Caipirinha de um jeito diferente

A caipirinha é uma queridinha de muitos brasileiros - e até gringos. Com o tempo, foi adquirindo diversas variações como a de morango, kiwi, abacaxi, entre outras. Entretanto, no Eklético GastroMusicBar as variações são ainda mais singulares, graças às criações de Igor Bispo, bartender consagrado que assina a carta de drinks da casa. A bebida nomeada como Eterno Flerte leva, além da vodka, lichia, com seu sabor adocicado e cupuaçu, fruta amazônica, ácida e agridoce, dando ainda mais brasilidade para o drink.

Serviço: Eklético GastroMusicBar
Luis Sant’Ana Proprietário e fundador
Instagram e Facebook: @ekleticogastromusicbar
marketing@ekle.com.br
Horário: Terça a sábado das 17h30 às 00h (quem estiver dentro poderá ficar até as 1h).
Domingo das 15h30 às 22h30. Couvert: R$10,00 cobrado para quem chegar a partir das 19h30.
Estacionamento conveniado do lado direto e esquerdo. Valor R$20,00 o período.
Av. Iguaçu, 2172, Batel, Curitiba, PR.

Conheça a pizzaria mais charmosa de Curitiba com receitas idênticas às italianas

Com conceito rústico e ingredientes importados, as pizzas do Madá são consideradas as melhores da cidade

Clique Para Download
4==ANzoDNxQjNmJjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnOzUzN4YTM1AzN6cWZwpmL39GbmJTMxUjZ2QTO4MjZlJWN2cjNiFGO3EWMihTOiFDNzUmRyUCNzUmRyUCMGJTJ4QDMzEjNwIDMz8VL0ETLfpjN
16/12/2022 -- Longe das ruas com grande aglomeração, o Centro de Curitiba guarda uma saborosa surpresa nos fundos de uma charmosa galeria escondida. Sem placa de sinalização ou qualquer indicativo de que há um restaurante no local, o Madá Pizza & Vinho, pizzaria napolitana criada pelo badalado chef Beto Madalosso e seu sócio Renan Vargas, funciona todas as noites em um espaço logo atrás de uma loja de roupas.

Apesar da localização curiosa e até então pouco viável para um empreendimento de sucesso, o Madá conquistou os curitibanos com seu conceito “anti-restaurante”, também chamado de restaurante secreto. O espaço oferece um ambiente intimista e aconchegante, totalmente remodelado nos moldes "faça você mesmo”, com luz baixa e paredes de tijolo à vista. O sucesso é tanto que a casa atende, mensalmente, mais de 3 mil clientes, mesmo com espaço reduzido de mesas e cadeiras.

Clique Para Download
0==ANzozNhFDZhRjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnOzUzN4YTM1AzN6cWZwpmL39Gb0Q2YhZGM0gzN3MDMxgDNmFmZwcjYkJzMwEzMzI2Y3EmRyUyY3EmRyUCMGJTJ4QDMzEjNwIDMz8VL0ETLfpDO
“O Madá nasceu como uma trattoria no estilo economia colaborativa: com mobiliário usado e espaço dividido com outras lojas. Um novo conceito de empreendimento, focado 100% na experiência e na gastronomia de qualidade”, explica o chef Beto Madalosso. “E quando o tempo permite, o ambiente externo oferece uma opção extra para curtir a noite, com lareira, muros com plantas e parreiras, além da música de estilo alternativa e dos aviões que ficam na rota”, conta.

Mas o ambiente charmoso não é mais o único diferencial da casa. As pizzas do Madá são consideradas as melhores da capital paranaense, com massa de fermentação natural e receita idêntica às encontradas na Itália. Além disso, todos os ingredientes secos e não perecíveis utilizados na cozinha são importados do “país da bota”, entre eles a farinha da marca Petra: mais proteica, com mais fibras e de coloração acinzentada.

Clique Para Download
1==ANzojMzEjYyEmOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnOzUzN4YTM1AzN6cWZwpmL39GbxEWY1AzNwUTO1UmM0MDMyYmZiNmZ4ITY3EGMlJGZ0cjRyUCZ0cjRyUCMGJTJ4QDMzEjNwIDMz8VL0ETLfpTO
“Todas as nossas pizzas são produzidas artesanalmente. Elas passam 48h fermentando de forma natural, em seguida são abertas manualmente e delicadamente recheadas, para então serem levadas ao forno, também importado da Itália, à uma temperatura de 400ºC. Quando a borda começa a chamuscar, significa que está pronta”, comenta.

