JERONIMO BURGER INICIA O ANO COM SEIS NOVOS ENDEREÇOS EM SP E SC

Em 2020 a marca do Grupo Madero inaugurou 28 novos restaurantes

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=189627&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C836aafc7803acf17a172253652bd641b%2540psallum.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C836aafc7803acf17a172253652bd641b%40psallum.com.br%3E-1.1.2.3

O Jeronimo Burger, marca do Grupo Madero, criada pelo empresário e chef Junior Durski, inicia o ano de 2021 com mais cinco novos endereços em São Paulo - em Barueri (1), Guarujá (1) e SP capital (3), além da chegada do primeiro restaurante em Joinville - SC (1), previsto para o primeiro trimestre. Com investimentos em média de R$ 3 milhões a R$ 5 milhões cada, as novas seis unidades receberam um aporte total de mais de R$ 20 milhões.

Hoje, com apenas três anos de lançada, a marca comemora mais de 60 unidades, nos estados do Paraná, Bahia, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Santa Catarina e São Paulo, onde já são 36 restaurantes, sendo 19 na capital. Só em 2020 foram inauguradas 28 novas unidades, nas diferentes versões (Jeronimo Burger, Jeronimo Track – modelo container e o Jeronimo Ice - que explora o universo de sobremesas geladas).

“É muito gratificante ver o Jeronimo Burger, que nasceu há pouco mais de 3 anos, como uma marca já consagrada de sucesso , que vem crescendo com rapidez e conquistando cada vez mais o público, com sua proposta fast casual, com preços mais acessíveis e a qualidade inconfundível do Grupo Madero”, comemora Junior Durski.

O nome Jeronimo é uma homenagem ao tataravô do chef, que foi o primeiro polonês a imigrar oficialmente para o Brasil. A marca aposta na categoria fast casual com preços bem acessíveis e atendimento rápido, com foco nos millennials, consumidores que buscam agilidade, ambiente exclusivo, personalização, tecnologia e ingredientes de qualidade- marca registrada do chef. O projeto arquitetônico é de Kethlen Ribas Durski, que imprimiu um estilo urbano e descolado, com paredes grafitadas e elementos industriais, que remetem às ruas nova-iorquinas.

Nesta atmosfera, o público desfruta de uma experiência tecnológica, totalmente interativa e digital, com totens de autoatendimento, onde os clientes fazem o próprio pedido, além da possibilidade de compra pelo APP, disponível para Apple Store e Google Play, com link disponível através do site https://delivery.jeronimoburger.com.br.

No quesito menu, a escolha é bem democrática: são quatro opções de tamanhos de lanches: P, M, G e GG, sendo o campeão, o burger feito com quantidade perfeita de carne, sob o calor da chapa de aço cromado em alta temperatura, criando uma casquinha por fora e mantendo por dentro a suculência e o melhor sabor. Outro segredo está na escolha do pão, do tipo brioche de receita própria, levemente tostado com um toque de manteiga, garantindo um sabor inigualável, além da saborosíssima maionese artesanal do chef, receita exclusiva da família Durski, com mais de 100 anos de tradição. O cardápio também oferece outros diferenciais – como burger vegetariano e saladas - como a do Chef (alface Julienne, tomate, bacon crocante e molho italiano). Outro atrativo que faz bastante sucesso, são os pratos congelados para levar para casa, como a Linguicinha do Madero com arroz e feijão carioquinha, o Estrogonofe de Frango com arroz e batata palha, e a Tilápia Grelhada com purê de batatas, entre outras opções.

Já no Jeronimo Ice, o convite é se refrescar com as delicias geladas e coloridas do cardápio de sorvetes, casquinhas, sundaes e milk-shakes. Sempre em quatro tamanhos, tem destaque a Casquinha Black com Borda de confeito de Chocolate e Vanilla, o Ice Mix com calda de brigadeiro, chocolate crocante em pó e rocks de chocolate, e os inesquecíveis sabores de Brownie ou Banana em Calda.

Sobre o Grupo Madero

Fundado pelo Chef Junior Durski, o Grupo Madero é uma das redes de restaurantes, que mais cresce no Brasil. Impulsionada pelo compromisso inabalável com a qualidade - para consumidores e funcionários - o Grupo Madero cresceu de uma única unidade em 2005, para um portfólio multimarcas com mais de 200 restaurantes, distribuídos em mais de 70 cidades no Brasil, desenvolvido sobre uma plataforma verticalmente integrada de produção, distribuição e logística. No coração dessa plataforma está a Cozinha Central, uma unidade de produção automatizada de última geração, que produz e distribui praticamente todos os alimentos consumidos nos restaurantes.

Novos endereços:
Jeronimo Buger Park Shopping Barueri
Rua Gen. de Divisão Pedro Rodrigues da Silva, 400- Tel: (11) 4210-4734 - Horário: 11h às 22h

Jeronimo Track Guarujá
Rua Bolívia, 2085 – Tel: (13) 3351-6754- Horário: 8h às 23h

Jeronimo Burger - Henrique Shaumann
Rua Henrique Schaumann, 170- Tel (11) 3068-9920- Horário: 11h às 22h

Jeronimo Burger – Monte Serrat
Rua Monte Serrat, 1377- (11) 2941-1924- Horário: 11h às 22h

Jeronimo Track Jabaquara
Av. Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 700- Horario: Horário: 11h às 22h

Novo restaurante Italy Caffé Juvevê

O chef de cozinha tem passagem por renomados restaurantes internacionais e é formado pelo Centro Europeu
Com fotos

Cozinha da nona a preço acessível, essa é a proposta do novo Italy Caffé Juvevê comandado pelo chef de cozinha e empresário Vinicius Cossia, que tem apenas 28 anos, mas uma carreira com muita bagagem e diversificada experiência internacional.

O novo restaurante - que começou a atender dia 6 de dezembro do ano passado - está localizado no bairro Juvevê, na rua Rocha Pombo e tem capacidade para 110 pessoas. A cantina italiana ofereces carnes como o famoso galeto, massas frescas, pizzas em pedaços ou redondas, sanduíches, doces, sorvetes, cafés, soda italiana, sucos entre outras opções.
Devido à pandemia, o restaurante está operando com capacidade reduzida. "Estamos muito otimistas para 2021. Neste momento estamos com o prato do dia a R$ 29,90 e estamos lançando o cardápio especial para happy hour. Nossa proposta é comida de qualidade a um preço acessível", completa o chef.
Know how - Vinicius Cossia iniciou sua formação gastronômica no Centro Europeu no Curso de Chef de Cuisine - Restaurateur. Para ele, o curso do Centro Europeu contribui muito para quem tem interesse em apostar no mercado da gastronomia.
"O curso do Centro Europeu dá muita ênfase à prática, além da formação clássica e isso é super importante, porque se você não souber o básico na cozinha irá se perder. Também ajuda quem quer abrir seu próprio negócio", ressalta.
Foi pela parceria do Centro Europeu com a Culinary Arts Academy que Vinicius foi estudar na Suíça, onde se formou em Artes Culinárias pela Cezar Ritz. Na Europa, estagiou no Jeu de L’Arc e em seguida foi trabalhar em Portugal no The Ritz do Carlton Penha Longa Resort, atuando nos restaurantes do complexo inclusive no Lab by Sérgio Argola que tem estrela Michelain.

