Como preparar chá gelado na hora

Versátil, a bebida pode ser preparada de modo concentrado e receber generosas porções de gelo, sem perder o sabor e as propriedades

Dias quentes de Verão pedem uma bebida refrescante, e uma boa pedida para adultos e crianças é o chá – ideal para ficar longe dos açúcares e conservantes presentes em refrigerantes, sucos e outras opções industrializadas. E você sabe como gelar o seu chá na hora, sem ficar esperando por muito tempo? A Tea Shop, maior e mais especializada rede de chás do país com 39 lojas, preparou um passo a passo para você ter um chá geladinho em poucos minutos.
“Muita gente associa o chá a uma bebida que se consome quente, mas a verdade é que ele também pode perfeitamente ser bebido gelado, conservando as propriedades e o sabor”, explica o CEO da rede, Michel Bitencourt, que também é tea sommelier. “A versatilidade, aliás, é uma das características mais marcantes do chá. Ele também pode dar personalidade a drinques gelados, kombuchas, smoothies e outras bebidas”, acrescenta.
Para beber gelado, as infusões e também os chás leves, cítricos e frutados são os mais indicados.
Confira estas dicas refrescantes:

Para uma jarra de 1 litro:
Coloque para infusão 8 medidas de chá (16g) em 300 ml de água (preferencialmente em uma Tea Maker), respeitando o tempo de cada variedade.
Encha uma jarra com 700 ml de água gelada ou gelo.
Quando o chá ou infusão estiver pronto, vire o líquido na jarra.
Mexa bem e pronto!

Para uma mug de 450ml:
Coloque em infusão 3 medidas de chá (6g) em meia xícara de água (220ml), respeitando a temperatura e o tempo de cada variedade.
Retire o filtro, encha a xícara de gelo ou água gelada e pronto!

A Tea Shop
Na Tea Shop, as mesclas são vendidas a granel e expostas em latas para manter o aroma e o frescor, compondo prateleiras douradas que dão um aspecto visual único às lojas. As folhas vêm das principais regiões produtoras do mundo e exibem selos internacionais de procedência e adoção de técnicas sustentáveis de cultivo nos países de origem.
As 39 lojas da rede no Brasil ficam em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Fortaleza, Recife, Goiânia, Cuiabá, Vitória, Florianópolis, Maceió, João Pessoa, Santos, Gramado, Balneário Camboriú, Niterói, Vila Velha, Londrina, Caxias do Sul e Canoas.
O site teashop.com.br disponibiliza uma vitrine de mesclas à escolha do consumidor, com opções para saborear em diferentes momentos do dia (manhã, após as refeições, antes de dormir, no pré e pós-treino etc.) e para harmonizar com todos os tipos de comida e bebida.

Créditos: Estúdio Pegorer

Conheça os mitos e verdades sobre a imunização do público infantil contra a COVID-19

Maior hospital exclusivamente pediátrico do país recomenda a vacinação e ressalta que essa medida é essencial para proteger a vida e a saúde das crianças
Foto: Marieli Prestes/Hospital Pequeno Príncipe
Foto: Marieli Prestes/Hospital Pequeno Príncipe
Curitiba, 25 de janeiro de 2022 – O Pequeno Príncipe, maior hospital exclusivamente pediátrico do país, recomenda a vacinação do público infantil contra a COVID-19 e ressalta que essa medida é essencial para proteger a vida e a saúde das crianças. Diante das dúvidas de pais e responsáveis sobre a vacina para a faixa etária de 5 a 11 anos, a coordenadora do Centro de Vacinas Pequeno Príncipe, Heloisa Ihle Giamberardino, explica que as vacinas são completamente seguras e altamente eficazes para proteger as crianças e os adolescentes.

“Além de proteger a criança contra a COVID-19 – a partir dos 5 anos, as crianças apresentam uma melhor resposta imunogênica [produção de anticorpos] –, a vacinação também tem um efeito na saúde mental, à medida que, estando protegidas, as crianças poderão retomar as suas atividades normais, a sua convivência social, com mais segurança”, destaca a pediatra e imunologista.

