GT Building lança série de certificações que atestam a qualidade de seus empreendimentos

Divididos em oito categorias, selos serão a prova real de que a incorporadora entrega os mais diferentes serviços em formato ideal para os clientes

A GT Building – uma das principais incorporadoras imobiliárias do Paraná e pioneira em diversos produtos relacionados ao setor – lança os Selos GT Building, certificações que irão demonstrar quais as virtudes, conceitos, habilidades e serviços oferecidos em seus empreendimentos. São oito diferentes categorias que podem ser aplicadas juntas ou separadamente. São elas: Pet Friendly, Sustentabilidade, Controle por Voz, Personalização, Flexibilidade, Tecnologia, Chave na Mão e Senior Friendly.

Mauricio Fassina, diretor de incorporação da GT Building e um dos idealizadores do projeto, explica como surgiu o plano de criar selos próprios. “Nós temos a pretensão de sempre oferecer aos clientes um conceito inovador, que se alia à tecnologia e à modernidade no setor de construção. A partir desse pensamento, acreditamos que também podemos ser vanguardistas na concepção e validação de certificações exclusivas e que atestem ainda mais a qualidade e os diferenciais que dedicamos a cada projeto”, comenta.

Todos os imóveis do portfólio da incorporadora que ainda não foram entregues estão relacionados a uma ou mais certificações. O Denmark, por exemplo, possui Tecnologia e Controle por Voz. Por sua vez, o Bosco Centrale está relacionado ao selo Sustentabilidade. Além disso, os selos Personalização e Flexibilidade são aplicáveis a quase todos os prédios por serem específicos às mudanças do apartamento, enquanto o Senior Friendly e Pet Friendly possuem uma amplitude de serviços que se espalham por todo o condomínio.

Além dos selos próprios, a GT Buiding também está alinhada a outras certificações de padrão mundial, como o Green Building Council e o Green Building Council Brasil, que garantem a excelência de conceitos sustentáveis em empreendimentos de todo o mundo.

Conheça os selos

Pet Friendly: Este selo constará em empreendimentos que possuirão pet places, ou seja, espaços dedicados exclusivamente ao lazer, atividades e bem-estar dos animais.
Sustentabilidade: Este selo constará em empreendimentos que buscam efetivar o equilíbrio com o meio ambiente ao adotarem práticas sustentáveis como o reaproveitamento de água, uso de luz natural, pontos de carregamento de carros elétricos, tratamento de ruídos, gestão de resíduos e menor consumo de energia.
Controle por Voz: Este selo constará em empreendimentos que terão sistema de automação compatíveis com os dispositivos Alexa e Google Home. Bastará programar uma das Inteligências Artificiais para efetuar facilidades como controle de iluminação e ativação de aparelhos eletrônicos.
Personalização: Este selo chancela o diferencial de exclusividade que a empresa quer entregar ao cliente. O empreendimento que tem o selo permite a mudança na planta de alguns ambientes, bem como alteração dos acabamentos internos, pontos de ilunimação e itens de tecnologia.
Flexibilidade: Este selo garante ao cliente algumas alterações de planta e configuração de cômodos como living ampliado, cozinha e abertura de suites.
Tecnologia: Este selo constará em empreendimentos que possuem segurança e inovação desde a concepção do projeto, disponibilizando acesso facial e biométrico, câmeras inteligentes e, em alguns casos, portaria virtual.
Chave na Mão: Este selo constará em empreendimentos que estarão prontos para morar ou alugar assim que forem entregues. Isso vai desde o mobiliário básico até a decoração do apartamento, que será assinada por arquitetos e designers de interiores de Curitiba.
Senior Friendly: Essa certificação constará em empreendimentos que são específicos para quem quer viver a melhor idade com segurança e conforto. São apartamentos com iluminação controlada por voz, tomadas elevadas, pisos antiderrapantes, portas largas e botões de “help” físicos e por voz.

Sobre a GT Building

A partir de um conceito inovador, aliado à tecnologia, modernidade, qualidade e diferentes projetos de vida, a GT Building faz parte do grupo GT Company, que desde 2017 empreende no setor imobiliário em Curitiba por meio da GT Invest. Com foco na construção de alta qualidade, nos comprometemos com a excelência, ideias inovadoras guiadas pelas mãos dos líderes, a incorporadora chega como uma das maiores empresas do ramo em Curitiba, com 20 empreendimentos em diferentes fases, entre eles o Denmark, Bosco Centrale e o Maison Alto da Glória. Para saber mais, acesse: www.gtbuilding.com.br

A maior animação em stop motion do mundo: novas tecnologias para se ensinar arte

Gulp é um vídeo de animação produzido pela equipe dos estúdios Aardman Animations juntamente com o Estúdio Sumo. Apenas para ter uma ideia da importância dessa empresa para a linguagem da animação, esse estúdio foi responsável pela produção do filme Fuga das Galinhas (2000), que movimentou mais de 45 milhões de dólares.

O projeto de animação foi encomendado pela Nokia, empresa fabricante de aparelhos de celular, que tinha por objetivo divulgar o “Nokia smarthphone N8”.

Nessa animação, existe um pescador que, durante o seu ofício, acaba por enfrentar uma circunstância nada comum. Enquanto fisgava os peixes, o pescador é engolido por um enorme tubarão. Dentro do estômago do peixe, o pescador se depara com um ambiente escuro, no qual descobre haver uma bomba. Ao explodir, a bomba acaba por devolver o pescador para a superfície. Posteriormente à explosão, a animação segue a normalidade até o final do filme.

