Pular para o conteúdo

Previsibilidade é o desafio da indústria de Flores, Frutas, Legumes e Verduras

Se o mês de março foi atípico pelas medidas de isolamento social e o grande fluxo de consumidores no varejo para estocar alimentos. Mas, e agora em abril?
A PMA Brasil, entidade que representa a indústria de flores, frutas, legumes e verduras, acredita que prever o que o consumidor quer é o grande desafio, daqui para frente: “a imprevisibilidade das últimas semanas exigiu um esforço e mudanças de estratégia de gestão de pessoas, logística e comercial de todas as empresas para atender todo o país e garantir o abastecimento. A primeira etapa foi vencida, “a duras penas” por todos os lados. A pergunta agora é: quais são os produtos que os consumidores continuarão consumindo? Prever esse comportamento será o diferencial para que a indústria de frutas, flores, legumes e verduras possa se organizar e passar por essa fase difícil”, expõe em documento sobre a conjuntura do setor.
Em resumo, o cenário do setor mostra que as frutas, legumes e diversos (batata, alho, cebola e ovos) continuam sendo os produtos mais procurados. O produtor vê com preocupação o aumento do custo do frete, principalmente para o Sul e Nordeste.
Folhosas – forte redução na venda para restaurantes, 35% menor a semeadura no cinturão verde de SP. Produtores em dificuldade;
Flores- o mais prejudicado com mais de 70% de queda nas vendas;
Exportação – estáveis, com alguma dificuldade no transporte aéreo; problemas nas aduanas do Chile e Argentina pelas restrições desses países;
Importação – redução na demanda de maçã, pera, kiwi, ameixa e citrus; observação da taxa de câmbio;
Varejo – desacelerou demanda, pois consumidor está seguro que não haverá desabastecimento;
Food Service - estagnado

Newsletter da PMA Brasil com todos os dados em anexo.

Sobre PMA – Produce Marketing Association é uma associação de produtos agrícolas frescos e flores, fundada em 1949 nos Estados Unidos, com a missão de conectar os interesses das cadeias produtivas de frutas, flores, legumes e verduras. A entidade conta com 2.900 empresas associadas, 54.000 compradores e fornecedores, em 55 países de cinco continentes. No Brasil, a entidade conta com 93 associados (produtores, distribuidores e varejistas).

Dia mundial da saúde: 11 maneiras para manter a saúde mental na quarentena

Dia mundial da saúde: 11 maneiras para manter a saúde mental na quarentena

O filósofo e psicanalista Fabiano de Abreu dedicou-se a buscar maneiras para ajudar as pessoas a manter o equilíbrio para uma boa saúde mental

O Dia Mundial da Saúde é celebrado anualmente em 07 de abril. Essa data coincide com o dia da criação da Organização Mundial de Saúde (OMS), no ano de 1948. O objetivo dessa celebração é despertar uma consciência mundial sobre a importância de diversos aspectos da saúde.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o líder mundial de pessoas que sofrem de ansiedade. Tendo em conta os dados fornecidos existem 18,6 milhões de brasileiros, ou seja, cerca de 10% da população convivendo com o transtorno.

O período de quarentena por pandemia de coronavírus agravou ainda mais o cenário. A incerteza do momento e as preocupações a ele relacionadas tendem a que se verifique um aumento dos níveis de estresse e ansiedade na população. Desta forma, e sendo estados mais ou menos permanentes estes podem fragilizar o sistema imunológico e debilitar o equilíbrio mental.

Se a situação da quarentena já era algo novo para nós, imagina uma quarentena da qual não vemos o seu término? O filósofo e psicanalista Fabiano de Abreu preocupado com o excesso de pessoas que o procuram e também avaliando o comportamento das pessoas neste atual momento, dedicou-se a criar 10 maneiras para que possa se manter bem mentalmente em plena quarentena.

“ Amigos, clientes, pessoas no mercado e farmácias, muitos estão numa etapa diferente na quarentena. Hoje um dos meus amigos dono de um bar chegou a perder o controle ao falar do estado atual em que nos encontramos. ”

Após este episódio do seu amigo e de outras pessoas que Fabiano vem observando, o filósofo disse que, imediatamente buscou o que ele chama de equilíbrio para encontrar maneiras e ajudar as pessoas que estão em quarentena.

“ Precisamos buscar o equilíbrio, chamarei de equilíbrio o ponto essencial para sabermos lidar com esta quarentena. Exatamente por isso decidi elaborar esta listagem.

1 - Pense positivo - Esta é a primeira das dicas pois é primordial para as outras 9 funcionem. Tudo tem um lado positivo até nas coisas ruins que acontecem. Ser positivo é essencial para que possamos ter a mente tranquila para buscar planos e planejamentos futuros.

O caminho para uma mente positiva é ter a propriedade intelectual de buscar pensamentos que o agrade. Seja numa ação presente ou projetar ações futuras.

2 - Mantenha a sua rotina - Que tal manter a mesma rotina de horários de trabalho e buscar mecanismos para atendimento online ou organizar o seu site e rede social? É um momento também para pesquisar sobre a sua profissão e procurar outras formas para conseguir a remuneração desejada a partir de sua casa. Pode ainda organizar o seu trabalho para quando isso tudo acabar.

Busque estratégias, conhecimentos, quem sabe aquele planejamento que não colocou adiante por falta de tempo não possa ser melhor observado agora?

3 - Interatividade - Vá além da mídia social, a claridade da tela em seu rosto e o excesso de informações pode ativar a ansiedade e atrapalhar o seu equilíbrio na quarentena.

Tente variar as atividades para a interatividade. Busque brincadeiras com a família ou com o parceiro(a). Tem quem goste de videogame ou uma boa série ou filme.

Ver documentários e ler livros contribuem para aumentar o seu conhecimento. Aprender satisfaz, ativa a dopamina, hormônio da recompensa, quando absorvemos algo de novo.

4 - Notícias e mídia social - Temos que nos manter informados, claro, mas isso não quer dizer ficar o dia inteiro lendo notícias e navegando na mídia social. Escolha os sites de notícias que sejam realmente sérios e credíveis para ficar a par dos acontecimentos. É sempre bom ler na parte da manhã pois, ler a noite pode ativar a ansiedade e preocupação atrapalhando o sono. À noite estamos mais relaxados e com a mente mais desocupada, focar na rede social e nas notícias é iniciar um longo período olhando informações que poderão trazer tristeza, ativar a ansiedade e provocar a perda ou sono tardio.

5 - Exercícios físicos - Mesmo se não tinha o costume de fazê-los, que tal tentar começar? Exercícios físicos não são apenas bons para uma boa forma e melhor saúde física mas também para uma melhor saúde mental. Os exercícios liberam o hormônio da endorfina que dá a sensação de bem-estar, alegria, conforto e bom humor.

