Verdê doa lucro de venda de ecopads para duas instituições

Vendas nas duas plataformas da startup viram doações para associação de resgate de animais ou para instituto de ensino para crianças em vulnerabilidade social

CURITIBA, 23/04/2021 – A responsabilidade social e o cuidado com o meio ambiente podem ser exercidos ao mesmo tempo e com uma simples compra. A startup Verdê acaba de lançar uma ação de venda de ecopad, versão sustentável dos discos de algodão descartáveis para limpeza de pele, e vai reverter o lucro total para duas instituições diferentes. Serão beneficiados o Incanto (Instituto de Cultura, Arte e Novas Tecnologias), dedicado a crianças e jovens em situação vulnerável, e o Projeto Ajudei, que resgata cães e gatos das ruas de Curitiba (PR).

As ecopads podem ser adquiridas nos dois sites da startup, vendidos em kits de três unidades a R$ 15. Pela Verdê Cosméticos (www.verdecosmeticos.com.br), o lucro é encaminhado para o Ajudei. Já comprando pela Verdê Kids (www.verdekids.com.br), a doação é feita para o Incanto. “A ideia surgiu para que pudéssemos incentivar as pessoas a trocarem os discos de algodão descartáveis por um produto que pode ser lavado e reutilizado e que, além de não gerar lixo, ainda pode ajudar outras pessoas e animais”, explica Mariana Alves, uma das sócias-fundadoras da Verdê.

Feitas de algodão cru, as ecopads não passam por nenhum processo químico de tingimento, reduzindo o uso de água e energia em sua elaboração. Elas são feitas pela própria Verdê, notando a procura de pessoas que buscam soluções sustentáveis e que reduzam o lixo. O resultado é um produto cruelty free (que não testa nem maltrata nenhum animal) e vegano. As ecopads são ideais para limpeza de pele e remoção de maquiagem, são laváveis e reutilizáveis.

O produto representa bem a proposta da Verdê em ambos os sites. Mais do que uma marca, a startup se propõe a ser um movimento que reúne nas plataformas de e-commerce produtos que estimulem o consumo consciente. Na Verdê Cosméticos, há a curadoria de produtos de beleza que sejam veganos, sem toxidades e crueldade. Na Verdê Kids, o foco são os pequenos: há desde brinquedos até fraldas ecológicas. São mais de 30 marcas voltadas ao público vegano disponíveis nos dois sites.

Projetos apoiados

O Incanto – Instituto de Cultura, Arte e Novas Tecnologias atente crianças e jovens em vulnerabilidade social. A ONG oferece aulas de dança, teatro, música, artes visuais, circo, cultura e tecnologia. Foi lançado em 2017 como extensão de ações do Grupo de Dança Senses, que realizava voluntariado desde 2008. O Incanto ministrava aulas em contraturno em outras ONGs, e agora também tem atividades em seu Centro Cultural Incanto.

A Associação Projeto Ajudei já realizou mais de 700 resgates de animais desde sua fundação, em 2014. Resgata cães e gatos em situações de risco e abandono, e os prepara para adoção, contando com o apoio de lares temporários de voluntários até serem adotados.

As ecopads podem ser compradas nos dois sites: Verdê Cosméticos (www.verdecosmeticos.com.br), com doação para o Projeto Ajudei, e Verdê Kids (www.verdekids.com.br), com doação para o Instituto Incanto.

Covid-19 ou Dengue? Na dúvida sobre os sintomas, saiba o que fazer e onde buscar ajuda

Causadas por vírus e com quadro clínico que vai de assintomático a grave, podendo evoluir para óbito, as duas doenças têm semelhanças que podem confundir os pacientes

A pandemia do novo coronavírus ofuscou outro problema de saúde pública no Brasil: a dengue. Endêmica no país, a doença é uma ameaça e merece atenção pelo crescimento no número de casos, por seus sintomas iniciais serem semelhantes à Covid-19 – o que acaba confundindo os pacientes – e requer cuidados por sua gravidade, já que é uma infecção viral que pode levar à morte.

