Prefeitura de Curitiba vai testar o uso de plástico biodegradável para coleta de resíduos orgânicos

Uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Curitiba e a Earth Renewable Technologies (ERT) permitirá testar o uso de sacos plásticos feitos com matéria-prima biodegradável em lixeiras de parques e praças, limpeza e coleta de resíduos, além de feiras e equipamentos públicos.

Para tanto, cerca de 150 mil unidades do produto, feito com polímero de cana de açúcar, estão sendo doadas para o município pela empresa ERT, única empresa do setor na América Latina (com planta industrial instalada desde 2021 na CIC).

Enquanto o plástico comum pode demorar até 500 anos para se desintegrar na natureza, o biodegradável some em cinco meses.

Segundo o Prefeito Rafael Greca, o uso de produtos mais sustentáveis é importante para diminuir o uso dos aterros sanitários, "e tornar nossa cidade e nosso mundo melhores".

“Para nós, que crescemos em Curitiba com o conceito da Família Folhas e da capital ecológica, é um grande orgulho apresentar essa tecnologia à Prefeitura”, afirma o CEO da ERT, Kim Gurtensten.

Polímeros biodegradáveis

A empresa é a primeira indústria do país a produzir plásticos a partir de polímeros biodegradáveis e compostáveis. Esses polímeros são plásticos de base orgânica, feitos a partir de materiais renováveis, que oferecem a marcas de todos os segmentos a possibilidade de substituir suas embalagens tradicionais por outros recipientes plásticos para qualquer uso e em qualquer formato, mas tendo em comum o fato de serem totalmente funcionais, biodegradáveis e compostáveis.

A fibra foi patenteada como a primeira tecnologia capaz de modificar drasticamente a performance de biopolímeros e entregar aplicações antes desconhecidas para estes materiais.

Sobre a Earth Renewable Technologies (ERT) - Fundada em 2008, a Earth Renewable Technologies (ERT) desenvolve e fornece soluções tecnológicas para toda a indústria de plásticos, incentivando e capacitando as empresas para uma economia sustentável. Possui como maior missão desenvolver compostos e aditivos especializados, transformando a forma de consumir no mundo.

Legendas:

Greca1: Kim Gurtensten e Rafael Greca
Fotos: Ricardo Marajó/SMCS

Como a operadora do McDonald’s na América Latina removeu 40% do plástico de um só uso de seus restaurantes

A empresa lança seu Relatório de Impacto Social e Desenvolvimento Sustentável 2020, com detalhes da estratégia de ESG

A Arcos Dorados, franquia independente do McDonald's responsável pela operação dos restaurantes da rede na América Latina e Caribe, lança seu Relatório de Impacto Social e Desenvolvimento Sustentável 2020, no qual apresenta os avanços de suas iniciativas e políticas nas esferas ambiental, social e de governança corporativa, que são guiadas por sua plataforma de atuação, Receita do Futuro.

Entre os destaques do relatório está o empenho da companhia pela eliminação dos plásticos de um só uso, trazendo resultados do programa que teve início em 2018 e já gerou a redução de 40% do material nas operações da rede em apenas três anos, o que representa 1.400 toneladas de plástico fora de circulação.

O programa reúne diversas iniciativas presentes em alguns mercados, incluindo:

Campanha “canudos sob pedido”, quando os restaurantes pararam de oferecer os canudos para bebidas proativamente;
A eliminação das tampas das bebidas e substituição dos copos de plástico;
Substituição de saladeiras de plástico e recipientes de café da manhã por outros similares feitos com papelão 100% biodegradável;
Reformulação dos talheres para redução em até 40% do teor de plástico por unidade ou, em alguns casos, substituição por materiais à base de fibra.
“O uso consciente do plástico é um dos maiores desafios da humanidade. Somos uma companhia totalmente comprometida com o meio ambiente e em buscar soluções inovadoras para reduzir o impacto de nossas operações e melhorar o mundo em nossa volta”, comenta Paulo Camargo, Presidente da divisão Brasil da Arcos Dorados.

