Chiquinho Sorvetes lança campanha Shake Mix Vibes  

Os embaixadores Luan Santana e Maisa estrelam os vídeos e materiais de divulgação  

Para refrescar os dias da estação mais quente do ano, a Chiquinho Sorvetes – maior rede de sorveterias do país – realiza a campanha “Shake Mix Vibes” entre os dias 21 de novembro e 31 de março em parceria inédita com a Mondelez®. Nessa edição serão lançados quatro produtos: Shake Mix de Bis Xtra®; Shake Mix de Bis Xtra Oreo®; Shake Mix de Sonho de Valsa® e Shake Mix de Ouro Branco®.  

  

Com o slogan Não importa sua vibe, sempre tem um Shake Mix te esperando na Chiquinho, a campanha de verão é estrelada pelos embaixadores da marca, Luan Santana e Maisa, que experimentam os novos Shake Mix, passam por várias experiências diferentes e se divertem nas lojas da Chiquinho. 

Segundo Rízia Bernardes, diretora de marketing da Chiquinho Sorvetes, a proposta da ação é surpreender os clientes, seja no sorvete depois do almoço, no passeio com a galera de final de semana ou para aumentar a disposição em plena segunda-feira oferecendo itens de alta qualidade e muito sabor. “Para o Verão 2020 apostamos na versatilidade de uma das linhas mais vendidas de nosso portfólio, o exclusivo Shake Mix”, afirma.   

  

A divulgação nacional conta com vídeos produzidos pela Agência Lis Bitencourt, posts nas redes sociais, além de opções para os pontos de venda, como display dos embaixadores da marca e os novos copos exclusivos da linha Shake Mix Vibes.  

  

Sobre a Chiquinho Sorvetes    
Líder no segmento, com 40 anos de experiência no mercado de sorvetes. A rede possui atualmente cerca de 480 unidades espalhadas por todo o país e três unidades no estado da Flórida, nos Estados Unidos.  
 

Mais informações:    
www.chiquinho.com.br    
https://pt-br.facebook.com/ChiquinhoSorvetes    

MUSICAL “ISSO QUE É AMOR, dirigido por Ulysses Cruz, baseado na obra de Luan Santana, segue turnê pelo Brasil

Após temporada em São Paulo, a peça vai para Curitiba (2 e 3/11), Brasília (9 e 10/11), Porto Alegre (16 e 17/11), Belo Horizonte (22, 23 e 24/11), Fortaleza (14 e 15/12) e Rio de janeiro (9 de janeiro a 16 de fevereiro de 2020).

Foto - Victor Hugo Cecatto

Com idealização do produtor Gustavo Nunes, da Turbilhão de Ideias (a mesma de Cássia Eller - O Musical), direção artística de Ulysses Cruz, codireção e direção de movimento de Leonardo Bertholini e direção musical de Guilherme Terra, o musical “Isso que é Amor” encerrou temporada paulistana, neste final de semana, onde se apresentou por dois meses no Teatro das Artes.

A partir deste final de semana, segue turnê por seis cidades do Brasil - Curitiba (2 e 3/11), Brasília (9 e 10/11), Porto Alegre (16 e 17/11), Belo Horizonte (de 22 a 24/11), Fortaleza (14 e 14/12) e Rio (9 de janeiro a 16 de fevereiro de 2010).

Partindo do argumento de Gustavo Nunes a peça trata de uma história de amor emoldurada com as músicas de Luan Santana. A roteirista Rosane Lima escreveu o texto do espetáculo, desenvolvendo a trama a partir dessas canções. Trata-se de ficção, nada é real, é tudo imaginado. Uma história sobre a importância do amor, da integridade e da música na vida das pessoas.

“Não se trata de um espetáculo biográfico nem de autoria de Luan Santana, e sim de um musical com canções do artista”, deixa claro o produtor e autor do argumento Gustavo Nunes. “O musical fala dessa poética de um jovem brasileiro que tem um imaginário que nós reconhecemos”, ressalta o diretor Ulysses Cruz.

Isso que é Amor é contado através da encenação de 25 canções do artista. Entre elas estão Meteoro, Escreve Aí, Chuva de Arroz, Quando a Bad Bater e Sinais, entre outras. Após a temporada em São Paulo, o musical apresentado e patrocinado pela BB Seguros, fará turnê por diversas capitais brasileiras antes de cumprir temporada no Rio de Janeiro, em 2020.

O espetáculo conta a história de Gabriel Lucas, jovem e romântico popstar que sonha encontrar o amor que inspire suas criações e sua vida. O personagem principal vive à procura de inspiração e é atormentado, em seus sonhos, pela visão de uma figura feminina, uma musa. Em turnê por uma cidade do Interior, finalmente tem a possibilidade de realizar sua fantasia, mas para tanto vai enfrentar uma série de conflitos que recheiam a trama.

O diretor Ulysses Cruz enfatiza que o espetáculo trata da poética romântica do cantor e compositor Luan Santana. “Nada tem a ver com a vida do artista, mas sim com o imaginário romântico desse popstar que estará no palco com as suas canções recriadas", diz. O espetáculo levará para as pessoas um outro olhar sobre as canções de Luan Santana e também a fantasia de como elas poderiam ter sido criadas, acredita o encenador.

