BRAVE CF 44: Campeão Cleiton Predador é nocauteado e estende “maldição” de

Distrito de Seef, Bahrain - 5 de Novembro de 2020

Quando Cleiton Predador pisou no cage na luta principal do BRAVE CF 44, nesta quinta-feira (5), no Bahrein, ele tinha pela frente dois grandes tabus pela frente: nunca um campeão dos pesos leves do BRAVE Combat Federation defendeu seu cinturão com sucesso e nunca antes um brasileiro venceu uma luta pelo título atuando no Bahrein. Ao fim do combate, as duas marcas seguiram intactas.

Mesmo apontado como favorito e levando vantagem física no duelo, Predador acabou sendo vítima do bom jogo de chão do franco-tunisiano Amin Ayoub, seu adversário na noite.

Durante os primeiros rounds, Predador até tentou, combinando golpes potentes na trocação e tentativas de queda, mas, sempre que acabaram no chão, Ayoub foi o agressor, inclusive chegando próximo da finalização por algumas vezes.

No fim do terceiro round, Ayoub conectou uma boa sequência de uppercuts no campeão, que foi bastante abalado para seu corner durante o intervalo. Predador carregou o dano para o quarto round e não resistiu a uma nova sequência do rival, que desta vez o levou ao chão. Ayoub ainda desferiu mais alguns golpes no ground and pound antes da interrupção do árbitro central Dec Larkin.

Agora, Predador se junta aos conterrâneos Lucas Mineiro, Marcel Adur, Daniel Gaúcho e Felipe Efrain que também foram derrotados em lutas valendo o cinturão realizadas no Bahrein. Entretanto, somente Lucas e Daniel eram campeões e perderam seus títulos no país como Cleiton.

Confira abaixo todos os resultados do BRAVE CF 44:

Cinturão peso leve - Amin Ayoub nocauteou Cleiton Silva no Round 4

Peso meio-médio - Abdoul Abdouraguimov finalizou (katagatame) Louis Glismann a 2m50s do R1

Peso leve - Rolando Dy venceu John Brewin em decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28, 29-28)

Peso médio - Mzwandile Hlongwa venceu Dom Schober por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do Round 2

Peso galo - Bair Stehpin venceu Gerson Pereira por nocaute técnico (interrupção médica) no fim do Round 1

Peso leve - Yann Liasse venceu Abbas Khan por nocaute técnico a 3m07s do Round 1

Peso combinado amador - Mohammed Sameer def. Toni Bourached em decisão dividida dos jurados (29-28, 28-29, 29-28)

Peso mosca amador - Mohammed Salah Almuamari venceu Mohammad Tawfeeq Almherat em decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28, 29-28)