Embaixada reabre para emissão de vistos: intercâmbio nos EUA já podem ser realizados

Com os vistos de estudante, brasileiros não precisarão mais passar 14 dias em outro país antes de entrar nos Estados Unidos

Em maio, alguns estados americanos iniciaram uma campanha de vacinação de turistas que forem visitar as terras estadunidenses. Essa movimentação levantou diversos debates sobre ética e desigualdade, mas o fato é que não há irregularidades legais para essa movimentação e, para os que têm condições, é uma oportunidade de adiantar a imunização sem furar a fila brasileira.

7wUmYiZGM6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6QDN5ADO4EjNyIjOnVGcq5CO3UTO3ATOwMjMGJTJwMjMGJTJxgDMyEjRyUiN4AzMx8VL1ETLf12bj5icw1WLp5CcwFmRyUiRyUSQzUycwRHdopTM
A vacinação nos Estados Unidos não necessita de agendamento e está disponível para qualquer adulto que queira se vacinar. Mercados, aeroportos e até nas grandes avenidas são locais de vacinação (Foto: Pixabay)

Também criou-se questionamentos sobre o motivo do país estar oferecendo suas vacinas a estrangeiros. Além do fato de movimentar a economia do turismo, há doses de sobra, visto que muitos americanos, por conta de teorias da conspiração e resistências de algumas comunidades, não estão se vacinando.

Os brasileiros que desejam ir para fazer o "turismo de vacinação" precisam ter a dupla cidadania, ou passar por uma quarentena de pelo menos 14 dias em um país que tenha voos permitidos para os Estados Unidos. Todavia, para os indivíduos que têm o visto de estudante não há mais a necessidade de cumprir esses 14 dias isolados. Para os que não possuem o visto de estudante há várias opções no México, em que é possível aproveitar o tempo nas praias do país. Ao final, é necessário que apresente um teste negativo da Covid para, então, conseguir um embarque rumo às terras norte-americanas.

Com essa promessa, buscadores de viagem viram a procura de voos rumo aos EUA aumentarem. Em maio, só o buscador Kayak registrou 719% mais procuras de voos rumo à Nova York em relação ao mês anterior. Miami, Los Angeles e Orlando também tiveram um grande aumento (527%, 421% e 398% respectivamente).

Os beneficiados com esse programa, entretanto, eram apenas aqueles com documentos em mãos, já que a Embaixada Americana no Brasil parou de emitir vistos em 2020 por conta da pandemia. Agora, após um ano da suspensão, a Embaixada voltou a realizar agendamentos para o pedido de vistos de estudo no exterior.

Eduardo Heidemann, diretor da TravelMate , empresa associada da Belta (Associação que certifica a credibilidade das agências de intercâmbio brasileiras), explica que "para conseguir um visto F1 é necessário já estar aceito em alguma instituição de ensino nos EUA". Heidemann complementa que é possível fazer a aquisição do pacote de intercâmbio para estudar nos EUA com a Travelmate, de forma parcelada, e segura. Enfatizou que os programas devem ter início a partir do dia 1º de agosto, além disso, relembrou que a entrevista no consulado é de forma presencial e o embarque pode ser feito até 30 dias antes do início das aulas. Por isso, a importância de já aproveitar este mês de Junho para adquirir o intercâmbio.

Para a emissão do documento americano é necessário comprovar matrícula em instituições de ensino nos Estados Unidos, preencher três formulários (I-20, DS-160 e I-901), pagar a taxa de solicitação e a SEVIS (Student and Exchange Visitor), agendar a entrevista e entregar a documentação. Essas e mais informações estão disponíveis no site da Embaixada Americana .

Com esse tipo de visto, é possível ir ao exterior fazer um curso de idiomas, um programa high school ou higher education em alguma universidade americana e, ainda, aproveitar e se imunizar em outro país, sem os gastos da quarentena no México. "É uma ótima oportunidade para quem vem postergando o sonho de estudar nos Estados Unidos. Além de fazer um intercâmbio, estar imunizado contra a doença que aflige todo o mundo há quase 2 anos é uma ótima oportunidade", comenta Eduardo Heidemann.

Se com essa notícia, os ânimos aumentaram, entre aqui e confira as oportunidades no exterior.

Sobre a TravelMate
Criada há 19 anos, a TravelMate tem como objetivo promover a educação internacional, por meio de vários programas de intercâmbio que atendem pessoas em todas as fases da vida. O foco está em proporcionar segurança, atendimento e suporte durante toda a vivência desse intercambista em outro país. A rede de franquias de intercâmbio e turismo comandada por Alexandre Argenta e Eduardo Heidemann possui uma ampla equipe em 50 unidades do Brasil, que é treinada regularmente para promover uma ótima vivência aos que embarcam com a TravelMate e para que a experiência de trabalhar na TM seja satisfatória para todos e todas. Foram mais de 25 mil vidas transformadas pela rede TravelMate, 25 mil projetos tirados do papel, e 25 mil embarques para o exterior. A rede ainda é associada da Belta - Associação das Agências de Intercâmbio do Brasil - que existe há 26 anos e é a única associação que tem como foco certificar com o Selo Belta agências confiáveis no setor de intercâmbio, por meio de um processo cuidadoso de análise financeira, técnica e ética das agências. Atualmente, as agências especializadas Selo Belta representam 75% do mercado de educação internacional.