Gulp entrou para Guinness Word Records como a maior animação em stop motion do mundo, pois utilizou o maior cenário já realizado para uma animação realizada nessa técnica. Geralmente uma animação quadro-a-quadro, como é conhecida a técnica do stop motion, é realizada a partir de frames (imagens) que são dispostas em ordem dentro de uma fração temporal.

No caso de Gulp, a animação foi realizada em uma praia no sudoeste do País de Gales chamada Pendine Sands, ou seja, o espaço fotografado no stop motion foi muito maior do que uma maquete de mesa para animação de bonecos tridimensionais ou uma perspectiva representada em uma folha de papel em uma animação bidimensional. A animação utilizou como suporte a própria praia da cidade.

Aqui poderíamos estabelecer conexões entre a animação Gulp e o ensino de artes visuais. Gulp pode permitir ao professor de arte, que trabalha no ensino básico, a possibilidade de articular na unidade temática de artes visuais os diversos objetos do conhecimento e habilidades em sua disciplina.

Para isso, sugere-se aqui a utilização dos princípios da educomunicação, que visam, dentre outras coisas, a educação por meio da utilização de tecnologia, partindo do princípio de que é possível a uma aprendizagem coletiva e significante.

Em Gulp, por exemplo, o professor poderá trabalhar com contextos e práticas, quando promover a apreciação e analise de formas distintas das artes visuais, nas quais discutam-se aspectos de percepção, imaginário e a capacidade de simbolizar. Poderá ainda propor aos estudantes um diálogo entre a animação vista e o movimento da Land Art e, com isso, promoveria a pesquisa e análise de estilos visuais variados, contextualizando-os no tempo e no espaço.

Talvez, a grande reforma do ensino, tão esperada por muitos, aconteça quando os educadores se conscientizarem, como já previa Paulo Freire, de que existe o mundo de seus estudantes e que se trata de uma realidade mediada pela tecnologia.

As necessidades e anseios do jovem de hoje precisam ser administradas pelo professor de forma que prolifere uma atmosfera propícia ao aprendizado autônomo, na qual leve-se em conta a troca de experiências, o conhecimento prévio dos estudantes, suas necessidades e seus costumes.

Gulp, portanto, é um pretexto para discutirmos a boa educação em arte, aquela que promove, de acordo com o professor Dr. Clóvis de Barros Filho. “a vida que vale a pena ser vivida”.

Autor: André Luiz Pinto dos Santos é professor especialista nos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Artes Visuais do Centro Universitário Internacional Uninter.

App Ensina oferece mais de 150 cursos de capacitação

Plataforma dispõe de aulas que podem ser realizadas a partir do celular. Usuário escolhe quantos títulos quer estudar e recebe certificado de conclusão.

Em período de isolamento social, a internet tem sido a principal aliada para a realização de praticamente todas as atividades do dia a dia. Assim como nos demais segmentos, as instituições de ensino, públicas e privadas, tiveram que se reinventar do dia para a noite para adaptação à nova realidade, as aulas online. Para isso, a tecnologia é primordial. A demanda por estudo a distância aumentou, assim como as opções de cursos. Estudo remoto é a nova realidade.

Muitos têm aproveitado o momento para fazer algumas reciclagens e estudos em áreas diversas. Com assinatura mensal, o Ensina oferece aulas com duração média de 3 horas, cada aula tem duração máxima de 4 minutos que podem ser acompanhadas, desde um computador, celular ou tablet. Indicado para jovens e adultos que estão se planejando para terem o próprio negócio ou darem uma turbinada no currículo.

“O Ensina foi desenvolvido para o público que precisava de algum tipo de capacitação para melhorar sua performance como empreendedor ou para desenvolvimento pessoal e não conseguia parar alguns minutos, antes de COVID-19 e quarentena. Hoje, com o cenário de isolamento social, o produto tem sido grande aliado daqueles que, em casa, buscam otimizar o tempo investindo em cursos online. O app oferece cursos livres, de especialização ou qualificação, em Gestão e Negócios, entre outros segmentos”, comenta Marcus Garcia, VP de produtos da FS, empresa desenvolvedora de produtos e serviços em segurança digital.

Como iniciar no Ensina by FS

Com assinatura mensal, o aplicativo pode ser baixado no celular, tablet ou computador. O internauta assiste as aulas online ou off-line e ainda recebe certificados personalizados, ao final dos cursos. Ao iniciar a navegação na plataforma deverá informar qual o principal objetivo no Ensina e selecionar quais os temas de interesse, entre eles Desenvolvimento Pessoal, Direito, Estilo de Vida, Tecnologia e mais.

Feito isso, o próximo passo é escolher os cursos. Entre os títulos e temas estão: Inglês para Atendimento, Beleza e Estética, Tecnologia, Comunicação para Vendas, Planejamento e Gestão de Carreira, todos ministrados por especialistas. No período da assinatura, o usuário pode realizar todos os cursos disponíveis.

“Os cursos disponíveis são das categorias livres, de atualização, especialização ou qualificação. Os certificados de conclusão são para que os clientes utilizem como horas complementares ou para comprovação de curso livre realizado. Não são certificados reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC), uma vez que a entidade só autoriza cursos de graduação e pós-graduação”, explica Garcia.

A cada mês, os assinantes recebem alertas de novos cursos inseridos no aplicativo e assim podem customizar seu ambiente de aula com seus objetivos e interesses de aprendizado.

