Nova companhia de ópera de Curitiba faz sua estreia com o espetáculo “La Sonnambula”

Estrelada pela soprano ítalo-brasileira Ornella de Lucca, Companhia Santa Cecília se apresenta no próximo dia 27 de novembro, no Guairinha

Curitiba acaba de ganhar uma nova companhia de ópera. Trata-se da Companhia Santa Cecília, que faz sua estreia com o espetáculo “La Sonnambula”, que será apresentado no próximo dia 27 de novembro (domingo), às 20 horas, no Guairinha (auditório Salvador de Ferrante).

Com direção musical de Thiago Plaça Teixeira, o concerto lírico será estrelado pela soprano ítalo-brasileira Ornella de Lucca, que acaba de voltar para a capital paranaense após uma temporada de trabalhos e estudos na Itália. Formada pela conceituada Universität Mozarteum de Salzburg, da Áustria, ela já participou de vários concertos, óperas e operetas tanto no Brasil quanto no exterior, cantando papéis principais.

Em “La Sonnambula”, Ornella será acompanhada pelo tenor Vitorio Scarpi, pelo barítono Cláudio de Biaggi, pela também soprano Melissa Bergonso e pela mezzo-soprano Diana Danieli. Com formações variadas e diversos trabalhos já realizados, todos eles integram a Companhia Santa Cecília, sendo naturais do Paraná e residentes de Curitiba.

O coro será formado pelos cantores líricos convidados Lívia Ribeiro, Maria Julia Mello e Paloma López (sopranos); Maico Sant’Anna, Mario Malinconi e Odair Sebaniski (tenores); e Divonei Scorzato, Johann Kamien e Roberto Guimarães (baixos). A narração será feita pelo ator Renet Lyon.

A orquestra que tocará na montagem de estreia é composta por músicos de Curitiba que também participam de outros grupos da cidade, como Orquestra Sinfônica do Paraná, Camerata Antiqua de Curitiba e Orquestra Filarmônica da UFPR. Eles contarão com a regência do maestro Felipe Biesek.

La Sonnambula

A ópera La Sonnambula, do compositor italiano Vicenzo Bellini, é dividida em dois atos, tendo sido apresentada pela primeira vez no Teatro Carcano, em Milão, em 1831. A ação acontece em uma vila suíça no início do século XIX. Amina (que será interpretada por Ornella de Lucca) - filha adotiva de Teresa (Diana Danieli), dona do moinho da vila - comemora seu noivado com Elvino (Vitorio Scarpi), um jovem e rico fazendeiro.

Durante os festejos, chega um misterioso estrangeiro, que é, na verdade, o Conde Rodolfo (Cláudio de Biaggi), que retorna à vila de sua infância depois de muitos anos. O Conde hospeda-se naquela noite na hospedaria da vila, cuja proprietária é Lisa (Melissa Bergonso), apaixonada por Elvino.

Ninguém sabe, mas Amina é sonâmbula e justamente naquela noite perambula pela vila chegando até o quarto do Conde. Vendo a moça em estado de sonambulismo, o Conde discretamente se retira, mas a presença dela no quarto é descoberta por Lisa e revelada, dando origem a um grande conflito.

FICHA TÉCNICA:

Direção musical e correpetição: Thiago Plaça Teixeira.

Solistas: Ornella de Lucca, Vitorio Scarpi, Cláudio de Biaggi, Melissa Bergonso e Diana Danieli.

Coro: Lívia Ribeiro, Maria Julia Mello, Paloma López, Maico Sant’Anna, Mario Malinconi, Odair Sebaniski, Divonei Scorzato, Johann Kamien e Roberto Guimarães.

Ator/narrador: Renet Lyon.

Regência: Felipe Biesek.

Violino I: Ângelo Martins da Silva (spalla), Pablo Malagutti, Paulo André Hübner,

Pedro Ferreira, Vinícius Henrique Batista e Vitor Andrade.

Violino II: Dan Tolomony (chefe de naipe), Cesar Augusto Vieira, Everton Escorissa Santos e Vinicius Marini Woicolesko.

Viola: Jader da Cruz (chefe de naipe) e Fabiane Nishimori Ferronato.

Violoncelo: Samuel Pessatti (chefe de naipe) e Bruno Vinicius Rosa.

Contrabaixo: Vitor Vieira da Costa.

Flauta: Denusa Castellain.

Oboé: Maicon Alves Nogueira.

Clarinete: Elvis Willian Ferreira Tosta e Karine Leticia Fragoso.

Fagote: Juliano Pontes.

Trompa: João Gustavo Schmidt Braz e Weber Alesandro Gomes.

Trompete: Otavio Rasera.

