Araucária recebe 6 toneladas de alimentos da Corrente de Esperança Condor

Com o objetivo de ajudar Araucária neste momento difícil de pandemia, o Condor Super Center realizou a entrega de 6 toneladas de alimentos para o município, neste dia 6 de abril. A doação faz parte da Campanha “Corrente de Esperança Condor”, que segue até o dia 4 de maio e vai destinar parte da venda dos produtos anunciados nos tabloides específicos da ação.

Viabilizada em parceria com os fornecedores da rede, a “Corrente de Esperança Condor” já doou 14 toneladas de alimentos até o momento.

Segundo o diretor de operações do Condor, Maurício Bendixen, a campanha tem como objetivo ajudar as comunidades a enfrentarem este momento difícil. “No ano passado, já fizemos uma campanha semelhante, mas como a pandemia continua e os reflexos dela estão ainda mais fortes, decidimos criar uma corrente que ajude a população a passar por essas dificuldades com mais esperança e tranquilidade”.

A secretária de ação social de Araucária, Leonice Lara Lacerda, disse que a doação chega em boa hora. “Hoje, temos 8 regionais através do CRAS, que possuem critérios de vulnerabilidade que são avaliados por nossas assistentes sociais da linha de frente, por isso, agradeço o carinho do Condor por estar tendo este olhar neste momento difícil que estamos passando”.

A rede também vai entregar no dia 8 de abril, às 14h, quase 5,5 toneladas de alimentos para Campo Largo (Avenida Padre Natal Pigatto, 925 - gabinete do Prefeito).

Mais informações sobre a dinâmica da campanha e os produtos participantes podem ser conferidos no site www.condor.com.br.

Piraquara recebe 6 toneladas de alimentos da Corrente de Esperança Condor

Para ajudar Piraquara no enfrentamento da pandemia, o Instituto Joanir Zonta realizou a entrega de 6 toneladas de alimentos para o município, neste dia 5 de abril. A doação faz parte da Campanha “Corrente de Esperança Condor”, que segue até o dia 4 de maio e vai destinar parte da venda dos produtos anunciados nos tabloides específicos da ação.

Viabilizada em parceria com os fornecedores da rede, a “Corrente de Esperança Condor” também doou 2 toneladas de alimentos no dia 3 de abril para a comunidade Iguaçu III, em Curitiba. A moradora da comunidade, Rita Cássia Ferreira, destacou que as doações vão ajudar as famílias que trabalham com reciclagem, boa parte idosos. ‘É gratificante ver uma empresa olhando para as famílias aqui de dentro”.

Segundo o diretor administrativo do Condor, Wanclei Said, essa campanha foi idealizada para contribuir com as comunidades onde a rede atua. “Esperamos que estas doações possam minimizar o sofrimento das pessoas afetadas pela pandemia e que leve um pouco de esperança na vida delas”.

Para o prefeito de Piraquara, Josimar Aparecido Knupp Fróes, além de gerar empregos no município, o Condor também está ajudando Piraquara a enfrentar o momento atual. “O Condor é um grande parceiro da cidade e já nos ajudou no ano passado. Agora, esta doação chega em um momento econômico difícil, com desemprego em alta e com muitas famílias precisando”.

A rede também vai entregar amanhã, às 10h, 6 toneladas de alimentos para Araucária (Avenida Brasil, 379, Centro, Araucária – CRAS Centro).

Mais informações sobre a dinâmica da campanha e os produtos participantes podem ser conferidos no site www.condor.com.br.

Menopausa: Como cuidar da alimentação nessa fase da vida

A nutricionista e especialista em saúde da mulher, Angela Federau, dá dicas importantes de alimentos que podem amenizar os sintomas do climatério e menopausa

A nutricionista e especialista em saúde da mulher, Angela Federau, dá dicas importantes de alimentos que podem amenizar os sintomas do climatério e menopausa

Segundo a OMS, o climatério corresponde ao período final da fase reprodutiva, sendo dividido em 3 fases: pré-menopausa, perimenopausa e pós-menopausa.

O climatério consiste no declínio progressivo e fisiológico da fertilidade da mulher. Tais alterações levam a inúmeras mudanças físicas, metabólicas e emocionais na mulher, pois representa a transição da vida reprodutiva para a não reprodutiva.

Os sinais e sintomas do climatério atingem entre 60 a 80% das mulheres. O início, a duração e a intensidade dos sintomas variam, porém são alvos de queixas frequentes, que afetam diretamente a sua qualidade de vida, como: fogachos, sudorese noturna, secura vaginal, alterações de libido, insônia e alterações de humor.

A nutrição pode ser grande aliada para ajudar as mulheres a atravessarem essa fase da vida. Pensando nisso, Angela Federau, nutricionista e especialista em saúde da mulher sugere três opções nutricionais que podem ajudar no combate às queixas do climatério.

Soja
As isoflavonas presentes na leguminosa podem auxiliar na redução da sintomatologia climatérica, principalmente nos episódios de fogachos, pela sua estrutura molecular e propriedades similares aos estrógenos humanos. Na pós-menopausa, a ação estrogênica das isoflavonas, atuam compensando a queda do nível de estrogênio, o que contribui para melhora dos sintomas.

Amoreira-preta
A amoreira-preta é conhecida popularmente pelas suas propriedades medicinais. Contém uma variedade de compostos fenólicos, incluindo flavonas, isoflavonas, isoprenilados, estilbenos, cumarinas, cromonas e xantonas. Esses compostos apresentam efeito anti-inflamatório, antioxidante, diurético, hipotensor e atuam também como fitoestrógenos.

Melissa
A melissa, também conhecida como erva-cidreira, cidreira, capim-cidreira e citronete, reduz sintomas de irritabilidade, ansiedade, e tensão. O ácido rosmarínico da melissa é um dos principais componentes responsável pelo efeito sedativo leve e ação calmante. A infusão de melissa pode auxiliar no combate à insônia. Porém, pessoas com hipotireoidismo e com uso de medicamentos sedativos ou calmantes devem evitar o consumo desta planta.