Entre os destaques do cardápio do Madá está a Margherita DOP. A sigla, que significa Denominação de Origem Protegida, refere-se a uma certificação da União Europeia que garante a origem e a tradição dos ingredientes. Cada ingrediente vem de uma região específica, escolhida a dedo por conta de seu terroir. O tomate, por exemplo, é importado da região de San Marzano, na Itália. Produzido em solo vulcânico, o resultado é uma variedade menos aquosa, mais doce e suculenta. Os tomates são safrados, chegam em latas numeradas e, na pizza, vira um molho crudívoro saboroso, batido apenas com sal. Já a muçarela é do tipo fior di latte, produzida pela Mozzarellart, principal casa de queijos legítimos italianos de Curitiba. Seu trunfo está na cremosidade, no forte sabor de leite e no frescor do produto artesanal.

Clique Para Download
0==ANzoDZhJmN3EjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnOzUzN4YTM1AzN6cWZwpmL39GbiJjZlN2YmVDO3QWOjdTOmJWZ4ImNhNGM1Y2M1YjZmNmRyUiZmNmRyUCMGJTJ4QDMzEjNwIDMz8VL0ETLfpzN
Diferentemente da pizza tradicional da casa, que leva ainda grana padano, a DOP recebe um parmigiano-reggiano, que é um parmesão tradicionalíssimo, importado com 24 meses de cura. Para finalizar, azeite de oliva da Úmbria, que é uma das principais regiões produtoras de azeite da Itália. De sabor potente e levemente picante, ele é acrescentado apenas depois que a pizza sai do forno, para que não sofra com as altas temperaturas.

Outros destaques do menu são as pizzas Caprese, preparada com molho de tomates, muçarela, azeitonas pretas, pesto de manjericão, tomates frescos e manjericão fresco; e a Portogallo, uma releitura da famosa Portuguesa, que leva molho de tomates, muçarela, ovo com gema mole, presunto cru, cebola roxa, azeitonas pretas e orégano.

Clique Para Download
3==ANzozYyYTYzQmOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnOzUzN4YTM1AzN6cWZwpmL39GbkNjYkZDNlNDO3cjMidzMwQjM3EDM0MmZ3E2M1YTN1QmRyUSN1QmRyUCMGJTJ4QDMzEjNwIDMz8VL0ETLfpzM
Para quem aprecia boas massas, a casa oferece ainda diversos preparos como manda a tradição italiana, entre eles o Fettuccine Genovese, com carne cozida em baixa temperatura, por volta de 6 horas de cocção, e massa fresca; e o Spathetti Alla Carbonara, com creme de gemas, queijo pecorino, pancetta e pimenta preta.

O Madá Pizza & Vinho funciona na Rua Saldanha Marinho, 1230, no Centro de Curitiba (PR), de segunda a segunda, das 18h30 às 23h. Para mais informações, acesse o perfil oficial da pizzaria no Instagram (@madapizzavinho).

Férias no Vale da Música: programação especial terá oficinas, arte, música e natureza

Atividades na Ópera de Arame contemplam crianças, jovens e famílias e começam no dia 8 de janeiro

Começo de ano é tempo de procurar atividade para a garotada que está de férias. E foi pensando nisso que o Vale da Música, festival permanente de música instrumental apresentado pelo Bradesco e com realização da Futura Fonte em parceria com a DC Set Group, preparou uma programação especial para toda a família. De 8 a 14 de janeiro, crianças a partir de 4 anos poderão participar de 11 oficinas, que acontecerão no palco de um dos mais famosos teatros do Brasil, a Ópera de Arame.

Clique Para Download
9==ANzoTMzETZ3gjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO4IDMxcjMwgzMxozZlBnauc3bsNmN0U2N0cTO3QGZ3kjY2ATY2gDMiF2MxUWOmdTZzMTMGJTJzMTMGJTJwYkMlMTN1gDOyMTOx8VL0ETLfpzM
Crédito: Vinicius Grosbelli

Entre a programação, oficinas de fotografia, mandala sonora, pintura de cerâmica, dedoche, música corporal, pintura em tela, mágica, circo, hip hop, teatro, entre outras. “A ideia é disponibilizar atividades artísticas e culturais para crianças e adolescentes, integrando-os ao espaço da Ópera e proporcionando um mês de muitas atividades no espaço”, conta Alana Alboitt, gerente de marketing da Futura Fonte.

