Mesmo num ano atípico, ainda é tempo de chegar em forma para o verão

Exercícios físicos orientados, alimentação balanceada e dedicação do aluno são fundamentais para ter o corpo saudável para o verão

Durante 2020, muito se falou sobre a necessidade de se manter ativo, se exercitando, mesmo no período em que grande parte da população estava em isolamento social. Algumas pessoas não conseguiram por diversos fatores e outras cancelaram os planos das academias e agora falta motivação para voltar.
Com o verão chegando, os casos da Covid-19 dando trégua, o brasileiro começa a se animar com a possibilidade de aproveitar um pouco o verão, uma das estações mais amadas por grande parte da população. No entanto, fica a pergunta: é possível entrar em forma para o verão?
Para o personal trainer Fabiano Cristopoliski, aliando boa vontade, controle na alimentação e exercícios físicos orientados é possível sim entrar em forma e se sentir melhor para o verão. “É claro que, não adianta apenas fazer exercícios físicos se o aluno não melhora o padrão da alimentação, se adaptando a uma dieta mais equilibrada”, salienta.
Para aquelas pessoas que passaram o ano sem se exercitar, alguns cuidados devem ser retomados no retorno. “As atividades devem ser realizadas respeitando o limite de cada aluno, pois não adianta começar no pique total, e não dar continuidade. Como também não é recomendável colocar o tênis e sair para correr, ou jogar futebol – por exemplo – com a falta de atividade física, um esforço como esse pode machucar e causar lesões sérias”, alerta Fabiano. “Quando o exercício é orientado, a motivação para a regularidade da atividade física é muito maior. Se a pessoa está acima do peso, são indicados exercícios de baixo impacto para evitar que as articulações não sejam prejudicadas”, ressalta.
A pandemia também trouxe novas formas para se exercitar. Antes, sinônimo de exercício físico era academia. Hoje, depois do isolamento social, as pessoas perceberam que podem treinar nas suas casas, e manter a qualidade de vida, ou ainda, quando viajam, podem manter uma rotina de treinos. “Basta um celular, cabo de vassoura, pesos alternativos e um espaço escolhido da casa”, comenta Fabiano.
Nessa proposta existem várias consultorias esportivas que se adaptaram para essa nova forma de se exercitar. Entre elas a Treine 33, composta por educadores físicos que passam regularmente treinos diferenciados e orientados aos alunos inscritos, via Instagram. “O Treine 33 surgiu no auge da pandemia e a adesão foi muito boa, tanto que se tornou um plano mensal para os alunos, de forma que eles possam escolher criar um novo estilo de vida mais natural, saudável e possam treinar em qualquer local, em casa, na praia, na chácara ou na academia”, reforça Fabiano.
Independente se a pessoa optar pelos treinos online ou presencial, o segredo é paciência e planejamento junto ao educador físico para atingir os objetivos esperados. “Não adianta imaginar que em uma semana de treino alcançará resultados visíveis. A consistência dos exercícios físicos, aliados a dedicação do aluno é que farão diferença no resultado. E melhor do que chegar com o corpo almejado no verão, é ter saúde durante todo o ano”, finaliza Fabiano.

Gabriel Fly encara colombiano Dumar Roa na luta principal do BRAVE CF 45, no Bahrein

Distrito de Seef, Bahrein - 27 de Outubro de 2020

Um dos principais nomes da categoria de pesos penas do BRAVE Combat Federation, principal organização de MMA do Oriente Médio, o paranaense Gabriel Fly, da equipe CM System, foi anunciado pelo evento como estrela da luta principal do card do BRAVE CF 45, programado para o dia 12 de novembro, no Bahrein.

Na data, Fly protagoniza um duelo 100% sulamericano diante do colombiano Dumar Roa, em um duelo que pode aproximar seu vencedor de uma chance pelo título na categoria até 66kg.

Especialista em jiu-jitsu, Gabriel Fly possui um cartel profissional de 14 vitórias, 13 delas por finalização, e apenas 5 derrotas. O brasileiro já competiu por duas vezes pelo BRAVE CF na Colômbia, terra-natal do seu rival. Na última delas, coincidentemente, ele e Roa estiveram, respectivamente, na luta co-principal e principal da noite no BRAVE CF 26.

Com um retrospecto de 14 vitórias e 8 derrotas como profissional, Dumar Roa deixou uma ótima impressão em sua última aparição no BRAVE CF. Na ocasião, em novembro do ano passado, o “Coração de Leão”, como é conhecido, venceu por nocaute o ex-campeão Abdul Kareem Al Selwady.

