Um inverno para degustar outros vinhos

Época é a que mais se vende a bebida, mas nem só de tintos é feita a mesa dos consumidores

É comportamental: as temperaturas caem, e nos recolhemos em busca de aquecimento. Em casa, pratos mais consistentes e calóricos viram frequentes, assim como as garrafas de vinho. Consequência do inverno, responsável por ‘aquecer’ a demanda pela bebida -- cerca de um quarto das vendas totais de vinho registradas no país concentram-se em junho e julho, meses auges do inverno.

Há uma razão para entender por que boa parte das vendas ocorreram nos meses mais gelados do ano. Os vinhos, especialmente os tintos, são mais alcoólicos, o que oferece uma sensação de calor ao organismo quando consumidos. Outro ponto, destacado pelo enólogo chefe da Cooperativa Vinícola Garibaldi, Ricardo Morari, se encontra no paladar. “Além do álcool, o tinto é rico em polifenóis e taninos e tem a característica de ter mais volume, mais corpo. E isso combina com pratos de sabor mais intenso, que consumimos mais nos dias frios”, ressalta.

Clique Para Download
01EjOjNTMxQzY6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bsRGOzAzN1EGMwcjZ1gjNyUTY1QWM5YDNzE2Y5ImMjRGMGJTJjRGMGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpTM
Vinhos tintos estão entre os preferidos para serem consumidos durante o inverno

Embora os tintos sejam os preferidos para serem consumidos durante o inverno, não há nada que impeça a presença de brancos e até de espumantes à mesa nessa época do ano. Em parte, a maior estrutura dos ambientes, com aquecimento tanto nas casas quanto nos restaurantes, ajuda. “Temos notado que o consumo do espumante não tem sofrido grande oscilação entre inverno e verão, mostrando que ele tem aptidão para ser consumido no inverno e não apenas nos períodos mais quentes”, diz Morari.

Entretanto, para abrir um espumante no inverno sem correr o risco de errar, é preciso prestar atenção quanto ao tipo da bebida escolhida. Uma dica é optar por espumantes mais encorpados. O tipo da uva com qual ele é feito pode ser um bom indicador, assim como o método de elaboração. Geralmente, espumantes com mais tempo de evolução, como os resultantes do método tradicional, possuem mais estrutura. Mas isso também pode ser resultante da variedade da uva.

Clique Para Download
81EjO2MTZiZTN6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bsdDM2YGOkBTZkFDOkFWYmZGZ2MTMxYGOmRTYlRDMmRTNGJTJmRTNGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpjM
Garibaldi Pinot Noir Rosé da Cooperativa Vinícola Garibaldi
Clique Para Download
71EjOhZjYmZjN6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bsZ2NkdjN5EmZzQzMiFzNxIDM5MmMxczM3EmYhdTMyQWOGJTJyQWOGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpjN
Garibaldi VG Extra-Brut, elaborado pelo método Charmat Longo.

É o caso do espumante Garibaldi Pinot Noir Rosé, por exemplo. A bebida é preparada 100% com uvas Pinot Noir, conferindo maior estrutura para esse espumante e fazendo dele uma ótima opção para ter na adega e atravessar o inverno. Da mesma forma, outro bom espumante para essa época do ano é o Garibaldi VG Extra-Brut, elaborado pelo método Charmat Longo. “É um espumante com mais tempo de autólise, resultando numa bebida mais encorpada para acompanhar os pratos típicos da estação”, analisa Morari, referindo-se ao período em que o espumante ganha aromas, corpo e cremosidade.

Clique Para Download
51EjOkZGOyQTY6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bsFDZ4UTN0YTOlRTZlZTMxAjYzUzMmZjYhJjMyUTZwQDOGJTJwQDOGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpTN
Vinho Merlot da linha Garibaldi.

Entretanto, é claro que a adega caseira não pode ficar desabastecida de vinhos. Para não se apertar, o Cabernet Sauvignon e o Merlot da linha Garibaldi são apostas certeiras -- e agradam em cheio os consumidores mais acostumados. “Os vinhos dessa linha são mais evoluídos, com toques de madeira, de que lhes confere intensidade e complexidade”, diz o enólogo da vinícola. Mas mesmo vinhos mais jovens, como os varietais da linha Granja União, podem ser um acerto. “São vinhos interessantes para essa época e têm um ótimo custo-benefício no dia a dia”, observa.

Mas o que pode ser interessante para determinada região de um país continental como o Brasil, pode não ser para outras. Assim, um portfólio diversificado faz muita diferença. No caso da Cooperativa Vinícola Garibaldi, outros produtos são indicados para lugares do país onde os dias frios não tão intensos quanto os do sul.
O vinho Chardonnay da linha Acordes, que tem leve passagem por barricas, assim como o Chardonnay da linha Garibaldi mais jovem e fresco, são ótimas opções para essas regiões de invernos mais brandos. “Outro bom vinho é o Riesling da linha Granja União, um vinho muito apto para ser consumido jovem e em locais onde a temperatura cai um pouco, mas não chega a esfriar tanto”, sugere Morari.

Clique Para Download
31EjOzMDN2kjZ6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bslDZ0MjZiFzMxUmM3MmZ3gjZiVTM0EWO5gzY4MzM5YmYGJTJ5YmYGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpDM
Vinho Chardonnay da linha Acordes tem leve passagem por barricas.

