Confira as novidades para o VI Vinho na Vila

Confira a lista de expositores confirmados para o vinho na vila. Evento acontece neste final de semana, no SOUQ

Após passar por Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, Vinho na Vila acontece na capital paranaense neste sábado e domingo, dias 20 e 21, no Souq. O evento, realizado há 6 anos no país, tem como objetivo democratizar o consumo de vinhos e mostrar que o Brasil possui produções de muita qualidade.

A edição Curitiba traz mais de 200 rótulos. Quem representará os vinhos do Paraná será a Cacau Wines, que trará vários rótulos de Bituruna, da Vinícola Sanber. O evento contará com uma aula no sábado, às 17h, com harmonizações inéditas que serão apresentadas pela curadora local Daniele Lopez, e com direito a sorteio de kits paranaenses.

Já entre os nomes nacionais, estão as vinícolas: Buffon; Cave Antiga, sendo representada pelo Enólogo Christian Ambrosi; Dunamis; Tenuta Foppa e Ambrosi com a presença dos proprietários e enólogos Lucas e Ricardo; Fin; OCEA RJ, entre outras premiadas. Expositor multirótulos: Casa Vitis.
Outra novidade é a presença de outros expositores artesanais. Entre os nomes, estão Laticinio São Vicente, Brutos no Sabor, O que tem no Pote, Tramas e Design, MZ Bordados, Seu Risotto e Giacca.
Na programação musical, sábado, a partir das 14h, com muito pop-rock com Gabi Savian. Em seguida, será a vez de sertanejo com Zé Luis & Naldo. Já no domingo, será a vez de muito MPB e samba com Thiago Fermino. Outro ponto-chave do evento são os workshops no Espaço gratuito do SEBRAE de harmonização de vinhos brasileiros com vinícolas regionais e com chefs especializados em comida brasileira.
A curadoria local do evento é de Daniele Lopez, curitibana, sommeliére e apresentadora do programa Vino e Vinho. Outra presença confirmada é de Sílvia Mascella Rosa, sommeliére, bartender e jornalista especializada em alimentos, bebidas, enoturismo e negócios do vinho há mais de duas décadas. Foi editora e degustadora da Revista ADEGA e também sommeliére do Instituto Brasileiro da Uva e do Vinho e de restaurantes e vinícolas, para as quais ainda presta consultoria.
O evento é único em sua proposta, pois tem como foco as vinícolas nacionais, apresentando produtores pouco conhecidos do grande público. Além disso, desmistifica o mundo do vinho, levando esta cultura milenar para um ambiente informal, alegre e jovem. O Vinho na Vila – Etapa Curitiba conta também com a diversidade gastronômica do Souq, que reúne opções de comida asiática, francesa, italiana, mexicana, além de itens como hambúrgueres, batatas, churrasco e doces.
IDEALIZAÇÃO E PRODUÇÃO: Casa Vitis. Patrocínio: SEBRAE 50+50. Apoio Revista Adega, Souq e Sebrae PR.

Serviço

Vinho na Vila
Local: Souq Curitiba - Av. Iguaçu, 4399 - Vila Izabel

Horário das sessões - das 14h às 21h, conforme abaixo:

Sábado e Domingo:

Feira de vinhos brasileiros

Horários: sábado e domingo, em três sessões:

14h30 às 17h30

18h às 21h

Preço: a partir de R$ 110,00

Acesse o site e adquira já o ingresso para o Vinho na Vila: vinhonavila.com.br

Todos os ingressos incluem: degustação de todos os rótulos, taça de cristal e ecobag personalizada do evento.

Mais informações: https://vinhonavila.com.br

Koré Suryaa faz jantar harmonizado em parceria com Rootstock Vinhos

O Restaurante Koré do Suryaa Lifestyle Hotel, no Alphaville Graciosa, promove na próxima quinta-feira (25) um delicioso jantar harmonizado em parceria com a importadora Rootstock Vinhos. O menu exclusivo será preparado pelo chef Claude Bezerra com harmonização feita pelo sommelier Paul Tudgay, certificado pela Court of Master Sommeliers e educador do Wine and Spirits Education Trust (WSET). O jantar começa às 19h30 e custa R$ 370 + 10% por pessoa.

Confira o cardápio:

Welcome drink
Espumante Nina Prosecco, Itália

Entrada
Vol-au-vent de cogumelos silvestres
Vinho: Antinori Santa Cristina - Campo Grande Orvieto DOC, Itália

Primeiro prato
Peixe branco grelhado à moda inglesa com crispies de mandioquinha
Vinho: Krasno Orange (vinho laranja) - Eslovênia

Segundo prato
Tornedor de mignon au triple poivre com risoto de brie
Vinho: Guado al Tasso Cont Ugo, Bolgheri - Itália

Sobremesa
Crème Brûlée de limão siciliano
Vinho: Rosario Moscatel de Setúbal

Serviço
Jantar Harmonizado Koré Suryaa com Rootstock Vinhos
Endereço: Rua Jaguariaíva, 344 - Alphaville Graciosa, Pinhais/PR
Data: 25 de agosto de 2022
Horário: 19h30
Valor: R$ 370 + 10% por pessoa
Reservas (com pagamento antecipado): recepcao.suryaa@hcchotels.com.br | (41) 3097-9900

Chega a Curitiba o Road Show 2022 com os Vinhos de Portugal

“A diversidade e a cultura portuguesa marcam presença na cidade com seminários, degustações e jogos.”

No dia 24 de agosto acontece no Palácio Garibaldi o evento que faz parte do projeto “Roadshow 2022 - Vinhos de Portugal”. Os visitantes terão a oportunidade de descobrir a riqueza dos sabores proporcionados pelos vinhos portugueses.

Os produtores portugueses presentes no evento serão: Adega Ponte da Barca | Viniverde, Aveleda, CARM, Carmim, Cartuxa - Fundação Eugénio de Almeida, Casa Ermelinda Freitas, Casa Relvas, Quinta da Mariposa, Esporão, Quinta do Crasto, Falua - Wine’s From Portugal, Herdade da Mingorra, José Maria da Fonseca, Parras Wines, Quinta da Devesa, Quinta da Lapa, Rocim Wines, Rola e Vercoope.

Portugal é um dos principais produtores de vinho no mundo e a sua posição no mercado brasileiro tem crescido cada dia mais. De acordo com uma pesquisa realizada pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), em termos globais, Portugal é o 9º maior exportador mundial, em valor e em volume. O Brasil, por sua vez, é um dos maiores e mais importantes mercados para o vinho português, sendo o 4º mercado em valor e em volume. Em termos nacionais, Portugal ocupa um lugar de destaque, sendo o 2° maior país importado, desde 2016, perdendo apenas para o Chile, com 18% do Market Share, segundo dados do Grupo Serpa.

