Sistema de Transmissão Gralha Azul beneficia mais de 230 famílias de comunidades tradicionais quilombolas no Paraná

Ao todo, cerca de 7 toneladas de alimentos e kits de prevenção à pandemia estão sendo distribuídos

Curitiba, julho de 2020 – Desde o início da implantação do Sistema de Transmissão Gralha Azul, no Paraná, a ENGIE vem buscando realizar ações sociais em diversas áreas. São atividades sociais, educacionais e filantrópicas em apoio às comunidades e aos municípios onde o projeto está inserido.
Um exemplo são as ações realizadas junto às cinco comunidades tradicionais quilombolas localizadas nas proximidades do Sistema, nos municípios de Guarapuava, Ivaí e Ponta Grossa. Nesta última semana de julho, a Companhia está realizando a doação de 235 cestas básicas com 30kg cada, totalizando mais de 7 toneladas de alimentos. Além dos itens de necessidade básica contidos nas cestas, estão sendo distribuídos para as famílias kits com máscaras reutilizáveis, álcool gel e materiais educacionais informativos, como forma de auxiliar na prevenção à pandemia pela Covid-19.
De acordo com César Murilo Souza, presidente da Associação de Moradores da Comunidade Quilombola Sutil, uma das comunidades beneficiadas pelo projeto, as doações representam muito para a população. “Só nesta comunidade contamos com o total de 70 famílias que receberão as cestas e temos certeza de que essa ação ajudará muito. Têm pessoas que devido à pandemia estão passando por mais necessidades e essa contribuição é fundamental neste momento”, afirma.
Segundo a moradora Marilda Gonçalves, essa é uma oportunidade de poder ajudar todos os membros da família. “Somos em 10 pessoas, fora meus netos. Com a cesta básica, todos serão ajudados também”, destaca.

Sobre o ST Gralha Azul
As obras do ST Gralha Azul passarão por 27 municípios do Centro-Sul e Centro-Oriental paranaense, movimentando cerca de cinco mil vagas de emprego ainda em 2020, para implementar mais de 1.000 quilômetros de linhas de transmissão no estado e 2.200 torres. As obras do Sistema de Transmissão Gralha Azul, da ENGIE, estão em execução no Paraná desde o mês de setembro de 2019. O projeto, que tem o investimento de R$ 2 bilhões, contempla a construção de cinco novas subestações de energia, cinco ampliações de subestações já existentes e quinze linhas de transmissão. O projeto deverá ser concluído em 2021, com a operação escalonada prevista para iniciar em julho.

Empresa de Curitiba fabrica totem higienizador álcool gel personalizado

A higienização das mãos é um dos principais fatores para a prevenção contra o Covid 19 em lugares públicos. A empresa Mídia Filmes de Curitiba aposta nesse nicho de mercado e passa a fabricar e distribuir totens higienizadores com álcool gel.

Acionado quando pressionado com um dos pés, o álcool 70%. é liberado no bico ejetor para a devida higienização das mãos, sem que haja a necessidade de tocar o frasco de álcool gel. Essa é a aposta da empresa Mídia Filmes de Curitiba que atua há mais de 30 anos no setor de comunicação e marketing e agora abriu uma divisão específica para fabricar os displays que, além de servir como um painel publicitário, também é utilizado na higienização preventiva e segura em ambientes de grande circulação de pessoas, tais como bares, restaurantes, supermercados, farmácias, lojas e shoppings, dentro dos mais rigorosos protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde – OMS.

A troca de refil (frasco), também é realizada de forma prática, fácil e rápida, além de comportar até 1 litro de álcool gel, o que diminui consideravelmente o tempo de recarga do equipamento.

Fabricado em metal, o display possui o tamanho padrão de 1,20 x 0.30, porém a empresa disponibiliza projetos personalizados, com design específico e logomarca da empresa com impressão em PS, dentro da proposta e necessidade de cada cliente.

Serviço:

Totem higienizador álcool gel personalizado

Fabricante: Mídia Filmes Comunicação e Marketing

Dimensões 1,20 x 0.30

Contato/pedidos

Email: midiafilmes@gmail.com

Fone/WhatsApp: (41) 98464 – 1725

Curitiba - PR

Formas de pagamento:

À vista

Via transferência bancária (caixa/santanter/nubank ou boleto)

Mercado Livre (parcelado em até 12x c/ juros), PicPay.

