Guairão recebe show em celebração ao Mês da Consciência Negra

Guairão recebe show em celebração ao Mês da Consciência Negra

Na próxima terça-feira (20/11), às 20 horas, o Guairão recebe o show da cantora Sandra de Sá, com a participação especial de Michele Mara, Janine Mathias, Kátia Drumond e da Soulution Orchestra. O evento acontece em celebração ao Mês da Consciência Negra, promovido pela Secretaria de Estado da Cultura (SEEC). Na data também será entregue a premiação às 10 personalidades afro-paranaenses de destaque na sociedade. A entrada é gratuita.

No repertório, além dos sucessos de Sandra de Sá, destaque para as canções autorais Pérola Negra, Esse som é pra dizer e Preta até o osso" interpretadas pelas cantoras convidadas. Já a Soulution Orchestra, vem com um repertório de clássicos internacionais adaptados às Big Bands.

Mais shows
Michele Mara, Janine Mathias, Kátia Drumond se apresentam também em Maringá (23/11), no Palco Resistências; e Ponta Grossa (24/11), no Complexo Ambiental. Os dois shows são abertos ao público e têm entrada livre.

Cantoras convidadas

Michele Mara
Cantora e compositora Curitibana, recebeu em 2017, o prêmio de Personalidade Afro-Paranaense, concedido pelo Governo do Paraná, em cerimônia no Palácio Iguaçu, por se destacar pelo trabalho e compromisso com a promoção da igualdade racial e pelas ações de valorização da população negra.
Foi a vencedora do quadro a Maior Imitadora da América Latina, no programa do Faustão, em 2011, ao imitar a rainha do Soul, Aretha Franklin.
É a organizadora da marcha do orgulho crespo Curitiba, movimento que valoriza a beleza, ancestralidade e estética negra, que começou em SP em 2015 e teve sua 1° edição em Curitiba em 2016, tido como a maior marcha com o maior número de negras (os) da história de Curitiba.

Janine Mathias
Janine Mathias é filha de sambista, nascida em Brasília e, desde 2009, está radicada em Curitiba. A cantora versa entre o rap, o soul e vai até o samba. Acaba de lançar o seu primeiro disco solo, "Dendê". Composto por 10 faixas, o álbum conta com a participação de Rincon Sapiência e traz canções de Leandro Lehart, Martinho da Vila, Tássia Reis e Val Andrade, além de composições próprias.

Kátia Drumond
Cantora e atriz, iniciou a carreira artística em 1984, na cidade de Curitiba. Em 1990 passou a se apresentar também como cantora profissional. Fez shows pelo Brasil e se apresentou também na Argentina, Europa e Japão. Com carreira extensa na música, Kátia é compositora e diretora artística do projeto musical MUV, já abriu shows para Gilberto Gil, Gal Costa, Elza Soares, Lenine, entre outros grandes nomes da música. Em 2012, cantou ao lado de Carlinhos Brown, Michele Mara e Jhonatan Matheus, no show "Criança Esperança 2012", da Rede Globo.
Com o MUV participou de Festivais importantes da música, como Nu Jazz Festival 2012, Lupaluna 2011, Virada Cultural 2012 e Quadra Cultural 2013, entre outros.

Serviço
Mês da Consciência Negra

Curitiba
Show com Sandra de Sá e convidados - Michele Mara, Janine Mathias, Kátia Drumond e Soulution Orchestra.
Dia 20 de novembro, às 20h
Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto Guaírão
Entrada gratuita
Classificação: maiores de 16 anos

Maringá
Show Michele Mara convida Janine Mathias e Kátia Drumond
Dia 23 de novembro, às 21h
Palco Resistências | Travessa Jorge Amado, s/n,
Entrada gratuita
Classificação: maiores de 16 anos

Ponta Grossa
Show Michele Mara convida Janine Mathias e Kátia Drumond
Dia 24 de novembro, às 20h
Complexo Ambiental Ponta Grossa Gov. Manoel Ribas, s/n.
Entrada gratuita
Classificação: maiores de 16 anos