Iniciativas da Arcos Dorados no Brasil

No Brasil, o relatório traz um anexo específico sobre as iniciativas desenvolvidas pela companhia no país, incluindo as ações realizadas frente à pandemia, avanços nos programas de capacitação e desenvolvimento e Diversidade & Inclusão da empresa e as campanhas beneficentes em prol da comunidade, além de resultados dos projetos de economia circular e gestão consciente de recursos promovidos nacionalmente.

Entre os destaques do recorte nacional, estão os avanços da parceria da Arcos Dorados com a UBQ, startup israelense que desenvolveu um processo inovador e patenteado para conversão de resíduos domiciliares em um termoplástico sustentável. O primeiro resultado da parceria é a substituição das bandejas usadas para servir os pedidos aos clientes nos salões do McDonald’s. A matéria-prima da UBQ é utilizada na composição das bandejas que são produzidas pela empresa brasileira Semaza, em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo, onde 18 mil unidades do item já foram fabricadas.

Como benefício do uso do material UBQ, temos:

Redução estimada de emissão de 3.713kg de dióxido de carbono;
221kg de resíduos que deixaram de ir para aterros.
Outra preocupação da rede é com as embalagens utilizadas para seus produtos, em sua maioria com base em fibra de celulose. Neste sentido, a companhia busca garantir que seus fornecedores tenham processos sustentáveis. No Brasil, 100% das embalagens provenientes de fibra de celulose já contam com certificação FSC ou PEFC.

“Além das iniciativas que conduzimos, também temos realizado um trabalho importante para promover a educação do consumidor e orientá-lo para a separação de resíduos em nossos restaurantes, o que acaba se ampliando para seu dia a dia. Consideramos que a educação para o Desenvolvimento Sustentável é fundamental e por meio do nosso Programa Desenvolvimento Sustentável em Foco, aberto a todos, já tivemos a participação de mais de 5 mil pessoas entre funcionários da companhia e público em geral”, comenta Leonardo Lima, Diretor Corporativo de Responsabilidade Social e Desenvolvimento Sustentável da Arcos Dorados.

Mais resultados do Relatório América Latina e Caribe

Como um importante passo no compromisso da companhia em reduzir o impacto de gases de efeito estufa provenientes de suas operações, a rede passa a divulgar em seu Relatório a medição das emissões de tCO2e (tonelada de CO2 equivalentes) diretas e indiretas. Globalmente, a rede tem a meta de reduzir em 31% as emissões de GEE de toda sua cadeia de valor até 2030, em colaboração com seus parceiros e fornecedores.

Entre as ações da companhia em torno das mudanças climáticas está o reaproveitamento de água por meio do Programa Natal, que reutiliza água do sistema de condicionadores de ar para tarefas como rega do jardim e lavagem do Drive-Thru.

Mais de 90 milhões de litros economizados em 2020;
Mais de 500 restaurantes da rede participantes.
“Independentemente do contexto ao qual nos encontremos, sempre manteremos o compromisso de ser parte ativa da solução das principais problemáticas da sociedade atual, fornecendo respostas inovadoras e efetivas”, afirma Gabriel Serber, Diretor Sênior de Compromisso Social e Desenvolvimento Sustentável da Arcos Dorados. “Nós nos orgulhamos dos avanços que tivemos como companhia nas temáticas de ESG no ano passado, mas, como líderes, sabemos que temos muito mais a fazer. Por essa razão, iniciamos o ano de 2021 expandindo nosso alcance para continuar gerando ainda mais impacto positivo no mundo”, completa o executivo.

O Relatório de Impacto Social e Desenvolvimento Sustentável América Latina e Caribe da Arcos Dorados chega à sua sétima edição e, pela primeira vez, conta com a auditoria da Ernest&Young, que garante formalmente a legitimidade e precisão de seu conteúdo, que por sua vez foi elaborado sob os padrões GRI (Global Reporting Initiative) e com base nos indicadores SASB (Sustainability Accounting Standards Board).