Depois de sua temporada fora, Vinicius voltou para Curitiba e trabalhou como personal Chef e agora é sócio do Italy Juvevê juntamente com proprietários do Kan - Cozinha japonesa e do Porcini Trattoria, lugares onde trabalhou no começo da sua carreira.

"Ficamos orgulhosos de fazer parte da trajetória profissional do Vinicius na gastronomia - que teve início em nossa escola e posteriormente, por meio das parcerias internacionais oferecidas aos nossos alunos - o capacitou" ainda mais, para tornar-se um empreendedor nesse segmento", declarou o diretor acadêmico do Centro Europeu, Rogério Gobbi.

Caio Coppolla e Rita Lisauskas estreiam no quadro “Liberdade de Opinião”

Comentaristas irão analisar os principais fatos políticos do Brasil e do mundo no “Visão CNN”, com apresentação de Carla Vilhena

Confira a chamada do novo “Liberdade de Opinião”: https://we.tl/t-HBxIfMAdYj

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=189548&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C013701d6e9c1%2524fd994a90%2524f8cbdfb0%2524%2540spokesman.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C013701d6e9c1%24fd994a90%24f8cbdfb0%24%40spokesman.com.br%3E-1.3
Caio Coppolla e Rita Lisauskas estreiam na próxima segunda-feira (18/01) _ Divulgação_CNN Brasil

São Paulo, 13 de janeiro de 2021 – A CNN Brasil já tem data marcada para a sua primeira grande estreia de 2021: a partir da próxima segunda-feira (18), os comentaristas Caio Coppolla e Rita Lisauskas assumem o novo quadro “Liberdade de Opinião”.

A atração será exibida dentro do “Visão CNN”, apresentado pela âncora Carla Vilhena, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 12h45 às 15h30. A entrada no ar do “Liberdade de Opinião” será sempre às 14h30.

Os comentaristas têm visões de mundo e posições políticas antagônicas. Enquanto Coppolla tem se notabilizado como uma referência para o pensamento conservador brasileiro, Lisauskas é uma jornalista conhecida por seu posicionamento progressista.

Cada um deles analisará os principais fatos do dia dialogando com a apresentadora do “Visão”, Carla Vilhena.

O modelo seguirá o mesmo padrão do “Liberdade de Opinião” que já é exibido com grande sucesso pela CNN Brasil desde o ano passado dentro do programa “Novo Dia” e conta com as participações dos jornalistas Alexandre Garcia e Sidney Rezende, além da apresentação do âncora Rafael Colombo.

Nova contratada

A nova contratada da CNN, Rita Lisauskas tem larga experiência em TV. Ela foi repórter da Record TV entre 2015 e 2016; apresentadora do Portal Terra entre 2013 e 2014; repórter especial do Jornal da Band entre 2012 e 2013; apresentadora do RedeTV! News durante 8 anos e do Leitura Dinâmica entre 2001 e 2003. Rita também foi repórter e apresentadora da TV Centro América, afiliada da Rede Globo em Cuiabá (MT) em 2000; e do Canal Rural, do Grupo RBS, entre 1998 e 2002. Antes de assinar com a CNN, ocupava, desde 2014, o cargo de jornalista multimídia do jornal “O Estado de S.Paulo”.

Sobre a CNN Brasil

A CNN Brasil é conduzida pelo grupo brasileiro de mídia NovusMídia, conforme acordo de licenciamento de marca estabelecido com a CNN International Commercial (CNNIC), que abrange o acesso a certas propriedades, incluindo conteúdo da CNN International. O canal de notícias 24 horas está disponível desde o dia 15 de março de 2020 para assinantes da TV paga, no canal 577, e também nas plataformas digitais.

Em setembro de 2020 lançou a CNN Rádio, em parceria com a Rede Transamérica, para levar conteúdo jornalístico para 196 cidades brasileiras, com alcance potencial de 55 milhões de ouvintes.

Em outubro do mesmo ano criou uma nova unidade de negócios dentro de sua estrutura: a CNN Eventos. Seguindo o modelo consolidado realizado pela CNN americana, o projeto vai realizar fóruns, summits e debates para diversos segmentos do mercado. www.cnnbrasil.com.br

NH Curitiba The Five oferece o melhor da gastronomia em todas as épocas do ano

Com uma excelente variedade de menus, o hotel serve para os clientes delícias que combinam com qualquer estação, inclusive o verão

4==ANmJDOxUmOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO4YjM4AjM3UTMyozZlBnaukTO3IDM1MDNyQjRyUCNyQjRyUiM1IzMGJTJ1IDM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTO

São Paulo, 12 de janeiro de 2021 - Quando pensamos em destinos com temperaturas frias, logo pensamos em Curitiba. Contudo, a região é uma ótima alternativa inclusive no verão pelo fácil acesso de carro ou aéreo. O NH Curitiba The Five reúne em seu espaço uma diversidade de atividades para o lazer, em família ou, também, para curtir a própria companhia. Com uma excelente gastronomia, o hotel oferece uma flexibilidade de menus que combinam com qualquer temperatura.

Com inspirações mediterrâneas, o menu do Trinitas, restaurante próprio da rede NH Hotels, é comandado pelo chef Sivonei Souza e composto por opções para o almoço, para quem prefere o conceito contemporâneo, e um jantar sofisticado com uma gama de iguarias, como carnes e massas.

O café da manhã é internacionalmente conhecido e pode ser usufruído, por um valor à parte, por quem não está hospedado no hotel. Tanto para os dias frios como quentes, a refeição é servida em formato a la carte e possuí um menu variado com frutas laminadas, sucos, cereais, iogurte, pães, bolos, doces, e muitos mais. Incluindo ainda produtos sem lactose e sem glúten disponíveis, mediante a solicitação do cliente.

Além do restaurante, o hotel possui um aconchegante café, o Grão Café que oferece combos com café, pães, bolos e petit four da casa, perfeitos e rápidos para quem optar por esse serviço.

