mudar, ele só precisa buscar na plataforma o condomínio da Luggo mais próximo do novo local de trabalho, fazer o agendamento e nós cuidamos da mudança”.

Além dos dois lançamentos em Curitiba, a startup da MRV pretende lançar até o final de 2019 mais um empreendimento no interior de São Paulo. Para Resende, “a Luggo se encaixa perfeitamente nas soluções que a MRV já oferece no mercado imobiliário há 40 anos. Com ela, é possível atingir outros públicos e fidelizar ainda mais nossos clientes, por meio de algumas ideias novas, como a conversão de parte do valor pago no aluguel da Luggo em créditos para a compra de um MRV no futuro.”

10 dicas para atrair locadores para o seu imóvel em apps como no Airbnb, Booking e Trivago

10 dicas para atrair locadores para o seu imóvel em apps como no Airbnb, Booking e Trivago

Transforme o seu espaço em um produto vendedor para as plataformas de curta temporada

Assim como o Uber rompeu com um transporte tradicional como o táxi e a Netflix foi além do que vídeo-locadoras ofereciam, o mercado imobiliário também está em transformação. Plataformas de locação por temporada como Airbnb, Booking e Trivago que permitem a locação de por dia, semanas e até meses, romperam com o modelo tradicional de locação.

O investidor que deseja aumentar a rentabilidade e garantir a ocupação do imóvel precisa ficar atento a esta tendência do mercado imobiliário. O Airbnb é o que apresenta maior procura em Curitiba. Nele, a taxa de ocupação média em maio de 2019 (para os últimos doze meses) é de 66% para studios e apartamentos de um quarto. Enquanto que a receita média para a mesma tipologia era de R$ 1.840. O montante equivale a locação de um apartamento de três quartos no modelo tradicional em localizações valorizadas, próximos a 90m² privativos e com até duas vagas de garagem.

Se você ainda não alugou um imóvel para se hospedar ou morar por essas plataformas tenha uma certeza: em breve você irá utiliza-las. As locações de curta temporada transformaram a maneira como alugamos e o poder – mais do que nunca – está nas mãos do consumidor.

Mas há o outro lado do balcão: as pessoas que usam esses apps para alugar um quarto ou um imóvel inteiro. Para elas o gerente de vendas da Thá – construtora centenária com sede em Curitiba – Rodolfo Baggio traz dicas para atrair locadores para o imóvel. Se você é uma dessas pessoas fique atenta as dez dicas que podem te ajudar a ganhar dinheiro com locações no Airbnb, Booking ou Trivago.

1. Localização: Procure imóveis centrais com soluções no entorno: faculdades, teatros, praças, museus, pontos turísticos, restaurantes, transporte público e ciclovias, entre outros.

2. Conservação: Tudo precisa estar em perfeita ordem e impecável. Lembre-se que o imóvel pode ser recomendado e indicado para outros inquilinos no futuro.

3. Estrutura completa: O imóvel deve estar mobiliado, equipado com eletrodomésticos, ter acesso a internet e oferecer enxoval completo (cama, mesa e banho), e quanto mais “soluções” entregar, mais será atrativo. Ou seja, uma estrutura de locação que lembre um hotel.

4. Guia de dicas: Outro diferencial deve ser um guia de instruções do imóvel (senha de internet, dicas de estabelecimentos do entorno, supermercados, programas culturais, etc.).

5. Receber bem: A cordialidade e satisfação são fundamentais.

6. Regras claras: Destacar os serviços disponíveis no condomínio e suas normas. As regras específicas do empreendimento precisam estar adaptadas para a economia compartilhada e locação por temporada.

7. Serviços diferenciados: Crie elementos que tornem seu imóvel único: serviços de café da manhã, lavanderia, camareira, sala de ferramentas, internet sem fio, cozinha compartilhada, bicicletas compartilhadas, sala de entregas refrigerada, áreas de trabalho e estacionamento próprio, entre outros.

