Jasmine Ano novo, vida saudável: cresce interesse de brasileiros por alimentos que fortalecem a imunidade

Tendência durante pandemia; busca por reforço no sistema imunológico deve continuar em 2021

Com o aumento dos casos de Covid-19 no Brasil, no fim do primeiro trimestre de 2020, os brasileiros se viram obrigados a retomar uma das mais lembradas - e não cumpridas - ‘promessas de Ano Novo’, feitas geralmente entre o período do Natal e do Réveillon: trazer para sua rotina diária hábitos mais saudáveis, com o objetivo de aumentar a imunidade e melhorar a qualidade de vida.

A doença, com impactos ainda desconhecidos pela comunidade médica, traz grandes malefícios para determinados grupos da sociedade, como pessoas idosas e com o sistema imunológico mais frágil, realidade que impôs uma nova reflexão a vários lares brasileiros. De acordo com pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), 36% dos consumidores declararam ter inserido em suas mesas alimentos e bebidas que aumentam a imunidade corporal, independentemente de sua classe econômica.

“Em tempos como o que o mundo está vivendo, alimentos integrais, orgânicos, sem glúten ou sem açúcar são muito indicados para o fortalecimento do sistema imunológico. Castanhas, amêndoas, aveia, goji berry, chia e linhaça, por exemplo, são aliados nutritivos, ricos em fitosteróis, Vitaminas C e E, cujos benefícios vão desde o auxílio no metabolismo, ao gerar mais energia ao indivíduo, além de contribuir para um bom funcionamento intestinal”, explica a gerente de inovação de produto da Jasmine Alimentos, Melissa Gomide Carpi.

O movimento pró-saúde também pode ser analisado pela interação dos usuários com a Internet. Segundo o Google Trends Brasil, a busca pela frase “como aumentar sua imunidade” cresceu 136% durante os meses de fevereiro e maio deste ano, e a tendência deve continuar em 2021.

De acordo com especialistas, três medidas são fundamentais para o aumento da imunidade em tempos de pandemia mundial: a realização de atividades físicas, um sono de qualidade e a mais importante de todas elas, uma alimentação que abarca todos os tipos de nutrientes e vitaminas necessários para o bom funcionamento do corpo humano.

Alimentação Balanceada

A adoção de práticas mais saudáveis na alimentação contribui para um organismo mais equilibrado e menos suscetível a doenças. A ingestão de micronutrientes, como vitaminas e minerais, auxilia no fortalecimento da imunidade e ameniza os impactos de doenças como a covid-19 sob o sistema imunológico. Entre os principais alimentos para o aumento da imunidade, podem ser citados:

Goji Berry

Harmonizada com frutas, cereais e iogurtes, essa fruta de origem asiática possui forte poder antioxidante, além de conter vitaminas C e E. Apenas 100 gramas de Goji Berry contam com 50 vezes mais vitamina C do que em uma laranja, por exemplo. Tal nutriente é um importante alimento cujo maior benefício é o aumento da produção de glóbulos brancos e a elevação dos níveis de anticorpos, que evitam a proliferação de doenças.

Granolas

Presente no café da manhã de milhões de brasileiros, a granola é uma refeição perfeita para o início do dia, por conter ingredientes como aveia, Castanha do Pará e linhaça. Os grãos e cereais integrais fornecem fibras e auxiliam no trato intestinal, além de reduzir o risco de desenvolvimento de doenças como a diabetes.

Outra vantagem do consumo da granola está relacionado às vitaminas do complexo B, presentes em sua composição. Essa substância participa da formação da bainha de mielina, a membrana que protege os neurônios e que permite a transmissão das mensagens entre eles. Esses micronutrientes são necessários para que o cérebro consiga utilizar a energia para realizar suas funções.

Chia e Linhaça

Aliadas da dieta, a chia e a linhaça são grãos indispensáveis para o cardápio de pessoas que buscam o fortalecimento do organismo. Se consumidos em conjunto, esses alimentos possuem alto valor nutricional e ajudam a diminuir a saciedade, já que absorvem água e retardam o surgimento da fome. A chia e a linhaça ainda diminuem a ocorrência de doenças cardiovasculares e do colesterol ruim, assim como melhoram o funcionamento do intestino e controlam os lipídeos sanguíneos, além de preservar os ácidos graxos (ômega 3 e 9).