Para ver o Relatório completo, visite www.receitadofuturo.com.br.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui mais de 2.200 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/03/2021). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com

Esalpet realiza campanha de arrecadação de tampinhas plásticas em prol da causa animal

Em parceria com o projeto Curitiba Ecopet, a rede de petshops vai recolher e converter as tampinhas em doações para ongs de proteção animal

CURITIBA, 11/01/2020 – Em uma iniciativa voltada ao cuidado e acolhimento de cães e gatos em situação de abandono, a Esalpet, maior rede curitibana de petshops, que conta com 6 unidades na capital paranaense, acaba de se tornar um ponto de coleta de itens recicláveis com venda revertida em benefício da causa animal. A ação é uma parceria com a ONG Curitiba Ecopet, que desde 2018 atua na geração de recursos para o resgate e amparo de animais desabrigados.

Com cunho social e ambiental, a campanha vai arrecadar tampinhas plásticas e lacres de alumínio que serão vendidos a cooperativas de reciclagem com a renda integralmente convertida para alimentação e necessidades básicas de saúde aos bichinhos assistidos pela ONG, como castração, vacinação, avaliação veterinária e compra de ração. “Nosso trabalho no dia a dia consiste em oferecer o melhor em produtos, serviços e facilidades para nossos clientes e seus pets. Mas entender e fomentar o nosso papel como agentes sociais de transformação também para os animais desprotegidos ou em busca de um novo lar sempre foi uma prioridade para nós. Por esse motivo, abraçamos a iniciativa da Curitiba Ecopet e estamos muito orgulhosos de fazer parte deste movimento”, afirma Bruno José Esperança, diretor geral da Esalpet.

O público poderá se dirigir a qualquer unidade da Esalpet (Rebouças, Vila Izabel, Centro Cívico, Uberaba, Santa Felicidade e ParkShopping Barigui) para realizar as doações. Serão recebidos lacres de alumínio e tampinhas de garrafa pet, produtos de higiene, beleza, limpeza e de alimentos como leite, iogurte e sucos, além de tampinhas de bombona de água e medicamentos (excluso tampas com agulhas de seringa). “Mobilizar a comunidade em uma causa tão importante e que também é sustentável, já que proporciona a destinação correta as tampinhas de plástico, é a motivação ideal para mostrar que não é preciso muito para ajudar e fazer a diferença na sociedade”, completa o diretor geral da Esalpet.

A Esalpet conta com seis unidades em Curitiba (PR): Rebouças (Rua 24 de Maio 1875), Uberaba (Av. Sen. Salgado Filho, 5532), Vila Izabel (R. Prof. Sebastião Paraná, 125), Centro Cívico (R. Mateus Leme, 1896), Santa Felicidade (Av. Ver. Toaldo Túlio, 420) e no ParkShoppingBarigui. Mais informações e horários de funcionamento no site www.esalpet.com.br ou no perfil oficial da rede no Instagram (@esalpet).

Live promove diversão e sustentabilidade em atividades para crianças

Estação Plástico Transforma, em parceria com a KidZania, oferecerá conteúdo digital para crianças aprenderem conceitos de sustentabilidade enquanto se divertem

Interface gráfica do usuário, Site Descrição gerada automaticamenteOferecer atividades lúdicas que proporcionam aprendizado sobre sustentabilidade e diversão para a garotada é a proposta da live da Estação Plástico Transforma, conteúdo digital promovido pelo Movimento Plástico Transforma, em parceria com o parque KidZania. O objetivo é trazer uma experiência digital para pais e crianças, em comemoração ao dia das crianças, além do atual cenário em que precisam permanecer mais tempo em casa, em razão do distanciamento social recomendado, como forma de combater a contaminação pela Covid-19.