Estatísticas mostram que o Brasil é o segundo país com mais óbitos infantis causados pelo coronavírus no mundo. Desde o início da pandemia, mais de 300 óbitos de crianças com idade entre 5 e 11 anos foram registrados em território brasileiro. O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgou uma nota na qual diz que nenhuma outra doença imunoprevenível matou tantas crianças e adolescentes em 2021 quanto a COVID-19. No Pequeno Príncipe, os casos voltaram a subir em 2022, só nos primeiros 20 dias, 291 crianças foram diagnosticadas com a COVID-19, um aumento de 50% em relação a junho do ano passado, mês em que se registrou a maior ocorrência da doença, com 193 casos.

A especialista também lembra que a vacinação é um direito das crianças e dos adolescentes, assegurado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente. “Vacinar é um ato de amor ao seu filho, ao filho dos outros e de toda a sociedade porque não recebemos vacinas apenas para a proteção individual, mas também para a proteção coletiva. Devemos sempre temer a doença e não a vacina.”

Para ajudar, as famílias com seus principais questionamentos, o Pequeno Príncipe elencou informações sobre o que é mito ou verdade em relação a imunização de crianças contra a COVID-19.

1- A vacina contra a COVID-19 para crianças é segura
VERDADE
Diversos estudos comprovam a segurança e a eficácia das vacinas em crianças. O imunizante da Pfizer, que começa a ser aplicado nas crianças brasileiras, foi aprovado pelas agências reguladoras dos Estados Unidos e da Europa, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e também pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que é um órgão extremamente sério e competente no Brasil. A vacina foi testada em milhares de crianças, comprovando sua segurança e eficácia. Nos países em que a vacinação de crianças já está acontecendo, como os Estados Unidos, não há relatos de casos adversos de preocupação. A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm) também recomendam a imunização. Na semana passada, a vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, também recebeu aprovação da Anvisa para ser utilizada em crianças na faixa etária entre 6 e 17 anos de idade. Esse imunizante possui também um excelente perfil de segurança, além de ser produzido com tecnologia já muito bem estabelecida, sendo uma excelente opção para contribuir no quantitativo de doses necessárias para serem disponibilizadas às crianças.

2- É melhor meu filho ser imunizado contra a COVID-19 pegando a doença do que tomando a vacina
MITO
Ao contrair a doença natural, a produção de anticorpos ocorre, mas por tempo limitado e indefinido, além de expor a criança a uma série de complicações, como a Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), que afeta vários órgãos e sistemas do corpo, podendo levar a óbito. A vacinação, segundo os especialistas, ajuda a evitar que as crianças adoeçam gravemente, mesmo que contraiam a doença.

3- A vacina contra a COVID-19 altera o DNA das crianças
MITO
Existem muitas fake news circulando a respeito da vacinação, e uma dessas falsas notícias é que a vacina altera o DNA da criança. Essa informação não tem base científica. A vacina da Pfizer possui uma plataforma de RNA que é uma substância que circula no citoplasma da célula. Nosso código genético, ou seja, nosso DNA, localiza-se nos núcleos das células, portanto tal informação não possui nenhuma plausibilidade biológica, e nenhuma vacina tem esse poder.

4- A vacina contra a COVID-19 para crianças dá reação
DEPENDE
Assim como nos adultos e também como nas demais vacinas do Programa Nacional de Imunização (PNI), algumas crianças podem ter reações, e outras não. Geralmente, as reações mais comuns nas crianças ao receberem uma vacina são febre baixa e dor no local da aplicação, mas apresentam curta duração.

5- A vacina contra a COVID-19 dá problema no coração das crianças
MITO
As crianças que são infectadas pelo coronavírus possuem de 10 a 17 vezes mais chances de desenvolver uma miocardite do que as que tomam a vacina. O risco de ocorrência de miocardite em crianças na faixa etária entre 5 e 12 anos é, em média, de um caso para um milhão de doses. Mesmo que venham a desenvolver essa complicação em função do imunizante, ela se apresenta de forma muito mais branda e com uma evolução melhor do que a causada pelo vírus, sem sequelas e autolimitada.