Sobre Angela Federau

Angela Federau é nutricionista clínica (CRN-8: 5047), pós-graduada em fitoterapia aplicada à nutrição, especializada em nutrição funcional, pediátrica e escolar. Participa como convidada de pesquisas científicas e genéticas da UFPR como o mapeamento e estudo genético da comunidade Menonita e é revisora de artigos científicos e textos para sites médicos. É palestrante, escritora de livros, artigos e colunas em jornais e revistas. Nutricionista responsável pela APSAM - Associação Paranaense Superando a Mielomeningocele. Além disso, a nutricionista é empresária do segmento alimentício e atua como parceira da Polícia Militar do Paraná e de clínicas de fertilidade. https://www.instagram.com/angelafederau.nutri/

Caldo Bom amplia linha de integrais e naturais

Empresa insere mais oito itens em seu portfólio seguindo tendência que aponta busca do brasileiro por uma alimentação saudável e balanceada

A empresa do setor alimentício Caldo Bom se prepara para expandir as linhas integrais e naturais com a inserção de oito novos produtos em seu completo mix de quase 200 produtos. Passam a fazer parte do portfólio – que já possui semente de linhaça dourada, semente de linhaça marrom, aveia em flocos finos, grãos de quinoa, grãos de chia e gergelim sem casca - a farinha de linhaça marrom, farinha de linhaça dourada, proteína de soja texturizada, aveia em flocos grossos, farelo de aveia, farinha de trigo integral, açúcar mascavo e sal marinho.

Além das tradicionais embalagens de 500g em 6 opções disponíveis – Mix 8 Grãos Completo, Mix 8 Grãos e Vegetais, Mix 8 Grãos e Cenoura, Mix 8 Grãos e Ervilha, Mix 8 Grãos e Mix 10 Grãos Essenciais –, os produtos integrais Mix 8 Grãos Completo e Mix 10 Grãos Essenciais serão encontrados na gôndola também nas versões de 1kg.

Com estes lançamentos, a Caldo Bom pretende ampliar as vendas em 20%, mirando no consumidor que busca uma alimentação mais saudável. Isso ocorre após amplas pesquisas feitas pela empresa, que identificaram o comportamento e tendências de consumo apontando que quase metade da população procura por alimentos naturais e integrais, minimamente processados.

“O Brasil é o quarto país em potencial e consumo de alimentos naturais e integrais, um mercado de mais de US$ 35 bilhões”, explica Matheus Stival, Head de Operações da Caldo Bom. “É um nicho em crescimento e que impulsiona a empresa a ingressar em novas regiões do país e também em novas categorias de alimentos”.

“Nossa linha de produtos integrais e naturais é focada em um público consumidor de jovens e adultos que visam uma alimentação balanceada; bem como pessoas acima dos 50 anos que buscam um estilo de vida mais saudável para aproveitar a melhor época da vida”, ressalta José Felipe, Gerente de Marketing da Caldo Bom.

Sobre a Caldo Bom - A Caldo Bom é uma empresa moderna e que está sempre atualizada com as novas tendências na área de alimentação. Parte do Grupo Stival e presente no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, a Caldo Bom é detentora de um amplo portfólio formado pelas categorias Arroz e Feijão, Cereais e Grãos, Doces e Sobremesas, Farinhas e Farináceos, Farofas e Acompanhamentos, Integrais e Naturais, Linha Vegan, Pipocas e Aperitivos, Práticos e Instantâneos, Semiprontos e Temperos e Condimentos. Está posicionada como o melhor custo-benefício na gôndola, resultado de um produto de máxima qualidade e sabor com um preço competitivo no mercado. Esse diferencial abriu portas para exportar para mais de 20 países entre eles China, Japão, Canadá e Alemanha – uma marca atenta às tendências de consumo, que tem o propósito de transformar a alimentação dos brasileiros em um momento prazeroso e memorável. Mais em www.caldobom.com.br

Contatos:
Televendas
ecommerce2@stival.com.br
(41) 99940-0032

Gastronomia: você sabe como é feito o processo de defumação de alimentos?

Tecnologia auxilia grandes empresas de embutidos a manter qualidade e naturalidade na defumação

Bacon, costelinha, presunto, calabresa… a variedade de produtos que podem levar o selo de “defumados” nas prateleiras do mercado é imensa. Mas poucos sabem como esse processo é realizado dentro das grandes fábricas de alimentos. Com a chegada da tecnologia, por exemplo, o processo de defumação, apesar de automatizado, conseguiu manter sua naturalidade de origem.

Inicialmente utilizada somente como uma forma de conservação dos alimentos, a defumação passou a ser vista como um novo jeito de trazer sabor e aroma para a carne. “Quando um consumidor busca por alimentos defumados, ele espera características sensoriais que remetem ao processo de defumação, como cor, aroma e sabor”, explica a coordenadora de produção da Alegra, Marina Manfroi Maschio Kiefer.

O processo de defumação não foge do que o nome sugere, consiste na inclusão de fumaça durante o processo de cozimento da carne. Na Alegra, indústria de alimentos derivados da carne suína, são utilizadas estufas que mantêm o processo uniforme e padrão. “Todo o processo é contínuo e padronizado, por isso, a entrada e a saída de fumaça acontece automaticamente, o que permite que todo o lote saia com exatamente a mesma qualidade”, explica a coordenadora.

Apesar do uso da tecnologia, a naturalidade do processo segue como pilar essencial para garantir o sabor e aroma da carne. “Toda a nossa defumação é feita de forma natural, a partir da fumaça da queima lenta de uma maravalha umedecida importada da Alemanha. O processo dura entre 40 minutos e uma hora, dependendo do alimento que será submetido”, conta Marina. A maravalha, usada na defumação, é uma variedade de serragem usada na queima para produzir a fumaça.

Na Alegra, a linha de defumados conta com bacon em fatias, bacon em tabletes, bacon de pernil, bacon manta e costela suína. Além desses, passam pelo processo de defumação o lombo fatiado, presunto fatiado e as linguiças tipo calabresa e paio.