Com duração de 30 a 40 minutos, a ação contará com transmissões online de atividades educativas feitas a partir da reutilização de resíduos plásticos. “A ideia é construir brinquedos, instrumentos musicais, jogos e qualquer outro objeto que a imaginação nos permita criar”, informa Fernanda Maluf, uma das coordenadoras do Movimento Plástico Transforma. “É uma maneira de utilizar os recursos digitais para reforçar conceitos como descarte correto, reciclagem e transformação de resíduos plásticos pós-consumo” diz Simone Carvalho, também coordenadora do Movimento Plástico Transforma.

A live conta com a orientação da equipe da KidZania para que o conteúdo seja adequado à faixa etária do público-alvo, crianças de 6 a 14 anos. A apresentação será da influenciadora digital Daniela Cabrera, acompanhada de uma das monitoras do parque. A transmissão de estreia acontecerá dia 15 de outubro, a partir das 16 horas, e poderá ser acessada por meio do YouTube do Movimento Plástico Transforma e por meio do Instagram da KidZania e da influenciadora convidada.

Serviço:

Live Movimento Plástico Transforma
Dia 15 de outubro, a partir das 16 horas
Gratuito
Acesso por meio dos canais:
Movimento Plástico Transforma: Youtube
KidZania: Instagram
Dani Cabrera: Instagram

Sobre a Estação Plástico Transforma
Desde sua inauguração, em janeiro de 2019, a Estação Plástico Transforma já recebeu mais de 17 mil visitantes que conheceram, na prática, o processo de reciclagem do plástico. O espaço reproduz, de forma lúdica e interativa, as principais etapas do processo de reciclagem, permitindo que as crianças participem de todo o ciclo. Ao final, as crianças entendem como o resíduo plástico é reciclado e pode ser transformado em diferentes objetos, assim como os óculos coloridos, que elas recebem de presente. Por conta da pandemia de Covid-19, o parque KidZania, local onde está a Estação Plástico Transforma, suspendeu temporariamente suas atividades presenciais.

Sobre o Movimento Plástico Transforma
O Movimento Plástico Transforma é uma iniciativa do Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico, o PICPlast, fruto da parceria da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST), e da Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Desde 2017, o programa vem investindo em ações que geram agenda positiva para o uso consciente e responsável do plástico. É o caso, por exemplo, do PlastCoLab, espaço interativo, inspirado no movimento maker, que reúne inovação e tecnologia associado ao plástico. Com quatro edições realizadas em São Paulo, Porto Alegre, Salvador e Brasília, o espaço contou com mais de 36 mil visitantes.

Dicas para transformar resíduo plástico reciclável em brinquedos

Movimento Plástico Transforma traz opções para pais e filhos aproveitarem o tempo juntos para aprender sobre as possibilidades do material.

O distanciamento social, provocado pela pandemia, tem proporcionado mais tempo de convivência entre pais e filhos. Porém, depois de tantos dias em casa, nem sempre é fácil manter as crianças distraídas e há quem diga que buscar opções de entretenimento para os pequenos tem sido cada vez mais desafiador. Pensando nisso, o Movimento Plástico Transforma, iniciativa que visa abordar o uso responsável do plástico, selecionou algumas dicas para transformar o material reciclável em brinquedos e jogos. “A ideia é criar uma oportunidade para que a família aborde o conceito de sustentabilidade com as crianças de forma criativa e divertida”, afirma Fernanda Maluf, uma das coordenadoras do Movimento Plástico Transforma.

Conheça algumas dicas:

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=176903&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C04d701d67bb2%2524e360dee0%2524aa229ca0%2524%2540grupovirta.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C04d701d67bb2%24e360dee0%24aa229ca0%24%40grupovirta.com.br%3E-1.7Centopeia de tampinhas: Reserve várias tampinhas de garrafa coloridas e uma embalagem oval usada em chocolates (kinder ovo, por exemplo), que será a cabeça da sua centopeia. O adulto deve ser responsável por furar as tampinhas com o auxílio de um objeto pontudo aquecido. Na sequência, as crianças podem ajudar passando um fio de nylon pelas tampinhas, formando o “corpo” da centopeia. Dividir a embalagem oval em duas partes e colar uma delas na extremidade do corpo. Depois é só usar a criatividade para criar olhos e boca para a nova amiga.