O Ensina by FS já está disponível para download na Play Store do Google ou App Store da Apple. Os primeiros sete dias tem gratuidade e, após o período de degustação, o valor da mensalidade é de R$ 8,90.

Sobre a FS

Fundada em 2010, a FS desenvolve produtos e serviços de segurança digital, cloud solutions, seguros, assistências, suporte técnico e mobile learning. A empresa é atualmente líder de serviços de valor agregado para operadoras de telecomunicações e varejistas. Está presente em todos os estados brasileiros e já registra a marca de mais de 1 milhão de pessoa que adotaram o Hero como ferramenta de segurança.

A FS já conquistou certificados importantes do segmento, entre eles: Finalista do Prêmio Reclame Aqui (edições 2018 e 2019), XVIII Prêmio ABT (Excelência no Relacionamento com o Cliente) e ABEMD (Associação Brasileira de Marketing de Dados). Recentemente conquistou o prêmio Líderes do Brasil 2019 na categoria Tecnologia.

Divulgação cultural vence barreiras na quarentena

Lívia Zeferino*

Enquanto estamos em casa enfrentando um alto nível de ansiedade quanto à saúde de nossas famílias e em relação ao futuro, algumas pessoas sintonizaram suas antenas criativas e estão nos oferecendo formas de lidar um pouco melhor com o isolamento.
São os artistas, essa classe muitas vezes mal compreendida, mas que tem conseguido romper barreiras neste momento de quarentena. Graças ao trabalho sensível e à interação com diversos públicos, caíram muros de separação relacionados, principalmente, ao preconceito e à tecnologia.
Temos o exemplo da Orquestra Sinfônica do Paraná, que gravou uma versão emocionante para o “Trenzinho do Caipira” de Villa-Lobos, com cada músico em sua casa e a regência do maestro Stefan Geiger, feita diretamente de sua residência na Alemanha. Ao final, a cantora e atriz Uyara Torrente faz um solo da canção escrita por Edu Lobo. O resultado ficou tão bem-acabado que logo viralizou, de forma a alcançar espectadores que jamais estiveram na plateia de um concerto.
O caso do teatro é ainda mais emblemático. Em sua luta por ampliar audiências e ultrapassar estigmas, grupos como o curitibano Ave Lola iniciaram novas formas de alcançar seus fãs e públicos ainda mais abrangentes. A solução encontrada durante o período de isolamento foi criar a websérie “Viver no teatro em tempos de reclusão”, com depoimentos sobre dramaturgia e o fazer teatral, que envolveram quase 500 visualizações a cada capítulo.
As visitas digitais a museus também têm permitido um vínculo maior com as artes visuais, com destaque para o envolvimento de famílias ao redor do mundo na recriação de obras de arte dentro de casa, em fotografias pitorescas.
Esse papel do artista de agregar multidões, ao mesmo tempo em que fala individualmente aos corações, sempre foi fundamental, mas talvez estivesse um tanto quanto soterrado em nosso dia a dia de correrias pelo mundo. A arte é um dos poucos atalhos para a reflexão, rumo à calma interior que leva à transformação e mudanças de pensamento e comportamento.

Ela tem esse poder. Seja por meio da música, da dança, do teatro, um poema ou uma gravura. E mesmo nesse período tão conturbado, é muito importante que o artista continue ativo. A arte vive disso, ela não entra em “suspensão de contrato”.

Além de essas iniciativas ajudarem quem está em casa com muita ansiedade e, por que não, solidão, o ato de refletir decorrente da experiência artística traz mais calma a respeito do futuro – a vida não será a mesma depois. E o que você vai fazer dela?

É possível dizer que esse engajamento entre público e artistas sairá da quarentena para ficar, com um novo valor para a arte. É importante, porém, que a comunicação e divulgação que estão sendo realizadas neste momento não sejam negligenciadas depois, e nada melhor do que contar com apoio profissional para isso, pensando em um planejamento mais amplo de marketing cultural e digital.

É claro que a arte presencial nunca será substituída, mas a experiência que os próprios artistas estão tendo com a tecnologia tem trazido novos recursos a eles, de forma a agregar para sua criação agora e no pós-pandemia.

Esses são exemplos de como a arte nos ajuda na crise e como ela quebra barreiras – é o momento para a arte virar o jogo e mostrar sua verdadeira cara: da solidariedade, proximidade e engajamento.

* Lívia Zeferino é jornalista, atriz e especialista em comunicação cultural da Smartcom – Inteligência em Comunicação.

Sobre a Smartcom: Agência de comunicação sediada em Curitiba, a Smartcom oferece serviços de gerenciamento e conteúdo para redes sociais, assessoria de imprensa internacional, design, endomarketing e auditoria de posicionamento interno e externo. Com braços na Alemanha, Argentina e no interior do Paraná, além de profissionais de comunicação qualificados, garante a conexão entre os pontos envolvidos no segmento do Business to Business, que envolvem newsletters, revistas institucionais internas e externas, informativos, bem como ações de relacionamento individualizado com influenciadores digitais e da mídia. O portfólio de clientes é composto por companhias das áreas de Papel e Celulose, Tecnologia, Meio Ambiente, Saúde, Cultural, Terceiro Setor, Alimentação, Automotivo, Comércio e Indústria, Trânsito & Transporte e Direito.