Atividades físicas regulares

Caminhada, natação, ciclismo e musculação são os principais exercícios indicados por profissionais da saúde. Tais atividades físicas ajudam a diminuir o nível de gordura corporal, assim como auxiliam na prevenção de doenças crônicas e cardiovasculares, além de amenizar os efeitos da ansiedade e da depressão.

Sono é seu aliado

Muitas vezes negligenciado pela rotina estressante levada nas grandes cidades, o sono também é fundamental para o aumento da imunidade em tempos de pandemia. Um corpo descansado e relaxado produz um número maior de anticorpos e diminui em 5 vezes a chance de uma pessoa contrair um resfriado, de acordo com estudos da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. Especialistas defendem que um descanso de sete a oito horas por noite é um grande aliado para o aumento da imunidade humana.

Sobre a Jasmine Alimentos

A Jasmine Alimentos é uma empresa referência em alimentação saudável. Com produtos categorizados em orgânicos, zero açúcar, integrais e sem glúten, a marca visa atingir o público que busca alimentos saudáveis de verdade e qualidade de vida. A operação da Jasmine começou de forma artesanal no Paraná, há 30 anos. A Jasmine está consolidada em todo Brasil e ampliando sua atuação para a América Latina. Desde 2014 a marca pertence ao grupo francês Nutrition et Santé, detentor de outras marcas líderes no segmento saudável na Europa.

7 DICAS PARA UM FINAL DE ANO SAUDÁVEL AO LADO DO PET

Minimizar o estresse e ficar longe de alimentos nocivos são medidas que podem garantir um final de ano seguro e saudável para o seu pet.

41QWM4EGN6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6AzMzMzMzQzM6cWZwpmL39GbjhTMlRjZzYjM4UTM3IDMwYjM2YGZjRmN5EWYlN2N4kjRyUyN4kjRyUSO3ETMGJTJ1QDM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTO

A chegada do mês de dezembro é esperada por muita gente, mas pode representar perigo para os pets. Os animais costumam sofrer com fogos de artifício, podem ingerir alimentos inadequados, apresentar algum tipo de desconforto durante viagens, se machucar com itens da decoração de Natal, além de toda a movimentação típica desta época do ano deixá-los ainda mais estressados.

"Por exemplo, problemas gastrintestinais, como vômitos e diarreia, podem ocorrer em gatos e cães durante todo o ano, mas podem ser especialmente corriqueiros durante a temporada do Natal e Ano Novo", relata a Dra. Priscila Rizelo, Médica-Veterinária e Coordenadora de Comunicação Científica da ROYAL CANIN® Brasil. "Quando há estresse adicional, como pessoas reunidas em casa, bem como mais comida ao redor - incluindo alimentos que os seres humanos podem comer, mas que são tóxicos para os animais de estimação - há um maior risco de distúrbios gastrintestinais em nossos pets", destaca ela.

Confira algumas dicas da Dra. Priscila Rizelo para preservar o bem-estar e a saúde do pet, deixando-o confortável durante o mês de dezembro.

• Cuidado com os enfeites de Natal, especialmente as luzes das árvores. Eles provocam a curiosidade dos animais, que costumam mastigar e ingerir os objetos. O ideal é evitar decorações que possam se partir e que ao serem ingeridas provoquem obstruções ou perfurações intestinais. A decoração, como lantejoulas, guirlandas ou pinhas, e até a água usada para regar a árvore de Natal, também podem ser um perigo para os pets curiosos.

• Não compartilhe a ceia de Natal e Ano Novo, por menor que seja a porção. Parece um carinho, mas nem tudo o que é bom para nós é bom para os pets. Além de uma pequena porção de comida poder ultrapassar as necessidades energéticas diárias dos pets (e contribuir com um quadro de obesidade), alguns alimentos causam alterações gastrintestinais, que podem ser discretas ou graves. Alguns alimentos são tóxicos para eles, incluindo cebola, uva, alho, álcool, chocolate, nozes, frutas secas, peru, doces, entre outros.

• Fuja dos rojões e fogos de artifícios. Muito comuns nesta época do ano, eles causam terrível sofrimento aos animais. Por terem a audição mais sensível, os cães e os gatos se sentem bastante incomodados e podem manifestar tremores, vocalização, tentativas de fuga, o que pode resultar em acidentes. O ideal é não deixar o animal sozinho. Se possível, isole o som e a iluminação para diminuir o estresse. A dica é acomodar o pet em um local familiar e seguro, com som ambiente como, por exemplo, TV ou rádio ligados em volumes apropriados. Isso reduz o stress e mascara o barulho.