Oportunidade de trabalho: Sobram vagas, nos EUA, no setor de serviços

Empregadores do país passam por dificuldades em encontrar pessoas interessadas para preencher vagas de trabalho

Os Estados Unidos vêm passando por uma crise diferente. Após uma onda de desemprego por conta da covid-19, empresários buscam por novos funcionários para suas empresas, o problema é que não há pessoas interessadas nas vagas. Carlos Gazitua, presidente da rede de restaurantes Sergio's, na Flórida, comentou que "quando chega uma candidatura, os gerentes pulam de alegria, mas, na prática, os candidatos não aparecem para a entrevista." Alguns estabelecimentos, inclusive, oferecem uma quantia em dinheiro para os que comparecerem na entrevista, é o caso de um McDonald's em Tampa que oferece US﹩ 50.

Mesmo com o avanço da vacinação no país, muitas pessoas ainda não se sentem seguras e confortáveis em sair de casa. Além disso, há ainda um plano do governo federal que oferece US﹩ 300 por semana para os desempregados do país, auxílios e benefícios de cada estado.

Work&Travel
Para aproveitar essa oportunidade e ainda treinar um segundo idioma, algumas agências de intercâmbio oferecem viagens com possibilidades de trabalho, uma experiência enriquecedora para aqueles que desejam incrementar mais o currículo.

2hRzM1czM6InYu02bj5SYyJXZ0BUasxWZjVHbh1WYzNXZuFmd6IzNyEDO1ADO5MjOnVGcq5SNxgTMycTOzETMGJTJzETMGJTJxgDMyEjRyUiN4AzMx8VL1ETLf12bj5icw1WLp5CcwFmRyUiRyUSQzUycwRHdopDN
Aproveitar as férias para realizar uma nova experiência no exterior é para aqueles que realmente tem o desejo de aprender sobre o mercado de trabalho dos Estados Unidos (Foto: Arquivo Pessoal)

Eduardo Heidemann é especialista em intercâmbios e Diretor da TravelMate , empresa de intercâmbios que oferece esse serviço aos clientes. A TM é uma rede associada da Belta (Associação das Agências de Intercâmbio do Brasil) e possui o Selo Belta há 14 anos. Heidemann comentou que o principal objetivo do programa é fazer com que "o participante tenha uma experiência de intercâmbio de trabalho no exterior sem comprometer seus estudos no Brasil, já que o programa acontece exatamente no período de férias escolares das universidades no Brasil."

O programa, intitulado Work&Travel é voltado para estudantes universitários com idade entre 18 e 28 anos e com um inglês pelo menos intermediário. Esse programa é oferecido somente nos Estados Unidos devido às regras específicas daquele país. O intercâmbio tem duração de 3 a 4 meses e oferece ao participante grandes vantagens de desenvolvimento tanto na carreira quanto no âmbito pessoal, proporcionando a criação de networking exercício da flexibilidade, adaptabilidade e, claro, a prática do inglês no ambiente de trabalho.

O intercambista será contratado ainda aqui no Brasil para trabalhar em estações de ski, hotéis, restaurantes, lojas e outros estabelecimentos turísticos. "Com a remuneração o participante normalmente se mantém nos EUA e muitos conseguem arrecadar fundos para viajar e aproveitar a estadia e o tempo livre", explicou Eduardo. O diretor ainda adiciona que o programa existe apenas nos EUA, pois há grande demanda de mão de obra temporária nas temporadas de inverno, a qual coincide com as férias das universidades no Brasil.

Como se planejar
Para iniciar o processo é necessário que algumas etapas sejam concluídas. A TravelMate costuma avaliar o idioma e perfil do candidato, além de solicitar alguns documentos (como currículo, atestado de matrícula no brasil, formulários de inscrição), organizar entrevistas com possíveis empregadores, auxiliar na reserva de acomodação, no processo de visto, e nos preparativos de embarque e a viagem em si.

"Os participantes podem fazer tudo num período de 3 a 4 meses antes de Dezembro (data de embarque), mas é recomendável que procurem a agência de intercâmbio com mais tempo (uns 6 a 8 meses de antecedência) para que o processo aconteça de maneira mais tranquila", recomendou o diretor da TM. Eduardo ainda relembrou que as seletivas e entrevistas com os empregadores deste ano já começaram.

Priscila Pieper, estudante universitária e ex intercambista da TravelMate, compartilhou sobre a sua experiência no mercado de trabalho norte americano. Priscila trabalhou como Ski Checker em um resort em Vermont. "Minha entrevista de emprego foi muito tranquila e a entrevistadora foi compreensiva e entendeu que eu estava falando um idioma diferente do meu. As perguntas foram as tradicionais, as mesmas que são feitas aqui no Brasil, ou seja, pediram para que eu falasse sobre pontos fortes e fracos, situações que passei e etc, e nela eu apenas fui eu, apesar de todo o nervosismo, mostrando que tenho o perfil do Work&Travel, uma pessoa maleável, disposta, proativa e aberta a novas experiências".