O ator maranhense Daniel Haidar, de 19 anos, será o protagonista Gabriel Lucas. Vivendo no Rio de Janeiro, na TV fez participação em Malhação (2018) e também no filme Intimidade Entre Estranhos (2018), de José Alvarenga Jr.

No elenco estão os atores convidados Izabella Bicalho (Gota D’água, Tim Maia e Elizete, a Divina) no papel de Maria e Danilo de Moura (MPB - Musical Popular Brasileiro, Rio Mais Brasil e Tim Maia no papel do Homem do Relógio).

Completam o elenco os atores Robson Lima, Isabel Barros, Leticia Scopetta, Nicolas Ahnert, Gustavo Mazzei, Fefa Moreira, Anna Akisue, Gabi Borba, Dara Galvão, Thiago Marinho, Gabriela Ohl e Pamela Rossini.

Sobre a encenação

A diversidade das atmosferas românticas criadas por Luan é o principal norte da montagem de Ulysses Cruz. “A história a ser contada foi construída a partir da escolha das músicas mais representativas da carreira dele, em todas as suas fases. O contexto delas é que nos interessa e nos ajuda a construir o mundo de cada personagem. Rosane Lima foi ao imaginário das canções do Luan, para construir essa história”, conta Ulysses.

A encenação busca despertar a imaginação do público através de um rito de passagem do personagem Gabriel Lucas. Vivendo um momento de insatisfação, ele sai do estágio da inconsequência da juventude para a maturidade da idade adulta, onde a depuração se impõe. “O espetáculo fala desse rito de passagem, dos amigos que não crescem e vão ficando para trás, do encontro com a musa inspiradora que vai transformá-lo numa pessoa mais completa e, portanto, num artista melhor. É disso que trata o espetáculo”, diz Ulysses.

O encenador encomendou um ambiente não realista ao cenógrafo Glauco Bernardi, que criou um cenário múltiplo e abstrato, espaço com várias possibilidades de realizações de cenas. O desenho de luz é do jovem iluminador Nicolas Caratori, com quem Ulysses e Gustavo já haviam trabalhado no espetáculo Meu Quintal É Maior que o Mundo, com Cássia Kis. O figurino foi desenvolvido por Verônica Valle a partir da ideia de não realismo. São peças cotidianas trabalhadas de um modo a sugerir ao público ideias a respeito dos personagens. Elas comunicam, são o retrato visual do interior dos personagens.

Na direção musical, o trabalho de Guilherme Terra foi estruturar as canções no formato de teatro musical. A música ganha outros sentidos inserida em um espetáculo de teatro. Diferente de um show, no palco do teatro ela ajuda a contar uma história. “As músicas não podem ser tocadas no palco como elas são em um show. Alinhamos a canções para contar uma história. Pedi ao Guilherme para buscar um equilíbrio sutil entre como o público canta as músicas e como elas serão cantadas pelos personagens. Estamos buscando a melhor maneira de produzi-las", fala.

Sobre o jovem elenco, Ulysses acrescenta que tem trabalhado com eles a verossimilhança. “O desafio é fazer com que o ator de musical entenda que ele tem de expressar um personagem e não ficar apenas preocupado em dar a nota certa da canção”, afirma Ulysses. A meta do diretor é fazer com que os atores consigam revelar os personagens enquanto cantam. “Se o público conseguir acompanhar a vida dos personagens através das músicas vai ficar muito bom. São personagens cativantes, extratos da juventude hoje. Para quem gosta das canções do Luan acho que será muito curioso poder vê-las servindo à comunicação de uma história, de um personagem, de uma situação dramática ou divertida”, finaliza o diretor.

Gustavo Nunes ressalta que o musical não foi criado apenas para os fãs do cantor. “É um espetáculo que fala sobre o amor, em suas mais variadas formas: o amor de um casal, o amor entre pais e filhos, o amor que existe nas amizades. Até mesmo o amor impossível, platônico, está presente. Ao falar de um tema universal, o musical atinge todos os públicos, de todas as idades”.

 

Parceria frutífera

Esta é a terceira parceria do diretor Ulysses Cruz com o produtor Gustavo Nunes, da Turbilhão de Ideias. Sabendo da amizade de Ulysses com Luan Santana, Gustavo convidou o diretor para assinar a montagem a partir das canções do artista.  “Gosto muito de trabalhar com ele, um produtor que está sempre presente e é o idealizador da história”, conta Ulysses, revelando que foram feitas reuniões com o artista e sua família para obter a autorização para montar o musical. “É um prazer grande, pois tenho convivido com o universo das canções dele, que adoro.”

Sobre a BB Seguros

A BB Seguros é a patrocinadora exclusiva do musical Isso Que é Amor e acredita no desenvolvimento e no futuro do Brasil, para isso apoia projetos que levem cultura a todas as regiões do País. A BB Seguros é a marca que representa os negócios de seguros, previdência, capitalização e planos odontológicos do Banco do Brasil.

Além disso, a BB Seguros incentiva também o planejamento financeiro das famílias, proporcionando um futuro repleto de experiências felizes e intensas. Para proteger bens, conquistas e entes queridos, tem diversas modalidades de seguros dando mais tranquilidade e leveza à vida. Disponibiliza ainda, soluções que ajudam as famílias a alcançarem seus projetos de vida por meio dos seus planos de previdência. Já para quem gosta de concorrer a prêmios, sem nunca deixar de lado a educação e disciplina financeira, tem as mais completas opções de títulos de capitalização. Para o sorriso do brasileiro, conta com os melhores planos odontológicos do mercado.