Pão de Açúcar instala totem de álcool em gel acionado sem as mãos em suas lojas para reforçar medidas preventivas à covid-19

Mobiliário está sendo instalado nas lojas Pão de Açúcar de todo o País

Em mais uma iniciativa inédita para reforçar as medidas preventivas ao combate da covid-19, o Pão de Açúcar está instalando um novo equipamento nos supermercados da rede que garantirá ainda mais segurança aos clientes e colaboradores: um totem de álcool em gel que dispensa o acionamento pelas mãos para a higienização do usuário. O mobiliário foi desenvolvido em conjunto com fornecedores e reflete uma união de esforços para garantir mais uma medida sanitária ao momento de compras dos consumidores. O novo totem de álcool em gel já está sendo instalado em todas as 185 lojas Pão de Açúcar do País.

“A pandemia de covid-19 trouxe uma rápida e intensa alteração em nossas vidas. E em meio a todas essas mudanças, agimos rapidamente dentro de nosso papel responsável enquanto serviço essencial à população para garantir a segurança do que nos é mais valioso: os nossos clientes e colaboradores. São iniciativas para que as nossas lojas se mantenham em constante evolução e para que se tornem cada dia mais seguras”, analisa Othon Vela, Diretor de Marketing do Pão de Açúcar.

Medidas preventivas

Nas lojas físicas, o Pão de Açúcar adotou protocolos rígidos de higienização, com a utilização e disponibilização aos seus colaboradores de todos os equipamentos de segurança recomendados pelas autoridades de saúde, a obrigatoriedade do uso de máscaras, a desinfecção com álcool em gel nos pontos de atendimento e com a instalação de painéis de acrílico e adesivos no piso para a organização do distanciamento social. Também afastou temporariamente todos os seus colaboradores em grupos de risco e contratou quase 2 mil pessoas, temporariamente, em todo o Brasil, para ajudar com a operação. Na mesma linha, o Pão de Açúcar foi a primeira marca do grande varejo a adotar um horário de atendimento exclusivo para clientes com mais de 60 anos, oferecendo uma alternativa para um caso de extrema necessidade. Em momentos de alta demanda, a rede chegou a limitar a compra de produtos para garantir que as famílias pudessem se abastecer de maneira igualitária e concentrou seus esforços de fornecimento para atender as necessidades por produtos de alimentação, limpeza e cuidados pessoais. Também reafirmou o seu compromisso, em cadeia nacional de televisão, com o não repasse de possíveis reajustes de preços aos consumidores.

Já nos serviços de e-commerce do site www.paodeacucar.com e pelo app Pão de Açúcar Mais, a rede antecipou investimentos para triplicar a capacidade operacional de entregas em poucos dias, com a abertura de dois novos centros de distribuição, em São Paulo e no Rio de Janeiro, a fim de garantir que todos pudessem realizar suas compras sem precisar sair de casa. A marca realizou ainda a doação de 300 mil alimentos e produtos de higienes para instituições sociais parceiras, com alcance estimado de mais de 30 mil famílias. Todas essas iniciativas foram reunidas na campanha nacional #JuntosPodemosMais, em que o Pão de Açúcar apresenta, em um filme de 90’’, as ações implantadas em lojas físicas e em seu serviço de e-commerce para mostrar como respondeu à crise do novo coronavírus e procurou ajudar a vida das pessoas – como a medida de obrigatoriedade do uso de máscaras em suas lojas e que foram disponibilizadas a todos os colaboradores. O filme também ressalta o trabalho dos profissionais essenciais que estão na linha de frente para atender a população e estimula a união para que todos possam superar juntos este momento de desafio. A criação da campanha foi realizada pela agência BETC/Havas. O filme pode ser conferido neste link: https://youtu.be/Sl1CGuF96hw

Sobre o Pão de Açúcar

Com lojas distribuídas em 13 estados do Brasil, o Pão de Açúcar oferece soluções eficientes e inovadoras para deixar a compra de seus consumidores mais fácil, prática e gostosa. Focada no segmento premium de varejo alimentar, a marca é parte do GPA, uma das maiores companhias do varejo nacional. O Pão de Açúcar é pioneiro em inciativas sustentáveis dentro do segmento supermercadista brasileiro e no lançamento de um programa de fidelidade, o Pão de Açúcar Mais, hoje com mais de 7 milhões de cadastrados. A marca está presente em supermercados (185 lojas), lojas de bairro (Minuto Pão de Açúcar, com 84 unidades), e-commerce (www.paodeacucar.com) e por meio de seu aplicativo – gratuito e disponível nas lojas App Store e Google Play.