Sobre a Alegra

A indústria de alimentos Alegra é a união das cooperativas de origem holandesa, Frísia, Castrolanda e Capal, que constituem o grupo Unium. Uma empresa que combina condições de trabalho ideais aliando tecnologia, equipamentos de última geração, preocupação com o bem-estar dos animais e sustentabilidade em seu parque industrial, sempre primando pela excelência em seu produto final, que utiliza as melhores carnes suínas.

Em 2017, a marca conquistou o reconhecimento internacional quanto às Práticas de Bem-estar Animal no abate, tornando-se a primeira planta brasileira a receber essa certificação em bem-estar suíno, pela WQS. Mais informações em www.alegrafoods.com.br.

Jasmine & Quatro alimentos que ajudam a controlar a ansiedade na pandemia

Estudo revela que cerca de 80% da população brasileira se tornou mais ansiosa com a chegada do novo coronavírus

Medo, apetite desregulado, alteração de sono, tensão muscular e preocupações em excesso são exemplos de sintomas que podem estar relacionados a transtornos de ansiedade. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o Brasil já era o país mais ansioso do mundo antes da pandemia, com cerca de 8,6 milhões de pessoas que sofrem com a doença. Contudo, de acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), após o início da pandemia, aproximadamente 80% da população brasileira se tornou mais ansiosa, enquanto em outros países a média é de 30%.

Segundo a engenheira de alimentos Erika de Almeida, a alimentação balanceada é uma alternativa para ajudar a diminuir e controlar a ansiedade. “Magnésio, cálcio e triptofano são exemplos de nutrientes que aumentam a produção de serotonina, conhecida como o hormônio da felicidade. Outros nutrientes como ômega-3 e selênio, por exemplo, contribuem para um melhor funcionamento do organismo, ajudando a melhorar os sintomas da ansiedade. Alimentos saudáveis podem ser uma grandes aliados neste cenário”, explica a analista de Pesquisa e Desenvolvimento da Jasmine Alimentos, empresa especializada em alimentos saudáveis.

Confira cinco alimentos que ajudam a controlar a ansiedade.

Castanha-do-Pará

Rica em selênio, a castanha-do-pará contribui para reduzir inflamações, que são comuns em pessoas que sofrem com transtornos de humor. Outro benefício das castanhas é a vitamina E, com propriedades antioxidantes, que ajudam a prevenir danos celulares e são benéficas no controle da ansiedade. Além de ser consumida in natura, as Castanhas-do-Pará podem ser encontradas em cookies e granolas, por exemplo.

Banana

Com alto teor de triptofano, a banana é uma importante aliada na produção de serotonina, que ajuda no alívio da depressão e dos sintomas da ansiedade. A fruta também é rica em potássio, nutriente que também pode ajudar a reduzir os sintomas de estresse e ansiedade.

Chia

A chia é rica em ferro, aminoácidos e vitamina B, essenciais para o bom funcionamento da saúde cerebral. Também são fonte de fibras e ômega-3, que ajudam a diminuir os sintomas da ansiedade. Ela pode ser consumida em grãos, como farinha, ou na composição de receitas como biscoitos, bolos e pães.

Frutas cítricas

A vitamina C, presente nas frutas cítricas, diminui a secreção de cortisol e promove o bom funcionamento do sistema nervoso. O hormônio costuma ser liberado em resposta ao estresse e à ansiedade, transmitindo para todo o corpo. A ingestão de frutas cítricas também está relacionada com o aumento da imunidade.

Sobre a Jasmine Alimentos

A Jasmine Alimentos é uma empresa referência em alimentação saudável. Com produtos categorizados em orgânicos, zero açúcar, integrais e sem glúten, a marca visa atingir o público que busca alimentos saudáveis de verdade e qualidade de vida. A operação da Jasmine começou de forma artesanal no Paraná, há 30 anos. A Jasmine está consolidada em todo Brasil e ampliando sua atuação para a América Latina. Desde 2014 a marca pertence ao grupo francês Nutrition et Santé, detentor de outras marcas líderes no segmento saudável na Europa.

Nutricionistas apresentam dicas de como manter a alimentação equilibrada e nutritiva no verão

Profissionais da Sodexo On-site Brasil alertam para os cuidados em relação às refeições em tempos de pandemia, altas temperaturas, armazenamento e higienização dos alimentos

São Paulo, janeiro de 2020 – Com as altas temperaturas nos primeiros meses do ano, junto com o cenário de pandemia provocada pela Covid -19, é o momento de redobrar a atenção aos cuidados com a saúde. Principalmente quando falamos em manter uma alimentação nutritiva e equilibrada para melhorar o sistema imunológico, além da preocupação com a higienização dos alimentos.

Com o objetivo de levar sua expertise em alimentação para incentivar melhorias no bem-estar das pessoas, a Sodexo On-site, líder em serviços de Qualidade de Vida por meio de serviços de alimentação e facilities, reuniu seu time de especialistas, nutricionistas e chefs e prepararam um e-book com diversas dicas de nutrição, saúde e bem-estar, que reforçam a importância de refeições balanceadas e nutritivas para a saúde e proteção do corpo, além de orientações para intensificar a higienização dos alimentos, confira algumas delas:

1 - Alimentação durante o verão

Ao contrário do inverno, estação em que é comum sentir mais fome, as temperaturas elevadas podem inibir o apetite. É comum que a maior parte das pessoas não consiga seguir uma alimentação balanceada e nutritiva, composta de proteínas, carboidratos, gorduras boas, fibras, vitaminas e minerais.

“Para montar uma refeição saudável que ajude na proteção do corpo, é importante lembrar que um prato equilibrado deve ser composto 50% por vegetais crus e cozidos, 25% de proteínas, como carnes, peixes, ovos, entre outros, e 25% de carboidratos, de preferência integrais. Na sobremesa, pode-se optar por frutas”, explica a coordenadora do projeto Francisca Silva, nutricionista da Sodexo On-site Brasil.

