“MAC-PR realiza a mesa-redonda “O engajamento artístico na ditadura e na contemporaneidade”

"MAC-PR realiza a mesa-redonda “O engajamento artístico na ditadura e na contemporaneidade”

Evento integra a programação da exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas”

Acontece nesta quarta-feira (13/11), no Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR), às 19 horas, a mesa-redonda “O engajamento artístico na ditadura e na coontemporaneidade”, com Caroline Schroeder e Emanuel Monteiro, evento que integra o ciclo de ativações da exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas”. O artista e professor Emanuel Monteiro aborda dois aspectos fundamentais desde a perspectiva da exposição: a exigência colonial da branquidade que engessa o artista negro em uma única forma de ativismo, e também faz um convite para a ampliação de noções e perspectivas do "lugar de fala". Já a pesquisadora Caroline Schroeder fala sobre seu compromisso em reescrever e inscrever criticamente, para além da pouca complexidade de discursos dicotômicos observados na historiografia sobre a relação entre arte/censura, artista/instituição durante a ditadura militar.

A ideia da mesa é explicitar o compromisso comum da plataforma curatorial e institucional do MAC-PR em construir e apresentar outras narrativas a partir e desde o seu acervo. Pensar uma contemporaneidade dialética que – como propõe o curador nigeriano Okwui Enwezor, morto em abril deste ano – possibilite uma ressignificação da história da arte, da arte moderna e contemporânea a partir das exigências do pensamento anticolonial na atualidade. Sem negar, excluir ou inviabilizar, tensionar e ampliar a base fundacional da história da arte e o modus operandi de suas instituições, pensada ainda hoje desde uma perspectiva branca, masculina e eurocêntrica.

A exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas”, aberta em 8 de outubro, é resultado da intensa pesquisa feita pela curadora Fabrícia Jordão no rico e diverso acervo do MAC-PR, que hoje reúne em torno de 1.800 obras.

A mostra se estrutura em três núcleos. Um deles, de caráter mais alegórico, revolve em torno da questão identitária brasileira, passando por percepções exóticas e simplificadoras da cultura nacional, muitas vezes vista por meio do olhar estrangeiro, embotado de clichês. Outro núcleo contém obras que compartilham entre si abordagens geopolíticas, propondo discussões a respeito de fronteiras e território. O terceiro, por sua vez, está voltado a questões de viés ambiental, ecológico, tão presente nos debates da contemporaneidade.

Focada em contranarrativas de criadores que questionam ou contrariam discursos hegemônicos, a curadora afirma que “em cada um dos três conjuntos de obras é possível perceber gestos que interrompem as narrativas que normatizam e naturalizam opressões e violências na constituição de uma identidade nacional”.

Fabrícia Jordão é doutora e mestre em Artes Visuais pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP). Professora titular do Departamento de Artes da Universidade Federal do Paraná (UFPR), é responsável pelas disciplinas de curadoria, mediação e educação.

Foram selecionadas para a mostra obras de 21 artistas que integram a coleção do MAC-PR: Alice Yamamura (PR), Antonio Henrique Amaral (SP), Aprígio Fonseca e Frederico (PE), Beto Schwafaty (SP), Carla Vendrami (PR), Danúbio Gonçalves (RS), Dulce Osinski (PR), Eduardo Freitas (PR), Estevão Machado (MG), Glauco Menta (PR), German Lorca (SP), José Carlos Sade (PR), Jorge Francisco Soto (Uruguai), Liz Szczepanski (PR), Marcelo Conrado (PR), Plínio César Bernhardt (RS), Rogério Ghomes (PR), Vera Chaves Barcellos (RS), Vera Rodrigues (SP) e Vilmar Nacimento (SC).

Serviço

Ciclo de ativações da exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas”

Ativação 1: Mesa-redonda | O engajamento artístico na ditadura e na contemporaneidade

Com Caroline Schroeder e Emanuel Monteiro

13 de novembro de 2019, às 19h

Participação gratuita

MAC no MON | Miniauditório

Rua Marechal Hermes, 999. Centro Cívico. Curitiba/PR

www.mac.pr.gov.br | (41) 3323-5328

IG: mac_parana | FB: macparana

O MAC-PR está em reforma. Durante o período de restauro de sua sede, inaugurada em 1974, o museu está funcionando no MON, com programação nas salas 8 e 9.