8. Estive aqui: As pessoas gostam de recados de pessoas que já estiveram hospedadas naquele apartamento.

9. Fotos de qualidade: de preferência profissionais.

10. Perfil do locatário: É importante conhecer o perfil do inquilino. Se a intenção é alugar para executivos que procuram por apartamentos durante uma viagem de trabalho temporário, invista em imóveis práticos e de qualidade.

6 dicas para quem pretende investir em imóveis em Orlando

6 dicas para quem pretende investir em imóveis em Orlando
Especialista aponta as melhores formas de buscar e negociar um imóvel de qualidade na cidade americana

CURITBA, 19/02/2019 - A cidade de Orlando, localizada no estado da Flórida, é um dos destinos mais visitados dos Estados Unidos, recebendo um número de turistas maior até mesmo que Nova York. Conhecida pelos parques temáticos, pela diversidade cultural e pela qualidade de vida, a cidade americana tem atraído cada vez mais o capital de estrangeiros do mundo todo, e muitos brasileiros também estão de olho nas oportunidades de negócios imobiliários que o local pode oferecer.

Com um fluxo de visitantes significativo em todas as épocas do ano, um dos principais atrativos para investir em Orlando é adquirir um imóvel para lucrar com o aluguel de temporada. Além disso, a cidade é um dos principais destinos de estrangeiros que se mudam em busca da tranquilidade e segurança que a vida nos Estados Unidos proporciona.

Mas quem deseja apostar nesse mercado precisa estar atento a todas as exigências e condições para um negócio imobiliário internacional. Para auxiliar os investidores que desejam dolarizar o seu patrimônio, o fundador e CEO da Investor$Inc (www.investorsinc.com.br), assessoria especializada em negociação de imóveis nos Estados Unidos, Leandro Teles, preparou uma lista com dicas imprescindíveis para quem tem a intenção de se tornar proprietário de uma residência em Orlando.

1. A primeira dica apontada pelo especialista é entender como é possível investir nos EUA. “O ideal é sempre lembrar que qualquer estrangeiro tem o direito de investir no mercado imobiliário de Orlando, desde que siga as leis do país”, detalha Teles.

2. Buscar o auxílio de especialistas para receber a orientação adequada é a melhor forma de evitar dúvidas e problemas durante a negociação. “Procure uma empresa de assessoria imobiliária internacional para acompanhar todo o processo, desde a busca pelo imóvel, passando pela documentação, vistoria, contrato e entrega das chaves”, comenta o especialista.

3. Muitos brasileiros deixam de investir em outros países, por não ter fluência na língua local, mas para Leandro Teles, isso não precisa ser um problema. “A barreira da língua não precisa ser um impedimento para investir em Orlando. A contratação de profissionais especializados é uma solução não só para indicar o melhor imóvel, mas também para traduzir intermediar as negociações”, explica.

4. Um dos pontos cruciais para o sucesso na compra de um imóvel em Orlando é ter um objetivo claro. “Saber exatamente a intenção na finalidade da residência, seja para moradia ou para férias, facilitará muito todo o processo de busca pelo imóvel ideal, de acordo com perfil e bolso”, sugere o especialista.

5. Há uma resistência de empreendedores em não ter o valor total para o investimento, mas Leandro Teles garante que há outras formas de negociação também vantajosas. “Não tenha medo de financiar o imóvel, uma vez que o lucro com aluguel pode pagar na totalidade o investimento”, esclarece.

6. Por último, o profissional chama a atenção para a preocupação com encargos. “Lembre-se que se tornando um dos investidores em Orlando, todos os rendimentos obtidos com seus imóveis estão sujeitos à tributação federal americana”, completa Leandro Teles.
downloadAttachment&Message%5Buid%5D=120981&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C021901d4c87b%25241f7aa150%25245e6fe3f0%2524%2540pmaisg.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C021901d4c87b%241f7aa150%245e6fe3f0%24%40pmaisg.com.br%3E-1.1.2