Viña Concha y Toro certifica seu laboratório de pesquisa para diagnóstico do COVID-19 e doa 50 mil litros de álcool gel e desinfetante

Além de certificar seu laboratório de biologia molecular para a detecção do COVID-19, a Viña Concha Y Toro transferiu equipamentos para outras instituições para aumentar sua capacidade de diagnóstico. Além disso, doará 50 mil litros de álcool gel e desinfetante.

(Santiago, 30 de abril, 2020) - Dada a complexa crise da saúde no Chile e no resto do mundo, a Viña Concha y Toro realizou duas grandes iniciativas que fazem parte de sua contribuição ao Fundo Privado de Emergência em Saúde, promovido pela Confederação de Produção e Comércio (CPC).

O laboratório de biologia molecular do Centro de Pesquisa e Inovação (CII) de Viña Concha y Toro foi certificado pelo Laboratório de Pesquisa Biomédica da Universidade Católica de Maule (UCM) para operar sob a dependência do Serviço de Saúde Maule e realizar testes para a detecção de SARS-Cov2 ou COVID-19, como parte da rede de laboratórios articulados pelo Ministério da Ciência, Inovação, Conhecimento e Tecnologia.

Os recursos do laboratório de biologia molecular da CII destacam-se pela robotização e automação de seus processos, incluindo, entre outros, um equipamento Hamilton Microlab STARLet que processa 2.300 amostras diariamente e um qPCR Thermofisher QuantStudio 5 com capacidade de diagnóstico de 768 amostras por dia.

Eduardo Guilisasti, gerente geral da Viña Concha y Toro, explicou que “queremos aproveitar para usar nossa capacidade de colaborar, para superar conjuntamente essa crise, apoiando a prevenção e o diagnóstico precoce. Como parte de nossa contribuição para o Fundo Privado de Emergência em Saúde, juntamente com a doação de álcool em gel às autoridades, também disponibilizamos equipamentos de ponta e nossa equipe de profissionais do Centro de Pesquisa e Inovação. "Esse marco completa uma primeira etapa que também incluiu a transferência de equipamentos para extração de RNA para a UCM e o Hospital de Talca”, acrescentou.

Esta entrega inclui um gabinete de biossegurança nível 2 ESCO SC2-4E1 e a máquina MagMAX Express 96 Purification System que oferece a possibilidade de quadruplicar a capacidade de extração de amostras por dia, além da doação de kits de purificação para realizar 1.500 extrações de ARN e participação como consultores em equipes de trabalho coordenadas pela autoridade.

"Em tempos de crise, esse tipo de colaboração reafirma o significado mais profundo da aliança público-privada-acadêmica, que é o bem comum e a prosperidade do nosso país. Quero agradecer ao Ministério da Saúde, Ciências, UCM e a cada um de nossos colaboradores por nos permitir tornar isso possível ", afirmou Gerard Casaubon, diretor do Centro de Pesquisa e Inovação da Viña Concha y Toro.

Por sua vez, o ministro da Ciência, Tecnologia, Conhecimento e Inovação, Andrés Couve, destacou que a comunidade científica organizada hoje contribui para o trabalho essencial de combate a essa pandemia : “Graças à atuação de 5 escritórios regionais do Ministério da Ciência, em coordenação com equipes do Ministério da Saúde, do Instituto de Saúde Pública e da generosidade da sociedade científica, das comunidades acadêmicas e do mundo privado, hoje nosso país se destaca por a capacidade de diagnóstico do COVID-19 de maneira articulada e descentralizada”, disse.

Além do exposto, a Viña Concha y Toro fará uma doação de 50 mil litros de álcool gel e desinfetante em diferentes formatos, o que permitirá alcançar pessoas e organizações que o necessitem. Entre eles, a rede de laboratórios de diagnóstico COVID-19, redes de saúde do Ministério da Saúde e comunidades. Destes, 40 mil litros correspondem ao álcool gel fabricado com álcoois da empresa através da Winkler e 10 mil litros de desinfetante fabricados na planta de Lontué em Viña Concha y Toro e que serão entregues ao escritório de administração da região de Maule para distribuição local.

A SOCIEDADE MUNDIAL VIVE A ACELERAÇÃO TECNOLÓGICA EM TEMPOS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL

Vivemos um momento de intensas mudanças, com novos hábitos de consumo e necessidade de se reinventar, tanto nos negócios como na carreira. Para discutir essas mudanças rápidas que estão ocorrendo no mundo por conta da Covid-19, a Neoconnection promoveu na última quinta-feira, dia 02, uma Live com Gil Giardelli, um dos maiores difusores de conteúdos ligados à futuro, tecnologia e inovação no Brasil e no Mundo. O tema abordado foi “Sociedade 5.0 e Inovação Global. E Agora?”

Intermediada pela diretora da Neoconnection, Maria Almeida Garcia, a Live com grande interatividade do público, destacou o momento atual, em que a sociedade está conectada em um ambiente global, sem fronteiras. Segundo Gil Giardelli, as relações de trabalho, hoje home office, em grande parte, por conta da necessidade de distanciamento humano para evitar a contaminação pelo Covid-19, estão promovendo uma grande mudança de comportamento, com maior uso de tecnologia para reuniões à distância, palestras, aulas e compras on-line.

Sociedade mais tecnológica

A comunidade científica também tem explorado bastante o uso da tecnologia para se manter conectada, acompanhando e interagindo em busca de soluções para combater o novo coronavírus. Ao todo, já foram realizados mais de 26 mil estudos com o Covid-19, utilizando a Inteligência Artificial.