No Paraná, segundo o boletim epidemiológico nº 27/2020-2021 da Secretaria de Saúde, o número de casos de dengue confirmados ultrapassa 8,6 mil desde agosto do ano passado, com 18 óbitos registrados até o dia 13 de abril. O Estado soma 51.599 notificações em 353 municípios e 10.471 casos estão em investigação.

Professor do UniCuritiba - instituição de ensino superior que faz parte da Ânima, uma das principais organizações educacionais do país - o biólogo Carlos de Almeida Barbosa diz que o combate à dengue exige um esforço coletivo, uma cooperação comunitária para a prevenção, feita basicamente por meio da eliminação dos criadouros do mosquito transmissor.

Além do crescimento no número de casos, outro aspecto preocupa. “Por sua sintomatologia semelhante à da infecção pelo agente viral SARS-CoV-2, responsável pela Covid-19, os pacientes ficam em dúvida na hora de procurar atendimento médico”, comenta.

Mestre em Ciências e doutorando em Tecnologia em Saúde, Carlos explica que a infecção provocada pelo vírus da dengue pode apresentar um espectro clínico variado, desde quadros assintomáticos até eventos graves como hemorragia, choque e risco de morte.

“Não existe tratamento específico para a dengue e os cuidados terapêuticos consistem em tratar os sintomas, combater a febre e, se necessário, fazer a hidratação por via intravenosa. O atendimento rápido para a identificação dos sinais e a intervenção médica ajudam a reduzir o número de óbitos”, alerta.

Alguns países já utilizam uma vacina contra a dengue, aplicada em indivíduos entre 9 e 45 anos previamente infectados e que habitam áreas endêmicas ou de risco. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a vacinação seja feita somente em regiões nas quais as condições epidemiológicas indiquem alto índice da doença. No Brasil, o imunizante está em uso desde 2015.

Sintomas e assistência médica

Os primeiros sintomas da dengue podem ser quadros febris variando entre 39ºC e 40ºC de início repentino, com persistência de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos e erupções cutâneas, podendo ocorrer náuseas e vômitos.

No caso da Covid-19, os pacientes costumam apresentar febre, cansaço, dores no corpo, congestão nasal, dor de cabeça, de garganta, diarreia, perda de paladar e olfato, conjuntivite e erupção cutânea.

Em função da pandemia, a orientação é que as pessoas com febre persistente ou qualquer sintoma com características semelhantes à dengue ou Covid-19 entrem em contato com o serviço de saúde de Curitiba para uma triagem prévia, antes do deslocamento para atendimento presencial. O telefone é 3350-9000.

Depois da avaliação inicial, a central fará o direcionamento do paciente para o local adequado: uma unidade de atendimento Covid ou uma “unidade limpa”, para onde são encaminhados pacientes com outras doenças. No caso das consultas presenciais, os atendimentos são feitos nas Unidades Básicas de Saúde (UBs) (casos com sintomas leves e moderados) ou Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), em situações graves.

O professor Carlos Barbosa explica que ao apresentar febre alta é importante buscar o serviço de saúde o quanto antes. “É difícil diferenciar inicialmente os sintomas, mas os profissionais de saúde estão habilitados a fazer a triagem. Um teste preliminar para o diagnóstico da dengue é a ‘prova do laço’, que serve como um indicativo.”

Dependendo do caso, continua o docente do UniCuritiba e especialista em Biologia Celular, são realizados outros exames como detecção de anticorpos, IgG e IgM, hemograma, coagulograma e testes com técnicas moleculares, como a Reação em Cadeia da Polimerase (PCR).

Reinfecção e prevenção

A pessoa que já teve dengue não está livre de sofrer uma nova infecção. Isso porque existem quatro sorotipos do vírus em circulação no Brasil e, para estar totalmente imune, seria necessário entrar em contato com todos eles. “O problema é que a cada contágio com um novo sorotipo, os sintomas podem ser mais intensos e os riscos de desenvolver uma forma mais grave de dengue são altos”, adverte o biólogo.

Uma das diferenças entre a dengue e a Covid-19 está na forma de transmissão. Enquanto o coronavírus é transmitido de pessoa para pessoa, a dengue depende de um vetor, o mosquito da espécie Aedes aegypti. “Neste caso, dizemos que é um arbovírus, um vírus transmitido por artrópodes”, explica o professor.

