De Curitiba para o mundo: escola de teatro musical oferece formação virtual e tem alunos de diferentes localidades

Projeto Broadway inova com a criação de formato de aulas artísticas online, com preço acessível e especialistas renomados.

Aprender música, teatro, dança e produção audiovisual sem precisar sair de casa. É isso o que propõe a Virtual Academy - programa de desenvolvimento e treinamento artístico criado pela Escola Projeto Broadway, primeira escola de teatro musical do Sul do Brasil. Além de ampliar o acesso dos alunos ao conteúdo - com estudantes até mesmo de outros países - o formato inovador permite a participação de profissionais renomados da área de diferentes localidades. Entre eles estão Tristan Aronovich (SP), Tony Lucchesi (RJ), Laila Garin (RJ), Hanny Lissa (PR), Edilene Alves (BA) e Miriam Spritzer (NY), que se juntam ao time de 14 especialistas em teatro musical do Projeto Broadway, com sede em Curitiba.
Diferente do formato “EAD”, em que os alunos aprendem com vídeos gravados pelos professores, a Virtual Academy tem aulas online ao vivo. Isso permite que o participante tire dúvidas com os especialistas na hora, além de garantir as orientações necessárias durante a execução de alguma atividade. Além disso, o material também fica gravado e disponível para o aluno caso ele queria rever.
De acordo com uma das diretoras da escola, Giovana Póvoas, a ideia surgiu após as adaptações que foram feitas com as turmas tradicionais, desde que o isolamento social começou. “Com a pandemia, nós continuamos nossas atividades com as aulas online e, ao longo deste tempo, vimos que a experiência tem sido positiva”, conta.
Desde o início das atividades remotas, a escola já registrou a participação de alunos de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e até de Dubai. A formação é voltada para artistas em qualquer fase da carreira e também para quem quer desenvolver o lado artístico mas ainda não tem conhecimento técnico sobre a área.
Conheça mais em:

Imagens: https://www.instagram.com/projetobroadway/

Contato para agendar entrevistas: Ana Flavia Silva (41) 98470-2280

Luan Santana lança ASAS, grande sucesso no mundo digital ganha todas as ondas do Brasil

 

A máxima “tudo ao mesmo tempo agora” se encaixa perfeitamente à nova rotina de Luan Santana. Enquanto comemora o sucesso de "Asas", em todas as plataformas de música, e também o feito de ter o clipe do hit na MTV e no TVZ, o cantor lançou a canção, hoje, 20 de julho, em todas as rádios do Brasil. Os versos ("... é como se morasse um céu dentro dum beijo seu

É como se jorrasse mel dentro das suas palavras

É como se existisse um mundo só pra você e eu

É como se esse amor me desse asas

Pra viajar em paz

Pra viajar sem mais incertezas") ecoam desde às 7h00 da manhã e prometem alçar o hit ao topo, a exemplo de todas as formas que o produto se apresenta.

O clipe de “Asas” foi gravado durante o ensaio para a live que Luan apresentou em junho, em formato de especial para o Dia dos namorados, na Globo, Multishow, Globoplay e canais oficiais da emissora e do artista. Ainda colhendo os louros do sucesso do show digital em questão, considerado o mais visto do mundo (com mais de 30 milhões de pessoas assistindo simultaneamente),  Luan aposta agora num lançamento histórico e cheio de surpresas. Fique ligado em seu dial predileto! 

“ASAS” – do som ao clipe

Com autoria 100% de Matheus Aleixo (da dupla com Kauan), “Asas” já nasce com sucesso nas alturas. Exibida pela primeira vez na “Luan Love em Casa", a música atinge marcas astronômicas.

O clipe, que ganhou registro inédito durante o especial da Globo, sob as lentes de Gui Dalzoto, foi lançado dia 17/6), no  canal de Luan no Youtube.

“Asas” é o primeiro trabalho independente do artista, com distribuição pela The Orchard. A faixa foi uma grata surpresa para Luan, que foi ouvida, aceita e gravada em tempo recorde de cinco dias (entre receber e produzir), tamanha a sintonia que ele encontrou na letra do amigo Matheus Aleixo.

A produção usa sintetizadores dos anos 80, fonte à qual Luan tem recorrido bastante nos últimos trabalhos, “no som da bateria, a caixa com muito reverber, guitarra com um timbre”, revela o artista, citando Def Leppard e um toque de The Weeknd como referências.

(Arleyde Caldi)

Créditos Fotos: Gui Dalzoto

Funarte e UFRJ lançam o Sistema Nacional de Orquestras Sociais

Programa promove capacitação musical e pedagógica para projetos orquestrais e a inclusão social em todo o Brasil. Atividades se iniciam em
15 de julho, com vídeos e publicações disponíveis em site

image.png

Orquestra de Sopros da UFRJ, regida pelo Maestro Marcelo Jardim. Foto: Ana Liao

O Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos), fruto de parceria entre a Fundação Nacional de Artes – Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, principia suas atividades dia 15 de julho, quarta-feira. O lançamento será com uma "live", no canal Arte de Toda Gente, do Youtube. Os convidados são: a Diretora pedagógica do projeto Brasil de Tuhu e líder artística do Quarteto Radamés Gnattali, Carla Rincón ; o compositor e professor de Composição da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Wellington Gomes; o Diretor Executivo do Instituto Baccarelli, Edilson Ventureli, e o Diretor do Centro da Música da Fundação Nacional de Artes - Funarte, Bernardo Guerra. A mediação será de André Cardoso, Coordenador do Sinos e Professor de regência da Escola de Música da UFRJ.

O Sinos é uma rede composta por dezenas de profissionais de música, que atuará em cursos, oficinas, concertos e festivais, neste segundo semestre e também por todo o ano de 2021. As atividades se iniciam exclusivamente online e, quando possível, se estenderão a ações presenciais, em todas as regiões do país. A ideia é capacitar regentes, instrumentistas, compositores e educadores musicais, apoiando projetos sociais de música e, ainda, contribuir para o desenvolvimento das orquestras-escola de todo o país. A iniciativa integra o Programa Funarte de Toda Gente.