Para garantir a segurança dos hóspedes e colaboradores, a marca redefiniu a experiência do cliente com base no programa Feel Safe at NH, que será aplicado em todos hotéis da rede. Conheça o protocolo de segurança completo: https://www.nh-hoteles.pt/destaques/feel-safe

Para garantir a reserva no NH Curitiba The Five, acesse o site do hotel (https://www.nh-hoteles.pt/hotel/nh-curitiba-the-five) ou através do telefone +55 41 3434-9400.

Serviço

Endereço: R. Nunes Machado, 68 - Batel, Curitiba - PR, 80250-000

E-mail: nhcuritibathefive@nh-hotels.com

Telefone: +55 41 3434-9400

Site: https://www.nh-hoteles.pt/hotel/nh-curitiba-the-five

Instagram: @nhhotelsbrasil

Sobre NH Hotel Group

O NH Hotel Group é uma operadora multinacional consolidada e uma das principais empresas hoteleiras do mundo, que opera cerca de 400 hotéis com quase 60.000 quartos em 30 países na Europa, América, África e Ásia. Desde 2019, a Companhia tem trabalhado em conjunto com a Minor Hotels na integração de suas marcas de hotéis sob o mesmo chapéu corporativo com presença em mais de 50 países no mundo.

Sobre a Minor Hotels

A Minor Hotels é proprietária, operadora e investidora em hotéis a nível internacional, contando atualmente com 516 unidades em funcionamento. A Minor Hotels explora entusiasticamente novas possibilidades no mercado hoteleiro, com um portfólio diversificado de hotéis projetado de forma inteligente para atrair diferentes tipos de viajantes, tendo em conta novas paixões e necessidades pessoais. Através das marcas Anantara, Avani, Oaks, Tivoli, M Collection, NH Collection, NH, nhow, Elewana, Marriott, Four Seasons, St. Regis, Radisson Blu e unidades da Minor International, a Minor Hotels está presente em 53 países distribuídos pela região da Ásia-Pacífico, Médio Oriente, África, Oceano Índico, Europa e América do Norte e do Sul.

Com planos de expansão das marcas existentes e de crescimento por aquisições estratégicas em novos mercados, a Minor Hotels tem a visão de um mundo mais apaixonante e interligado. Para mais informações, consulte https://www.minorhotels.com.

Curitiba recebe o mamógrafo mais moderno do sul do Brasil

A mamografia 3D aumenta entre 20% e 65% a detecção do câncer de mama e reduz em 40% a necessidade de fazer uma imagem complementar posterior, quando comparado ao exame de mamografia convencional

A capital paranaense acaba de receber um novo equipamento de mamografia, mais moderno e preciso, e o primeiro no Sul do Brasil.

O novo mamógrafo realiza as imagens de mamografia 3D - exame conhecido como tomossíntese - e aumenta entre 20% e 65% a detecção do câncer de mama e reduz em 40% a necessidade de fazer uma imagem complementar posterior, quando comparado ao exame de mamografia convencional.

Isso se deve à tecnologia de ponta dos seus detectores. Além disso, o equipamento é capaz de oferecer imagens extras com menor tempo de exame.

"O novo equipamento realiza a mamografia e a tomossíntese de uma só vez, com menor dose de radiação, melhor qualidade de imagens e com maior precisão para o diagnóstico do câncer de mama. É uma evolução do exame convencional", explica a médica radiologista Cristiane Spadoni, da Clínica Imax, que investiu cerca de R$2 milhões na aquisição do equipamento.

Outra vantagem, segundo ela, diz respeito à menor necessidade de compressão, devido à tecnologia 3D e ao design curvo do compressor do equipamento que se adapta melhor às mamas. "Estudos mostram que 93% das pacientes relataram melhoria do conforto ao utilizar o sistema", completa.

O câncer de mama é o segundo tipo que mais atinge as mulheres, representando cerca de 20,9% de todos os cânceres que atingem o sexo feminino, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

Mamografia cai na pandemia e aumenta o risco

Durante a pandemia, iniciada em março de 2020, houve uma redução de 67% na realização de mamografias pelo SUS - em mulheres de 50 a 59 anos de idade - se comparado ao mesmo período de 2019. Os dados são da Rede de Pesquisa em Câncer de mama.

O INCA estima ainda 66.2 mil novos casos de câncer de mama para cada ano do triênio de 2020 a 2022, o que corresponde a um risco estimado de 61,61 novos casos a cada 100 mil mulheres. Apenas no sul do Brasil, são esperados 71,16 casos a cada 100 mil.

De acordo com a radiologista Cristiane Spadoni, manter os exames de rastreamento é fundamental para aumentar as chances de cura nos casos de detecção de tumores "Doenças como o câncer, infelizmente, não deixam de acontecer. Mesmo durante a pandemia é essencial manter a realização dos exames de rotina, conforme a indicação do médico", reforça a médica.

Segundo ela , a não realização dos exames de mamografia pode ocasionar em prejuízo para as mulheres com a possibilidade de aumento do tumor e menor chance de cura e de uma sobrevida mais longa.
A realização periódica dos exames conforme a indicação do seu médico é essencial, já que o câncer descoberto no início tem 95% de chances de cura e o tratamento é menos agressivo.

"Oferecer um diagnóstico preciso e seguro para quem precisa realizar uma mamografia é essencial para a garantir a saúde dessas mulheres. Nós também trabalhamos com uma campanha de incentivo à realização de exames - chamada Coragem, pois muitas mulheres não fazem mamografia pelo medo do resultado. Descobrir o câncer de forma precoce é essencial para o tratamento da paciente", finaliza Cristiane.

Chocolate produzido em Curitiba recebe prêmio da Academy of Chocolate de Londres

Desenvolvido pela consagrada chocolateria Cuore di Cacao, o preparo que leva flocos de arroz crocante e flor de sal foi um dos grandes destaques de um dos maiores prêmios do mercado mundial de chocolates especiais

CURITIBA, 12/01/2021 - A chocolateria curitibana Cuore di Cacao, um dos grandes destaques do mercado nacional de chocolates especiais, acaba de ter um de seus preparos premiado no concurso anual de 2020 da Academy of Chocolate de Londres, uma das maiores referências do planeta em chocolates premium (https://academyofchocolate.org.uk/awards/2020/).

Lançado em uma campanha solidária no Dia das Crianças de 2019, com parte da renda revertida para o Hospital Pequeno Príncipe, de Curitiba (PR), a barra de chocolate ao leite 38% com flocos de arroz crocante e toque de flor de sal recebeu a medalha de prata na categoria “Milk Bean to Bar Flavoured”, que destaca os melhores chocolates ao leite com infusão. A barra, que fez tanto sucesso na ação e entrou definitivamente na linha de produtos da Cuore di Cacao, é produzida artesanalmente “bean to bar”, da amêndoa do cacau até a barra.