O BRAVE CF 45 fecha a segunda metade da “Kombat Kingdom”, série de eventos promovida pelo BRAVE Combat Federation em seu país-sede, o Bahrein. O primeiro card dessa segunda etapa, o BRAVE CF 44, também será encabeçado por um brasileiro, Cleiton Predador, que coloca o cinturão peso leve em jogo contra o desafiante Amin Ayoub.

Chef André Pionteke e Gabi Mahamud dividem bancada na estreia do primeiro episódio da Stella Chefs Curitiba

Na websérie, cerveja convida influenciadores a reproduzirem receitas de chefs conhecidos na cidade
UVfKU67qSTGh-M9JdC72zyQE8fK7Q3UXWkCWc_Lv4nixDqR5iGmmp-dZpFWpqU_Xo5c12Af1HajMliPny0e0pF2r7R2CQyzgz1nzp5lHJHRYxGopVDLEeAgkQS05V1rsMavrvUG6
André Pionteke e Gabi Mahamud, chef e host convidados para o primeiro episódio do Stella Chefs Curitiba - Crédito da imagem: Epic Studios
O Stella Chefs, desafio culinário de Stella Artois estrelado por chefs e influenciadores, desembarcou em Curitiba no início de outubro reunindo nomes da gastronomia local para participar do programa que seguirá até dezembro. No primeiro episódio que já está disponível no canal do YouTube de Stella, o chef André Pionteke e a apresentadora Gabi Mahamud dividem a mesma bancada e criam juntos um prato especial para inspirar quem está em casa a fazer algo diferente na cozinha. Realizado em várias capitais do Brasil, o objetivo do projeto é reunir as pessoas ao redor da mesa com boa comida e Stellinha gelada, fomentando a gastronomia e valorizando os chefs de cada região, sempre com o olhar sofisticadamente simples de Stella.
Sempre buscando utilizar a técnica de preservação do alimento no desenvolvimento dos seus pratos, o chef André Pionteke está à frente de dois restaurantes em Curitiba. Inaugurado em dezembro de 2019, o Kitsune é um espaço pequeno, com cozinha aberta e cardápio enxuto. O conceito do restaurante é utilizar técnicas da cozinha oriental com influências indígenas para combinar ingredientes locais, especialmente da região da Mata Atlântica, bioma do litoral paranaense. Em 2020, o chef encarou um novo desafio à frente do Trattô. Fã da gastronomia italiana, André traz uma pegada moderna, inspirada na comfort food. Seguindo os mesmos moldes, o cardápio é reduzido e servidos em embalagens que seguem o estilo box, consideradas práticas e adequadas para o consumo direto da caixa.
Do outro lado da bancada, está a ativista do consumo consciente Gabi Mahamud. Por hobby e para registrar suas receitas e descobertas culinárias, Gabrielle criou o blog Flor de Sal, que acabou se transformando em livro. Com mais de 60 receitas veganas e sem glúten, a obra apresenta pratos reconfortantes que podem ser reproduzidos em todas as ocasiões. Além disso, a mineira radicada em Curitiba criou em parceria com a chef Manu Buffara o projeto social Good Truck, que transforma ingredientes excedentes de feiras, supermercados e restaurantes em refeições vegetarianas para pessoas em situação de rua na capital paranaense. A iniciativa foi uma entre as mil ações selecionadas para o Unleash Lab 2017, evento internacional da Organização das Nações Unidas em Copenhagen, na Dinamarca.
Até o fim do ano novas histórias e descobertas serão reconhecidas pelo Stella Chefs Curitiba, que já em breve divulgará a data para o lançamento do segundo episódio, ainda em novembro.

Monterrey Construtora fecha contrato para implantação de usina fotovoltaica para atender região Sul

Com capacidade de 4.9 megawatts, empreendimento captará energia solar em um terreno de 6,5 alqueires paulistas, localizado no Paraná

Cidade Gaucha (PR), outubro de 2020 - A Monterrey Construtora, especializada no gerenciamento e execução de ampliações e construções de subestações de energia até 750 KV, acaba de selar contrato com o Hospital Nossa Senhora das Graças, um dos maiores centros de saúde do Paraná, para a implantação de uma usina fotovoltaica com capacidade de 4.9 megawatts. O projeto, que demandou cerca de R$ 19 milhões de investimentos, captará energia solar em um terreno de 6,5 alqueires paulistas, localizado em Cidade Gaúcha, município situado no Noroeste do Paraná. A expectativa da empresa é expandir a usina futuramente.