Mueller traz apresentações especiais para as crianças

Nos próximos finais de semana, o Shopping Mueller receberá apresentações musicais e literárias para o público infantil, em comemoração ao Dia das Crianças. As atividades são gratuitas e acontecem no piso L4, em uma replica da Ópera de Arame, que funcionará como um palco.
Confira a programação:
- Sábado (5), às 11h, haverá uma sessão de contos com "Histórias de Curitiba", apresentado por Fafá Conta;
- Domingo (6), às 15h30, haverá muita dança e teatro com o grupo Ceconelo, que traz o espetáculo "Quatro estações em um dia";
- Sábado (12), às 15h30, um pocket show com a banda Siricutico;
- Domingo (13), às 15h30, Samara Rocha conta histórias que despertarão a imaginação e emoções das crianças.
Ateliê CWB
As atividades fazem parte da campanha "Ateliê Mueller", traz painéis dos principais pontos turísticos de Curitiba para as crianças soltarem a imaginação e mostrarem a sua visão do que é viver a cidade.
A ação acontece entre os dias 3 e 20 de outubro, na praça de eventos do Mueller, no piso L4, que receberá um cenário com a reprodução dos principais monumentos e pontos turísticos de Curitiba.
A ação do "Ateliê CWB" é destinada para crianças de 3 a 14 anos e tem duração de 25 minutos. A atividade tem bilheteria, ao custo de R$20 por participante, e pode ser adquirida no piso L4.
A ação acontece durante o horário de funcionamento do Mueller, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 14h às 20h. E as vagas estão sujeitas à lotação de cada sessão, que é de 25 participantes.

SERVIÇO:
Shopping Mueller
Local: Avenida Cândido de Abreu, 127, Centro Cívico - Curitiba (PR)
Telefone: 41 3074-1000
Informações: www.shoppingmueller.com.br
Facebook: www.facebook.com/MuellerCtba
Instagram: @muellercwb

ARTISTAS LOCAIS SE APRESENTAM DE GRAÇA NO PALÁCIO GARIBALDI NESTE DOMINGO NO PROJETO EXPRESSÕES CURITIBANAS

ARTISTAS LOCAIS SE APRESENTAM DE GRAÇA NO PALÁCIO GARIBALDI NESTE DOMINGO NO PROJETO EXPRESSÕES CURITIBANAS

Os visitantes vão poder conhecer mais sobre a cultura espanhola e também curtir os clássicos da música nacional e internacional com show de três virtuoses do violão

Muita cultura e música na segunda edição do projeto Expressões Curitibanas. Neste domingo (21 de agosto), a partir das 11h, três equipes do grupo Folclórico do Centro Espanhol do Paraná apresentam a tradição da dança flamenca. Uma delas é a Aires Gallegos. Ao som da gaita gallega, um instrumento de sopro de origem celta, os descendentes de espanhóis representam as chamadas muñeiras - danças da região da Galícia.
Já o grupo Raza Aragonesa, premiado no Festival de Dança de Joinville, retrata as passagens históricas e fatos do cotidiano do campo e da cidade na região de Aragón. A Companhia Luna de Sevilla também se apresenta com as danças vibrantes flamencas.
Às 12h acontece a apresentação do grupo MGM Jazz Flamenco Trio de Violões, formado pelos violonistas Murillo da Rós, Gegê Felix e Mazzar Mazzarolo. Ícones da música universal são homenageados em releituras virtuosísticas tendo como protagonista o violão. O trio de jazz flamenco apresenta obras autorais e homenageia artistas como Paco de Lucia, Chick Corea, Egberto Gismonti, João Gilberto, entre outros.

Sobre o Expressões Curitibanas
A segunda edição do Expressões Curitibanas busca valorizar os artistas locais. O projeto acontece aos domingos até o dia 22 de setembro no Palácio Garibaldi, que estará aberto para visitação. Food trucks também estarão disponíveis ao público nos jardins do Palácio. A entrada é gratuita. O projeto é uma realização da agência Mind Estratégias por meio da lei federal de incentivo à cultura do Ministério da Cidadania com patrocínio da Copel, Worker, Sideral e Trans Moreno.

Programação do Expressões Curitibanas
Datas: aos domingos até o dia 22.09.2019
Horário: a partir das 10h
Local: Palácio Garibaldi - Praça Garibaldi, 12 - Alto São Francisco, Curitiba
Entrada gratuita. Mais informações acesse: www.facebook.com/expressoescuritibanas
Contato: 99661-0272 (falar com Mayara)