“A ideia foi trabalhar um sabor que agradasse a todos, tanto adultos quanto crianças, que trouxesse conforto e resgatasse memórias afetivas da infância. O resultado foi um chocolate clássico e com textura, que fascina pela cremosidade e sabor. E que ainda tem uma questão social tão importante para nós brasileiros, em prol do Hospital Pequeno Príncipe, uma das instituições mais respeitadas do país”, explica Bibiana Schneider, sócia proprietária da chocolateria Cuore di Cacao, que nos últimos anos se consolidou como uma das principais referências do mercado ao ganhar alguns dos principais prêmios nacionais e internacionais do segmento.

Para Bibiana, todas as dificuldades enfrentadas durante o ano de 2020, com uma reformulação total dos serviços da chocolateria, tornam o prêmio internacional ainda mais especial. "Foi um ano muito difícil para todo mundo. Tivemos que superar barreiras diárias para continuar oferecendo produtos e serviços de qualidade, e mesmo assim sem nunca saber o que está por vir nas próximas semanas. Sendo assim, receber esse reconhecimento é muito gratificante, pois mostra que continuamos no caminho certo. E é lógico que tudo fica mais especial por ser um produto com parte da renda revertida a uma instituição que faz tanto pelas crianças", completa.

A barra premiada custa R$ 15 (50g) e pode ser encontrada na loja conceito da Cuore di Cacao, que fica na Rua Fernando Simas (n° 347), em Curitiba (PR), ou em diversos pontos de venda espalhados pelo país, entre eles a rede de supermercados Festval. Além disso, os produtos da chocolateria podem ser adquiridos via WhatsApp (41 98788-1633), com entrega em Curitiba e região. Mais informações pelo telefone (41) 3014-4010 ou pelo site www.cuoredicacao.com.br.

Casa Vogue na Estrada: design e sustentabilidade se fundem na Bahia

Hugo França, Laila Assef e Naná Lavander perseguem a preservação do meio ambiente e a conscientização sobre o descarte, transformando em arte o que seria jogado fora

6=YjN2UTZ4ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDOxMTN4MDN0QjM6cWZwpmL39GbkNDNiBTYxUGZhNzNhZGOmNjN3YGOlFzNzkjZwAjZjdjRyUiZjdjRyUCOzUDOGJTJyQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTN
3=IWZ2QjZjpjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDOxMTN4MDN0QjM6cWZwpmL39Gb4UjNhVmM0kDOzUmZyEjZiF2YxADM5IGNmlTOwQGN4UjRyUCN4UjRyUCOzUDOGJTJyQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopDN
7=MzMjBTZkpjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDOxMTN4MDN0QjM6cWZwpmL39Gb5kzMzIDZ1ATYkhTYjNTO0gTZwADM5ATN3gTYhFGO1cjRyUCO1cjRyUCOzUDOGJTJyQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopjN

A beleza inebriante da Costa do Descobrimento, como é conhecido o litoral sul da Bahia, convence pessoas de todos os cantos do mundo desde os anos 1970 a reformularem a vida para fazer do local seu endereço definitivo. No entanto, a disponibilização de luz elétrica e a abertura das estradas (que facilitaram tanto o acesso quanto o turismo) ameaçaram colocar em risco a integridade desse cenário exuberante, capaz de conquistar à primeira vista. Aos poucos, a preocupação com sua conservação despontou na produção de artistas residentes ali, como mostra a reportagem especial da edição de dezembro e janeiro da revista Casa Vogue.

O gaúcho Hugo França, que desembarcou em Trancoso há duas décadas, em busca de mais proximidade com a natureza, e lá passou 15 anos é um exemplo. Neste período, entrou em contato com o desperdício na extração e no uso da madeira, vivência que despertou nele a vocação de criar esculturas mobiliárias: móveis de assento e de apoio, utilitários e obras de arte entalhados em árvores condenadas. Destas, praticamente todos os pedaços, de raízes desenterradas a troncos ocos e toras maciças, renascem com novo propósito. A maioria das peças emprega pequi-vinagreiro, "rejeitado pela marcenaria convencional, pela arquitetura e pela construção civil, mas não pelos índios pataxós, que dispõem dele em suas canoas", pontua França. Segundo ele, trata-se da espécie com maior longevidade em floresta tropical, chegando à idade adulta aos 200 anos e alcançando os 1.200. Em seu ateliê em Trancoso, onde voltou a viver desde março de 2020, há um acervo com os tesouros encontrados. "O pequi-vinagreiro é o único que resta das queimadas. Por ter um alto índice de umidade, é mais resistente ao fogo e sua decomposição ocorre lentamente", explica.

Na vila há 15 anos, a mineira Laila Assef diz que foi escolhida pelo plástico quando chegou. "Era tanta garrafinha jogada na minha porta ou esquecida em cima do balcão...", relembra. Graduada em psicologia, ela atuou no setor da moda por muitos anos em Belo Horizonte, onde abriu uma fábrica de roupas e desenvolveu estampas. "Desse ponto para a pintura foi um pulo. Logo me voltei completamente para o mundo das artes", relata. Mirando uma rotina mais tranquila e perto do mar, instalou-se no vilarejo baiano e rapidamente alugou a loja que mantém até hoje no Quadrado, com curadoria de decoração, arte e suas próprias criações - entre elas, luminárias de PET. "Ao presenciar aquele tanto de descarte, fiquei incomodada e pensei em alguma maneira de contribuir. Seria, inclusive, um jeito de agradecer pelo acolhimento que recebi da comunidade", diz.

Teve, então, a ideia de enfeitar a carrocinha do senhor Manoel, que vende abacaxi na praia, para mobilizar as pessoas a recolherem garrafas, e distribuiu coletores em bares, restaurantes e pousadas. "Foi um sucesso! Em um mês, juntei 10 mil unidades". Esta é a quantidade aproximada que Laila conserva regularmente em seu ateliê. "O estoque esvazia para produção e enche com a coleta." Com o tempo, aperfeiçoou a técnica e aprendeu a dar cabo de todos os componentes do recipiente, até das tampinhas, na concepção de suas luminárias. Durante a elaboração, aposta em ferramentas inusitadas, como modeladores de cabelo para curvar o material ou toalhas de renda que servem como estêncil. Laila se alegra ao ver a valorização que o trabalho ganhou.