Para conter o avanço da dengue é necessário eliminar os criadouros do mosquito transmissor, que se prolifera em locais com água parada. A orientação é inspecionar vasos de plantas, manter o quintal limpo, evitando o acúmulo de entulhos que possam reter água e vedar reservatórios e caixas d’água.

Piloto paranaense é destaque na largada da temporada da Stock Light em Goiânia nesse sábado

O piloto curitibano Zezinho Muggiati é um dos destaques da temporada 2021 da Stock Light que começa nesse sábado, 24 de março, no Autódromo Internacional de Goiânia. Com apenas 17 anos ele vai para sua segunda temporada na categoria de acesso à Stock Car com regulamento similar da principal série de automobilismo brasileiro que conta com nomes como Rubens Barrichelo, Felipe Massa, Cacá Bueno, Ricardo Zonta, Tony Kanaan, Nelson Piquet Junior, entre outros.

“A Stock Light propicia uma melhor preparação dos pilotos com incentivos que contribuem para a formação da futura geração do motor nacional”, explica Muggiati.

O bom desempenho na temporada de estreia ano passado, com a 7ª colocação, inclusive com vitória no tradicional circuito de Interlagos, rendeu um “upgrade” de equipe para o paranaense que esse ano vai correr pela W2 Racing, a equipe de maior sucesso na história da Stock Light detendo recorde de poles, vitórias e títulos.

“Será um ano com excelente estrutura de trabalho, uma equipe de ponta e totais condições de fazer uma boa temporada. Vou competir pra ser campeão. O título rende um bom prêmio, de R$ 1,2 milhão, para subir para a categoria principal”, conta.

Antes de chegar à Stock Light, Zezinho despontou no kart alcançando 16 títulos entre paranaenses, sul-brasileiros e brasileiros. As conquistas renderam um convite da Academia de Jovens Pilotos da Toyota que investiu no aprimoramento do piloto e bancou todos os custos de corrida ano passado como parte do programa de recrutamento.

Na preparação para a competição, Muggiati treina diariamente de três a quatro horas em simulador, corre no Parque Barigui e complementa com as atividades físicas.

Para chegar às vitórias e alcançar os objetivos traçados, Muggiati conta com patrocínio da Philco, Grupo Potencial, Pride Construtora, Ideris e apoio da Academia Basement e do Ministério da Cidadania, Secretaria Especial do Esporte por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Lucas Mineiro é confirmado ao lado de estrelas internacionais no card do BRAVE CF 51, em Belarus

Distrito de Seef, Bahrein - 23 de Abril de 2020

O BRAVE Combat Federation, maior organização de MMA do Oriente Médio, vai desembarcar em Belarus pela primeira vez no dia 4 de junho, para seu 51º show, a ser realizado na capital Minsk, em associação com Rukh Sports Management (RSM). E o card já começa a ganhar forma com o anúncio de alguns lutadores confirmados, incluindo aí um brasileiro.

Lucas “Mineiro” Martins, ex-campeão peso leve da organização e ex-desafiante ao cinturão dos penas, liderou a lista de nomes anunciados pelo BRAVE CF como presenças confirmadas no card de junho.

Com 32 anos, Mineiro tem um cartel profissional de 20 vitórias e apenas cinco derrotas. O evento não informou, no entanto, quem será o adversário de Lucas na noite, mas adiantou que o brasileiro fará uma das lutas mais importantes do card.

Além de Mineiro, outros atletas confirmados para o BRAVE CF 51 foram: Vadim Kutsyi, astro do MMA em Belarus, que ostenta um cartel de 15-1; a sensação do peso pena na Rússia Roman Bogatov, que faz sua segunda luta pela organização e busca sua segunda vitória seguida no evento; e o alemão Marcel Grabinski, que chegou ao BRAVE CF após dominar a cena alemã, e chocou o mundo ao bater o favorito Issa Issakov em sua primeira aparição no cage.

No dia 4 de junho, Belarus vai se tornar a 22º país a receber uma edição do BRAVE Combat Federation, a medida em que o evento de MMA que mais cresce no planeta continua expandindo suas operações para novos territórios e levando MMA de nível internacional para diferentes mercados. Fique ligado nas redes sociais do BRAVE CF (@bravemmaf) para mais atualizações sobre os anúncios do BRAVE CF 51.