As indústrias e o comércio estão vivendo um novo momento, com a necessidade de rever o seu negócio, inovando os seus processos e canais. Gil Giardelli destaca que os monopólios precisam rever seus negócios, os micronegócios e a economia compartilhada ganham força na nova era.

Ele ainda ressalta que a projeção do período de distanciamento social deve ser longo, em torno de 18 meses. A sociedade vai passar por momentos difíceis, com picos de quarentena e retornos a vida normal. Será uma mudança de era, com receio de caos social em alguns países, mas depois deste período a humanidade sairá fortalecida.

Distanciamento Social X Distanciamento Digital

Com tudo isso, a tendência é que com o distanciamento social, ocorra em paralelo o distanciamento digital. “Não podemos ficar 16 horas em casa somente olhando para uma tela. Experimente a desconexão”, destacou.

Dificuldades

Ele destacou as dificuldades que as empresas vão encontrar para manter os empregos e a suas atividades, pois 80% das empresas não possuem capital de giro para sustentar as despesas por mais de 30 dias.

Ressalta que todos terão que se reinventar e contribuir para sobreviver neste período, com redução de salários, tanto por empresas como pelo poder público, incluindo o executivo, legislativo e judiciário. “É um absurdo, num momento como este, o judiciário aprovar bônus porque está trabalhando em casa”.

Realidade Virtual

Um dos setores mais afetados neste momento, o do turismo, terá que adotar novas estratégias para se manter no mercado. Ele exemplificou o uso da Realidade Virtual, amplamente utilizada na China, por 90% dos habitantes. Giardelli argumentou que os Programas de Realidade Virtual possuem uma sensação muito próxima de estar presente fisicamente. “A realidade virtual, certamente, vai ajudar muitas empresas, não só no turismo. Em Manaus, por exemplo, já existe robô ajudando a população nessa linha”.

Blockchain no Agronegócio

Um dos setores mais sólidos no Brasil, o agronegócio tem inovado bastante os seus processos com o uso da blockchain para toda a cadeia do agrobusiness. Ele destaca o case da Unilever, que implementou um projeto que monitora e fiscaliza toda a cadeia de produção, desde as sementes até a entrega nas prateleiras dos supermercados.

Roboticista

Em alta, os cursos de Roboticistas (aquele que mexe com robôs eletrônicos e humanoides), ainda são pouco ofertados. Segundo ele, existem mercados ansiosos por esta profissão, pois cada vez mais humanos devem ter interação com robôs humanoides.

Giardelli disse que engenheiros agrônomos, por exemplo, podem ter que assumir várias funções, desde operar uma máquina de colheita, até fazer relatórios de análises de dados como um analista de dados.

Na Educação

A transformação está sendo ampla na educação. O ensino à distância está ganhando força, mas ainda é preciso inovar o conteúdo. Ele cita o exemplo da Escola Eurekando de Curitiba, que trabalha com professores do Século XXI, trazendo a tecnologia para as crianças. É um modelo similar utilizado em São Paulo, a Explore. O ensino é pautado no futuro, com conteúdo criativo e ensino do empreendedorismo.

Redes Sociais Neoconnection 4.0

www.instagram.com/neoconnection4.0/

https://www.facebook.com/neoconnection4.0/

Tecnologia na educação especial: meio efetivo para o desenvolvimento

Jogos e aplicações disponibilizados em ferramentas como a Mesinha Digital Quinyx auxiliam na comunicação e outros processos de aprendizagem

Crianças especiais, sejam portadoras de síndromes ou deficiências, normalmente enfrentam desafios relacionados à aprendizagem. Na mesma medida, as instituições de educação especial que as atendem precisam de ferramentas que incluam e despertem a vontade de aprender. Nesse cenário, uma grande aliada tem sido a tecnologia.

Por meio de jogos eletrônicos e aplicações desenvolvidas com essa finalidade, se promove o desenvolvimento sensório, motor e cognitivo de forma prazerosa e eficaz. Além disso, esses fornecem aos educadores mais ferramentas para exercitar o conteúdo teórico. Uma solução que vem contribuindo com esse processo é a Mesinha Digital Quinyx. Em função do sistema operacional Android e o software aberto, permite o acesso a inúmeros jogos e aplicativos por meio do Google Play.

"O equipamento não se limita aos jogos pré-instalados. Assim, mesmo que não haja um app específico para determinada necessidade especial, os adultos responsáveis, sejam professores, pais ou terapeutas, podem baixá-los conforme a preferência. "Além disso, o dispositivo já é entregue com aplicativos indicados para crianças autistas, com síndrome de down, deficiência auditiva ou visual e possui acessórios opcionais que facilitam o uso por crianças com dificuldade motora", explica Rejane Mello, pedagoga, professora de inglês e consultora pedagógica da 18 Gigas, representante da tecnologia no Brasil.

Outras vantagens da Mesinha Digital Quinyx são a possibilidade de sociabilização, já que pode ser usada simultaneamente por até seis crianças, e o incentivo ao interesse de romper com a limitação na comunicação. Isso é o que vem ocorrendo no Educandário São Batista, localizado em Porto Alegre (RS). Na instituição, que atende 176 crianças divididas entre Escola Especial e Clínica de Reabilitação, o equipamento está trazendo bons resultados.

"Toda criança e adolescente tem muita curiosidade, vontade de mexer em computadores, tablets e smartphones. A Mesinha Digital Quinyx engloba todos esses dispositivos e faz com que muitos sintam-se incluídos digitalmente, explorando imagens e sons enquanto desenvolvem habilidades óculo-manuais, raciocínio lógico, atenção, tempo, ritmo, foco, memória, socialização, limites, tolerância e etc", afirma a professora de teatro, Educação Física e Informática que atua no educandário, Betha Medeiros.