Águas Ouro Fino doa 7 mil vasilhames para envase de álcool gel

As embalagens higienizadas foram doadas para o mutirão da UTFPR. Empresa também fez doação de água mineral para as comunidades das ilhas do litoral paranaense

A empresa paranaense Águas Ouro Fino doou mais de 7 mil embalagens de água para a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), que iniciou, no final de março, um mutirão para a produção de álcool em gel destinado a ajudar os hospitais, ONGs e unidades de saúde de Curitiba. A indústria reconhecida como uma das maiores envasadoras de água mineral natural do Brasil, fez a doação dos vasilhames já higienizados e prontos para engarrafar, facilitando a distribuição dos itens produzidos para quem está atuando na linha de frente.

A iniciativa do professor Fernando Molin, chefe do departamento de Química UTFPR, mobilizou diversas pessoas e inclusive os alunos da Universidade Federal do Paraná (UFPR). A produção de álcool em gel feita nos laboratórios do curso já chegou a quase 3 mil litros e foram destinadas a 19 instituições de Curitiba e região.

A Ouro Fino também realizou, na semana passada, a doação de 1,5 mil litros de água para as comunidades das ilhas do litoral paranaense. A iniciativa do projeto Unidos pelo Surf, da Back Wash, levou além da água mineral, cestas básicas e produtos de higiene para a população que vive afastada.

Para o CEO da Ouro Fino, Marcelo Marques, é dever das empresas contribuírem em causas nobres, cumprindo com seu papel social, que está sendo reforçado durante a pandemia. “Neste momento precisamos unir forças para passarmos pela crise. Por isso, é de extrema necessidade estarmos unidos com outras empresas e instituições, contribuindo em ações de valorização humana, levando recursos e apoio àqueles que mais precisam”, completa.

Por se tratar de uma atividade de natureza essencial e pensando no bem-estar dos colaboradores, a indústria adotou diversas medidas de prevenção e controle contra o COVID-19 durante o seu funcionamento. Conforme orientação dos órgãos oficiais da saúde, a empresa também instruiu os funcionários diretos e indiretos, como caminhoneiros, que executam o transporte dos produtos e insumos para dentro e fora da empresa, sobre os procedimentos e protocolos adotados no cumprimento do trabalho.

Recentemente a empresa firmou parceria com diversas costureiras da comunidade de Campo Largo que estavam sem renda, para a produção de máscaras de tecido que estão sendo distribuídas para todos os colaboradores da Ouro Fino. A iniciativa visa apoiar a economia local, bem como atender as recomendações do Ministério da Saúde, preservando os colaboradores que continuam exercendo o seu trabalho no local, para levar um produto essencial à população.

Viña Concha y Toro certifica seu laboratório de pesquisa para diagnóstico do COVID-19 e doa 50 mil litros de álcool gel e desinfetante

Além de certificar seu laboratório de biologia molecular para a detecção do COVID-19, a Viña Concha Y Toro transferiu equipamentos para outras instituições para aumentar sua capacidade de diagnóstico. Além disso, doará 50 mil litros de álcool gel e desinfetante.

(Santiago, 30 de abril, 2020) - Dada a complexa crise da saúde no Chile e no resto do mundo, a Viña Concha y Toro realizou duas grandes iniciativas que fazem parte de sua contribuição ao Fundo Privado de Emergência em Saúde, promovido pela Confederação de Produção e Comércio (CPC).

O laboratório de biologia molecular do Centro de Pesquisa e Inovação (CII) de Viña Concha y Toro foi certificado pelo Laboratório de Pesquisa Biomédica da Universidade Católica de Maule (UCM) para operar sob a dependência do Serviço de Saúde Maule e realizar testes para a detecção de SARS-Cov2 ou COVID-19, como parte da rede de laboratórios articulados pelo Ministério da Ciência, Inovação, Conhecimento e Tecnologia.