De cunho pedagógico, as oficinas fazem parte da Exposição “O Curso das Coisas”, apresentado pelo Ministério do Turismo Bradesco, Ebanx e Empalux com realização de Futura Fonte em parceria com a Dc Set, e inaugurou em dezembro no espaço, propondo uma experiência sensorial para os visitantes. Todas as atividades estarão abertas para o público visitante, e possuem uma média de 1 hora e 30 minutos de duração. Para participar, não há custo das oficinas; a entrada para o parque já contempla toda a programação do espaço. Algumas oficinas possuem número máximo de participantes, por isso, quem quiser garantir sua vaga pode entrar em contato com a produção do espaço através da conta do Instagram: festivalvaledamusica.

Clique Para Download
7==ANzojYhlzM1YjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO4IDMxcjMwgzMxozZlBnauc3bshDMhR2MjJDZ0AjN3AjZ2IWZ2UWZjljYmBzY5MjMhN2YGJTJhN2YGJTJwYkMlMTN1gDOyMTOx8VL0ETLfpzN
Crédito: Vinicus Grosbelli
Clique Para Download
0==ANzozY1QDOjBjOyJmLt92YuEmcyVGdAlGbsV2Y1xWYtF2czVmbhZnO4IDMxcjMwgzMxozZlBnauc3bsNGOwgDMjNmZyADM1gzNwQWY1UjZhZmZ1UTO4UjN1YWMGJTJ1YWMGJTJwYkMlMTN1gDOyMTOx8VL0ETLfpjN
Crédito: Vinicius Grosbelli

E para os adultos? Nada?

Para os adultos tudo. Além de poderem levar seus pequenos para curtir uma programação diferenciada durante o mês de janeiro, pais, adultos e responsáveis poderão conferir as três exposições que acontecem no espaço. A primeira delas é a mostra “Do Ritmo ao Algoritmo”, que reconta a história da música e traz 15 painéis gigantes, deixando o espaço ainda mais belo. A exposição resgata a trajetória musical mundial através do olhar dos artistas e ilustradores curitibanos Clayton Jr., Caio Zero e Fernanda Bornacin. Promovida pela Lei de Incentivo à Cultura, apresentada pelo Ministério do Turismo, Ebanx e Empalux, e realizada pela Futura Fonte em parceria com a DC Set, a mostra é feita em tecidos com mais de 10 metros de altura, pendurados no alto do teatro, que ficarão expostos até o final do ano.

Exposição “O Curso das Coisas”

A outra exposição é o Ciclo de exposições “Afetos Urbanos e Cidades Possíveis”, que desde o início de 2022 vem reunindo artistas locais contemporâneos e traz olhares diversos sobre a cidade de Curitiba. Organizada por ciclos, a mostra vem lançando luz para o olhar da produção jovem e contemporânea expresso na fotografia, nas artes digital e urbana. Exposta no segundo andar do teatro, a mostra é uma excelente oportunidade para um novo ponto de vista do teatro. Por fim, os amantes de arte poderão visitar a exposição “O Curso das Coisas”, que possibilita uma reflexão sobre a relação entre natureza e arte, em que doze artistas participam com obras que vão da fotografia ao vídeo e instalações e performances. As obras percorrem a trilha do teatro, proporcionando uma experiência sensorial para os visitantes.

Para finalizar, o Palco Flutuante no lago da Ópera de Arame ainda tem uma programação de muita música instrumental com jazz, blues, samba e MPB . Durante o mês de janeiro o local abre todos os dias, das 10h às 18h. Para saber mais sobre a programação musical, basta acompanhar o perfil @festivalvaledamusica nas redes sociais.