SERVIÇO:

Espumante Garibaldi Pinot Noir Rosé
Preço médio: R$ 39,00

Espumante Garibaldi VG Extra-Brut
Preço médio: R$ 59,00

Vinho Garibaldi Cabernet Sauvignon
Preço médio: R$ 42,00

Vinho Garibaldi Merlot
Preço médio: R$ 42,00

Acordes vinho Chardonnay
Preço médio: R$ 129,00

Vinho Granja União Riesling
Preço médio: R$ 29,00

Os preços médios consideram o eixo Rio-São Paulo, podendo haver variações conforme a região.

Espumantes da Cooperativa Vinícola Garibaldi brilhamem concursos na Inglaterra e Portugal

O rol de reconhecimentos internacionais que os rótulos da Cooperativa Vinícola Garibaldi colecionam ganhou importante incremento com as recentes condecorações recebidas. Os mais recentes reconhecimentos vieram do International Awards Virtus, de Portugal, onde os rótulos da marca receberam duas medalhas de ouro (Amaze Espumante Chardonnay e Garibaldi Espumante Moscatel) e uma de prata (Garibaldi Espumante VG Extra Brut). O certame ocorreu em abril e teve 476 amostras inscritas, representando 11 países.

Clique Para Download
0=UTM6MGN2kTMipjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjM2YDN5gTN3IjOnVGcq5ydvxGZzIjM2EmM3UGN1Q2N0IjZ1IjZ0EDN1Q2YkVjN0kzM0YkMlkzM0YkMlAjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpTO

No 38º International Wine Challenge, realizado em Londres, na Inglaterra, os produtos da Cooperativa Vinícola Garibaldi trouxeram cinco medalhas de menção honrosa competindo com 18 mil amostras de 50 países. As certificações foram para o Garibaldi Amaze Espumante Pinot Noir, Garibaldi Espumante Chardonnay, Garibaldi Espumante Moscatel, Garibaldi Espumante Prosecco e Garibaldi VG Espumante Brut Rosé.

Mais do que atestado da excelência da produção assinada pela Cooperativa Vinícola Garibaldi, essas outorgas afagam, também, as quase 450 famílias associadas -- cujo trabalho é o ponto de partida para a elaboração dos premiados espumantes e vinhos. “Cada vez que o nome da Cooperativa Vinícola Garibaldi é anunciado como o ganhador de uma medalha, projeta mundialmente os esforços de toda uma cadeia de envolvidos na produção das bebidas e, mais do que isso, comprometidos com a qualidade em cada etapa desse processo. É um reconhecimento justo, extremamente merecido”, diz o presidente Oscar Ló.

Clique Para Download
7=UTM6UjY3ADZipjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjM2YDN5gTN3IjOnVGcq5ydvxWYxEzNiNWYjFjZxMWOhFjMjZGO0YmZiZmYyYzMmFWN3YkMlEWN3YkMlAjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpjM

Ouro também na Espanha

Depois de conquistar importantes premiações também na Hungria e na França, a Cooperativa Vinícola Garibaldi festeja outra importante distinção. No Bacchus 2022, o Garibaldi VG Espumante Brut Rosé conquistou medalha de ouro. O rótulo foi destaque no concurso espanhol, realizado de 25 a 28 de abril, em Madri, congregando 1.747 amostras, que foram degustadas por um júri internacional formado por 80 experts de 16 países. O Bacchus é considerado o principal e mais tradicional concurso de vinhos da Espanha, país mundialmente reconhecido por sua produção vinícola. O Espumante Garibaldi VG Brut Rosé é elaborado com uvas Chardonnay e Pinot Noir de coloração rosa blush com reflexo cereja, aspecto brilhante e ótima formação de perlage. Ao olfato oferece aromas com notas de framboesa, morango, e um delicado toque cítrico, e paladar estruturado e cremoso, com acidez equilibrada e refrescante. Harmoniza bem com aperitivos, sopas cremosas, canapés, risotos, aves e queijos.

Clique Para Download
2=UTM6UDN0YDZipjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjM2YDN5gTN3IjOnVGcq5ydvxWYkZTZ5MzY4IzM3kzN0EWY5YWMxImZlZjY5IDMjF2YmZkMlE2YmZkMlAjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpjN
Garibaldi VG Espumante Brut Rosé recebeu Medalha de Ouro no mais importante concurso de espumantes e vinhos da Espanha

CONQUISTAS DE 2022

4º International Awards Virtus, Lisboa, Portugal
OURO: Amaze Espumante Chardonnay
OURO: Garibaldi Espumante Moscatel
PRATA: Garibaldi Espumante VG Extra Brut

38ª International Wine Challenge, Londres, Inglaterra
MENÇÃO HONROSA: Garibaldi Amaze Espumante Pinot Noir
MENÇÃO HONROSA: Garibaldi Espumante Chardonnay
MENÇÃO HONROSA: Garibaldi Espumante Moscatel
MENÇÃO HONROSA: Garibaldi Espumante Prosecco
MENÇÃO HONROSA: Garibaldi VG Espumante Brut Rosé

Bacchus 2022, Madrid, Espanha
OURO: Garibaldi VG Espumante Brut Rosé

46º Challenge International du Vin, Bordeaux, França
OURO: Garibaldi VG Espumante Brut
PRATA: Garibaldi VG Espumante Extra Brut
PRATA: Acordes Espumante Extra Brut

23º Vinagora, Budapest, Hungria
OURO: Amaze Espumante Chardonnay
OURO: Espumante Garibaldi Chardonnay Brut.

22ª edição do Citadelles Du Vin, França
OURO: Garibaldi VG Espumante Brut Rosé
PRATA: Espumante Garibaldi Moscatel