Tímpano: Ivan Souza Lemes.

Iluminação: Lucas Amado.

Projeções: Lumen Audiovisual.

SERVIÇO:

Ópera “La Sonnambula”

Quando: 27 de novembro (domingo)

Onde: Teatro Guaíra (Auditório Salvador de Ferrante - Guairinha). Rua XV de Novembro, 971, Centro, Curitiba.

Horário: 20 horas

Duração do espetáculo: uma hora e trinta minutos

Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)

Classificação etária: 7 anos

Venda de ingressos: site Ticket Fácil (https://www.ticketfacil.com.br/eventos/cctg-concerto-lirico-la-sonnambula-de-bellini.aspx)

Bravíssimo Concertos abre a temporada em Cascavel e Medianeira

Dias 28 e 29 de abril, as cidades recebem o programa “A Ópera no Mundo” com obras de Verdi, Puccini e Carlos Gomes

Em sua segunda temporada, a iniciativa da Unicultura – Universidade Livre da Cultura segue voltada para a formação de plateias de diferentes correntes musicais. Para este ano, o calendário prevê apresentações de ópera, música clássica instrumental, música medieval e música brasileira nas cidades de Medianeira, Curitiba e Cascavel.

A estreia do Bravíssimo acontece, dia 28 de abril, às 20h, no Teatro Municipal Sefrin Filho em Cascavel com o programa “A Ópera no Mundo”. Na oportunidade, o público poderá apreciar óperas da França, Itália, Polônia, Estados Unidos e Áustria. Obras de Verdi, Puccini, Carlos Gomes, entre outros importantes compositores serão interpretadas pela soprano Ornella de Luca e o tenor Vitorio Scarpi com o acompanhamento do pianista Jeferson Ulbrich.

Dia 29 (sexta-feira), é a vez de Medianeira receber a apresentação que também tem como atração a presença da professora e especialista em história da música, Liana Justus. Durante o concerto didático, a autora de 11 livros e ganhadora de dois prêmios Jabuti, passará informações contextualizadas sobre as obras e compositores do programa.

Sobre o Bravíssimo

O projeto Bravíssimo teve início, em 2019, na cidade de Medianeira. A partir da compra do primeiro piano da cidade foi desenvolvida uma programação anual de concertos didáticos de diferentes correntes musicais. Em paralelo, profissionais da música realizaram uma série de ações educacionais que proporcionaram aos alunos da rede pública de ensino contato com todo o universo musical.

Em sua segunda temporada, o projeto ganha alcance com concertos nas cidades de Cascavel, Medianeira e Curitiba. Estão previstas apresentações de ópera, música clássica instrumental, música medieval e música brasileira. Assim, o Bravíssimo segue com a sua missão de formar plateia e ampliar os conhecimentos musicais das novas gerações.

Realização, apoios e patrocinadores

Viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura do Governo Federal, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, o Bravíssimo tem incentivo da Supermax, Unimed Curitiba, BRDE, Frimesa, Lar Cooperativa Agroindustrial e Fertipar. Realizado pela Unicultura com apoio da Prefeitura Municipal de Cascavel, Prefeitura Municipal de Medianeira, Fundação Cultura de Curitiba, Publicar Painéis e Rede Costa Oeste de Comunicação.

Contrapartida Social

Além da apresentação musical aberta ao público, o Bravíssimo também leva para as cidades o Curso Formando Novas Plateias em Música Clássica. Com a coordenação pedagógica de Liana Justus, serão realizados exercícios de escuta e audições comparadas. Dirigidas para estudantes e professores da rede pública de ensino municipal e estadual, as atividades pretendem despertar o interesse pela música clássica e instrumental.

Ornella de Lucca - Soprano

Natural de Curitiba, iniciou seus estudos de canto com a cantora brasileira Neyde Thomas. Em 2013, transferiu-se para a Áustria, onde iniciou os seus estudos na "Universität Mozarteum de Salzburg" com a professora Barbara Bonney, onde foi aprovada em 1°lugar e lá se graduou com louvor em Bacharelado em Canto em 2018. Em Julho de 2021, abriu o festival Accademia Chigiana em Siena na Itália como solista na peça “Pulcinella” de I. Stravinsky e em Novembro do mesmo ano formou-se no Mestrado em Canto nas opções Ópera Studio e Lieder na "Universität Mozarteum de Salzburg".

Vitorio Scarpi, tenor

Iniciou seus estudos com o Maestro e também tenor, Alexandre Mousquer em 2017. Considerado um jovem talento, Vitorio coleciona em seu currículo diversos títulos e premiações dos maiores concursos de canto do país e do exterior.

