Brasileiro Gabriel Fly retorna contra Dumar Roa no BRAVE CF 49 por chance de título

Distrito de Seef, Bahrein - 4 de março de 2021

O Brasil será representado mais de uma vez no Bahrein! Após a confirmação do retorno de Luan Santiago, outro atleta da CM System estará em ação no BRAVE CF 49 do dia 25 de março: o peso pena Gabriel Fly, que enfrenta o colombiano Dumar Roa no card principal do show.

A informação foi anunciada nesta quinta-feira pela organização do evento de MMA que mais cresce no mundo, que destacou a rivalidade entre os dois atletas latinoamericanos nos últimos meses e acrescentou que o vencedor terá chance de disputar o título mundial vago da categoria até 66 kg.

Fly e Roa deveriam ter se enfrentado na luta principal do BRAVE CF 45, em novembro do ano passado. No entanto, Gabriel foi obrigado a se retirar da disputa e foi substituído por Ian Entwistle. ‘’Corazon de Leon’’ venceu o inglês ainda no primeiro round e depois desafiou o brasileiro novamente.

Os dois vêm trocando farpas desde então e agora têm data marcada para resolverem suas diferenças dentro do cage do BRAVE CF. Quem vencer o combate terá a chance de lutar pelo cinturão peso pena da organização.

O BRAVE CF 49: Super Fights terá como atração principal o duelo peso mosca entre Jose Torres e Sean Santella após empate na primeira luta. O vencedor do duelo avançará para a semifinal do torneio peso mosca, que decide o primeiro campeão até 57kg da história da companhia.

Próxima etapa do Circuito das Estações Shopping Mueller acontece em março

Curitiba recebe a segunda etapa do maior circuito de corrida da América Latina no dia 21 de março

As inscrições para o Circuito das Estações Shopping Mueller já estão abertas. A segunda etapa da edição Outono acontece no domingo, dia 21 de março, no estilo Reverse VR. O atleta tem das 7h às 11h, para passar na Arena Pit Stop no Shopping Mueller, pegar a sua medalha, evitando aglomerações, e continuar o seu percurso com a distância definida individualmente por cada participante.

Seguindo o tema "O mesmo desafio. Uma nova experiência. Um novo jeito de se superar", a corrida traz o conceito inovador de Reverse VR. Ao invés de todos os atletas largarem juntos como em uma corrida tradicional, cada corredor larga do seu ponto inicial. Pode ser de casa, do parque ou onde quiser. O intuito é que os atletas corram e passem pela Arena Pit Stop, localizada no Mueller, peguem a medalha e voltem para o ponto de largada. A distância também fica a critério do atleta. Depois é só subir o tempo no site.

Ao passar pela Arena Pit Stop o atleta encontrará uma estrutura similar as de provas tradicionais. Neste ponto acontece a entrega de medalhas, hidratação e fotos, tudo seguindo os protocolos de saúde e higienização. A Arena Pit Stop foi planejada para evitar aglomerações. As medalhas serão distribuídas em embalagens individuais e higienizadas.

Neste ano, Curitiba já recebeu a primeira edição do evento, nos dias 30 e 31 de janeiro, em que mais de 1.500 atletas passaram pelo Shopping Mueller com toda a segurança que o momento exige.

Entrega de kits e inscrições:
As inscrições devem ser feitas no site https://www.circuitodasestacoes.com.br/curitiba/outono/. E a retirada do Kit, que contém camiseta, sacola e garrafa térmica, será feita no piso L1, do Mueller, entre os dias 19 e 20 de março.

SERVIÇO:
Shopping Mueller
Local: Avenida Cândido de Abreu, 127 - Centro Cívico, Curitiba (PR)
Telefone: 41 3074-1000
Informações: www.shoppingmueller.com.br
Facebook: www.facebook.com/MuellerCtba
Instagram: @muellercwb

BRAVE CF anuncia série histórica de eventos, culminando em sua 50ª edição

Distrito de Seef, Bahrein - 14 de Fevereiro de 2021

Organização de MMA que mais cresce no mundo, o BRAVE Combat Federation retorna ao Bahrein para mais quatro eventos entre 11 de março e 1º de abril. A série de shows culminará na 50ª edição da promoção árabe.

O BRAVE CF 47: Asian Domination abre os trabalhos no dia 11 de março, enquanto o BRAVE CF 48: Arabian Nights e o BRAVE CF 49: Super Fights seguem o fluxo, nos dias 18 e 25 de março, respectivamente.

No dia 1º de abril, o BRAVE Combat Federation encerra a série com o que promete ser o maior evento de sua história, o BRAVE CF 50.

Vale notar que a organização é uma das mais rápidas a chegar ao seu 50º show no mundo das lutas. Nenhuma outra promoção na história, no entanto, chegou sequer perto de visitar 21 países neste período, como aconteceu com o BRAVE CF, que conta com o Brasil como o segundo país mais visitado, empatado com a Suécia e atrás apenas do Bahrein.

Nestes quatro eventos, o BRAVE CF espera brindar os fãs de MMA com diversas disputas de título, a próxima fase do maior torneio peso mosca da história do esporte, além de noites temáticas, procurando emponderar regiões como a Ásia e o Oriente Médio, além de dar chances a atletas do mundo inteiro.

