Femusc e Scar desembarcam em Curitiba com espetáculo inédito de música e dança

Femusc e Scar desembarcam em Curitiba com espetáculo inédito de música e dança

O Femusc, maior festival-escola de música da América Latina, vai desembarcar em Curitiba, no próximo dia 22. É que, em parceria com a Scar (Sociedade Cultural Artística), acontece a apresentação única do Concerto Sinfônico com Ballet. O espetáculo é resultado da união da Orquestra Filarmônica e da Escola de Dança Scar e conta com obras de Gounod, Chabrier e Debussy.

A apresentação leva 40 músicos e 11 bailarinos ao palco do Auditório Salvador Ferrante (Guairinha), às 19h, com acesso gratuito. Os ingressos estarão disponíveis para retirada a partir das 14h. No concerto, o público poderá se emocionar com o repertório escolhido pelo maestro André dos Santos que inspirou a criação de duas coreografias inéditas por parte do coordenador de dança da Scar, Egberto Saurini.

Conforme Santos, as obras não foram criadas para ballet e, por isso, não têm uma história por trás. “Então demos liberdade total para que fossem criadas coreografias novas e originais a partir dos sentimentos que a música desperta”, explica o maestro.

Para o coreógrafo Egberto Saurini, o desafio foi criar o espetáculo levando em conta também a experiência e técnica dos alunos de dança, todos jovens com média de idade de 16 anos, e a adequação para diferentes tamanhos e configurações de palco. “A coreografia da Suite Pastorale me permitiu imaginar uma história em que jovens camponesas se apaixonam por um rapaz da vila. Já na Sinfonia n. 1, de Debussy, optamos por um estudo de movimento, um processo em que a coreografia vai se moldando aos bailarinos durante os ensaios”, complementa.

Sobre o Femusc
O Femusc acontece, anualmente, na cidade de Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina, e, em 2020, chega à sua 15ª edição. Considerado o maior festival-escola da América Latina, o evento reúne alunos de todo o mundo que, em aulas e concertos, podem dividir o palco com alguns dos professores mais virtuoses da atualidade. Saiba mais acessando www.femusc.com.br ou no www.facebook.com/femusc e instagram/femusc.

Foto: divulgação

David Hertz, fundador da Gastromotiva, é condecorado com o Prêmio Charles Bronfman de 2019

David Hertz, fundador da Gastromotiva, é condecorado com o Prêmio Charles Bronfman de 2019

O chef empreendedor social brasileiro David Hertz foi condecorado com o Prêmio Charles Bronfman em 2019. David foi pioneiro ao criar uma maneira de usar a gastronomia para transformar a vida de pessoas em vulnerabilidade socioeconômica. Ele é o co-fundador da Gastromotiva, uma organização social brasileira que oferece educação gratuita e oportunidades usando a comida – do desperdício de alimentos à capacitação profissional – como meio de mudança para “gerar inclusão para aqueles que vivem à margem da sociedade”, explica Hertz.

O Prêmio Charles Bronfman é uma premiação anual de US$ 100.000,00, entregue a um indivíduo com menos cinquenta anos cujo trabalho humanitário, inovador, e orientado pelos valores judaicos, tenha contribuído significativamente para o mundo. O Prêmio foi fundado por Ellen Bronfman Hauptman e Stephen Bronfman, juntamente com Andrew Hauptman e Claudine Blondin Bronfman, para homenagear seu pai em seu 70º aniversário.

"Temos o privilégio de homenagear o David e contribuir para a ampliação do impacto do seu trabalho", disse Ellen Bronfman Hauptman, em nome dos quatro fundadores. “Ele agora ocupa um lugar ao lado dos excepcionais nomeados pelo Prêmio, que contribuem para a solução de problemas urgentes com soluções inovadoras ao redor do mundo".

“É uma grande honra receber o Prêmio Charles Bronfman em 2019”, comemora Hertz. “Sinto-me responsável por representar os empreendedores sociais que estão promovendo valores judaicos para além de nossa comunidade, aumentando o conhecimento sobre como os alimentos e a Gastronomia Social podem abordar os desafios humanitários globais e transcender geografia, fronteiras político econômicas ou religião.

O trabalho de Hertz atende a uma necessidade crítica. Dois bilhões de pessoas no mundo sofrem de alguma forma de deficiência nutricional, e, “enquanto um terço dos alimentos é desperdiçado, 1 a cada 8 pessoas no mundo vivem em insegurança alimentar. Além da questão e garantia do acesso ao alimento, há também cerca de 200 milhões de trabalhadores desempregados no mundo", observa Hertz. A Gastromotiva, fundada em 2006, “já graduou mais de 5.500 alunos e levou informação nutricional a mais de 100 mil crianças e seus familiares no Brasil, México, El Salvador e África do Sul.”