6 - Crie metas - Não posso deixar de falar nesses hormônios da felicidade e do bem estar. Quando estão em baixa, podem levar a tristeza e posteriormente à depressão ou outras doenças que prejudicam a saúde mental. Criar metas e conquistá-las ativa o hormônio da dopamina. Quando produzida de forma equilibrada, ela também está associada ao amor, bem-estar, felicidade e ao prazer.

Crie metas a curto prazo e também a longo prazo. Seja um jardim a capinar, uma mesa a consertar, um trabalho para concluir, um livro para ler, uma série para assistir, um texto ou planos futuros. Tudo e qualquer coisa, por menor que pareça ser mas que crie como meta, estará não só ativando a dopamina mas também ocupando o seu tempo.

7 - hábitos alimentares saudáveis - Uma boa alimentação ajuda não só a ativar os hormônios da felicidade mas também vai manter a sua imunidade alta para se proteger de doenças. É sabido que o Covid-19 mata mais pessoas com imunidade baixa e a alimentação é crucial neste momento.

Que tal brincar de ser cozinheiro e distrair-se fazendo uns belos e deliciosos pratos na cozinha. Pode ser a hora também de ensinar os filhos a cozinhar.

8 - Tarefas de casa - Que tal ocupar o seu tempo organizando a casa? Aquele armário que nunca tem tempo de arrumar ou a horta que sempre quis plantar. Que tal dividir tarefas em casa e deixá-la do jeito que sempre quis. Ambientes renovados, alma renovada. Depois que bagunçar com brincadeiras em família, arrume novamente. Se tiver com preguiça, não se esqueça que arrumar casa também é um exercício físico.

9 - Organize a sua vida familiar - Aproveite este tempo para interagir mais com a família ou com o seu ou a sua parceira. Para quem tem filhos, seja mais amigo do filho, saiba mais sobre ele, aproveita e recupere todo o tempo perdido neste mundo atribulado que vivemos. Dedica-se mais à família, como eu disse no tópico 1, isso é pensar positivo em algo negativo. A quarentena é negativa mas torna-se positiva quando nos obriga a sermos melhores e mais presentes.

10 - Curta seu animalzinho - Para quem tem bichinho em casa, este é o momento de se dedicar mais a ele. Recupere toda aquela carência que ele sentia com a sua ausência anterior. Animaizinhos de estimação são ótimos também para o equilíbrio emocional. Saiba que o seu bichinho de estimação faz liberar a ocitocina, o hormônio do amor, o mesmo que liberou ao conhecer o seu parceiro(a).

11 - Alinhe-se com a natureza - Nós viemos da natureza. Por milhares de anos interagimos com ela e a usamos para nos proteger e nos alimentarmos. Sempre estivemos vinculados a ela de corpo e alma, portanto, vale a pena voltarmos a conversar com ela e buscar um pouco desta energia que está em nosso instinto. Faça um teste, observe uma árvore, folha, flor e pense o quanto ela é importante e familiar e sentirá uma boa energia como recompensa.

Cultive bons sentimentos, dê boas ideias em casa, crie harmonia, e tente praticar cada um dos tópicos que aconselho.

Essencialmente temos que focar no melhor de cada um, no melhor de cada coisa, no melhor de cada situação. Se de cada tarefa ou etapa retirarmos um pequeno percentual de felicidade teremos o que nos fazer sorrir ao final do dia.

Fabiano de Abreu é membro da Mensa, associação de pessoas mais inteligentes do mundo com sede na Inglaterra conseguindo alcançar o maior QI registrado com 99 de percentil o que equivale em numeral a um QI acima de 180. Especialista em estudos da mente humana, é membro e sócio da CPAH – Centro de Pesquisas e Análises Heráclito, com sede em Portugal e unidades no Brasil e na Holanda.

Mini CV

Fabiano de Abreu - Psicanalista, filósofo e jornalista
Registro 0.0543 0 Sociedade Brasileira de Psicanálise Clínica e CBPC
Registro Intel Reseller Tecnology - Especialista em tecnologia: 10381444
Registro FENAJ: 0035228/RJ
Registro Internacional: BR16791

Voluntários atendem profissionais da saúde do Hospital do Idoso de Curitiba com meditação e técnica que usa o potencial terapêutico das mãos

Através de parceria, equipe do Mãos Sem Fronteiras Brasil reforça ações da Prefeitura de Curitiba para suporte aos trabalhadores da linha de frente no atendimento aos casos de coronavírus na capital.

Um grupo de voluntários do Mãos Sem Fronteiras começou mais uma ação de ajuda aos profissionais de saúde que estão atuando no tratamento dos pacientes com suspeita ou confirmação de covid-19 no Paraná. A organização, que tem sede nacional em Curitiba, fez parceria com a direção do Hospital do Idoso Zilda Arns, que prevê a ajuda humanitária durante todo o período de enfrentamento do coronavírus na capital.

Voluntários capacitados para o atendimento ao público com o método do Mãos Sem Fronteiras, que inclui a meditação e uma técnica terapêutica chamada Estimulação Neural, vão atender os colaboradores da unidade às segundas e terças, das 10h às 21h. Ao todo, 10 voluntários vão se revezar nas aplicações da prática integrativa e sessões de meditação. O atendimento é oferecido a todos os colaboradores que quiserem receber as aplicações e participar da meditação, nos intervalos de trabalho, antes do início ou após o fim do expediente. O objetivo é fortalecer o sistema imunológico, equilibrar o sistema nervoso e prevenir picos de estresse, decorrentes do trabalho intenso de médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem.

O trabalho é coordenado pelos embaixadores do Mãos Sem Fronteiras Pela Paz no Mundo: Lilian Miranda (Brasil) e David Miramond (França), que veio ao país para reforçar as ações da organização no enfrentamento da pandemia. “É mais uma parceria da organização para dar apoio aos profissionais que estão sofrendo ou podem sofrer com uma carga excessiva de estresse, ocasionando ansiedade e fadiga emocional. Com as sessões, ajudamos a desacelerar pensamentos e descargas hormonais dos estados de alerta. O efeito imediato é a sensação de bem-estar. Depois do expediente, eles vão conseguir relaxar e dormir melhor, o que faz toda a diferença”, conta a embaixadora.

As equipes de voluntários fizeram treinamento específico para o atendimento com a prática integrativa nos hospitais e já estão atuando em outro centro médico: o Complexo Hospitalar do Trabalhador. O protocolo de emergência é rápido e seguro, para alcançar o maior número de profissionais, sem atrapalhar o ritmo dos atendimentos aos pacientes. "Os atendimentos levam de 10 a 20 minutos. É uma técnica simples, mas que tem resultados rápidos. Essa é a nossa maneira de contribuir com quem está socorrendo as pessoas. O objetivo dos voluntários é ajudar quem ajuda. Vamos fazer esse trabalho pelo tempo que for necessário, com muita energia e vontade de contribuir para que tudo fique bem ao fim da pandemia”, conclui a embaixadora.