O Roadshow começa com uma Masterclass especial sobre os Vinhos de Portugal, direcionada aos profissionais do setor, onde teremos como oradora, a prestigiada Sandra Zottis. Na sequência o evento prossegue com a degustação de vinhos com aproximadamente 190 rótulos disponíveis. Serão apresentadas as peculiaridades que o país oferece, são mais de 250 uvas autóctones. Os portugueses se destacam por elaborar rótulos singulares e são considerados mestres em fazer “blends”. As variedades mais utilizadas para a produção do vinho tinto são a Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Amarela, Trincadeira, Aragonez, Syrah, Baga e Castelão. Já as castas brancas mais utilizadas são a Alvarinho, Arinto, Antão Vaz, Viosinho, Verdelho, Encruzado e Fernão Pires.

Ao mesmo tempo em que acontecem as degustações teremos também a parte mais divertida do evento: os “Wine Games”. A proposta inclui duas mesas onde os participantes terão que identificar os principais aromas do vinho e as suas regiões. Os vencedores receberão brinde. Não haverá apostas em dinheiro.

O evento é realizado pela agência Exponor Brasil Feiras e Eventos, especialista em Live Marketing.

SERVIÇOS

Degustação dos Vinhos de Portugal 2022 em Curitiba

Data: 24 de agosto de 2022

Local: Palácio Garibaldi – Praça Garibaldi, 12 – São Francisco

Profissionais Convidados - das 16h às 21h

Consumidores - das 18h30 às 21h

Masterclass (palestra com degustação) - 15h às 16h - limitado a 30 profissionais do setor

Inscrições profissionais do setor: https://bit.ly/roadshowcuritiba2022

Ingressos consumidor final: https://bit.ly/degustacaocuritiba2022

Sobre a Exponor Brasil: Fundada em 1856, a EXPONOR - Feira Internacional do Porto, considerada uma das principais organizadoras de feiras e eventos do mundo, atua na gestão de feiras de negócios em Portugal. No Brasil está presente desde 1998, foi constituída como Exponor Brasil, realiza eventos em diversos setores econômicos, oferecendo serviços personalizados para feiras, eventos, organização de conferências, marketing promocional, marketing digital, ativação de marcas, além de atividades comerciais para setores proativos que buscam opções de negócios no Brasil e no exterior. Site: www.exponor.com.br.

Sobre Vinhos de Portugal: A marca Vinhos de Portugal ou Wines of Portugal foi criada em 2010, tem como objetivo principal promover a imagem dos vinhos portugueses nos diversos mercados internacionais. A ViniPortugal é o brand manager da marca Site: www.winesofportugal.info .

Sobre a oradora Sandra Zottis: Formada no curso técnico e superior e pós graduação em Viticultura e Enologia. Trabalhou na Vinícola Dal Pizzol durante 6 anos. Atuou na Expand, rede de Lojas Vino! e Magnum Importadora por 12 anos. Responsável por treinamentos e degustações para clientes e restaurantes; professora de Enogastronomia do Centro Europeu para os Cursos de Chef de Cuisine e Hotelaria; professora de Sommelier na mesma escola; professora dos curso de Gastronomia e Pós-graduação em Enogastronomia da Univali–SC e da Faculdade Univel de Cascavel – PR; Integrante da Associação Brasileira de Enologia; Presidente fundadora da Confraria Feminina do Vinho de Curitiba, Jurada em Concursos de Vinhos em Mendoza, La Mujer Elige e Wine Challenge Brasil, Portugal Wine Challenge 2014 em Santarém, Portugal. Palestrante convidada pela ViniPortugal para ministrar a degustação para profissionais, durante a Prova de Vinhos em Curitiba, 2016 e 2019. Consultora, Sócia da TDP Wines.

MMVDicas de vinhos para o Dia dos Pais segundo o perfil do seu paizão

Sommelier dá dicas de vinhos segundo o perfil do seu pai, seja ele mais aventureiro, cozinheiro, viajante ou conhecedor de vinhos

Seu pai gosta de vinhos? Ou você gostaria de dar um presente muito bacana para ele no Dia dos Pais? Com a proximidade da data, a ideia de presentes originais para o paizão começa vir à mente e certamente um bom vinho é uma das opções mais interessantes.

Porém, muitas vezes, escolher um rótulo pode não ser tarefa das mais fáceis. Tipo de uva, origem do vinho, preço, qualidade. Pode ser confuso mesmo, já que o mercado brasileiro atualmente oferece uma gama de opções para todos os gostos e bolsos.

Perguntamos ao sommelier Jonas Martins, gerente comercial da MMV Importadora e professor de enologia, algumas dicas de vinhos que certamente farão sucesso no Dia dos Pais. Ele fez uma seleção de rótulos com base no perfil de alguns pais, escolhendo a dedo vinhos de qualidade e com diferenciais que irão agradar, seja como presente ou mesmo para uma degustação em família para a celebração da data.

O pai “cozinheiro”

Se seu pai gosta de se aventurar na cozinha e ser o masterchef em certas ocasiões para a família, a sugestão é o chileno Fortunatus Cabernet Sauvignon, da Vinã Alto Roble. Vinho tipicamente chileno, encorpado com madeira e aromas de frutas escuras maduras, pimentas doces, alcaçuz e cedro, este é um vinho de celebração em família, muito redondo, com acidez e taninos elevados e bem resolvidos. É sucesso garantido para unir todo mundo em volta de um belo prato de Dia dos Pais, especialmente com carnes vermelhas e massas.

O pai “enólogo”

Caso seu pai já seja um conhecedor do mundo dos vinhos e goste de opções com um maior requinte e extremamente exclusivas, a melhor opção é o Cinco Sentidos Maluco, argentino da Finca Algarve, de Mendoza. Não, você não leu errado: o nome do vinho é Maluco. Isso porque existe todo um mistério que torna o rótulo uma verdadeira especiaria. Por ano, é produzido apenas um barril desse vinho, com 1200 garrafas, e o produtor não revela as safras e nem quais são as quatro uvas envolvidas na produção dele. Ou seja, cada lote é exclusivo.

“Mais do que bebido, um vinho deve ser sentido”, explica Jonas Martins. O preço deste vinho é um pouco mais elevado, cerca de 600 reais a garrafa, porém cada gole vale muito a pena e seu pai vai se sentir muito especial recebendo um prodígio desses.