6=IGZwUjZhpjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjM3ITM4UDM4kzM6cWZwpmL4ETN0EjN0ATOGJTJ0ATOGJTJxgDMyEjRyUiN4AzMx8VL1ETLf12bj5icw1WLp5CcwFmRyUiRyUSQzUycwRHdopDM
Como o próprio nome diz, o Work&Travel é ótimo para pausar a realidade de estudos e viajar enquanto recebe dinheiro trabalhando em outro país (Foto: Arquivo Pessoal)

Com o objetivo de auxiliar ainda mais os que pretendem e planejam obter experiência profissional fora do Brasil, Eduardo Heidemann, da Travelmate , ainda trouxe algumas dicas para que o processo todo, desde o planejamento até o fim da viagem, sejam realizados da melhor forma possível:

1 - Continue treinando o inglês, para melhores oportunidades de vagas. O nível mais avançado de inglês ajuda na performance não somente das entrevistas, mas também no desempenho das atividades e tarefas.

2 - Busque agências e empregadores com antecedência, pois dessa forma você evita surpresas e pode se planejar de maneira mais realista para o programa. Poucas agências oferecem esse serviço e, quanto antes se inscrever, mais oportunidades de vagas e empregadores estarão disponíveis

3 - Converse com outros participantes que já foram e também com outros que vão na mesma temporada que você. Fazer amigos ajuda a reduzir os custos de viagem, moradia, deslocamentos, etc.

Para animar ainda mais os que já estão decididos, e dar um impulso naqueles que estão em dúvida, Priscila narrou um pouco sobre a sua experiência em Vermont: "a minha posição era a melhor dentro do hotel para intercambistas, além dos salários nós recebíamos "tips" por cuidarmos e guardarmos dos materiais de snowboard dos hóspedes, era super simples e legal. Eu lidava diretamente com o público, e sendo sincera passei por algumas situações péssimas e constrangedoras, mas de modo geral era muito legal. Fiz muitas amizades, lembro de uma hóspede que era argentina e, no hotel, ela fez alfajores caseiros e as empanadas argentinas e levou para cada um".

Dicas
Para evitar problemas e adquirir a melhor experiência possível, a Priscila conta que a sua primeira dica é estar de mente aberta e viver a experiência. Para isso, ela diz que é interessante economizar tudo o que puder "eu trabalhei muito para poder gastar lá, viajar e conhecer o país, mas tenha o seu objetivo na cabeça, se você for para guardar dinheiro, saiba que poderá ser necessário fazer hora extra ou até mesmo achar um segundo emprego".

Sorrir e ser gentil independente da situação é a próxima indicação da intercambista "essa dica foi o meu próprio chefe, o hóspede não quer saber o que está acontecendo, apenas querem ser bem atendidos, então aprenda a ter esse domínio psicológico, por que senão é só choro." Priscila ainda conta que aprender a superar dificuldades é um dos maiores aprendizados do intercâmbio.

5=MTNlFDOwojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pjM3ITM4UDM4kzM6cWZwpmLxcDN5YzNwETMGJTJwETMGJTJxgDMyEjRyUiN4AzMx8VL1ETLf12bj5icw1WLp5CcwFmRyUiRyUSQzUycwRHdopTO
O Work&Travel é uma experiência que abrange diversas oportunidades (Foto: Arquivo Pessoal)

Em terceiro lugar, a estudante diz que, assim como em toda posição de trabalho, é preciso mostrar sua melhor versão, representando a cultura brasileira, deixando os chefes orgulhosos, mostrando o interesse em aprender e adquirir novas experiências. Muitas das posições dos intercambistas são profissões desprezadas, como faxineiro e camareiro, o que abre os olhos dos viajantes para entender novas realidades.

Por fim, coloquei na cabeça que quem faz o intercâmbio é o intercambista, portanto busque atividades extras, converse com os locais, faça amizades e esteja disposto e aberto para trazer bons frutos e fazer a viagem valer a pena sem depender de ninguém.

Se você está interessado em preencher alguma dessas vagas, entre em contato com a TravelMate para mais informações!

Sobre a TravelMate

Criada há 19 anos, a TravelMate tem como objetivo promover a educação internacional, por meio de vários programas de intercâmbio que atendem pessoas em todas as fases da vida. O foco está em proporcionar segurança, atendimento e suporte durante toda a experiência transformadora da vivência internacional. A rede de franquias de intercâmbio comandada por Alexandre Argenta e Eduardo Heidemann possui uma ampla equipe em 50 unidades do Brasil e no exterior, que é treinada regularmente para promover atendimento e suporte de qualidade para todos os que embarcam com a TravelMate.