Programação completa Férias no Vale - Oficinas
08/01
15h - Oficina de olhar fotográfico com Amanda Lavorato - para toda a família.
10/01
14h - Oficina Mandala Sonora
15h30 - Oficina de pintura de cerâmica com Virgínia Bilobran - de 4 a 12 anos- máximo 20 participantes
11/01
14h - Oficina de Dedoche
15h30 - Oficina de Música Corporal com Andrezza Prodóssimo - a partir de 6 anos.
12/01
14h - Oficina de pintura em tela com Virgínia Bilobran - de 4 a 12 anos. Máximo 20 participantes.
15h30 - Oficina de Mágica com Mago Niko - a partir de 9 anos.
13/01
14h - Mural coletivo com Virgínia Bilobran - de 4 a 12 anos.
15h30 - Oficina de Circo: tecidos e acrobacias de solo- de 7 a 14 anos.
14/01
14h - Oficina de Hip Hop para toda família com Flávia.
15h30 - Oficina de Teatro Participativo com Franklin Albuquerque- de 5 a 12 anos.

Serviço:

Valor para entrada no Vale da Música: R$ 15,00 inteira e R$ 7,50 meia-entrada. O benefício é válido para pessoas que estejam dentro da lei da meia-entrada, crianças de até 12 anos e para moradores de Curitiba e região metropolitana, que precisam levar um comprovante de residência para obter o desconto. Às quartas-feiras, moradores de Curitiba que comprovarem residência têm entrada gratuita (exceto feriados).
Endereço: Rua João Gava, 970 -- Abranches.
Mais informações: festivalvaledamusica

Bradesco e a cultura
Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte. São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, além do naming rights do Teatro Bradesco, em São Paulo.
Sobre a Futura Fonte
Proponente do Vale da Música, a Futura Fonte é especializada em iniciativas que fazem da cultura um instrumento de formação e valorização do indivíduo. O grupo realiza eventos e também atua de forma constante na promoção de ações de responsabilidade social conectadas à música, como a associação com a ONG internacional Playing For Change. No Parque das Pedreiras é um dos parceiros da DC Set Eventos na realização de eventos culturais no complexo.
Sobre a DC Set Group
Fundada em 1979, a DC Set Group reúne empresas e iniciativas ligadas à cultura e esporte em oito verticais de negócio. O grupo atua como um hub de inovação em entretenimento, sendo uma das pioneiras em gestão de talentos, festivais de música e shows internacionais, além da realização de exposições e espetáculos artísticos; palestras e conferências; gestão de espaços; produção de conteúdo e organização de ligas e competições esportivas.

EJA do Sesi Paraná tem mais de 2.300 vagas na RMC

Pode participar qualquer pessoa a partir de 18 anos que ainda não tenha concluído o Ensino Fundamental II ou o Ensino Médio

Foto: Gelson Bampi
As primeiras turmas de 2023 da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Sesi Paraná iniciam em janeiro e fevereiro. As inscrições são gratuitas e estão abertas nas unidades de São José dos Pinhais, Campo Largo, Quatro Barras, Pinhais e Rio Negro, totalizando 2.349 vagas.

As aulas do Ensino Médio e do Ensino Fundamental II (5º ao 9º ano) iniciam no primeiro trimestre. No entanto, o calendário da EJA do Sesi tem entradas flexíveis, de acordo com o início de uma nova disciplina. Assim, é possível começar o curso a qualquer momento do ano, não sendo necessário aguardar a abertura de novas turmas.

A EJA do Sesi é destinada a pessoas maiores de 18 anos que não tenham concluído o Ensino Fundamental II ou o Ensino Médio e que se enquadrem em, pelo menos, um dos critérios de seleção do Portão de Transparência, seguindo as orientações da secretaria das unidades participantes.

A maioria das aulas é online e, por isso, o aluno pode escolher o melhor horário para estudar. Todos os alunos inscritos recebem um curso de Inclusão Digital para que possam aprender a navegar e realizar as atividades escolares obrigatórias disponíveis na plataforma de estudo FiepDigital, além de orientações para consulta sobre sua trajetória escolar e navegação no Portal do Aluno. Além disso, recebem gratuitamente um chip de internet móvel para acesso às aulas e atividades.

Acesse sistemafiep.org.br/gratuidade, confira as unidades participantes e acompanhe os prazos de inscrições e início de novas turmas.