O pai “aventureiro”

Para pais que gostam de desafio e aventura e topam novidades e produtos diferentes, o Imemorial Barril por Barril Skin Contact da Paso a Paso Wines, também argentina, vai surpreender. Primeiro porque se trata de um vinho laranja, que é feito de uvas brancas, mas com estilo de vinho tinto, com as cascas envolvidas no processo de fermentação. Além disso, o Skin Contact conta com uvas bem diferentes: 30% Torrontés Riojano, 30% Pedro Giménez, 30% Moscatel, 10% Pinot Noir, com um toquezinho de pino. Normalmente, vinhos laranjas nunca têm uva tinta, mas esse rótulo apresenta um pouco de uva tinta sem casca para trazer uma estrutura diferente. “Realmente uma aventura para quem às vezes está acostumado com vinhos normais e quer se surpreender com algo bem diferente”, reforça o sommelier.

O pai “viajante”

As famílias que gostam de viajar e pegar estrada podem certamente colocar em seu roteiro a visita a uma vinícola. Um dos locais mais legais para ser visitado é a região de Flores da Cunha e Monte Altos, no Rio Grande do Sul, uma das mecas do vinho no Brasil.

Lá encontra-se a Viapiana, vinícola centenária fundada por imigrantes italianos que mantém na sua forma de produzir vinhos de qualidade toda a tradição de anos. O rótulo indicado é o Viapiana Via 1986 Nebbiolo. Produzido com apenas 1,5kg por videira, tem a colheita manual com descanso em câmara fria a 8ºC por 12 horas, e as uvas são selecionadas manualmente, com desengace e maceração a frio por 36 horas, estagiando 25 meses em barris de carvalho francês de segundo uso. Cor vermelho granada, tem aromas muito complexos – terroso, frutas vermelhas e escuras, frescas e secas misturadas, alcaçuz, especiarias asiáticas.

“Acidez alta e equilibrada, dando estrutura de sobra e provando que a Viapiana é um dos grandes ‘produtores do Brasil’”, elenca Jonas Martins. “Com todas essas opções, o presente de Dia dos Pais não vai ser mais um problema”.

“Harmonizando com Cerveja” revela sabores surpreendentes da rica e diversa cultura gastronômica brasileira

Na série produzida pela Alelo Filmes que estreia em junho no streaming, o sommelier de cerveja Cesar Moreira mostra o melhor da culinária, do turismo e do estilo de vida de Belém, Campos do Jordão, Recife, Blumenau, Pomerode, Joinville e Curitiba

8=cTM6UTYmFDM3ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDN1EzMyEjNxQjOnBnauczM2czNwQDMzMjRyUCMzMzb0VXYGJTJwETOwUTM0UDMx8VL0ETLfpDN
Cesar Moreira, sommelier e apresentador do Harmonizando com Cerveja

Estudioso de cervejas especiais e apaixonado pela cultura brasileira, o sommelier Cesar Moreira apresenta a série Harmonizando com Cerveja, que no dia 29 de junho estreia no Looke Amazon Prime e em outras plataformas de streaming, no Brasil e em seguida em outros países. A produção da Alelo Filmes proporciona ao espectador diferentes experiências sensoriais a partir da gastronomia, do estilo de vida, da cultura e da atmosfera das cidades visitadas. A série será veiculada nas seguintes plataformas: Looke Amazon Prime, Net Now, Google Play, i-Tunes; e, na Pay TV, pelo canal Travel Box.

Criada por Cesar Moreira, Harmonizando com Cerveja tem sete episódios de 30 minutos e percorre o Brasil de Norte a Sul, passando pelo Pará (Belém), Pernambuco (Recife), São Paulo (Campos do Jordão), Santa Catarina (Blumenau, Pomerode e Joinville) e Paraná (Curitiba). “A série não é apenas para os apaixonados por cerveja, mas sim para todos que apreciam turismo, cultura e gastronomia”, diz Cesar.

Assista aqui ao trailer da série.

Os dois primeiros episódios foram gravados em Belém. A capital paraense, com sua riquíssima gastronomia amazônica e tapajônica, é o lugar ideal para aguçar os sentidos dos espectadores, com sua enorme variedade de sabores, com peixes, temperos, raízes, ervas e frutas que possibilitam harmonizações únicas. A riqueza e diversidade do Mercado Ver-o-Peso e do Mercado do Peixe com suas mais de três mil espécies, a Praça do Relógio, o Forte do Presépio são alguns dos destaques do programa, além da Casa das Onze Janelas com seu restaurante, Casa do Saulo (@casadosaulo).

O chef Saulo Jennings prepara um filé de pirarucu grelhado com molho bechamel e castanhas e banana na terra e camarões rosa. Para acompanhar, arroz com Orelha-de-Macaco, planta comestível local. Tudo isso para uma perfeita harmonização com uma cerveja belga Strong Golden Ale, de sabor marcante e levemente frutada.

Na cervejaria Amazon Beer (@amazonbeer), na Estação das Docas, Cesar prova o melhor chope da cidade, além de rótulos artesanais produzidos com ingredientes amazônicos, que dão às cervejas notas de bacuri, açaí, cupuaçu e priprioca. E não deixa de provar uma inovação: bolinho de pato com tucupi, o prato mais tradicional do Pará, harmonizado com uma cerveja Pilsen.

No restaurante contemporâneo Santa Chicória (@santachicoria), Cesar experimenta o peixe Filhote, típico da região, grelhado, com pesto de jambu (uma folha local picante), farofa de castanha e manteiga de urucum, harmonizados com cerveja Witbier, de característica cítrica, leve e refrescante.

Ainda em Belém, o sommelier acompanha o chef Allan Renato (@chefallanrenato) ao mercado na compra de ingredientes típicos para um almoço especialíssimo. Entre outras delícias, ele prepara um filé de búfalo com queijo de búfala, para ser harmonizado com a cerveja Imperial Ipa, com características frutadas e de amargor.

No Point do Açaí (@pointdoacaibelem), Cesar aprende a preparar um açaí fresco para comer com farinha de mandioca e camarão frito, receita indígena original e sem interferências, que ele harmoniza com uma cerveja English Bitter. Cesar vai ainda ao Manjar das Garças (@restaurantemanjardasgarcas), considerado um dos melhores da cidade, para uma harmonização de cerveja Stout que leva açaí na receita com uma sobremesa típica: tiramissu com cupuaçu. Para fechar a maratona gastronômica em Belém do Pará, nada melhor do que o Black Dog English Pub (@blackdogenglishpub), onde experimenta petiscos com cervejas diversas.

Com um episódio inteiramente dedicado à cultura jordanense, Cesar faz uma imersão à cidade serrana de Campos do Jordão (SP), a mais alta do Brasil, e visita a fábrica da cerveja Baden Baden (@cervejabadenbaden) para mostrar novas possibilidades de harmonização permitidas pela variedade de rótulos da marca, além de conhecer as instalações do local e contar ao público sobre os processos de produção da cervejaria.