Sobre o Mãos Sem Fronteiras
O Mãos Sem Fronteiras é uma organização sem fins lucrativos e sem vínculos políticos ou religiosos, que tem representação nos cinco continentes. Com o método que inclui a meditação e técnica que usa o potencial terapêutico das mãos, o MSFint cuida do bem-estar integral das pessoas. Mas a missão vai além dos benefícios da prática integrativa desenvolvida pela fundadora da organização mundial de voluntariado, La Jardinera, para os indivíduos. O Mãos Sem Fronteiras tem um projeto internacional pela paz e proteção do planeta, que mobiliza voluntários em todo o planeta. Através da campanha 5 Minutos, Eu Medito, o Mãos Sem Fronteiras ensina a meditação a diferentes públicos. O aplicativo da organização, que é totalmente gratuito, tem tutorial, diferentes opções de meditação e um “meditômetro”, que já contabiliza mais de 18 milhões de minutos meditados no mundo.
Copyright © 2020 Bombai Comunicação, All rights reserved.
You are receiving this email because you opted in via our website.

Our mailing address is:
Bombai Comunicação
Rua Teixeira Coelho, 474, sala 202. Batel.
Curitiba, Pr 80740560
Brazil

MATHEUS & KAUAN APRESENTAM A LIVE E LANÇAM DUAS MÚSICAS NA QUARENTENA

“Matheus & Kauan em Casa” será apresentado neste sábado (11). Na véspera (10), a dupla faz o lançamento de duas músicas inéditas

Depois de lançarem um EP com algumas faixas de aperitivo de seu novo DVD, “10 Anos Na Praia”, que teria o seu lançamento digital neste mês, e emplacar “Litrão” como um dos hits do verão, Matheus & Kauan preparam um material inédito para os seus fãs durante este período de afastamento social.

Programado para esse sábado, 11 de abril, às 16h, a dupla fará um show em seu canal do YouTube, com mais de três horas de repertório. Na ocasião, Matheus & Kauan vão apresentar as duas faixas do novo DVD, gravado em Recife, em janeiro deste ano, que serão lançadas na véspera (10). Na live, as músicas inéditas vão se juntar aos grandes hits da dupla como “Quarta Cadeira”, “Vou Ter Que Superar”, “Litrão”, “Solto Foguete”, “Ao Vivo e a Cores”, “Te assumi pro Brasil”, “O nosso santo bateu”, entre outros, conquistados nos últimos dez anos.

SOLIDARIEDADE – O objetivo do pocket digital vai além da aproximação com os fãs. A live tem como intuito arrecadar alimentos e itens básicos de higiene para instituições de caridade e comunidades, para ajudar na luta contra o COVID-19, trazendo consciência social sobre a atual pandemia para o seu vasto público, que inclui o Brasil e outros países do mundo.

A dupla vai cumprir todas as recomendações de segurança da OMS (Organização Mundial de Saúde) e do Ministério da Saúde brasileiro para manter o afastamento social durante todo o trabalho. Sendo assim, serão disponibilizados EPIs (equipamentos de proteção individual) para todos os profissionais envolvidos na produção da live.

Enquanto sábado não chega, não deixe de ouvir o sucesso “Litrão”, que conta com mais de 23 milhões de views no YouTube e quase 30 milhões de plays no Spotify – se mantendo no Top 10 desde que foi lançado. Assista ao clipe aqui: https://youtu.be/DfdN9tII0kw

Marília Mendonça faz live no YouTube nesta quarta (08)

Cantora está recebendo pedidos de músicas em suas redes sociais

Crédito: Pedro Dimitrow

Com mais de 15 milhões de inscritos, o canal do YouTube da Marília Mendonça é o maior dentre cantores (as) e duplas de todo o país. Agora, imagina o quanto esta legião de fãs não estava ansiosa por esta live. Marília não quer estipular tempo, quem a conhece sabe que a cantora gosta de deixar a coisa fluir. Então, preparem-se, no próximo dia 08 de abril, quarta-feira às 20h, tem Marília Mendonça, ao vivo, no YouTube. Abra sua caixa de som e o coração, pois toda doação será bem-vinda.

Ao contrário das lives que a cantora tem feito com covers, desta vez a ideia é usar e abusar do repertório construído ao longo destes quatro anos de carreira. Marília se cercou de cuidados para esta transmissão. Sem banda, mas utilizando da base dos instrumentos já gravados. Claro que ela estará acompanhada de seu velho amigo, o violão.

Ativa nas redes sociais, Marília tem convocado os fãs para pedir músicas. Sucessos do projeto “Todos os Cantos”, lançados recentemente pela Som Livre, fazem parte da extensa lista de pedidos. Agora, o principal de tudo isso, é a ação de arrecadar donativos para auxiliar às vítimas da crise que tem se instalado no país com a pandemia do COVID-19. Várias instituições serão beneficiadas. “O Brasileiro é incrível em todos os sentidos, sempre ajuda o próximo, e a minha contribuição é levar alegria, para as pessoas confinadas, sempre com a mensagem de que tudo vai melhorar”, diz a cantora.

Sobre a Som Livre

De 1969 para cá o mercado fonográfico mudou, assim como a forma de se consumir música. Hoje, 50 anos depois de sua criação, a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é o espelho musical do país. Uma empresa 100% nacional voltada para a música, seja qual for a sua plataforma e que reflete, através de seus lançamentos, o gosto e o hábito de consumo do brasileiro.

A Som Livre possui diversas frentes de negócios: venda física, digital, shows, licenciamento e editora. Em seu time são mais de 100 artistas e sua editora é uma das mais importantes do país, representando os direitos de compositores nacionais e internacionais. Na linha de shows, a empresa aposta em festivais de música, que acontecem por todo o país, com as marcas Festeja, Viva Mais Música e Arena Pop.

somlivre.com

facebook.com/somlivre

instagram.com/somlivre

twitter.com/somlivre

Entretenimento em tempos de distanciamento social

Diante da pandemia da covid-19 e da recomendação de manter o isolamento para evitar a proliferação do vírus, a arte está encontrando formas de contornar o problema e alcançar as pessoas. Muitas instituições e espaços culturais lançaram ações para que o público possa continuar absorvendo informações culturais e se divertindo – ainda que virtualmente.É o caso de algumas iniciativas apoiadas pelo Banco Bradesco, que patrocina centenas de projetos de Norte a Sul do país. O Vale da Música, em Curitiba, recebe em seu palco flutuante centenas de músicos anualmente. As apresentações presenciais foram suspensas, mas o projeto passou a remunerar os artistas para enviarem curtas performances que ficam disponíveis nas redes sociais. A ideia, intitulada de “Crie em Casa”, é continuar a movimentar a cena musical da cidade e apresentar novos músicos.