A BB Seguros se orgulha de ser uma das empresas que mais investem na cultura brasileira, seus patrocínios são pautados por uma política que visa gerar valor à sociedade, clientes e acionistas.

Sinopse sugerida

Isso Que é Amor conta a história do pop star Gabriel Lucas, sua rotina de shows e turnês, o dia a dia com as fãs, seu processo de composição e o sonho de encontrar sua musa inspiradora.

Serviço

Estreia- Dia 13 de setembro, às 21 horas, no Teatro das Artes. Av. Rebouças, 3970 - Loja 409. Shopping Eldorado – Pinheiros. São Paulo. Temporada até dia 27 de outubro. Horários: sexta às 21h, sábado às 18h e 21h. Domingo às 19h. Gênero: musical. Duração: 120 minutos. Classificação: Livre.

Sexta-feira– 21h

Plateia – R$ 100,00 (inteira), R$ 50,00 (meia)

Balcão Meio – R$ 80,00 (inteira), R$ 40,00 (meia)

Balcões Fundo e Lateral: R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia)

Sábado – 18h

Plateia – R$ 100,00 (inteira), R$ 50,00 (meia)

Balcão Meio – R$ 80,00 (inteira), R$ 40,00 (meia)

Balcões Fundo e Lateral: R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia)

Sábado – 21h

Plateia – R$ 120,00 (inteira), R$ 60,00 (meia)

Balcão Meio – R$ 100,00 (inteira), R$ 50,00 (meia)

Balcões Fundo e Lateral: R$ 80,00 (inteira), R$ 40,00 (meia)

Domingo – 19h

Plateia – R$ 100,00 (inteira), R$ 50,00 (meia)

Balcão Meio – R$ 80,00 (inteira), R$ 40,00 (meia)

Balcões Fundo e Lateral: R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia)

Obedecendo a Lei de Incentivo à Cultura, ingressos populares em TODAS AS SESSÕES - a partir de R$ 25,00 (meia) - Setor Balcão Fundo e Lateral.

 

Ficha técnica

Idealizador e Diretor de Produção: Gustavo Nunes. Autora: Rosane Lima. Diretor Artístico: Ulysses Cruz. Codiretor Artístico, Diretor de Movimento e Coreografia: Leonardo Bertholini. Diretor Musical: Guilherme Terra. Cenógrafo: Glauco Bernardi. Iluminador: Nicolas Caratori. Figurinista: Verônica Valle. Visagista: Anderson Bueno. Coreógrafa: Beatriz Hack. Designer Som: Alexandre Japa. Criação do Site / Identidade Visual: Rodolfo Barreto

Elenco: ator / personagem

Daniel Haidar (Gabriel Lucas), Robson Lima (ensemble/ cover do Gabriel Lucas / Fernando), Isabel Barros (Leona), Leticia Scopetta (ensemble/ cover Deise), Nicolas Ahnert (Fernando), Gustavo Mazzei (Edu), Danilo de Moura (Homem do Relógio), Fefa Moreira (Alice), Izabella Bicalho (Maria), Anna Akisue (Lelê), Pamela Rossini (Deise), Gabi Borba (ensemble/Regina/ cover Maria), Gabriela Ohl (ensemble/ cover), Thiago Marinho (ensemble/ cover Homem do Relógio / Edu) e Dara Galvão (ensemble / cover Lelê).

Curitiba recebe na próxima semana o Musical “Isso que é Amor” com músicas de Luan Santana

Crédito: Victor Hugo Cecatto.

Curitiba recebe na próxima semana o Musical “Isso que é Amor” com músicas de Luan Santana
O evento acontece nos dias 02 e 03 de novembro na Ópera de Arame. Os ingressos estão sendo vendidos pelo Disk Ingressos.

Em temporada nacional, o Musical “Isso que é Amor” com músicas de Luan Santana, desembarca em Curitiba na próxima semana, nos dias 02 e 03 de novembro, na Ópera de Arame. O espetáculo contará a história de Gabriel Lucas, jovem e romântico popstar que sonha encontrar o amor, que inspire suas criações e sua vida. O personagem principal vive à procura de inspiração e é atormentado, em seus sonhos, pela visão de uma figura feminina, uma musa. Em turnê por uma cidade do interior, finalmente tem a possibilidade de realizar sua fantasia, mas para tanto vai enfrentar uma série de conflitos que recheiam a trama. Com idealização do produtor Gustavo Nunes, da Turbilhão de Ideias (a mesma de Cássia Eller - O Musical), direção artística de Ulysses Cruz, codireção e direção de movimento de Leonardo Bertholini e direção musical de Guilherme Terra. A BB Seguros é a patrocinadora exclusiva do musical. Os ingressos estão sendo vendidos pelo Disk Ingressos.

O evento que teve a estreia em São Paulo desembarca em novembro na capital paranaense e depois segue com a temporada para Brasília (09 e 10/11), Porto Alegre (16 e 17/11), Belo Horizonte (22, 23 e 24/11), Fortaleza (14 e 15/12) e Rio de janeiro (9 de janeiro a 16 de fevereiro de 2020).