Na Vila Capivari, conhecida por seus bares e restaurantes, Cesar conversa com Vasco, o fundador da Baden Baden, que compartilha um pouco da história da cervejaria local. Para acompanhar o bate-papo, eles escolhem uma Cristal, pilsen leve e de baixo amargor, harmonizada com pastéis de queijo e eisbein, o famoso joelho de porco da culinária germânica. Em seguida, a american IPA da casa é acompanhada de um filé mignon alto servido com molho de gorgonzola, ajudando a ressaltar o amargor e a citricidade da bebida.

Na Choperia Baden Baden (@obadenbaden), o filé mignon alto preparado com pimentas e especiarias servido com arroz com shitake é o pedido certo para acompanhar a Golden, conhecida por sua leve doçura e toque de picância graças à canela em sua composição. Para a sobremesa, é servida a Chocolate, com malte levemente tostado, o que traz um amargor, acompanhada de brownie de chocolate e sorvete de creme.

O tour na cidade mais alta do país termina na Villa Gourmet (@villa_gourmetcampos). Um mix de folhas verdes com presunto de parma é servido com a Witbier, para destacar a citricidade, leveza e refrescância da cerveja. Para finalizar, risoto de camarão acompanhado da IPA, com adição de maracujá, que potencializa ainda mais sua característica cítrica.

Blumenau e Pomerode, em Santa Catarina, foram os destinos escolhidos para o quarto episódio da série. O roteiro começa na Vila Germânica de Blumenau, cidade que é palco dos grandes festivais de cerveja do Brasil e onde acontece a maior Oktoberfest fora da Alemanha. Na Bier Vila (@biervila), Cesar abre a noite com uma Catarina Sour, estilo de cerveja que colocou o Brasil no Beer Judge Certification Program. A bebida é acompanhada de uma salada verde, uma combinação perfeita para ressaltar sua leveza e acidez. O prato seguinte é a tradicional salsicha alemã, a bratwurst, com chucrute, harmonizando perfeitamente com a leveza e o baixo amargor da Munich Helles, garantindo refrescância à refeição. Para finalizar, a famosa Hackepeter, uma carne crua bem temperada servida com broa e mostarda, acompanhada da tradicional Bock, cerveja mais neutra.

Ainda em Blumenau, Cesar visita a fábrica da cervejaria Eisenbahn (@eisenbahn) onde acompanha o processo de fabricação de uma das marcas mais icônicas do país. O almoço na Eisenbahn Bierhaus (@eisenbahn_bierhaus) é na companhia de Juliano Mendes, um dos fundadores da casa, e do mestre cervejeiro Gehrard Beutling. Para abrir o cardápio, uma salada com molho de mel e iogurte é servida junto da Weizenbier, harmonizando com as notas de banana e cravo da bebida. Em seguida, o goulash, carne ensopada típica da Alemanha, é o acompanhamento ideal para a American IPA, estilo conhecido por seu amargor pronunciado e um leve toque cítrico.

Na charmosa Pomerode, o passeio segue para uma pousada onde há a maior concentração de casas no estilo arquitetônico Enxaimel fora da Alemanha. De lá, Cesar segue para o restaurante romeno Mon Cheri Bistrot (@moncheribistrot), onde os donos, Irina e Stefan, o acompanham em mais uma jornada de harmonização. A bruschetta de polvo servida na entrada combinou perfeitamente com a Witbier, garantindo refrescância e leveza ao cardápio. Em seguida, o hambúrguer de frango, feito com pão caseiro preparado na casa, e o tradicional charuto de carne romeno destacam a picância e o leve toque doce da cerveja Golden.

O quinto episódio segue em Santa Catarina, com uma visita a Joinville, a Cidade das Flores. No restaurante Catarina Cozinha Regional (@catarinacozinha), o chef e proprietário Emerson Borba prepara um risoto de tomate com pupunha bem cremoso para acompanhar uma cerveja pilsen. Em seguida, o risoto de cogumelos porcini é servido com uma Golden Ale, uma boa combinação com a picância da canela da bebida. O almoço termina com a cerveja Chocolate junto da sobremesa feita com chocolate 70% e nata batida.

O tour continua na Opa Bier (@opabier), marca criada em 2006 para resgatar a cervejaria na cidade. No restaurante Goa Arte e Gastronomia (@goa.oficial), César harmoniza uma English Pale Ale, um estilo mais terroso e herbal, com um delicioso entrecôte preparado com pimentas verdes. Para terminar o roteiro catarinense, uma Old Ale, cerveja conhecida por maturar por mais tempo, é servida com sobremesa de chocolate meio amargo.

Ainda no Sul do país, Cesar leva os espectadores para Curitiba, a capital paranaense. A visita começa na unidade de gastronomia do Centro Europeu, onde o chef Guilhermo Spindola ensina duas receitas: uma simples porém deliciosa tatini de pão com queijo gruyere, perfeita para acompanhar uma Belgian Blond Ale; e um risoto de queijo grana padano com crispy de parma, ideal para ser saboreada com uma IPA com notas cítricas de maracujá.

O episódio passeia por lugares conhecidos na cidade, o Parque Barigui, o Largo da Ordem e a Rua XV de Novembro. A próxima parada da produção é na Banoffi (@banoffioriginal) onde a chef Renata Ferian, uma das responsáveis por trazer o prato de origem inglesa para o Brasil, conta como foi este processo. A sobremesa é servida de uma cerveja Quadrupel, com notas de frutas secas e especiarias.

No bar Cana Benta (@canabenta), o chef Délio Canabrava prepara seu carro-chefe, o pão com bolinho, delicioso bolinho de carne servido dentro com pão com queijo, vinagrete e um leve toque de maionese. O prato é ideal para acompanhar uma Black IPA, que tem sabor tostado. Para finalizar, o chef Cadu da Don Gentilis (@dongentilis) serve um assado de carne com papas rústicas e molho chimichurri, que combina perfeitamente com a American Red Ale escolhida para a refeição.

Para chegar até o destino final da temporada, a produção vai até o nordeste, para a capital de Pernambuco. Em Recife, Cesar passeia por cartões postais da cidade como a Praça do Marco Zero, a Rua Aurora e a Praia do Pina. No Recife Antigo, a parada é no Restaurante Venda Bom Jesus (@vendabomjesus), onde é servida uma saborosa moqueca de camarão com leite de coco e azeite de dendê, ideal para acompanhar uma cerveja Vienna Lager.

Cesar segue para o Restaurante Seu Luna (@seulunarestaurante), referência na comida típica recifense. A chef Cláudia Lima, filha de Seu Luna, não só deu continuidade ao negocio da família como o fez alcançar reconhecimento internacional - seu famoso chambaril já viajou até Barcelona, na Espanha. O prato preparado com ossobuco cozido por quatro horas e servido com arroz, pirão e legumes foi a escolha perfeita para harmonizar uma American Pale Ale da marca recifense Capunga.