“O propósito inicial do Sinos é estimular quem já está colocando a mão na massa”, diz o maestro Marcelo Jardim, vice-diretor da Escola de Música da UFRJ e coordenador dos projetos da universidade em parceria com a Funarte. “Em lugar de criar um programa que iniciasse tudo do zero, a escolha da Fundação e da Universidade foi valorizar essas pessoas que já atuam, mas são carentes de apoio e de sustentação; e reforçar e chancelar o que elas já estão fazendo em suas áreas” afirma.
Num primeiro momento, devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19, o projeto terá apenas ações online – cursos, oficinas e publicações, disponibilizadas de modo virtual, todas gratuitas, mediante inscrição. Mais tarde, as atividades serão presenciais, em várias cidades das cinco regiões do país, junto a instituições parceiras. Por meio do site do projeto – www.sinos.art.br –, estarão disponíveis oito linhas de ação:

Pedagogia para cordas
A primeira vertente é o Curso de Capacitação Pedagógica para o Ensino dos Instrumentos de Cordas. Ele é direcionado para professores e monitores de projetos sociais de todo o país e estará disponível no site. É composto por
16 módulos de vídeo oficinas, a cargo de uma equipe de 16 professores. Eles abordarão temas como postura, afinação e musicalidade, aplicadas à prática de violino, viola, violoncelo e contrabaixo.

Projeto Espiral – capacitação instrumental de jovens músicos
A segunda linha de ação reúne cursos de capacitação para alunos de orquestras e bandas de projetos sociais de todo o Brasil. Ao todo, 40 professores distribuem-se entre 22 cursos livres, compostos, cada um, por 20 vídeos, com duração de oito a dez minutos, destinados a diversos instrumentos dos grupos de cordas, metais, madeiras e percussão. Estão incluídos, ainda, temas como música de câmara, teoria musical, história da música e reparo e manutenção de instrumentos de sopro e de cordas.

Projeto Orquestra
Já o Projeto Orquestra prevê atividades presenciais, a serem desenvolvidas em 2021. Estão planejadas oficinas de capacitação intensiva de uma semana para jovens instrumentistas, que participarão de uma rotina diária, com ensaios gerais e de naipe, além de palestras e “masterclasses” com alguns dos músicos profissionais mais conhecidos do Brasil. A ideia é formar uma “sinfônica laboratório” e preparar dois concertos. Em cada edição haverá um regente e um solista convidados. Estão previstas ações nas capitais dos estados do Pará, Minas Gerais, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Bahia; e em Brasília.

Sinos e-Orquestra
Esta vertente reúne jovens músicos de orquestras de projetos sociais de todo o Brasil a instrumentistas profissionais, numa grande celebração da música sinfônica brasileira. As apresentações, que conjugarão as participações isoladas de cada músico, serão registradas em vídeos, com execuções de peças orquestrais de compositores brasileiros, em formações de orquestras sinfônicas, de cordas e de sopros.

Academia de Regência
Esta iniciativa é dirigida a jovens regentes das orquestras de projetos sociais, que, em sua maioria, têm dificuldade de acesso a conteúdo didático e a professores. A ação começa com vídeo oficinas sobre temas introdutórios da regência, a partir de obras inéditas, encomendadas a compositores de todo o país. Ao todo, serão 24 vídeos, de seis professores diferentes e 30 compositores envolvidos com o projeto.

Academia de Ópera
Esta é uma ação pedagógica que reúne, em vídeo oficinas, regentes, cantores, diretores e demais profissionais da ópera. O objetivo é colaborar para a implementação de núcleos desse gênero musical nos projetos sociais que já tenham uma orquestra consolidada; e que tenham potencial de ampliação de suas atividades musicais.

Orquestra/Instituição Parceira
O objetivo desta iniciativa é compartilhar procedimentos pedagógicos com orquestras jovens, projetos sociais e instituições educativas e culturais, governamentais, ou do terceiro setor. Serão disponibilizadas vídeo oficinas de capacitação para demandas específicas e material didático, também online. O alvo é que esses conjuntos possam avançar, tanto tecnicamente, quanto em termos de sustentabilidade – com apoio na capacitação para produzir espetáculos, por exemplo.

Festivais de música
Essa vertente do projeto tem como foco o apoio a festivais que sejam reconhecidamente relevantes. Nela está prevista com a contratação de professores para oficinas e “masterclasses” para alunos de instrumentos e de regência, ao longo de 2021.

“Lives” e material pedagógico

Como suporte a essas ações, o Sinos conta com duas ferramentas importantes: a primeira são as “lives” na internet, em que, em formato interativo, professores, músicos e profissionais da área interagirão com alunos das mais diferentes regiões do país, em tempo real, tratando de temas relacionados às oficinas e de atualidades da profissão. Haverá também entrevistas e mesas redondas. A segunda será a publicação de cadernos pedagógicos, apostilas e partituras; e de um periódico, destinado ao universo das orquestras do Brasil – tanto profissionais quando acadêmicas, sejam formações jovens ou de projetos sociais. O objetivo é oferecer apoio pedagógico, teórico e prático ao trabalho de organizações sociais, instituições de ensino e orquestras do Brasil.

Parceria estratégica

Principal fomentadora, promotora e incentivadora governamental de atividades artísticas no país, a Funarte agrega, na parceria com a UFRJ, conhecimento e capacidade técnica para a execução do projeto Sinos. Uma das principais e mais respeitadas instituições de ensino superior do país, a Universidade – com sua Escola de Música – tem em seu quadro, docentes especializados, não somente em métodos e didática específicos, direcionados a alunos, como também na capacitação de professores e regentes; e no estímulo do desenvolvimento pedagógico e artístico das formações orquestrais, por meio de oficinas, palestras e preparação de material didático.

“A intenção é de que, no futuro, a iniciativa possa ganhar vida própria e ter continuidade”, aponta Jardim. Para que isso ocorra, será especialmente importante a participação das instituições e secretarias de cultura dos vários estados do país, para repartir e compartilhar responsabilidades com o Governo Federal. As parcerias com a UFRJ integram uma série de ações da Funarte, o Programa Funarte de Toda Gente.