FÃS DO MADERO GANHAM DOIS NOVOS ENDEREÇOS NA CIDADE DE SÃO PAULO

Aposta em versão container também ganha espaço na cidade

Berço da gastronomia eclética e acolhedora, São Paulo é um prato cheio (literalmente) para quem valoriza a boa culinária. E a cidade acaba de ganhar um motivo extra, na verdade dois, para quem ama hambúrgueres: inaugura dia 24/04, as novas filiais do Madero Steak House (Shopping SP Market) e Madero Container (Vila Gomes Cardim).

No coração da Zona Sul, o novo Madero Steak House do Shopping SP Market recebeu investimento de mais de R$ 5.5 milhões, em 782m2 com capacidade para 234 pessoas e projeto arquitetônico de Kethlen Ribas Durski com o tradicional e agradável ambiente, que aposta em muita madeira e tijolos aparentes.

Já a versão container também assinada pela arquiteta, vai aportar no nobre bairro paulistano, na Rua Azevedo Soares, zona leste da cidade em Vila Gomes Cardim, com investimento de mais de R$ 4 milhões, em 1100m2 com capacidade para 100 pessoas. A aposta sustentável se destaca pela concepção moderna e industrial dos containers de aço, construídos a partir de peças descartadas para transporte de carga, associada à identidade do Madero, com proposta urbana e muito descolada.

O extenso cardápio é a alegria dos fãs do Madero! Consagrada como a maior rede de casual dining do país, traz todas as criações do chef Junior Durski, com a preocupação em oferecer uma alimentação saudável e de qualidade, com ingredientes orgânicos, naturais, sem conservantes e com procedência garantida.

Na versão container, as receitas artesanais são disputadas, com seus hambúrgueres premiados, grelhados ao fogo forte e todas as delícias já conhecidas do público, como o tradicional Cheeseburger Madero (pão crocante assado na hora, alface e tomates orgânicos e frescos, queijo tipo cheddar, maionese artesanal, 180g de carne pura e grelhada), acompanhado por batatas fritas crocantes por fora e macias por dentro e o Choripán - famoso sandwich argentino (linguicinha artesanal 130gr, defumada e grelhada em fogo forte, alface, vinagrete e maionese artesanal), além dos Sandwiches Fit ( Cheesburger Madero Fit, Cheesburger Madero Menos Sal e Cheese Chicken Fit), entre outras opções! Na ala das entradas, são concorridas as mini coxinhas de frango e os mini pastéis de carne e para adoçar o paladar, o Brigadeiro de Colher e o Brownie de chocolate, dois clássicos do cardápio . Há ainda opções vegetarianas e veganas, como o Burger Falafel Vegano - hambúrguer de 100g feito com grão de bico, gergelim e farinha de rosca, temperado com hortelã, salsinha, coentro, pimenta, páprica e cominho, com creme de palmito, tomate, alface e sem queijo. Na carta de bebidas, as sodas artesanais são queridinhas nas versões maçã verde e limão.

No Madero Steak House, além das delícias do cardápio do Madero Container, há tambem mais opções como o estrelado Palmito assado com flor de sal e manteiga (260g), o tradicional Schnitzel (fatia de lombo bem fina e macia, servida à milanesa, envolvida em uma mistura de farinha de pão 220g), Filé mignon com molho de pimentas verdes, Penne com camarões e muitas outras delícias.

Em ambos há ainda a possibilidade de compra pelo aplicativo Madero APP, disponível na Apple Store e no Google Play -https://www.restaurantemadero.com.br/pt/delivery

Madero Shopping SP Market- Av. das Nações Unidas, 22540 – LJ Anc 02 – Térreo. (11) 5681-8116- Horário: Salão: 11h30 às 19h APP: 12h às 21h45 Take Away: 11h30 às 19h. Estacionamento do shopping.

Madero Container Azevedo Soares - Rua Azevedo Soares, 945, Vila Gomes Cardim – (11) 2942-7471. Horário: Salão: abre no sábado das 12h às 22h. Aplicativo: 12h às 22h. Take Away: 12h às 22hEstacionamento com13 vagas (1 idoso e 1 pcd).