Foram mais de 25 mil vidas transformadas pela TravelMate, 25 mil projetos tirados do papel, e 25 mil embarques para o exterior. A rede ainda é associada da Belta - Associação das Agências de Intercâmbio do Brasil - que existe há 26 anos e é a única associação que tem como foco certificar com o Selo Belta agências confiáveis no setor de intercâmbio, por meio de um processo cuidadoso de análise financeira, técnica e ética das agências. Atualmente, as agências especializadas Selo Belta representam 75% do mercado de educação internacional.

Guararapes promove concurso para arquitetos, designers de interiores e marceneiros com premiação total de R$ 30 mil

Participantes deverão desenvolver soluções criativas para ambientes com base nas tendências do futuro

O concurso Espaços do Futuro, promovido pela Guararapes, marca referência nacional em painéis de MDF e que tem seu DNA marcado pela inovação, já tem data definida. As inscrições ocorrerão entre os dias 9 e 20 de junho, exclusivamente para quem possui o box de amostras da marca. Podem participar profissionais e estudantes das áreas de arquitetura, design de interiores e marcenaria, que deverão desenvolver soluções criativas para uma moradia inteligente com base nas perspectivas apresentadas pela Guararapes em parceria com a WGSN, autoridade global em tendências de consumo e design.

O primeiro colocado será premiado com R$ 15 mil, a montagem do espaço no showroom da Guararapes em São Paulo e a participação em um episódio da websérie Meu Ambiente Guararapes. O segundo colocado terá como prêmio o valor de R$ 10 mil e o terceiro, R$ 5 mil. Além disso, os três projetos vencedores serão divulgados nas redes sociais da marca.

“A casa como espaço multifuncional, como local de encontros e ao mesmo tempo do home office, é uma das mudanças que já avistamos no momento, assim como o uso de materiais inteligentes. Certamente, mais transformações estão por vir e queremos que os participantes desenvolvam projetos que atendam as novas necessidades”, destaca a coordenadora de Produto e Especificação da Guararapes, Jessica Hori.

De acordo com a WGSN, a casa vista como um lugar de abrigo, acolhimento e com um valor muito mais intrínseco de segurança é uma transformação que foi acelerada pela pandemia da Covid-19. Outra referência é a tendência handmade, que valoriza produtos que pareçam ser feitos à mão que demarcam um novo caminho na forma de enxergar o consumo. Banheiros instagramáveis, cozinhas equipadas e funcionais, mini-hortas e valorização de ambientes externos também são caminhos apontados.

Os inscritos no concurso Espaços do Futuro podem atuar sozinhos ou em equipes para desenvolver projetos de uma moradia inteligente em uma área pré-estabelecida de 60 m², levando em consideração as mudanças de comportamento que ocorrerão nos próximos cinco anos, e adaptada às pessoas que vão habitá-la. Cada equipe poderá definir quem serão os moradores, público-alvo de seu projeto, mas obrigatoriamente deverão incluir pelo menos duas pessoas da “geração Y”.

Durante o concurso, a Guararapes fornecerá uma imersão sobre tendências através de conteúdos relacionados ao tema abordado. Os participantes terão acesso em primeira mão a amostras de produtos que serão lançados.

Inscrições e regulamento

As inscrições são gratuitas e exclusivas para quem possui o box de amostras de MDF da Guararapes e ocorrerão entre os dias 09/06/2021 e 20/06/2021, saiba mais em espacosdofuturo.guararapes.com.br

Os interessados que ainda não possuem o box podem adquirir no site loja.guararapes.com.br até o dia 03/06/21.

Todos os projetos serão avaliados por uma comissão julgadora mista de profissionais da empresa, do setor de arquitetura e convidados. Os vencedores serão divulgados no mês de outubro.

Sobre a Guararapes

A Guararapes é referência nacional na produção de painéis de MDF e compensados, e uma das maiores exportadoras da América Latina. Com mais de 35 anos de história, a companhia possui três unidades fabris localizadas em Caçador (SC), Santa Cecília (SC) e Palmas (PR), com capacidade de produção de mais de 600 mil m³/ano de MDF e 350 mil m³/ano de compensados. Atualmente, comercializa seus produtos para todo o território nacional e exporta para mais de 60 países, com garantia de qualidade para atender aos mais exigentes mercados dentro e fora do Brasil. Entre os produtos comercializados estão MDFs decorativos, cores básicas e cru (standard), e compensados estruturais e não-estruturais. Desde 2015, a marca utiliza no MDF decorativo a tecnologia exclusiva NanoxClean®, de ação vitalícia, que elimina bactérias, vírus e outros microrganismos das superfícies. Detém diversas certificações internacionais, como o selo FSC® – Forest Stewardship Council® (Conselho de Manejo Florestal), sob o código de licença FSC-C041303, que destaca seu compromisso com um manejo florestal ambientalmente adequado, socialmente benéfico e economicamente viável. Saiba mais em www.guararapes.com.br.

Boas fotos alavancam carreiras e negócios na pandemia

A fotografia de qualidade nunca foi tão importante como no momento em que estamos vivendo, com o crescimento no consumo de redes sociais e de vendas digitais para divulgar produtos e pessoas.