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=190522&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P15201MB25452B782F4C7014E39239D8CFBC0%2540CP2P15201MB2545.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P15201MB25452B782F4C7014E39239D8CFBC0%40CP2P15201MB2545.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.2

Salada de Frutas com Creme de Iogurte de Coco (receita disponível na pág. 32 do e-book)

2 - Saúde e equilíbrio

Para evitar um possível desequilíbrio na alimentação, é recomendado evitar longos períodos em jejum. “Uma dica é fazer um lanche saudável, como um snack de castanhas caramelizadas com açúcar de coco, antes de sair de casa, pois isso ajuda nas escolhas e no consumo moderado dos alimentos”, sugere a nutricionista Claudia Musa.

Para colorir e enriquecer os pratos, as saladas são ótimas opções. Além de serem ricas em nutrientes, elas ajudam a aumentar a saciedade e melhorar o processo digestivo. Durante a escolha das proteínas, as carnes magras devem ser priorizadas, sempre retirando as gorduras. As receitas você pode conferir a partir da página 18 do e-book.

Outro ponto importante é a hidratação. Nos dias quentes também ocorre maior perda de líquidos e minerais, devido ao aumento da temperatura corporal e transpiração excessiva. Por isso, a necessidade de se hidratar, para que todo líquido perdido seja reposto. “Nesse período, a ingestão de bebidas alcoólicas deve ser controlada e intercalada com água e outras bebidas não alcoólicas, como sucos naturais com as frutas da época”, conclui Claudia.

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=190522&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P15201MB25452B782F4C7014E39239D8CFBC0%2540CP2P15201MB2545.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P15201MB25452B782F4C7014E39239D8CFBC0%40CP2P15201MB2545.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.3

Coquetel tropical sem álcool e sem açúcar (pág. 35 do book)

3 - Vitaminas e minerais para uma alimentação nutritiva

Neste ano atípico, a alimentação equilibrada tornou-se ainda mais importante e essencial para reforçar a imunidade. Entre os nutrientes necessários para a manutenção do sistema imunológico, estão:

Vitamina A - Pode ser encontrada em cenouras, batata doce, folhas de brócolis, manga, couve fígado, gema de ovo, leite e derivados.
Vitamina C - Kiwi, goiaba, brócolis, frutas cítricas, frutas vermelhas, talos de couve e salva.
Vitamina D - Peixes, ovos, lácteos, fígado e cogumelos.
Vitamina E - Azeite de oliva extravirgem, castanhas, avelã, semente de girassol e abacate.
Zinco - Camarão, peixe, fígado, sementes, castanhas, grãos integrais e cereais.
Ômega 3 - Peixes, castanhas, amêndoas, nozes, sementes e linhaça.
Prebióticos* - Trigo, cebola, banana, mel, alho e raiz de chicória.
Potássio - Ameixa, frutos do mar, amêndoas, acelga e amendoim.
*Bactérias do bem (probióticos) localizadas em nosso intestino formam uma barreira contra muitos organismos agressores de nosso organismo. Essas bactérias por sua vez se alimentam de fibras alimentares (prebióticos) presentes em frutas, legumes, verduras, aveia e outros cereais integrais. Por isso é fundamental consumir alimentos in natura ou minimamente processados, que oferecem um teor maior de fibras. São prebióticos os compostos com o FOS – frutooligossacarídeos (presente na agave-azul, batata yacon, alho, cebola, banana e tomate, entre outros) e a inulina (encontrada em alimentos como chicória, alho, cebola, inhame, banana e outros). Sobre os alimentos classificados como probióticos, são aqueles que contêm os microrganismos do bem. Estão presentes em iogurtes, kefir e alimentos fermentados, como os pães feitos com levain (fermentação natural).

4 - Compras e higienização de alimentos

Antes de ir ao mercado, a dica é fazer uma lista dos itens necessários para ajudar a combater o desperdício e não cair em promoções de produtos que não serão utilizados.

“Para a higienização, as embalagens devem ser lavadas com água e sabão ou limpas com álcool 70% antes de serem guardadas no armário ou na despensa. Frutas, legumes e verduras devem ser lavados em água corrente e higienizados com uma solução clorada, que deve ser diluída conforme as instruções do produto”, explica Francisca.

5 - Atenção ao rótulo dos alimentos

Ficar de olho nos rótulos dos alimentos também faz parte da construção do hábito de manter uma alimentação equilibrada. Conhecer o que há por dentro da embalagem facilita a decisão no ato da compra.

Nas novas regras de rotulagem nutricional, a embalagem deve conter um símbolo informativo na parte da frente do produto, esclarecendo de forma clara e simples, sobre o alto teor de nutrientes que têm relevância para a saúde.

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=190522&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P15201MB25452B782F4C7014E39239D8CFBC0%2540CP2P15201MB2545.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P15201MB25452B782F4C7014E39239D8CFBC0%40CP2P15201MB2545.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.4

O material completo com todas as dicas e receitas nutritivas podem ser baixados no link do e-book. A nutricionista coordenadora do projeto Francisca Silva, juntamente com as nutricionistas idealizadoras, Antonia Francisca Cavassim, Beatriz Mastroeni, Claudia Musa, Giselle Cassitas Duarte e Lais Augusto estão à disposição para informações e entrevistas.

Sobre a Sodexo On-site Brasil

Com mais de 50 anos de expertise em todo o mundo – 40 anos só no Brasil – a Sodexo On-Site Brasil é líder em Serviços de Qualidade de Vida, oferecendo uma ampla gama de soluções integradas que contribuem para o bem-estar e eficiência de diversas organizações e instituições em todo o país. Sustentada nos valores: Espírito de Equipe, Espírito de Serviço e Espírito de Progresso, a trajetória Sodexo é baseada no propósito de melhorar o dia a dia das pessoas em todos os sentidos. Presente em todo o território nacional, opera com uma plataforma global de Food (Alimentação) e FM (Facilities Management) responsáveis pela padronização de serviços, treinamentos, segurança do trabalho, segurança dos alimentos e auditorias técnicas. Tudo para oferecer de forma especializada e integrada as melhores soluções, com equipes de profissionais preparados e experientes em diversas áreas de atuação.