Nos próximos dias, mais detalhes serão revelados sobre a histórica série de eventos que fará do Kombat Kingdom o epicentro dos esportes de combate na Ásia.

Trailer de anúncio da série de eventos do BRAVE CF - https://www.instagram.com/p/CLRbu_uq3Id/

--

Hospital Cardiológico Costantini renova parceria com o Paraná Clube

O Hospital Cardiológico Costantini e o Paraná Clube anunciaram a renovação da parceria para a temporada de 2021. O clube paranaense utilizará a estrutura do hospital para a realização de exames cardiológicos para os atletas da equipe profissional e das categorias de base. A colaboração entre as marcas já vai para o nono ano seguido.

“Para o Hospital Costantini tem sido uma honra fazer as avaliações cardiológicas do elenco do tricolor. Estamos juntos com o Paraná Clube desde 2012, sempre com o firme propósito de estar ao lado deste que é um dos maiores clubes de nosso futebol e um grande formador de talentos”, comentou Alessandro Costantini, diretor administrativo do Hospital Costantini.

“Ter o Hospital Costantini em nosso lado, traz ainda mais credibilidade ao nosso trabalho. Confiamos muito na instituição e agradecemos a parceria de sucesso”, comentou o presidente do Paraná, Sérgio Molletta.

Gabriel Fly busca quebrar ‘maldição brasileira’ no BRAVE CF: “Estou pronto”

Distrito de Seef, Bahrein - 26 de Janeiro de 2021

O Brasil é o berço das artes marciais mistas e, por onde passam, os atletas brasileiros costumam frequentar a parte de cima de suas categorias nos eventos internacionais. A situação não é diferente no BRAVE CF, que conta com importantes nomes do país em seu elenco, mas há uma sina que teima em perseguir os lutadores tupiniquins quando chegam no topo da maior organização de MMA do Oriente Médio.

A chamada “Maldição brasileira” tem feito vítimas desde que a organização despontou no cenário internacional, há quase meia década atrás. Nomes como Lucas Mineiro, Cleiton Predador, Daniel Gaúcho e Marcel Adur foram derrotados em disputas de cinturão e, quando conquistaram o título, foram destronados sem conseguir defendê-lo uma vez sequer.

Mas um nome do MMA brasileiro garante estar pronto para quebrar essa maldição. Trata-se do faixa-preta de jiu-jitsu da CM System Gabriel “Fly” Miranda, que compete na categoria peso pena.

“Sei que o Brasil não passa por um bom momento no BRAVE CF, mas estou aqui para mudar isso. Tenho treinado duro e sei que tenho condições de me tornar o novo campeão peso pena da organização”, ele garantiu.

“Temos o colombiano Dumar Roa que vem de vitória e está me desafiando”, ele prosseguiu. “Acho que essa luta seria um grande desafio valendo o cinturão vago. Estou pronto para colocar o Brasil de volta no topo do MMA e do BRAVE CF”.

A mais recente adição à lista de derrotas brasileiras no BRAVE CF aconteceu no último dia 16 de janeiro, quando o ex-TUF Brasil Leonardo Macarrão foi superado pelo russo Eldar Eldarov na disputa do título mundial peso super-leve, na luta principal do BRAVE CF 46, em Sochi, na Rússia.

Macarrão bate o peso e confirma disputa de cinturão contra russo no BRAVE CF 46

Sochi, Rússia - 15 de Janeiro de 2021

A luta principal do BRAVE CF 46, que terá o brasileiro Leonardo “Macarrão” Mafra disputando o cinturão mundial peso super leve contra o russo Eldar Eldarov, está confirmada.

Macarrão subiu na balança em Sochi, na Rússia, e marcou 74.4 kg, uma libra abaixo do limite permitido na categoria super leve. Seu adversário, Eldarov, cravou os 74.8kg limites da divisão.

O encontro entre Macarrão e Eldarov, no entanto, vai ficar somente para quando as portas do cage se fecharem neste sábado (16), já que o brasileiro não participou da pesagem cerimonial do evento, e não teve a tradicional encarada com o campeão.

Duas lutas das 13 programadas para o evento que marca a estreia da principal organização de MMA do Oriente Médio na Rússia acabaram sendo canceladas em cima da hora, com atletas não batendo o peso.

Gamzat Khiramagomedov ficou quase 2kg acima do limite dos pesos médios e a luta contra Rustam Chsiev não acontecerá. Já Bair Shtepin sentiu-se mal durante o processo de peso e teve que ser medicado, sendo cortado do duelo contra Alexander Keshtov.

O BRAVE CF 46, que acontece em parceria com a organização local Krepost Selection, agora seguirá em frente com um card de 11 lutas.

O torcedor brasileiro pode assistir ao evento, ao vivo e de graça, no site www.bravecftv.com. O BRAVE CF 46 começa às 10h (horário de Brasília).