Os recursos do laboratório de biologia molecular da CII destacam-se pela robotização e automação de seus processos, incluindo, entre outros, um equipamento Hamilton Microlab STARLet que processa 2.300 amostras diariamente e um qPCR Thermofisher QuantStudio 5 com capacidade de diagnóstico de 768 amostras por dia.

Eduardo Guilisasti, gerente geral da Viña Concha y Toro, explicou que “queremos aproveitar para usar nossa capacidade de colaborar, para superar conjuntamente essa crise, apoiando a prevenção e o diagnóstico precoce. Como parte de nossa contribuição para o Fundo Privado de Emergência em Saúde, juntamente com a doação de álcool em gel às autoridades, também disponibilizamos equipamentos de ponta e nossa equipe de profissionais do Centro de Pesquisa e Inovação. "Esse marco completa uma primeira etapa que também incluiu a transferência de equipamentos para extração de RNA para a UCM e o Hospital de Talca”, acrescentou.

Esta entrega inclui um gabinete de biossegurança nível 2 ESCO SC2-4E1 e a máquina MagMAX Express 96 Purification System que oferece a possibilidade de quadruplicar a capacidade de extração de amostras por dia, além da doação de kits de purificação para realizar 1.500 extrações de ARN e participação como consultores em equipes de trabalho coordenadas pela autoridade.

"Em tempos de crise, esse tipo de colaboração reafirma o significado mais profundo da aliança público-privada-acadêmica, que é o bem comum e a prosperidade do nosso país. Quero agradecer ao Ministério da Saúde, Ciências, UCM e a cada um de nossos colaboradores por nos permitir tornar isso possível ", afirmou Gerard Casaubon, diretor do Centro de Pesquisa e Inovação da Viña Concha y Toro.

Por sua vez, o ministro da Ciência, Tecnologia, Conhecimento e Inovação, Andrés Couve, destacou que a comunidade científica organizada hoje contribui para o trabalho essencial de combate a essa pandemia : “Graças à atuação de 5 escritórios regionais do Ministério da Ciência, em coordenação com equipes do Ministério da Saúde, do Instituto de Saúde Pública e da generosidade da sociedade científica, das comunidades acadêmicas e do mundo privado, hoje nosso país se destaca por a capacidade de diagnóstico do COVID-19 de maneira articulada e descentralizada”, disse.

Além do exposto, a Viña Concha y Toro fará uma doação de 50 mil litros de álcool gel e desinfetante em diferentes formatos, o que permitirá alcançar pessoas e organizações que o necessitem. Entre eles, a rede de laboratórios de diagnóstico COVID-19, redes de saúde do Ministério da Saúde e comunidades. Destes, 40 mil litros correspondem ao álcool gel fabricado com álcoois da empresa através da Winkler e 10 mil litros de desinfetante fabricados na planta de Lontué em Viña Concha y Toro e que serão entregues ao escritório de administração da região de Maule para distribuição local.

Quais produtos de limpeza usar em casa para eliminar o coronavírus?

A pandemia de COVID-19 (coronavírus), doença causada pelo novo coronavírus, trouxe para as pessoas diversas dúvidas em diferentes aspectos. Muito se é falado sobre os cuidados pessoais, como lavar as mãos frequentemente com água e sabão, passar álcool gel, cobrir a boca ao tossir, entre outros.

No entanto, assim como a higiene pessoal, é necessário também manter limpos os ambientes internos, principalmente aqueles nos quais estamos fazendo a quarentena. De acordo com a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), diversos estudos apontam que o vírus pode persistir em superfícies por várias horas e até mesmo dias. Isto pode variar e depende das condições do local, do clima e da umidade do ambiente.

Nesse ponto, começaram a surgir muitas dúvidas sobre quais são os produtos mais eficientes para a limpeza doméstica no combate ao coronavírus. O engenheiro químico André Karadi, do negócio de Home Care da BASF, já adianta que o uso do álcool gel não é necessário dentro de casa. “Água e sabão para os utensílios domésticos e os limpadores já usados frequentemente em superfícies como azulejo, pisos e móveis, são eficazes na eliminação do coronavírus, além de outras bactérias que também possam estar presentes”, explica.