O resgate do que iria para o lixo também está no DNA de Naná Lavander. Formada em artes plásticas, a paulistana iniciou a carreira no teatro, montando adereços e cenários. "Como a verba era pequena, sempre improvisava. " Em seguida, ao longo de cinco anos na TV Cultura, deu vida a bonecos e maquinou efeitos especiais com poucos recursos em programas como Ilha Rá-Tim-Bum e Cocoricó. Na publicidade, finalmente deparou com um mercado próspero, mas enfrentou um impasse ético: "Eu usava coisas reaproveitadas para vender outras novas e comecei a me questionar. " Quando resolveu largar tudo para se dedicar a projetos autorais, tirou umas férias e dirigiu sozinha até a Bahia. Trancoso. "Estava uma lua enorme, o Quadrado em festa. Eu ia só pernoitar, e acabei ficando uma semana. " Extasiada, decidiu que iria morar ali. Retornou a São Paulo, vendeu tudo e já reside no vilarejo há cinco anos. Em seu ateliê, coleciona todos os tipos de sobra (tampinhas, canetas, CDs, rolhas, barbantes) e geralmente os converte em peças lúdicas, com movimento, nascidas de sua mente inquieta.

Confira a íntegra da matéria na edição de dezembro e janeiro de Casa Vogue.

Serviço
Revista Casa Vogue | Edição de dezembro e janeiro
Nas bancas a partir de 17 de dezembro

Méquizice: aquela mania que todo mundo tem quando come no Méqui

Primeira campanha da marca em 2021 pede para os fãs compartilharem suas "Méquizices"

Esquisitice? Maluquice? Não, Méquizice! O Méqui começa o ano valorizando a maneira única que cada consumidor tem de se deliciar com seus produtos preferidos, aquela mania ou combinação que faz do seu momento com a rede uma experiência só sua. Para apresentar o conceito, o McDonald’s lança uma nova campanha, dando continuidade ao movimento que reforça a conexão emocional que as pessoas têm com a marca, que começou em 2019 com o lançamento da #FomeDeMéqui e a adoção dos apelidos carinhosos dos fãs - Méqui, Mecão, Méquizinho - que culminou na mudança de fachadas de alguns restaurantes pelo Brasil.

As Méquizices são infinitas: passar as McFritas no Sundae, colocar Molho Barbecue no McChicken ou mergulhar uma tortinha de maçã no seu McFlurry. Vale tudo na hora de matar a Fome de Méqui nos restaurantes, pelo McDelivery ou passando no Drive.

“Sabemos que cada consumidor tem seu jeito de comer Méqui. Muitos criaram maneiras especiais de consumirem seus produtos preferidos e são essas Méquizices que contribuem para que seja uma experiência única. Com essa campanha buscamos enaltecer essa relação tão próxima e singular que as pessoas têm com os nossos produtos” explica João Branco, CMO do McDonald’s Brasil.

No dia 11 de janeiro, além de apresentar o conceito de Méquizice, o filme criado em parceria com a DPZ&T que abre a primeira campanha do Méqui em 2021 traz Marcio Canuto, Fernanda Paes Leme, Charlinho (personagem lendário do grupo de humor “Hermes e Renato”), Thelma Assis (a atual campeã do BBB), João Guilherme e Mc Loma revelando suas Méquizices. Assista aqui.

A marca também vai convidar o público para que compartilhem suas Méquizices nas redes sociais. As mais criativas serão repostadas nos perfis oficiais da rede.

Para mais informações sobre o McDonald’s, acesse www.mcdonalds.com.br.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/3/2020). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com

Umami: conheça a origem e as vantagens do quinto gosto para saúde

Doutora em ciência de alimentos explica a origem, lista os alimentos e destaca seus benefícios
Quinto Gosto - Comitê Umami
Janeiro de 2021 – Você já deve ter escutado a palavra umami em programas e séries de TV sobre culinária, mas esse gosto é muito mais que um termo do universo da gastronomia. Ao lado do doce, salgado, azedo e amargo, o quinto gosto básico do paladar humano confere mais sabor às preparações e traz benefícios para a saúde. Descoberto em 1908 pelo professor e pesquisador Kikunae Ikeda, a palavra significa ‘delicioso’ e ‘saboroso’ em português.

O umami existe em centenas de alimentos, incluindo carnes curadas, cogumelos, queijos, peixes e tomates. É a base de famosos caldos e o responsável pela preferência unânime por macarronadas e pizzas, regados com deliciosos molhos e queijo parmesão ralado. “Não se trata de um termo culinário, mas pode ser um grande aliado à saúde. O principal responsável por esse gostinho é o aminoácido chamado glutamato, presente naturalmente em diferentes alimentos”, explica Hellen Maluly, doutora em ciência de alimentos do Comitê Umami.

Os benefícios estão atraindo a atenção de muitos profissionais, não apenas no mundo da gastronomia, mas também na área médica e de nutrição. “O umami é de dar água na boca, literalmente. Uma das principais vantagens é o auxílio na saúde bucal, pois estimula a salivação. Esse aumento da secreção salivar promove uma melhora na mastigação e aumenta a sensibilidade ao sabor global dos alimentos, auxiliando o consumo de alimentos que acabam excluídos da dieta pela dificuldade de ingestão relacionada à deglutição ou aceitação. Do ponto de vista da saúde, isso é muito bom, principalmente para quem possui a sensação de boca seca ou a perda gradual de paladar, comum em idosos devido ao avanço da idade e em pacientes expostos à quimioterapia”, explica Hellen.

O gosto umami pode ser identificado em alimentos como queijos, tomates, milho, ervilha, algas, cogumelos e carnes, além do realçador de sabor presente no mercado, o glutamato monossódico (sigla em inglês: MSG). “Além de proporcionar uma experiência gastronômica muito mais gostosa, o quinto gosto também auxilia na digestão de proteínas e pode ajudar na redução de até 37% de sódio das refeições, sem perder o sabor global da preparação. “Enquanto 1g de sal de cozinha tem 388mg de sódio, a mesma quantidade de glutamato monossódico possui apenas 123mg”. Cozinhar com ingredientes que conferem o umami nas quantidades adequadas pode ser uma experiência simples, saudável e muito prazerosa”, ressalta a especialista.

UMAMI
É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/ogostoumami e instagram.com/ogostoumami.

Palladium tem crescimento no Paraná

Com resiliência e expectativa de recuperação do setor, shopping de Curitiba fecha 2020 com vacância zero

O varejo foi fortemente impactado durante a pandemia do novo coronavírus, por causa do fechamento do comércio em diversas regiões do Brasil. No período de lockdown, os shoppings chegaram a ter perdas de 89% das vendas em relação ao período que antecedeu o pico da pandemia, conforme o Índice Cielo de Varejo Ampliado (ICVA) – Impactos da Covid-19. Em novembro, por outro lado, 82% da receita já tinha sido recuperada, quando comparada ao período pré-pandemia. O retorno gradual se reflete nas vendas dos lojistas, que mostram resiliência à crise.