Melhor tenor do concurso Brasileiro de canto “Maria Callas”, melhor tenor no concurso Linus Lerner da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, melhor intérprete de canção de câmera no “Concurso Carlos Gomes” de Campinas, primeiro lugar no concurso “Revele seu talento” da PUCPR em 2019, vencedor do Concurso Bixiga Canta, promovido pela Orquestra Jovem do Bixiga. Também foi primeiro lugar geral do concurso internacional de canto lírico “Galina Pysarensko, na cidade de Novyi Horod, na Rússia, e vencedor do concurso de canto Lírico da cidade de San Luis Potosí, no México.

Jeferson Ulbrich - Pianista

O pianista e mestre em música, Jeferson Ulbrich, atua como solista e camerista no Brasil e no exterior. Como pedagogo, orienta remotamente jovens pianistas em São Paulo, Curitiba, Frankfurt, Main, Kronberg e Berlim (Alemanha). Foi integrante do Trio Klang (piano, clarinete e violoncelo), orientado pelo regente Aylton Escobar em São Paulo, e solista da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Ao lado da pianista Despina Apostolou gravou o CD On the way. Times. Lands com repertório solo e para piano a quatro mãos. Em 2017, foi pianista acompanhador da música para o filme mudo alemão Das fidele Gefängnis (1917) no Deutsches Filmmuseum em Frankfurt am Main (Alemanha).

Serviço:
CASCAVEL
Abertura do Bravíssimo Temporada 2022 - “A Ópera no Mundo”
Data: quinta-feira, 28 de abril de 2022
Horário: 20h
Local: Teatro Municipal Sefrin Filho
Endereço: Rua Rio de Janeiro, 905 – Centro Cascavel PR
Ingresso: gratuito, retirada na secretaria do teatro de segunda a sexta-feira das 8h às 12 e das 13h30 às 17h30
http://bravissimo.art.br
https://facebook.com/bravissimoconcertos
https://instagram.com/bravissimoconcertos

MEDIANEIRA
Data: sexta-feira, 29 de abril
Horário: 20h
Local: CPC Arandurá Medianeira
Endereço: Av. Brasil, 899-1029
Ingressos: gratuito, retirada na secretaria do teatro de segunda a sexta-feira das 8h às 12 e das 13h30 às 17h30

PROGRAMA

CARLOS GOMES (1836-1896) – ABERTURA DA ÓPERA O GUARANI

STANISLAW MONIUSZKO (1819-1872) – ÓPERA HALKA
ÁRIA DE TENOR - SZUMIA JODLY NA GÓR SCZYCIE
(OS ABETOS FARFALHAM NO TOPO DA MONTANHA)

GIACOMO PUCCINI (1858-1924) – ÓPERA LA BOHÈME
ÁRIA PARA SOPRANO – QUANDO ME'N VO (QUANDO ESTOU PASSANDO)

FRANCESCO CILEA (1866-1950) – ÓPERA L’ ARLESIANA
ÁRIA PARA TENOR – E LA SOLITA STORIA DEL PASTORE (A HISTÓRIA DO PASTOR)

GIUSEPPE VERDI (1813-1901) – ÓPERA RIGOLETTO
ÁRIA PARA SOPRANO – CARO NOME CHE IL MIO COR (DOCE NOME QUE FEZ MEU CORAÇÃO)

GEORGE BIZET (1838-1875) – ÓPERA OS PESCADORES DE PÉROLAS
ÁRIA PARA TENOR – JE CROIS ENTENDRE ENCORE (EU CREIO AINDA OUVIR)

DOUGLAS MOORE (1893-1969) – OPERETA THE BALLAD OF BABY DOE
ÁRIA PARA SOPRANO – WILLOW SONG (CANÇÃO DO SALGUEIRO)

DUETOS
GAETANO DONIZETTI (1797-1848) – ÓPERA DON PASQUALE
DUETO PARA TENOR E SOPRANO TORNAMI A DIR CHE M’AMI (VOLTE PARA DIZER QUE ME AMA)

FRANZ LEHÁR (1870-1948) – OPERETA A VIÚVA ALEGRE
DUETO PARA TENOR E SOPRANO DEINE LIPPEN SCHWEIGEN (SEUS LÁBIOS SILENCIOSOS)

Cinema, ópera, teatro e literatura na programação do Mia Cara 2021

Edição on-line do evento de cultura italiana é toda gratuita e acontecerá de 24 de maio a 6 de junho

Com o tema “Viva a Itália em sua Casa”, o Festival Mia Cara retorna após uma pausa em 2020 devido à pandemia do coronavírus. Com duas semanas de duração, a nona edição do evento reserva uma rica programação cultural, mostras de cinema, ópera, concurso de gastronomia, apresentações musicais, ações de turismo e uma grande homenagem ao escritor Dante Alighieri.