Durante os Jogos Olímpicos de 2016, Hertz fundou o Refettorio Gastromotiva, em colaboração com o chef italiano Massimo Bottura e a jornalista Alexandra Forbes, na Lapa, no Rio de Janeiro. Ali funciona uma cozinha-escola e um restaurante social que primam pelo não desperdício de alimentos. Diariamente, no Jantar Solidário, “um menu em 3 tempos balanceado é preparado por nossos cozinheiros, alunos e chefs convidados com ingredientes que seriam desperdiçados, apesar de estarem em perfeito estado para consumo.”, disse ele. Essas refeições são servidas à 90 pessoas em situação de vulnerabilidade social “em um espaço acolhedor que incentiva o diálogo e o companheirismo por voluntários que se inscrevem para serem os comensais e viverem essa experiência de servir por uma noite”.

Quem nomeou Hertz ao prêmio foi Devry Boughner Vorwerk, companheira da comunidade dos Young Global Leaders, do Fórum Econômico Mundial, parceira do Movimento da Gastronomia Social e ex-vice-presidente corporativa da Cargill, que escreveu: “David está transformando algo que poderia continuar sendo um esforço valioso, pontual e local em uma solução de impacto social escalável a partir de conexões para a formação de uma comunidade e um movimento global. Ele é um “agente de mudança”.

"Estou muito satisfeito que os juízes tenham escolhido David Hertz este ano", Charles Bronfman declarou, “suas ações inovadoras para eliminar a fome promovendo a dignidade, terão um impacto global".

Sobre a Gastromotiva

Fundada em 2006 em São Paulo, a Gastromotiva promove inclusão social por meio da Gastronomia Social. A organização, sediada no Rio de Janeiro - onde mantém o Refettorio Gastromotiva - também está presente em São Paulo, Curitiba, Cidade do México e San Salvador. Por meio de educação e cursos profissionalizantes, a organização já formou e encaminhou para o mercado de trabalho mais de 5500 jovens em vulnerabilidade socioeconômica, ofereceu educação nutricional a 100.000 pessoas e o Refettorio Gastromotiva já evitou o desperdício de mais de 100.000 quilos de comida em perfeito estado de consumo, transformada em 113.000 pratos de comida por chefs e cozinheiros para pessoas em vulnerabilidade social, principalmente em situação de rua.

Foto: Angelo Dal Bó.

Do preparo à mesa, Tok&Stok traz itens para que os clientes encontrem o método favorito para preparar um bom café

Do preparo à mesa, Tok&Stok traz itens para que os clientes encontrem o método favorito para preparar um bom café

Produtos fazem parte do TokStories, uma curadoria especial para inspirar novas histórias

Tomar café já faz parte da rotina de todo brasileiro. Com o tempo, os amantes da bebida foram descobrindo diferentes métodos de preparo e formas de fazer aquela pausa para o cafezinho. Para apresentar o rico universo do café por meio do olhar profissional de um barista, a Tok&Stok apresenta sua nova curadoria TokStories, com o tema Café Baristas. Os consumidores poderão conhecer e se aventurar em diversas maneiras de preparo e encontrar o que gostam mais, por meio de 48 itens que contemplam os principais métodos artesanais de preparo do café:

Hairo V60 – o segredo deste método está nos detalhes de sua estrutura, principalmente pelo seu formato em V 60º. Sua parte interna apresenta linhas espirais que facilitam a expansão do pó do café no momento em que a bebida é coada. Uma abertura grande na base do coador permite que a velocidade seja controlada. Assim, o café absorve a água durante o tempo necessário, resultando em uma bebida limpa e saborosa.

Clever – recomendado para quem está começando a mergulhar nas diferentes maneiras de preparar café, o método acontece graças ao sistema exclusivo de trava do utensílio, o “shutt off”, que veda o fluxo do líquido quando não está sobre uma xícara ou jarra. Dessa forma, a água permanece em contato com o grão do café, mantendo-o por maior tempo em infusão e proporcionando inúmeras variações de sabor.

Chemex – verdadeiro ícone do design, a cafeteira Chemex vai além do visual inusitado. Feita de vidro temperado, ela acompanha um filtro que, quando dobrado em três partes, garante uma bebida limpa e livre de resíduos. O método é ideal para quem prefere cafés mais delicados, florais e frutados. Ele possui formato de ampulheta para que a bebida possa permanecer quente por mais tempo.

Prensa Francesa – a Prensa Francesa é o método que melhor preserva o aroma e os sabores do café, conservando os óleos naturais do grão. Ela consiste em um copo cilíndrico de vidro transparente, equipado com uma tampa e um êmbolo, que se encaixam rente ao cilindro, acompanhados de um filtro de aço inoxidável. O método foi reconhecido, em 2005, como a cafeteira mais ecológica do mundo. Nesse TokStories, a Tok&Stok traz a Bodum, marca reconhecida no mercado por oferecer prensas para desse tipo de preparo, além de uma versão prática e “para levar” da marca Pressca, que contará com a venda de diversas cores, além de uma peça em cor cinza com lançamento exclusivo para Tok&Stok.

Cafeteira Italiana – também chamada de Bialetti, a cafeteira italiana vai direto ao fogão e deve ser retirada assim que a água começar a subir. Um truque para manter o sabor original da bebida é adicionar um pouco de água gelada no recipiente superior. Este pequeno ato permite que o líquido não fique amargo.