Aplicativo Falaê auxilia na comunicação das crianças especiais

O Falaê, aplicativo de Comunicação Alternativa desenvolvido de forma voluntária pela HP do Brasil, em parceria com o Educandário São João Batista, está sendo utilizado com sucesso por crianças que apresentam dificuldades de fala.

O app, que agora também é distribuído a outros usuários de educação especial da Mesinha Digital Quinyx, possibilita a comunicação com a utilização pictogramas (imagens ou símbolos), os quais representam palavras (verbos, substantivos, adjetivos, entre outros).

"O recurso auxilia no desenvolvimento da comunicação, pois os símbolos e sons se transformam na voz das pessoas que não conseguem falar. Por meio das pranchas elaboradas individualmente, o usuário pode mostrar o que pensa, o que tem vontade de dizer ou fazer de forma mais precisa e rápida. Nas aulas, por exemplo, fazemos chamada com a foto e o nome de cada aluno. A alegria em ouvir o próprio nome e ver sua foto é grande, proporcionando uma sensação de pertencimento", comenta Betha.

"Além disso, os alunos que não conseguem falar, muitas vezes se mostram desconfortáveis e, por não conseguirem expressar o que sentem, ficam frustrados e irritados. Com o Falaê, eles conseguem aprender a se comunicar sem precisar passar por tanto constrangimento ou dor", frisa a professora.

Mesinha Digital na educação: aprendizado por meio do lúdico-pedagógico

Educação infantil e especial podem se beneficiar da tecnologia para proporcionar desenvolvimento cognitivo e de outras habilidades

Desde muito pequenas, as crianças de hoje convivem com os recursos tecnológicos. Mesmo antes de aprenderem coisas simples como amarrar os sapatos ou escovar os dentes, já estão familiarizadas com o ambiente online. Se esse tipo de ferramenta faz parte do dia a dia dos chamados nativos digitais, nada melhor do que incorporá-la ao ambiente educacional. Foi com esse objetivo que foi desenvolvida a Mesinha Digital Quinyx.

O recurso, que já faz parte do dia a dia de instituições de ensino públicas e privadas, além daquelas voltadas à educação especial, como é o caso das APAEs, visa impulsionar o desenvolvimento cognitivo e outras habilidades, que envolvem os aspectos emocional, social e ético.

"Entre elas podemos citar o aprender a ganhar e perder, o senso de autoavaliação e de responsabilidade, saber cooperar e colaborar, lidar com regras, comunicar-se bem e atuar em ambientes de competição saudável, além de agir positivamente para o bem comum e ter respeito, aceitação e tolerância com as diferenças", afirma Rejane Mello, pedagoga, professora de inglês e consultora pedagógica da 18 Gigas, representante da tecnologia no Brasil.

A Mesinha Digital Quinyx, que possui tela com tecnologia touch capaz de reconhecer o toque humano e também diversos objetos, conta com sistema operacional Android. No sistema vêm instaladas mais de 300 atividades lúdico-pedagógicas divididas por diferentes níveis de abordagem, que podem ser adaptadas a diversas línguas, como português, inglês e espanhol. "Entre os temas pré-instalados estão alfabetização, libras, línguas, ciências, matemática, geografia, história, ilustração e cores, memória, coordenação motora, percepção visual, raciocínio lógico e várias outras", comenta Rejane.

Mesinha Digital Quinyx na educação especial

Para as crianças de educação especial há ainda a possibilidade de fazer diversas adaptações. "Nós podemos desenvolver, por exemplo, suportes especiais com alteração de altura para atender crianças com diferentes estaturas, desde aquelas que ainda não se levantam até as que usam tipos de cadeiras de rodas mais altas. Outra possibilidade é a conexão de teclados em braile para crianças cegas ou com baixa percepção visual", explica a consultora pedagógica.

Um dos maiores destaques no mercado é que a Mesinha Digital Quinyx possui software aberto. Ou seja, por contar com o sistema Android, é possível encontrar centenas de bons jogos gratuitos, tanto para a educação infantil quanto para as áreas assistivas ou de educação especial. Já os sistemas fechados, por exigirem a compra de novas aplicações somente do fabricante do equipamento, restringem o poder de escolha ao usuário, elevam o preço e diminuem a oferta. "É importante frisar a segurança do equipamento, já que possui controle parental capaz de restringir o acesso a funções e aplicativos", ressalta Rejane.

Mais informações sobre a Mesinha Digital Quinyx pelo site www.mesinhadigital.com.br

Brasil foi o segundo país que mais Tweetou durante a cerimônia do Oscar 2020

O filme Parasita também teve grande destaque na plataforma e foi o mais comentado da noite

Durante a cerimônia do Oscar 2020 (@TheAcademy), realizada na noite de ontem (9) em Los Angeles, nos EUA, os fãs de cinema movimentaram o Twitter globalmente com milhões de comentários sobre as celebridades que passaram pelo tapete vermelho, os indicados e os grandes vencedores do prêmio. O Brasil foi o segundo país que mais Tweetou sobre o evento durante a sua transmissão, ficando atrás apenas dos EUA.