A visita termina no Restaurante Parraxaxá (@parraxaxa), que oferece uma experiência tipicamente sertaneja com garçons vestidos de cangaceiros e decoração típica. O prato de escondidinho de carne de sol com manteiga de garrafa e queijo coalho combinou perfeitamente com as notas cítricas da cerveja American IPA, fechando o roteiro recifense de uma forma bastante tradicional.

FOTOS E VÍDEOS PARA IMPRENSA

FICHA TÉCNICA
Título: Harmonizando com Cerveja
Diretor: Cesar Moreira e Alex Levy-Heller
Supervisão: Alex Levy-Heller
Produção: Alelo Filmes
Distribuição: Pipa Pictures
Elenco: Cesar Moreira (Apresentador)
Classificação indicativa: Livre

SINOPSE
A série Harmonizando com Cerveja traz as melhores cervejas do mundo de uma maneira abrangente, em um universo muito mais amplo do que uma simples degustação. O sommelier de cervejas César Moreira viaja por várias cidades do Brasil e do mundo apresentando não só as características sensoriais das cervejas, mas evidenciando a gastronomia e a cultura locais, finalizando sempre com uma harmonização entre todos esses elementos.

Sobre Cesar Moreira:
Cesar Moreira é um profundo estudioso de cervejas especiais, Beer Sommelier formado pelo Centro Europeu, especializado em Harmonização e Mestre em Estilos. Também atua como consultor comercial no mercado cervejeiro, realizando lançamentos de novas marcas.

Apoio: Baden Baden
Baden Baden é uma das primeiras cervejarias artesanais do país, nascida em 1999, e tem a paixão por cerveja em seu DNA. Fundada em Campos do Jordão por quatro amigos que se aventuraram no mundo cervejeiro buscando criar receitas autorais para sua choperia, a marca tem o propósito de criar sabores e aromas que surpreendam; por isso seus líquidos já conquistaram mais de 130 prêmios nacionais e internacionais. Seus principais rótulos são: Cristal, pilsen sofisticada e com sabor equilibrado; Golden Ale, combinação marcante da canela e frutas vermelhas; IPA, sabor intenso/amargor com suco de maracujá na receita, e Witbier, cerveja de trigo muito refrescante, com laranja e semente de coentro, já eleita a melhor do mundo. A marca conta ainda com rótulos sazonais, igualmente premiados. Baden Baden é uma das marcas integrantes do segmento Craft, do Grupo HEINEKEN no Brasil.

Sobre o Grupo HEINEKEN no Brasil
O Grupo HEINEKEN chegou ao Brasil em maio de 2010, após a aquisição da divisão de cerveja do Grupo FEMSA e, em 2017, adquiriu a Brasil Kirin Holding S.A ("Brasil Kirin"), tornando-se o segundo player no mercado brasileiro de cervejas. O Grupo gera mais de 14 mil empregos e tem 14 unidades produtivas no país, sendo 12 cervejarias, localizadas em Alagoinhas (BA), Alexânia (GO), Araraquara (SP), Benevides (PA), Caxias (MA), Igarassu (PE), Igrejinha (RS), Itu (SP), Jacareí (SP), Pacatuba (CE), Ponta Grossa (PR) e Recife (PE), duas microcervejarias em Campos do Jordão (SP) e Blumenau (SC). No Brasil, o portfólio de cervejas do Grupo HEINEKEN é composto por Heineken®, Heineken® 0.0, Sol, Amstel, Amstel Ultra, Kaiser, Bavaria, Eisenbahn, Baden Baden, Devassa, Schin, Glacial, No Grau, Kirin Ichiban, Lagunitas, Blue Moon e Tiger. O portfólio de não alcoólicos inclui Água Schin, Schin Tônica, Skinka e os refrigerantes Itubaína, Viva Schin e FYs. Com sede em São Paulo, a companhia é uma subsidiária da HEINEKEN NV, a maior cervejaria da Europa.

Pernod Ricard – Prestige

Temporada de grandes borbulhas e celebração na Maison Perrier-Jouët : chega finalmente ao Brasil a edição Blanc des Blancs, non vintage, de cepa única, produzida a partir dos melhores chardonnays da Maison. "Perrier-Jouët Blanc de Blancs me lembra veludo, mas um veludo leve, com uma textura sedosa", diz a Maitre de Caves, Severine Frerson.
Vale o registro?
Muito obrigada!

ad971282d1b9559086aa987852a4d261_medium.jpg

Perrier-Jouët Blanc de Blancs chega ao Brasil este mês

Champagne é elaborado 100% com uvas Chardonnay e complementa a clássica coleção da Maison Perrier-Jouët

O Brasil é o primeiro país na América Latina a receber o mais novo lançamento da Maison Perrier-Jouët: Perrier-Jouët Blanc de Blancs, um Champagne “non vintage” de cepa única, destinado a revelar a quintessência da Chardonnay, que complementa a clássica coleção da emblemática Maison francesa. Sua chegada perpetua uma tradição que remonta a cerca de 100 anos, quando a Maison introduziu seus primeiros cuvées de Chardonnay na década de 1920, muito antes de tais champagnes virem a ser conhecidos como “Blanc de Blancs”. Sempre em busca da perfeição, a marca é conhecida pela leveza, elegância e refinamento característicos de seus champagnes.

“Para criar Perrier-Jouët Blanc de Blancs, selecionei uvas Chardonnay de lotes icônicos provenientes dos melhores vinhedos da Maison, como Cramant, Avize e Chouilly, na Côte des Blancs, assim como Trépail e Villers-Marmery, ao norte de Reims. Incluo também Sézannais e Vytriat, dois terroirs que julgo serem igualmente promissores para a Maison”, comenta Severine Frerson, chef de cave da Perrier-Jouët. Juntas, estas seletas uvas são misturadas a pequenas proporções de vinhos Chardonnay para garantir consistência absoluta do estilo e qualidade da Maison.

Após 3 anos de envelhecimento “sur lie“ nas caves de Perrier-Jouët - ou seja sobre as borras ou leveduras, que ao entrarem em contato com o vinho agregam elegância, maciez, estrutura, complexidade aromática e cremosidade – o cuvée está pronto para ser lançado, transbordando frescor e vitalidade. Madame Frerson descreve Perrier-Jouët Blanc de Blancs como um champagne que imprime ritmo e harmonia quando provado. De cor ouro pálido com matizes verdes, desperta os sentidos com aromas de peônias e madressilvas, toques cítricos e minerais de limão, gengibre, pera e pimenta branca. No paladar, seu frescor mineral leva a um suave e surpreendente final em boca, que adiciona uma dimensão reconfortante a este vivo e luminoso Champagne. É um vinho perfeito como aperitivo ou para escoltar um carpaccio de robalo, segundo ela. Recomenda-se servir a temperatura de 10º C.