A queda na contratação dos registros fotográficos de eventos e casamento, nascimentos e outros levou profissionais experientes a se reinventarem, em busca de novos comportamentos e tendências.
Além disso, a fotografia profissional voltada ao jornalismo, para agência de notícias, publicidade e divulgação de eventos online continua em alta.

Novos mercados - Novas áreas tornaram-se mais fortes no universo da fotografia, enquanto outras se mantiveram estáveis como, por exemplo, agências de notícias e de publicidade. A venda de fotos em plataformas online cresceu muito e, se as fotos forem exclusivas, o valor pago aumenta. Já o mercado fotográfico de ensaios sensuais - para publicação em sites e redes sociais também foi um setor que expandiu.

A fotógrafa e professora, Tânia Buchmann, explica que com a pandemia o marketing digital ganhou ainda mais espaço - tanto no ensino como nos eventos online, em lives e sessões remotas, fomentando a comunicação como um todo.
" Com a pandemia o mercado mudou, há um ano os eventos são raros, mas existe um leque de opções que surge e que se mantém ativo, com o retorno gradual e dentro de uma nova realidade. Comemorações familiares ao ar livre com menos tempo e menos pessoas, tendências de registros de micro-casamentos e outros", destaca Tânia.

Recolocação profissional e mudança de foco - Assim como em outras áreas de atuação na fotografia também existe profissionais que querem explorar novos mercados e se recolocar no mercado de trabalho. Há também pessoas que não atuam como fotógrafo profissional, mas tem os conhecimentos básicos e gostariam de atuar profissionalmente.

Pensando nesses públicos, o Centro Europeu, a maior escola de profissões da América Latina, lançou o curso Fotografia Master.
Com duração de um semestre, o curso é para pessoas que já tem o conhecimento de técnicas básicas de fotografia e querem aprofundar ou ampliar a área de atuação. A maioria das aulas são práticas deixando o aluno preparado para trabalhar na área.
"Preparamos os alunos para enfrentar o mercado de forma mais rápida e eficiente", reforça Tânia Buchmann, que é a supervisora do curso de Fotografia Master do Centro Europeu.
O curso começa dia 19 de maio e entre os módulos estão: foto arte (fotografias comercializadas para galerias de arte e arte para decoração de ambientes), fotojornalismo e fotografia documental, fotografia de família, fotografia colorida e preto e branco, fotografia sensual, desenvolvimento de carreira - o aluno terá orientação para melhorar a sua atuação profissional, incluindo montagem de portfólio e nichos de mercado que quer seguir.
"Com as mudanças atuais muitos fotógrafos estão em busca de gerenciamento de carreira, procurando novas áreas para atuarem e como gerenciar seu próprio negócio", explica Charly Techio que também dá aulas no curso de fotografia e supervisiona do curso de Fotografia Master do Centro Europeu.
No final do curso o aluno deverá apresentar trabalho prático, um ensaio dentro de uma temática escolhida e que será avaliado pelos professores para a obtenção do certificado.

Serviço:
Saiba mais sobre o Centro Europeu - maior escola de profissões da América Latina - visite o site http://centroeuropeu.com.br ou ligue (41) 3233-6669.

Imposto de Renda: o que você precisa saber antes de declarar

Especialista dá dicas importantes sobre o processo anual que, apesar de fazer parte da vida dos brasileiros, exige muitos cuidados

CURITIBA, 24/02/2021 – Faltando poucos dias para o início da entrega da declaração do Imposto de Renda 2021, previsto para 1º de março, algumas dúvidas já começam a surgir. Quem precisa declarar? Como funciona a restituição? Ou até mesmo, o que é o Imposto de Renda? De acordo com Pedro Salanek, coordenador dos cursos de finanças do ISAE Escola de Negócios, o imposto de renda é o valor anual recolhido pelo Governo Federal descontado do rendimento de pessoas físicas e jurídicas. O processo precisa ser finalizado e entregue até o dia 30 de abril.

Durante o período, quem possui renda inferior ao valor mínimo definido pelo governo (R$ 1.999,18 por mês) e não possuir outras fontes de renda, não precisam fazer a declaração comprovativa dos rendimentos. “Pessoas que possuem imóvel com valor acima de R$ 300 mil, independente se receberam ou não o rendimento mínimo, precisam declarar”, explica o especialista. “Outros tipos de capital e atividade rural também precisam ser declaradas”, complementa.

Neste período anterior ao prazo de entrega, o especialista sugere que as pessoas busquem ter todos os documentos necessários para a declaração do imposto de renda em mãos, como comprovantes de rendimento, extratos bancários, despesas essenciais e dados de alteração de patrimônio, como compra e venda de imóveis e carros. “Se a pessoa paga todos os seus impostos e, com o ajuste da declaração no final do ano, em função das suas despesas médicas, com educação, com seus dependentes, o valor pago acabou sendo maior do que deveria, ela ainda tem direito a restituir parte dessa quantia”, explica.