No Paraná, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as vendas do comércio varejista cresceram 0,9% em outubro - sexta taxa positiva consecutiva desde maio. Com isso, o patamar do varejo bateu recorde pela terceira vez seguida, ficando 0,9% acima de setembro e 8% superior a fevereiro. Em relação a outubro de 2019, o comércio cresceu 8,3%, alcançando a quinta taxa positiva consecutiva e a maior para um mês de outubro desde 2012 (9,2%).

Em Curitiba, o Palladium Shopping Center segue com a expectativa de recuperação do setor e celebra os bons resultados. “Precisamos nos reinventar e oferecer serviços diferenciados para os consumidores. Observamos que as datas comemorativas não passaram em branco e muitos clientes aderiram ao delivery e drive-thru, e que o movimento nos corredores cresceu”, conta a gerente de marketing do empreendimento, Cida Oliveira.

No Paraná, entre os setores do comércio que mais cresceram estão: eletrônicos (56%), informática e telefonia (11%) e cosméticos e higiene pessoal (10%), de acordo com os boletins do mês de setembro das secretarias de Fazenda e do Planejamento e Projetos Estruturantes do Paraná. Embalado pela reação do varejo, o Palladium Shopping Center Curitiba registrou um aumento de 12% nas vendas em novembro, frente a outubro, e 56% com relação a setembro. O destaque foi o segmento de telefonia, com aumento de 34%.

Vacância zero

Além disso, o Palladium Shopping Center Curitiba anuncia a abertura de novas lojas, de diversos setores. “Fechamos o ano de 2020 com vacância zero e arrisco dizer que conseguimos atingir, em meio à pandemia, o melhor mix de lojas de todos os tempos. Inauguramos a Pernambucanas, a nova âncora do shopping, além da Santa Lolla, La Mandinne, Flora Pura e muitas outras”, ressalta Cida.

No Palladium Curitiba, as principais aberturas já confirmadas para 2021 são: Magazine Luiza, Lindt e Johnny Rockets.

Para a gerente de marketing do shopping, este é um momento de celebração. “Depois de meses fechados e passarmos por momentos de incertezas, estamos muito felizes em anunciar as inaugurações e conquistas deste ano. Além de melhorar o nosso mix de opções para os clientes, estamos contribuindo para o avanço do varejo e da economia local, gerando empregos e novos negócios”, celebra.

Sobre o Palladium Shopping Center

Um dos empreendimentos do Grupo Tacla Shopping, o Palladium Curitiba foi inaugurado em 2008 na capital paranaense. Destaca-se pela área construída de 154 mil m² distribuídos em três pisos, sendo o centro de compras com maior mix do sul do país. O shopping possui 350 lojas, entre âncoras e satélites, praça de alimentação com mais de 30 opções de fast-food, Boulevard com 10 restaurantes, além de oito salas multiplex de cinema UCI e sala IMAX – que também faz parte do Grupo Tacla e possui a maior tela do Brasil. Sua estrutura foi planejada para garantir o conforto dos mais de 1,5 milhão de clientes que passam pelo empreendimento todo mês. Mais informações em: https://palladiumcuritiba.com.br

Sobre o Grupo Tacla Shopping

Conglomerado com mais de 80 anos de tradição, experiência no varejo e referência no setor em todo país, o Grupo Tacla possui oito empreendimentos nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo, sendo eles: Catuaí Palladium Foz do Iguaçu (PR), Jockey Plaza Curitiba (PR), Palladium Curitiba (PR), Palladium Ponta Grossa (PR), Ventura Shopping Curitiba (PR), Itajaí Shopping (SC), Porto Belo Outlet Premium (SC) e Shopping Cidade Sorocaba (SP). Outras duas operações estão em fase de construção no Paraná: CityCenter Outlet, em Campo Largo e Palladium Umuarama. Mais informações em: http://www.taclashopping.com.br

Ex-participante do Masterchef lança curso online de confeitaria gratuito

Bolos artesanais e lucrativos são a proposta do lançamento

São Paulo, janeiro de 2021 – A confeiteira Haila Santua, conhecida por sua marcante participação no programa MasterChef Brasil, acaba de lançar seu primeiro curso de confeitaria o MasterCakes Lucrativos, que acontecerá dos dias 11 a 14 de janeiro de forma gratuita e totalmente on-line.
“Depois que comecei a me dedicar a gastronomia tenho um propósito muito grande de levar esse amor para as pessoas, seja nos eventos que trabalho ou nas dicas que posto nas redes sociais. Este curso é o primeiro passo de um grande sonho, espero poder levar meu conhecimento e ajudar as pessoas com ele”, comenta a confeiteira, que revelou ter como meta a abertura de uma escola de confeitaria com seu nome.
O curso gratuito terá 4 aulas gratuitas que irão auxiliar o aluno a entender melhor o mundo da confeitaria e como iniciar a ter lucro com a produção de bolos artesanais. Os interessados devem se inscrever no site: www.mastercakeslucrativos.com.br e seguir os passos do vídeo de introdução para garantir que tenham acesso a todas as aulas disponibilizadas.
Sobre Haila Santuá começou a fazer bolos aos 10 anos para vender na escola. Aos 16 anos entrou para faculdade de artes cênicas, se formou com 19, e logo, entrou para faculdade de publicidade, se formando na segunda graduação aos 23 anos. Goiana, cristã, atriz, publicitária por formação, e cozinheira por paixão. Aos 25 anos ficou desempregada e resolveu se dedicar aos estudos de gastronomia com intuito de se inscrever para o programa de culinária mais disputado da TV: o MasterChef Brasil. Mesmo tendo um início com muitas críticas no programa se superou, começou a se destacar na competição, ganhando provas como líder, e provas com chefes estrelados, assim se tornando uma forte candidata, e chegou ao 5° lugar na competição. Sua espontaneidade, carisma e humildade a tornaram uma das favoritas do público, conquistando mais de 200.000 seguidores no Instagram.

Esalpet realiza campanha de arrecadação de tampinhas plásticas em prol da causa animal

Em parceria com o projeto Curitiba Ecopet, a rede de petshops vai recolher e converter as tampinhas em doações para ongs de proteção animal

CURITIBA, 11/01/2020 – Em uma iniciativa voltada ao cuidado e acolhimento de cães e gatos em situação de abandono, a Esalpet, maior rede curitibana de petshops, que conta com 6 unidades na capital paranaense, acaba de se tornar um ponto de coleta de itens recicláveis com venda revertida em benefício da causa animal. A ação é uma parceria com a ONG Curitiba Ecopet, que desde 2018 atua na geração de recursos para o resgate e amparo de animais desabrigados.