Serviço:

Sistema Nacional de Orquestras – Sinos
Realização: Fundação Nacional de Artes – Funarte e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Curadoria: Escola de Música da UFRJ
Lançamento: 15 de julho de 2020, quarta-feira
www.sinos.art.br

Informações sobre editais e outros programas da Funarte
www.funarte.gov.br

image.png

Benefícios da música na pandemia é tema de live da comunidade ítalo-brasileira

Nesta quarta-feira (15), às 18h30, o diretor da Unicultura Ricardo Trento participa da live ''O italiano que você é'' no perfil do Presidente do Comites PR/SC no Facebook, Luis Molossi primeiro suplente de Deputado no Parlamento Italiano na América Latina.

A conversa terá como tema principal a música e como suas diferentes manifestações têm ajudado a vida das pessoas neste momento de pandemia.

A transmissão ao vivo também terá a participação da médica e coralista Malu Pessole Biondo, do pianista, maestro e professor Ricardo Serenelli e da professora membro do COMITES PR/SC Neide de Pellegrin.

Sobre a Unicultura - Desde 2008, desenvolve projetos de arte e cultura em suas mais diversas linguagens artísticas. Também realiza ações educacionais e de desenvolvimento profissional por meio de oficinas, cursos e palestras. Entre seus projetos estão o Bravíssimo, Trupe da Saúde, Concerto das Rosas, Curso de Conservação e Restauro, entre outros.

Serviço:
''O italiano que você é'' - Música, Folclore, Coral, Clássica
Data: quarta-feira, 15 de julho de 2020
Horário: 18h30
Facebook: https://www.facebook.com/LuigiMolossi
Youtube: https://www.youtube.com/user/LuigiMolossi

Cezar & Paulinho, Roberta Miranda, Joelma e Zé Neto & Cristiano agitam o Boteco do Ratinho nesta quarta-feira (1º)

E ainda a participação do cantor gaúcho Carlos Magrão

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=172991&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCPXP152MB32531BB72DB79C45F82E3721EB6C0%2540CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCPXP152MB32531BB72DB79C45F82E3721EB6C0%40CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.3downloadAttachment&Message%5Buid%5D=172991&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCPXP152MB32531BB72DB79C45F82E3721EB6C0%2540CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCPXP152MB32531BB72DB79C45F82E3721EB6C0%40CPXP152MB3253.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.4
Crédito: Lourval Ribeiro/SBT
Mais fotos no link: https://photos.app.goo.gl/R7htgNy5zpEAKyHg9

Muita música nesta quarta-feira, 1º de julho , às 22h45, no Boteco do Ratinho . Tem os sertanejos Cezar & Paulinho, Roberta Miranda e Zé Neto & Cristiano, o forró da cantora Joelma, o cantor gaúcho Carlos Magrão e a participação especial de Edú Braga cantando a música "Gaia". No palco, eles cantam seus sucessos e contam as novidades de suas carreiras para o Ratinho .

A atração continua com o resultado de DNA de Sunamita x Diverson.

O Programa do Ratinho vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 22h45. Site oficial: http://www.sbt.com.br/ratinho

Marcos e Belutti lançam músicas inéditas e anunciam “Arraiá Live MeB”

Uma das faixas é composição da dupla e live acontece dia 27 de junho

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=172191&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P152MB067439730B2116EA6954383B9C980%2540CP2P152MB0674.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P152MB067439730B2116EA6954383B9C980%40CP2P152MB0674.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.3
Crédito: Anderson Smoke
Foto em alta: https://we.tl/t-9xN2EFiILk

Marcos e Belutti disponibilizaram hoje, 19 de junho, duas faixas inéditas do projeto “Cumpra-Se”, gravado em outubro de 2019, na cidade de São Paulo. “Se Entregue Pro Amor” e “Rotina Programada”, que terá seu clipe liberado as 11h no canal da dupla no Youtube, já podem ser ouvidas em todas os aplicativos de música. Aproveitando a ocasião, a dupla anuncia o “Arraiá #LiveMeB”, que será transmitido dia 27 de junho, as 19h, pelo Youtube.

Link do clipe: https://bit.ly/RotinaProgramada

Link dos aplicativos de música: https://SMB.lnk.to/CumpraSeBundle1

O Bundle 1 – Cumpra-Se foi lançado hoje em todas as plataformas digitais e vem com 2 músicas inéditas do projeto. A faixa “Rotina Programada” foi composta por Elan Rubio, Marcello Henrique e Matheus Di Pádua. Já a romântica “Se Entregue Pro Amor” é uma composição original assinada pela dupla, e terá seu videoclipe divulgado no dia 03 de julho, as 11h, no Youtube.

Aproveitando o mês junino, Marcos e Belutti farão uma transmissão temática, com direito a trajes e decoração típica. No repertório animado, “Arraiá #LiveMeB” terá canções festivas e animadas, além de grandes sucessos e hits da dupla que não podem faltar como “@Isa”, “Eu Era”, “Domingo de Manhã”, “Certo e Duvidoso”, “Aquele 1%”, entre outras. A live acontece no dia 27 de junho, a partir das 19h, no canal oficial da dupla no Youtube.

Em tempo: o clipe de “Rotina Programada” estreia no TVZ, no canal Multishow, hoje (19), a partir das 19h.

Henrique Ventura lança o single “Ansiedade”, que aborda a necessidade de nos reconectarmos com o lado bom da vida

“Cantor curitibano também prepara novas canções, em parceria com produtor do Melim e com integrantes do grupo 1Kilo”

Uma das funções da arte é despertar, em quem a consome, o sentimento de compreensão acerca de algum período difícil que podemos enfrentar. Foi a partir desta necessidade de entender, e estender para o público, todas as mudanças surgidas neste cenário da pandemia de coronavírus, que o músico curitibano Henrique Ventura compôs seu novo single, chamado “Ansiedade”, já disponível no Youtube e nos serviços de streaming.

Partindo de uma observação sobre a sensação de ficar em casa, lidando com questões como a ociosidade, as atribuições pessoais e profissionais, e o sentimento que decorre destes fatores, Henrique quis expressar tudo isso através de sua canção, para acalentar e ajudar as pessoas.