SERVIÇO

EJA Sesi Paraná
Confira as vagas disponíveis em cada unidade:

São José dos Pinhais
Ensino Médio: 200 vagas
Ensino Fundamental II: 80 vagas
Contato: 41 2104-6864

Campo Largo
Ensino Médio: 419 vagas
Ensino Fundamental II: 181 vagas
Contato: 41 3291-8439

Quatro Barras
Ensino Médio: 300 vagas
Ensino Fundamental II: 200 vagas
Contato: 41 3671-8360

Pinhais
Ensino Médio: 300 vagas
Ensino Fundamental II: 200 vagas
Contato: 41 3551-2004

Rio Negro
Ensino Médio: 346 vagas
Ensino Fundamental II: 123 vagas
Contato: 47 3641-6425

Restaurantes Gourmet invadem estádios brasileiros

A alta gastronomia têm se tornado tendência em estádios e arenas mundo afora

Restaurantes que privilegiam a alta gastronomia têm se tornado tendência em estádios e arenas mundo afora. O prazer de degustar uma refeição de qualidade enquanto assiste a uma boa partida de futebol ou a um show internacional super bem produzido elevou a um novo patamar a experiência de quem frequenta estes ambientes.
O Geranium, considerado hoje o melhor restaurante do mundo, segundo a lista do 50 Best, fica na Dinamarca. E adivinhe: ele está dentro de um estádio, a casa do Futebol Clube Copenhagen. O espaço é comandado pelo chef Rasmus Kofoed e tem três estrelas Michelin.
A tendência, que já se tornou comum em arenas e estádios na Europa e nos Estados Unidos, tem se consolidado no Brasil. No Allianz Parque, em São Paulo, foi inaugurado recentemente o italiano La Coppa. O restaurante é administrado pela GSH, empresa responsável por toda a área de alimentos e bebidas da arena, onde o Palmeiras manda seus jogos.
Além do La Coppa, GSH também administra no Allianz Parque outros dois restaurantes: o Braza, especializado em grelhados, e o Nagairô Sushi, de culinária japonesa. As três casas oferecem pratos de alta gastronomia e mesas com visão privilegiada para o gramado, que se transformam em grandes camarotes em dias de jogos e shows.
"Trouxemos algo que era inédito no Brasil. Tradicionalmente, os estádios eram lugares para refeições rápidas, onde você comprava uma comida ou uma bebida para se alimentar enquanto via o jogo. Nossa meta é elevar esse padrão e dar a possibilidade para que as pessoas desfrutem de um bom cardápio”, comenta Mark Zammit, CEO da GSH.
Em Recife, o Sport Club anunciou no mês de agosto o lançamento do SportBar. Com uma programação ampla e gourmetizada, a estrutura comporta 150 pessoas sentadas e terá temática toda rubro-negra para jogos dentro e fora da Ilha do Retiro, além de reservas para eventos particulares, como festas de aniversário e confraternizações, e corporativos.
Nos dias de jogos, haverá um telão especial e televisões em todos os espaços. Sócios terão 10% de desconto no consumo. O espaço será custeado integralmente por um sócio-investidor. O contrato foi firmado por cinco anos e o projeto teve orçamento de R$250 mil reais.
“Fizemos um bar para o torcedor rubro-negro chamar de seu, seja em jogos fora, em casa ou em dias comuns. O SportBar é a oportunidade do torcedor viver uma nova experiência dentro da Ilha do Retiro. É a modernização do patrimônio do Sport atrelado ao conforto do torcedor”, afirma André Fernandes, vice-presidente administrativo do clube.

ITAIPAVA LANÇA CAMPANHA DE VERÃO COM LINGUAGEM PROPRIETÁRIA: A “LÍNGUA DO ITA”

Neste momento, marca reforça posicionamento 100% cerveja e atributos de produto para aproveitar as ocasiões de consumo do brasileiro

“ITA-Gelada chefe?” ITA-todo mundo falando assim e é dessa forma que a Itaipava dá continuidade à sua campanha de verão 2023 com o conceito “Língua da ITA”. O segundo filme, titulado como “ITA-na boca do povo”, estreou nesta quarta-feira (04), no intervalo da novela Travessia, transmitida pela TV Globo. Dividida em diferentes peças que marcarão todo verão da marca, de janeiro a março, incluindo Carnaval, o material reforça a assinatura "100% Cerveja", que coloca o produto no centro de sua comunicação, para estimular o desejo dos consumidores.