Adversário de “Mineiro” no Brave 18 promete surpreender brasileiro

Adversário de "Mineiro" no Brave 18 promete surpreender brasileiro

Abdul-Kareem Al-Selwady tem menos da metade do número de lutas de seu próximo adversário. No Brave 18 desta sexta-feira (16), ele enfrentará o brasileiro Lucas "Mineiro" com o título linear peso leve do Bravd Combat Federation em jogo. Apesar da desvantagem na experiência, o "Pride of Palestine" (Orgulho da Palestina) promete surpreender o atual campeão interino e levar seu primeiro cinturão internacional de volta para a Jordânia.

Em entrevista à série "Road to Brave", Al-Selwady mostrou um pouco de sua rotina no Texas, onde vive, e garantiu que irá manter a invencibilidade no Brave (são quatro vitórias em quatro lutas, incluindo dois triunfos sobre brasileiros).

"Estou me preparando para os cinco rounds. Claro que se eu puder finalizá-lo ou nocauteá-lo antes vai ser ótimo. Mas tenho treinado para conseguir manter meu plano de jogo por 25 minutos. Essa luta não é o topo da montanha para mim, mas garanto que vai ser o começo de uma grande caminhada na minha carreira. Vou para surpreender", comentou o jordaniano.

Apesar da confiança, Abdul-Kareem, tido como um dos lutadores mais famosos do Oriente Médio, mostrou um lado mais humilde durante o programa. Al-Selwady admitiu que reza também por seus oponentes e declarou que não tem nada contra "Mineiro", chegando a dizer que admira seu próximo adversário.

"Eu tenho uma relação muito próxima com Deus e acredito que isso me dá forças para enfrentar os obstáculos da vida. Tenho como dever rezar por proteção não só a mim, mas a meus adversários também (...) Lucas é um ótimo lutador e desejo tudo de bom a ele", completou.

O Brave 18 terá outras duas lutas de título envolvendo brasileiros. Além de "Mineiro", o paulista Felipe Efrain buscará tirar a coroa peso galo de Stephen Loman, enquanto o catarinense Marcel Adur tenta se tornar o primeiro campeão peso mosca da história do Brave contra Velimurad Alkhasov.

O Brave 18 acontecerá em Isa Town, no Bahrein, nesta sexta-feira (16), e terá transmissão do canal Combate a partir das 13h15.

Card principal
Peso leve: Lucas Mineiro (c) x Abdul Kareem Al Selwady - Pelo título
Peso galo: Abdul Rakhman Dudaev x Joe Taimanglo
Peso pena: Magomedrasul Khasbulaev x Robert Emerson
Peso galo: Stephen Loman (c) x Felipe Efrain - Pelo título
Peso mosca: Marcel Adur x Velimurad Alkhasov - Pelo título

Card preliminar
Peso mosca: Hussain Ayad x Hassan Abo Ali
Peso pena: Akhmed Sheraniev x Antônio Carlos Ribeiro
Peso leve: Luan "Miau" Santiago x Djamil Chan
Peso meio-médio: Goyti Dazev x Vasiliy Kurochkin
Peso casado (73 kg): Cian Cowley x Hardeep Rai
Peso pena: Anzor Abdulkhozjaev x Alexis Savvidis
Peso meio-médio: Mark Kisic x Khamzat Chimaev

CORRENDO PELO DIABETES DESEMBARCA EM CURITIBA

CORRENDO PELO DIABETES DESEMBARCA EM CURITIBA
Iniciativa idealizada pelo maratonista Bruno Helman engaja portadores da doença por meio do esporte

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) mais de 16 milhões de brasileiros sofrem de diabetes. Os dados são ainda mais alarmantes se analisarmos que a taxa de incidência da doença cresceu 61,8% nos últimos dez anos. A enfermidade, que é caracterizada pela elevação da glicose no sangue por conta da insuficiência de insulina no organismo, demanda acompanhamento médico frequente, adequação na rotina e bons hábitos de vida.