• Mantenha o pet em um local seguro e acolhedor. Para evitar o desconforto e agitação do animal durante o momento de chegada e saída de pessoas, procure um espaço confortável e mais isolado para que ele se sinta seguro, evitando a ansiedade e fugas. Para que o pet não se sinta deslocado, importante que o espaço escolhido seja familiar e que sua caminha, tigela de água, alimento e local para suas necessidades estejam acessíveis.

• Mantenha seu pet longe da sujeira. É importante prestar atenção a objetos que o pet pode engolir. Copos plásticos, guardanapos e toda a sujeira devem ser sempre jogados no lixo para que não gerem um problema sério caso o animal de estimação venha a engolir algo.

• Se uma viagem estiver nos planos, a dúvida será: viajar com o pet ou deixá-lo?

• Se a decisão for deixá-lo em um hotel, certifique-se de que seja um estabelecimento recomendado, com boas indicações e que presta o atendimento necessário para a garantia do bem-estar do animal.

• No caso dos gatos, é melhor deixá-los em casa do que levá-los na viagem. Eles são territorialistas e se sentem mais tranquilos e seguros em seu espaço habitual. Para isso, você pode convidar alguém de sua confiança para cuidar deles ou contratar o serviço de um pet sitter para alimentá-los e manter a rotina de interações e brincadeiras. Importante que o profissional contratado seja especializado.

• Para viajar de avião ou ônibus, a dinâmica é mais complexa - mas possível. É preciso verificar todas as regras, documentação e outras burocracias previstas para transportar o animal de estimação e ter a certeza que o lugar que você escolheu para se hospedar seja pet friendly .

• Para uma viagem de carro, passeie com o animal antes dele entrar no veículo para que ele faça suas necessidades. Não alimente o pet antes das viagens e durante o trajeto porque eles podem ficar enjoados. Não permita que o animal coloque a cabeça para fora da janela, pois isso pode causar machucados em caso de impacto com insetos ou pedras. Uma última dica muito importante: nunca deixe o pet solto dentro do carro. O recomendado é utilizar caixa de transporte adequada ou, para cães, cinto de segurança próprio.

• Tenha sempre em mãos o contato do Médico-Veterinário do seu animal. Você deve recorrer a ele caso observe qualquer comportamento ou reação estranha em seu pet.

8hFGM4MjM6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6AzMzMzMzQzM6cWZwpmL39Gb3UWY4AjY4YmYzIjY5YTM5czN4MjN3Q2N0gjMyUjN2IjRyUiN2IjRyUSO3ETMGJTJ1QDM0EzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTO
-

Sobre a ROYAL CANIN®

A multinacional Royal Canin, uma das maiores fabricantes do mundo de alimentos de alta qualidade nutricional para gatos e cães, celebrou 50 anos em 2018. Com 16 fábricas no mundo e presente em 92 países, a marca considera sempre o gato e o cão em primeiro lugar e tem sua história focada no conhecimento e respeito por estes animais.

Em 2002, passou a fazer parte da Mars, Incorporated, líder mundial em alimentos para animais de estimação. A unidade brasileira da Royal Canin está instalada em Descalvado, interior de São Paulo, desde 1990. No mercado brasileiro, a marca disponibiliza mais de 150 alimentos, incluindo produtos específicos para raças, portes, idades, estilos de vida, necessidades específicas, cuidados especiais e auxiliares no tratamento de algumas doenças. Os produtos estão disponíveis em canais especializados, entre os quais, clínicas veterinárias e pet shops, em mais de 15 mil pontos de vendas no Brasil.

Para mais informações visite o site: https://www.royalcanin.com/br

Conheça 4 plantas da sorte para a virada de ano

Especialista faz seleção de plantas para quem quer começar 2021 com pé direito, garantindo uma casa cheia de boas energias

Os supersticiosos de plantão já procuraram saber qual cor vai reger 2021 e quais são as ideias para passar o réveillon. Mas e se, ao invés de apostar apenas nisso, uma outra ideia pudesse trazer para dentro de casa sorte durante o ano todo? Pois bem, para quem acredita, algumas espécies de plantas podem ter “poderes mágicos” para manter os ambientes e moradores com as energias lá em cima.