6- Com a vacina, meu filho pode deixar de usar máscara e álcool em gel e de manter distanciamento social
MITO
Mesmo vacinados, adultos e crianças precisam continuar usando máscara, fazendo a higienização correta e frequente das mãos, utilizando álcool em gel e mantendo distanciamento, especialmente neste momento da pandemia, em que a variante Ômicron está predominando no cenário pandêmico. A variante Ômicron tem uma transmissibilidade muito elevada, o que aumenta as chances de contaminação se os cuidados não forem mantidos e associados à vacinação.

7- A criança não deve receber outra vacina no mesmo dia em que for imunizada contra a COVID-19
VERDADE
Neste primeiro momento, a recomendação do Ministério da Saúde é manter o intervalo de 15 dias entre as vacinas do Programa Nacional de Imunizações (PNI), apenas como uma medida de cautela e de melhor avaliação de eventuais eventos adversos. Em criança que apresentou COVID-19, o intervalo recomendado é de 30 dias para vacinação após o fim da quarentena.

Para mais informações, pais e responsáveis também podem acessar a live do infectologista e vice-diretor técnico do Pequeno Príncipe, Victor Horário, no canal da instituição no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=MymenDhv76w

Sobre o Pequeno Príncipe
Com sede na capital paranaense, o Pequeno Príncipe é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que oferece assistência hospitalar há mais de 100 anos para crianças e adolescentes de todo o país. Disponibiliza desde consultas até tratamentos complexos, como transplantes de rim, fígado, coração, ossos e medula óssea. Oferece atendimento em 32 especialidades, com equipes multiprofissionais especializadas. Com 384 leitos, sendo 68 em UTIs, realiza 60% dos atendimentos a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2020, mesmo com a pandemia de coronavírus, foram realizados 159 mil atendimentos e 12 mil cirurgias que beneficiaram meninos e meninas do Brasil inteiro.

Pestana Curitiba Convida ONG Anjos Sem Asas para receber exposição Outubre-se

A exposição retrata pessoas em tratamento contra o câncer

O Pestana Curitiba, dutante os meses de janeiro e fevereiro, realiza sua ação “Pestana Convida” com a ONG Anjos Sem Asas. Em parceria com a instituição, o hotel recebe a mostra “Outubre-se”, que conta com a produção de retratos de pessoas em tratamento contra o câncer. A exposição, que fica até o dia 24 de fevereiro no hotel, conta também com a arrecadação de doações que vão ocorrer até setembro deste ano.

“A campanha em geral é constituída por um conjunto de retratos de pessoas em tratamento contra o câncer, os quais representam a visão dos autores sobre a prevenção como uma atitude de valorização da vida”, conta Mariana Menezes, gerente geral Pestana Curitiba.

Como cada pessoa fotografada representa elementos essenciais para a prevenção da doença, os retratos receberam nomes como “a luz do Sol”, “o exercício”, “a dieta”, “a autoestima”, “o descanso”, “amigos”, “autocuidado”, “a fé” e “a solidariedade”.

As protagonistas dos retratos são Sonia (“A Luz do Sol”), Liz Tratz (“O Exercício”), Juliana e sua família (“A Dieta”), Eliane (“Autoestima”), Adriane (“O Descanso”), Adri e Liz (“Amigos”), Liz (“Autocuidado”), Cleria (“A Fé”), e Liz e Cleria (“A Solidariedade”).

O projeto fotográfico da campanha foi realizado pela Roman Fotografias comandada pelo casal Cesar e Silvia Roman, que fotografam pessoas há mais de 30 anos. Segundo os profissionais, “as pessoas são protagonistas de suas fotos e não meros objetos a serem retratados. É isso que nos motiva, a cada dia, continuar fotografando, praticando nosso ofício e apoiando projetos sociais”.

Sobre o Pestana Hotel Group:

Com um percurso de mais de quatro décadas de sucesso, o Grupo tem e gere 100 hotéis em Portugal e no estrangeiro, onde se dedica a proporcionar a 3,5 milhões de hóspedes por ano ‘The Time of Your Life’.