Para o cônsul geral da Itália em Curitiba, o retorno do Mia Cara é uma oportunidade para conhecer um pouco mais a Itália de hoje e sua produção cultural. “Queremos levar para a casa das pessoas em todo o Brasil o melhor da Itália atual sem esquecer a rica história do país”, Exemplo disso é a homenagem que faremos a Dante Alighieri em razão dos 700 anos da sua morte. Dante e sua obra pertencem a todos os tempos e espaços. São universais e atemporais”, definiu Salvatore Di Venezia.

Destaques da programação
Logo na abertura do Mia Cara 2021, dia 24 de maio, o público poderá acompanhar pelas redes sociais do evento o concerto lírico com o tenor Vitorio Scarpi e as sopranos Ana Paula Machado e Ornella de Lucca.

O cinema italiano também terá espaço, a partir do dia 27 de maio, com a exibição de “Sacco e Vanzetti” (1972), filme do diretor Giuliano Montaldo. A Mostra de Cinema segue com a exibição gratuita, na plataforma do Cine Passeio, de produções clássicas de Federico Fellini, Ettore Scola, Enrico Maria Salerno, Mateo Zoni e uma grande homenagem ao maestro Ennio Morricone com direção de Giovanni Morricone no dia 2 de junho, a curadoria é de Antonio Cava. A partir do dia 3 de junho, com curadoria de Marden Machado, serão exibidos filmes da recente produção cinematográfica italiana.

No dia 30 de maio acontece o recital de violino e cravo com o violinista e spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP) Emmanuele Baldini e o cravista Fernando Cordella.

Para o encerramento do Mia Cara, a cantora italiana Carla Cocco apresenta show inédito gravado em um teatro nos arredores de Roma. Ao longo das duas semanas de evento o público poderá acompanhar nas redes sociais do Mia Cara apresentações de danças folclóricas, leituras dramáticas, vídeos turísticos, mostra de quadrinhos e oficina de escultura.

Concurso de gastronomia
Outra novidade da edição deste ano é o concurso Receitas da Nonna que irá premiar a melhor receita italiana de família. Durante o mês de maio quem quiser participar poderá enviar sua receita pelo site do festival e participar das etapas eliminatórias no Facebook do Mia Cara. O vencedor será divulgado dia 05 de junho.

Com patrocínio do Banco BRDE, Sanepar, Copel, Celepar, Detran, Havan e Fomento Paraná, a programação completa do Festival Mia Cara está disponível em miacara.com.br. A realização do evento é feita pelo Consulado Geral da Itália em Curitiba e pela ONG Unicultura com apoio do Festval, GME, Angelina Caron, Prefeitura Municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Instituto Curitiba de Arte e Cultura - Icac, Sociedade Garibaldi, Centro Europeu, Mozzarellart, Santa Maria Papéis, Carti Mais, Gardenia Orchidea, Família Martinelli, UFPR e ENIT.

Serviço:
Festival Mia Cara 2021 - edição on-line
Data: 24 de maio a 6 de junho
Site: http://miacara.com.br
Facebook: facebook.com/miacaraoficial
Instagram: @miacaraoficial
WEB RADIO OFICIAL - https://www.inmystream.app/player2/enit.html

24 DE MAIO A 06 DE JUNHO DE 2021
Viva a Itália em sua casa - Edição on-line

Principais atrações:
CERIMÔNIA DE ABERTURA - 19H30
24/maio | 20h | CONCERTO LÍRICO
Direção Musical e Roteiro - Alexandre Mousquer

25/05 | 20h | LEITURA DRAMÁTICA DE PIRANDELLO
Direção: Edson Bueno

27/05 a 02/06 | MOSTRA DE CINEMA ITALIANO - CLÁSSICOS
Curadoria: Antonio Cava
Exibição: Cine Passeio - sessões virtuais - http://www.cinepasseio.org/

03/06 a 09/06 MOSTRA DE CINEMA ITALIANO - CONTEMPOR NEOS
Curadoria: Marden Machado
Exibição: Cine Passeio - sessões virtuais - http://www.cinepasseio.org/

29/05 | 20h| LEITURA DRAMÁTICA DIVINA COMÉDIA
Direção Artística: Edson Bueno

30/05 | 20h | RECITAL BARROCO DE VIOLINO E CRAVO
Emmanuele Baldini - violino
Fernando Cordella - cravo

06/06 | 20h | SHOW CARLA COCCO
Local: You Tube Mia Cara - https://www.youtube.com/channel/UCnFWLMmkefbEjMUKPKuzNIw
A programação completa do Mia Cara está disponível no site miacara.com.br