Porém, é necessário que a declaração esteja preenchida corretamente. Caso não exista nenhuma irregularidade e nenhum questionamento a respeito de suas tributações, esse dinheiro é liberado pelo governo. Para a declaração, o contribuinte deve fornecer, por exemplo, dados como rendimentos tributáveis, saldo bancário, bens que adquiriu durante o ano, pagamentos, doações efetuadas e renda variável.

É necessário enviar uma série de documentos, como dados da conta bancária para restituição ou débitos das cotas de imposto apurado, caso haja, CPF, grau de parentesco dos dependentes e data de nascimento, endereço atualizado, cópia da última Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (completa) entregue, atividade profissional exercida atualmente, entre outros diversos.

Segundo o especialista, dentro do site da Receita Federal, a cada mês é possível saber quais as declarações que já estão liberadas para a restituição. “As restituições serão feitas entre junho e dezembro para declarações dentro do prazo e que não caíram na malha fina. Assim o contribuinte pode passar a fazer essa consulta todo dia 15 de cada mês, para ver quais os lotes o governo vai liberar”, completa Pedro Salanek.

Condor realiza mutirão online de empregos para PCD

O Condor Super Center realiza o primeiro mutirão online para contratar novos colaboradores PCD (Pessoas com Deficiência) para atuar nas suas lojas em Curitiba e Região Metropolitana, nas áreas operacionais de empacotador e repositor. Para participar da seleção, os interessados devem cadastrar o currículo no site www.condor.com.br/trabalhe-conosco e confirmar interesse até o dia 08 de fevereiro pelo WhatsApp: 41 99104-9741.

As vagas são destinadas exclusivamente para pessoas com deficiência, acima de 18 anos e que tenham disponibilidade de horário.

Observação: não serão recebidos candidatos ou currículos presencialmente.

Para dúvidas ou outras informações, favor entrar em contato pelo telefone 41 3888-2122 ou enviar e-mail para escoladadiversidade@condor.com.br.

Carrefour promove ação especial para contratação de pessoas trans

Realizado anualmente, o Dia D contribui para a inserção profissional de pessoas trans e de outros grupos minorizados

São Paulo, 28 de janeiro de 2021 - O Carrefour Brasil realizará no dia 29 de janeiro, Dia da Visibilidade Trans, uma ação voltada exclusivamente para a contratação de pessoas trans. Com diversas edições ao longo do ano, o chamado Dia D consiste em uma data especial voltada para a contratação de profissionais de perfis específicos e, com este evento, a empresa vem contribuindo para a inserção profissional de pessoas de grupos minorizados, reforçando o compromisso com a valorização e o aumento da diversidade e inclusão em seu ecossistema.

"Diversidade é um princípio do qual não abrimos mão. Promovemos a inserção profissional para grupos minorizados considerando que o trabalho é um dos principais fatores de inclusão social", afirma Kaleb Machado, gerente de Diversidade e Inclusão do Grupo Carrefour Brasil.

O Carrefour percebeu que a inserção de pessoas LGBTI+ no mercado de trabalho apresentou consideráveis avanços. Porém, as pessoas trans ainda enfrentam grande dificuldade para se inserir profissionalmente.

Atualmente, o Carrefour emprega mais de 75 pessoas trans em todo o Brasil, mas a empresa contabiliza que já passaram mais de 200 colaboradores e colaboradoras desse grupo pelas suas unidades nos últimos anos, sendo uma das companhias que prioriza a agenda da inclusão de pessoas trans no País. "Outro ponto é que o setor do varejo é uma porta de entrada importante para o mercado de trabalho. Por isso temos que fazer o que deve ser feito em relação aos públicos minorizados", reforça Machado.

Além do Dia D, o Carrefour, em parceria com a ONG Rede Cidadã, desenvolve o projeto Conexão Varejo, que capacita jovens e adultos para atuarem no setor de varejo alimentar. De 2015 a 2020, o programa já formou mais de 240 profissionais trans, dos quais vários passaram pelo Carrefour. A companhia apoiou também o projeto "Cozinha e Voz", coordenado pela chef Paola Carosella e voltado a formação de profissionais trans em assistentes de cozinha, e o "Agora Vai", projeto social liderado por Maite Schneider da Transempregos que faz a inclusão de pessoas trans no mercado de trabalho.

Para se candidatar, um dos pré-requisitos é que o profissional se identifique com o propósito do Carrefour de contribuir para um mundo melhor, aplicando este comportamento durante todas as suas relações. As vagas são para todo o Brasil e possuem cargas horárias distintas de acordo com a oportunidade. As inscrições para o Dia D acontecem no dia 29 de janeiro, mas os interessados podem se cadastrar na data e em qualquer outro momento pelo hotsite: http://www.99jobs.com/carrefour/jobs/87585-diversidade-carrefour

Diversidade e Inclusão são feitas por pessoas

Caio Souza Joca, de 21 anos, é uma das pessoas que passou pelo projeto Cozinha e Voz e hoje é operador de caixa do Carrefour. Ele conta que quando entrou na empresa ainda não tinha os documentos retificados, mas que já em sua integração foi informado que poderia usar o seu nome normalmente.