Partindo do argumento de Gustavo Nunes a peça trata de uma história de amor emoldurada com as músicas de Luan Santana. A roteirista Rosane Lima escreveu o texto do espetáculo, desenvolvendo a trama a partir dessas canções. Trata-se de ficção, nada é real, é tudo imaginado. Uma história sobre a importância do amor, da integridade e da música na vida das pessoas.

“Não se trata de um espetáculo biográfico nem de autoria de Luan Santana, e sim de um musical com canções do artista”, deixa claro o produtor e autor do argumento Gustavo Nunes. “O musical fala dessa poética de um jovem brasileiro que tem um imaginário que nós reconhecemos”, ressalta o diretor Ulysses Cruz.

Isso que é Amor é contado através da encenação de 25 canções do artista. Entre elas estão Meteoro, Escreve Aí, Chuva de Arroz, Quando a Bad Bater e Sinais, entre outras. Após a temporada em São Paulo, o musical apresentado e patrocinado pela BB Seguros, fará turnê por diversas capitais brasileiras antes de cumprir temporada no Rio de Janeiro, em 2020.

O diretor Ulysses Cruz enfatiza que o espetáculo trata da poética romântica do cantor e compositor Luan Santana. “Nada tem a ver com a vida do artista, mas sim com o imaginário romântico desse popstar que estará no palco com as suas canções recriadas", diz. O espetáculo levará para as pessoas um outro olhar sobre as canções de Luan Santana e também a fantasia de como elas poderiam ter sido criadas, acredita o encenador.

O ator maranhense Daniel Haidar, de 19 anos, será o protagonista Gabriel Lucas. Vivendo no Rio de Janeiro, na TV fez participação em Malhação (2018) e também no filme Intimidade Entre Estranhos (2018), de José Alvarenga Jr.

No elenco estão os atores convidados Izabella Bicalho (Gota D’água, Tim Maia e Elizete, a Divina) no papel de Maria e Danilo de Moura (MPB - Musical Popular Brasileiro, Rio Mais Brasil e Tim Maia no papel do Homem do Relógio).

Completam o elenco os atores Robson Lima, Isabel Barros, Leticia Scopetta, Nicolas Ahnert, Gustavo Mazzei, Fefa Moreira, Anna Akisue, Gabi Borba, Dara Galvão, Thiago Marinho, Gabriela Ohl e Pamela Rossini.

Sobre a encenação

A diversidade das atmosferas românticas criadas por Luan é o principal norte da montagem de Ulysses Cruz. “A história a ser contada foi construída a partir da escolha das músicas mais representativas da carreira dele, em todas as suas fases. O contexto delas é que nos interessa e nos ajuda a construir o mundo de cada personagem. Rosane Lima foi ao imaginário das canções do Luan, para construir essa história”, conta Ulysses.

A encenação busca despertar a imaginação do público através de um rito de passagem do personagem Gabriel Lucas. Vivendo um momento de insatisfação, ele sai do estágio da inconsequência da juventude para a maturidade da idade adulta, onde a depuração se impõe. “O espetáculo fala desse rito de passagem, dos amigos que não crescem e vão ficando para trás, do encontro com a musa inspiradora que vai transformá-lo numa pessoa mais completa e, portanto, num artista melhor. É disso que trata o espetáculo”, diz Ulysses.

O encenador encomendou um ambiente não realista ao cenógrafo Glauco Bernardi, que criou um cenário múltiplo e abstrato, espaço com várias possibilidades de realizações de cenas. O desenho de luz é do jovem iluminador Nicolas Caratori, com quem Ulysses e Gustavo já haviam trabalhado no espetáculo Meu Quintal É Maior que o Mundo, com Cássia Kis. O figurino foi desenvolvido por Verônica Valle a partir da ideia de não realismo. São peças cotidianas trabalhadas de um modo a sugerir ao público ideias a respeito dos personagens. Elas comunicam, são o retrato visual do interior dos personagens.

Na direção musical, o trabalho de Guilherme Terra foi estruturar as canções no formato de teatro musical. A música ganha outros sentidos inserida em um espetáculo de teatro. Diferente de um show, no palco do teatro ela ajuda a contar uma história. “As músicas não podem ser tocadas no palco como elas são em um show. Alinhamos a canções para contar uma história. Pedi ao Guilherme para buscar um equilíbrio sutil entre como o público canta as músicas e como elas serão cantadas pelos personagens. Estamos buscando a melhor maneira de produzi-las", fala.

Sobre o jovem elenco, Ulysses acrescenta que tem trabalhado com eles a verossimilhança. “O desafio é fazer com que o ator de musical entenda que ele tem de expressar um personagem e não ficar apenas preocupado em dar a nota certa da canção”, afirma Ulysses. A meta do diretor é fazer com que os atores consigam revelar os personagens enquanto cantam. “Se o público conseguir acompanhar a vida dos personagens através das músicas vai ficar muito bom. São personagens cativantes, extratos da juventude hoje. Para quem gosta das canções do Luan acho que será muito curioso poder vê-las servindo à comunicação de uma história, de um personagem, de uma situação dramática ou divertida”, finaliza o diretor.

Gustavo Nunes ressalta que o musical não foi criado apenas para os fãs do cantor. “É um espetáculo que fala sobre o amor, em suas mais variadas formas: o amor de um casal, o amor entre pais e filhos, o amor que existe nas amizades. Até mesmo o amor impossível, platônico, está presente. Ao falar de um tema universal, o musical atinge todos os públicos, de todas as idades”.