Com cunho social e ambiental, a campanha vai arrecadar tampinhas plásticas e lacres de alumínio que serão vendidos a cooperativas de reciclagem com a renda integralmente convertida para alimentação e necessidades básicas de saúde aos bichinhos assistidos pela ONG, como castração, vacinação, avaliação veterinária e compra de ração. “Nosso trabalho no dia a dia consiste em oferecer o melhor em produtos, serviços e facilidades para nossos clientes e seus pets. Mas entender e fomentar o nosso papel como agentes sociais de transformação também para os animais desprotegidos ou em busca de um novo lar sempre foi uma prioridade para nós. Por esse motivo, abraçamos a iniciativa da Curitiba Ecopet e estamos muito orgulhosos de fazer parte deste movimento”, afirma Bruno José Esperança, diretor geral da Esalpet.

O público poderá se dirigir a qualquer unidade da Esalpet (Rebouças, Vila Izabel, Centro Cívico, Uberaba, Santa Felicidade e ParkShopping Barigui) para realizar as doações. Serão recebidos lacres de alumínio e tampinhas de garrafa pet, produtos de higiene, beleza, limpeza e de alimentos como leite, iogurte e sucos, além de tampinhas de bombona de água e medicamentos (excluso tampas com agulhas de seringa). “Mobilizar a comunidade em uma causa tão importante e que também é sustentável, já que proporciona a destinação correta as tampinhas de plástico, é a motivação ideal para mostrar que não é preciso muito para ajudar e fazer a diferença na sociedade”, completa o diretor geral da Esalpet.

A Esalpet conta com seis unidades em Curitiba (PR): Rebouças (Rua 24 de Maio 1875), Uberaba (Av. Sen. Salgado Filho, 5532), Vila Izabel (R. Prof. Sebastião Paraná, 125), Centro Cívico (R. Mateus Leme, 1896), Santa Felicidade (Av. Ver. Toaldo Túlio, 420) e no ParkShoppingBarigui. Mais informações e horários de funcionamento no site www.esalpet.com.br ou no perfil oficial da rede no Instagram (@esalpet).

Mercado de plantas registra aumento de vendas durante pandemia e prevê crescimento para 2021

Hábito tradicional na Europa, cultivo de flores foi adotado por brasileiros como hobby para enfrentar longo período em casa

Florir a casa e cuidar das plantas foi um hábito que muitos brasileiros adotaram em 2020 como uma válvula de escape para o estresse e a ansiedade gerados pela pandemia. Mesmo as plantas verdes, aquelas que não possuem flores, também ganharam espaço nos lares. De acordo com o Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor), alguns produtores chegaram a registrar aumento de até 20% nos negócios desse setor.

Enquanto no Brasil esse hábito está chegando agora, na Europa, a prática é comum e já faz parte do dia a dia das pessoas desde muito antes da chegada da Covid-19. Para Olga Jaqueline Los Kassies, descendente de holandeses e produtora de flores na região dos Campos Gerais, no Paraná, há 25 anos, esse costume é rotineiro e faz parte da cultura e criação dos europeus. “As flores fazem parte da cultura holandesa, diria até que o cultivo delas em grande escala ou até mesmo em casa, é uma paixão. Após o período do inverno, as pessoas querem florir seus jardins com cores trazendo vida e alegria”, conta.

Mercado

A chegada da pandemia afetou diretamente o setor de flores. Para Olga, que cultiva gypsophila, o conhecido mosquitinho, e também boca de leão, a saída foi investir na criatividade. “A gypsophila ainda consigo fornecer para floriculturas que colocam em buquês, mas a boca de leão é mais complicada porque é usada basicamente em casamentos e formaturas, que estão suspensos. Para manter as vendas, eu decidi arriscar e colocar o produto com preço de atacado direto para o consumidor em formato de autoatendimento em alguns estabelecimentos da região, como posto de gasolina e supermercado”, conta.

Porém, segundo o Ibraflor, com a mudança no perfil de vendas, agora voltadas para a ornamentação das casas, e os novos formatos de compra, como o delivery, o setor deve ser impulsionado para um crescimento de 5% em 2021. Atualmente, a área conta com 8,2 mil produtores, aproximadamente 15 mil hectares de área cultivada e mais de três mil variedades produzidas no Brasil.

Dia Nacional da Tulipa

Para os holandeses, o mês de janeiro é época de comemorar o Dia Nacional da Tulipa, celebrado no terceiro sábado do mês, quando começa a colheita. Para a coordenadora do Global Integration da Associação Cultural Brasil Holanda, Marina van der Vinne, a data colore a cultura do país. “Quando pensamos nos Países Baixos, é natural imaginarmos as cores vivas dos campos de tulipas, o país é marcado por essa imagem e, neste período em que estamos em casa, trazer essa alegria para dentro dos lares é ainda mais importante”, explica.

Para a arquiteta Rozilani Karas Basso, que visitou os campos de tulipas holandeses, a experiência foi marcante. “A cultura holandesa e todo o seu cuidado com a cidade já são impressionantes, mas a cor e beleza das flores é ainda mais impactante para nós, que não temos esse hábito no Brasil”, ressalta.

Na Holanda, o melhor período para visitar e conhecer os campos floridos é na primavera, estação que se estende até o fim de junho.

Sobre a ACBH

A Associação Cultural Brasil-Holanda (ACBH) é uma organização formada por holandeses e descendentes de holandeses no Brasil, oriundos de diversas colônias. Visa preservar o patrimônio histórico artístico e cultural holandês e brasileiro para a posteridade. Também quer incentivar, desenvolver e divulgar as várias formas de expressão cultural. Mais informações: https://www.acbh.com.br/.

Parceria incentiva plantio de araucárias e conservação genética

Parceria firmada entre a Embrapa Florestas e a ENGIE, por meio do Sistema de Transmissão Gralha Azul, vai incentivar o plantio de araucária (Araucaria angustifolia), bem como a estruturação de um banco genético para conservação da espécie no estado do Paraná.
A parceria prevê a instalação de 13 Unidades de Referência Tecnológica (URTs) de técnicas de plantio de araucária - associada a outras espécies da Floresta Ombrófila Mista – em propriedades de agricultores paranaenses, como estratégia de transferência de tecnologia e estabelecimento de coleção de material genético. Segundo Erich Schaitza, Chefe Geral da Embrapa Florestas, “há um número significativo de produtores rurais que, por lei, devem recuperar áreas de florestas em suas propriedades para atender ao novo Código Florestal, mas não possuem referências técnicas, na forma de sistemas de produção, que lhes permitam fazer essa recuperação de forma eficiente, com uma visão conservacionista, mas também produtiva. Dessa forma, espera-se estabelecer em campo uma série de exemplos de ‘como fazer’, com todo um detalhamento passo a passo ao longo do tempo, tanto do ponto de vista silvicultural, quanto de custos de implantação e possibilidades de obtenção de renda.”
Outro ponto interessante do projeto é a inclusão de caixas de abelhas sem ferrão nas URTs. As abelhas podem ser uma fonte de renda para produtores e também funcionam como um indicador de qualidade ambiental das áreas.