"Isso foi um alívio enorme! Poder usar o meu ‘nome social’ pela primeira vez em uma empresa e ser tratado da forma correta é muito bom. A empresa ter essa política faz toda a diferença. Além disso, a política de Diversidade e Inclusão do Carrefour é admirável. São pouquíssimas empresas no Brasil quem têm esse tipo de iniciativa com a população LGBT, que ainda é muito marginalizada e tem pouco acesso ao mercado de trabalho", conta ele.

Além disso, todos os colaboradores serão treinados em uma trilha de diversidade, inclusão e combate ao racismo e à discriminação, tendo como eixo interseccional a etnia, tratando também de pautas LGBT+, PCD - Pessoas Com Deficiência, entre outras. Até o fim de fevereiro de 2021, serão iniciadas campanhas com o tema do combate ao racismo, como forma de contribuir para a conscientização da população brasileira. E será criado, até o fim de junho de 2021, um Fórum Virtual educativo sobre o combate ao racismo e a todo tipo de discriminação, aberto a todos os brasileiros.

3=IjM4gTN4ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pTOwATO0QDM5UzM6cWZwpmL39GbllzMwIGNxUTNzgjMzMmNwkTYlRWZ5QzYyYjYlZDM1kjRyUCM1kjRyUCO2YkMlIjMwQTMf1SNx0yXt92YuIHct1SaGJTJGJTJBNTJwRHdopDM
A Colaboradora Deise de Oliveira Miron
Outra colaboradora que entrou na empresa como operadora de caixa é Deise de Oliveira Miron, de 35 anos. Ao longo do tempo, ela passou por várias lojas da rede e, há 3 meses, assumiu o cargo de encarregada de operações.

Deise relembra que, em 2018, quando foi chamada para participar do processo seletivo do Carrefour, estava bastante receosa porque não sabia muito bem o que esperar. Chegando lá, porém, ela conta que todas as pessoas foram muito receptivas, inclusive os outros candidatos. "Já nesse momento, eu me senti muito confortável de estar ali". Assim como o Caio, ela conta que, mesmo não tendo retificado seu nome no documento, já na entrevista, ela foi tratada por Deise. "Eu senti que era um local onde eu seria realmente acolhida. Minha primeira supervisora, inclusive, me ajuda até hoje, como fez desde o começo".

A colaboradora faz questão de contar ainda dois episódios emblemáticos que passou no Carrefour. "No primeiro, em uma comemoração da regional em que eu trabalhava, eu fui homenageada como umas das colaboradoras que se destacaram. Lembrar disso ainda hoje me dá até vontade de chorar". Na segunda ocasião, Deise conta que foi em um encontro organizado pelo Carrefour que reuniu apenas colaboradores trans da rede. "Eu fui esperando encontrar poucas pessoas, mas chegando lá a quantidade de pessoas me surpreendeu. Fiquei muito feliz!".

Tanto o Caio quanto a Deise concordam que iniciativas desse tipo deveriam ser mais divulgadas para que outras empresas adotem políticas semelhantes. "Como pessoa trans, é comum sentir receio antes de ir em uma entrevista ou tentar entrar em qualquer empresa. Por isso, gosto de contar a minha história: para que outras pessoas também tentem oportunidades assim", finaliza Deise.

Diversidade e Inclusão no Carrefour

Os projetos voltados à população trans são apenas algumas das ações da Plataforma de Diversidade e Inclusão, do Grupo Carrefour Brasil, estrutura criada em 2012 e que abriga os Comitês Estratégico e Gestor de Diversidade, além dos grupos de afinidade.

A Plataforma trabalha para assegurar os melhores padrões de conduta no tratamento com as pessoas, na busca e acolhimento da diversidade nas práticas de gestão dos negócios e na contribuição para um mundo mais sustentável.

Desta forma, a empresa atua no sentido de promover a equidade de oportunidades e de tratamento, além de oferecer um ambiente de trabalho respeitoso e acolhedor em todas as operações, buscando um ambiente de trabalho em que todas as características são valorizadas e onde as pessoas são tratadas com respeito e de maneira inclusiva.

Além disso, o Carrefour é signatário do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ e, só em 2020, mais de 1500 líderes estiveram no Fórum de Liderança Inclusiva, dialogando sobre valorização das pessoas.

