CAMPO DAS ARTES RECEBE MARCIO JULIANO OUTRO SAMBA NA MOSTRA PÔR DO SOL

As apresentações do show (dias 01,02, 08 e 09 de abril) também fazem parte da programação do Festival de Teatro de Curitiba.

Foto: Leandro Taques
Ousadia, contemporaneidade, lirismo e bom humor caracterizam o show Marcio Juliano Outro Samba, próxima atração da Mostra Pôr do Sol, dias 01, 02, 08 e 09 de abril, às 20h, no Campo das Artes, em São Luiz do Purunã. O evento marca a abertura oficial do espaço, projeto de vida do ator paranaense Luís Melo, que vem sendo construído desde 2008.
O show é uma experiência cênica musical multimídia que tem como fonte de inspiração o repertório e os artistas da Época de Ouro da música brasileira, período que vai de 1929 a 1945. Desdobramento da pesquisa realizada pelo cantor Marcio Juliano em trabalhos anteriores, No Samba” (2016) e “Noël” (2006).
Com caráter teatral e leitura contemporânea deste universo musical, Outro Samba conta com interações e intervenções de projeções mapeadas, com áudios sincronizados. “A ideia é revisitar uma estética muito explorada por esta geração de compositores, a do cinema”, revela Marcio que também dirige o show. A assistência de direção e iluminação é de Nadja Naira (Companhia Brasileira de Teatro). Outro Samba traz ao palco músicos virtuosos: Sérgio Albach (clarone), que assina a direção musical, Lucas Melo (violão 7 cordas) e Luis Rolim (bateria e percussão). Misturando diferentes linguagens projeta em cena participações especiais como a Orquestra à Base de Sopro e o trombonista Raul de Souza, falecido no ano passado.
Dorival Caymmi, Wilson Baptista, Noel Rosa, Pixinguinha, Ary Barroso estão presentes no repertório com narrativa diversa que homenageia o samba e suas múltiplas possibilidades, mas que sobretudo evoca a alegria, o amor e a superação da melancolia.
O show estreou em Curitiba, no final de 2019, ano de lançamento do CD de mesmo nome e, durante a pandemia, em 2021, foi adaptado ao formato digital, virou DVD e circulou virtualmente pelo interior do Paraná. “Participar da Mostra é uma experiência muito feliz, vamos oferecer ao público um espetáculo com uma abordagem diferente, é um show de música ancorado no teatro. Voltar ao presencial, poder ensaiar, preparar o show e o espaço para receber o público é muito emocionante”, comemora Marcio que também é o produtor geral da Mostra Pôr do Sol.
“O Campo das Artes é um espaço muito importante, único no Brasil. O fato dele estar situado no Paraná é uma riqueza para nós. Espero que esta iniciativa privada do Luís Melo sirva de inspiração ao poder público para que, por meio das leis de incentivo, movimente este lugar com muitas atrações e oportunidades artísticas porque o público está sedento de arte. Todos os ingressos da Mostra esgotaram em apenas 8 horas após a distribuição pelo site”, conta.
O evento integra a programação do Festival de Teatro de Curitiba – edição 2022.

Confira a PROGRAMAÇÃO da Mostra que segue até 16 de abril:
1 e 2 de abril – 20h
Marcio Juliano Outro Samba – Cia Ilimitada
*durante o Festival de Teatro de Curitiba

8 e 9 de abril – 20h
Marcio Juliano Outro Samba – Cia Ilimitada
*durante o Festival de Teatro de Curitiba

15 e 16 de abril – 20h
O Arquipélago - Súbita Companhia de Teatro

MOSTRA PÔR DO SOL VIRTUAL
Local: Canal Campo das Artes no Youtube
https://www.youtube.com/channel/UCAVR2jOa08eYZ46p31YuzLw
Horário: 20h
Datas:
19 de abril
Manaós – Trupe Ave Lola (Duração: 80min)
20 de abril
Noël.doc – Marcio Juliano e Cia ilimitada (Duração: 53min)
21 de abril
Aqui - Súbita Companhia de Teatro (Duração: 60min)

Projeto realizado com o apoio da Copel, por meio do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), da Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Paraná.
SERVIÇO:
MOSTRA PÔR DO SOL - 11 de março a 16 de abril

Espetáculo: SHOW MARCIO JULIANO OUTRO SAMBA
Data: 01, 02, 08 e 09 de abril
Horário: 20h
Local: Campo das Artes (Estrada da Lage, 370 – São Luiz do Purunã/Balsa Nova-PR)
Contato exclusivo por whatsapp: 41 99995 8383
Email: contato@campodasartes.com.br
Ingressos gratuitos mediante reserva pelo site: https://www.campodasartes.com.br/
Capacidade: 100 pessoas por apresentação
Duração: 60 minutos
Classificação Indicativa: Livre

Ficha Técnica - Show Marco Juliano Outro Samba
Direção, Pesquisa e Concepção: Marcio Juliano. Direção Musical: Sérgio Albach. Iluminação e Assistência de Direção: Nadja Naira. Som: Chico Santarosa. Projeções: Alan Raffo. Animação: Carlon Hard e Rômolo D’hipólito. Figurino: Áldice Lopes. Elenco: Marcio Juliano, Luís Rolim, Lucas Melo e Sérgio Albach. Participação Virtual: Raul de Souza, Uyara Torrente, Érica Silva, Iria Braga, Milena Tupi, Cássia Damasceno e músicos da Orquestra à Base de Sopro de Curitiba. Assessoria de Comunicação: Glaucia Domingos. Realização e Produção: Companhia Ilimitada.
Sobre Marcio Juliano
Marcio Juliano é um artista brasileiro. Natural de Curitiba, começou no teatro e na música aos 15 anos. De lá para cá escreveu, compôs, cantou, atuou, dirigiu, dançou, operou luz, foi contrarregra, produziu. Em 2005, fundou a Cia Ilimitada, produtora cultural onde realiza seus projetos. Como cantor, estreou em 2006, Noël, show cênico musical em homenagem a Noel Rosa, com direção de Marcio Abreu e Direção Musical de Sérgio Albach. O disco Noël veio em 2009, com ele Marcio visitou teatros de 25 cidades brasileiras, em mais de 70 apresentações, que tiveram um público de 50 mil espectadores. Seu trabalho mais recente é o projeto Outro Samba, que faz uma releitura das composições da Época de Ouro e inclui a gravação de CD e também DVD e pode ser conferido no site do artista: http://marciojuliano.com.br/
SAIBA MAIS:
https://www.campodasartes.com.br/
https://www.instagram.com/_campodasartes/
Facebook: @campodasartesbrasil

SÚBITA COMPANHIA É A ATRAÇÃO DESTA SEMANA DA MOSTRA PÔR DO SOL

O espetáculo solo “Mulher, como se chama?” será apresentado sexta e sábado (25 e 26), no Campo das Artes.

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=241794&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCO6PR22MB29318B8CCFC08E081E141B13A1189%2540CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCO6PR22MB29318B8CCFC08E081E141B13A1189%40CO6PR22MB2931.namprd22.prod.outlook.com%3E-1.1.2
Foto: Elenize Dezgeniski

A terceira semana da Mostra Pôr do Sol traz ao palco o trabalho solo de Janaína Matter, com direção de Maíra Lour, da Súbita Companhia de Teatro (Curitiba), “Mulher, como se chama? ”. Serão duas apresentações, sexta (25) e sábado (26), às 20h, no Campo das Artes, em São Luiz do Purunã. Indicado em 3 categorias ao Prêmio Troféu Gralha Azul 2019: dramaturgia, direção e iluminação, o espetáculo aborda a história sob a perspectiva das mulheres. Tenta responder à inquietação provocada pelo apagamento das mulheres na história do mundo.

“É sempre importante colocar espetáculos, companhias e linguagens diferentes em cruzamento, em diálogo. Ainda mais em um projeto cultural novo que propõe uma outra relação de geografia com a arte e cultura em nossa região. Para a Súbita Companhia estar na Mostra Pôr do Sol representa um movimento poderoso de retomada das artes presenciais, do contato com o público, as possibilidades infinitas da experiência coletiva renovada em um espaço tão especial quanto o Campo das Artes. É uma honra e uma responsabilidade grande fazer parte deste movimento que se inicia neste momento tão singular e que se faz tão necessário”, declara a diretora Maíra Lour.

Este ano a companhia completa 15 anos de trajetória, nasceu do encontro de artistas que desejam fazer arte de um ponto de vista coletivo, autoral e contemporâneo. Dedica-se a investigar o teatro explorando as potências do corpo, a criação de novas dramaturgias, as possibilidades de transposição da literatura para a cena e modos de criação colaborativa.

“Recentemente tivemos a experiência de uma temporada em São Paulo que marcou nosso retorno à cena e que nos fez reconectar com a possibilidade de horizontes para o teatro no momento que vivemos. Este reencontro com o público, que nos parecia tão simples e fácil antes de 2020, neste momento ganha novos contornos e desafios. Percebemos um desejo no público de ocupar as salas e estabelecer este contato. E nós estamos dispostos a investigar quais são estas novas relações e suas potências hoje, com as marcas atuais das experiências coletivas”, complementa.

Outro trabalho da Súbita que será apresentado na Mostra Pôr do Sol será “O Arquipélago”, trabalho solo de Pablito Kucarz, também com direção de Maíra Lour, dias 15 e 16 de abril.

“Estes trabalhos que estamos trazendo para a mostra estrearam em 2019 e fazem parte do repertório da companhia. Participaram de circulações e festivais pelo país, porém tiveram suas trajetórias interrompidas por conta da pandemia. Hoje, as temáticas abordadas nos trabalhos, se potencializam a partir do que o trauma coletivo recente nos revelou sobre nós e o modo que nossa sociedade se construiu ao longo de tanto tempo”, conta a diretora.

A Mostra Pôr do Sol foi idealizada e produzida pelo Campo das Artes, projeto de vida do ator paranaense Luís Melo. O evento conta com coprodução do ator e diretor Marcio Juliano e Cia Ilimitada, de Curitiba e marca a abertura oficial do espaço que vem sendo construído desde 2008.

Confira a programação da Mostra que segue até 16 de abril:

25 e 26 de março – 20h

Mulher, como você se chama? – Súbita Companhia de Teatro

1 e 2 de abril – 20h

Marcio Juliano Outro Samba – Cia Ilimitada

*durante o Festival de Teatro de Curitiba

8 e 9 de abril – 20h

Marcio Juliano Outro Samba – Cia Ilimitada

*durante o Festival de Teatro de Curitiba

15 e 16 de abril – 20h

O Arquipélago - Súbita Companhia de Teatro

MOSTRA PÔR DO SOL VIRTUAL

Local: Canal Campo das Artes no Youtube

https://www.youtube.com/channel/UCAVR2jOa08eYZ46p31YuzLw

Horário: 20h

Datas:

19 de abril

Manaós – Trupe Ave Lola (Duração: 80min)

20 de abril

Noël.doc – Marcio Juliano e Cia ilimitada (Duração: 53min)

21 de abril

Aqui - Súbita Companhia de Teatro (Duração: 60min)

O evento integra a programação do Festival de Teatro de Curitiba – edição 2022 que terá início no dia 28 de março.

Projeto realizado com o apoio da Copel, por meio do PROFICE (Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura), da Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Paraná.

SERVIÇO:

MOSTRA PÔR DO SOL - 11 de março a 16 de abril

Espetáculo: Mulher, como se chama? (Súbita Companhia de Teatro)

Data: 25 e 26 de março

Horário: 20h

Local: Campo das Artes (Estrada da Lage, 370 – São Luiz do Purunã/Balsa Nova-PR)

Contato exclusivo por whatsapp: 41 99995 8383

Email: contato@campodasartes.com.br

Ingressos gratuitos mediante reserva pelo site: https://www.campodasartes.com.br/

Capacidade: 100 pessoas por apresentação

Duração: 40 minutos

Classificação Indicativa: 14 anos

FICHA TÉCNICA

Dramaturgia e Atuação: Janaina Matter /Direção: Maíra Lour /Trilha Original e Desenho de Som: Alvaro Antonio /Iluminação: Beto Bruel /Técnica de Luz: Lucri Reggiani /Cenário: Guenia Lemos /Figurino: Val Salles /Interlocução Artística: Francisco Mallmann /Orientação Dramatúrgica: Camila Bauer /Treinamento de Voz: Babaya /Assessoria em Canto: Paola Pagnosi /Colaboração em Movimento: Ane Adade /Realização: Súbita Companhia de Teatro

SAIBA MAIS:

https://www.campodasartes.com.br/

https://www.instagram.com/_campodasartes/

Facebook: @campodasartesbrasil