Confira abaixo os resultados da pesagem oficial do BRAVE CF 46:

Peso Super Leve- Eldar Eldarov (74,8 kg) vs Leonardo Mafra (74,4 kg)
Peso combinado (59,5kg) - Ali Bagautinov (59,5 kg) vs Oleg Lichkovakha (59,25 kg)
Peso combinado (67 kg) - Roman Bogatov (66,9 kg) vs Nurzhan Akishev (67,05)
Peso pesado - Konstantin Erokhin (103 kg) vs Zhyrgalbek Chomonov (118 kg)
Peso combinado (68 kg) - Magomed Absudalamov (67,95 kg) vs Andrey Lezhnev (67,8 kg)
Peso combinado (71kg) - Abdisalam Kubanychbek (70,85 kg) vs Jahongir Saidjamolov (70,85 kg)
Peso super leve - Khunkar-Pasha Osmaev (74,55 kg) vs Yuriy Verenitsen (75,2 kg)
Peso combinado(90 kg) - Murtaza Talha (89,65 kg) vs Dmitriy Krivulets (88,9 kg)
Peso leve - Murad Bilarov (70,75 kg) vs Fedor Babich (70 kg)
Peso combinado (59Kg) - Zokirzhon Khashimov (57,5 kg) vs Magomed Kamalov (58,95 kg)
Peso super leve - Saygidgusein Surkhaev (74 kg) vs Erkinbai Abdusalamov (74,9 kg)

Jogos e brincadeiras são essenciais durante férias escolares

Cartilha gratuita com atividades recreativas que ajudam a diminuir o estresse e a ansiedade é lançada pelo Instituto Futebol de Rua

Após meses estudando história, português e matemática dentro de casa, as crianças e adolescentes devem aproveitar as férias escolares variando o local das brincadeiras entre a sala de estar, quarto e quintal. Mesmo com o isolamento social e o lazer restrito ao ambiente doméstico, ainda é possível promover a diversão dos pequenos. Atividades recreativas, como jogos de tabuleiro ou até mesmo uma sessão de cinema em casa, podem ajudar crianças e adolescentes a diminuir o nível de estresse e ansiedade causados pela intensa rotina de estudos à distância.

A psicóloga Denise Sozzi explica que a alta demanda de atividades, somada ao novo formato de aulas, exigiu um controle emocional maior por parte das crianças e jovens ao longo dos últimos meses - o que pode desencadear um aumento do estresse. “Temos notado que os jovens têm dificuldade de manter a rotina de antes da pandemia. As atividades feitas em casa, com todos da família dividindo os mesmos ambientes e, às vezes, os mesmos computadores, a ansiedade pode aumentar, gerando desgaste físico e, principalmente, emocional. Por isso, é necessário mais organização e atenção da família”, diz a psicóloga.

Ainda não se sabe como será o ano letivo de 2021, mas para começar os estudos com a mente focada e descansada, é essencial aproveitar o período de férias e se recuperar do ano anterior. Para o coordenador pedagógico do Instituto Futebol de Rua, Eber Dartora, a inclusão de atividades dinâmicas e lúdicas na rotina ajuda as crianças a descansarem a mente e ainda contribui para o aprendizado. “Temos orientado as famílias a tomarem medidas simples, mas muito eficazes nesse momento, como jamais esquecer de brincar e se divertir. São essas atitudes que contribuem significativamente no processo de aprendizado e na garantia da saúde emocional das crianças e adolescentes”, explica.

O apoio e interação da família se torna ainda mais necessário neste período de isolamento. Propor atividades em conjunto, como levar os pequenos para a cozinha e assar um bolo, montar a piscina e aproveitar o calor do verão ou até mesmo confeccionar um jogo com os materiais recicláveis são formas de aproveitar as férias em casa e diminuir o estresse.

Pensando nisso, o Instituto Futebol de Rua, que atende jovens e crianças em situação de vulnerabilidade social em todo o Brasil, preparou uma cartilha com diversas atividades para serem realizadas em casa durante o isolamento social, aliando habilidades educativas à descontração. Futebol de pedrinhas, amarelinha maluca e pebolim na caixa estão entre as opções de jogos e brinquedos que podem ser confeccionados com materiais recicláveis e na companhia dos familiares.

Para a assistente social Karine Lima, "a cartilha oferece possibilidades de interação entre a família de forma leve e possível em isolamento social. São materiais simples e de fácil acesso, que podem gerar momentos de diversão e relaxamento”.

Alguns conceitos importantes para a formação humana, como cultura da paz, cuidados de trânsito, educação financeira, combate ao racismo e reforço de valores como honestidade e amor próprio também são trabalhados pela cartilha por meio de atividades pedagógicas.

O material completo com as atividades e brincadeiras para estimular a criatividade e diversão das crianças durante as férias em casa está disponível no site https://www.futebolderua.org/cartilha-de-atividades.

Sobre o Instituto Futebol de Rua

Criado em 2006, o Instituto Futebol de Rua é uma organização sem fins lucrativos que utiliza o esporte, a educação e a cultura como ferramentas para o desenvolvimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Presente em 12 estados, 22 cidades e com mais de dois mil beneficiários, o Instituto conta com metodologia exclusiva que alia aulas de formação humana ao futebol de rua.

O desafiante Leonardo ‘Macarrão’: dor, superação e volta por cima no BRAVE CF

Distrito de Seef, Bahrein - 5 de Janeiro de 2021

O desafiante ao cinturão peso super leve do BRAVE Combat Federation Leonardo “Mafra” Macarrão chegou ao BRAVE Combat Federation em 2017 cercado de expectativas. Sendo um rosto familiar para a comunidade do MMA internacional, Macarrão foi membro do TUF Brasil 1 e é tido como um dos mais importantes representantes do MMA do sul brasileiro.