“Entendemos cada vez mais a importância de uma associação direta dos consumidores com nossa cerveja, de uma conexão real da nossa marca com ocasiões de consumo do brasileiro. O filme ‘Língua do ITA’ chega para completar essa comunicação com foco nos atributos dos nossos produtos, além da criação de uma linguagem proprietária para nossa marca. Esse é um momento bastante importante para Itaipava, que reformulou recentemente sua assinatura e vem ampliando sua forma de se comunicar”, explica Naiara Brugneroto, coordenadora de Marketing da marca Itaipava no Grupo Petrópolis.

Criada pela WMcCann, as peças dessa fase da campanha de verão 2023 apresentam uma identidade visual que reforça o espaço de bares e a cultura popular brasileira para comunicar os atributos do portfólio da cerveja de forma leve e descontraída. Com dizeres tais como "ITA-Leve", "ITA-Marcante", "ITA-Perfeita", a campanha ainda ressalta sabor, qualidade e refrescância da família Itaipava.

“Nosso principal objetivo era o de evoluir o conceito ITA, adotado pela marca recentemente, para aproximar cada vez mais o público da Itaipava. Com as iniciais do próprio nome, criamos, portanto, uma linguagem proprietária que constrói marca e estimula o desejo de consumo pela cerveja, incluindo todo o humor que a campanha de verão exige”, explica Alessandra (Lelê) Pereira, diretora de Criação da WMcCann.

A estratégia de comunicação contará com diferentes filmes de 30” e 15” para TV aberta de abrangência nacional, além de desdobramentos para o digital. Nas redes sociais, a marca irá explorar diferentes formatos para comunicar a nova linguagem ao público, além de trazer diferentes editorias e ações de conteúdo que exploram o “ITA”.
Assista aqui: https://youtu.be/-9krz-XQImI

campanha Ita lingua - cena 2 Crédito Divulgação.jpg

SOBRE A ITAIPAVA - Criada em Petrópolis (RJ), Itaipava, a cerveja do verão, conquistou o consumidor brasileiro ao longo dos anos e, hoje, é uma das cervejas mais consumidas no país. A família Itaipava conta com diferentes tipos para todos os gostos e ocasiões: Itaipava Pilsen, Itaipava 100% Malte, Itaipava Go Draft, Itaipava Malzbier, Itaipava Chopp e Itaipava Zero Álcool. Conheça o site: http://www.cervejaitaipava.com.br/ @itaipava

SOBRE O GRUPO PETRÓPOLIS - O Grupo Petrópolis é a única grande empresa do setor cervejeiro com capital 100% nacional. Produz as marcas de cerveja Itaipava, Crystal, Lokal, Black Princess, Petra, Cabaré e Weltenburger, Brassaria Ampolis com os rótulos Cacildis, Biritis, Ditriguis e Forévis, as vodkas Blue Spirit Ice e Nordka, a Cabaré Ice, os energéticos TNT Energy Drink e Magneto, o refrigerante It!, o isotônico TNT Sports Drink, a água Petra e água tônica Petra. Com oito fábricas em operação, o Grupo é responsável pela geração de aproximadamente 24 mil empregos diretos. Por meio dos projetos ambientais, promove o plantio e manutenção de milhares de árvores, além de ações de sustentabilidade e programa de educação ambiental para escolas municipais. Conta também com o Saber Beber, programa comprometido em orientar as pessoas sobre os benefícios do consumo moderado e as consequências do consumo exagerado de álcool. Saiba mais em: www.grupopetropolis.com.br e @grupo.petropolis nas redes sociais.