Outro exemplo é o “Música em Casa”, criado pelo Mozarteum Brasileiro, que disponibiliza em seu canal no YouTube, e diariamente em redes sociais, grandes momentos de sua programação de São Paulo e do tradicional festival Música em Trancoso. O público pode assistir, por exemplo, ao encontro da cantora norte-americana Brenda Boykin com o cantor e trombonista sueco Nils Landgren, e a apresentação da soprano Ebony Preston Woods interpretando ‘Summertime’, da ópera ‘Porgy & Bess’, de George Gershwin.

O Teatro Bradesco também lança um programa de lives em seu Instagram com uma agenda diversificada de apresentações. A primeira da série “Adele e Convidados” acontece no dia 08 de abril com Stephanie e Rodrigo Teaser, que interpretam Adele e Michael Jackson, respectivamente. A cantora receberá ao longo do mês outros artistas brasileiros que interpretam grandes ícones da música internacional como Whitney Houston (09/04), Freddie Mercury (16/04) e Frank Sinatra (23/04).

Na área de exposições culturais, a Pinacoteca de São Paulo promove uma série de ações online dentro do projeto #pinadecasa nos perfis do museu, além de tour virtual ao seu acervo. Ainda em 2020 estão programadas duas grandes mostras em parceria com o Bradesco. Na Pinacoteca, “OS GEMEOS: Segredos”, que estava prevista para estrear em março e precisou ser adiada para uma data ainda não confirmada, e “Dança, Política e Sociedade” de Degas, no MASP, que acontecerá a partir de 30 de outubro. No MASP, toda segunda e sexta-feira, às 18h, seguidores podem acompanhar lives no Instagram @masp com conversas entre curadores do museu e convidados. Já o MASP Áudios, aplicativo gratuito disponível para download, que também conta com patrocínio do Bradesco, reúne cerca de 170 comentários feitos por curadores, artistas, professores, pesquisadores e crianças sobre as obras mais icônicas do acervo.

Banda lança música sobre Covid-19 e outros problemas

Clipe da Banda Martan promete trazer reflexão para a sociedade

Em meio a pandemia do COVID-19 que assola o mundo, a Banda Martan, de Curitiba, lançou a música “Estações”, que tem feito muita gente refletir não apenas sobre o Coronavírus, mas também as ações humanas que vem desencadeando graves problemas sócio-ambientais.

A canção fala que “sentimos a sensação de que deixamos algo para trás” e faz questionamentos como “Será que o tempo e o acaso não nos afetam mais?” e “Será que somos imortais?”.

De acordo com o compositor e vocalista da banda, Samuel Martan, a letra propõe que o ouvinte pare e reflita, mas que também se conscientize. “A ideia é que, neste momento conturbado que estamos vivenciando, a mensagem dessa canção seja um ponto de reflexão e conscientização sobre qual o legado que estamos deixando e sobre o que podemos fazer pelo mundo nessa estação da vida”, conta.

O clipe traz cenas marcantes de momentos críticos, como incêndios ao redor do mundo e o rompimento da barragem de Mariana (MG), que aconteceu em 2015. “Não queremos chocar. Queremos que o ser humano pense na consequência dos seus atos. É uma mensagem de alerta”, diz.

A Banda Martan apoia diversas causas e é fortemente engajada com questões sociais e ambientais. “O que todos precisamos ter em mente é que a ganância pode ter sérias consequências. Que não somente o meio ambiente sofre, mas que muitas dessas consequências se voltam contra nós mesmos”, fala.

Os integrantes da banda garantem que a ideia é que a mensagem atinja o maior número de pessoas possível. “Ter consciência e empatia pode mudar tudo. Nosso recado é que o amor, a união e o respeito vencem – tanto ao próximo quanto ao meio ambiente - e fazemos isso através da música”, finaliza Samuel.

O clipe da música “Estações” está disponível no YouTube (https://www.youtube.com/watch?v=Iqi88YHI3sg), no Facebook (Banda Martan) e no Instagram (@bandamartan).

SOBRE A BANDA MARTAN

A banda criada em 2015, nasceu no interior do Maranhão e hoje percorre o Brasil, levando sua história em formato de música por onde passa. Formada pelos integrantes oficiais Samuel Martan (guitarra e voz), Eduardo Albano (baixo), Marlon Hack (teclado e voz), e os músicos de apoio Bruno Marques (guitarra) e Willian Martins (bateria), a Martan fala de amor, desenvolvimento humano e relações.

Com raízes no rock e na MPB, a Martan é considerada atualmente uma Banda POP - Banda Popular Brasileira, que une diversos estilos e apresenta um som de qualidade, mas que, acima de tudo, visa "tocar o ouvinte" de alguma forma.

FAS monta postos de coleta no Condor

Com o objetivo de ajudar as famílias em vulnerabilidade social e pessoas em situação de rua, as lojas do Condor Super Center estão com postos de coleta da Fundação de Ação Social (FAS) de Curitiba. Estão sendo arrecadados alimentos, produtos de higiene e limpeza e roupas masculinas. Com a demanda maior devido ao Covid-19, os estoques do “Disque-Solidariedade” ficaram vazios e, mais do que nunca, a instituição precisa de doações para ajudar a quem precisa.

Confira os endereços das lojas que estão recebendo as doações:

Água Verde - Av. Água Verde, 860 (Água Verde)
Ahú - Av. Anita Garibaldi, 1729 (Ahú)
Boa Vista - Rua Lodovico Geronazzo, 805 (Boa Vista)
Brasília - Av. Brasília, 6900 (Novo Mundo)
Cajuru - Rua Natal, 1155 (Cajuru)
Campo Comprido - Rua João Dembinski, 1410 (Cidade Industrial)
Centro Cívico - Rua Nilo Peçanha, 1000 (São Francisco)
Champagnat - Rua Martin Afonso, 2800 (Bigorrilho)
Cristo Rei - Rua Fioravante Dalla Stella, 66 (Cristo Rei)
Derosso - Rua Francisco Derosso, 3300 (Xaxim)
João Bettega - Rua João Bettega, 3930 (Cidade Industrial)
Marechal - Av. Marechal Floriano Peixoto, 7486 (Boqueirão)
Novo Mundo - Rua Visconde do Serro Frio, 164 (Novo Mundo)
Pinheirinho - Av. Winston Churchill, 2170 (Pinheirinho)
Santa Cândida - Av. Mal. Mascarenhas de Moraes, 312 (Atuba)
Santa Felicidade - Av. Manoel Ribas, 8 243 (Butiatuvinha)
Santa Quitéria - Rua João Alencar Guimarães, 2126 (Santa Quitéria)
São Braz - Av. Vereador Toaldo Túlio, 3650 (São Braz)
Sítio Cercado - Rua Izaac Ferreira da Cruz, 3.868 (Sítio Cercado)
Torres - Av. Comendador Franco, 6005 (Uberaba)
Wenceslau Brás - Av. Presidente Wenceslau Braz, 790 (Guaíra)