Incentivo ao plantio
As URTs vão servir como modelo para adoção da tecnologia para outros produtores rurais. A intenção é realizar dias de campo e outras ações para que conheçam como fazer e sintam-se incentivados a plantar araucária, conservá-la e, como consequência, ainda gerar renda. “Além disso, os produtores rurais participantes vão receber recursos para conduzir estas ações em suas áreas, em um modelo de pagamento semelhante ao desenvolvido pelo projeto Estradas com Araucárias, executado pela Embrapa Florestas há mais de dez anos”, completa Schaitza.
A instalação das unidades tem o apoio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR), responsável pela extensão rural e pesquisa agropecuária no estado. O IDR vai apoiar a organização de produtores e parte da capacitação do projeto. Com isso, uma forte equipe de engenheiros florestais e agrônomos do IDR poderá usar as URTs em seu processo de trabalho.

Banco genético com variabilidade
Outro braço da parceria prevê a instalação de um banco de conservação de Araucaria angustifolia, que consiste em uma grande área destinada ao plantio de araucárias, a ser realizado de forma criteriosa. A criação do banco busca garantir que a variabilidade genética da população natural esteja totalmente representada no plantio. Assim, ameaças à erosão genética dentro da espécie podem ser evitadas ou revertidas, caso necessário. Além disso, essas populações poderão ser base para programas de melhoramento genético. Segundo Schaitza, “esse é um trabalho estruturante, contínuo e dispendioso, que deve ser repetido ao longo de toda a região de ocorrência da araucária. Exige amplas coletas de sementes e análises cuidadosas da paisagem, da distribuição das árvores dentro de fragmentos, da distribuição de machos e fêmeas na natureza e, posteriormente, dentro da população base”. O banco será instalado na Fazenda da Embrapa em Ponta Grossa.
O trabalho vai utilizar ferramentas modernas de biologia molecular, analisando a variabilidade genética das populações coletadas e das árvores plantadas. Com isso, tem-se a garantia de qualidade da estratégia de conservação.
“Essa população base vai se somar às que temos na área da Embrapa Florestas em Colombo/PR. São bancos com mais de 30 anos, únicos, que auxiliam na conservação genética da araucária. Esperamos continuar a ampliação de nossos bancos com outras parcerias. Nesse aspecto, o projeto com a ENGIE é um modelo de organização”, finaliza Schaitza.
“Essa é uma parceria que será muito gratificante. Sabemos de sua importância não só para a conservação, mas para o incentivo e orientação de produtores para a sustentabilidade e cuidado com o meio ambiente. Essa parceria e a possibilidade de participarmos de um projeto que vai da conservação genética, ao plantio, conservação e geração de renda é uma das boas práticas que estamos adotando, buscando fazer a diferença”, relata o diretor de implantação do Sistema de Transmissão Gralha Azul, Márcio Daian Neves. Como exemplo de outras ações adotadas pela ENGIE nos últimos anos, está a doação e o plantio de mais de 700 mil mudas somente no estado do Paraná, sendo que em 2019 foram mais de 50 mil mudas.

Mostra Pocket Lives abre espaço para artistas curitibanos

2020 foi um ano diferente para muitos artistas que, por conta da pandemia, não puderam fazer o show de lançamento de seus trabalhos em shows ao vivo. Foi pensando neles que a produtora musical Luciana Monteiro criou a mostra Pocket Live que vai reunir seis músicos que possuem uma sólida carreira no cenário de Curitiba, para apresentar no formato de live. São eles: Roseane Santos, Du Gomide, Alecir Carrigo, Julio Borba, Márcio Juliano e o grupo Bombaião. As apresentações acontecem no dia 30 de janeiro, sábado, em três horários distintos: 11, 15 e 17 horas, com transmissão pelo canal do Youtube, com uma hora de duração onde dois artistas vão dividir o espaço com meia hora para cada um.
Luciana Monteiro conta que buscou a diversidade sonora. Assim a mostra vai apresentar diversas vertentes musicais como: MPB, samba, raiz, pop, baião e instrumental. Ela explica que alguns discos já foram lançados em plataformas digitais, mas os artistas não tiveram a oportunidade de falar sobre o novo álbum, bem como divulgar e obter uma infraestrutura ideal de vídeo e segura para se apresentar. “A ideia é valorizar a diversidade e riqueza musical produzida atualmente no cenário curitibano. No formato pocket-live, cada artista apresentará quatro ou cinco faixas do seu novo trabalho no formato acústico que contará com até mais dois músicos para acompanhá-lo”, explica.
Assim, a live será realizada na Casa Eve, com transmissão realizada pela Vitral Produções. A passagem de som acontecerá uma hora antes de cada live ir ao ar. A apresentação ficará à cargo do jornalista e produtor cultural Rodrigo Browne que realizará um bate papo sobre o mais recente trabalho do artista.
A transmissão contará com uma infraestrutura técnica adequada que inclui todas as normas de segurança à saúde de todos envolvidos no projeto. Além do canal no You Tube, estas apresentações, inéditas nas redes, serão disponibilizadas em outros sites e plataformas digitais e nas redes sociais do próprio artista.
O projeto também oferece, como contrapartida social, a realização de um curso de Capacitação para Transmissão ao Vivo na Área Musical. O curso disponibilizará cinco vagas sendo uma para cada especialidade: Câmera, Fotografia, Direção de live, Corte de imagens e Áudio e luz. Esta ação acontecerá durante a pré-produção do projeto dois dias antes das lives irem ao ar. Os interessados poderão se inscrever durante a divulgação do projeto que acontecerá em breve. O número de vagas é restrito em respeito às normas de saúde para não causar aglomeração nos espaços.
O projeto Mostra Pocket-Live foi realizado com recursos do programa de apoio e incentivo à cultura – Fundação Cultural de Curitiba, da Prefeitura Municipal de Curitiba e do Ministério do Turismo.

Serviço:
Mostra Pocket-live no Youtube, dia 30 de janeiro, sábado.
Transmissão pelo Youtube.
Apresentação em três horários:
11 horas: Roseane Santos e 11h30 - Du Gomide
15 horas: Alecir Carrigo e 15h30 Julio Borba
17 horas: Marcio Juliano e 17h30 Bombaião