“Perrier-Jouët Blanc de Blancs me lembra veludo, mas um veludo leve, com uma textura sedosa. Isso porque, embora seja um cuvee vívido e dinâmico, também tem substância e densidade, e claro, muita elegância. Um vinho de espírito livre, vibrante e independente, brilhante e fresco como as manhãs dos primeiros dias de Primavera”, conclui Severine Frerson.

Preço sugerido: R$ 759,90, no www.drinksandclubs.com.br

Sobre a Maison Perrier-Jouët

Fundada em 1811 em Epernay, a Maison Perrier-Jouët é uma das casas de Champagne mais históricas e lendárias da França, e uma das mais distintas também. É reconhecida por seus champagnes elegantes e complexos, que revelam a verdadeira essência da cepa Chardonnay, e por sua tradição duradoura de savoir-faire, que se traduz em uma experiência incomparável de apenas 8 Cellar Masters desde a sua fundação.

É uma Maison singular, com espírito familiar e profundamente influenciada pelo amor de seus fundadores pela natureza e pela arte - duas inspirações que se fazem presentes na história da marca e que permitem criar experiências excepcionais no cotidiano de quem ama este belo champagne e o Art de Vivre francês.

Desde sua famosa colaboração em 1902 com Emile Gallé, pioneiro do movimento Art Nouveau e criador do design das famosas anêmonas para seu cuvée de prestígio Perrier-Jouët Belle Epoque, a Perrier-Jouët encomendou trabalhos de artistas consagrados e emergentes como Daniel Arsham, Noé Duchaufour-Lawrance, Mighel Chevalier, Makoto Azuma, Tord Boontje, Studio Glither e Simon Heidjens, e o brasileiro Vik Muniz, entre outros, para ilustrar suas belas garrafas.

Sommelière Daniele Lopez & Cantina Zanchetta & Tour de Enoturismo no Paraná

Iniciando a rota oficial do vinho!
 Enocultura e Enoturismo, ainda na parte técnica, mas com muita vontade de mostrar o produto Paranaense, o vinho de nossos artistas sim,  do pintor Poty Lazarotto ao Enólogo do Vinho e Produtor,  que merece nosso respeito, da videira ao produto final maravilhoso.
Hoje degustei o típico rodízio italiano, a melhor salada de radichie, a polenta com  o frango, o risoto, a sofisticação e qualidade gastronômica  do Paraná.
Que venha o melhor Enoturismo e tour gastronômico e acima de tudo o incentivo ao pequeno produtor.
Obrigada Cantina Zanchetta, a rota das Colônias e a lasanha de pinhão do José!

#vinoevinho #danielecristinalopez #peguesuatacaevenhacomigo
Créditos: Vanessa Malucelli Andersen
texto Daniele Lopes Daniele Lopez Sommelière
Apoio:
Vinícola Sanber
Vinicola Araucaria #vinicolaaraucaria
Cantina Zanchetta.

Um inverno para degustar outros vinhos

Época é a que mais se vende a bebida, mas nem só de tintos é feita a mesa dos consumidores

É comportamental: as temperaturas caem, e nos recolhemos em busca de aquecimento. Em casa, pratos mais consistentes e calóricos viram frequentes, assim como as garrafas de vinho. Consequência do inverno, responsável por ‘aquecer’ a demanda pela bebida -- cerca de um quarto das vendas totais de vinho registradas no país concentram-se em junho e julho, meses auges do inverno.

Há uma razão para entender por que boa parte das vendas ocorreram nos meses mais gelados do ano. Os vinhos, especialmente os tintos, são mais alcoólicos, o que oferece uma sensação de calor ao organismo quando consumidos. Outro ponto, destacado pelo enólogo chefe da Cooperativa Vinícola Garibaldi, Ricardo Morari, se encontra no paladar. “Além do álcool, o tinto é rico em polifenóis e taninos e tem a característica de ter mais volume, mais corpo. E isso combina com pratos de sabor mais intenso, que consumimos mais nos dias frios”, ressalta.

Clique Para Download
01EjOjNTMxQzY6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bsRGOzAzN1EGMwcjZ1gjNyUTY1QWM5YDNzE2Y5ImMjRGMGJTJjRGMGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpTM
Vinhos tintos estão entre os preferidos para serem consumidos durante o inverno

Embora os tintos sejam os preferidos para serem consumidos durante o inverno, não há nada que impeça a presença de brancos e até de espumantes à mesa nessa época do ano. Em parte, a maior estrutura dos ambientes, com aquecimento tanto nas casas quanto nos restaurantes, ajuda. “Temos notado que o consumo do espumante não tem sofrido grande oscilação entre inverno e verão, mostrando que ele tem aptidão para ser consumido no inverno e não apenas nos períodos mais quentes”, diz Morari.

Entretanto, para abrir um espumante no inverno sem correr o risco de errar, é preciso prestar atenção quanto ao tipo da bebida escolhida. Uma dica é optar por espumantes mais encorpados. O tipo da uva com qual ele é feito pode ser um bom indicador, assim como o método de elaboração. Geralmente, espumantes com mais tempo de evolução, como os resultantes do método tradicional, possuem mais estrutura. Mas isso também pode ser resultante da variedade da uva.

Clique Para Download
81EjO2MTZiZTN6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bsdDM2YGOkBTZkFDOkFWYmZGZ2MTMxYGOmRTYlRDMmRTNGJTJmRTNGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpjM
Garibaldi Pinot Noir Rosé da Cooperativa Vinícola Garibaldi
Clique Para Download
71EjOhZjYmZjN6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bsZ2NkdjN5EmZzQzMiFzNxIDM5MmMxczM3EmYhdTMyQWOGJTJyQWOGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpjN
Garibaldi VG Extra-Brut, elaborado pelo método Charmat Longo.

É o caso do espumante Garibaldi Pinot Noir Rosé, por exemplo. A bebida é preparada 100% com uvas Pinot Noir, conferindo maior estrutura para esse espumante e fazendo dele uma ótima opção para ter na adega e atravessar o inverno. Da mesma forma, outro bom espumante para essa época do ano é o Garibaldi VG Extra-Brut, elaborado pelo método Charmat Longo. “É um espumante com mais tempo de autólise, resultando numa bebida mais encorpada para acompanhar os pratos típicos da estação”, analisa Morari, referindo-se ao período em que o espumante ganha aromas, corpo e cremosidade.

Clique Para Download
51EjOkZGOyQTY6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bsFDZ4UTN0YTOlRTZlZTMxAjYzUzMmZjYhJjMyUTZwQDOGJTJwQDOGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpTN
Vinho Merlot da linha Garibaldi.