Auxílio Emergencial para diminuir os impactos do coronavírus deve beneficiar 3,6 milhões de MEI

A expectativa do Governo é que, no prazo de 45 dias, as três parcelas do benefício tenham sido depositadas

O Governo Federal anunciou nesta terça-feira (7), como será a logística para o pagamento do Auxílio Emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), contribuintes individuais da Previdência Social e desempregados. De acordo com estimativa do Sebrae, a medida deve beneficiar cerca de 3,6 milhões de MEI. O governo prevê que a medida para redução dos impactos da crise do coronavírus mobilize R$ 98 bilhões. Os pagamentos começam a ser feitos na quinta-feira (9) e a expectativa é que, no prazo de 45 dias, as três parcelas do auxílio, previstas em lei, sejam depositadas.

Levantamento feito pelo Sebrae mostra que nem todo MEI e nem todo trabalhador informal se enquadram nos critérios definidos na Lei para o pagamento do Auxílio. Segundo a norma, o benefício de R$ 600 por mês será destinado a pessoas com renda familiar até três salários mínimos (R$ 3.135) ou meio salário mínimo por pessoa (R$ 522,50).

De acordo com uma pesquisa feita pela instituição, cerca de 36% dos MEI se enquadram nesses critérios. Atualmente, o número total de MEI no país é de 9,9 milhões. Quanto aos trabalhadores informais, um estudo do Sebrae sobre esse perfil de empreendedores, baseado na PNAD, mostra que 76% ganham até 3 SM. Considerando o universo de cerca de 20 milhões de informais existentes no país, a estimativa é que cerca de 15 milhões poderão ser beneficiados pela medida.

“O auxílio emergencial representa um alívio para esses milhares de MEI e informais. Mas avaliamos que é necessário avançar na liberação do crédito direto para reforçar o capital de giro desses empreendedores para que possam manter os negócios e as famílias que sustentam neste período de crise”, avalia o presidente do Sebrae, Carlos Melles. “A alavancagem do Fampe (Fundo de Aval da Micro e Pequena Empresa), do Sebrae, que deve viabilizar até R$ 12 bilhões em empréstimos, dará um fôlego maior”, acrescenta.

O governo explicou que o site e o aplicativo para o cadastramento das pessoas que não fazem parte do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que são beneficiadas pela Lei já estão em operação. A Caixa disponibilizou também a central de telefone 111 para tirar dúvidas sobre como fazer o cadastramento. Após essa etapa, a expectativa do ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, é que em quatro ou cinco dias úteis o benefício possa ser liberado. Pessoas já inscritas nos sistemas do governo não precisarão fazer esse processo.

Aplicativo gratuito
Durante coletiva, na manhã desta terça-feira (7), o ministro ressaltou que o aplicativo pode ser baixado gratuitamente. Segundo ele, houve um acordo com empresas de telefonia para que mesmo as pessoas sem crédito no celular possam baixar o aplicativo.

Até quinta-feira (9), deve estar liberada a primeira parcela do benefício. A segunda parcela está prevista para 27, 28, 29 e 30 de abril. Será levada em conta a data de aniversário do beneficiário. Quem nasceu em janeiro, fevereiro e março, por exemplo, recebe no primeiro dia, dia 27. Essa ordem será seguida até a conclusão dos pagamentos. A terceira e última parcela será quitada até o fim de maio, com pagamentos a partir do dia 26. Já os repasses a beneficiários do programa Bolsa Família seguirão o calendário usual do programa.

O ministro Onyx destacou que as pessoas beneficiadas que eventualmente tenham débitos em suas contas bancárias, não terão o dinheiro do Auxílio Emergencial abatido. Esse recurso está assegurado para atender às famílias na situação de crise. Onyx ressaltou ainda que mesmo que a pessoa faça o cadastramento com atraso, ainda assim ela vai receber as três parcelas do Auxílio Emergencial.

💻 Página Oficial:

https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

📲 Baixar APP iPhone:

https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331

📲 Baixar APP Android:

https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio

Psicopedagoga dá dicas de como entreter as crianças durante o isolamento social

Neste momento pandêmico em decorrência do Covid-19, pais/ responsáveis se perguntam o que fazer com as crianças durante esse período de isolamento social. Entreter os pequenos nem sempre é tarefa fácil, afinal eles geralmente se movimentam bastante e cansam rapidamente dos brinquedos que têm em casa. Pensando nisso, a mestre em educação e psicopedagoga Ana Regina Caminha Braga traz dicas de como lidar com as crianças em casa nesta época.

A psicopedagoga reforça que apesar do tempo livre, é importante frisar que esse momento não é férias e explicar, de forma lúdica, o que é o vírus e o porquê de as pessoas ficarem em casa e seguirem as regras de higiene e rotina de limpeza. Ela reforça ainda que é uma boa oportunidade para estimular a criatividade das crianças, criando novas atividades ou até mesmo resgatando as brincadeiras antigas. “Os pais/responsáveis devem aproveitar esse momento para passar mais tempo com seus filhos e estreitar os laços entre eles. E somando isso as atividades, terão um tempo de qualidade juntos, que além de entretê-los serão importantes para, desenvolvê-los social, cognitiva e emocionalmente."

Ana Regina reforça que os responsáveis devem sugerir opções que vão além dos eletrônicos, “Uma boa recomendação são jogos interativos, de tabuleiro e livros. Atividades lúdicas que auxiliam na coordenação motora com recorte, colagens e pinturas também são alternativas. Ou para quem tem um quintal as atividades ao ar livre também são interessantes, como por exemplo, pular corda, pular elástico, brincar com tinta, gesso. Os pais devem usar a criatividade”.

Além disso, os responsáveis também podem ensiná-los desde cedo a participar dos afazeres domésticos, dessa maneira, ninguém fica sobrecarregado. “Ensine o seu filho a tirar o lixo, guardar a louça e os brinquedos assim que terminar de brincar. As crianças também podem ajudar nos serviços de casa.”