O uso de água sanitária também pode ser muito eficaz para a lavagem de pisos e azulejos, por exemplo. “Entretanto, é importante fazer a diluição do produto em um balde com água, de acordo com as recomendações de uso presentes no rótulo da embalagem”, recomenda o especialista.

Desinfetantes são outros grandes aliados da limpeza doméstica. Geralmente usados para limpeza antibacteriana, como nos banheiros, eles também eliminam qualquer contaminação por coronavírus nas superfícies. Assim como a água sanitária, é importante fazer a diluição em água conforme recomenda o fabricante.
Em geral, todos os produtos de limpeza disponíveis nos mercados são eficazes no combate ao coronavírus. “Ainda há quem procure por receitas caseiras, acreditando que podem ser ainda mais potentes. No entanto, não há nenhum estudo que comprove a eficiência de formulações caseiras”, alerta Karadi.

UFPR produz álcool para atender demanda de diferentes regiões

·
· UFPR participa da produção de máscaras de proteção ao Coronavírus em impressoras 3D

Solicitações de entrevista dependem da disponibilidade das fontes, mas o material abaixo pode ser livremente utilizado. Também dispomos de vídeos gravados pelos envolvidos no projeto, que podem ser solicitados via e-mail.

Valorize a ciência! Valorize o saber técnico e o conhecimento científico!

_________________________________________________________________________________

UFPR participa da produção de máscaras de proteção ao Coronavírus em impressoras 3D

Resumo: Laboratórios da Universidade Federal do Paraná (UFPR) estão participando de uma ação integrada para a impressão de equipamentos utilizados como proteção de equipes de saúde à frente da pandemia de Coronavírus. As impressoras 3D da instituição produzem estruturas para as máscaras, recurso indispensável para o atendimento de casos suspeitos e confirmados do vírus.

Segundo o professor José Eduardo Padilha de Sousa, vice-diretor do campus da UFPR em Jandaia do Sul, um grupo da instituição dividiu o trabalho por regiões, em seus diversos campi, justamente para suprir demandas locais. Na sua unidade, por exemplo, são duas impressoras trabalhando diariamente, 24 horas por dia, com capacidade de produção de 20 máscaras.

Padilha conta que a equipe trabalhou para otimizar o processo, aliando o conforto necessário aos equipamentos à velocidade da impressão.

SAIBA MAIS

FALE COM O CIENTISTA: professor Márcio Carboni, Expressão Gráfica - 41 99971-3641

________________________________________________________________

UFPR produz álcool para atender demanda de diferentes regiões

Laboratórios e equipes da Universidade Federal do Paraná (UFPR) estão atuando na produção de formulações de álcool, produto essencial para prevenção e controle da pandemia do Coronavírus. No campus de Jandaia do Sul, por exemplo, somente em um dia foram produzidos 700 litros do álcool 70% glicerinado. Em Palotina, foram 125 litros da formulação teste. Setenta litros do produto também serão doados, nos próximos dias, para redes de banco de sangue do estado via Pró-reitoria de Administração (PRA).

Em texto, o professor do departamento de Ciências Exatas do campus Jandaia do Sul, Simão Nicolau Stelmastchuk, explica que a iniciativa começou com o desejo de atender a região do Vale do Ivaí e norte Pioneiro com a produção de Álcool 70% para a higienização das mãos. Como o álcool em gel estava em falta ou era vendido por preços muito acima da média, adotou-se uma formulação eficiente, aprovada pela Agência de Vigilância Sanitária da Regional de Apucarana.

ENTREGA-PAM-1-1-800x389.jpeg
Segundo o professor e pesquisador do Laboratório de Espectrometria de Massas da UFPR, Eduardo Meurer, o álcool 70% glicerinado é o produto ideal para desinfecção, e sua diferença para o popular álcool em gel, hoje em falta no mercado, é basicamente a sensação de conforto do usuário. “O álcool em gel é fabricado com Carbopol, um polímero que muda a consistência do produto e que encarece a produção”, explica. “As pessoas costumam gostar mais desse para as mãos, mas o líquido é mais eficiente, pode estar em frascos de pulverização, tem melhor espalhabilidade, além de ser muito mais barato”.

A produção em Jandaia do Sul está em um ritmo intenso, chegando a ocupar três turnos, que envolvem duplas de professores e acadêmicos, para respeitar a recomendação de isolamento e distanciamento social.