O cineasta sul-coreano Bong Joon-ho, diretor do filme vencedor de quatro estatuetas ‘Parasita’ (@ParasiteMovie), foi o mais comentado da noite no Twitter no mundo. Joaquin Phoenix, que levou o prêmio de Melhor Ator por sua atuação em ‘Coringa’ (@jokermovie), ficou em segundo lugar; seguido de Eminem (@Eminem), Brad Pitt e Natalie Portman. A atriz usou uma capa com nomes de diretoras que não foram indicadas ao prêmio e também ganhou destaque nos comentários na plataforma durante o tapete vermelho, ficando em primeiro lugar na lista. Joaquin Phoenix figurou em segundo lugar, seguido de Margot Robbie (@MargotRobbie), Timothée Chalamet (@RealChalamet) e Spike Lee.

O filme ‘Parasita’ também teve grande destaque nos picos de conversas sobre o #Oscars no Twitter no mundo. O maior pico aconteceu no momento em que o longa foi anunciado o grande vencedor da noite pelo prêmio de Melhor Filme. Completam a lista o momento em que Joaquin Phoenix recebeu a estatueta de Melhor Ator, e o reconhecimento de Bong Joon-ho como melhor diretor.

Entre os filmes mencionados no Twitter globalmente durante a premiação, o mais lembrado foi ‘Parasita’, seguido por ‘Coringa’, ‘Era Uma Vez Em... Hollywood’ (@OnceInHollywood), Jojo Rabbit (@JojoRabbitMovie) e Toy Story 4 (@ToyStory) - todos vencedores de prêmios.

Confira abaixo alguns Moments sobre o evento:

1, 2, 3, 4! 'Parasita' leva melhor filme e se consagra no Oscar de 2020
O que representa o Oscar de melhor filme a uma produção em língua não inglesa?
O Eminem apareceu de surpresa no Oscar... e ~colocou o Scorsese pra dormir
O look de Natalie Portman no Oscar tem uma mensagem importante
Os melhores looks do tapete vermelho do Oscar

Sobre o Twitter
O Twitter mostra o que está acontecendo no mundo agora e o que as pessoas estão falando neste exato momento. De últimas notícias e entretenimento a esportes e interesses cotidianos, incluindo conteúdos ao vivo, é possível encontrar todos os lados de uma mesma história nas conversas em que todos estão convidados a participar. Disponível em mais de 40 idiomas em todo o mundo, o serviço pode ser acessado via twitter.com e dispositivos móveis. Para mais informações, visite about.twitter.com, siga @Twitter e baixe os aplicativos do Twitter e do Periscope via twitter.com/download e periscope.tv.

Positivo Tecnologia apresenta produtos para o varejo na Home Show Curitiba

Norberto Maraschin, vice-presidente de Negócios de Consumo, também fará palestra sobre tecnologia e seus impactos nos negócios

Curitiba, 21 de janeiro de 2020 – Até quinta-feira, 23, a Positivo Tecnologia participa da Home Show Curitiba, no Expotrade Convention Center, em Pinhais/PR. No encontro das indústrias de eletrônicos, móveis e eletrodomésticos com varejistas, a fabricante mostra seu portfólio de marcas próprias e representadas, como Positivo, Positivo Casa Inteligente, VAIO, Anker e 2 A.M..

Além de conhecer os produtos da Positivo na área de exposição, os visitantes da Home Show Curitiba podem assistir à palestra “A nova onda tecnológica e seus impactos para os negócios”, que será ministrada nesta quarta-feira, 22, às 10h20, por Norberto Maraschin, vice-presidente de Negócios de Consumo da Positivo Tecnologia.

O evento conta com a presença de mais de 60 indústrias e o objetivo de ampliar e fortalecer relações com varejistas regionais e nacionais.

Serviço: Positivo na Home Show Curitiba

Data: de 21 a 23 de janeiro de 2020

Horário: das 11h às 19h

Endereço: Rodovia Deputado Leopoldo Jacomel, 10454 - Vila Amélia, Pinhais – PR

Informações: http://www.homeshowcuritiba.com.br/

SOBRE A POSITIVO TECNOLOGIA:

A Positivo Tecnologia é uma empresa brasileira que fabrica e comercializa computadores, celulares, servidores, tablets, acessórios, tecnologias educacionais e soluções de Internet das Coisas para casas e estabelecimentos comerciais. Faz parte do Grupo Positivo, conglomerado de empresas com atuação nos segmentos educacional, editorial, gráfico, cultural e de eventos. Foi fundada em maio de 1989. Possui sede administrativa em Curitiba (PR), três fábricas no Brasil, além de operações na Argentina, Chile, Quênia, Ruanda, China e Taiwan. O portfólio de marcas próprias e representadas é composto por Positivo, Positivo Casa Inteligente, Positivo BGH, VAIO, Quantum, Anker, 2A.M. e Accept. Para informações adicionais, acesse www.positivotecnologia.com.br

EXPERIÊNCIAS E TECNOLOGIA DÃO O TOM DO NATAL NAS EMBALAGENS DOS PANETTONES KOPENHAGEN

EXPERIÊNCIAS E TECNOLOGIA DÃO O TOM DO NATAL NAS EMBALAGENS DOS PANETTONES KOPENHAGEN
Caixas pop-up e Realidade Aumentada trarão interação com produtos da marca