Pessoa com diabetes tipo 1, o atleta Bruno Helman, sabe quais são os desafios de conviver com a doença. A surpresa de descobrir a enfermidade veio aos 18 anos exatamente no período em que se preparava para ingressar na graduação de Relações Internacionais. Assustado com o diagnóstico, Helman tomou uma decisão que mudou seu destino para sempre: não deixar que o diabetes limitasse sua vida.

Ele, que sempre praticou esportes, se rendeu de vez a essa prática ao escolher a corrida para homenagear o seu pai, que é amante da modalidade. “Criei o projeto ‘Maratona Pai e Filho’ para correr com ele. Era uma forma de agradecer por todo o apoio que me deu quando descobri a doença e um incentivo para completar minha primeira maratona. Foi o impulso que eu precisava para abraçar o esporte e mostrar para todos que é possível ter uma vida ativa e saudável com diabetes.”

Cada vez mais engajado com o universo da condição, Helman compreendeu que poderia utilizar a corrida como instrumento de educação, inspiração e motivação para outros pacientes. Pensando nisso idealizou o ‘Correndo pelo Diabetes’, que tem o compromisso de levar a corrida para cidades brasileiras em prol da causa, além de compartilhar histórias, trocar experiências, desmistificar a condição do diabetes e discutir os benefícios da atividade física, ajudando assim outros pacientes com diabetes a estarem cada vez mais atentos à própria condição e à importância do acompanhamento médico regular para manter a doença sob controle.

Em 2018, o projeto prevê a realização de cinco eventos gratuitos por capitais brasileiras. Quatro deles já aconteceram, sendo nas cidades de Porto Alegre, São Paulo, Florianópolis e Salvador. A expectativa é ampliar o ‘Correndo pelo Diabetes’, aumentando cinco maratonas a cada ano e percorrer as 27 capitais brasileiras em 2022.

A quinta e última corrida programada para 2018 acontecerá no próximo sábado, 17 de novembro, em Curitiba. Além da prática do esporte, o evento trará palestras ministradas por Helman e equipe médica, alongamento, corrida de 1 km em grupo, sorteio de brindes e encerramento.

“É importante falar que para participar não precisa ser atleta. Basta vir com roupas confortáveis para a caminhada de 1 km. Quem estiver apto, poderá correr. Além disso, antes de cada maratona a ideia é reunir a comunidade local, atletas, simpatizantes e quem mais quiser para batermos um papo sobre saúde e bem-estar, além de compartilharmos nossas experiências.” As inscrições serão feitas no dia do evento, então é fundamental que os interessados cheguem no horário para a lista de sorteio dos brindes. Apenas quem estiver inscrito poderá concorrer ao sorteio.

“O Correndo pelo Diabetes é a forma que encontrei de mostrar que quem tem diabetes pode ter uma vida saudável e ativa, respeitando os limites do seu corpo e condição física. Sou um engajador e ativista desta ideia, principalmente, pela intenção de motivar e incentivar pessoas a terem mais qualidade de vida e a compreenderem que a condição não deve limitá-las. O caminho é o tratamento adequado, a informação, e um estilo de vida positivo, para que possamos sempre aproveitar os momentos doces da vida e aprender com os momentos de dificuldade.”

5ª CORRENDO PELO DIABETES 2018
Data: 17/11/2018
Local: Salão de Atos do Parque Barigui
Al. Ecológica Burle Marx, S/N - Santo Inacio, PR, 82010-715
Horário: 14h30 às 17h30

PROGRAMAÇÃO
​Inscrições: 14h30
Abertura com Bruno Helman: 15h
Palestra com Dr. Mauro Scharf: 15h20
Palestra com Dra. Denise Franco: 15h40
Bate-papo - Diabetes e Atividade Física com Emerson Bisan: 16h
Alongamento/Caminhada /Corrida: 16h20
Sorteio de Brindes e Encerramento: 17h30