Sobre o Grupo Carrefour Brasil

Há 45 anos no país, o Grupo Carrefour Brasil é líder de mercado de distribuição de alimentos. A partir de uma plataforma omnicanal e multiformato, reúne operações de varejo e Cash & Carry, além do Banco Carrefour e de sua divisão imobiliária, o Carrefour Property. Atualmente, conta com os formatos Carrefour (hipermercado), Carrefour Bairro e Carrefour Market (supermercado), Carrefour Express (varejo de proximidade), Carrefour.com (e-commerce), Atacadão (atacado e atacado de autosserviço), além de postos de combustíveis e drogarias. Presente em todos os Estados e Distrito Federal, sua operação já abrange mais de 690 pontos de vendas. Com faturamento de R$ 62,2 bilhões em 2019 e mais de 88 mil colaboradores no Brasil, a empresa é a segunda maior operação dentre os países nos quais o Grupo Carrefour opera. A companhia se destaca ainda por ser uma das maiores empregadoras privadas do país e uma das 20 maiores empresas listadas na bolsa brasileira (B3). Além disso, tem focado em democratizar cada vez mais o acesso da população à alimentação saudável, promovendo o movimento Act For Food. No mundo, o Grupo Carrefour atua em mais de 30 países e, nos próximos anos, implementa estratégia prevista no plano Carrefour 2022, por meio da qual lidera intenso movimento de omnicanalidade, transformação digital e transição alimentar para que seus clientes consumam ainda melhor em qualquer lugar. Com mais de 325 mil colaboradores e 12 mil lojas espalhadas pela Europa, Ásia e América Latina, está presente na vida de mais de 105 milhões de clientes. Em 2019, a receita global da companhia totalizou € 80,7 bilhões.
http://www.grupocarrefourbrasil.com.br

Paul Simpson confirma participação no ENAQ 2020

Paul Simpson.jpg
Fundador da S2A2S fala sobre os impactos da pandemia na Gestão da Qualidade mundial

O inglês Paul Simpson é presença confirmada no Encontro Nacional da Qualidade – ENAQ 2020, promovido remotamente pela Qualyteam, no próximo dia 12 de novembro. O fundador e diretor da S2a2s - Strategy 2 Action 2 Success, consultoria de gerenciamento, apresentará os principais impactos e adaptações sobre a interrupção da infraestrutura de qualidade e confiança na cadeia de suprimentos. Além disso, ele falará como a auditoria da empresa precisou mudar para fornecer evidências de que os processos de uma organização estão funcionando conforme planejado, mesmo durante a pandemia.

Com o tema “As mudanças na Infraestrutura da Qualidade e os impactos da pandemia do Covid-19”, a palestra mostrará ainda os processos de auditoria (interno, externo e terceiros) e os riscos e oportunidades que a auditoria remota apresenta, incluindo as partes essenciais de como o sistema de qualidade teve que mudar para permitir continuar o trabalho de controle e manter a integridade dos processos.

Simpon, que também é delegado do Comitê ISO TC 176, ressalta a importância de novas habilidades dos profissionais da qualidade no gerenciamento dos sistemas após a COVID-19.

O especialista atua no fornecimento de suporte de consultoria para melhoria e reconhecimento de negócios, incluindo acreditação e certificação de acordo com os padrões ISSO, reconhecido pela qualidade e melhores maneiras de usar pessoas e sistemas para fazer as organizações avançarem. Especializado em risco, qualidade, sistemas de gestão e marketing, trabalhando com a missão de 'mantê-lo real'. Desenvolvedor experiente de sistemas de organização e envolvido com desenvolvimento de padrões internacionais. Com o primeiro diploma em engenharia, estendeu as qualificações de pós-graduação nas áreas de marketing e negócios, bem como nas áreas profissionais de auditoria, saúde e segurança e qualidade. Ao longo da carreira, tem aplicado princípios de qualidade para gestão de riscos, planejamento de qualidade e melhoria de negócios para permitir que organizações avancem com controle.

Sobre o evento:
Com o tema “Boas práticas e tendências para um País melhor”, o 1º ENAQ acontece no Dia Mundial da Qualidade, promovido pela Qualyteam, e terá 12 horas de intensa programação sobre a qualidade na prática. O evento visa promover a melhoria contínua por meio de uma cultura de qualidade sólida que impacta diretamente a organização e seus públicos, conectando profissionais de renome nacional e internacional, com entrevistas, palestras e cases de sucesso ao vivo.

TamanhosBanner e-mail base.png

Serviço:
Data: 12 de novembro
Horário: 8h30 às 20h30
Local: Remoto
Inscrições e programação completa: https://enaq.qualyteam.com/

Imprensa:
Suzane Gantzel (41) 99987-1576 – suzane.salazar@gmail.com
Thaís Ruco (11) 98288-4158 - thaisruco@gmail.com

SOBRE A QUALYTEAM: Fundada em 2008, a Qualyteam tem como principal desafio facilitar a gestão das empresas por meio de softwares para gestão da qualidade baseados na ISO 9001. Atualmente, são cinco soluções que facilitam a gestão da qualidade, reduzindo esforços e potencializando os resultados: Gestão de Documentos, Gestão de Indicadores, Gestão de Não conformidades, Gestão de Auditorias e Gestão de Riscos. Com presença nacional e atuação global em oito países, a Qualyteam já beneficiou mais de 600 clientes e 62 mil usuários ativos. Entre os parceiros estão: Incepa, Sola Coca-Cola, Embraer, Ipiranga, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Voltoplast, Jequiti Cosméticos, Zeiss e Tuppeware. Mais informações: https://qualyteam.com/