Parceria frutífera

Esta é a terceira parceria do diretor Ulysses Cruz com o produtor Gustavo Nunes, da Turbilhão de Ideias. Sabendo da amizade de Ulysses com Luan Santana, Gustavo convidou o diretor para assinar a montagem a partir das canções do artista. “Gosto muito de trabalhar com ele, um produtor que está sempre presente e é o idealizador da história”, conta Ulysses, revelando que foram feitas reuniões com o artista e sua família para obter a autorização para montar o musical. “É um prazer grande, pois tenho convivido com o universo das canções dele, que adoro.”

Sobre a BB Seguros

A BB Seguros é a patrocinadora exclusiva do musical Isso Que é Amor e acredita no desenvolvimento e no futuro do Brasil, para isso apoia projetos que levem cultura a todas as regiões do País. A BB Seguros é a marca que representa os negócios de seguros, previdência, capitalização e planos odontológicos do Banco do Brasil.

Além disso, a BB Seguros incentiva também o planejamento financeiro das famílias, proporcionando um futuro repleto de experiências felizes e intensas. Para proteger bens, conquistas e entes queridos, tem diversas modalidades de seguros dando mais tranquilidade e leveza à vida. Disponibiliza ainda, soluções que ajudam as famílias a alcançarem seus projetos de vida por meio dos seus planos de previdência. Já para quem gosta de concorrer a prêmios, sem nunca deixar de lado a educação e disciplina financeira, têm as mais completas opções de títulos de capitalização. Para o sorriso do brasileiro, conta com os melhores planos odontológicos do mercado.

A BB Seguros se orgulha de ser uma das empresas que mais investem na cultura brasileira, seus patrocínios são pautados por uma política que visa gerar valor à sociedade, clientes e acionistas.

Sinopse

Isso Que é Amor conta a história do pop star Gabriel Lucas, sua rotina de shows e turnês, o dia a dia com as fãs, seu processo de composição e o sonho de encontrar sua musa inspiradora.

Ficha técnica

Idealizador e Diretor de Produção: Gustavo Nunes. Autora: Rosane Lima. Diretor Artístico: Ulysses Cruz. Codiretor Artístico, Diretor de Movimento e Coreografia: Leonardo Bertholini. Diretor Musical: Guilherme Terra. Cenógrafo: Glauco Bernardi. Iluminador: Nicolas Caratori. Figurinista: Verônica Valle. Visagista: Anderson Bueno. Coreógrafa: Beatriz Hack. Designer Som: Alexandre Japa. Criação do Site / Identidade Visual: Rodolfo Barreto.

Elenco: ator / personagem

Daniel Haidar (Gabriel Lucas), Robson Lima (ensemble/ cover do Gabriel Lucas / Fernando), Isabel Barros (Leona), Leticia Scopetta (ensemble/ cover Deise), Nicolas Ahnert (Fernando), Gustavo Mazzei (Edu), Danilo de Moura (Homem do Relógio), Fefa Moreira (Alice), Izabella Bicalho (Maria), Anna Akisue (Lelê), Pamela Rossini (Deise), Gabi Borba (ensemble/Regina/ cover Maria), Gabriela Ohl (ensemble/ cover), Thiago Marinho (ensemble/ cover Homem do Relógio / Edu) e Dara Galvão (ensemble / cover Lelê).

SERVIÇO:
Curitiba recebe Musical “Isso que é Amor” com músicas de Luan Santana

Data: 02 de novembro de 2019.
Horário: Abertura do Teatro: 20h / Início show: 21h.
Local: Ópera de Arame (Rua João Gava, 970, Abranches, Curitiba, PR).
Classificação etária: Livre

Data: 03 de novembro de 2019.
Horário: Abertura do Teatro: 18h / Início show: 19h.
Local: Ópera de Arame (Rua João Gava, 970, Abranches, Curitiba, PR).
Classificação etária: Livre

Ingressos: a partir de R$ 25,00 (meia-entrada) e R$ 50,00 (inteira) na PLATEIA B.
* Não está inclusa a taxa administrativa Disk Ingressos de R$ 10,00.

A meia-entrada é válida para Doadores de Sangue devidamente comprovados, Estudantes devidamente comprovados, Idosos conforme Lei, PNE, Portador de Câncer e Professor.* IMPORTANTE: Serão exigidos os documentos e comprovantes que constam nas respectivas leis. ** OS DESCONTOS NÃO SÃO CUMULATIVOS.

Clientes BB Seguros tem 50% de desconto no valor do ingresso inteiro.

Se você possui algum produto da BB Seguros como seguros, previdência, capitalização ou planos odontológicos, insira os cinco (5) primeiros dígitos de seu CPF para ativar o desconto de 50% sobre o valor da inteira. Desconto válido para qualquer setor do teatro, limitado a 2 ingressos por CPF. Os clientes que tenham contratado algum produto após 26/08 ou que não tenham conseguido habilitar o desconto, favor entrar em contato com a Central de Atendimento da BB Seguros pelo telefone 0800 729 7000, para validação do CPF.

Pontos de venda: Disk Ingressos (Call Center 41 3315-0808), nos quiosques dos shoppings Mueller e Estação, na loja Disk Ingressos do shopping Palladium.