Mas toda essa expectativa acabou se tornando decepção e desespero. Assim que ele entrou no cage do BRAVE CF pela primeira vez, em maio de 2018, Macarrão não foi capaz de se apresentar por sequer um round completo e acabou sofrendo a lesão mais grave de sua carreira.

Enquanto estava na trocação franca com Gadzhimusa Gaziev no BRAVE CF 12, Macarrão gritou de dor e, por um momento, o público presente na arena, os fãs acompanhando pela TV, o árbitro ou mesmo o adversário Gaziev não puderam entender o que havia acontecido.

Não foi um soco, um chute ou algo do tipo que fez com que Leonardo tivesse se jogado ao solo de dor. Ele rompeu os ligamentos do seu joelho enquanto preparava um avanço sobre Gaziev e ficou completamente fora de ação.

Com o apoio do BRAVE CF, Macarrão iniciou um longo processo de recuperação, que envolveu uma viagem da Califórnia, onde reside com a família, para o Brasil, onde passou por uma intervenção no joelho. Após a operação, mais um período de fisioterapia e, só então, ele pode pensar em retornar aos treinos.

A lesão foi grave, mas, tão pesada quanto, foi a ansiedade de finalmente calçar as luvas novamente, treinar e, finalmente, pisar no cage para competir profissionalmente.

Mas Macarrão passou por esse momento delicado com a grandeza e disciplina que se espera de um verdadeiro artista marcial. Recuperado, ele decidiu se mudar para a nova categoria peso super leve, com limite até 75kg e lançada com exclusividade pelo BRAVE CF a fim de manter os atletas em faixas de peso mais seguros, evitando cortes severos.

Ele bateu o promissor holandês Djamil Chan em sua estreia na nova categoria de forma dominante. O duelo marcou sua primeira luta no Brasil em quase três anos e, de quebra, lhe rendeu o holofote necessário para pleitear uma disputa de título contra o dono do cinturão Eldar Eldarov.

Com os dias mais turbulentos de sua vida deixados para trás, Macarrão, que recentemente se tornou pai, vive seu melhor momento dentro e fora dos cages. E é justamente nessa grande fase que ele se prepara para o maior desafio da sua carreira, coroando uma trajetória marcada pela superação.

Seu encontro com Eldar Eldarov pelo título mundial peso super leve acontece na luta principal no BRAVE CF 46, no dia 16 de janeiro, em Sochi. O evento, que será realizado em colaboração com os promotores locais da Krepost Selection, marca a estreia da principal organização de MMA do Oriente Médio na Rússia e contará com importantes nomes das artes marciais mistas russas, como Ali Bagautinov, Roman Bogatov e Konstantin Erokhin na programação.

Com brasileiro disputando título na luta principal, BRAVE CF divulga card completo para estreia na Rússia

Distrito de Seef, Bahrein - 28 de Dezembro de 2020

O BRAVE Combat Federation sempre teve a Rússia como um dos principais pontos-focais para desenvolvimento de talentos, tanto que trouxe e promoveu diversos jovens promissores do país continental. Dessa forma, como não poderia deixar de ser, a organização planeja um card estelar para sua estreia na nação. O card completo do BRAVE CF 46 foi anunciado e contará com o brasileiro Leonardo “Macarrão” na luta principal disputando o cinturão dos super leves, além de estrelas nacionais e internacionais.

Macarrão enfrentará o russo-barenita Eldar Eldarov, campeão da divisão até 75kg, na luta mais importante de sua carreira até aqui. Essa será a primeira vez que o cinturão da nova categoria de peso implementada pelo BRAVE CF será posto em jogo por seu campeão inaugural.

Na luta co-principal da noite, o ex-desafiante ao cinturão do UFC Ali Bagautinov fará sua estreia pelo BRAVE CF contra o compatriota russo Oleg Lichkovakha. Bagautinov é duas vezes campeão mundial de sambo e um dos mais importantes nomes das categorias mais leves na Rússia. Do outro lado do cage, Lichkovakha é uma jovem promessa do MMA russo, com apenas 24 e mais de 20 lutas profissionais, buscando chegar ao estrelato vencendo um veterano conhecido do público.

Além disso, o BRAVE CF 46 também contará com o retorno do veterano peso pesado Konstantin Erokhin, outro ex-UFC, que encara o perigoso quirguistanês Zhyrgalbek Chomonov. Também do Quirguistão vem o astro nacional Abdisalam Kubanychbek, que busca sua terceira vitória no BRAVE CF contra Jahongir Saidjamolov.

Outro grande nome do MMA russo que fará sua estreia pelo BRAVE CF no primeiro evento da organização em seu país-natal é Roman Bogatov, que recentemente enfrentou o brasileiro Leonardo Santos no UFC. Bogatov terá pela frente Nurzhan Akishev.

Por fim, um importante anúncio da organização no que diz respeito ao desenvolvimento de jovens talentos foi o da presença do bicampeão mundial de MMA amador Murtaza Talha no card. Murtaza vai enfrentar Dmitriy Kruvulets em uma luta com peso combinado de até 90kg.

O BRAVE CF 46 acontece no dia 16 de janeiro, na cidade de Sochi, na Rússia, e levará a promoção à marca de 21 países já visitados. O evento será realizado em associação com os organizadores locais da Krepost Selection.