“O meu objetivo era expressar esse sentimento de ansiedade, que muitas vezes não é levado a sério. Para mostrar que as pessoas que enfrentam momentos difíceis não estão sozinhas, que tudo vai passar. Espero que elas consigam focar nas coisas boas, pra conseguir mandar a ansiedade embora. A vida é boa, nós só precisamos lembrar disso.”

Neste período de pandemia, as pessoas estão começando a consumir cultura de um modo muito mais profundo, principalmente por conta do isolamento social. Henrique acredita que, por conta da música exigir um tempo maior para compreensão, no dia a dia, na rotina, não tínhamos tempo de analisar e refletir as mensagens das canções na sua totalidade. “A música faz acontecer coisas que fogem da razão, elas despertam a emoção, a junção dos elementos musicais faz as pessoas se reconectarem com o próprio sentimento. Este período de isolamento pode ajudar as pessoas neste sentido, e a compreenderem melhor qual o papel da cultura em nossas vidas”.

Ligado à música desde criança, Henrique lançou em 2019 o seu primeiro álbum, “Coração que Sente”, pela Sony Music, trabalho este que lhe rendeu elogios e grandes oportunidades, como participar de uma turnê com Vitor Kley em Portugal, abrindo o show para o artista gaúcho.

Henrique prepara o lançamento, desta vez pela gravadora Altafonte, de quatro novos singles, que contam com as participações de Juliano Moreira (um dos produtores do trio Melim), e de Pablo Martins e Mozart MZ (integrantes do grupo de rap 1Kilo). As novas canções seriam lançadas neste primeiro semestre de 2020, mas por conta da pandemia de coronavírus, Henrique decidiu priorizar o lançamento do single “Ansiedade”. “O mais importante agora é conseguirmos olhar ao nosso redor, não nos fecharmos em relação ao mundo. Como eu falo na canção, ésó respeirar! Espero que depois de ouvir a música, você consiga controlar um pouco melhor a sua ansiedade e viver mais tranquilamente. Tudo isso vai passar”, finaliza Henrique, com um sentimento de esperança que pode (e deve) ser compartilhado por todos nós.

Para conhecer mais sobre o trabalho do artista, siga nas redes sociais - instagram - @ohenriqueventura / facebook – Henrique Ventura.

Zezé Di Camargo e Luciano se rendem aos pedidos dos fãs e fazem primeira live

Depois da apresentação "Amigos 20", dupla traz "Românticos Demais” para o Dia das Mães

A transmissão acontece neste domingo, às 16h30, no Youtube

"Românticos Demais", a turnê de Zezé Di Camargo e Luciano que percorre as estradas do Brasil inteiro, ganha edição em show virtual neste domingo, dia 10 de maio, às 16h30, no canal dos artistas no Youtube. Sob direção de Fábio Lopes da Hit Music, a mesma conceituada agência que faz, brilhantemente, apresentações de grandes nomes da música , como a turnê "AMIGOS 20", e assina também outras lives como Villa Mix, o show será ao vivo em local a ser definido no estado de São Paulo. Sendo assim, Zezé já deixou a sua fazenda em Goiás para ensaiar com o irmão. Tudo para atender pedidos dos fãs, que querem uma live só da dupla.

Nem Zezé Di Camargo e Luciano sabem muito bem como é que 29 anos se passaram desde que “É o Amor” se consagrou de Norte a Sul do país, sendo, de tempos em tempos, regravada pelas vozes mais plurais da Música Brasileira. Mais que isso: por mais planejamento que tenham traçado nessas quase três décadas, parece espantoso até para eles o fato de estarem em voga de modo tão constante, por todo esse tempo, período que parece um grão na história da humanidade, mas que tem absoluta relevância no quebra-cabeça da vida da gente.

Em casa, atentos aos cuidados e seguindo todas as normas da OMS (Organização Mundial da Saúde), o espetáculo dos irmãos goianos, conhecido por grandes estruturas, com painéis de LED, muitas imagens em telões e efeitos de luzes, é “uma viagem no tempo” e, agora, traz uma grande homenagem às mães do Brasil de forma mais singela sem perder a elegância.

“Assim como nos shows, o repertório da nossa live vai ter aquelas canções que não necessariamente foram trabalhadas nas rádios, de 1991 para cá, mas que o público gosta e sempre cantou e pediu nos shows”, afirma Luciano

Segundo Zezé Di Camargo, o público de casa poderá contemplar um pedacinho de cada época da dupla, durante toda a sua trajetória e numa data mais especial ainda. “Vai ser um show para todas as mamães do Brasil, em especial para aquelas que não podem estar com seus filhos nesta data por conta da pandemia. Vai ser bom demais. Um afago na alma.

O diretor Fábio Lopes promete surpresas aos dois filhos de Francisco e Helena. "É uma honra comandar a primeira live da dupla que tanto representa no cenário da música brasileira", finaliza.

Um pouco do set list a seguir:

Cada volta é um recomeço

Como um anjo

Coração está em pedaços

Defensor

Do outro lado da cidade / Ainda ontem chorei de saudade

Dois corações e uma história

Dou a vida por um beijo

É o amor

Estrada da vida

Ferro e fogo

Flores em vida

Fui Eu

Menina Veneno

Mentes tão bem

Mexe que é bom

No dia que sai de casa

Pra mudar minha vida

Pra não pensar em você

Sem medo de ser feliz

Sonhos de Amor

Tarde Demais

Toma juízo/preciso ser amado

Você Vai Ver

Conexão beneficente: Villa Mix une Brasil e Portugal em prol de engajamento solidário

Desta vez, o movimento atravessa as fronteiras e chega a Portugal. A iniciativa tem a intenção de auxiliar pessoas afetadas pela pandemia COVID-19, mobilizando brasileiros e portugueses para esta atitude de solidariedade. Em nosso país tropical, o grande espetáculo será transmitido a partir das 16h, já do outro lado do Atlântico, em terras lusitanas, às 20h. Seja no período da tarde ou noite, sempre é hora de praticar o amor ao próximo. "Os fusos são diferentes, são apenas marcos em um momento de distanciamento social, mas de engajamento solidário. É uma honra reunir um time tão talentoso e contribuir para aproximar fãs e artistas, unidos em fazer o bem", afirma Marcos Araujo, idealizador do projeto e dono da AudioMix.

