Luana Pinheiro se junta à legião de brasileiros no BRAVE CF 29; veja card completo

Luana Pinheiro se junta à legião de brasileiros no BRAVE CF 29; veja card completo

O BRAVE Combat Federation, organização de MMA que mais cresce no mundo, divulgou o card completo do maior evento do ano, o BRAVE CF 29, que ocorre no Bahrein, dia 15 de novembro. Além dos já anunciados Marcel Adur, Felipe Silva e Luan "Miau" Santiago, a peso palha Luana Pinheiro também estará em ação, além de Erick "Índio Brabo" da Silva.

Campeã de judô e com duas vitórias em duas lutas pelo BRAVE CF, Luana fará história no Bahrein ao enfrentar a inglesa Helen Harper. Elas farão parte da primeira luta feminina profissional de MMA no reinado. Pinheiro vem de triunfo no BRAVE CF 26, quando finalizou Yasmeli Araque. Antes, ela havia vencido a compatriota Elaine "Pantera", em Belo Horizonte, no BRAVE 11.

Erick, por sua vez, descerá do peso leve para o peso pena para enfrentar Akhmed Magomedov. "Índio Brabo", que treina com Darren Till na Inglaterra, tem quatro lutas pelo BRAVE CF, com duas vitórias e duas derrotas. Ele tentará se recuperar do revés para Guram Kutateladze, diante de Magomedov.

Além dos dois, o Brasil será representado por Marcel Adur, que enfrenta Jose Torres, ex-UFC, pelo título inaugural peso mosca. Luan "Miau" Santiago sobe para o peso superleve para enfrentar Gadzhimusa Gaziev, enquanto Felipe Silva mede forças com Guram Kutateladze.

O BRAVE CF 29 terá, no total, 15 lutas, e 12 delas foram confirmadas pela organização. As outras três farão parte do torneio sem limite de peso, o KHK World Championship, que terá semifinais e final na mesma noite e premiará o vencedor com um cheque de US$100,000 (mais de R$415 mil), além da posse provisória do cinturão KHK, adornado com 6.2 kg de ouro.

Veja o card completo do BRAVE CF 29:

Card principal
Peso mosca: Jose Torres vs Marcel Adur
Peso galo: Hamza Kooheji vs Nahuel Gandolfi
Peso pena: Abdul-Kareem Al-Selwady vs Dumar Roa
Peso superleve: Luan "Miau" Santiago vs Gadzhimusa Gaziev
Peso leve: Felipe Silva vs Guram Kutateladze
Peso palha: Luana Pinheiro vs Helen Harper

Card preliminar
Peso mosca: Hussain Ayyad vs Matis Zarahovs
Peso pena: Ilia Topuria vs Steven Gonçalves
Peso mosca: Amir Albazi vs Ryan Curtis
Peso galo: Ali Qaisi vs Jeremy Pacatiw
Peso galo: Dean Garnett vs Rany Saadeh
Peso pena: Akhmed Magomedov vs Erick da Silva

McDonald’s inaugura restaurante icônico no Brasil

http://vignette3.wikia.nocookie.net/logopedia/images/6/62/McDonald's_Golden_Arches.png/revision/latest?cb=20121215032648

McDonald’s inaugura restaurante icônico no Brasil
‘Méqui 1000’ chega com inovações no menu, na experiência e no uso de tecnologia

Nesta sexta-feira, 18 de outubro, o McDonald’s abre as portas de sua nova unidade, localizada em um dos endereços mais simbólicos do país, a avenida Paulista. O restaurante nasce com potencial de ser o mais novo ponto-de-encontro de quem trabalha, estuda ou está ‘turistando’ pela região. Afinal, além da localização privilegiada, o Méqui 1000 apresentará ao público um projeto de arquitetura inovador e experiências únicas.

“Para nós, essa inauguração é bastante significativa. Chegamos ao Brasil há quatro décadas e o primeiro restaurante de São Paulo foi também na Avenida Paulista, em 1981. Estamos ampliando nossa presença na região, para entregar ao nosso cliente mais do que um local onde ele possa fazer suas refeições: o Méqui 1000 é um espaço minuciosamente criado para que as pessoas tenham uma experiência única com a nossa marca”, afirma Paulo Camargo, presidente da divisão Brasil da Arcos Dorados, operadora da marca McDonald’s no país e em outros 19 países da América Latina e Caribe.

O restaurante 1000 chega para celebrar os 40 anos da marca no país, em um momento de forte investimento. Além da expansão, a empresa está modernizando os restaurantes da rede, resultado de investimentos de R$ 1,25 bilhão anunciados pela Arcos Dorados para o triênio 2017-2019. Desse total, cerca de 60% serão destinados para abertura e reforma de unidades no Brasil.