Jogo da velha com tampinhas | Brinquedos reciclados, Instrumentos ...Jogo de tabuleiro: As tampinhas também podem ser transformadas em peças para um jogo de tabuleiro. Para a base, use uma tampa de caixa de sapato de papelão cortada em forma de quadrado. Com uma fita colorida (ou caneta hidrográfica) cruze linhas retas até formar nove pequenos quadrados. Pronto, agora é só desafiar as crianças para um jogo da velha.

Cofrinho de porquinho feito com garrafa pet - YouTubeCofrinho: Garrafas PET pequenas viram cofres nos formatos de simpáticos porquinhos que estimularão as crianças a poupar dinheiro desde pequenas. Cubra a garrafa com um EVA da cor de sua preferência. Mais uma vez, é necessário o auxílio de um adulto para colar o material com cola quente. Cubra a tampinha da garrafa também, pois será o “focinho” do porquinho e reserve pedaços do mesmo material para as “patas”. Depois, basta o adulto fazer um pequeno corte na parte superior do cofre, por onde entrarão as moedinhas.

Como Fazer Maracas de garrafa PET - Educação infantil e ...Chocalho: Com garrafas PET e grãos (feijão, milho ou lentinha) é possível fazer um divertido instrumento de percussão, a maraca. Para isso, separe também um rolo de papel toalha (apenas a parte interna), ele servirá como haste para o instrumento. Preencha a garrafa com os grãos, encaixe o rolo no bocal da garrafa e use uma fita adesiva para fixar. Enfeite a maraca com lantejoulas e glitter.

Fazendo brinquedos com reciclagem - Bilboquê - Dicas pra MamãeBilboquê: O tradicional brinquedo que desafia a coordenação motora é uma das opções mais simples de reaproveitamento de resíduo plástico. Basta o adulto cortar uma garrafa grande de refrigerante, para que ela fique com um formato aproximado de uma taça. Corte um pedaço de 30 centímetros de barbante, amarre uma ponta na tampinha e outra no bocal da garrafa. Agora é só chamar as crianças para jogar.

A importância do descarte correto

Quando a criança deixar de brincar, porque o objeto quebrou ou porque ela simplesmente enjoou, é hora de dar um destino correto ao brinquedo. Grande parte do material plástico é 100% reciclável, por isso é importante descartá-lo por meio da coleta seletiva. “O descarte é mais uma oportunidade para os pais conversarem com os filhos sobre a importância de dar o encaminhamento correto aos resíduos recicláveis, para que eles possam ser reciclados e estejam aptos a voltar para a cadeia produtiva”, diz Simone Carvalho, também coordenadora do Movimento Plástico Transforma.

Fontes:

Home Art TV
BuBa DIY
Regina Arts
Creative Flower
Defensores da Natureza

Sobre o Movimento Plástico Transforma
O Movimento Plástico Transforma é uma iniciativa do Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico, o PICPlast, fruto da parceria da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST) e da Braskem, maior produtora de resinas termoplásticas das Américas. Desde 2017, o programa vem investindo em ações que geram agenda positiva para o uso consciente e responsável do plástico. É o caso, por exemplo, do PlastCoLab, espaço interativo, inspirado no movimento maker, que reúne inovação e tecnologia associado ao plástico. Com quatro edições realizadas em São Paulo, Porto Alegre, Salvador e Brasília, o espaço contou com mais de 36 mil visitantes.

McDonald’s já destinou mais de 345 toneladas de materiais para reciclagem no Brasil em 2020

No Dia Mundial do Meio Ambiente, companhia anuncia a eliminação de quase 150 toneladas de plástico descartável este ano em toda a América Latina, entre outras inciativas

Com a chegada do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, a Arcos Dorados, maior franquia independente do McDonald’s do mundo, anuncia os resultados de suas iniciativas, incluindo a redução do consumo de cerca de 150 toneladas de plástico descartável em toda América Latina em 2020. No Brasil, a companhia já atingiu a marca de 345 toneladas de materiais destinados à reciclagem, apenas este ano.

