“Miau” e Luana salvam noite brasileira e russo leva cinturão histórico no BRAVE CF 29

"Miau" e Luana salvam noite brasileira e russo leva cinturão histórico no BRAVE CF 29

A saída de Marcel Adur do card do BRAVE CF 29 diminuiu o número de brasileiros em ação no Bahrein, mas não tirou a emoção do histórico evento, que coroou o invicto Azamat Murzakanov como o primeiro campeão do KHK World Championship, torneio de uma noite sem limite de peso. No cage, apenas dois brasileiros conquistaram vitórias, com Luan "Miau" Santiago superando o russo Gadzhimusa Gaziev e Luana Pinheiro nocauteando Helen Harper.

"Miau", que perdeu o cinturão peso leve para Cleiton "Predador", teve uma performance comedida, controlando a luta com seu caratê e conectando bons chutes no corpo castigado de Gaziev.

Já Luana comemorou em grande estilo a primeira luta feminina da história do Bahrein. Com as mãos bastante afiadas, a campeã de judô conectou golpes duros na inglesa Helen Harper e derrubou a adversária ainda no primeiro assalto.

"Esse é só o começo. Foi uma honra mostrar o que as mulheres são capazes aqui no Bahrein, um país lindo e onde eu fui muito recebida. Quero muito voltar e vocês podem esperar mais nocautes vindo por aí", comemorou Luana.

Erick "Indio Brabo", Felipe Silva, além dos integrantes do KHK World Championship, Guto Inocente e Kleber Orgulho, acabaram derrotados, com Felipe sendo surpreendido por um gancho de esquerda de Guram Kutateladaze, quando claramente vencia a luta.

Já Guto não foi páreo para o wrestling de Azamat, que controlou a luta no curso de dois rounds na semifinal do KHK World Championship. Já Orgulho não resistiu aos duros golpes de Mohammad Fakhreddine, cansou e acabou derrotado.

Antes da decisão, uma grande festa tomou conta da Khalifa Sports City Arena, com um helicóptero trazendo o cinturão mais prestigioso da história dos esportes. O KHK belt, adornado com 6.2 kg de ouro, seria posto em jogo na final do torneio, com o vencedor ganhando US$100 mil (R$ 420 mil) e o direito de ter a posse provisória da histórica cinta.

Na grande final, Azamat foi superior e mostrou porque é um dos atletas mais completos da atualidade ao nocautear Fakhreddine brutalmente ainda no primeiro assalto.