Méqui 1000

A nova unidade está instalada em uma das esquinas mais charmosas da avenida, com a alameda Ministro Rocha Azevedo, em um casarão construído na década de 1940 – muito conhecido dos turistas que visitam a região na época do Natal. Isso porque o imóvel é tradicionalmente enfeitado para as festas de final de ano, prática que será mantida pelo McDonald’s. “Essa sacada terá uma das melhores vistas de uma das festas de Réveillon mais famosas do Brasil”, avisa Paulo Camargo.

A fachada traz o já inconfundível ‘Méqui’, uma ação de marketing que virou febre em todo o país, pois celebra a intimidade entre a marca e seus clientes. Camargo conta quais são as outras novidades: “Temos uma esteira que sai da cozinha e vai até o Drive-Thru.

Os produtos serão entregues por lá e quem estiver na fila do drive poderá ver seu pedido chegando”, antecipa o executivo. “O restaurante tem diversos espaços instagramáveis, um terraço agradável e uma área verde incrível. Está na Paulista, mas é um espaço de todos os clientes, do Brasil e do mundo”.

Quem for conferir o Méqui 1000 também verá outros aspectos tecnológicos em seu interior e que já são marca registrada do McDonald’s, como totens de autoatendimento, menu board digital e atendimento dual point.

A unidade tem capacidade para atender 220 pessoas simultaneamente e gerou cerca de 100 novos postos de trabalho. A equipe, escolhida a dedo, é considerada ‘a prata da casa’, contando com diversas lideranças femininas e profissionais bilíngues.

Com funcionamento 24 horas, Drive-Thru e McDelivery, o novo restaurante é assinado pelo arquiteto australiano Mark Landini, autor de diversos projetos para o McDonald’s no mundo, reconhecidos principalmente pela inovação.

Você só vê aqui

Dois aspectos desta unidade chamarão a atenção dos clientes. O primeiro é o cardápio, com produtos exclusivos como McPolpetone, pão de queijo sem lactose, Mozzarela Sticks e Pão de Queijo Burger, combinações que estarão disponíveis por tempo limitado.

A segunda novidade fica por conta do uniforme dos funcionários que, assim como a arquitetura do local, também une o clássico ao moderno, segundo definição da estilista Patricia Saada, que também assina os trajes que há dois anos vestem os colaboradores McDonald’s de todo o país. “Quis que as peças refletissem a sensação que os clientes terão ao entrar em um prédio clássico, mas com um interior totalmente tecnológico”.

Os looks criados por Patricia contam com suspensório, avental com detalhes em jeans, camisetas reversíveis, moletom e colete para o McDelivery. “O mais interessante desse processo foi poder contar com a ajuda dos próprios funcionários, que com seus inputs sobre o dia a dia no restaurante me ajudaram a chegar ao uniforme ideal”, comenta a estilista.

O tecido escolhido para parte das peças é um jeans com características mais ambientalmente corretas. Fabricado no Brasil pela Vicunha Têxtil, conta com o selo Eco Cycle, que indica redução do consumo de água no tingimento e utilização menor quantidade de matéria-prima virgem, a partir do uso de fibras recicladas. Sua confecção é certificada pela ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil) e se dá a partir de processos mais racionais e limpos, que reafirmam o compromisso da marca com a Sustentabilidade.

Sobre a Arcos Dorados
A Arcos Dorados é a maior franquia McDonald’s do mundo, tanto em vendas totais do sistema como em número de restaurantes. A Companhia é a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe, com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios, incluindo Argentina, Aruba, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Curaçao, Equador, Guiana Francesa, Guadalupe, Martinica, México, Panamá, Peru, Porto Rico, St. Croix, St. Thomas, Trinidad & Tobago, Uruguai e Venezuela. A Companhia opera ou franqueia mais de 2.200 restaurantes McDonald’s com mais de 90.000 funcionários e é reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar no América Latina. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia visite a seção de Investidores de nosso site: www.arcosdorados.com/ir

Rua 24 Horas promove o 2º Festival do Strogonoff de Curitiba

Rua 24 Horas promove o 2º Festival do Strogonoff de Curitiba
A segunda edição do tão esperado festival vai acontecer em um dos pontos turísticos mais tradicionais da capital paranaense, nos dias 26 e 27 de outubro

CURITIBA, 18/10/2019 – O strogonoff é um prato da culinária russa feito de cubos de carne bovina num delicioso molho de creme de leite. Criado em meados do século XIX, popularizou-se rapidamente e se espalhou pelo mundo. A receita é simples, dourar e flambar a carne, adicionar mostarda e finalizar com creme de leite. Mas a criatividade dos chefs possibilita versões diferentes do clássico, oferecendo novos sabores e experiências.