Crianças versus Home Office

Uma das maiores dificuldades na quarentena é conciliar o home office com os filhos. O ideal é que os pais deixem claro o momento de trabalho, definindo um espaço exclusivo para ele. Outra dica da psicopedagoga Ana Regina é criar uma rotina igual quando se trabalhava fora, inclusive se vestindo como se fosse sair. “Dessa forma, fica mais claro na cabeça da criança que os pais/responsáveis estão realmente em horário de expediente. Se vestir com as roupas que costumavam usar no cotidiano, pois, por exemplo, se o adulto estiver em casa no home office trabalhando de pijama, pode ser que a criança não compreenda a mensagem ou o momento”.

A psicopedagoga reforça ainda a importância de organizar uma rotina diária para as crianças, com horário de acordar, hora do café da manhã, das atividades matinais, almoço, descanso, hora do lanche, hora de estudo, hora da brincadeira em família, a hora de brincar sozinha e o momento de dormir. “Com uma rotina delimitada, o dia se torna mais produtivo e o tempo menos ocioso,” finaliza.

Após bom tempo sem cantar juntos, irmãos do KLB preparam live para comemorar 20 anos de carreira

Show em casa acontece na sexta-feira, dia 10 de abril

Quem nunca se pegou pelos cantos cantando “Vida devolva minhas fantasias, meu sonho de viver a vida, devolva-me o ar”?

No ano em que completam 20 anos de carreira, os irmãos Kiko, Leandro e Bruno, que formam o KLB, um dos maiores fenômenos musicais já vistos no Brasil, anunciaram em suas redes sociais que no próximo dia 10 de abril, ás 20h, vão se reunir para relembrar os grandes sucessos da banda e algumas surpresas.

“Não cantávamos juntos há um bom tempo, precisávamos parar e colocar a cabeça no lugar para então voltar 100% para os nossos fãs e pessoas que admiram nosso trabalho.” - Leandro

O repertório trará algumas surpresas e claro, os inúmeros hits que marcaram uma geração.

“Os grandes sucessos não podem faltar, mas estamos separando algumas surpresas para as pessoas que nos acompanham há 20 anos.” - Bruno

A transmissão será ao vivo pelas redes oficiais do trio no Instagram e Facebook, e além de muita música, os espectadores poderão participar comentando e mandando perguntas.

“Estaremos nós 3 e mais ninguém no nosso estúdio. Vamos cantar, tocar, operar os equipamentos, vai ser demais. Estou ansioso por esse momento de reencontro com o público, mesmo que virtual.” – Kiko

Siga o KLB nas redes:

Instagram

Facebook

Confeiteira ensina receita diferente de Páscoa para quarentena

Pensando na falta de forma para ovos e bombons, dona da Je t’aime cookies indica novidade

Uma imagem contendo mesa, xícara, no interior, café Descrição gerada automaticamente

Em meio a uma páscoa com a nação em quarentena, muitas famílias têm investido na unidade e receitas caseiras. Pensando nisso, a sócia proprietária da Je t’aime cookies indica e ensina sobre a receita de Mousse de Chocolate para a tradição permanecer nos lares.
“Muitas pessoas não possuem forminhas de ovos de páscoa ou bombons em casa, por isso, para fazerem juntos ou até de sobremesa, a opção de Mousse é infalível”, explica Sayonara Tozzi.

Para preparo você vai precisar de:
1 lata de leite condensado
2 caixinhas de creme de leite
3 colheres de pó de chocolate 100% cacau
Gelatina incolor
100 ml de água
Frutas vermelhas (mirtilo, amora, framboesa)

No liquidificador coloque o leite condensado, o creme de leite e o chocolate. Bata por 2 minutos e reserve.
Em um recipiente coloque os 100ml de água com a gelatina. Mexa e depois deixe 30 segundos no micro-ondas. Feito isso, jogue no liquidificador e bata tudo mais 2 minutos.
Para finalizar, basta colocar em uma travessa, em seguida, deixe na geladeira por 3 horas e antes de servir decore com as frutas vermelhas.
“Espero que essa ideia ajude muitas famílias a não perderem a unidade que a Páscoa nos traz, e que renasça a unidade nelas por meio dessa receita”, finaliza a empreendedora.

Je t’aime Cookies

Facebook: m.me/JetaimecookiesdownloadAttachment&Message%5Buid%5D=166163&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C015801d60c4c%252474afbb90%25245e0f32b0%2524%2540agenciacaro.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C015801d60c4c%2474afbb90%245e0f32b0%24%40agenciacaro.com%3E-1.3

Instagram: @jetaimecookies

ABC Paulista

Delivery garante compras de Páscoa nas lojas do Jockey Plaza Shopping

Ovos de chocolate e lembranças para a Páscoa estão garantidos nas lojas do Jockey Plaza Shopping, que disponibilizam seus produtos para entrega em casa, com atendimento aos clientes normalmente via WhatsApp. Com lojas fechadas por tempo indeterminado, pela determinação do decreto do Governo do Estado do Paraná, devido à pandemia da COVID-19, a solução para alegrar a data da família e ainda garantir a segurança de todos é solicitar os presentes via delivery.

A Kopenhagen Curitiba oferece 30% de desconto em toda a linha de Páscoa 2020. Com 54 itens no portfólio, a marca lança novas versões da linha Exagero, para os fãs dos clássicos, Nhá Benta, Lajotinha e Língua de Gato, e apresenta edições inéditas, com o lançamento dos novos clássicos Melt, Soul Good e Dark. A entrega é gratuita e, a cada dois ovos comprados, a Kopenhagen Curitiba fará a doação de um ovo para uma instituição beneficente.

A linha completa de Páscoa da Cacau Show está em promoção: na compra de dois ovos, o segundo tem 30% de desconto. Levando três, o terceiro sai com 50% de desconto. Destaque para a linha infantil, com kits de ovos com fone de ouvido, pantufas, bolas, mochila e touca de pelúcia, de diversos personagens. A cada 70 reais em compras, o cliente ganha um cupom para participar do sorteio de um ovo gigante de sete quilos.

A Ana Tereza Chocolates está com diversas opções de ovos, cestas de Páscoa e kits diversos: destaque para as composições inusitadas com vinho ou cerveja artesanal. Além dos tradicionais, as cenourinhas, barras, plaquinhas e coelhos de chocolate garantem produtos para todos os gostos, com opção de chocolate ao leite, branco e 70% cacau.

A Casa Bauducco oferece para entrega um variado cardápio de Páscoa. Entre as sugestões estão as tradicionais Colombas Pascais, nos sabores frutas, gotas de chocolate, passas com damasco e pistache com avelãs. Para uma lembrança bonita e delicada, a caixa com mini-ovinhos é uma boa pedida. A grande atração para a ocasião é o ovo de chocotone - o já famoso chocotone da marca, envolto por um ovo de chocolate ao leite.