Minicoador – os coadores de pano deste TokStories trazem o afeto para a rotina da casa. Individuais e de malha, eles são resistentes e permitem o preparado de uma xícara por vez. Para conservar a peça por mais tempo, guarde o coador na geladeira e escalde-o antes de adicionar o pó.

Além dos produtos selecionados, as nove lojas físicas da rede, que apresentam as coleções do TokStories, contarão com a comercialização de sete tipos de café da marca Café Martins, a mesma utilizada no Café Design, presente em algumas lojas da rede. A moagem deste café virá na versão fina, indicada para os métodos de preparo com filtro de papel e Prensa Francesa.

O TokStories Café Baristas acontece de 05 a 30 de setembro no site www.tokstok.com.br e em algumas lojas físicas de São Paulo (Pinheiros, Marginal Tietê, Market Place e Ibirapuera), além de Campinas, Salvador, Curitiba, Rio de Janeiro (Barra da Tijuca) e Porto Alegre.

Sobre a Tok&Stok – A Tok&Stok nasceu em 1978 com o propósito de unir uma loja de móveis, design diferenciado, bons preços e entrega rápida. O “Tok” vem do design inovador dos produtos e o charme das lojas. O “Stok” está presente no atendimento ao cliente disponibilizando a retirada imediata como opção de entrega. A marca Tok&Stok é referência de mercado e vende estilo de vida e inspiração. Está presente em todo o Brasil com 56 lojas, um quiosque e uma plataforma de e-commerce www.tokstok.com.br .

A Cáritas Paraná lança neste mês a campanha “Mi Casa es Tu Casa”

A Cáritas Paraná lança neste mês a campanha “Mi Casa es Tu Casa” para incentivar a doação de móveis, eletrodomésticos, roupas de cama, entre outros artigos, para migrantes venezuelanos que buscam dar mais um importante passo na reconquista da autonomia: ter seu próprio lar.

Por meio do Programa Pana, a entidade proporciona às famílias uma moradia subsidiada durante o período de integração no Brasil, além de acompanhamento psicossocial, oportunidade de qualificação profissional e atendimento jurídico. À medida que recuperam a autonomia financeira e produtiva, começa a fase de transição, quando elas deixam as casas de
acolhida para montarem seu próprio lar – cedendo lugar a novas famílias.

Até o momento, o Pana já atuou no processo de integração de 174 venezuelanos, desde crianças e adolescentes até adultos e idosos. Das 106 pessoas que já saíram do programa, 72 estão exercendo alguma atividade de trabalho. E entre as 50 pessoas, em idade laboral, que continuam sendo atendidas pelo programa, 25 conseguiram se empregar recentemente e, em
breve, passarão a se manter com recursos próprios.

“As doações são fundamentais para facilitarmos essa transição. Montar uma casa, mesmo que apenas com o essencial, envolve muita coisa. Por isso, toda ajuda é bem-vinda e fará a diferença na vida dessas pessoas”, explica Lucas Duarte, educador do Programa Pana e um dos idealizadores da campanha. A campanha vai até 20 de setembro e conta com pontos de arrecadação em Curitiba (Cáritas Brasileira) e em Colombo (Paróquia Santa Terezinha de
Lisieux).

Do que as famílias precisam:
Utensílios de cozinha: panelas, copos, talheres, pratos.
Roupa de cama: travesseiros, lençóis, fronhas, cobertores, toalhas.
Móveis: mesa, cadeiras, sofá, rack, TV, cama, colchão, guarda-roupa.
Itens de limpeza: vassoura, rodo, balde, lixeiras.
Eletrodomésticos: geladeira, fogão.
Pontos de arrecadação:
Cáritas Brasileira
Rua Paula Gomes, 705, 1° andar. São Francisco, Curitiba, PR
Paróquia Santa Terezinha de Lisieux
Av. Marginal Direita, 958. Santa Terezinha, Colombo, PR

A Turma do Ratinho Na comédia: “A Noiva do Defunto”

A Turma do Ratinho

Na comédia:

“A Noiva do Defunto”

A turma do programa do Ratinho se reuniu em uma deliciosa comédia, onde Angelita acaba de ganhar uma herança e para por a mão na bufunfa ela precisa se casar, mas como ela ama sua vida de solteira, tem uma brilhante ideia: casar com um homem que case hoje e morra amanhã! Para achar o candidato a marido/defunto ela vai contar com as trapalhadas de seus empregados interpretados por Milene Pavôro e Tubinho, e para dar ainda mais cor a esta história ela vai chamar também seu primo “alegre” vivido por Murilo Bordoni, o engraçado produtor de palco do programa do Ratinho.

Esta comédia já está há quase um ano em cartaz e vem lotando os teatros por onde passa, arrancando gargalhadas e aplausos do público, em uma hora e meia de gargalhadas literalmente explosivas.

Serviço:

A Turma do Ratinho em “A Noiva do Defunto”

Quando: 07 de setembro (sábado)

Onde: Teatro Bom Jesus

Horário: 20:30

Valores: Os ingressos variam de R$ 25,00 (meia-entrada) a R$ 50,00 (inteira), mais taxa administrativa de R$ 8,00;

Vendas: Disk Ingressos

Classificação: 12 anos