Destaques Sodexo On-Site Brasil (dados de 31 de agosto de 2020)
§ Opera em mais de 2.000 sites em todo o país;
§ 42 mil colaboradores;
§ 1,5 milhão de consumidores servidos diariamente;
§ § Líder em seu setor no índice Dow Jones de sustentabilidade pelo 14° ano consecutivo;
§ Foi incluída pelo 11º ano consecutivo no Anuário de Sustentabilidade 2020 da RobecoSAM:
§ Signatária do Pacto Global da ONU desde 2015.

Principais conquistas:
› Quatrorze vezes eleita como a empresa mais lembrada na categoria Serviços de Alimentação Coletiva pelo Top of Mind RH;
› Premiada oito vezes no Top Hospitalar e cinco vezes entre os 100 Mais Influentes da Saúde;
› Vencedoraseis vezes no prêmio Top Educação;
› Por dois anos consecutivos, é uma das 100 Mais Influentes da Energia;
› Reconhecida pelo Women’s Empowerment Principles 2016;
› Certificada pelo GEEIS, Gender Equality European & International Standard;
› Também faz parte do fórum de empresas e direitos LGBT.

Natal Solidário do LIDE arrecada alimentos para comunidades carentes

Em 2020, o Natal Solidário do LIDE Paraná ganha nova roupagem, a festa de gala, dá lugar a uma atenção direta à comunidades carentes, arrecadando alimentos para famílias poderem ter uma ceia de Natal e manter condições mínimas de nutrição

O Natal Solidário é uma comemoração tradicional no calendário do LIDE Paraná, anualmente realizado no Castelo do Batel a festa de gala arrecada fundos para entidades carentes. Mas neste ano, o LIDE que já vem se envolvendo em trabalhos sociais desde o início da pandemia, inova e leva a celebração para quem mais precisa às comunidades carentes, mais uma vez em parceria com o Projeto Luz.

"O grande motivador do Natal Solidário é ajudar o próximo. Já no início da pandemia nós nos envolvemos com o Projeto Luz na realização do Bazar do LIDE Mulher em parceria com a TROC, deu super certo. O que era para ser um ação pontual, teve continuidade e agora, claro que não faz nenhum sentido promover uma festa ou uma ação isolada. Vamos usar o LIDE como um catalizador de recursos e doações para ajudar aqueles que perderam empregos, famílias que estão sem renda a terem um Natal mais aconchegante, com comida na mesa, pois acompanhamos muitas comunidades que não tem nutrição básica", explica a presidente da entidade Heloisa Garrett.

Nos últimos três anos o LIDE Paraná arrecadou doações para a construção do Erastinho, unidade pediátrica do Erasto Gaetner, primeiro hospital oncopediátrico do Paraná que foi inaugurado no último mês de setembro. Os eventos foram importantes não só para a arrecadação de fundos, mas também para a mobilização de empresários para outras iniciativas em prol do Hospital e de viabilização de parcerias.

A pandemia agravou problemas sociais e muitas famílias foram afetadas, assim, mais do que nunca, torna-se indispensável pensar no próximo, ainda mais quando em datas especiais como o Natal. Dentro deste novo formato o Natal Solidário está arrecadando cestas básicas. "Durante a pandemia, atendemos muitas famílias e muitas comunidades precisam de ajuda. A mobilização de empresários e entidades como o LIDE é fundamental para alcançar aqueles que mais precisam. Toda a ajuda é bem vinda", destaca a coordenadora do Projeto Luz, Luciana Almeida.

Sobre o Projeto Luz

O Projeto envolve voluntários para uma causa mais do que necessária para nossa sociedade, arrecada e distribui refeições e outras doações para pessoas em situação de vulnerabilidade social. O Projeto Luz é mantido por voluntários e sobrevive de doações e eventos pontuais. Para saber mais siga no instagram @projeto_luz.

Como ajudar?

Para fazer sua doação, basta entrar em contato com o concierge do LIDE Paraná (41) 41 9111-8248 ou diretamente com o Projeto Luz por meio do Instagram @projeto_luz. As doações podem ser feitas até o dia 05 de dezembro.

Dia da Diabetes: cinco alimentos que ajudam a controlar a doença

Data foi criada para conscientizar as pessoas sobre o risco do problema, que afeta cerca de 460 milhões de pessoas em todo o mundo

O dia 14 de novembro é o Dia Mundial da Diabetes, data escolhida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Federação Internacional da Diabetes (IDF) para conscientizar as pessoas sobre a importância de manter uma alimentação saudável e realizar exames regularmente para evitar ou controlar a doença. Segundo dados da IDF, no Brasil cerca de 17 milhões de pessoas vivem com diabetes. O país é o quinto colocado no ranking internacional da doença, que afeta cerca de 464 milhões de pessoas, entre crianças, adultos e idosos, em todo o mundo.

Segundo a engenheira de alimentos Melissa Gomide Carpi, o cuidado com a alimentação é essencial, tanto para prevenir, quanto para controlar a diabetes. “Alguns alimentos, quando consumidos regularmente, ajudam a controlar o nível de glicose no sangue e a baixar o colesterol, o que ajuda a melhorar a qualidade de vida, na prevenção ou controle da doença. Lembrando que se já houver o diagnóstico, a alimentação saudável não dispensa o uso dos medicamentos de controle da diabetes”, afirma a gerente de inovação de produto da Jasmine Alimentos, empresa especializada em alimentos saudáveis.

Conheça cinco alimentos que ajudam a controlar a diabetes:

Aveia: A quantidade de fibras presente na aveia ajuda a manter um nível estável de glicose no sangue. A aveia também pode colaborar com a melhoria da sensibilidade à insulina.