As Lojas Americanas têm inúmeras sugestões de presentes para a data, como caixas de bombom, coelhos de chocolate, ovos de diferentes marcas e tamanhos, e muitas opções de ovos para a criançada. A entrega é gratuita, até 500 metros de distância da loja do Jockey Plaza, o valor mínimo é de R$30, e inclui todos os produtos oferecidos pela loja, além da linha completa de Páscoa. Os produtos podem ser retirados também no estacionamento do shopping sem custo de entrega, mediante agendamento.

Os que procuram opções diferentes e deliciosas, a Casa da Bruxa, já conhecida por suas guloseimas divertidas, oferece ovos de 350g numa caixinha super fofa, nos sabores doce de leite, marshmallow de colher e gummies. Além disso, ovo de chocolate ao leite com pedaços de brownie e um ovo unicórnio, com quatro ovinhos dentro que pintam a boca, são a sensação com a criançada.

E para quem deseja uma Páscoa mais saudável, a Mega Taurus, loja de suplementos alimentares, possui ovos de Páscoa de alfarroba de 210g, da marca Carob House.

A Orvalho da Manhã, primeiro estabelecimento em shopping de Curitiba a conquistar o selo azul da Associação dos Celíacos do Paraná (ACELPAR), destinado a estabelecimentos de alimentação que manipulam e servem alimentos sem glúten aptos a celíacos, oferece ovos recheados da Chocolife, nas opções preto e branco, além de tabletes e barras de chocolate, todos sem glúten, sem açúcar, sem lactose e veganos.

A Goodies Bakery traz este ano o Ovo-velha: 600g de pura delícia – uma esfera de chocolate ao leite / meio amargo, recheada com brownie de nutella e calda de leite ninho, coberto com leite ninho em pó e marshmallow artesanal, com marshmallow em flocos - tudo isso em formato de ovelha. Ela vem em uma linda caixinha de presente e as entregas estão sendo feitas pelo aplicativo James Delivery.

Além dos produtos de Páscoa, algumas marcas garantem também a entrega dos demais produtos da loja, para adoçar os dias de isolamento social.

Confira as operações que disponibilizam atendimento via WhatsApp:

AMERICANAS

WhatsApp (41) 99732-6250

CACAU SHOW

WhatsApp (41) 98805-3841

KOPENHAGEN

WhatsApp (41) 99953-7070

ANA TEREZA CHOCOLATES

WhatsApp (41) 99114-1171

ORVALHO DA MANHÃ

WhatsApp (41) 99962-0101

CASA BAUDUCCO

WhatsApp (41) 99171-1692

MEGA TAURUS

WhatsApp (41) 99734-8607

A CASA DA BRUXA

WhatsApp (41) 99156-7229

Sobre o Jockey Plaza Shopping:

Inaugurado em junho de 2019, o Jockey Plaza Shopping possui mais de 200 mil m² de área construída, com 325 operações, sendo 28 opções na praça de alimentação, além de um boulevard gastronômico com vista panorâmica para a pista de corridas do Jockey Club do Paraná. O empreendimento conta ainda com oito salas de cinema Cinépolis e espaços para jogos e lazer, que tornam o local ainda mais completo. Com um vasto mix de lojas e serviços, é um shopping que se propõe a atender de forma democrática todos os seus perfis de público. O projeto arquitetônico prioriza espaços amplos, iluminação natural e muita área verde, e busca ressignificar o lazer, remetendo o local a uma extensão de um espaço externo. O Jockey Plaza Shopping é um empreendimento do Grupo Tacla Shopping, Casteval, Paysage e GRCA.

www.jockeyplaza.com.br

Rua Konrad Adenauer, 370 – Tarumã

Pesquisadores da UFPR estudam testes rápidos da doença Covid-19

Cientistas da Universidade Federal do Paraná (UFPR) estão se mobilizando para o combate ao novo coronavírus. Um grupo de pesquisa foi criado para estudar os testes rápidos da doença Covid-19, causada pelo SARS coronavírus. Participam do estudo infectologistas do Complexo Hospital de Clínicas (CHC) da UFPR, a equipe responsável pelas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) do HC e estudantes dos cursos de Medicina e Farmácia da Universidade.
Para a infectologista Sônia Raboni, professora coordenadora do grupo, o impacto da pesquisa será para contribuir para um diagnóstico mais rápido e confiável. “O teste rápido deve ser realizado à beira do leito. Isso vai ajudar na orientação e tratamento desse paciente e, principalmente, na definição se precisa ir a uma enfermaria com os cuidados de isolamento ao Covid-19 ou não”, explica a cientista que também integra a Comissão de Acompanhamento e Controle de Propagação do Coronavírus da UFPR.

Proposta é fazer validação dos testes de diagnóstico rápido, que já foram adquiridos pelo Ministério da Saúde e Hospital de Clínicas UFPR. Foto: Marcos Solivan/Sucom-UFPR
A ideia é fazer a validação dos testes de diagnóstico rápido contra a Covid-19. O Ministério da Saúde e o HC já adquiriram os testes, que devem chegar nas próximas semanas ao Hospital. No entanto, existem poucas publicações científicas sobre como é a resposta imune a essa infecção. A intenção da pesquisa é saber mais sobre a dinâmica de produção dos anticorpos contra este patógeno e avaliar o momento ideal para sua aplicação, visando melhorar o diagnóstico.
No momento, o CHC/UFPR utiliza para o diagnóstico desta infecção o método molecular. Quando um paciente é internado com suspeita da doença, é coletado o material e a amostra é analisada no Laboratório de Virologia de Biologia Molecular para a identificação do vírus. Essa é uma técnica mais sofisticada e que demanda mais tempo para a sua execução. A pesquisa busca avaliar o desempenho dos testes rápidos comparados aos resultados obtidos com a análise molecular.
O projeto “Fortalecimento da rede de c2019 (SARS-CoV 2): métodos moleculares e imunológicos” foi contemplado na chamada pública 09/2020 da Fundação Araucária. Por meio do edital, receberá o valor de R$ 104 mil para investir em bolsas de extensão para egressos e alunos para fortalecer as áreas de diagnóstico e atenção aos pacientes com Covid-19.
Como funciona o tratamento
O coronavírus pode facilmente ser confundido com um resfriado ou uma gripe. Os sintomas são parecidos e em muitos casos a doença pode passar despercebida. No entanto, é importante conhecer sobre o vírus para que a pessoa saiba identificá-la e tomar as medidas necessárias.
A infecção pelo coronavírus, na maioria das vezes, vai ser uma infecção leve, como explica a pediatra infectologista Cristina Rodrigues, professora integrante da Comissão de Acompanhamento e Controle de Propagação do Coronavírus da UFPR. “O Covid-19 pode causar febre e tosse. Em alguns casos pode ser acompanhado de dores no corpo, coriza, dor de cabeça, entre outros”.
De acordo com a infectologista, o sinal mais preocupante para infecções do novo coronavírus é a dificuldade respiratória. “A pessoa deve procurar o hospital se apresentar cansaço. Também é importante procurar atendimento se o paciente tiver um quadro febril que persista por mais de um ou dois dias. Quem tiver sintomas de um resfriado comum não precisa ir ao hospital – o tratamento pode ser feito de casa”.