Ficha Técnica:
Agência: WMcCann Cliente: Grupo Petrópolis
Produto: Itaipava Nome da campanha: Língua do Ita
Time do Cliente: Giulia Faria, Danielle Bibas, Naiara Brugneroto, Camila Felippe Tomas Lombardi, Rafael Collaço e Jessica Tostes
Chairman: Hugo Rodrigues
CEO: André França
CCO: Mariana Sá
VP executivo e diretor-geral da WMcCann SP: Vitor Lieff
Diretor de Criação: Alessandra Pereira
Diretor de Criação Associado: Antero Neto
Criação: Alessandra Pereira, Antero Neto, Fabio Porto, Stefano Chiabrando e Paulo Rodrigues
COO & CSO: Renata Bokel
Diretor de Planejamento: Hugo Santos
Planejamento: Ryo Masunoushi
Head de Conteúdo: Patrícia Colombo
Conteúdo: Gustavo Komatsu, Irys Roque, Teresa Tessaro, Tassiana Cabral, Kaina Faria e Ingrid Gaston
Diretora de Negócios: Fernanda Duca
Atendimento: Marcia Fernandes, Mayara Nascimento, Henrique Tavares e Igor Florindo
VP de Mídia: Andreia Abud
Diretora de Mídia: Regina Ponte
Mídia: Vanessa Farina, Alex Osorio, Juliana Libera, Luciano Braz, Nathalia Brito e Italo Brito
BI: Felipe Borges, Rafaella Fernandes, Camila Oliveira, Paulo Pancheri e Gabriela Lima
Diretora de Produção: Camila Naito
Produção Integrada: Andrea Metzker, Dani Toda, Morgana Miranda, Lorena Latorre
Produtora: Pródigo Filmes
Direção de Cena: André Godoi e Maggie Landim
Produção Executiva: Francesco Civita, Chico Pedreira, Ana Chrysostomo, Rebeca Broncher e Ana Mendes
Diretor de Fotografia: Daniel Klajmic
Color Grading: Erick Moraes
Finalizador: Georges Sakamoto
Pós-Produção e Finalização: Pródigo Filmes
Produtora de Som: Comando S Audio
Diretor Música: Serginho Rezende
Produção Música: Lucas Rezende
Finalização: Equipe Comando S
Atendimento: Elis Pedroso/ Andrea Barreto
Produção Gráfica: Nereu Marinho
Projetos: Leticia Costa e Luara Fernandes
Relações Públicas: Kerena Neves e Giulia Camargo

SAMBA DE BAMBA COMPLETA 27 ANOS

Programa dominical apresentado ininterruptamente desde 1996 é finalista da 7ª edição do Prêmio Profissionais da Música

O programa de rádio Samba de Bamba - produzido e apresentado pelo jornalista Rodrigo Browne - completa 27 anos no ar. Sempre aos domingos, desde 1996, na Paraná Educativa FM. O programa é finalista da 7ª edição do Prêmio Profissionais da Música na categoria “Programa de Rádio”, e já está entre os cinco melhores do país, sendo o único de samba entre os concorrentes.
O programa Samba de Bamba divide-se em duas partes. Na primeira, o produtor comenta e apresenta o que ele mesmo gosta de ouvir - o que inclui o bom e o melhor. Na segunda, acontece o quadro “O bamba escolhe”, quando o apresentador abre o microfone para convidados, que indicam e comentam suas preferências em oito títulos. Já participaram do quadro centenas de personalidades. Entre elas Chico Buarque, Paulinho da Viola, Ruy Castro, Gal Costa, Marisa Monte, Caetano Veloso, Martinho da Vila, Jamelão e Beth Carvalho.
Ao longo de sua trajetória, o Samba de Bamba já contabiliza mais de 1400 programas ininterruptos. Rodrigo Browne lembra que a proposta inicial foi levar ao público sambas tradicionais de seu gosto pessoal. “Quando comecei na Paraná Educativa FM, em 1996, minha ideia foi produzir um programa com sambas que eu gostava de ouvir e não encontrava em nenhuma emissora de Curitiba. Então comecei a apresentar essas músicas com a informalidade que o samba exige e depois fui trazendo convidados especiais para contar histórias sobre suas escolhas. Acho que por isso o Samba de Bamba é tão longevo e conquistou tantos ouvintes“, considera.
Como parte das comemorações do 27° aniversário do programa, Browne criou um novo quadro mensal, para interagir com os ouvintes: "Notas de um Samba”. Todo mês o programa vai selecionar um samba com três versões diferentes e o ouvinte vai poder escolher qual ele gosta mais. O primeiro samba escolhido é o “Samba de Uma Nota Só” (Tom Jobim e Newton Mendonça) interpretado por Raphael Rabello, Nara Leão e Leny Andrade. A participação poderá ser feita pelo WhatsApp do programa (41) 9 8482-4717 ou pelo Instagram @sambadebambaoficial , no final do ano será realizado um programa especial com os sambas escolhidos. O programa Samba de Bamba pode ser sintonizado todos os domingos, a partir das 11 da manhã, em Curitiba na Paraná Educativa FM (97.1 MHz) ou pelo site: https://www.paranaeducativafm.pr.gov.br/