“Estamos orgulhosos em fazer esse anúncio em meio a um contexto tão complexo, que nos levou a fazer diversas adaptações. Ainda há muito a fazer, por isso continuamos trabalhando continuamente para encontrar novas alternativas que nos permitam inovar nos materiais que usamos e aprofundar nosso compromisso com o meio ambiente. Acreditamos que é essencial usar nossa escala e visibilidade para promover mudanças positivas para a sociedade”, afirma Leonardo Lima, diretor corporativo de desenvolvimento sustentável da Arcos Dorados.

Redução do uso de plástico de um só uso

O plano de eliminação de plásticos descartáveis que a Arcos Dorados implementou em 2018 já resultou na redução do consumo de mais de 1.300 toneladas desse material na América Latina. Desde então, em todos os mercados em que atua, a empresa parou de fornecer sorvetes em embalagens plásticas e, em 2019, deixou de usar tampas para bebidas nos restaurantes, além de suspender a entrega proativa de canudos. Com isso, em apenas um ano, cerca de 200 toneladas de plástico descartável deixaram de ser consumidas.

Além disso, está trocando progressivamente os materiais de embalagem de vários de seus produtos. Este ano, as embalagens plásticas das saladas foram substituídas por similares produzidas em papel cartonado 100% biodegradável, que contam com certificação de origem sustentável, assim como outras já utilizadas na rede, como as embalagens de sanduíches, McFritas e as caixinhas do McLanche Feliz.

Reciclagem e economia circular

Para diminuir seu impacto ambiental, a companhia conduz diversos projetos que contribuem para o destino consciente de resíduos. Um de seus principais parceiros é a cooperativa Cooperyara, localizada em Barueri (SP), que já recebeu mais de 100 toneladas de materiais para separação. Na cidade paulista, a Arcos Dorados desenvolve um projeto piloto de economia circular, pelo qual esses materiais são transformados em novos objetos para utilização nos próprios restaurantes da rede.

A filosofia se desdobra em outras ações da empresa, como a iniciativa Produtos com História, em parceria com a empresa Flex, que consiste no envio de itens de informática danificados ou obsoletos da empresa para serem remanufaturados. Além disso, o óleo usado nas fritadeiras dos restaurantes McDonald’s são direcionamos prioritariamente para a produção de biodiesel.

Receita do Futuro

Essas iniciativas fazem parte da estratégia de impacto social e ambiental desenvolvida pela Arcos Dorados, Receita do Futuro. Ela se concentra em três pilares de sustentabilidade: Mudança Climática, Embalagens e Reciclagem e Abastecimento Sustentável, além de mais duas prioridades de impacto social: Empregabilidade Jovem e Bem-estar da Família. Para comunicar as ações em torno dessa estratégia, a companhia lançou recentemente uma plataforma online, que reúne uma série de conteúdos em português e espanhol que abordam temas como o estímulo da produção de carne sustentável e ações para redução de sua pegada de carbono, entre muitos outros. Por meio do portal, também é possível conferir os relatórios de Impacto Social e Desenvolvimento Sustentável da Arcos Dorados. Para conhecer, basta acessar: www.receitadofuturo.com.br.

Além de suas iniciativas locais, a empresa também está comprometida a cumprir as metas globais do McDonald’s para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 36% até 2030, e mais 20% em toda sua cadeia de suprimentos no mesmo período. No total, 11 milhões de toneladas de CO2 não chegarão mais à atmosfera, o que equivale a plantar 3 bilhões de árvores ou retirar 25 milhões de carros das ruas.