Confira o card do BRAVE CF 46:
Título mundial peso super leve - Eldar Eldarov (12-1) vs Leonardo Mafra (15-5)
Peso combinado (59,5kg) - Ali Bagautinov (18-7) vs Oleg Lichkovakha (15-4-0, 2 NC)
Peso combinado (67 kg) - Roman Bogatov (10-1) vs Nurzhan Akishev (11-1)
Peso pesado - Konstantin Erokhin (9-4) vs Zhyrgalbek Chomonov (8-1)
Peso combinado (71kg) - Abdisalam Kubanychbek (16-3) vs Jahongir Saidjamolov (14-4)
Peso médio - Gamzat Khiramagomedov (9-1) vs Rustam Chsiev (3-2)
Peso combinado (68 kg) - Magomed Absudalamov (6-0) vs Andrey Lezhnev (19-9)
Peso combinado (90 kg) - Murtaza Talha (1-0) vs Dmitriy Krivulets (3-1)
Peso leve - Murad Bilarov (3-1) vs Fedor Babich (4-4)

Vai viajar de moto? Preste atenção nos cuidados fundamentais antes de pegar a estrada

Para garantir a segurança no percurso é preciso estar atento e manter cuidado redobrado na manutenção das motocicletas

CURITIBA, 23/12/2020 – As férias de verão chegaram, e nada melhor do que aproveitar o clima e o tempo livre para cair na estrada e curtir o vento no rosto sobre duas rodas. Porém, mais do que apenas abastecer o tanque, o preparo para uma viagem longa de moto precisa ser cauteloso e incluir a revisão de itens vitais para o funcionamento da moto. É essencial que os motociclistas estejam atentos aos procedimentos de segurança, principalmente se a moto não é o principal meio de locomoção no dia a dia e está estacionada há muito tempo.

“O fluxo de motos circulando nas estradas e rodovias de todo o país sempre aumenta no período de férias de verão. E colocar a moto para rodas longas distâncias em maiores velocidades requer muita atenção dos motociclistas em relação a manutenção, pois algumas peças têm o funcionamento diretamente ligado à sua rodagem. A falta de cuidado pode ocasionar o mau funcionamento de peças, podendo causar panes no veículo, podendo causar sérios acidentes”, explica Fabio de Andrade, analista de produto da Laquila (www.laquila.com.br), empresa líder do mercado de motopeças na América Latina.

Confira a lista de peças que exigem maior atenção dos motociclistas antes de viajar.

Pneus: motocicletas requerem pneus de alta qualidade, pois eles são responsáveis diretos pelo equilíbrio e aderência. “Verificar as condições dos pneus é vital antes de uma viagem. Essa conferência pode ser realizada por meio do TWI, relevo que se encontra entre os frisos. O desgaste indica que chegou o momento da troca. Pneus deteriorados ou de baixa qualidade conferem menor aderência, deixando o motociclista propenso a acidentes”, alerta Fabio.

Kit de transmissão: essencial para a pilotagem segura, sendo responsável por transportar de maneira eficiente a potência do motor para a roda traseira da motocicleta, é fundamental que kit de transmissão seja verificado para garantir a segurança na estrada. Com o aumento da quilometragem rodada, pode haver uma fadiga na corrente da peça, criando uma folga que possibilita o desencaixe da corrente ou até mesmo a sua queda, gerando o travamento das rodas e potencial risco de acidentes. Além disso, todo kit de transmissão deve possuir selo de verificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO).

Filtros de ar, combustível e óleo: O cuidado com a troca dos filtros é essencial para o desempenho da moto em qualquer ocasião, e antes de uma viagem longa se torna ainda mais fundamental, uma vez que a falta de manutenção dessas peças pode ocasionar riscos para o bom funcionamento do veículo. Cada motocicleta conta com um prazo específico para a troca dos filtros, tendo o tempo de vida útil dos itens determinado de maneira diferente de montadora para montadora.

“Filtros de ar desgastados permitem que impurezas, como poeira e até pedras, entrem em contato com componentes internos do motor, formando um sistema abrasivo, que danifica as peças internas do motor e encurta a sua vida útil. O mau funcionamento do filtro de óleo também é capaz de influenciar no trabalho do motor”, conta Andrade. “A negligência na troca do filtro de combustível possibilita a entrada de impurezas diretamente na linha de alimentação de combustível, podendo entupir esses canais ocasionando o não funcionamento do motor.”, adverte o especialista da Laquila.

Lâmpadas de farol, freio e pisca alerta: De funcionamento obrigatório nas estradas e rodovias pela legislação de trânsito brasileira, as lâmpadas devem essencialmente ser verificadas. A falta de qualquer uma desses itens gera menor visibilidade, trazendo riscos eminentes a segurança. “É evidente que durante a noite a visibilidade nas estradas é muito menor, por isso as lâmpadas são cruciais, tanto para o motociclista ter uma visão melhor da pista, quanto para os motoristas de veículos grandes notarem a presença do motociclista, evitando todo o tipo de acidente.”, destaca Fabio de Andrade.

Cabos de embreagem, acelerador e freio: Muito importante para a segurança dos motociclistas, cabos desgastados tem grande risco de estourar, colocando a vida do condutor em perigo. “O manuseio pesado da motocicleta indica que chegou a hora da troca dos cabos, manutenção que deve sempre ser feita com o seu mecânico de confiança. Outro ponto relevante é a lubrificação dos cabos, por exemplo, os itens da marca K-CABOS possuem uma proteção interna de nylon, ela é auto deslizante, e por isso não indicada a lubrificação, pois pode causar oxidação, diminuindo a sua vida útil”, completa o especialista.