Arroz integral: Diferente do arroz branco tradicional, o arroz integral não é submetido a um processo de refinação, o que deixa o alimento mais rico em fibras e nutrientes. As fibras atuam retardando a passagem da glicose para o sangue, impedindo que o nível de açúcar aumente rapidamente.

Maçã: a casca da maçã concentra uma fibra solúvel chamada pectina, que ajuda a controlar a glicemia, promovendo uma absorção mais gradativa da glicose, além de reduzir o mau colesterol.

Semente de linhaça: A linhaça ajuda a melhorar a sensibilidade do corpo à insulina, principalmente devido às qualidades antioxidantes desse grão. A linhaça também traz impactos positivos no triglicérides e colesterol.

Stevia natural: a stevia natural é um poderoso substituto ao açúcar tradicional, por ser um adoçante natural que, em pequenas quantidades, é capaz de adoçar mais do que o açúcar, sem alterar os níveis glicêmicos no sangue.

Sobre a Jasmine Alimentos

A Jasmine Alimentos é uma empresa referência em alimentação saudável. Com produtos categorizados em orgânicos, zero açúcar, integrais e sem glúten, a marca visa atingir o público que busca alimentos saudáveis de verdade e qualidade de vida. A operação da Jasmine começou de forma artesanal no Paraná, há 30 anos. A Jasmine está consolidada em todo Brasil e ampliando sua atuação para a América Latina. Desde 2014 a marca pertence ao grupo francês Nutrition et Santé, detentor de outras marcas líderes no segmento saudável na Europa.

Conheça os benefícios de consumir os alimentos da estação

Além de serem mais frescos e saudáveis, alguns alimentos conferem o gosto umami e deixam os pratos ainda mais saborosos
Alimentos da estação
Outubro de 2020 – A melhor época para comer alimentos fresquinhos e repletos de nutrientes é quando estão maduros e prontos para o consumo. Isso acontece porque os alimentos se desenvolvem em épocas específicas, propícias para a sua maturação. Quando frescos, são capazes de oferecer diferentes benefícios para o organismo, além de contribuir para um cardápio farto e variado.

De acordo com a nutricionista Graciela Vargas, do Comitê Umami – organização responsável pela divulgação do quinto gosto básico do paladar humano -, os alimentos da estação aproveitam mais os nutrientes da terra. “Esses alimentos são mais frescos, leves e o clima tropical brasileiro contribui para uma ampla variedade de opções”, explica. A nutricionista ainda destaca que o consumo dessas iguarias possibilita diversas combinações de pratos. “Ingredientes como cenoura, cogumelo e tomate, que conferem o gosto umami, são ricos em diferentes nutrientes e ajudam na variabilidade do paladar, conferindo ainda mais sabor aos pratos”, afirma.

Verduras

Segundo Graciela, os nutrientes das verduras atuam em diversas frentes no nosso sistema imunológico, contribuindo para a defesa do organismo. “As verduras são ricas em vitaminas, minerais e fibras, que auxiliam na prevenção de doenças e complicações intestinais. Além disso, algumas verduras, como brócolis, espinafre e couve-flor, possuem ácido glutâmico, presente naturalmente nesses alimentos e responsável por conferir o gosto umami, permitindo que os pratos fiquem mais saborosos”.

Legumes

Pratos coloridos com diferentes tipos de legumes e vegetais são sinônimo de uma refeição mais saudável e nutritiva. Segundo Graciela, “pratos equilibrados são a melhor opção para garantir um estilo de vida mais leve, mas para isso, é necessário escolher os alimentos adequadamente. Legumes como aspargos, cenoura, cogumelo, ervilha, tomate e milho, além de serem ótimas combinações em diferentes receitas e serem ricos em umami, também são capazes de auxiliar na digestão de proteínas, oferecendo vitaminas e minerais essenciais para proteção, nutrição e maior qualidade de vida”, finaliza.

UMAMI
É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento. Para saber mais, acesse www.portalumami.com.br e acompanhe também pelas redes sociais facebook.com/ogostoumami e instagram.com/ogostoumami.

Aprenda a incluir doces na dieta e manter a alimentação equilibrada

Sodexo dá dicas de como manter as guloseimas após as refeições sem prejudicar a saúde e ainda oferece descontos no Dia da Sobremesa

São Paulo, outubro de 2020 – Para muitas pessoas, a sobremesa é a melhor parte da refeição. Para outras, representa uma fuga da alimentação saudável e até uma certa culpa. Mas não precisa ser assim. A Sodexo Benefícios e Incentivos, referência em serviços que levam mais qualidade de vida às pessoas, reuniu uma série de dicas que permitem incluir um docinho depois do almoço ou jantar, sem prejudicar a saúde, mantendo a dieta equilibrada, principalmente no Dia da Sobremesa, que se comemora no dia 9 de outubro.

· A primeira orientação é saber escolher. Dê preferência para alimentos in natura (como frutas) ou minimamente processados (como frutas secas ou cereais). Sobremesas muito calóricas podem ser consumidas, mas com moderação.

· Uma coisa compensa a outra: não existem alimentos proibidos para uma dieta saudável. O importante é ficar atento à quantidade ingerida, à frequência de consumo e ao seu estilo de vida. Busque incluir a prática regular de exercícios físicos, que vão contribuir para sua qualidade de vida e manter seu corpo saudável.

· Fique atento ao seu corpo: se a sua refeição já te deixou satisfeito, que tal guardar a sobremesa para ser seu lanche da tarde? Você economiza calorias e ainda vai ter um docinho para curtir no meio da tarde.

· Na dúvida, consulte um nutricionista: por mais que a gente encontre muita informação sobre dietas saudáveis na internet, fazer uma consulta com um nutricionista fará com que você tenha mais clareza do que é bom para seu próprio organismo e, com mais inteligência e conhecimento, manter sua querida sobremesa na rotina.

Aproveitando a data comemorativa, membros do Sodexo Club contam com desconto no Amor aos Pedaços, confira na página promocional.