Entretanto, é claro que a adega caseira não pode ficar desabastecida de vinhos. Para não se apertar, o Cabernet Sauvignon e o Merlot da linha Garibaldi são apostas certeiras -- e agradam em cheio os consumidores mais acostumados. “Os vinhos dessa linha são mais evoluídos, com toques de madeira, de que lhes confere intensidade e complexidade”, diz o enólogo da vinícola. Mas mesmo vinhos mais jovens, como os varietais da linha Granja União, podem ser um acerto. “São vinhos interessantes para essa época e têm um ótimo custo-benefício no dia a dia”, observa.

Mas o que pode ser interessante para determinada região de um país continental como o Brasil, pode não ser para outras. Assim, um portfólio diversificado faz muita diferença. No caso da Cooperativa Vinícola Garibaldi, outros produtos são indicados para lugares do país onde os dias frios não tão intensos quanto os do sul.
O vinho Chardonnay da linha Acordes, que tem leve passagem por barricas, assim como o Chardonnay da linha Garibaldi mais jovem e fresco, são ótimas opções para essas regiões de invernos mais brandos. “Outro bom vinho é o Riesling da linha Granja União, um vinho muito apto para ser consumido jovem e em locais onde a temperatura cai um pouco, mas não chega a esfriar tanto”, sugere Morari.

Clique Para Download
31EjOzMDN2kjZ6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QjNyEzM4YDMyozZlBnauc3bslDZ0MjZiFzMxUmM3MmZ3gjZiVTM0EWO5gzY4MzM5YmYGJTJ5YmYGJTJzcTM1MjRyUiMwIDNx8VL0ETLfpDM
Vinho Chardonnay da linha Acordes tem leve passagem por barricas.

SERVIÇO:

Espumante Garibaldi Pinot Noir Rosé
Preço médio: R$ 39,00

Espumante Garibaldi VG Extra-Brut
Preço médio: R$ 59,00

Vinho Garibaldi Cabernet Sauvignon
Preço médio: R$ 42,00

Vinho Garibaldi Merlot
Preço médio: R$ 42,00

Acordes vinho Chardonnay
Preço médio: R$ 129,00

Vinho Granja União Riesling
Preço médio: R$ 29,00

Os preços médios consideram o eixo Rio-São Paulo, podendo haver variações conforme a região.

Daniele Lopez Sommelière & Hotéis Mabu & Happy Hour com vinhos

·
Vamos para um happy hour com vinhos num Wine bar dentro de um hotel?
Será quinta dia 02/06 a partir das 19:00 horas no Mabu hotel.
Vamos harmonizar tábua de antepastos com uma sequência de 2 vinhos: branco e tinto (convite).
Apoio: @primafrutta @vinoevinhooficial
@hoteismabu @divirtase.curitiba
Reservas e convites antecipados: Daniele 41995322800

Dia dos Namorados: confira quatro kits de vinho para brindar a data

A importadora de bebidas Wine to You listou algumas sugestões de kits para presentear o parceiro que ama vinho na data mais romântica do ano

Abrir um vinho para aquecer o inverno e ter um momento de lazer se torna ainda mais prazeroso quando se tem alguém para compartilhar a bebida. Por isso, no Dia dos Namorados, data anual idealizada para celebrar o amor no dia 12 de junho, surpreender o parceiro com uma bebida de qualidade, que harmonize com todos os tipos de refeições e momentos, pode ser uma ótima pedida.

Para auxiliar os casais na escolha do presente ideal a Wine To You, importadora de vinhos que tem o objetivo de atender todos os tipos de públicos e que trabalha com rótulos únicos, produziu quatro opções de kits, com vinhos e acessórios variados, que podem ser conferidos logo abaixo:

Kit 1 - Love Story

Clique Para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX183JTNEUVRNNkVqWWhKV053b2pjaTVTYnZObUxoSm5jbFJIUXB4R2JsTldkc0ZXYmhOM2NsNVdZMnBUTXdBRE96a0RPeElqTTZjbWJ3NUNOa0ZtTWlaV1l5a3pZbUZXWnhJV1ozQXpZbUZqWjBrak14SVRaMUFUTWxaa01sQVRNbFprTWxnVE8yY3pNR0pUSnlFRE94QWpNMGNETno4VkwwRVRMZnBUTzoyMjE4OTM4MDAxOnZhbmVzc2FtYWx1Y2VsbGlAdGVycmEuY29tLmJyOjkyOTVmMDoxNA==

Os vinhos selecionados para compor este kit são o Rosé Piscine Stripes, Cuvée Charlemagne Premium Rouge, La Treille de Candale, além de duas taças blue and white. As diferentes garrafas deste conjunto permitem a harmonização perfeita com pratos que vão desde frango, aves e carne vermelha, até a sobremesa, como um fondue ou um Petit gateau.
Valor: R$ 228,21 ou 3x de R$ 76,07

Kit 2 - Yes or YES?

Clique Para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX184JTNEUVRNNlF6WXpNRFo1b2pjaTVTYnZObUxoSm5jbFJIUXB4R2JsTldkc0ZXYmhOM2NsNVdZMnBUTXdBRE96a0RPeElqTTZjbWJ3NWlad2NETzRRR1p4TXpZaEZtWWpObVp6Z2pZME1tTTFBVFkyRTJOMVlUWjFZa01sWVRaMVlrTWxnVE8yY3pNR0pUSnlFRE94QWpNMGNETno4VkwwRVRMZnB6TToyMjE4OTM4MDAxOnZhbmVzc2FtYWx1Y2VsbGlAdGVycmEuY29tLmJyOmU3NWI1ZjoxNA==

Contendo espumante Rosé Piscine Freez, vinho Cuvée Charlemagne Premium Blanc e IL Mio Galgo Rosso Toscano, o segundo kit apresenta bebidas suaves, com toques de frutas vermelhas, que são agradáveis ao paladar.
Valor: R$ 243,80 ou 4x de R$ 60,95

Kit 3 - All the Lovers

Clique Para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX183JTNEUVRNNlVEWjFZV041b2pjaTVTYnZObUxoSm5jbFJIUXB4R2JsTldkc0ZXYmhOM2NsNVdZMnBUTXdBRE96a0RPeElqTTZjbWJ3NVNNMFlqTXlVR01oVnpZaFZUTmloalkzWVdOeGdUTjFBak0yWXpOMEVUTTVZa01sRVRNNVlrTWxnVE8yY3pNR0pUSnlFRE94QWpNMGNETno4VkwwRVRMZnBUTToyMjE4OTM4MDAxOnZhbmVzc2FtYWx1Y2VsbGlAdGVycmEuY29tLmJyOjk0ODE3YzoxNA==

