Sebrae apresenta soluções para setor de alimentos funcionais na Exposaudável 2019

Sebrae apresenta soluções para setor de
alimentos funcionais na Exposaudável 2019

A feira reuniu os diversos integrantes da cadeia de alimentação saudável e sustentável, para buscar fomentar o segmento que cresce no país

Alimentos funcionais; receitas tradicionais atualizadas, que conquistam o público; chás e produção certificada. Esses foram alguns dos produtos encontrados pelos visitantes da Exposaudável 2019 que passaram pelo estande do Sebrae/PR, no último final de semana, em Curitiba. A feira de produtos, serviços e práticas que respeitam o ambiente e promovem a saúde e o bem-estar dos consumidores apresentou produtos com o selo Alimentos do Paraná, da categoria Alimentos Funcionais, Orgânicos e Veganos. O Sebrae/PR também promoveu rodadas de negócios e vários painéis e palestras sobre alimentação saudável e sustentável sob diferentes aspectos.

A categoria dos alimentos funcionais, orgânicos e veganos deixou de ser tendência para ser uma realidade bem consolidada, segundo a consultora do Sebrae, Andreia Claudino. “A gente começa a entender que esse movimentoestá crescendo quando olhamos para o selo Alimentos do Paraná: de 300 empresas cadastradas, 30% estão nessa categoria. E isso, de dois anos para cá”, analisa Claudino.

Rodrigo Siqueira é um bom exemplo de empreendedor que percebeu a mudança no mercado e buscou a ajuda do Sebrae para atualizar seu produto, a gelatina Tremendinha, popular em Curitiba e região. Depois de consultorias, cursos, e financiamento do Sebraetech, o empresário Siqueira desenvolveu novas linhas – uma sem açúcar e uma com colágeno, zinco, selênio e vitamina C – para conquistar novos compradores.

“Encontramos todo o suporte para elaborarmos não só uma estratégia de negócios para repensar um produto que existia no mercado desde 1995, mas também para desenvolvermos um produto funcional, com propriedades antioxidantes, o Nutrimix, que estamos lançando aqui. Estamos buscando empórios naturais, lojas de produtos fitness, academias. É uma virada de chave, para novos públicos e pontos de venda que não conseguíamos atender”, afirma Siqueira.

O empreendedor Marco Ziliotto apresentou no stand os produtos da linha Granola da Dinda. Com versões diferenciadas, salgada, sem glúten e com chocolate, as granolas que eram feitas em casa, por sua esposa, são produzidas e comercializadas como produtos premium, disponíveis em alguns pontos de vendas estratégicos.

“Era funcionário de carreira quando minha vida deu um giro e decidi empreender. Participei de uma oficina do Sebrae, sem ter ideia do que eu comercializaria, quando fui convidado, com os outros alunos, a escolher um produto para criar um projeto. E assim, de um exercício em sala de aula, começou minha empresa que só tem crescido”, lembra Ziliotto, destacando os ganhos por ter escolhido uma linha de produtos ligados à alimentação saudável e à sustentabilidade.

“A receita veio de minha esposa, meus sobrinhos que escolheram o nome da empresa, e trabalho com embalagens de vidro, o que me agrada como engenheiro florestal, sempre preocupado com as questões ambientais. Eu acredito muito nesse produto porque tem uma história de família sendo compartilhada com nosso público”, conta o empresário.

As granolas devem em breve estar nas prateleiras de um novo supermercado inaugurado há um ano em São Paulo, em Pinheiros. A loja - que já teve até 5 mil diferentes itens e oferece atualmente 2.500 itens do setor de alimentação - enviou uma compradora para participar da rodada de negócios da Exposaudável.

“Curitiba tem essa boa reputação de qualidade de vida, alimentação saudável e sustentabilidade. Encontrei nessa rodada alguns produtos que não vejo em São Paulo e, com certeza, quero ter em minha loja. Volto com ótimas perspectivas de novos fornecedores”, afirma a compradora Railane Rodrigues.

Os chás produzidos no Paraná também ganharam uma tarde de discussão, durante a Exposaudável. O setor movimenta uma ampla cadeia em Curitiba e região metropolitana. Mandirituba tem a maior produção nacional de Camomila e a plantação, que vem da agricultura familiar, é considerada a melhor do país. Durante o encontro, o grupo discutiu sobre restrições e regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), sobre inovações no setor e sobre histórias de empreendedores dessa área que se destacam por sua produção.

Chancela - O selo Alimentos do Paraná reconhece a eficiência na gestão, segurança e qualidade alimentar de produtos de agroindústrias, indústrias e empreendimentos que beneficiam alimentos e bebidas de pequeno porte. Realizado pelo Sebrae/PR, com a Fecomércio PR, Fiep, Associação Paranaense de Supermercados (Apras) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o Programa Selo Alimentos do Paraná tem como objetivo promover e oportunizar a melhoria de processos produtivos, aprimoramento da qualidade e boas práticas de gestão.

Show Poente com  Luísa Lacerda chega ao Sesi São José

Show Poente com Luísa Lacerda chega ao Sesi São José

A cantora e violonista se destaca pelo repertório de interpretações inovadoras

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=146268&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C010d01d57323%25240e83dcb0%25242b8b9610%2524%2540smartcom.net.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C010d01d57323%240e83dcb0%242b8b9610%24%40smartcom.net.br%3E-1.1.2

Luísa Lacerda apresenta um show único, repleto de músicas consagradas, no Sesi São José dos Pinhais, no dia 26 de setembro, às 19h. Destaque no cenário musical como uma das revelações da nova geração da MPB, no Show “Poente”, a cantora e violonista interpreta um seleto repertório formado por obras de novos e consagrados compositores brasileiros de forma sensível e inovadora.
Luisa Lacerda tem a missão de reverenciar essa rica expressão cultural, denominada, genericamente, de música popular brasileira. Formada pela Escola de Música da UFRJ, apresenta-se em casas de shows, bares e cafés do Rio desde 2013, tendo dividido o palco com artistas como: Pedro Franco, Quarteto Geral e Miguel Rabello.
Teve aulas de violão clássico com Paulo Pedrassoli, Cyro Delvizio, Vicente Paschoal e de violão popular com Luiz Cláudio Ramos. Frequentou as aulas de canto de Amélia Rabello na Escola Portátil de Música e na Casa do Choro. Em 2016, fez diversas apresentações solo (voz-violão) trazendo canções de novos compositores do cenário carioca e de compositores consagrados. Atualmente, prepara-se para gravar o seu primeiro disco com músicas de Miguel Rabello arranjadas por Cristovão Bastos.
Dessa forma, a artista busca valorizar e afirmar esse tipo de manifestação poético-musical, ousando descerrar novas veredas no vasto universo musical brasileiro, em perfeita consonância com os atuais movimentos de reavivamento da canção. Participação especial: Renato Frazão.

SERVIÇO

SESI CULTURA PARANÁ APRESENTA:

Show Poente da cantora Luísa Lacerda
Data: 26 de setembro
Hora: 19h
Duração: 60 min
Classificação: Livre
Valor: 1 kg de alimento não perecível
Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais
Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro
Observação: espaço sujeito a lotação

Mais informações:
www.sesipr.com.br/cultura /
www.facebook.com/sesiculturapr

SESI CULTURA – Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2017, mais de um milhão de espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 8,4 mil ações culturais realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de uma forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.