Brasileiros Leonardo Macarrão e Luan Miau estarão em ação no BRAVE CF 46

Distrito de Seef, Bahrein - 14 de Dezembro de 2020

O BRAVE CF 46 marca a primeira visita do maior evento de MMA do Oriente Médio à Rússia. O card, que será realizado na cidade de Sochi, será encabeçado pela primeira defesa de cinturão do campeão da categoria peso super leve Eldar Eldarov. A organização anunciou que três dos mais importantes nomes da divisão até 75kg também vão estar presentes na programação, entre eles dois brasileiros: Leonardo Macarrão e Luan Miau.

Macarrão tem um cartel profissional de 15 vitórias e cinco derrotas. O participante da primeira temporada do reality show The Ultimate Fighter Brasil vem de uma das vitórias mais importantes de sua carreira, sobre Djamil Chan em Belo Horizonte (MG). Na ocasião, Mafra, que voltava após mais um ano parado devido a uma lesão no joelho, superou o holandês em sua estreia nos super leves.

Já Luan “Miau” Santiago é um velho conhecido dos fãs do BRAVE CF. O ex-campeão dos leves tem um cartel de 15 vitórias e quatro derrotas e recentemente decidiu subir de categoria, de 70kg para 75kg, tendo vencido sua estreia na nova divisão, diante do russo Gadzhimusa Gaziev.

Além da dupla brasileira, o BRAVE CF também confirmou que o belga Issa Isakov, importante nome do MMA amador do país que tem 6 vitórias e uma derrota como profissional, também estará no card em Sochi. A organização, no entanto, não informou se os confirmados vão se enfrentar ou se um deles será o desafiante ao título dos super leves. Mais informações são esperadas nas próximas semanas.

O BRAVE CF 46 acontece no dia 19 de janeiro, em Sochi, na Rússia, e acontece em parceria com a organização local Krepost Selection. Além dos nomes recém-anunciados, o card contará com alguns importantes nomes do MMA russo, como Roman Bogatov, Konstantin Erokhin e Ali Bagautinov.

Gabriel ”Fly” quer desafiar ‘ex-futuro adversário’ Dumar Roa – desta vez, pelo título do BRAVE CF

Distrito de Seef, Bahrein - 21 de Novembro de 2020

Após não poder viajar ao Bahrein para lutar no BRAVE CF 45 por ter contraído o covid-19, Gabriel ‘’Fly’’ viu seu adversário original Dumar Roa conquistar importante vitória no duelo principal do evento, diante do substituto inglês Ian Entwistle. Agora, o peso pena brasileiro espera ter sua chance de enfrentar o colombiano Roa - e quer que a luta seja pelo título vago dos penas.

Gabriel tem duas vitórias pelo BRAVE CF e é considerado um dos melhores de sua categoria no plantel do evento que mais cresce no mundo do MMA. Ele pretende ser recompensado com um title shot diante de seu adversário original.

Através das redes sociais, ‘’Fly’’ explicou que os fãs latinos do BRAVE CF merecem ver dois de seus principais expoentes se enfrentarem pelo título, já que Brasil e Colômbia juntos já sediaram seis shows da organização (quatro em território brasileiro e dois em solo colombiano).

‘’Quatro eventos no Brasil e dois na Colômbia. Os fãs brasileiros e colombianos merecem a disputa de um título mundial. Estamos prontos para representar nossos países e toda a América Latina em uma grande luta valendo o título mundial da organização global que mais cresce. Vamos fazer isso acontecer, será grande, será incrível, será BRAVE! Vamos lá!’’, escreveu Gabriel em suas redes sociais.

Por sua vez, Dumar Roa não fugiu ao desafio e comentou que também estava pronto para enfrentar o brasileiro pelo título. Anteriormente, ele já havia expressado desejo de lutar com Gabriel.

‘’Eu luto contra quem o BRAVE CF quiser. Se for o Gabriel, vamos lá, vamos lutar. Estou pronto’’, declarou o colombiano em entrevista pós-BRAVE CF 45.

BRAVE CF 45: Substituto de Gabriel ‘Fly’ se lesiona e Dumar Roa vence na luta principal

Distrito de Seef, Bahrein - 19 de Novembro de 2020

O BRAVE CF 45, realizado nesta quinta-feira no Bahrein e que marcou o fim da segunda parte da série “Kombat Kingdom”, em que a principal organização de MMA do Oriente Médio realiza eventos consecutivos em seu país-natal, terminou com uma luta em tom de mistério.

O ex-UFC Ian Entwistle foi chamado de última hora para substituir o brasileiro Gabriel “Fly” Miranda, diagnosticado com Covid-19 pouco antes de embarcar para o combate diante do colombiano Dumar Roa. Entwistle aceitou retornar ao MMA após quase quatro anos afastado e demonstrou rapidamente sua vontade de pisar novamente no cage.

Mal soou o gongo e o inglês partiu pra cima de Roa, tentando derrubá-lo com uma direita que acabou não pegando em cheio. Entwistle e Roa clincharam rapidamente e “Enty”, como ele também é conhecido, puxou o adversário para a guarda, partindo direto para uma chave de tornozelo.