Na hotelaria, o seu principal negócio, opera com quatro marcas: Pestana Hotels & Resorts, Pestana Collection Hotels, Pestana Pousadas de Portugal e Pestana CR7 Lifestyle Hotels. Presente em 15 países, tem mais de 12.000 quartos disponíveis na Europa, África e América e uma equipa global de sete mil colaboradores, sendo o maior grupo hoteleiro multinacional de origem portuguesa. Com o objetivo de oferecer produtos completos e mais atrativos, o grupo opera ainda em outras áreas de negócio: hotelaria, imobiliário turístico, turismo vacacional, golfe, casinos, indústria e serviços.

Entre no universo Pestana e saiba mais em www.pestana.com

SERVIÇO:

Endereço: Pestana Curitiba - Rua Comendador Araújo, 499 - Batel, Curitiba - PR

Data: até 24 de fevereiro

Site: https://www.pestana.com/br

E-mail: reservas.br@pestana.com

Telefone: +55 (11) 2109-5559

WhatsApp: +55 (11) 99485-3740

Redes Sociais: @pestanacuritiba, @anjossemasasorg e @romanfotografias

CONHEÇA OS GELATOS DO DUNDEE CHICKEN & BURGERS

A nova marca do Grupo Madero tem como estrela o frango frito no balde
image003.png

Os goianienses foram os primeiros a experimentar e aprovar o cardápio do Dundee Chicken & Burgers, que acaba de abrir as portas, com as receitas artesanais e exclusivas do chef Junior Durski. O campeão é o frango frito crocante no balde, em tirinhas de peito empanadas ou pedaços de frango, sequinhos, bem temperadinhos e sem conservantes, com a receita original do Chef, nos tamanhos tentadores M, G e GG.

Mas como o Grupo Madero sempre surpreende, o Dundee Chicken & Burgers chegou com mais uma criação incrível do Chef Junior Durski, em primeira mão, são os novíssimos Gelatos no palito!

A novidade saborosíssima faz parte do cardápio de sobremesas e chega em seis sabores para refrescar a estação mais quente do ano: Frutas Vermelhas com Doce de Leite (inspirado no Petit Gâteau do Madero), Coco Queimado (com gostinho de infância), Morango com Brigadeiro, Pistache, Vanilla com Brownie e o clássico chocolate, de R$ 9,90 a R$ 13,90.

Agora é torcer para o Dundee Chicken & Burgers chegar à sua cidade com todos estes novos sabores !

Dundee Chicken & Burgers
Endereço: AV. T-10, 270
Horários: dom a qui, das 11h30 às 23h | sex e sáb, das 11h30 a 00h
dundeechicken.com.br
@dundeechicken

Dias 28 e 29 de janeiro acontece a Caminhada Noturna do Parque Vila Velha

Desfrutar de um maravilhoso pôr do sol e caminhar sob a luz da lua e das estrelas é uma das opções que o Parque Vila Velha dispõe de atração. São as caminhadas noturnas que acontecem nos finais de semana mais próximos da Lua Nova ou Lua Cheia. As próximas caminhadas agendadas serão realizadas na sexta-feira e sábado, dias 28 e 29 de janeiro. A caminhada é feita pela Trilha Arenitos Unimed PG, sob a luz da lua e das estrelas e com parada para contemplação na Taça, e observação do céu com telescópio no Centro de Visitantes, tudo com orientação de um especialista em Astronomia.
“A Caminhada Noturna é um sucesso de visitação no parque, quem participa conhece um outro Parque Vila Velha, pois é uma experiência completamente nova caminhar pelos Arenitos sob a luz do luar”, afirma Leandro Ribas, gestor da Soul Vila Velha, concessionária do parque.

Nos sábados de Caminhada Noturna, o restaurante do parque ficará aberto para que os visitantes possam se abastecer antes do passeio, já que não é permitido o consumo de bebidas e alimentos durante a caminhada. O parque também possui estacionamento para os visitantes aproveitarem o passeio com foco total nas estrelas. O valor do período para veículos de passeio é de R$15,00, para vans e microônibus, R$20,00, e ônibus, R$25,00.