São Paulo, Novembro de 2019 – Em 2019, o Delicioso Espetáculo do Natal Kopenhagen acompanhará o consumidor na jornada da loja até sua casa. Além dos produtos clássicos e lançamentos natalinos, a marca inova mais uma vez e apresenta embalagens pop-up, que extrapolam dimensões e saltam para a experiência do consumidor, e a tecnologia de Realidade Aumentada nas caixas de oito sabores de panettones.
downloadAttachment&Message%5Buid%5D=156123&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P152MB2802CCA830F221DB165C86238A550%2540CP2P152MB2802.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P152MB2802CCA830F221DB165C86238A550%40CP2P152MB2802.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.3
As embalagens recebem um cuidado especial este ano, ela envolve o Panettone Kopenhagen, presente esperado que cria ligações emocionais e deixa boas memórias. Em 2019, a marca traz uma experiência de encantamento para fazer com que o produto seja lembrado futuramente. O consumidor terá uma grande surpresa com as caixas que revelarão o espetáculo que a marca preparou para a data. O efeito pop-up apresentará os personagens em um cenário na noite de Natal, com o Papai Noel chegando em seu trenó, o Soldadinho montando a árvore e a Bailarina rodopiando pela festa, com riqueza de cores, imagens e detalhes. O pop-up, até então um trabalho conhecido por ser manual, é alcançado graças à inovação e tecnologia aplicada ao processo que a Kopenhagen trouxe para a produção da embalagem dos produtos no Brasil.

“Para o Natal 2019 da Kopenhagen buscamos apresentar ao consumidor uma experiência completa para tornar essa data inesquecível. Queremos convidá-los a viver toda a magia com a marca e se encantar com nossos produtos, luzes, músicas e personagens.”, afirma Maricy Gattai Porto, Diretora de Marketing da Kopenhagen.

Para se conectar ainda mais com o consumidor, a Kopenhagen apostou na Realidade Aumentada com uma tecnologia avançada, inovadora e nunca lançada no Brasil, ao desenvolver uma elaborada programação que permitirá a interação com o produto sem ser necessário realizar o download de nenhum aplicativo próprio*. Ao apontar a câmera do celular para o QR Code da embalagem, o consumidor será transportado para o delicioso universo de Natal criado pela marca, onde viverá em uma história lúdica e repleta de significado. Além de conhecer o palco espetáculo, o consumidor poderá tirar downloadAttachment&Message%5Buid%5D=156123&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P152MB2802CCA830F221DB165C86238A550%2540CP2P152MB2802.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P152MB2802CCA830F221DB165C86238A550%40CP2P152MB2802.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.5uma selfie com os tradicionais personagens que fazem parte dessa festa.

“Nós estamos sempre atentos às novidades do mercado e em como traduzir a modernidade que encontramos para o nosso público, e foi assim que desenvolvemos e produzimos a Realidade Aumentada, com vários elementos animados e simultaneamente sincronizados com música, sem precisar realizar download de aplicativo próprio, algo que era impossível de ser realizado até seis meses atrás”, finaliza Maricy.

*Os aparelhos que não contam com leitor de QR Code acoplado à câmera do celular devem contar com o app que faça leitura do código.

[+] SOBRE A KOPENHAGEN
Marca de luxo com 91 anos de história que se mostra ousada e inovadora. Esta é a Kopenhagen, líder e precursora no segmento de chocolates finos no Brasil que, desde 1928, está presente nos mais doces momentos dos fãs e apreciadores dos sabores únicos de seus produtos.
A Kopenhagen demonstra ser a escolha certa na hora de presentear ou degustar clássicos como: Nhá Benta, Língua de Gato, Chumbinho, Lajotinha, Bala Leite ou Cherry Brandy. Hoje, a marca possui mais de 380 lojas, duas delas lojas-conceito, uma na cidade de São Paulo, na Rua Oscar Freire, e a outra no Rio de Janeiro, no Village Mall.

Para saber mais sobre a Kopenhagen, visite o site e as redes sociais:
Site Kop Club: www.kopclub.com.br
Facebook: www.facebook.com/ChocolatesKopenhagen
YouTube: www.youtube.com/user/ChocolatesKopenhagen
Instagram: @Kopenhagen_
Loja: loja.kopenhagen.com.br
Twitter: @Kopenhagen_
SAC: 0800 100 678

Coffee Bag: a solução para o café perfeito em qualquer ocasião

Coffee Bag: a solução para o café perfeito em qualquer ocasião

Café do Moço apresenta produto inovador com tecnologia importada do Japão

  Já imaginou poder tomar um café especial no avião, durante uma longa viagem ou até mesmo em um acampamento, sem precisar carregar um monte de equipamento? Se você não vive sem uma boa dose de cafeína, o Café do Moço apresenta um item que vai se tornar indispensável na sua rotina: a Coffee Bag.  O produto é um coador de café portátil que já contém café moído, e permite que a bebida seja feita em qualquer lugar. É preciso apenas ter água quente e uma xícara.

 
Envazada com nitrogênio para manter o aramo e o sabor do café, a Coffee Bag une a tecnologia com a qualidade dos cafés especiais do Grupo Café do Moço. São 10g do grão Red Foot já moído, pronto para o preparo.

 
“Nós estamos atendendo alguns escritórios que encontraram na Coffee Bag uma solução prática para oferecer um café de qualidade aos colaboradores e aos convidados em reuniões, por exemplo. Este formato é ótimo, pois também evita o desperdício”, explica Estela Cotes, diretora-executiva da empresa.

 
A Coffee Bag está disponível no site do grupo Café do Moço (www.cafedomoco.com.br) em embalagens com 10 unidades pelo valor de R$ 40. O produto é entregue em todo o país. Mais informações nos perfis oficiais da marca nas redes sociais.