E pelo site do Disk Ingressos: https://www.diskingressos.com.br/grupo/707/03-11-2019/pr/curitiba/isso-e-amor-o-musical

INFORMAÇÕES: 41 3315-0808 ou diskingressos.com.br

Luana Pinheiro se junta à legião de brasileiros no BRAVE CF 29; veja card completo

Luana Pinheiro se junta à legião de brasileiros no BRAVE CF 29; veja card completo

O BRAVE Combat Federation, organização de MMA que mais cresce no mundo, divulgou o card completo do maior evento do ano, o BRAVE CF 29, que ocorre no Bahrein, dia 15 de novembro. Além dos já anunciados Marcel Adur, Felipe Silva e Luan "Miau" Santiago, a peso palha Luana Pinheiro também estará em ação, além de Erick "Índio Brabo" da Silva.

Campeã de judô e com duas vitórias em duas lutas pelo BRAVE CF, Luana fará história no Bahrein ao enfrentar a inglesa Helen Harper. Elas farão parte da primeira luta feminina profissional de MMA no reinado. Pinheiro vem de triunfo no BRAVE CF 26, quando finalizou Yasmeli Araque. Antes, ela havia vencido a compatriota Elaine "Pantera", em Belo Horizonte, no BRAVE 11.

Erick, por sua vez, descerá do peso leve para o peso pena para enfrentar Akhmed Magomedov. "Índio Brabo", que treina com Darren Till na Inglaterra, tem quatro lutas pelo BRAVE CF, com duas vitórias e duas derrotas. Ele tentará se recuperar do revés para Guram Kutateladze, diante de Magomedov.

Além dos dois, o Brasil será representado por Marcel Adur, que enfrenta Jose Torres, ex-UFC, pelo título inaugural peso mosca. Luan "Miau" Santiago sobe para o peso superleve para enfrentar Gadzhimusa Gaziev, enquanto Felipe Silva mede forças com Guram Kutateladze.

O BRAVE CF 29 terá, no total, 15 lutas, e 12 delas foram confirmadas pela organização. As outras três farão parte do torneio sem limite de peso, o KHK World Championship, que terá semifinais e final na mesma noite e premiará o vencedor com um cheque de US$100,000 (mais de R$415 mil), além da posse provisória do cinturão KHK, adornado com 6.2 kg de ouro.

Veja o card completo do BRAVE CF 29:

Card principal
Peso mosca: Jose Torres vs Marcel Adur
Peso galo: Hamza Kooheji vs Nahuel Gandolfi
Peso pena: Abdul-Kareem Al-Selwady vs Dumar Roa
Peso superleve: Luan "Miau" Santiago vs Gadzhimusa Gaziev
Peso leve: Felipe Silva vs Guram Kutateladze
Peso palha: Luana Pinheiro vs Helen Harper

Card preliminar
Peso mosca: Hussain Ayyad vs Matis Zarahovs
Peso pena: Ilia Topuria vs Steven Gonçalves
Peso mosca: Amir Albazi vs Ryan Curtis
Peso galo: Ali Qaisi vs Jeremy Pacatiw
Peso galo: Dean Garnett vs Rany Saadeh
Peso pena: Akhmed Magomedov vs Erick da Silva

Curitiba recebe o Musical “Isso que é Amor” com músicas de Luan Santana

Crédito: Victor Hugo Cecatto.

Curitiba recebe o Musical “Isso que é Amor” com músicas de Luan Santana
O evento acontece nos dias 02 e 03 de novembro na Ópera de Arame. Os ingressos estão sendo vendidos pelo Disk Ingressos.

Em temporada nacional, o Musical “Isso que é Amor” com músicas de Luan Santana, chega a Curitiba nos dias 02 e 03 de novembro, na Ópera de Arame. O espetáculo contará a história de Gabriel Lucas, jovem e romântico popstar que sonha encontrar o amor, que inspire suas criações e sua vida. O personagem principal vive à procura de inspiração e é atormentado, em seus sonhos, pela visão de uma figura feminina, uma musa. Em turnê por uma cidade do interior, finalmente tem a possibilidade de realizar sua fantasia, mas para tanto vai enfrentar uma série de conflitos que recheiam a trama. Com idealização do produtor Gustavo Nunes, da Turbilhão de Ideias (a mesma de Cássia Eller - O Musical), direção artística de Ulysses Cruz, codireção e direção de movimento de Leonardo Bertholini e direção musical de Guilherme Terra. A BB Seguros é a patrocinadora exclusiva do musical. Os ingressos estão sendo vendidos pelo Disk Ingressos.

O evento que teve a estreia em São Paulo desembarca em novembro na capital paranaense e depois segue com a temporada para Brasília (09 e 10/11), Porto Alegre (16 e 17/11), Belo Horizonte (22, 23 e 24/11), Fortaleza (14 e 15/12) e Rio de janeiro (9 de janeiro a 16 de fevereiro de 2020).

Partindo do argumento de Gustavo Nunes a peça trata de uma história de amor emoldurada com as músicas de Luan Santana. A roteirista Rosane Lima escreveu o texto do espetáculo, desenvolvendo a trama a partir dessas canções. Trata-se de ficção, nada é real, é tudo imaginado. Uma história sobre a importância do amor, da integridade e da música na vida das pessoas.