McObrigado

Para valorizar seus parceiros que contribuem para destino correto de resíduos, a Arcos Dorados organizou a entrega de cerca de 300 combos McDonald’s para trabalhadores de cooperativas de reciclagem. O delivery especial ocorreu ao longo do mês de maio em Bragança Paulista, Barueri e São Paulo (SP), Belém (PA), Curitiba (PR) e Juazeiro do Norte (CE).

A iniciativa faz parte da campanha McObrigado, que já distribuiu mais de 50 mil refeições para trabalhadores essenciais, incluindo também profissionais da saúde e caminhoneiros, além de entidades que apoiam moradores de rua e pessoas em situação de vulnerabilidade, em mais de 40 cidades brasileiras. A meta da rede é atingir 100 mil doações nas próximas semanas.

Além disso, a companhia vem realizando a doação de alimentos in natura, como carne, ovos, tomate, cenoura, alface, mix de folhas e cebola, entre outros, para instituições beneficentes que atendem a população vulnerável em diversos estados do país. Até o final de junho, cerca de 50 toneladas de ingredientes devem ser doadas.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/12/2019). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com.

CONTATOS DE IMPRENSA

Giulie Carvalho / Karina Trzeciak

(41) 98763-9503 / (41) 99827-8063

giulie@excom.com.br / karina@excom.com.br

PepsiCo lança desafio de ideias para redução do desperdício de plástico

PepsiCo lança desafio de ideias para redução do desperdício de plástico

Parceria formada pela PepsiCo, Young Americas Business Trust (YABT) e a Organização dos Estados Americanos (OEA) busca promover o empreendedorismo ao incentivar jovens a atuarem como agentes transformadores para a sustentabilidade. Participantes irão concorrer a prêmios de US$ 5.000 em diferentes categorias.

Washington DC, 28 de outubro de 2019 – Com o objetivo de incentivar jovens na América Latina e no Caribe a apresentar ideias para a redução de resíduos plásticos, a PepsiCo, em parceria com a Young Americas Business Trust (YABT) e a Organização dos Estados Americanos (OEA), está lançando a 11ª edição do Eco-Desafio. O foco na identificação de soluções sustentáveis, com alto potencial de implementação, permitirá a PepsiCo avançar em direção à sua visão de ajudar a construir um mundo onde os plásticos nunca precisem se tornar lixo. Jovens, entre 18 e 34 anos, podem se inscrever até o dia 31 de dezembro por meio do site: https://ticamericas.net/eco-desafio/ .

O Eco-Desafio tem como objetivo promover o empreendedorismo através do empoderamento dos jovens, capazes de contribuir com soluções criativas e de alto impacto. No Brasil, o programa considera as seguintes categorias:
Além da Garrafa e do Pacote: Soluções inovadoras e novas tecnologias focadas na criação de alternativas para os materiais das garrafas e dos pacotes e/ou na sua substituição. Soluções para pós-uso do consumidor de material PET também serão consideradas nesta categoria.

Reciclagem e uso Pós-Consumo do BOPP: Soluções inovadoras para reciclar BOPP (material usado em embalagens flexíveis, como as de salgadinhos), bem como soluções para pós-uso do material pelo consumidor.
“A PepsiCo vem trabalhando ativamente há alguns anos em programas de reciclagem, apoiando a educação, o empreendedorismo e capacitando cooperativas de reciclagem. Reconhecemos que não podemos criar mudanças sustentáveis ​​sozinhos, por isso trabalhamos para ampliar nossas estratégias por meio de parcerias e assim aumentar seu impacto. Convidamos os jovens a serem nossos aliados nesse processo e contamos com a grande criatividade que os diferenciam para encontrar soluções inovadoras que nos permitam continuar avançando nessa visão ”, afirma João Campos, CEO da PepsiCo Brasil Alimentos.