Os vinhos versáteis com toque de frescor compõem este kit. São eles: vinho Cuvée Charlemagne Premium Rosé, Villa Elena Bianco Toscano, Villa Elena Sangiovese Toscana e Tarani Cahors Malbec.
Valor: R$ 249,48 ou 4x de R$ 62,37

Kit 4 - Party for Two

Clique Para Download
link.php?code=bDpfX19JTUdfX18wJTNEUVRNNlFETzRRbU1qcGpjaTVTYnZObUxoSm5jbFJIUXB4R2JsTldkc0ZXYmhOM2NsNVdZMnBUTXdBRE96a0RPeElqTTZjbWJ3NXlOM1VqWXlFV05sWkdOaFJXTjBZMlk0WVRONUkyTndjRE5rWnpOME1tWmlaa01sTW1aaVprTWxnVE8yY3pNR0pUSnlFRE94QWpNMGNETno4VkwwRVRMZnBUTToyMjE4OTM4MDAxOnZhbmVzc2FtYWx1Y2VsbGlAdGVycmEuY29tLmJyOjRhNWNlZDoxNA==

O quarto kit conta com dois vinhos Provenance du Bourry, com aroma de frutas cítricas e flores brancas e dois vinhos AOC Bordeaux Mon Basset Classique, com notas amadeiradas, trazendo um frescor e equilíbrio para o paladar.
Valor: R$ 274,04 ou 4x de R$ 68,51

Todo os kits podem ser conferidos no site da Wine to You e nas compras acima de R$ 250,00 um cupom de R$ 25,00 OFF poderá ser aplicado.

Sobre a Wine To You (W2U)

Fundada em 2015, a Wine To You (W2U) é uma importadora de vinhos, cujo objetivo é tornar a bebida mais próxima de todos os tipos de públicos. Oferecendo ao mercado um conceito de vendas por e-commerce, com preços acessíveis, a empresa nasceu para atender diversos perfis de consumidores, inclusive os que não têm muito conhecimento sobre a bebida.

Atualmente, a W2U oferece 56 rótulos de vinhos, entre brancos, tintos, espumantes e rosés, originários da Espanha, Itália, França e Chile, com preços que vão de R$60 a R$389. Outra proposta da empresa é apresentar novidades e tendências para o mercado brasileiro. Para isso, a Wine2You possui uma área exclusiva que traz informações, curiosidades, novidades e surpresas do mundo do vinho aos clientes, aproximando-os e familiarizando-os com o universo da bebida.

Sommeliere Daniele Lopez & Wine House Confraria Business Clube do Vinho & Vera Itajaí

Maravilhosa! Nossa elegante Sommeliere Daniele Lopez, ministrou o mini Curso de Petit Sommelier, aos amigos convidados e aos nossos Associados/Afiliados Embaixadores da Wine House Confraria Business Clube do Vinho - Nosso Clube Amigos do Vinho.
Venha para o primeiro Clube de Vinho do Brasil, que oferece aos seus Clientes uma Confraria de Negócios, dentro do Network de Relacionamentos, que é o nosso Sistema de Marketing de Afiliados.
Somente por INDICAÇÃO, procure um de nossos Associados/Afiliados Embaixadores, tbm a Sommeliere Daniele, que ira incaminhar o seu link, para que possa fazer seu cadastro no Clube do Vinho.
Venha conhecer um pouco mais sobre nossos sistemas de ganhos, e participar dos mini cursos de Petit Sommelier, e ganhar Cashback Fantásticos, Bonificações Extraordinárias e Premiações Milionárias.

Sommelière Daniele Lopez & Mabu Curitiba Business & Construção de novos projetos de Enoturismo e gastronomia no Paraná

A Rede Mabu de Hotéis & Resorts oferece há quase 50 anos serviços hoteleiros com alto padrão de excelência para garantir as melhores experiências aos seus hóspedes, a lazer ou a negócios.

Mabu Curitiba Business
Hotel

Mercado Sal & Daniele Lopez & Diogo Portugal

Neste domingo eu estive no Mercado Sal com a sommelière Daniele Lopes,
Daniele Lopes Sommelière Daniele Lopes
Diogo Portugal Com os melhores no open do show do Diogo Portugal no Mercado Sal.
Na foto Dani com Jorge, sócio proprietário do Mercado Sal e Diogo Portugal. 
@mercado_sal @diogoportugal @vinoevinhooficial @divirtase.curitiba
#peguesuatacaevenhacomigo #vinoevinho #danielecristinalopez #showdehumor
Dia 22 de maio, noite fria aquecida com o bom humor em pauta.
O @diogoportugal esteve no M. Sal com uma ilustre apresentação de Stand Up.
Fui prestigiar o querido comediante!
#mercadosal #petfriendlycuritiba  #cwb
Centro gastronômico com artes, academia, fliperamas, bebidas, doces, jogos, presentes e tatuagem em praças amplas e arejadas! Terça a sexta: 17h - 22h, Sábado, Domingo e Feriados: 11:30h - 22h.
#curtaavidaagosto #mercadosal
Mercado Sal polo gastronômico com várias opções de restaurantes. Tudo para você curtir a vida a gosto com boa música, gastronomia, chopps artesanais, drinks, praças amplas/arejadas, fliperamas, presentes e Arte.
(41) 99963-3884
agil@mercadosal.com.br
Abaixo algumas imagens que fiz para você meu leitor!

A Sommelière Daniele Lopez lança o Projeto de Enoturismo do Paraná no EMY Restaurant

Uma noite de experiência gastronômica extraordinária, no recém inaugurado Restaurante Emy by Kazuo.

Localizado no Pátio Batel, o restaurante de Alta Gastronomia Asiática tem o cardápio assinado pelo premiado Chefe Kazuo Harada e está aberto na cidade desde abril de 2022.

O lugar foi especialmente escolhido para a degustação dos vinhos de Bituruna-PR da Vinicola Sanber, com o surpreendente Tozetti da uva Casca Dura, a delicada Espumante Moscatel Sanber, e o imponente Tozetti Cabernet Sauvignon harmonizando com o fantástico menu degustação do local.

O evento realizou-se para brindar o projeto de Enoturismo no Estado do Paraná.

Estavam presentes Tatiana Turra, Presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba,
Daniele Lopes, sommeliere, comunicadora do Vino e Vinho e idealizadora do projeto,
Julia Melo Stubert, Turismóloga e assessoria do projeto,
Vanessa Malucelli Andersen, influenciadora digital, responsável pelo site www.divirtasecuriitiba.com e Instagram @divirtase.curitiba (Business Personal Press news influencer Public Figure | E-news)
e Leonardo Barsil, gestor do Restaurante Emy.

@danielelopesc
@emyrestaurant
@patiobatel
@kazuoharada
https://wp.me/p7hDqC-L8l
Confiram imagens que fiz para você meu leitor: