Aproveite o feriado de Carnaval para visitar os museus do Estado

Os museus do Governo do Estado estarão abertos para visitação no feriado de Carnaval. Quem busca uma programação cultural em Curitiba pode aproveitar a época para conhecer os espaços expositivos do Estado ou mesmo revisitá-los. O Museu Oscar Niemeyer (MON) e o Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR) abrem normalmente, já os demais espaços funcionam com horário reduzido.

O Museu Oscar Niemeyer (MON) preparou um programação especial para o feriado chamada “Carnaval Cultural” com oficinas de adereços e visitas mediadas à exposição “Luz ≅ Matéria”. No domingo, dia 23/02, das 11h às 17h, será realizada a oficina Adereços, utilizando técnica tridimensional, ministrada pela equipe do Educativo do MON. A atividade gratuita ocorrerá na Sala de Oficinas, no Subsolo do Museu, e será repetida na Quarta-feira de Cinzas, dia 26/02, das 13h às 17h.

Também está programada para domingo e quarta, sempre às 16h30, uma visita mediada à sala expositiva 3, onde está a mostra “Luz ≅ Matéria”, que apresenta diversas obras do acervo do MON. E quem estiver no MON pode visitar ainda as outras exposições em cartaz, como a mostra “Fronteiras em Aberto” da 14ª Bienal Internacional de Curitiba, que “Mariana – Christian Cravo”, “O mundo mágico dos Ningyos” e “África: mãe de todos nós”.

No Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR), a exposição “Pequenos gestos: memórias disruptivas” apresenta obras de artistas do acervo em diferentes conjunturas e territórios, que romperam com narrativas que normalizavam e naturalizavam discursos e mecanismos de opressão. O MAC-PR funciona temporariamente no MON enquanto sua sede no centro de Curitiba passa por reforma.

RECENTES – A exposição “Ephemera/Perpétua” ocupa três salas do andar superior do prédio histórico do Museu Paranaense (MUPA). Multidisciplinar, a mostra reúne cerca de 180 peças do acervo do museu e instituições parcerias, apresentando um conjunto de exsicatas, pinturas, fotografias, vídeos, zoólitos milenares, livros, manuscritos, além de plumárias, adornos e lanças de diferentes etnias indígenas. É possível conferir também: “Ocupação do território paranaense”, “Dinheiro e Honraria: o acervo de numismática do Museu Paranaense”, “Imigração no Paraná”, “Igrejas ucranianas no Paraná”, “Em foco: Iria Corrêa” e “Aproximações: ucranianos e poloneses nas fronteiras agrícolas do Paraná”, do fotógrafo João Urban.

Já no Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR), é possível conferir a exposição “Ilhas da Imaginação”, que faz um recorte no acervo tridimensional da instituição, composto por mais de mil itens, entre câmeras fotográficas, filmadoras, moviolas, toca-discos, vitrolas, televisões, projetores e muitos outros equipamentos ligados às áreas de cinema, fotografia, rádio e televisão. A mostra propõe um percurso que parte desse acervo, passa por dados históricos, técnicos e curiosidades, fomentando a imaginação ao guiar o visitante pelas memórias de cada objeto.

PERMANENTES - Vivenciar o cotidiano do artista norueguês Alfredo Andersen é a experiência que o visitante pode experimentar no Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA). O espaço exibe parte do acervo do pintor, além de objetos e documentos da escola-ateliê.

E no Museu do Expedicionário (MEXP), o acervo de fotografias, mapas, documentos, peças, ilustrações, filmes e livros retrata a participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra Mundial.

ENTRADA – A entrada é gratuita nos museus Casa Alfredo Andersen, do Expedicionário, da Imagem e do Som do Paraná e Paranaense. Nos museus de Arte Contemporânea do Paraná e Oscar Niemeyer a entrada custa R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada). Maiores de 60 e menores de 12 anos têm entrada franca. Nas quartas a entrada é sempre gratuita.

Confira os horários de funcionamento de cada espaço

MUSEUS

22/02

23/02

24/02

25/02

26/02

MCAA

10h-16h

10h-16h

Fechado

10h-16h

12h-18h

MAC-PR

10h-18h

10h-18h

Fechado

10h-18h

10h-18h

MEXP

10h-12h
14h-17h

10h-12h
14h-17h

Fechado

Fechado

13h-17h

MIS-PR

10h-16h

10h-16h

Fechado

10h-16h

9h-18h

MON

10h-18h

10h-18h

Fechado

10h-18h

10h-18h

MUPA

10h-16h

10h-16h

Fechado

10h-16h

12h-17h30

*Lembrando que o dia 24/02 cai em uma segunda-feira, dia em que todos os museus fecham normalmente para manutenção.

Serviço

Museu Casa Alfredo Andersen – Rua Mateus Leme, 336. (41) 3222-8262. Curitiba/PR.

Museu de Arte Contemporânea do Paraná – Rua Marechal Hermes, 999. (41) 3323-5328. Curitiba/PR.

Museu do Expedicionário – Praça do Expedicionário, s/nº. (41) 3362-8231. Curitiba/PR.

Museu da Imagem e do Som do Paraná – Rua Barão do Rio Branco, 395. (41) 3232-9113. Curitiba/PR.

Museu Oscar Niemeyer – Rua Marechal Hermes, 999. (41) 3350-4400. Curitiba/PR.

Museu Paranaense – Rua Kellers, 289. (41) 3304-3300. Curitiba/PR.

Crédito das fotos: salvo no nome do arquivo.

MON lança catálogos dos artistas paranaenses Marcelo Conrado e Geraldo Leão

Produzidos pelo Museu Oscar Niemeyer (MON), os catálogos das mostras “O que é Original?”, do artista Marcelo Conrado, e “Declaração de Princípios”, de Geraldo Leão, acabam de ser lançados e já estão disponíveis na MON Loja. As respectivas exposições foram produzidas e apresentadas pelo MON ao longo de 2019.

“O que é Original?” reuniu 13 pinturas em grandes formatos e 20 fotografias licenciadas de bancos de imagens, sobrepostas a frases anônimas, retiradas de pichações, redes sociais ou conversas casuais, instigando uma discussão sobre o conceito de autoria na arte contemporânea.

A mostra “Declaração de Princípios” apresentou obras recentes e inéditas do artista paranaense Geraldo Leão, um dos nomes mais significativos da arte paranaense contemporânea. Com curadoria de Agnaldo Farias, a coletânea contou também com a participação de diversos artistas convidados, todos antigos alunos de Geraldo Leão.

Sobre o MON
O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção de arte asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, mantidas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Serviço:
Catálogos “O que é Original?”, de Marcelo Conrado, e “Declaração de Princípios”, de Geraldo Leão
Realização do Museu Oscar Niemeyer (MON)
Disponíveis na MON Loja

Rua Marechal Hermes, 999
Curitiba – Paraná
museuoscarniemeyer.org.br
Aberto de terça a domingo, das 10h às 18h

MON oferece oficina especial para pessoas com mais de 60 anos

MON oferece oficina especial para pessoas com mais de 60 anos

A primeira edição do ano do “Arte para Maiores”, do Museu Oscar Niemeyer (MON), que acontecerá na terça-feira, dia 4/2, terá visita mediada na exposição “Mariana”, do fotógrafo brasileiro Christian Cravo, seguida de prática artística. As atividades são gratuitas e se repetem no dia 18/2.

Em 2019, o programa conquistou um dos mais importantes prêmios nacionais na área de educação em museus, o Prêmio Darcy Ribeiro 2019, concedido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), e registrou um aumento de 150% no número de participantes.

“Arte para Maiores” é um programa destinado a pessoas com idade superior a 60 anos, com a proposta de aproximar esse público das artes visuais e estimular a experiência, a imaginação, a criatividade, o diálogo e a convivência.

Além da mediação, haverá uma oficina teórico-prática relacionada à mostra visitada. As edições dos dias 4 e 18 de fevereiro serão das 14h às 17h, com 30 vagas por encontro. Os interessados devem se inscrever pelo e-mail agendamento@mon.org.br, ou pelos telefones (41) 3350-4468 e 3350-4412.

Domingo e quarta
O MON terá uma programação especial nos próximos dias, com oficina de desenho e visita mediada à Sala de Oficinas do Educativo. As atividades são gratuitas e irão acontecer no domingo e na quarta, 2 e 5/2, das 11h às 17h.

Nas duas datas será realizada a oficina “Sensível por Natureza”, conduzida pela Equipe do Educativo do MON e que irá trabalhar a técnica de desenho. Não é necessário agendamento ou fazer a inscrição com antecedência, basta comparecer à Sala de Oficinas, no Subsolo do Museu, dentro do horário programado.

Também no domingo e na quarta-feira, às 16h30, haverá uma mediação à Sala de Oficinas do Educativo, onde está a mostra “Sensível por Natureza”.

Sobre o MON
O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção de arte asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, mantidas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Serviço

Arte para Maiores
Exposição: “Mariana”
Dias: 4 e 18/2
Horário: das 14h às 17h
Local: Sala de Oficinas
Número de vagas: 30
Importante: chegar com 15 minutos de antecedência

Domingo e quarta – 2 e 5/2
Oficina: “Sensível por Natureza”
Técnica: desenho
Horário: das 11h às 17h
Local: Sala de Oficinas – Subsolo

Visita mediada
Exposição: “Sensível por Natureza”
Horário: 16h30
Local: Sala de Oficinas – Subsolo

Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h
Entrada: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Quartas gratuitas (oferecimento: Governo do Estado do Paraná)

MON tem programação especial no fim de semana e na Quarta Gratuita

No primeiro domingo do ano, 5/1, o Museu Oscar Niemeyer (MON) terá uma programação especial, com oficina de esculturas. A primeira Quarta Gratuita, 8/1, também retomará as atividades oferecidas aos visitantes, com oficina e visita mediada.

No domingo, 5/1, das 11h às 17h, acontecerá a “Oficina de escultura com encaixe de papel”. Conduzida pela Equipe do Educativo do MON, a atividade trabalhará a técnica tridimensional.

Na quarta-feira, 8/1, a atividade será oferecida aos visitantes no mesmo horário. Às 16h30, na Sala 9, haverá uma mediação à “14ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba”.

Além da programação, o Museu Oscar Niemeyer está com todas as salas expositivas ocupadas, oito delas com exposições da “14ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba”.

As atividades são gratuitas, mas acontecem no interior do MON, portanto, para participar, é necessário adquirir a entrada, que custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Menores de 12 e maiores de 60 anos têm entrada gratuita.

Sobre o MON
O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção de arte asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, mantidas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Serviço
Domingo e Quarta – 5 e 8/1
Oficina: “Oficina de escultura com encaixe de papel”
Técnica: tridimensional
Horário: das 11h às 17h
Local: Sala de Oficinas – Subsolo

Quarta-feira – 8/1
Visita mediada
“Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba”
Horário: 16h30
Local: Sala 9

Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h
Entrada: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Quartas gratuitas (oferecimento: Governo do Estado do Paraná)
Informações: (41) 3350-4468
www.museuoscarniemeyer.org.br

Verão em Curitiba? A capital paranaense oferece opções incríveis para quem quer fugir das férias tradicionais

Com programas para toda família, a cidade de Curitiba está atraindo cada vez mais turistas brasileiros e estrangeiros

CURITIBA, 03/01/2020 – O principal período de férias dos brasileiros chegou e milhões de pessoas estão planejando viagens incríveis nos próximos meses. Que tal aproveitar a pausa para conhecer os encantos de Curitiba durante o Verão? Nos últimos anos, a capital paranaense tem se destacado pelo seu apelo turístico e gastronômico. De acordo com números do Airbnb, a cidade é a 9ª mais procurada do país pelos turistas que viajam em família. São inúmeros parques e pontos turísticos que fazem os moradores e visitantes sentirem-se em casa. Programas perfeitos para compartilhar com os amigos e familiares, mergulhando na cultura e na gastronomia local.

Entre os locais de maior visitação da capital paranaense está a Ópera de Arame, que foi inaugurada em 1992. Em meio a lagos, vegetação típica e cascatas, faz parte do Parque das Pedreiras juntamente com a Pedreira Paulo Leminski. Outro lugar de destaque é o Museu Oscar Niemeyer, mais conhecido como MON. Ele é um dos maiores museus da América Latina e seu acervo abriga mais de 2.200 obras de artistas reconhecidos nacional e internacionalmente, e atualmente conta com obras da 14ª Bienal de Curitiba, que ficarão expostas até o mês de março de 2020. O espaço foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, onde a forma do anexo conferiu ao MON o apelido de “Museu do Olho”.

No meio da tarde, que tal uma parada para um café? Curitiba é a capital brasileira dos cafés especiais. Baristas curitibanos e de outras regiões do país transformaram a cidade em um paraíso para os amantes da bebida, que ganhou várias releituras preparadas com muita excelência em dezenas de cafeterias espalhadas pela cidade. Entre os destaques estão o Café do Moço, comandado pelo premiadíssimo barista Leo Moço; o Coffee Box, que aposta no conceito “to go” no Centro da cidade, e o Supernova. E é lógico que não dá para esquecer da principal chocolateria artesanal do Brasil: a Cuore di Cacao. Ainda para quem gosta de doces, a Cookie Stories, primeira casa do Brasil especializada em cookies é parada obrigatória.

Gosta de cerveja artesanal? Então marque uma visita na fábrica da Way Beer, uma das mais premiadas cervejarias do país, que há quase 10 anos surpreende o país com sua produção 100% artesanal. Já os fãs de comida de boteco não podem deixar de conhecer o Bar Quermesse, que há mais de 10 anos encanta curitibanos e turistas que buscam comidinhas com inspiração regional. Se é apaixonado por hambúrguer, não deixe de conhecer as hamburguerias O Barba, que aposta em uma incrível temática pirata, e Soho Burger Gallery, que oferece os melhores smash burgers da cidade.

Para quem busca um pouco de agitação, a Rua Trajano Reis e a Avenida Vicente Machado são ótimas opções. Nelas, os curitibanos e turistas se reúnem na rua para saborear os mais variados preparos gastronômicos e chopes artesanais da região. Nos endereços, destaque para unidades do Porks – Porco & Chope, especializado em carne de porco, do Sirène, maior rede de Fish & Chips da América Latina. O Hauer Shopping é outro endereço indispensável para quem deseja curtir a noite curitibana rodeado por gente bonita, comidas saborosas, cervejas especiais e drinks autorais. São 18 operações, muitas delas exclusivas, atendendo milhares de pessoas diariamente com muita excelência e sabores de todo o Planeta em uma das principais regiões da capital.

Outros complexos gastronômicos que valem uma visita são a Vila Urbana, localizada no Centro de Curitiba, que conta com dezenas de operações focadas nas mais variadas vertentes da culinária mundial; a Vila Yamon, um point jovem que reúne muita gastronomia e música; e o Backyard Soho, que reúne o badaladíssimo Lolla Bar e o recém-inaugurado Smash! Burgers, comandado pelo badalado chef Vitor Bourguignon.

Quem busca as melhores baladas da capital paranaense, vale reservar uma noite para conhecer o Level Club, empreendimento que aposta em uma temática surrealista. Por fim, em meio a agitação do Centro, os turistas podem encontrar na Rua 24 Horas, um lugar para se alimentar e conhecer mais um ponto turístico tipicamente curitibano. Com um mix de sabores em seus mais variados restaurantes, a Rua 24 Horas se transformou em um polo gastronômico, onde é possível fazer todas as refeições durante o dia. No endereço, destaque para o Bávaro Chopperia & Hamburgueria, para o Pezzo Italian Food e para a casa de sanduíches artesanais James Hill.

Para mais detalhes sobre passeios turísticos em Curitiba, acesse o site www.turismo.curitiba.pr.gov.br.

MON realizará Colônia de Férias em janeiro

MON realizará Colônia de Férias em janeiro

O Museu Oscar Niemeyer (MON) convida as crianças de seis a 11 anos a participarem da Colônia de Férias do mês de janeiro. As atividades acontecerão entre os dias 28 e 31 de janeiro, sempre das 14h às 17h30. O tema será “A volta ao mundo em 80 obras”.

A Colônia de Férias contará com dinâmicas interativas, contação de histórias, apresentações teatrais, brincadeiras e oficinas artísticas. Haverá ainda visita às exposições “Ásia: a terra, os homens, os deuses”; “África: mãe de todos nós” e “Sensível por natureza” do projeto Artistas do Acervo.

Também serão visitadas as exposições “Mariana”, com fotografias de Christian Cravo sobre uma das maiores tragédias ambientais do Brasil, e “Bienal Internacional de Curitiba - Entremundos”, que apresenta o trabalho de 100 artistas de 40 países, distribuídos em dez salas e espaços do MON.

Serão 60 vagas a cada dia ao custo de R$ 50 diários, com possibilidade de um combo semanal por R$ 160. As crianças participantes irão ganhar aventais personalizados.

Teatro e contação de histórias
Duas atividades da Colônia de Férias também terão ingressos vendidos à parte: o espetáculo teatral infantil “Baquetinhá” e a contação de histórias com a Fafá Conta. Para ambas, os ingressos custam R$ 10 e poderão ser adquiridos na bilheteria do Museu (por quem não está participando da Colônia).

A peça “Baquetinhá”, com uma hora de duração, tem como base as expressões culturais populares de diversas regiões do Brasil, incluindo manifestações (histórias, danças e canções) dos povos indígenas, da população afro-brasileira e africanas. Haverá sessões nos dias 22 e 29/1, às 15h30. A contação de histórias, no universo divertido da Fafá Conta, acontecerá nos dias 24 e 31/1, às 16h40.

Numa parceria entre o MON e a 2ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça do Paraná – TJPR, crianças atendidas pelo projeto PIA (Projeto de Incentivo à Autonomia) também terão acesso a Colônia de Férias, numa edição extra que acontecerá entre os dias 21 e 24 de janeiro.

Serviço:
Colônia de Férias do MON
Para crianças de 6 a 11 anos
60 vagas disponíveis por dia
R$ 50 por criança. Combo semanal de R$ 160 por criança.
Das 14h às 17h30.
Entre os dias 28 e 31 de janeiro.
Inscrições: a partir do dia 2 de janeiro, na bilheteria do MON
De terça a domingo, das 10h às 18h
Informações pelo fone: 41 3350-4468

Haverá sessões do espetáculo “Baquetinhá” nos dias 22 e 29/1, às 15h30, e contação de histórias, no universo divertido da Fafá Conta, nos dias 24 e 31/1, às 16h40. Para ambas, haverá venda de ingressos avulsos, independente da participação na Colônia de Férias, a R$ 10.

Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999
Curitiba – Paraná
museuoscarniemeyer.org.br

O calor chegou: 6 lugares para beber cerveja artesanal em Curitiba

O calor chegou: 6 lugares para beber cerveja artesanal em Curitiba
A capital paranaense se transformou no principal polo cervejeiro nacional e conta com ótimas opções para quem curte aquela “bera” diferenciada

Demorou, mas o Verão apareceu de verdade em Curitiba. As temperaturas subiram muito nos últimos dias, e nada melhor do que uma bela cerveja artesanal. Na capital paranaense, diversas cervejarias que trabalham com muita excelência, entre elas as premiadíssimas Way Beer e Bodebrown, formaram um público consumidor fiel, transformando a cidade em um dos principais polos cervejeiros nacionais. Esse mercado cada vez mais aquecido deu origem a muitos bares que apostam nos rótulos artesanais, fortalecendo ainda mais o segmento.

Agora, que tal aproveitar os dias quentes para saborear uma bela cerveja artesanal local? Separamos 6 empreendimentos curitibanos que oferecem rótulos de cervejarias curitibanas de maneira prática, democrática e descolada em locais espalhados por algumas das principais regiões da capital paranaense.

Shopping Hauer: localizado no bairro Batel, esquina da Coronel Dulcídio com a Avenida do Batel, o Hauer é atualmente um dos locais mais badalados da capital paranaense. Com dezenas de operações, o polo de entretenimento oferece preparos de diferentes vertentes gastronômicas a um custo mais acessível. Para harmonizar com essas delícias, existe uma grande quantidade de rótulos de cervejas e chopes artesanais, com destaque absoluto para a produção cervejeira paranaense. No local, são comercializados mais de 50 mil litros de cerveja por mês.

Rua 24 Horas: que tal aproveitar toda a infraestrutura de um dos principais pontos turísticos de Curitiba para tomar uma bela cerveja artesanal? A Rua 24 Horas conta com diversas opções para os amantes de uma “bera” de qualidade. O Bávaro, uma das principais operações do complexo de entretenimento, oferece uma grande variedade de chopes artesanais curitibanos, que podem ser harmonizados com hambúrgueres deliciosos e comidas de boteco.

Porks Museu do Olho: um dos grandes fenômenos da gastronomia curitibana, a rede Porks – Porco & Chope reúne milhares de pessoas por dia em suas unidades espalhadas pela cidade. Com os dias de sol, uma ótima opção é a unidade que fica em frente ao Museu Oscar Niemeyer (MON), perfeita para quem quer curtir o dia com os amigos. No local, é possível saborear muito chope artesanal com promoções especiais.

O Barba: uma das hamburguerias mais tradicionais de Curitiba, O Barba (Avenida Vicente Machado, nº 578) também é conhecido pelo seu trabalho com cervejas artesanais curitibanas. Há anos o empreendimento valoriza a produção local com rótulos de muita qualidade e com preços especiais.

Vila Urbana: localizada no Centro de Curitiba (Rua Mal. Deodoro, 686), a Vila Urbana é perfeita para quem busca um dia agradável com muita comida e, logicamente, chope artesanal. No Hop Nation, operação especializada em cervejas, o público tem à disposição dezenas de torneiras com o melhor da produção local.

Sirène Fish & Chips: a maior rede de fish n’ chips do Brasil trouxe o conceito inglês do filé de peixe empanado com batatas para país, e hoje é um dos maiores sucessos da noite curitibana. Apesar de variar de acordo com cada unidade, a casa conta com diversas opções de cervejas artesanais, com preços que variam de R$ 8 a R$ 15, sempre valorizando a produção regional em seus mais variados estilos. A loja conceito do Sirène (Rua Trajano Reis, 150) é um verdadeiro paraíso para quem ama cervejas.

Mini roteiro pela capital do PR para quem vai passar as férias na cidade

Se engana quem pensa que Curitiba fica parada durante o verão:
a cidade oferece muitos atrativos e opções de entretenimento para essa época do ano

O start para as férias de muitas pessoas começa nessa sexta, 20/12. Alguns vão viajar e aproveitar o descanso em outras cidades, principalmente nas praias, mas muitos ficam em Curitiba para aproveitar atrações e opções que na correria do dia a dia não é possível. Para quem vai ficar por aqui nesse final de 2019 e no começo de 2020, ou até mesmo para os turistas que virão e passarão por aqui entre uma viagem e outra, separamos lugares bacanas para conhecer na cidade.

Um passeio bem tradicional é o ônibus Double Decker da Linha Turismo, que passa pelas mais importantes atrações da cidade: parques, museus, teatros, mirantes, espaços culturais, centro histórico, bairro gastronômico, memoriais étnicos e o recém-reformado Mercado Municipal. O cartão de embarque custa R$ 50 e os passageiros podem sair a cada 30 minutos. Nessa época do ano a linha funciona a partir das 9h até 17h30, com saída inicial na Praça Tiradentes, mas o passeio pode começar em qualquer ponto do roteiro.

Vale a pena investir um tempo a mais para conhecer o Museu Oscar Niemeyer - carinhosamente conhecido como Museu do Olho. E esse é um passeio para toda a família! Em um local lindo da cidade, abriga importantes referências da produção artística de todo o mundo e tem cerca de sete mil obras. É considerado o maior museu de arte da América Latina e foi inaugurado em 2002, com assinatura do arquiteto brasileiro que leva seu nome..

Para os amantes de natureza, ou até mesmo para quem gosta de atividades físicas, o Parque Barigui também é opção. Com pistas para bicicletas e corridas, é ponto de encontro de muitas famílias e turistas. Gansos e capivaras (muito conhecidas na capital) tornam o passeio mais divertido. Aos finais de semana, amigos e famílias se reúnem para passeios de bicicleta, patinete, patins, leitura de livros e piqueniques.

E, como em todo passeio, gastronomia não pode faltar. A dica para encerrar o dia é o SOUQ Curitiba - complexo gastronômico com 30 opções de gastronomia internacional, wine bar, bar de cervejas artesanais e drinks - uma excelente pedida para finalizar aquela tarde gostosa, com a certeza de que todos os paladares serão agradados. Comida mexicana, italiana, brasileira, americana, japonesa, chinesa, tailandesa e até mesmo mongol. São muitas as oportunidades de fazer um verdadeiro “tour” pela gastronomia mundial, aproveitando ainda promoções como o Happy Hour de terça a quinta com 30% em algumas opções de cada operação ou o open de vinho nas quartas por R$49,90. Para quem gosta de cerveja, toda quinta-feira tem o Growler Day com cervejas refrescantes para o verão, como o mais novo lançamento “IPA JAGUADARTE” que a BeerMad lançou em parceria com a cervejaria Locomotive. Neste dia a cerveja custa $26 o litro para quem levar o Growler ou, para quem não tiver o produto para armazenar a cerveja, a loja dispõe de vários modelos para venda.

Para ambientar e deixar tudo mais gostoso, o local aposta em música ao vivo todos os dias e nas quintas a novidade é a "quinta na varanda”, com música externa, tornando o ambiente ainda mais aconchegante e familiar. Falando em família, enquanto os adultos curtem o melhor da gastronomia, as crianças podem brincar e aprender no Espaço Kids, monitorado por pedagogas. Pets também são bem vindos e o local tem estacionamento fechado. A casa abre de terça a sexta a partir das 17h. Aos sábados e domingos a partir das 11h, sendo uma ótima opção para aquele almoço em família.

MON tem programação especial no domingo

Para este domingo, 22/12, o Museu Oscar Niemeyer preparou atividades especiais para encerrar o ano com chave de ouro.

Das 11h às 17h, acontecerá a oficina “Gravura em pequenos formatos”, que trabalhará a técnica de gravura em caixa de leite. Já às 16h30, haverá uma visita mediada na Sala 2, que abriga uma das exposições da Bienal Internacional de Curitiba. Além da programação, o MON está com todas as salas expositivas ocupadas.

As atividades são gratuitas, mas acontecem no interior do Museu, portanto, é necessário adquirir os ingressos de entrada, que custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Menores de 12 e maiores de 60 anos têm direito a entrada gratuita todos os dias.

Sobre o MON

O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção de arte asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, mantidas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Serviço
Oficina: Gravura em pequenos formatos
Técnica: gravura em caixa de leite
Horário: das 11h às 17h
Local: Sala de Oficinas – Subsolo

Visita mediada
Exposição: Bienal Internacional de Curitiba
Horário: 16h30
Local: Sala 2

Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Quartas gratuitas (oferecimento: Governo do Estado do Paraná)
Informações: (41) 3350-4468
www.museuoscarniemeyer.org.br

MON têm programação especial na última quarta-feira gratuita do ano

MON têm programação especial na última quarta-feira gratuita do ano

Para a última quarta-feira gratuita do ano, no dia 18/12, o Museu Oscar Niemeyer preparou uma programação especial.

Das 11h às 17h, acontecerá a oficina “Vitral com celofane”, no Subsolo. Já às 16h30, na Sala 4, haverá uma mediação à exposição da Bienal Internacional de Curitiba.

Nas quartas-feiras a entrada no MON é gratuita, um oferecimento do Governo do Estado do Paraná. As atividades também não têm custo, nem precisam de inscrição prévia, basta chegar no local no horário indicado.

Sobre o MON

O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção de arte asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, mantidas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.

Serviço
Quarta-feira gratuita – 18/12
Oficina: Vitral com celofane
Técnica: Recorte
Horário: das 11h às 17h
Local: Sala de Oficinas – Subsolo

Visita mediada
Exposição: Bienal Internacional de Curitiba
Horário: 16h30
Local: Sala 4

Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Quartas gratuitas (oferecimento Governo do Estado do Paraná)
Informações: (41) 3350-4468
www.museuoscarniemeyer.org.br

Na última ação do ano, Programa Guritiba abre programação para o público

Na última ação do ano, Programa Guritiba abre programação para o público
Com atividades recreativas, brincadeiras e espetáculo circense, o evento gratuito será realizado no dia 30 de novembro, no Museu Oscar Niemeyer

O Programa Guritiba realiza a última ação da edição 2019 com programação aberta ao público, no Museu Oscar Niemeyer. Com atividades recreativas, brincadeiras, pinturas temáticas,e distribuição de pipoca e algodão doce, o evento contará com espetáculo repleto de números circenses para toda a família. A atividade vai marcar o fim das ações do Programa Guritiba em 2019.
A produtora do projeto, Carol Scabora, explica que a ideia do evento é comemorar o sucesso do Programa Guritiba, que promove a inclusão do público infantil de áreas periféricas a atrações artísticas. “A intenção é trazer não só o público geral para conhecer o programa, mas retornar famílias que já foram impactadas, buscando a formação do espectador através de um dos braços do projeto”, afirma.
Ao longo do mês, também foram realizadas ações voltadas aos educadores nos municípios de Campo Largo e Pinhais. Em uma das atividades, o tema tratado foi a inserção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) no âmbito escolar. Em parceria com o Instituto Aurora, o Programa apresentou a utilização das artes enquanto meio de apresentar os objetivos aos alunos em sala de aula.
A formação de alunos deste mês conduz 80 alunos da Escola Joana Raksa do Caximba e 16 alunos do Projeto Dorcas a exposições mediadas da Bienal de Curitiba no MON e Palacete dos Leões, respectivamente.
Além da Formação para Educadores, também foi realizada a contação de histórias para crianças da ONG Passos da Criança, CMEI Bracatinga e da Associação São Roque. A ação tem o objetivo de possibilitar experiências que sugerem um mundo melhor, por meio da literatura.

Crianças impactadas
Com ações regulares e permanentes desde 2018, o Programa Guritiba começou há 11 anos como parte do Festival de Teatro de Curitiba com objetivo de promover atividades artísticas para crianças, já circulou em mais de 80 escolas de Curitiba e Região Metropolitana, incluindo zona rural.
Já no seu segundo ano em ação, o Programa Guritiba impactou mais de 30 mil crianças em vulnerabilidade social, com a contação de histórias, formação para alunos e com as os espetáculos teatrais. Além dos pequenos, a iniciativa também promove a ação “Cultura em Família”, que prevê a realização de experiências artístico-culturais para toda a família, disponibilizando transporte até o local da apresentação, ingressos e alimentação após o espetáculo, possibilitando que a experiência familiar seja reforçada por meio das vivências culturais. Em 2019, a ação foi realizado mais de 50 vezes e impactou 886 pessoas, entre pais e filhos.

Serviço - Show de Circo
Sinopse: Mágica, malabarismo, antipodismo, pernaltas, ilusionismo e palhaços compõem esse universo encantando. Artistas que surpreendem o público e se arriscam nas possibilidades das artes circenses. Neste picadeiro estarão Ricardo Thomé, Madame Virgulina, Mago Niko e os palhaços Pituxo, Loro e Tchonsky da Cia Os Barbacas. Venha rir e se impressionar com o que o circo tem a lhe oferecer.
Data: 30/11
Hora: 14:00
Onde: Museu Oscar Niemeyer (R. Mal. Hermes, 999 - Centro Cívico)
Entrada gratuita

Sobre o Programa Guritiba
Com recursos da Lei de Incentivo à Cultura, o Programa Guritiba funciona de forma independente durante oito meses por ano com atividades semanais em escolas, ONGs, orfanatos e asilos de áreas socialmente vulneráveis de Curitiba e RMC. Desde 2018, cerca de 30 mil crianças de doze municípios do Paraná foram impactadas. Em 2019 o Programa Guritiba recebeu o Selo SESI ODS e Menção Honrosa por atuação social. O Programa Guritiba é apresentado por Caterpillar e Perkins Motores, com patrocínio da Tradener e Ibema e tem como apoiadores as empresas Novozymes, New Holland, Mili e Savana | Mercedes-Benz. São parceiros também na realização do Guritiba a Berneck, Brose do Brasil e o BRDE. As instituições interessadas em receber atividades sócio-educativas do programa podem entrar contato através do site www.programaguritiba.com.br ou na página do Facebook: https://www.facebook.com/guritiba.

--

Programação especial no feriado da Proclamação da República

Programação especial no feriado da Proclamação da República

Espaços da SECC funcionam em horários especiais; Cotidiano Leitor realiza a primeira Festa Literária

Na sexta-feira, feriado da Proclamação da República, o público poderá visitar os espaços culturais da Superintendência da Cultura da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC), para conferir as exposições em cartaz nos museus, que funcionam em horários especiais. Com exceção do Centro Juvenil de Artes Plásticas (CJAP), que estará fechado na sexta-feira (15/11).

Na Superintendência da Cultura da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura (SECC), foi inaugurada recentemente na Sala Adalice Araújo a mostra "Fronteira sem Limites", que faz parte da programação da 14ª Bienal de Curitiba e reúne o trabalho de oito artistas paranaenses, com curadoria de Brugnera.

Além disso, o projeto Cotidiano Leitor realiza este ano a primeira Festa Literária, que acontece de 15 a 17 de novembro no Museu Oscar Niemeyer. São três dias de atividades gratuitas, entre contação de histórias, oficinas artísticas, rodas de leituras e diálogos com grandes escritores e ilustradores do cenário nacional. No dia 15 de novembro, às 16h, no Auditório Poty Lazzarotto, a escritora Marina Colasanti e a poeta, atriz, jornalista e cantora Elisa Lucinda participam da roda de conversa “Escrita feminina: lugar de escuta e lugar de fala”. Já no dia 16, o diálogo será com os premiados ilustradores Odilon Moraes e Roger Mello, com a temática “Discursos da imagem na literatura infantil brasileira”. E, no dia 17, os convidados Daniel Munduruku e Cidinha da Silva falam sobre “Literatura afro-brasileira e indígena”.

O Museu Oscar Niemeyer (MON) conta com as mostras inauguradas recentemente “Spider” (Aranha), da artista francesa Louise Bourgeois, e “Declaração de Princípios”, que reúne trabalhos recentes e inéditos do artista paranaense Geraldo Leão. Também estão em cartaz “África, mãe de todos nós: conexão entre mundos”, que reúne uma significativa coleção de máscaras africanas, e “Ásia: a terra, os homens, os deuses”, com uma seleção de 200 peças vindas de mais de dez países do continente.

Já no Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR), que está funcionando temporariamente nas salas 8 e 9 do MON por conta da reforma da sua sede no centro, o visitante pode ver a mostra "Pequenos gestos, memórias disruptivas", resultado da intensa pesquisa feita pela curadora Fabrícia Jordão no rico e diverso acervo da instituição, que hoje reúne em torno de 1.800 obras.

História

No Museu Paranaense, a novidade são as mostras que fazem parte da 14ª Bienal de Curitiba: “Animalis Imaginibvs”, de Mauro Espíndola com curadoria de Adolfo Montejo Navas, e a mostra coletiva “Além da Ética”, que tem curadoria de Massimo Scaringella. São trabalhos de 17 artistas, entre brasileiros e estrangeiros, apresentando seus olhares acerca dos mais diversos temas. Além disso, o museu conta com uma série de exposições históricas, como “Ocupação do território paranaense”, “Dinheiro e Honraria: o acervo de numismática do Museu Paranaense”, “Imigração no Paraná”, “Igrejas ucranianas no Paraná”, entre outras.

No Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR), o público pode conferir a “Exposição 6 x 6 Horizontes PR”, que também faz parte da 14ª Bienal de Curitiba, com cocuradoria de Eliane Prolik e que reúne artistas do Paraná de diversas linguagens e poéticas. O visitante também tem acesso à coleção tridimensional do MIS-PR, composta por rádios, radiolas, toca-discos, moviolas, câmeras fotográficas e projetores.

Vivenciar o cotidiano do artista norueguês Alfredo Andersen é a experiência que o visitante pode ter no Museu Casa Alfredo Andersen (MCAA). O espaço exibe parte do acervo do pintor, além de objetos e documentos da escola-ateliê.

E no Museu do Expedicionário (MEXP), o acervo de fotografias, mapas, documentos, peças, ilustrações, filmes e livros retrata a participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra Mundial.

Confira o horário de funcionamento dos museus da SEEC:

Espaços Culturais

15/11

Sexta

16/11

Sábado

17/11

Domingo

CJAP

Fechado

Fechado

Fechado

MCAA

10h-16h

10h-16h

10h-16h

MAC-PR

10h às 18h

10h às 18h

10h às 18h

MEXP

10h às 12h

14h às 17h

10h às 12h

14h às 17h

10h às 12h

14h às 17h

MIS-PR

10h-16h

10h-16h

10h-16h

MON

10h às 18h

10h às 18h

10h às 18h

MP

10h-16h

10h-16h

10h-16h

Serviço:

Museu Casa Alfredo Andersen – Rua Mateus Leme, 336. (41) 3222-8262. Curitiba/PR.

Museu de Arte Contemporânea do Paraná – Rua Marechal Hermes, 999. (41) 3323-5328. Curitiba/PR.

Museu do Expedicionário – Praça do Expedicionário, s/nº. (41) 3362-8231. Curitiba/PR.

Museu da Imagem e do Som do Paraná – Rua Barão do Rio Branco, 395. (41) 3232-9113. Curitiba/PR.

Museu Oscar Niemeyer – Rua Marechal Hermes, 999. (41) 3350-4400. Curitiba/PR.

Museu Paranaense – Rua Kellers, 289. (41) 3304-3300. Curitiba/PR.

Cotidiano Leitor traz a I Festa Literária com diversas ações culturais gratuitas

Cotidiano Leitor traz a I Festa Literária com diversas ações culturais gratuitas
Evento será de 15 a 17 de novembro com grandes escritores e ilustradores do cenário mundial

Escrita feminina, literatura afro-indígena e livro ilustrado são os temas macros escolhidos para inaugurar a I Festa Literária do Cotidiano Leitor. Serão três dias intensos de evento, de 15 a 17 de novembro, no Museu Oscar Niemeyer, com uma série de experiências literárias. Entre as atividades, estão programadas uma feira do livro, oficinas, workshop, exposições, sarau literário, leitura de poemas, narração de histórias, performance, roda de leitura e diálogos com autores e ilustradores premiados e reconhecidos internacionalmente. Todas as atividades são gratuitas.

Marina Colasanti, uma das mais premiadas escritoras brasileiras e detentora de vários prêmios Jabutis, e a poeta, atriz, jornalista e cantora Elisa Lucinda, com diversos livros publicados e atuação no teatro cinema e televisão, estão entre os destaques no primeiro dia de evento, 15 (sexta-feira). A partir das 16h, no Auditório Poty Lazzarotto, elas participam da roda de conversa “Escrita Feminina: lugar de escuta e lugar de fala”.

No dia 16, a roda de conversa será com os premiados ilustradores Odilon Moraes e Roger Mello, com a temática “Discursos da imagem na Literatura Infantil brasileira”. Já para o dia 17, os convidados Daniel Munduruku e Cidinha da Silva falam sobre “Literatura Afro-brasileira e Indígena”. Daniel é filho do povo indígena Munduruku e como educador social e ativista ministra palestras e seminários destacando o papel da cultura indígena na formação da sociedade brasileira. Cidinha possui forte engajamento com a causa negra e com questões ligadas às relações de gênero.

A realização da Festa Literária é do Governo do Paraná por meio da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, com a produção executiva do Instituto Dom Miguel e apoio de prefeituras. O evento faz parte do Projeto Cotidiano Leitor, com atividades baseadas no Plano Estadual do Livro, Leitura e Literatura (PELLL), que busca promover a democratização do acesso ao livro, estimular o interesse por narrativas literárias e formar uma sociedade leitora.

OUTROS DESTAQUES - Entre as diversas ações culturais programadas, estão as exposições de fanzine e de tapetes de autoria de alunos dos Centros de Socioeducação (Censes). Estes centros foram criados pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho e atuam com o objetivo de ajudar os adolescentes em conflito com a lei, que cumprem medidas socioeducativas. Eles desenvolvem atividades educacionais e têm ações de qualificação profissional.

Também faz parte da programação o workshop Escrita Independente em tempos de internet e diversas oficinas. Entre elas: Confecção de Personagens de papel; Ilustração para adultos; Origami; Criação de Personagens; Educação Inclusiva e Literatura Infantil Juvenil; Música; Pintura e Ilustração; Bonecas Abayomi; Criação Literária; e Autoedição.

Serviço
Festa Literária do Projeto Cotidiano Leitor
Dias: 15, 16 e 17 de novembro de 2019
Horário: das 10h às 18h
Local: Museu Oscar Niemeyer (R. Mal. Hermes, 999 - Centro Cívico)

Crédito fotos
Marina Colasanti: Marcos de Paula/Estadão
Cidinha da Silva, Daniel Munduruku, Elisa Lucinda, Odilon Moraes e Roger Mello: Divulgação

--

Bar de Curitiba promove Oktoberfest com premiações de até 1 ano de cerveja grátis

Bar de Curitiba promove Oktoberfest com premiações de até 1 ano de cerveja grátis
Neste sábado, as unidades Porks Museu do Olho e Vicente Machado vão promover eventos especiais de Oktoberfest

CURITIBA, 23/10/2019 – Se você não conseguiu ir até Blumenau para a Oktoberfest, não precisa ficar triste: a rede curitibana Porks – Porco & Chope vai promover uma Oktoberfest especial no próximo sábado, dia 26 de outubro. A ação, que terá entrada gratuita, será realizada em duas das unidades do Porks na capital paranaense (Museu do Olho e Vicente Machado).

Durante o evento, o Porks vai oferecer um ano de cerveja grátis para os ganhadores (um home e uma mulher) da competição de chope em metro. Além da típica disputa, os melhores “fritz” e “frida” ganharão um barril de 50 litros de chope cada. Para animar ainda mais a noite, os bares contarão com promoções especiais do Chope German Pilsen: R$ 10, na unidade Museu do Olho, e R$ 5, na unidade Vicente Machado.

Quem estiver no local também vai poder aproveitar todo o cardápio do Porks. Entre os destaques do menu estão o Porks Bacon Burger (R$ 10), preparado com burger de costelinha de porco, creme de cheddar e tiras de bacon crocante; o OLDWEST Burger (R$ 12), que leva burger de costelinha de porco, queijo canastra, geleia de pimenta e rúcula; e o Pururuca Burger (R$ 12), feito com burger de costelinha de porco, molho BBQ, queijo mozzarella e crispy de pele de porco pururucada.

Além dos hambúrgueres especiais, o público poderá desfrutar de ótimos aperitivos, como a Porkspóca (R$ 10), pururuca de porco crocante temperada com sal de lemon pepper; o Torresmo de Tira (R$ 10), tradicional torresminho servido em tiras crocantes; e a Costelinha BBQ (R$ 15), campeã de vendas do empreendimento, preparada com costelinhas de porco ao molho BBQ com cerveja defumada.

A Oktoberfest Porks vai acontecer no próximo sábado, dia 26 de outubro, nas unidades Porks – Museu do Olho (R. Mal. Hermes, 1092 - Juvevê), das 17h à 1h, e Porks – Vicente Machado (Av. Vicente Machado, 642 - Centro), das 17h às 2h. Mais informações nas redes sociais oficiais das unidades da rede.

Família Fardo leva novidade para o 2º Festival Vinopar

Família Fardo leva novidade para o 2º Festival Vinopar

Vermute será lançado durante o evento do vinho, que acontece nos próximos dias 19 e 20 no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba

Neste fim de semana, dias 19 e 20 de outubro, será realizado o 2º Festival Vinopar de Vinho Paranaense, no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, com a participação de sete vinícolas de Curitiba e Região Metropolitana.

Quem passar pelo quiosque da Família Fardo Vinícola terá a oportunidade de experimentar em primeira mão, o Vermute. A Vinícola aproveitará o momento para fazer o lançamento da bebida que consiste num vinho composto, elaborado com 80% de vinho branco chardonnay macerado e de 20% de infusão de ervas e especiarias, que utilizam como base a Grappa elaborada na própria vinícola e que passa por longa maturação em barricas de carvalho.

A recomendação do enólogo Renato Garcia é apreciá-lo à temperatura máxima de 20 graus, o que garante a riqueza aromática, embora possa ser consumida gelada. “Tanto como aperitivo quanto digestivo, o vermute vai bem”, destaca Renato. O lote único conta com apenas 700 garrafas.

O lançamento faz parte das festividades de 10 anos da Vinícola Família Fardo, que ao longo do ano apresentou novos rótulos aos amantes do vinho e, até o fim de 2019 ainda trará outras novidades para o mercado.

Além do primeiro vermute, quem passar pelo Museu Oscar Niemeyer, terá a oportunidade de degustar outros 11 rótulos, em taças com 20ml.

- Tinto Merlot

- Tinto Pinot Noir

- Branco Malvasia

- Branco Chardonnay

- Rosé Malbec

- Espumante Brut

- Espumante Extra Brut

- Espumante Moscatel

- Grappa

- Limoncello

- Cabernet Sauvignon 2011

Serviço:

O valor dos ingressos (lote promocional): Entrada com 20 Degustações (+ taça de brinde + 1 gf de água): R$ 50, com entrega gratuita em Curitiba e/ou retirada dos ingressos na vinícola até dia 18/10/2019.

Além da experiência enogastronomica, o festival contará com produtos típicos paranaenses e workshops educativos.

No sábado (19), o evento acontece das 11h às 19h30 e no domingo (20), das 11h às 17h.

Compre seu convite:

https://www.familiafardo.com.br/produtos

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=149041&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C003301d5851b%25244d0fa5e0%2524e72ef1a0%2524%2540ziggcomunicacao.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C003301d5851b%244d0fa5e0%24e72ef1a0%24%40ziggcomunicacao.com.br%3E-1.1.2

Primeiro domingo do mês tem atividade com artista do acervo no MON

Primeiro domingo do mês tem atividade com artista do acervo no MON
 
Para este domingo, 6/10, o Museu Oscar Niemeyer preparou uma série de atividades gratuitas aos visitantes. Das 11h às 14h, acontecerá a oficina livre “Tecelando”, que ensinará a técnica de bordado com as mãos. Já às 14h30, inicia-se a oficina “Espelho, espelho meu”, parte do programa Artistas do Acervo. Na ação, a artista Fernanda Castro trabalhará com autorretrato através do espelho. Nesta segunda atividade haverá tradução para libras até as 16h30.
 
As ações são gratuitas. Para participar, basta chegar ao local no horário indicado. Por acontecerem no interior do Museu, é necessário adquirir o ingresso de entrada, que custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). 
 
Sobre o MON
 
O Museu Oscar Niemeyer (MON) pertence ao Estado do Paraná. A instituição abriga referenciais importantes da produção artística nacional e internacional nas áreas de artes visuais, arquitetura e design, além da mais significativa coleção de arte asiática da América Latina. No total, o acervo conta com aproximadamente 7 mil peças, mantidas num espaço superior a 35 mil metros quadrados de área construída, sendo 17 mil metros quadrados de área para exposições, o que torna o MON o maior museu de arte da América Latina.
 
Serviço – Domingo 6/10
Oficina “Tecelando”
Técnica: bordado com as mãos
Horário: das 11h às 14h
Local: Sala de Oficinas – Subsolo
 
Oficina “Espelho, espelho meu” – Artistas do Acervo*
Técnica: autorretrato através do espelho, com a artista Fernanda Castro
Horário: das 14h30 às 17h
Local: Sala de Oficinas – Subsolo
*Com tradução para libras até as 16h30
 
Museu Oscar Niemeyer
Rua Marechal Hermes, 999
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Quartas gratuitas (oferecimento: Governo do Estado do Paraná)
Informações: (41) 3350-4468
www.museuoscarniemeyer.org.br