“O Eco-Desafio e nossa aliança de mais de onze anos com um parceiro de primeiro nível, como a YABT, é uma grande oportunidade para expandir nossos esforços pela redução do desperdício de plástico e reinvenção de nossas embalagens. É incrível ver o nível de compromisso que os jovens têm para ter um impacto positivo e apresentar inovações que combinam seus conhecimentos e habilidades, juntamente com sua experiência e entendimento de ciência, tecnologia e desenvolvimento sustentável”, reforça Ricardo Maldonado, general manager de Bebidas da PepsiCo Brasil.

O Eco-Desafio é a categoria especial de inovação sustentável da Competição de Talento e Inovação das Américas (TIC Americas). O programa está em vigor desde 2009 e, ao longo de suas dez edições, já recebeu 17.448 propostas de negócios entregues por 22.920 jovens em mais de 33 países. O programa oferece treinamento gratuito a todos os participantes, além de patrocínio para as equipes que chegarem às Finais e prêmios de US$ 5.000 para os vencedores de cada categoria, entre outros benefícios.
Para mais informações sobre o Eco-Desafio e como se inscrever, acesse https://ticamericas.net/eco-desafio/ ou entre em contato com a gente.

Siga-nos no: Twitter @YABTs - Facebook YABTDC - Instagram- @yabtsc #TICAmericas #EcoReto
Sobre a PepsiCo

Os produtos da PepsiCo são apreciados pelos consumidores por mais de 1 bilhão de vezes ao dia em mais de 200 países e territórios em todo o mundo. A PepsiCo gerou mais de US$ 64 bilhões em receita líquida em 2018, impulsionada por um portfólio complementar de alimentos e bebidas que inclui FRITO-LAY®, GATORADE®, PEPSI-COLA®, QUAKER® e TROPICANA®. O portfólio de produtos da PEPSICO® inclui uma ampla variedade de comidas e bebidas gostosas, incluindo 22 marcas que geram mais de US$1 bilhão cada uma em vendas anuais estimadas no varejo.
Sobre a PepsiCo Latin America
A PepsiCo Latin America é um setor da empresa que inclui todos os negócios de alimentos e bebidas da América Latina, e abrange 34 mercados emergentes e em desenvolvimento. Nossas unidades de negócios no setor incluem lanches, bebidas, biscoitos doces e salgados e nutrição, que geraram US$ 7,4 bilhões em receita líquida em 2018. Nosso negócio de bebidas na região opera através de 12 principais engarrafadores importantes.
Sobre a YABT
É uma organização não governamental (ONG) sem fins lucrativos que trabalha em cooperação com a Organização dos Estados Americanos (OEA) para promover o desenvolvimento social e econômico dos jovens em todo o mundo. Por meio de treinamento em empreendedorismo e criação de oportunidades para futuros líderes, a comunidade YABT contribui para a realização de objetivos globais, bem como para fortalecer iniciativas de desenvolvimento sustentável lideradas por jovens.
Os programas YABT têm um impacto positivo em aspectos da vida dos jovens. Desde a sua criação, a YABT já beneficiou mais de 100.000 jovens em 75 países por meio de programas e atividades que permitem que os jovens sejam membros produtivos de suas comunidades, abrindo um espaço para que eles possam atuar como parceiros contribuintes para o desenvolvimento de seus países e da região.

Sobre a Organização dos Estados Americanos
A Organização dos Estados Americanos é a organização regional mais antiga do mundo, que remonta à Primeira Conferência Internacional dos Estados Americanos, realizada em Washington, D.C., de outubro de 1889 a abril de 1890.
A Organização foi estabelecida para alcançar entre seus Estados Membros uma ordem de paz e justiça, promover sua solidariedade, fortalecer sua colaboração e defender sua soberania, integridade territorial e independência.
Hoje, a OEA reúne os 35 estados independentes das Américas e constitui o principal fórum político, jurídico e social do governo no Hemisfério. Além disso, concedeu o status de observador permanente a 69 estados, bem como à União Europeia (UE).
A Organização utiliza um foco em quatro frentes para implementar efetivamente seus objetivos essenciais, com base em seus principais pilares: democracia, direitos humanos, segurança e desenvolvimento.