Considerado referência no país pelos tratamentos clínicos e cirúrgicos de alta complexidade, como Transplante de Medula Óssea e Hepático, o Hospital maximiza a TIR (Taxa Interna de Retorno) tendo em vista a não incidência de impostos, uma vez que se trata de uma entidade filantrópica. O projeto está em fase de implantação e deve ser concluído em 2021.

A energia solar fotovoltaica é aquela produzida a partir da luz solar. Quanto maior a radiação solar nas placas solares, maior será a quantidade de energia elétrica produzida. "Considerada fonte de energia renovável, limpa, sustentável, este tipo de energia não encontra dificuldades na obtenção de licenças ambientais, uma vez que não agride o meio ambiente. A energia fotovoltaica representa uma alternativa para as empresas que desejam produzir sua própria energia, tornando-se imunes aos aumentos das tarifas de eletricidade. É um mercado que tende a crescer significativamente nos próximos anos", afirma Paulo Magalhães, presidente da empresa.

Ele completa que, ao contrário das energias hidroelétricas e eólicas, que dependem da localização geográfica - já que água e vento existem em locais específicos - a fotovoltaica necessita apenas de sol, insumo presente em todos os cantos do Brasil. "As usinas solares tornam-se muito mais viáveis porque podem ser construídas próximas ao centro de consumo, minimizando o transporte da energia, que é oneroso", esclarece o executivo.

Atualmente, a Monterrey possui em sua carteira clientes importantes, como Furnas, Copel e Eletrosul. Segundo o presidente, a nova oferta da empresa já possui cerca de 20 leads em andamento. "A energia solar é a que mais cresce em todo mundo e representa uma tendência, já que as fontes limpas e não-poluentes são o melhor caminho para o desenvolvimento da humanidade", reflete ele. Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), estima-se que, até 2050, metade da matriz energética nacional será solar.

Graças a este novo empreendimento, a expectativa é que a Monterrey Construtora cresça 300% em 2021 em relação a 2020.

A expectativa agora fica por conta de possível alteração da Aneel sobre as condições dos valores de compensação da energia elétrica das usinas fotovoltaicas. A resolução normativa 482, da agência reguladora, prevê que a energia gerada e injetada na rede de distribuição seja apenas parcialmente compensada na conta de luz e não totalmente, como é realizada atualmente. A Aneel alega que há alguns custos, diferente de quando os incentivos foram criados. Por outro lado, muitas empresas que passaram a investir na energia solar afirmam que a taxação gera insegurança jurídica, já que a agência prometeu previsibilidade por 25 anos e os investimentos foram de longo prazo.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que o governo não interfere no órgão, mas está trabalhando, através do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para chegar a um bom termo e que, se depender dele, quem adotar a energia solar terá imposto zero.

Bazar da Aldeia acompanha tendência das vendas online e lança site de e-commerce

Desde o dia 19 de outubro, está no ar o site de e-commerce Bazar da Aldeia, um desdobramento do evento de mesmo nome, realizado em Curitiba desde 2010. Com a pandemia, o acontecimento não pôde ser realizado neste ano, mas motivou a criação do site com loja virtual, uma iniciativa dos sócios Ivana Cassuli e Gerson Perelló.

O Bazar da Aldeia reúne mais de 50 expositores, tal qual no evento, mas de forma online e permanente. Além de ser uma forma de solucionar a disponibilidade do projeto, esta nova iniciativa contempla uma tendência que se intensificou neste ano: o comércio online.

Dados divulgados pelo Movimento Compre & Confie e pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), revelam que o setor cresceu seu faturamento em 56,8% durante os primeiros oito meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2019.

“As pessoas cada vez mais consomem pela internet e querem consumir de uma forma diferente. Estão mais sensíveis e atentas à origem das coisas, mais ligadas ao produtor local do que as marcas distantes. Todos nós estamos percebendo, diante de tudo isso, que é fundamental fortalecer a economia local”, comenta Gerson Perelló.

O site pode ser acessado no endereço www.bazardaaldeia.com.br.

Redes sociais:
www.instagram.com/bazardaaldeia
www.instagram.com/festivaldaaldeia
www.facebook.com/iviscassuli