Pensando neste preparo extremamente saboroso e difundido em todo planeta, a Rua 24 Horas, um dos pontos turísticos e de entretenimento mais tradicionais da capital paranaense, vai promover, nos dias 26 e 27 de outubro, o 2º Festival do Strogonoff de Curitiba. Durante os dois dias do festival, os restaurantes Bávaro, James Hill, Pezzo Italian Food, Prinzen, Fresh Juice e KODA vão servir várias releituras do strogonoff. Serão mais de 20 opções comercializadas pelo preço máximo de R$ 20, além de um buffet livre com seis variações da iguaria por R$ 22,90.

Entre os destaques do evento estão o suculento Strogonoff Burger do Bávaro; o penne gratinado ao molho de strogonoff de alcatra do Prizen; e o sanduíche Blue Cheese & Bacon Strogonoff do James Hill. Para os vegetarianos, o festival também terá ótimas opções, entre elas o strogonoff de palmito, preparado pelo Bávaro, e o strogonoff de palmito com grão de bico e alho poró, desenvolvido pelo Pezzo.

Para finalizar o cardápio incrível, o festival ainda conta com versões doces da iguaria. Que tal uma torta de strogonoff de doce de leite com nozes e bola de sorvete? Ou quem sabe o strogonoff de morango com suspiros? Na dúvida, pega um de cada, o que importa é não deixar de aproveitar o 2º Festival do Strogonoff de Curitiba.

Chef Karine Pacheco

Durante o festival, a chef Karina Pacheco, consultora gastronômica especializada em comida brasileira, assumirá a cozinha do Pezzo para oferecer um buffet livre especial, que terá releituras de strogonoff como grande destaque. A chef é proprietária do restaurante Ancoradouro, da cidade de Guarapuava (PR), e pós-graduanda em Gastronomia Autoral pela PUCRS. Karina tem uma carreira brilhante na gastronomia e vem surpreendendo cada vez mais na cena local, com prato ganhador no evento Inverno Gastronômico.

Confira o cardápio completo de cada operação:

Bávaro Chopperia e Hamburgueria: Strogonoff Burguer – pão macio, hambúrguer de 150g, cogumelos flambados, creme de strogonoff na versão gorgonzola e batata palha; Russian Strogonoff – strogonoff de contrafilé com purê de batata e arroz branco; Volcano Strogonoff – base de purê de batata, batatas cozidas e strogonoff de frango coberto com batata palha; Fritas Strogonoff – 400g de batata frita coberta com creme de strogonoff com bacon e queijo muçarela gratinado no maçarico; e Veggie Strogonoff – strogonoff de palmito com arroz branco.

James Hill Sandwich Company: Blue Cheese & Bacon Strogonoff – baguete de 22 centímetros, strogonoff de frango com molho cremoso de gorgonzola, bacon crocante e cogumelo opcional; Taco Strogonoff – taco crocante de strogonoff de frango, lombinho ou carne com salada; e Bolinhos indianos – cinco bolinhos indianos com duas opções de cobertura, strogonoff de doce de leite ou strogonoff de nozes.

Prinzen: Penne gratinado ao molho de strogonoff de alcatra coberto com batata palha; Strogonoff de lombinho com purê de batata artesanal e arroz branco; Strogonoff de frango com bacon, purê de batata artesanal e arroz branco; Strogonoff de costela, purê de batata artesanal e arroz branco; e Batata Suíça – batata assada recheada com strogonoff de frango com bacon, lombinho ou costela coberto com batata palha.

Fresh Juice: Milkshake de Strogonoff de nozes 300ml; Brownie com sorvete e calda de strogonoff de doce de leite; Strogonoff de doce de leite com sorvete; Strogonoff de morango e suspiro com bola de sorvete; e Torta de strogonoff de doce de leite com nozes e bola de sorvete.

KODA: Strogonoff com tiras de frango, arroz e batata palha; e Strogonoff com tiras de carne, arroz e batata palha.

Pezzo Italian Food: Buffet livre com opções de saladas; Strogonoff de alcatra e cogumelo flambado na cachaça; Strogonoff de alcatra clássico; Strogonoff de lombo na cerveja preta; Escondidinho de strogonoff de frango com açafrão e cogumelo; Strogonoff de palmito com grão de bico e alho poró; arroz branco; arroz carreteiro; batata rosti; batata palha; e fritas com cheddar. Para a sobremesa, o Strogonoff de morango com suspiros também está incluso.

O 2º Festival do Strogonoff de Curitiba será realizado nos dias 26 e 27 de outubro, das 10h às 23h. A Rua 24 Horas fica na Rua Visconde de Nácar - sem número, no Centro de Curitiba. Mais informações pelo telefone (41) 3078-9777.