Os dois ficaram por quase três minutos batalhando pela posição, com Entwistle variando entre tentativas de chaves de tornozelo, panturrilha e de joelho reta. Com muita luta, e também paciência, Dumar Roa se livrou da posição e foi para a posição de 100kg, mas, tão logo ele se colocou lateralmente ao rival, Entwistle bateu em desistência.

O árbitro Dec Larkin interferiu imediatamente, parando a luta, mas a dúvida seguiu pairando sobre todos os presentes e também os fãs acompanhando a transmissão ao vivo. O que teria feito com que “Enty” desistisse?

Pelo menos parte das respostas foram dadas logo após o fim do combate, com o corpo médico do BRAVE CF informando que o inglês sofreu uma lesão no joelho, possivelmente nos ligamentos. Porém, a natureza exata da lesão e, principalmente, em que momento ela foi sofrida, seguem ainda sem qualquer tipo de confirmação.

Com o triunfo, Dumar Roa chegou a sua segunda vitória consecutiva no BRAVE Combat Federation, ambas conseguidas atuando no Reino do Bahrein. Com o triunfo, “Corazón de Leon” levou seu cartel profissional a 15 vitórias e oito derrotas.

Confira abaixo os resultados do BRAVE CF 45:

Dumar Roa venceu Ian Entwistle por TKO (lesão) - 2m47s - Round 1

Mohammed Said Maalem venceu Zvonimir Kralj por TKO (socos) - 3m50s - Round 1

Abdisalam Uulu Kubanychbek venceu Vagif Askerov por TKO (socos) - 3m33s - Round 1

Nkosi Ndebele venceu Zia Mashwani por TKO (socos e chutes) - 4m29s - Round 1

Murtaza Talha venceu Vadim Litvin por finalização (mata-leão) - 3m00s - Round 2

Akhmed Magomedov venceu Abdul Azim Badakhshi em decisão unânime dos juízes (3x 30-27)

Adon Ayoub venceu Isa Alameeri por finalização (chave de braço) - 2m34s - Round 2

Mohammed Zuhair venceu Ali Abuhamda em decisão unânime dos juízes (2x 30-27, 29-28)
--

Medicina Esportiva é novo serviço do Pilar Hospital

Com consultas bem individualizadas e detalhistas, o objetivo da nova área de atendimento é melhorar a qualidade de vida do paciente, analisando e otimizando diferentes hábitos, como alimentação, sono e exercício físico

Curitiba, novembro de 2020 – Atletas profissionais, amadores e aqueles que querem começar a praticar atividades físicas contam agora com um atendimento especializado no Pilar Hospital, que passa a oferecer o novo serviço de Medicina Esportiva - representado pelo médico Dr. Pedro Bruno Costa Murara, especialista em Medicina Esportiva, com o apoio do ortopedista esportivo, Luis Antônio Bauer e o cardiologista esportivo, José Mauro Espósito.

Com consultas bem individualizadas e detalhistas, o objetivo da nova área de atendimento é melhorar a qualidade de vida do paciente, analisando diferentes hábitos, como alimentação, sono e capacidade física. “Existem vários fatores que precisamos analisar em cada consulta, que envolve desde pressão alta, à estrutura óssea, muscular, composição corporal, diabetes e outras fragilidades que envolvem cada uma das idades e o nível de experiência em atividade física de cada pessoa. Por isso, nosso propósito é ajudar os pacientes a terem mais qualidade de vida com a prática de exercícios feita corretamente”, explica Dr. Pedro Murara.

Atletas de nível
Os atletas competidores, das mais variadas idades, contam com um atendimento personalizado, voltado à melhoria de performance, adaptação de alimentação adequada, prevenção e tratamento de lesões desenvolvidas no dia a dia dos treinos. Uma das novidades é que o serviço passa a atender, inclusive, adolescentes, a partir de 12 anos, que já treinam competitivamente.

Amadores e iniciantes
Os atletas amadores e aqueles que estão começando a fazer exercícios precisam contar com um atendimento ainda mais individualizado, voltado a identificar quaisquer possíveis restrições corporais, bem como peso, doenças pré-existentes, capacidade física, muscular, cardíaca e pulmonar. Além disso, o direcionamento de uma alimentação adequada e, até mesmo, a orientações sobre quais as práticas físicas para cada biotipo. “Como médicos do esporte voltamos nossa atenção para um conjunto de fatores no atendimento, que vai desde a condição física do paciente, seu histórico de vida, alimentação, até uma análise cardiológica bem detalhada, que visa a proteger a saúde cardíaca de quem está começando a praticar exercícios”, diz.

Idosos ou pessoas com doenças pré-existentes
Todos precisam praticar atividades físicas para melhorar a qualidade de vida, mas os cuidados com cada fase da vida são fundamentais para que os exercícios promovam melhorias, e não mais danos à saúde. Os idosos, por exemplo, que já têm uma perda muscular muito grande, dificuldades de mobilidade, precisam de um atendimento mais específico. “Para algumas pessoas é preciso que avaliemos todo um conjunto de fatores que possam ajudar, inclusive, na prevenção de quedas, no fortalecimento muscular para melhorar a qualidade de vida, como é o caso de idosos que estão em uma situação mais frágil. O mesmo ocorre com as pessoas que já têm doenças crônicas e/ou pré-existentes, pois não podem fazer toda e qualquer atividade física, é preciso adequar as orientações para cada caso e, também, o modo de praticá-la, quantidade, peso aplicado e corrigir as formas de prática, com um acompanhamento mais regular para aumentar a dose de acordo com o desenvolvimento de cada paciente”, explica o especialista.