Consagrados como os responsáveis por inovar nas lives bem produzidas e com a meta de marcar história musical nesta nova era, a AudioMix e os artistas parceiros anunciam a transmissão inédita em oito plataformas simultaneamente. São elas: YouTube, Facebook, Claro, Vivo, TIM, Oi, Sky e Bis.

Nesta live exclusiva, o público irá relembrar a experiência do festival que encanta fãs em todo o mundo, com grandes nomes como Matheus e Kauan, Gusttavo Lima, Leonardo e César Menotti e Fabiano. Os artistas possuem ainda uma linda missão, além de entreter, conscientizar o público que a ação tem o intuito de arrecadar donativos para instituições filantrópicas.

O ao vivo será transmitido diretamente do interior do estado de Goiás (GO) pelo canal oficial do YouTube, aplicativo e rádio do VillaMix Festival. E ainda nas operadoras Claro, Vivo, TIM e Oi. E mais: no Facebook e nos canais SKY e Bis. Ou seja, ligou a TV, você já acessa o VILLAMIX EM CASA. Vale ressaltar que a transmissão será totalmente ao vivo com os cantores. Já a estrutura idealizada de forma extremamente consciente, evitando a aglomeração dos profissionais presentes para a produção da live, garantindo a segurança de todos os envolvidos nesta ação beneficente.

No Brasil, as ofertas desta transmissão serão destinadas para AACD, responsável por possibilitar a reabilitação e habilitação de pessoas com deficiências físicas e necessidades ortopédicas, e para o Hospital de Amor de Barretos, considerado o maior centro de tratamento e pesquisa de câncer do mundo. O público poderá realizar doações pelo PicPay, empresa parceira da transmissão.

Em Portugal, pela primeira vez, acontece uma campanha online solidária para arrecadação de alimentos destinada às famílias carentes do país, e será através da "Rede de Emergência Alimentar: ajudar não pode parar". Por lá, também serão diversos os formatos disponíveis para as contribuições, como transferência bancária, QR CODE e outros aplicativos. Todas as doações arrecadas serão destinadas ao banco alimentar, que ajudará famílias carentes da República Portuguesa.

MUNDO MIX:

No Brasil, o festival promoveu nos últimos dias o projeto “VillaMix Esperança” e também a live VillaMix em Casa com os integrantes da turnê “Amigos”, ambas ações conquistaram surpreendentes números de usuários simultâneos, que prestigiaram as lives e também realizaram doações. Ao todo, foram arrecadados: 1.190.000.00 em dinheiro para o Hospital de Amor, 579.000 mil em dinheiro para a instituição Amigos do Bem, 250 mil em dinheiro para Santa Casa de Misericórdia de Goiânia, +580 toneladas de alimentos, +400 mil máscaras de EPI hospitalar, +4 mil cestas básicas, +5000 mil frascos de álcool em gel, +5000 mil sabonetes e +10 mil pacotes de gases hospitalares.

Fundação Grupo Boticário lança playlist no Spotify com sons da Natureza

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza lançou uma playlist no Spotify com sons da natureza. A iniciativa tem o objetivo de estimular as pessoas a dedicarem parte de seu dia para atividades de relaxamento, como meditação e yoga, durante o período de isolamento social decorrente do novo coronavírus.

A playlist “Escute a Natureza” foi montada para que as pessoas se conectem com o mar, o canto dos pássaros da Mata Atlântica, o coral das aves ao amanhecer, os sons relaxantes produzido pelas baleias, entre outros, ajudando-as a manter o equilíbrio do corpo e da mente.

Os sons da natureza são como uma música clássica, uma orquestra. Têm o poder de auxiliar o indivíduo a relaxar, se liberar um pouco das questões cotidianas e transportar os pensamentos para lugares e paisagens que transmitem prazer e serenidade.

MATHEUS & KAUAN APRESENTAM A LIVE E LANÇAM DUAS MÚSICAS NA QUARENTENA

“Matheus & Kauan em Casa” será apresentado neste sábado (11). Na véspera (10), a dupla faz o lançamento de duas músicas inéditas

Depois de lançarem um EP com algumas faixas de aperitivo de seu novo DVD, “10 Anos Na Praia”, que teria o seu lançamento digital neste mês, e emplacar “Litrão” como um dos hits do verão, Matheus & Kauan preparam um material inédito para os seus fãs durante este período de afastamento social.

Programado para esse sábado, 11 de abril, às 16h, a dupla fará um show em seu canal do YouTube, com mais de três horas de repertório. Na ocasião, Matheus & Kauan vão apresentar as duas faixas do novo DVD, gravado em Recife, em janeiro deste ano, que serão lançadas na véspera (10). Na live, as músicas inéditas vão se juntar aos grandes hits da dupla como “Quarta Cadeira”, “Vou Ter Que Superar”, “Litrão”, “Solto Foguete”, “Ao Vivo e a Cores”, “Te assumi pro Brasil”, “O nosso santo bateu”, entre outros, conquistados nos últimos dez anos.

SOLIDARIEDADE – O objetivo do pocket digital vai além da aproximação com os fãs. A live tem como intuito arrecadar alimentos e itens básicos de higiene para instituições de caridade e comunidades, para ajudar na luta contra o COVID-19, trazendo consciência social sobre a atual pandemia para o seu vasto público, que inclui o Brasil e outros países do mundo.

A dupla vai cumprir todas as recomendações de segurança da OMS (Organização Mundial de Saúde) e do Ministério da Saúde brasileiro para manter o afastamento social durante todo o trabalho. Sendo assim, serão disponibilizados EPIs (equipamentos de proteção individual) para todos os profissionais envolvidos na produção da live.

Enquanto sábado não chega, não deixe de ouvir o sucesso “Litrão”, que conta com mais de 23 milhões de views no YouTube e quase 30 milhões de plays no Spotify – se mantendo no Top 10 desde que foi lançado. Assista ao clipe aqui: https://youtu.be/DfdN9tII0kw

Marília Mendonça faz live no YouTube nesta quarta (08)

Cantora está recebendo pedidos de músicas em suas redes sociais

Crédito: Pedro Dimitrow

Com mais de 15 milhões de inscritos, o canal do YouTube da Marília Mendonça é o maior dentre cantores (as) e duplas de todo o país. Agora, imagina o quanto esta legião de fãs não estava ansiosa por esta live. Marília não quer estipular tempo, quem a conhece sabe que a cantora gosta de deixar a coisa fluir. Então, preparem-se, no próximo dia 08 de abril, quarta-feira às 20h, tem Marília Mendonça, ao vivo, no YouTube. Abra sua caixa de som e o coração, pois toda doação será bem-vinda.

Ao contrário das lives que a cantora tem feito com covers, desta vez a ideia é usar e abusar do repertório construído ao longo destes quatro anos de carreira. Marília se cercou de cuidados para esta transmissão. Sem banda, mas utilizando da base dos instrumentos já gravados. Claro que ela estará acompanhada de seu velho amigo, o violão.

Ativa nas redes sociais, Marília tem convocado os fãs para pedir músicas. Sucessos do projeto “Todos os Cantos”, lançados recentemente pela Som Livre, fazem parte da extensa lista de pedidos. Agora, o principal de tudo isso, é a ação de arrecadar donativos para auxiliar às vítimas da crise que tem se instalado no país com a pandemia do COVID-19. Várias instituições serão beneficiadas. “O Brasileiro é incrível em todos os sentidos, sempre ajuda o próximo, e a minha contribuição é levar alegria, para as pessoas confinadas, sempre com a mensagem de que tudo vai melhorar”, diz a cantora.

Sobre a Som Livre

De 1969 para cá o mercado fonográfico mudou, assim como a forma de se consumir música. Hoje, 50 anos depois de sua criação, a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é o espelho musical do país. Uma empresa 100% nacional voltada para a música, seja qual for a sua plataforma e que reflete, através de seus lançamentos, o gosto e o hábito de consumo do brasileiro.

A Som Livre possui diversas frentes de negócios: venda física, digital, shows, licenciamento e editora. Em seu time são mais de 100 artistas e sua editora é uma das mais importantes do país, representando os direitos de compositores nacionais e internacionais. Na linha de shows, a empresa aposta em festivais de música, que acontecem por todo o país, com as marcas Festeja, Viva Mais Música e Arena Pop.

somlivre.com

facebook.com/somlivre

instagram.com/somlivre

twitter.com/somlivre

Entretenimento em tempos de distanciamento social

Diante da pandemia da covid-19 e da recomendação de manter o isolamento para evitar a proliferação do vírus, a arte está encontrando formas de contornar o problema e alcançar as pessoas. Muitas instituições e espaços culturais lançaram ações para que o público possa continuar absorvendo informações culturais e se divertindo – ainda que virtualmente.É o caso de algumas iniciativas apoiadas pelo Banco Bradesco, que patrocina centenas de projetos de Norte a Sul do país. O Vale da Música, em Curitiba, recebe em seu palco flutuante centenas de músicos anualmente. As apresentações presenciais foram suspensas, mas o projeto passou a remunerar os artistas para enviarem curtas performances que ficam disponíveis nas redes sociais. A ideia, intitulada de “Crie em Casa”, é continuar a movimentar a cena musical da cidade e apresentar novos músicos.

Outro exemplo é o “Música em Casa”, criado pelo Mozarteum Brasileiro, que disponibiliza em seu canal no YouTube, e diariamente em redes sociais, grandes momentos de sua programação de São Paulo e do tradicional festival Música em Trancoso. O público pode assistir, por exemplo, ao encontro da cantora norte-americana Brenda Boykin com o cantor e trombonista sueco Nils Landgren, e a apresentação da soprano Ebony Preston Woods interpretando ‘Summertime’, da ópera ‘Porgy & Bess’, de George Gershwin.

O Teatro Bradesco também lança um programa de lives em seu Instagram com uma agenda diversificada de apresentações. A primeira da série “Adele e Convidados” acontece no dia 08 de abril com Stephanie e Rodrigo Teaser, que interpretam Adele e Michael Jackson, respectivamente. A cantora receberá ao longo do mês outros artistas brasileiros que interpretam grandes ícones da música internacional como Whitney Houston (09/04), Freddie Mercury (16/04) e Frank Sinatra (23/04).

Na área de exposições culturais, a Pinacoteca de São Paulo promove uma série de ações online dentro do projeto #pinadecasa nos perfis do museu, além de tour virtual ao seu acervo. Ainda em 2020 estão programadas duas grandes mostras em parceria com o Bradesco. Na Pinacoteca, “OS GEMEOS: Segredos”, que estava prevista para estrear em março e precisou ser adiada para uma data ainda não confirmada, e “Dança, Política e Sociedade” de Degas, no MASP, que acontecerá a partir de 30 de outubro. No MASP, toda segunda e sexta-feira, às 18h, seguidores podem acompanhar lives no Instagram @masp com conversas entre curadores do museu e convidados. Já o MASP Áudios, aplicativo gratuito disponível para download, que também conta com patrocínio do Bradesco, reúne cerca de 170 comentários feitos por curadores, artistas, professores, pesquisadores e crianças sobre as obras mais icônicas do acervo.

Cleber & Cauan lançam álbum “Resenha em Casa” nesta sexta (03)

Composto por 14 faixas, todas ganham videoclipe no canal do YouTube da dupla

Créditos: Robson Henrique e Shodo Yassunaga

Cleber & Cauan prometem animar a galera no estilo que mais gostam. A dupla lança o álbum “Resenha em Casa” nesta sexta-feira (03) pela Som Livre – ouça aqui. O projeto conta com 14 músicas, sendo seis inéditas, e “No Seu Tempo” possui a participação especial da dupla Max & Luan. Todas as faixas ganham cortes do DVD no canal do YouTube da dupla. Nesta sexta, o público já pode conferir o clipe de “Bobão” - assista aqui.

A música de trabalho intitulada “Bobão” traz a história de um amigo que chama atenção do outro por desvalorizar sua mulher, apenas ressaltando o lado negativo. A letra traz a reflexão do amigo vendo a situação: “Eu sei que é exagero o que ela faz/Com ela a paciência nunca é demais/Ela compra um sapato toda vez que sai de casa/Exagera na fatura do cartão/Mas olha esse sorriso quando ela te vê/Você está reclamando à toa/Ela se arruma para você/Seu Bobão e daí se ela chama atenção?”.

O álbum “Resenha em Casa” conta ainda com a releitura de músicas de grandes artistas como Bruno & Marrone, Leoni, Edson & Hudson e João Bosco & Vinicius. No YouTube, Cleber & Cauan já somam 400 milhões de visualizações e mais de 1,5 milhão de inscritos. No Spotify, a dupla conta atuamente com mais de 1,2 milhão de ouvintes mensais.

"Resenha em Casa" - Cleber & Cauan
Lançamento Som Livre - 03 de abril/2020

14 faixas

1) Pedaço Meu
2) Pot-Pourri: Não Olhe Assim, Por toda a Vida e Meu Calor
3) Bobão
4) 200 Reais
5) Ela que Lute
6) Pot-Pourri: Falando Sério e Porta-Retrato
7) Foi Você
8) Pot-Pourri: Hormônios, Hoje Eu Sei e Você Não Me Ensinou a Te Esquecer
9) Duas Saudades
10) Pot-Pourri: Só Pro Meu Prazer e Meu Melhor Amor
11) Pot-Pourri: Não Posso Ter Medo de Amar, Seu Amor Ainda é Tudo e Só Mais Uma Vez
12) Gostinho de Cerveja
13) Eu Gosto É De Problema
14) No Seu Tempo, em parceria com Max & Luan

Sobre Cleber & Cauan
Com apenas cinco anos de idade, Cleber já sabia que queria ser cantor e participava de festivais e eventos na sua cidade natal, Ceres, interior de Goiás. Cauan, também criança, tinha em casa a dupla formada, já que cantava por hobby com a irmã e também participava nos festivais da cidade. A rádio de Ceres proporcionava esses festivais de jovens talentos e foi num desses que os dois começaram a amizade, que não imaginavam que era para vida toda. Os dois cresceram, fizeram faculdade, mas a música falou mais alto. Em 2010, decidiram seguir cantando nos bares de Brasília e pelo interior de Goiás. Em 2015 a dupla gravou em Brasília seu primeiro DVD da carreira, intitulado “Sonho”, com participações especiais de alguns amigos, como Solange Almeida, Israel Novaes e Marília Mendonça. Em Goiânia, na capital da música sertaneja, eles gravaram o projeto intimista “Resenha” em 2017. Com música boa, muitos amigos, bate-papo descontraído e diversão garantida, o projeto “Resenha 2” foi gravado em 2018, com participações de Fernando Zor (da dupla com Sorocaba), Thaeme & Thiago e Israel & Rodolffo. Em 2019, a dupla lançou o DVD “SURREAL” gravado em um grandioso show ao vivo em Brasília. A dupla começa 2020 com muito entusiasmo e lançam pela Som Livre a novidade “Resenha em Casa”, álbum com 14 faixas.

Sobre a Som Livre

De 1969 para cá o mercado fonográfico mudou, assim como a forma de se consumir música. Hoje, 50 anos depois de sua criação, a Som Livre é muito mais do que uma gravadora, é o espelho musical do país. Uma empresa 100% nacional voltada para a música, seja qual for a sua plataforma e que reflete, através de seus lançamentos, o gosto e o hábito de consumo do brasileiro.

A Som Livre possui diversas frentes de negócios: venda física, digital, shows, licenciamento e editora. Em seu time são mais de 100 artistas e sua editora é uma das mais importantes do país, representando os direitos de compositores nacionais e internacionais. Na linha de shows, a empresa aposta em festivais de música, que acontecem por todo o país, com as marcas Festeja, Viva Mais Música e Arena Pop.

somlivre.com

facebook.com/somlivre

instagram.com/somlivre

twitter.com/somlivre

CANTORES DETALHAM MILIONÁRIO MERCADO DA MÚSICA SERTANEJA EM DOCUMENTÁRIO

O Fenômeno Sertanejo estreia no dia 9 de abril, às 22h, no canal de TV por assinatura Music Box Brazil

Nem MPB e nem rock. O sertanejo é o estilo mais laico da música brasileira, isto é, que não se furta a fusões para continuar em evidência. É o ritmo mais rentável e que movimenta cadeia econômica milionária em que investidores, nem sempre ligados à cultura, definem o que é sucesso. O assunto é tema do documentário O Fenômeno Sertanejo, com Luan Santana, Chitãozinho & Xororó, Michel Teló, Alok e Naiara Azevedo, entre outros cantores, o produtor musical João Marcello Bôscoli, compositores, empresários e especialistas. A obra estreia em 9 de abril, às 22h, no canal de TV por assinatura Music Box Brazil.

Estruturado em nove capítulos, o filme resume três mutações do sertanejo até se tornar estritamente comercial. Surge em 1929 como música caipira e regional, com o retrato dos interiores do país. Canta o sertão, Chico Mineiro, cavalo e o arreio. O sertanejo moderno em 1982 com Chitãozinho & Xororó introduzindo banda nos arranjos de Fio de Cabelo, tocando em rádios e TVs das grandes cidades. Ganha fôlego na década seguinte com Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo no projeto Amigos. Em 2000, o país conhece o sertanejo universitário dos pioneiros João Bosco & Vinícius.

Aumento do poder de consumo dos brasileiros, pulverização das redes sociais e pirataria de discos. Os universitários João Bosco & Vinícius se apresentam em festas estudantis de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, até que um registro amador deles se espalha por repúblicas do Estado e pelo Brasil. “Deram um nome: sertanejo universitário”, explica Bôscoli. Os consumidores são “Um público jovem, que compra ticket, que consome shows e música na internet”, define Michel Teló. A explosão de novas duplas vem nesse embalo.

O sertanejo universitário se torna música de estética urbana consumida pela grande massa e elite brasileira, embora rejeitada pela MPB. Vira um negócio e um novo termo se populariza: gestor de carreiras. Isto é, investidores que acreditam no potencial econômico do meio, lançando duplas como espécie de startups. “São pessoas físicas, às vezes empresários, que não têm muito a ver com o mundo da música, mas gostam e injetam dinheiro num projeto”, caracteriza Cuiabano, locutor anfitrião da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos.

O debate também abordará o monopólio de grandes escritórios nos investimentos e faturamentos do meio, a mensuração de novos singles, fusões com pagode, música eletrônica e outros ritmos, o artista como um produto e o lançamento de novos talentos na dependência de investidores. Sorocaba, dupla com Fernando, refletirá sobre compras de posições em paradas de sucesso e engajamento nas redes sociais. A autoafirmação das mulheres como contraponto a letras machistas cantadas por homens no movimento Feminejo, com Maiara & Maraísa, Naiara Azevedo e Marília Mendonça.

O Fenômeno Sertanejo é uma produção da Clube Filmes com direção geral e artística de Fabrício Bitttar. “O sertanejo, com certeza, vai ficar muito tempo ainda nas paradas. Ele tem uma estrutura já montada e construída, com rádios e shows, pessoas vendendo esses eventos, uma estrutura de produção e criação de conteúdo. Há um interesse muito grande de jovens em se lançarem nesse mundo. Quer dizer, existe material humano. A gente não vê no horizonte da música brasileira uma reação da MPB e do rock”, avalia o pesquisador Edvan Antunes.

SERVIÇO
DOCUMENTÁRIO O FENÔMENO SERTANEJO
Canal de TV por assinatura: Music Box Brazil
Quando: 9 de abril, às 22h
Duração: 77: 26
Produção: Clube Filmes
Direção geral e artística: Fabrício Bittar
Classificação indicativa: Livre

SOBRE MUSIC BOX BRAZIL

O canal Music Box Brazil dedica 24 horas de programação voltada ao melhor da música brasileira. Exibe shows, videoclipes, documentários, entrevistas e programas exclusivos com os principais nomes do cenário nacional. Integra a Box Brazil, maior programadora independente de canais de TV por assinatura brasileira, que alcança diariamente 36 milhões de pessoas no Brasil. A empresa também possui outros quatro canais, sendo um deles voltado ao mercado internacional: Prime Box Brazil (dedicado a conteúdos ficcionais), Travel Box Brazil (focado no universo de viagens) e FashionTV (versão nacional do mais importante canal de moda do mundo), além do BOOM TV (canal de filmes e séries dos grandes estúdios transmitido na Angola e Moçambique). O Music Box Brazil é distribuído pelas principais operadoras, entre elas NET, Claro, Vivo, Oi e Algar. No mercado internacional, está presente nas plataformas Amazon Prime, TeleUP e Brusa.

Matheus Aleixo surpreende com nova campanha dedicada aos compositores

Cantor, que faz dupla com Kauan, cria oportunidades aos colegas em época de crise

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=165947&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253CCP2P152MB0179EDF67A8F749E23E0D2C8BEC70%2540CP2P152MB0179.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3CCP2P152MB0179EDF67A8F749E23E0D2C8BEC70%40CP2P152MB0179.LAMP152.PROD.OUTLOOK.COM%3E-1.2

Foto: Divulgação

A arte de conquistar o show business e ter as suas músicas reconhecidas pelo público e por colegas da profissão tem em Matheus Aleixo a sua mais perfeita tradução. No início de sua carreira, ele enfrentou grandes adversidades, mas a principal delas foi a falta de reconhecimento, o que lhe marcou de forma positiva. Dono das linhas e da melodia de hits como “Tudo que você quiser”, “Onde nasce o sol”, “Eu vou tentando te agarrar”, e “Mente pra mim” nas vozes de Luan Santana, Bruninho e Davi, Gusttavo Lima e Cristiano Araújo, respectivamente, ele decidiu criar um projeto que envolvesse os compositores dito anônimos, aqueles que buscam ter as suas criações ganhando vozes e sucesso. O projeto se chama “Compondo com Matheus_MeK” e consiste em dar visibilidade aos talentosos compositores do Brasil.

A ideia nasceu na necessidade em ficar em casa, diante da crise que todos enfrentam, de isolamento social por conta do COVID19. Matheus tem consciência do quanto a música pode e está preenchendo corações em todo mundo. “É uma forma de enaltecer o meu passado e a classe dos compositores. Trata-se de um desafio com novos compositores tendo as nossas redes sociais como ferramentas. Quando eu comecei minha carreira como compositor, era muito difícil para eu chegar nos artistas e mostrar as minhas músicas, enfrentei muitas dificuldades até que o primeiro artista gravasse uma canção de minha autoria. Acredito que muitas pessoas passam pelo mesmo, eu diria que a maioria dos compositores, por isso, lancei este projeto na semana passada. Acredito que tem muita gente boa sem oportunidades, infelizmente. Penso que agora é a hora, de mostrar muitos talentos para o mundo”, conta Matheus.

SUCESSO DE CRIAÇÃO:

Para se ter uma ideia, foram mais de mil vídeos na primeira etapa do processo. Com funcionou? Bem simples: os interessados gravaram um vídeo de uma composição de autoria própria e postaram no seu feed do Instagram com a tag #DesafioDoCompositorMeK. Matheus tem assistido aos vídeos e as composições. A vencedora terá direito a uma composição junto com o próprio astro e mais um ou dois compositores renomados no mercado. Incrível, né? A composição será ainda gravada na voz do Matheus e postada em suas redes sociais.

Importante ressaltar que o instagram de quem participar do desafio deverá seguir o perfil do @matheusekauan @matheus_mek @kauan (dupla e individuais) e ter o perfil como público, caso contrário não é possível ter acesso ao vídeo postado.

Início do desafio: 26/03 (quinta-feira)

Data limite para postar seu vídeo: 02/04 (quinta-feira)

Composição com Matheus: 04/04 (sábado)

Link Post Instagram: https://www.instagram.com/tv/B-NhQmSpEyJ/?igshid=94l6qnh7g7vv