“Não se trata de um espetáculo biográfico nem de autoria de Luan Santana, e sim de um musical com canções do artista”, deixa claro o produtor e autor do argumento Gustavo Nunes. “O musical fala dessa poética de um jovem brasileiro que tem um imaginário que nós reconhecemos”, ressalta o diretor Ulysses Cruz.

Isso que é Amor é contado através da encenação de 25 canções do artista. Entre elas estão Meteoro, Escreve Aí, Chuva de Arroz, Quando a Bad Bater e Sinais, entre outras. Após a temporada em São Paulo, o musical apresentado e patrocinado pela BB Seguros, fará turnê por diversas capitais brasileiras antes de cumprir temporada no Rio de Janeiro, em 2020.

O diretor Ulysses Cruz enfatiza que o espetáculo trata da poética romântica do cantor e compositor Luan Santana. “Nada tem a ver com a vida do artista, mas sim com o imaginário romântico desse popstar que estará no palco com as suas canções recriadas", diz. O espetáculo levará para as pessoas um outro olhar sobre as canções de Luan Santana e também a fantasia de como elas poderiam ter sido criadas, acredita o encenador.

O ator maranhense Daniel Haidar, de 19 anos, será o protagonista Gabriel Lucas. Vivendo no Rio de Janeiro, na TV fez participação em Malhação (2018) e também no filme Intimidade Entre Estranhos (2018), de José Alvarenga Jr.

No elenco estão os atores convidados Izabella Bicalho (Gota D’água, Tim Maia e Elizete, a Divina) no papel de Maria e Danilo de Moura (MPB - Musical Popular Brasileiro, Rio Mais Brasil e Tim Maia no papel do Homem do Relógio).

Completam o elenco os atores Robson Lima, Isabel Barros, Leticia Scopetta, Nicolas Ahnert, Gustavo Mazzei, Fefa Moreira, Anna Akisue, Gabi Borba, Dara Galvão, Thiago Marinho, Gabriela Ohl e Pamela Rossini.

Sobre a encenação

A diversidade das atmosferas românticas criadas por Luan é o principal norte da montagem de Ulysses Cruz. “A história a ser contada foi construída a partir da escolha das músicas mais representativas da carreira dele, em todas as suas fases. O contexto delas é que nos interessa e nos ajuda a construir o mundo de cada personagem. Rosane Lima foi ao imaginário das canções do Luan, para construir essa história”, conta Ulysses.

A encenação busca despertar a imaginação do público através de um rito de passagem do personagem Gabriel Lucas. Vivendo um momento de insatisfação, ele sai do estágio da inconsequência da juventude para a maturidade da idade adulta, onde a depuração se impõe. “O espetáculo fala desse rito de passagem, dos amigos que não crescem e vão ficando para trás, do encontro com a musa inspiradora que vai transformá-lo numa pessoa mais completa e, portanto, num artista melhor. É disso que trata o espetáculo”, diz Ulysses.

O encenador encomendou um ambiente não realista ao cenógrafo Glauco Bernardi, que criou um cenário múltiplo e abstrato, espaço com várias possibilidades de realizações de cenas. O desenho de luz é do jovem iluminador Nicolas Caratori, com quem Ulysses e Gustavo já haviam trabalhado no espetáculo Meu Quintal É Maior que o Mundo, com Cássia Kis. O figurino foi desenvolvido por Verônica Valle a partir da ideia de não realismo. São peças cotidianas trabalhadas de um modo a sugerir ao público ideias a respeito dos personagens. Elas comunicam, são o retrato visual do interior dos personagens.

Na direção musical, o trabalho de Guilherme Terra foi estruturar as canções no formato de teatro musical. A música ganha outros sentidos inserida em um espetáculo de teatro. Diferente de um show, no palco do teatro ela ajuda a contar uma história. “As músicas não podem ser tocadas no palco como elas são em um show. Alinhamos a canções para contar uma história. Pedi ao Guilherme para buscar um equilíbrio sutil entre como o público canta as músicas e como elas serão cantadas pelos personagens. Estamos buscando a melhor maneira de produzi-las", fala.

Sobre o jovem elenco, Ulysses acrescenta que tem trabalhado com eles a verossimilhança. “O desafio é fazer com que o ator de musical entenda que ele tem de expressar um personagem e não ficar apenas preocupado em dar a nota certa da canção”, afirma Ulysses. A meta do diretor é fazer com que os atores consigam revelar os personagens enquanto cantam. “Se o público conseguir acompanhar a vida dos personagens através das músicas vai ficar muito bom. São personagens cativantes, extratos da juventude hoje. Para quem gosta das canções do Luan acho que será muito curioso poder vê-las servindo à comunicação de uma história, de um personagem, de uma situação dramática ou divertida”, finaliza o diretor.

Gustavo Nunes ressalta que o musical não foi criado apenas para os fãs do cantor. “É um espetáculo que fala sobre o amor, em suas mais variadas formas: o amor de um casal, o amor entre pais e filhos, o amor que existe nas amizades. Até mesmo o amor impossível, platônico, está presente. Ao falar de um tema universal, o musical atinge todos os públicos, de todas as idades”.