Infográfico: Amanda Gomes/Agência Escola de Comunicação Pública UFPR
Os quadros leves costumam ser curados em torno de uma semana, como se fosse um resfriado. Cristina explica que em pessoas com um bom sistema imunológico, a doença pode passar despercebida. “É importante lembrar que os casos que precisam de atendimento são a minoria, em torno de 20% do total”.
O tratamento da Covid-19 é parecido com o de uma gripe, com analgésicos, antitérmicos, repouso, boa alimentação e boa ingestão de líquidos. A pessoa diagnosticada com a doença deve ficar em isolamento domiciliar – a recomendação do Ministério da Saúde em caso de coronavírus é de isolamento de 14 dias.
De acordo com a Comissão de Acompanhamento e Controle de Propagação do Coronavírus da UFPR, é de se esperar que uma parcela da população tenha resistência natural ao vírus. Isso quer dizer que nem todos que se infectarem apresentarão a doença. “Além disso, supondo que a doença estimule uma imunidade permanente, quando existir um certo número de infectados, ela deixa de circular livremente. Isso porque, nesse caso, a pessoa que tem o vírus provavelmente vai ter contato com uma imunizada, que não terá a doença”, acrescenta Cristina.
Estrutura para conter a pandemia
Aproximadamente 70% da população brasileira depende exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS), de acordo com o Ministério da Saúde. Para muitas pessoas, é o SUS que possibilita um tratamento adequado para o coronavírus. “O Brasil tem um sistema muito variável de região para região, mas o SUS é fundamental para os que adquirem um quadro mais grave, que precisam ser internados em enfermarias ou UTIs. O sistema de saúde privado aporta apenas de 20% a 25% da população”, aponta a pesquisadora Cristina.
De acordo com dados da Secretaria de Atenção à Saúde, no Paraná, existem 27.494 leitos no estado, sem contar os complementares (aqueles com características especializadas). Desses, 18.486 são do SUS. Ações estão sendo tomadas pelos municípios, orientados pelo Ministério da Saúde, para que a rede se articule e consiga atender os pacientes com a Covid-19 e também quem está sofrendo por outra enfermidade. “Existem regiões do país com problemas sérios com dengue e sarampo, além de outras doenças. Esse surto de coronavírus torna o tratamento dessas doenças um desafio ainda maior. UTIs e leitos estão sendo providenciados para dar suporte ao sistema de saúde”, afirma Cristina.
A pesquisadora reforça a importância das medida preventivas. “Mesmo que o sistema de saúde esteja pronto para atender, se muitas pessoas ficarem doentes ao mesmo tempo, ele vai sobrecarregar. Com as medidas preventivas, conseguimos diluir esse processo,fazendo com que nem todas as pessoas adoeçam ao mesmo tempo”.
É importante ficar atento às recomendações do Ministério da Saúde, como evitar aglomerações, higienizar sempre as mãos, evitar contato físico, cobrir o nariz e boca ao espirrar ou tossir, manter os ambientes ventilados e não compartilhar objetos de uso pessoal.
Aplicativo do SUS
O SUS desenvolveu um aplicativo para orientar as pessoas sobre o coronavírus. O programa “Coronavírus – SUS” permite que quem suspeitar possuir a doença consulte um pré-diagnóstico. Basta entrar no aplicativo e listar os sintomas sentidos. De acordo com o que for listado, o próprio aplicativo informará se há suspeita de coronavírus e ainda aponta unidades de atendimento próximas ao usuário. O aplicativo tem versão para IOS e Android.
Link da notícia no portal UFPR: https://www.ufpr.br/portalufpr/noticias/pesquisadores-da-ufpr-estudam-testes-rapidos-da-doenca-covid-19/

RP Info arrecada alimentos e cestas básicas para a região do Jardim Ipê

Com o objetivo de ajudar as pessoas que estão passando por dificuldades neste momento de isolamento social e de enfrentamento ao Covid-19, a RP Info está arrecadando alimentos e cestas básicas para o CRAS - Centro de Referência de Assistência Social da Juventude, que atende a região do Jardim Ipê, em São José dos Pinhais. As doações podem ser deixadas até o dia 9 de abril (quinta-feira), até às 12h, na sede da RP Info, na Av. Pres. Getúlio Vargas, 427 - Rebouças.

Rivalidade entre “Predador” e “Miau” no BRAVE CF segue quente apesar de adiamento

Distrito de Seef, Bahrein - 6 de Abril de 2020

Dois dos melhores leves do MMA brasileiro parecem estar novamente em rota de colisão. Cleito "Predador" Silva, campeão da categoria no BRAVE CF, tinha luta marcada no retorno da organização árabe ao Brasil, quando enfrentaria Guram Kutateladze. O sueco se machucou e Luan "Miau" Santiago entrou em sua vaga, buscando vingança, já que Cleiton foi o responsável por lhe tirar o cinturão.

Os dois se enfrentaram no BRAVE CF 25, que aconteceu em Agosto do ano passado em Belo Horizonte. Na ocasião, após semanas de provocações, Cleiton rapidamente finalizou o atleta da CM System, chocando o mundo e se tornando campeão peso leve do BRAVE CF.

Eles voltariam a lutar no BRAVE CF 35, porém a pandemia do novo Coronavirus obrigou a organização a adiar o evento. Os dois, porém, seguem se provocando através das redes sociais. Cleiton declarou que gostaria de "bater de novo" em "Miau", que rebateu dizendo que, no próximo encontro entre os dois, o cinturão retornará a seu poder e que ele, Luan, é o campeão de verdade.

Desde o duelo entre os dois, Santiago se aventurou no peso superleve, categoria intermediária entre os leves e os meio-médios (limite de 74,9 kg ou 165 lbs). No BRAVE CF 29, "Miau" dominou o duro russo Gadzhimusa Gaziev, conquistando vitória na decisão dos jurados.

Cleiton, por sua vez, não luta desde o duelo contra "Miau" e garantiu que irá se preparar para todas as opções (o title shot deve ficar para Kutateladze ou Luan) quando o BRAVE CF retomar suas atividades.

Legenda da foto em anexo - Luan "Miau" e Cleiton "Predador" se encaram antes do primeiro duelo entre os dois, no BRAVE CF 25

Instagram @bravemmaf
Facebook @BRAVE Combat Federation
Twitter @bravemmaf
www.bravecf.com