Gabriela Heringer, uma das sócias do Studio Lily (www.studiolily.com.br), ateliê de cerâmicas e curadoria de plantas ornamentais, fez uma seleção de plantas para ter em casa e “espantar a urucubaca” na virada do ano, além de garantir um ambiente aconchegante e cheio de boas energias. Confira:

Zamioculca: o brilho das folhagens embeleza os ambientes, e as folhas verdes expressam resistência, vida e esperança. Ela também é conhecida por atrair sorte e proteção para o local em que está, além de trazer fortuna, prosperidade, ganhos financeiros, sorte e proteção.

Pilea: a planta chinesa do dinheiro ficou conhecida no mundo ocidental por se propagar rápido, facilitando a doação para parentes e amigos. Por esse motivo, também é chamada de planta da amizade. Quando fica adulta, começa a ter brotos laterais, a partir da base. Eles podem ser destacados e plantados separadamente, gerando novos exemplares que podem ser compartilhados com entes queridos.

Filodendro branco: essa espécie é controversa. Há quem diga que não é bom tê-la em casa e outros que ela é ótima para filtrar energias. Em alguns lugares do Brasil ela é considerada uma planta encantada, excelente para proteção dos moradores contra energias e pessoas negativas.

Espada-de-são-jorge: famosa e popular por todo o país, essa planta tem a mística de que espanta quebranto e mau-olhado. Por isso, é sempre bom ter em um vaso, perto da porta ou mesmo dentro de casa.

Agência GUT e I Hate Flash criam nova campanha da rede Domino´s

A campanha “Massa fresca sem frescura” conta com a participação dos atores e comediantes Vittor Fernando (@vittorfernando) e Ademara Barros (@ademaravilha)

CURITIBA, 23/12/2020 - A tradicional rede de pizzarias Domino’s acaba de lançar a campanha “Massa fresca sem frescura”. O processo de produção das massas da rede desde o início, lá em 1960, em Michigan (EUA), sempre foi artesanal, com fermentação por 48 horas. De lá para cá muita coisa mudou, menos duas: a qualidade das pizzas Domino’s e a maneira que as pessoas comem pizza, sem frescura nenhuma.

Em tempos de internet, muita gente que decidiu mostrar online as inúmeras formas que gosta de comer pizza, acabou sendo julgado. A partir disso, a agência GUT (https://gut.agency/) criou uma campanha para acabar de uma vez por todas com essa injustiça e instituir a liberdade de se alimentar como achar melhor, surgiu então a #massafrescasemfrescura, que celebra todos os jeitos de comer pizza.

A convite da GUT, os influenciadores, atores e comediantes Vittor Fernando (@vittorfernando) e Ademara Barros (@ademaravilha), em seus respectivos personagens, deram início à campanha nas redes sociais. A @ademaravilha convidou os seguidores para mostrarem como gostam de suas pizzas: “Aqui não tem fiscal de família italiana não, viu? Dá para comer pizza de vários jeitos e a Domino´s (@dominospizzabrasil) me chamou para mostrar o meu, sem frescura!”. E @vittofernando completou “Pode comer pizza com muito ketchup? Pode! A pizza é sua e você faz o que quiser”.

Para a produção de todo o material audiovisual, como fotos e gifs para a campanha, a equipe responsável precisava ter pizza, digamos, “correndo pelas veias”. Foi aí que o time do coletivo I Hate Flash (www.ihateflash.net) foi chamado. Com amor pela massa e experiência em registrar campanhas de grandes marcas, entre elas Ambev, Fiat, Adidas e Cola-Cola, eles captaram diversas maneiras de comer #massafrescasemfrescura.

“Quando as pizzas chegaram, o cheirinho de massa fresca e quentinha invadiu o set. Foi bom demais”, conta a coordenadora do IHF, Carol Caddeo. A equipe – bem reduzida por conta da pandemia – acabou se deliciando. Principalmente o modelo Antônio Gervásio que, para um clique, teve que abocanhar uma pizza inteira de uma só vez. A diretora de arte do IHF, Tamara Salazar, conta que o clima era bem familiar, já que havia poucas pessoas no set. “Nós buscamos trazer as cores da marca, o azul e o vermelho, em cada detalhe das fotos, independente do acting ou cenário”, completa a diretora de arte falando sobre a inspiração para a campanha.