Mulheres nas mais diversas etapas da vida
As mulheres também contam com uma atenção ainda mais especial da Medicina Esportiva. De atletas profissionais, à amadoras e aquelas que querem começar a fazer exercícios, todas têm particularidades físicas que o atendimento especializado se propõe a orientar. "O organismo da mulher é muito diferente e precisa ser entendido como único, pois, além da nutrição, dos exercícios ideais para cada uma, ainda precisamos ter em conta a necessidade de vitaminas, as alterações hormonais e as mudanças corporais de cada fase da paciente. Assim, uma análise individualizada ajuda que elas consigam atingir seus objetivos com os exercícios físicos”, destaca Murara.

BRAVE CF fará estreia histórica na Rússia em Janeiro de 2021

Sochi, Rússia - 9 de Novembro de 2020

Organização que mais cresce no mundo do MMA, o BRAVE Combat Federation anunciou mais um evento em um novo território. A promoção irá aterrisar em Sochi, na Rússia, no dia 16 de Janeiro de 2021, para mais um histórico show, o primeiro em território russo.

A Rússia se tornará o 21o país a receber um evento do BRAVE CF, que conta com diversas estrelas locais em seu elenco. São os casos, por exemplo, de Eldar Eldarov, russo-barenita campeão peso super leve, além de nomes como Ikram Aliskerov e Velimurad Alkhasov, ambos campeões mundiais de sambo, além do astro Muhammad Mokaev, que é russo-britânico e reconhecido como a maior promessa do MMA mundial no momento.

O BRAVE CF já visitou outros 20 países em quatro anos de operações, começando por sua casa no Reino do Bahrein, e visitando também o Brasil em quatro oportunidades (o BRAVE CF 3, disputado em Curitiba, foi o primeiro show organizado fora do Bahrein). Além de Bahrein e Brasil, o BRAVE CF já organizou eventos nos Emirados Árabes Unidos, Índia, Cazaquistão, México, Jordânia, Indonésia, Irlanda do Norte, Marrocos, Colômbia, Paquistão, África do Sul, Arábia Saudita, Filipinas, Inglaterra, Romênia, Quirguistão, Eslovênia e Suécia.

As lutas do histórico card do BRAVE CF na Rússia serão divulgadas nas próximas semanas e o evento será conduzido com o apoio da organização local Krepost Selection.

BRAVE CF 44: Campeão Cleiton Predador é nocauteado e estende “maldição” de

Distrito de Seef, Bahrain - 5 de Novembro de 2020

Quando Cleiton Predador pisou no cage na luta principal do BRAVE CF 44, nesta quinta-feira (5), no Bahrein, ele tinha pela frente dois grandes tabus pela frente: nunca um campeão dos pesos leves do BRAVE Combat Federation defendeu seu cinturão com sucesso e nunca antes um brasileiro venceu uma luta pelo título atuando no Bahrein. Ao fim do combate, as duas marcas seguiram intactas.

Mesmo apontado como favorito e levando vantagem física no duelo, Predador acabou sendo vítima do bom jogo de chão do franco-tunisiano Amin Ayoub, seu adversário na noite.

Durante os primeiros rounds, Predador até tentou, combinando golpes potentes na trocação e tentativas de queda, mas, sempre que acabaram no chão, Ayoub foi o agressor, inclusive chegando próximo da finalização por algumas vezes.

No fim do terceiro round, Ayoub conectou uma boa sequência de uppercuts no campeão, que foi bastante abalado para seu corner durante o intervalo. Predador carregou o dano para o quarto round e não resistiu a uma nova sequência do rival, que desta vez o levou ao chão. Ayoub ainda desferiu mais alguns golpes no ground and pound antes da interrupção do árbitro central Dec Larkin.

Agora, Predador se junta aos conterrâneos Lucas Mineiro, Marcel Adur, Daniel Gaúcho e Felipe Efrain que também foram derrotados em lutas valendo o cinturão realizadas no Bahrein. Entretanto, somente Lucas e Daniel eram campeões e perderam seus títulos no país como Cleiton.

Confira abaixo todos os resultados do BRAVE CF 44:

Cinturão peso leve - Amin Ayoub nocauteou Cleiton Silva no Round 4

Peso meio-médio - Abdoul Abdouraguimov finalizou (katagatame) Louis Glismann a 2m50s do R1

Peso leve - Rolando Dy venceu John Brewin em decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio - Mzwandile Hlongwa venceu Dom Schober por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do Round 2

Peso galo - Bair Stehpin venceu Gerson Pereira por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do Round 1

Peso leve - Yann Liasse venceu Abbas Khan por nocaute técnico a 3m07s do Round 1

Peso combinado amador - Mohammed Sameer def. Toni Bourached em decisão dividida dos jurados (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca amador - Mohammed Salah Almuamari venceu Mohammad Tawfeeq Almherat em decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28, 29-28)