O Sodexo Club

Lançado em agosto de 2018, o aplicativo disponibiliza informações que ajudam na gestão diária dos benefícios, como: consulta de saldo e extrato; gasto médio no período; busca de rede credenciada; acesso a festivais gastronômicos; e promoções que aumentam o poder de compra dos consumidores.

SOBRE A SODEXO

Fundada em 1966 por Pierre Bellon, em Marselha, a Sodexo é líder global em serviços que melhoram a qualidade de vida, um fator essencial para o desempenho dos indivíduos e das organizações. Presente em 67 países, a Sodexo atende 100 milhões de consumidores todos os dias por meio de uma combinação exclusiva de Serviços On-site, Serviços de Benefícios e Incentivos, além de Serviços Pessoais e Domiciliares. Por meio de mais de 100 tipos de serviços, a Sodexo proporciona aos clientes uma oferta integrada desenvolvida em mais de 50 anos de experiência: serviços de alimentação, recepção, manutenção e limpeza, até gestão de equipamentos e instalações; desde cartões de benefício e programas que promovem o engajamento de colaboradores por meio de soluções que simplificam e melhoram sua gestão de despesas e mobilidade, até assistência residencial, creches e serviços de concierge. O sucesso e desempenho da Sodexo são pautados em sua independência, no modelo de negócio sustentável, e na capacidade de desenvolver e incentivar a participação de seus 470 mil colaboradores por todo o mundo.

SOBRE A SODEXO BENEFÍCIOS E INCENTIVOS

É a empresa do grupo francês Sodexo, líder mundial em serviços de qualidade de vida. Tem em sua missão desenhar, gerenciar e entregar serviços para empresas de todos os portes, segmentos e regiões do Brasil com o objetivo de melhorar a qualidade de vida diária das pessoas e contribuir para o desenvolvimento econômico, social e ambiental das cidades, regiões e dos países em que atua.

Com 650 colaboradores, atende aproximadamente 103 mil clientes, que representam 5,9 milhões de usuários, com uma rede de 505 mil estabelecimentos credenciados em todo o País com serviços únicos no mercado de benefícios, gestão de despesas, incentivos e reconhecimento: Refeição Pass, Alimentação Pass, Cultura Pass, VT Pass, Combustível Pass, Gift Pass, Alimentação Pass Natal, Brinquedo Pass, Premium Pass, Wizeo, GymPass e Apoio Pass.

Restaurante Manu, considerado o 42º melhor da América Latina

O alimento será a fonte de mudança do futuro, avalia Chef Manu Buffara
À frente do Restaurante Manu, considerado o 42º melhor da América Latina, ela aposta no contato direto com produtores locais

Manu Buffara.jpg
Chef Manu Buffara é responsável pelo Restaurante Manu, em Curitiba (Foto: Henrique Schmeil)
Orgulho das raízes, da terra, da família e da cultura, estas são as principais filosofias do Restaurante Manu, comandado pela chef paranaense Manu Buffara. Foi por estas filosofias e, claro, pela comida, que o restaurante, em funcionamento desde 2011, recebeu, em 2019, o 42º lugar na lista dos 50 Melhores Restaurantes da América Latina.
Desde o início, Manu tinha a intenção de tornar seu restaurante um agente transformador. “Meu papel não é apenas servir um menu degustação, eu quero oferecer experiência, informação”, explica. Para isso, a chef aposta no contato direto com os produtores locais de Curitiba, não só para a busca e compra de produtos para desenvolver seus pratos, mas para dividir experiências e conhecimentos.
É essa relação com a cidade e a população de Curitiba que inspiram a chef. Para desenvolver o menu, Manu pensa, antes de tudo, nos produtos. São eles que indicam o caminho que os pratos devem seguir. “O cozinheiro pensa no menu, no seu prato, na forma de criá-lo, para depois pensar nos produtos que precisa. Eu entendo que o movimento tem de ser inverso, devemos trabalhar junto da natureza, não devemos domá-la, ou conquistá-la. O que a natureza e a cidade me dão é o que eu quero levar para as pessoas”, reforça.
“Plantar a própria comida é como imprimir o próprio dinheiro”, com essa frase de Ron Finley, Manu descreve seu entendimento sobre a relação direta com a produção e colheita. E para isso, não é preciso grandes hortas e espaços. Na sacada do apartamento, no jardim, em pequenos vasos na cozinha, já se pode cultivar frutas, verduras e temperos para consumo no dia a dia, pequenos hábitos que, segundo a chef, já são transformadores.
Sobre o futuro da alimentação, Manu é categórica em dizer que ele depende da sociedade, do papel transformador de cada um. Para a chef, “o alimento será a fonte de mudança do futuro”. Manu Buffara vai compartilhar sua trajetória, os benefícios da hiperlocalidade e do uso de uma agricultura próxima das pessoas no Open Food Innovation Summit, maior evento da América Latina sobre inovação e tecnologia em toda a cadeia de alimentos.
SOBRE O OPEN FOOD INNOVATION SUMMIT
O maior evento da América Latina sobre inovação e tecnologia em toda a cadeia de alimentos. Organizado por Open Food Institute (https://openfoodinstitute.com/) e Inventa Evento (http://www.inventaevento.com.br/), reúne produção, indústria, tecnologias empregadas no processo e resíduos. A primeira edição aconteceu em 2019 em Porto Alegre/RS e reuniu mais de 600 participantes, entre empresários, CEOs, estudantes e painelistas. Mais em: https://www.instagram.com/openfoodinstitute/

SERVIÇO
O que: Open Food Innovation Summit 2020
Quando: 14 e 15 de outubro de 2020
Site + ingressos: bit.ly/2YRf0Gk
Estudantes: 50% desconto / Ingressos corporativos: 30% desconto

Nina Nutri lança suplemento para imunidade

A Nina Nutri Alimentos Saudáveis lança um suplemento de marca própria, com substâncias responsáveis por manter a imunidade alta. A empresa, que oferece produtos com foco na alimentação saudável, inova com a nova linha, que tem curadoria da especialista em nutrição clínica e saúde da família, a nutricionista Priscila Freiberger, diretora-técnica da empresa.

O Nina Life associa vitamina C, zinco, selênio, vitamina A e a famosa vitamina D. “Priorizamos componentes com embasamento científico no auxílio do fortalecimento da imunidade”, afirma a profissional.

A Vitamina C

Sistema de Transmissão Gralha Azul beneficia mais de 230 famílias de comunidades tradicionais quilombolas no Paraná

Ao todo, cerca de 7 toneladas de alimentos e kits de prevenção à pandemia estão sendo distribuídos

Curitiba, julho de 2020 – Desde o início da implantação do Sistema de Transmissão Gralha Azul, no Paraná, a ENGIE vem buscando realizar ações sociais em diversas áreas. São atividades sociais, educacionais e filantrópicas em apoio às comunidades e aos municípios onde o projeto está inserido.
Um exemplo são as ações realizadas junto às cinco comunidades tradicionais quilombolas localizadas nas proximidades do Sistema, nos municípios de Guarapuava, Ivaí e Ponta Grossa. Nesta última semana de julho, a Companhia está realizando a doação de 235 cestas básicas com 30kg cada, totalizando mais de 7 toneladas de alimentos. Além dos itens de necessidade básica contidos nas cestas, estão sendo distribuídos para as famílias kits com máscaras reutilizáveis, álcool gel e materiais educacionais informativos, como forma de auxiliar na prevenção à pandemia pela Covid-19.
De acordo com César Murilo Souza, presidente da Associação de Moradores da Comunidade Quilombola Sutil, uma das comunidades beneficiadas pelo projeto, as doações representam muito para a população. “Só nesta comunidade contamos com o total de 70 famílias que receberão as cestas e temos certeza de que essa ação ajudará muito. Têm pessoas que devido à pandemia estão passando por mais necessidades e essa contribuição é fundamental neste momento”, afirma.
Segundo a moradora Marilda Gonçalves, essa é uma oportunidade de poder ajudar todos os membros da família. “Somos em 10 pessoas, fora meus netos. Com a cesta básica, todos serão ajudados também”, destaca.

Sobre o ST Gralha Azul
As obras do ST Gralha Azul passarão por 27 municípios do Centro-Sul e Centro-Oriental paranaense, movimentando cerca de cinco mil vagas de emprego ainda em 2020, para implementar mais de 1.000 quilômetros de linhas de transmissão no estado e 2.200 torres. As obras do Sistema de Transmissão Gralha Azul, da ENGIE, estão em execução no Paraná desde o mês de setembro de 2019. O projeto, que tem o investimento de R$ 2 bilhões, contempla a construção de cinco novas subestações de energia, cinco ampliações de subestações já existentes e quinze linhas de transmissão. O projeto deverá ser concluído em 2021, com a operação escalonada prevista para iniciar em julho.

Alimentos são grandes aliados no combate a depressão

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país mais deprimido da América Latina, com mais de 12 milhões de brasileiros que sofrem de depressão. A serotonina e dopamina são hormônios responsáveis pela sensação de prazer e bem-estar do organismo. Alguns alimentos, como ovos, peixes, chocolate amargo, entre outros, contribuem para a produção desses hormônios e influenciam diretamente no humor diário.

Sinais como perda de energia e cansaço constante são as principais características da depressão, doença do sistema nervoso que precisa ser tratada com acompanhamento médico e psicológico. Um estudo feito pelo Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) apontou que os casos de depressão praticamente dobraram desde o início da quarentena. Entre março e abril, dados coletados online indicam que o percentual de pessoas com depressão saltou de 4,2% para 8%, enquanto para os quadros de ansiedade o índice foi de 8,7% para 14,9%.

Segundo a especialista em nutrição clínica e saúde da família e diretora-técnica do Nina Nutri Alimentos Saudáveis, Priscila Freiberger, a inclusão de alimentos na dieta podem contribuir para evitar e combater a doença. “Certos nutrientes são importantes na prevenção da depressão e devem ser consumidos diariamente. Eles ajudam no controle de peso e no bom funcionamento do intestino, essenciais também para a saúde e bem-estar diário”, afirma.

Na lista, alimentos ricos em triptofano e ômega três, como carnes, peixes, ovos, oleaginosas, abacate, couve-flor, banana, grão-de-bico, abacate, aveia e chocolate amargo. “A ingestão de cálcio, como leite e derivados, e magnésico, encontrado na aveia, castanhas, amêndoas, arroz integral, entre outros, também contribui diretamente no combate à depressão”.

A dica é caprichar na ingestão de vitaminas e mineiras. “As vitaminas do complexo B, encontradas no espinafre, couve, ameixa, melancia e a vitamina C, que estão na laranja, limão, tangerina, também são de extrema importância”, afirma a nutricionista, lembrando que a ingestão de fibras contribui diretamente para a saúde intestinal. “As bactérias do intestino produzem e armazenam metade da serotonina presente no organismo, hormônio responsável pelo bom-humor”, explica. Além da alimentação, Priscila alerta para a prática frequente de exercícios físicos, que liberam os neurotransmissores dopamina e serotonina e ajudam no tratamento de depressão e ansiedade.

Bebidas alcoólicas, fast food, refrigerantes e alimentos ricos em gorduras e açúcares desarmonizam o corpo e provocam alterações bruscas no nível de açúcar do organismo. “Esses alimentos causam também tontura, fadiga física e emocional, causando ansiedade e deixando o organismo mais propenso a desenvolver a depressão”, finaliza a especialista.

Sobre a Nina Nutri Alimentos Saudáveis:

Sob a curadoria da nutricionista Priscila Freiberger, especialista em nutrição clínica e saúde da família, o Nina Nutri Alimentos Saudáveis oferece produtos com foco na alimentação saudável, como vitaminas, suplementos, produtos veganos, além de alimentos, bebidas e cosméticos, com consultoria online para direcionamento e indicação dos melhores insumos de acordo com o objetivo de cada um, visando a nutrição saudável, bem-estar e qualidade de vida.