Evento apresenta harmonizações inusitadas de cervejas artesanais com doces finos

Evento apresenta harmonizações inusitadas de cervejas artesanais com doces finos

Cerveja Fora da Caixa promove encontro da beer sommelier Carolina Scheibe e da confeiteira Mariana Celestrino para um evento inédito em Curitiba

Comando News – O primeiro encontro do Cerveja Fora da Caixa acontece no dia 1° de novembro, às 19h30, na Alright Bee. O evento inédito reúne a beer sommelier Carolina Scheibe, da Whatever Cervejaria, e a confeiteira Mariana Celestrino, da Di Mari Doceria Artesanal, para harmonização exclusiva entre quatros estilos de cervejas artesanais curitibanas e quatro doces finos criados com exclusividade. Os ingressos custam a partir de R$ 90 e podem ser adquiridos pelo link bit.ly/33xxtah até 30 de outubro.
A cerveja artesanal, assim como o vinho, pode ser uma ótima opção para harmonizações. “Seja por aproximação ou contraste de sabores, a cerveja, realça e altera o sabor dos alimentos. A ideia de eventos de harmonização como o Cerveja Fora da Caixa é testar e explorar combinações entre cerveja e comida, brincando com o olfato e o paladar das pessoas”, afirma Carolina Sheibe, beer sommelier e cofundadora da Whatever Cervejaria.
O sabor escolhido para o primeiro encontro do projeto foi o doce. “Achei a ideia de harmonizar cerveja artesanal com doces finos inusitada. Por isso, topei na hora o desafio de criar doces especiais para aguçar e estimular o paladar dos participantes” conta Mariana Celestrino, confeiteira convidada para a primeira edição.

Sobre o Cerveja Fora da Caixa
O Cerveja Fora da Caixa é um projeto que tem como objetivo iniciar as pessoas no universo das harmonizações com cerveja artesanal. A ideia é desmistificar os rótulos e propor encontros criativos entre a cerveja e a gastronomia paranaense. Além disso, o projeto pretende promover o turismo de experiência, apresentando aos turistas e visitantes de negócios a produção local de cerveja artesanal e opções gastronômicas fora do convencional.

Serviço
Cerveja Fora da Caixa – Encontro #1 – Lupulados & Adocicados
Data/horário: Sexta-feira, 1° de novembro de 2019 às 19h30
Local: Alright Beer - R. Adir Dalabona, 95 - Orleans, Curitiba – PR
Ingressos: de R$ 90,00 a R$ 115,00
Informações: https://www.facebook.com/events/2498337650233615/ ou https://www.instagram.com/cervejaforadacaixa/
Inscrições: bit.ly/33xxtah
Contato: 41 9.9969-2444

La Vaca Steakhouse homenageia a tradição do assado

La Vaca Steakhouse homenageia a tradição do assado

 

Restaurante propõe imersão na cultura do churrasco. A começar pela fachada, passando pelo painel assinado por Romulo Lass que conta um pouco desta história

 

Da rua já se percebe quem é a estrela da casa: uma escultura em tamanho natural de um exemplar de gado Wagyu pontifica no jardim do recém-inaugurado La Vaca Steakhouse, em Curitiba. O olhar mais atento de quem passa para o salão remete à origem do churrasco na América do Sul contada pelo traço do artista visual Rômulo Lass. Um painel de 4,5 por 2,70 metros mostra três tropeiros em torno de um churrasco de costela fogo de chão. Entre as figuras há uma grelha com alguns pinhões que os tropeiros assavam na brasa na época das tropas no Sul do Brasil.

A origem do churrasco tem diferentes histórias de várias partes do mundo. A pesquisa que originou o painel de Rômulo Lass na entrada do La Vaca Steakhouse tem base nos colonizadores espanhóis e portugueses que aprenderam sobre o churrasco com os índios brasileiros. Os índios assavam carne de vaca selvagem numa grelha feita com varas verdes. Esse churrasco chegou a nós já feito com a vaca domesticada pelos tropeiros, que levavam o animal por suas andanças para alimentar a tropa, assando a carne no fogo de chão.

O La Vaca Steakhouse adaptou o tradicional fogo de chão à parrilla uruguaia. A parrilla tem um sistema próprio e, diferentemente das churrasqueiras brasileiras, o carvão ou a lenha são queimados separadamente, de maneira que a queima não interfira no aroma e no sabor da carne. Na parrilla, o carvão fica em um local isolado, na lateral ou no fundo da grelha, enquanto uma espécie de haste puxa a brasa, aproximando o calor da carne.