Parceria frutífera

Esta é a terceira parceria do diretor Ulysses Cruz com o produtor Gustavo Nunes, da Turbilhão de Ideias. Sabendo da amizade de Ulysses com Luan Santana, Gustavo convidou o diretor para assinar a montagem a partir das canções do artista. “Gosto muito de trabalhar com ele, um produtor que está sempre presente e é o idealizador da história”, conta Ulysses, revelando que foram feitas reuniões com o artista e sua família para obter a autorização para montar o musical. “É um prazer grande, pois tenho convivido com o universo das canções dele, que adoro.”

Sobre a BB Seguros

A BB Seguros é a patrocinadora exclusiva do musical Isso Que é Amor e acredita no desenvolvimento e no futuro do Brasil, para isso apoia projetos que levem cultura a todas as regiões do País. A BB Seguros é a marca que representa os negócios de seguros, previdência, capitalização e planos odontológicos do Banco do Brasil.

Além disso, a BB Seguros incentiva também o planejamento financeiro das famílias, proporcionando um futuro repleto de experiências felizes e intensas. Para proteger bens, conquistas e entes queridos, tem diversas modalidades de seguros dando mais tranquilidade e leveza à vida. Disponibiliza ainda, soluções que ajudam as famílias a alcançarem seus projetos de vida por meio dos seus planos de previdência. Já para quem gosta de concorrer a prêmios, sem nunca deixar de lado a educação e disciplina financeira, têm as mais completas opções de títulos de capitalização. Para o sorriso do brasileiro, conta com os melhores planos odontológicos do mercado.

A BB Seguros se orgulha de ser uma das empresas que mais investem na cultura brasileira, seus patrocínios são pautados por uma política que visa gerar valor à sociedade, clientes e acionistas.

Sinopse

Isso Que é Amor conta a história do pop star Gabriel Lucas, sua rotina de shows e turnês, o dia a dia com as fãs, seu processo de composição e o sonho de encontrar sua musa inspiradora.

Ficha técnica

Idealizador e Diretor de Produção: Gustavo Nunes. Autora: Rosane Lima. Diretor Artístico: Ulysses Cruz. Codiretor Artístico, Diretor de Movimento e Coreografia: Leonardo Bertholini. Diretor Musical: Guilherme Terra. Cenógrafo: Glauco Bernardi. Iluminador: Nicolas Caratori. Figurinista: Verônica Valle. Visagista: Anderson Bueno. Coreógrafa: Beatriz Hack. Designer Som: Alexandre Japa. Criação do Site / Identidade Visual: Rodolfo Barreto.

Elenco: ator / personagem

Daniel Haidar (Gabriel Lucas), Robson Lima (ensemble/ cover do Gabriel Lucas / Fernando), Isabel Barros (Leona), Leticia Scopetta (ensemble/ cover Deise), Nicolas Ahnert (Fernando), Gustavo Mazzei (Edu), Danilo de Moura (Homem do Relógio), Fefa Moreira (Alice), Izabella Bicalho (Maria), Anna Akisue (Lelê), Pamela Rossini (Deise), Gabi Borba (ensemble/Regina/ cover Maria), Gabriela Ohl (ensemble/ cover), Thiago Marinho (ensemble/ cover Homem do Relógio / Edu) e Dara Galvão (ensemble / cover Lelê).

SERVIÇO:
Curitiba recebe Musical “Isso que é Amor” com músicas de Luan Santana

Data: 02 de novembro de 2019.
Horário: Abertura do Teatro: 20h / Início show: 21h.
Local: Ópera de Arame (Rua João Gava, 970, Abranches, Curitiba, PR).
Classificação etária: Livre

Data: 03 de novembro de 2019.
Horário: Abertura do Teatro: 18h / Início show: 19h.
Local: Ópera de Arame (Rua João Gava, 970, Abranches, Curitiba, PR).
Classificação etária: Livre

Ingressos: a partir de R$ 25,00 (meia-entrada) e R$ 50,00 (inteira) na PLATEIA B.
* Não está inclusa a taxa administrativa Disk Ingressos de R$ 10,00.

A meia-entrada é válida para Doadores de Sangue devidamente comprovados, Estudantes devidamente comprovados, Idosos conforme Lei, PNE, Portador de Câncer e Professor.* IMPORTANTE: Serão exigidos os documentos e comprovantes que constam nas respectivas leis. ** OS DESCONTOS NÃO SÃO CUMULATIVOS.

Clientes BB Seguros tem 50% de desconto no valor do ingresso inteiro.

Se você possui algum produto da BB Seguros como seguros, previdência, capitalização ou planos odontológicos, insira os cinco (5) primeiros dígitos de seu CPF para ativar o desconto de 50% sobre o valor da inteira. Desconto válido para qualquer setor do teatro, limitado a 2 ingressos por CPF. Os clientes que tenham contratado algum produto após 26/08 ou que não tenham conseguido habilitar o desconto, favor entrar em contato com a Central de Atendimento da BB Seguros pelo telefone 0800 729 7000, para validação do CPF.

Pontos de venda: Disk Ingressos (Call Center 41 3315-0808), nos quiosques dos shoppings Mueller e Estação, na loja Disk Ingressos do shopping Palladium.

E pelo site do Disk Ingressos: https://www.diskingressos.com.br/grupo/707/03-11-2019/pr/curitiba/isso-e-amor-o-musical

INFORMAÇÕES: 41 3315-0808 ou diskingressos.com.br