Os ingressos serão vendidos exclusivamente pelo site (tickets.parquevilavelha.com.br) até se esgotarem e tem o custo de R$ 138,00 por pessoa, que permite a visitação ao parque desde às 9h. Ao adquirir a experiência, o participante deve entrar em contato com o Parque até às 14 horas do dia do passeio para confirmar a realização pelo telefone (42) 3122-4488, pois dependendo das condições climáticas, o evento poderá ser cancelado. Nessa situação, ocorrerá a remarcação do passeio. No caso de desistência ou indisponibilidade do visitante não será permitido reembolso ou reagendamento. Caso o tempo esteja totalmente encoberto e impossibilite a visualização do céu pelo telescópio, as informações sobre os astros serão repassadas através de projeção no Centro de Visitantes.

Chef Victor França & Chef Fabio Mattos & Gastronomia & Irlanda & Brasil & Curitiba

Nascido e crescido no interior do PR na cidade de Santo Antônio da Platina, foi para Curitiba aos 14 anos e foi la que descobriu sua paixão pela gastronomia.
Estagiando no Vin Bistro com o renomado chef Hermes Custodio quem foi que lhe deu a primeira oportunidade em uma cozinha profissional.

Desde então não parou mais, passando pelos ensinamentos de dona Flora Madalosso, participou de eventos junto com os chefs Alex Atala, Roberta Sudbrack, Claude Troisgros e Flavio Quaresma. Isso tudo antes dos 15 anos de idade.

Sempre envolvido no ramo gastronomico, aos 17 anos teve sua primeira grande oportunidade com o então recém chegado Chef Fabio Mattos.
Fabio então foi seu mentor dentro de sua cozinha molecular e aos 18 anos Victor assumiu a posição de Head Chef do então renomado Poco Tapas, junto ao Fabio ganhou o premio de 3o melhor Restaurante do Brasil (TripAdvisor).

Em 2018 resolveu tomar voos mais altos onde se mudou para Barcelona ficando por la meia temporada onde trabalhou com chef em um restaurante/bar de tapas tradicionais, logo depois Turquia, Italia, e Irlanda onde se encontra atualmente.

Chegando por la não demorou muito para se consolidar. No inicio de 2019 assumiu o posto de Head Chef do então premiado como melhor bar/restaurante da Irlanda por 3 anos consecutivos e entre os 300 melhores do mundo Cask Bar. Victor botou toda sua criatividade em prática pa criar menus sazonais com ingredientes 100% irlandês. Chegando a ser indicado ao premeio de melhor chef da cidade, tudo isso com apenas 25 anos. Sua busca insaciável por conhecimento nunca parou, onde fez o levar a trabalhar em cozinhas com duas estrelas Michelin, passando por Greenhouse em Dublin com o Chef Mickael Viljanen (2 estrelas Michelin) e Aimsir com o Chef Jordan Bailey. Hoje considerados os melhores chefs do pais.

Desde de agosto de 2021 Victor resolveu tomar voos ainda maiores na terra da esmeralda, um empreendimento próprio onde comanda o Nua Asador. O nome vem do Gaelico (lingua nativa da Irlanda) onde Nua significa “novo” em gaélico pela proposta de trazer algo novo para o pais e também da idea de ter uma cozinha “Nua” onde Victor garante que para cozinha não usa eletricidade e nem gas mas somente o fogo em seu estado primal, direto da lenha.

O Nua alem de ser um sucesso com apenas 5 meses de operação, em seu segundo mes ja ganhou o premio de 3o melhor molho da Irlanda com seu famoso Chimichurri, desenvolvida pelo chef.

Chef Julia Franco & saltytastecwb

Chef Julia Franco @saltytastecwb @divirtase.curitiba @kiko_quiquinho Guardem este nome em sua agenda, o patê de gorgonzola é surreal e 20 minutos de forninho esfihas de carne e frango, está prontinho para degustar seu happy hour caseiro perfeito! Assim foi meu hoje Rua Domingos Nascimento, 701 Curitiba, Brazil - Mercearia salgados e pastas especiais, transformando sua experiência gastronômica em uma aventura!