BRAVE CF 35 terá duas quartas de final do torneio peso mosca, com Nicolau e Adur em ação

A organização do BRAVE Combat Federation, principal evento de MMA do Oriente Médio, confirmou as duas primeiras lutas para o torneio que definirá seu primeiro campeão peso mosca e os duelos, que acontecerão no BRAVE CF 35, evento marcado para março em Balneário Camboriú, contarão com os brasileiros Matheus Nicolau e Marcel Adur.

Um veterano com cinco lutas, e quatro vitórias, sob a bandeira do BRAVE CF, Marcel Adur irá para sua terceira tentativa de conquistar o título mundial da organização, com as duas anteriores tendo sido canceladas por motivos alheios ao brasileiro. Em 2018, a luta contra Velimurad Alkhasov não valeu o cinturão pois o russo não bateu o peso oficial. Já em 2019, foi a vez de José “Shorty” Torres, seu adversário na ocasião, sair do card já na semana da luta, devido a problemas pessoais, forçando assim o cancelamento do combate.

Agora, Adur, de 28 anos e um cartel profissional de 15 vitórias e 5 derrotas, retorna a seu estado-natal Santa Catarina, para um duelo válido pelas quartas de final do torneio de pesos mosca do BRAVE. O adversário da vez será o canadense Malcom Gordon. Conhecido como “Malcom X”, tem um histórico de 12 vitórias e apenas três derrotas e é atualmente considerado o peso mosca número um pelo ranking de seu país de origem.

Já o ex-participante da quarta edição do reality show “The Ultimate Fighter: Brasil” Matheus Nicolau voltará a sua categoria de origem, após estrear como peso galo no BRAVE no último mês de agosto, vencendo o compatriota Felipe Efrain em Belo Horizonte (MG). O chaveamento do torneio mundial peso mosca colocou o brasileiro frente a frente com o também ex-UFC Jose “Shorty” Torres.

O BRAVE 35 acontece no dia 25 de março, em Balneário Camburiú. O evento marca a quinta visita da maior organização de MMA do Oriente Médio ao país, fazendo com que o Brasil empate com o Bahrein (casa do BRAVE CF) como nação com mais edições realizadas na história. A luta principal da noite marcará a primeira defesa de cinturão do campeão dos pesos leves Cleiton “Predador” Silva, diante do sueco Guram Kutateladze.

LEÔNCIO CUNHA CONTA SUA VIDA

Livro do fundador de Paraíso do Norte e Rondon será lançado em Março
Obra organizada pelos familiares de Leôncio de Oliveira Cunha foi originada a partir do diário de mais de 200 páginas do desbravador. Lançamento de “Leôncio Cunha conta a sua vida” ocorrerá no dia 19 de março na Livraria Curitiba do Shopping Palladium
LEÔNCIO CUNHA CONTA SUA VIDA é uma obra originada do diário manuscrito de Leôncio de Oliveira Cunha, fundador de duas cidades no noroeste do Paraná: Paraíso do Norte e Rondon. Neste livro de memórias, que se iniciou em 1º de janeiro de 1939 e finalizou-se em 1990, está documentada toda a trajetória das suas grandes realizações como desbravador, grande empreendedor, assim como suas relações com os familiares e entre amigos.

A obra foi cuidadosamente reproduzida do seu diário mantendo o seu jeito simples de escrever, seu linguajar e seus jargões. É a concretização de um sonho de Leôncio, que sempre dizia que gostaria de ver seu diário um dia publicado. Com este sonho realizado mais e mais pessoas conhecerão a essência do que foi esse grande homem. A vida pessoal, profissional e política deste grande desbravador é recheada de grandes emoções e realizações.

Entre suas conquistas, Leôncio acumulou como agrimensor, quilômetros e mais quilômetros de estradas abertas em meio ao sertão fechado e a demarcação de quase trezentos mil alqueires de terras também dentro de matas totalmente fechadas, entre povos semicivilizados, nas Colônias Centenário, Paranavaí e Tapejara. Foi também um destemido líder, capaz de levar uma caravana a acompanhá-lo em seus empreendimentos, trabalhando nos sertões, nas Organizações Leôncio de Oliveira Cunha ou em suas grandes aventuras de lazer. Em suma, o leitor terá os registros de suas lembranças dos fatos mais marcantes do passado de Leôncio junto com sua esposa Lazarina, seus filhos e familiares e também de sua vida nos sertões, de forma ora cronológica, ora atemporal.

O livro é um registro importante para historiados, pesquisadores, estudantes, além de despertar o interesse dos moradores e nascidos nos dois municípios. Nas 523 páginas é possível saber como foi o início dos primeiros levantamentos topográficos, onde hoje estão instaladas as duas cidades por ele fundadas, a serviço do governo do Paraná.

Convidamos você, leitor, a deleitar-se no legado deixado por Leôncio, uma obra que serve de inspiração aqueles que prezam o amor pelo próximo, pela família e nunca desistem dos seus sonhos.
Vanessa

Contatos com Marcia Cunha Canabrava
Marcia.cana@gmail.com
041 988184082