Cafeteria tem blends exclusivos de café com produção própria

Café Cultura tem torras especiais em laboratório próprio, com gestão completa da cadeia de produção do plantio até a xícara

CURITIBA, 25/05/2021 – O cuidado com o café desde o grão até a bebida é destaque da rede Café Cultura. O processo todo é acompanhado pela equipe da marca catarinense, que garante a alta qualidade de suas torras. O processo exclusivo gera os blends especiais, que podem ser degustados nas lojas ou em casa, com a venda dos pacotes. Toda essa excelência transformou a rede em uma das grandes referências na produção de cafés especiais no Brasil.

“Somos a única rede de cafeterias com projeção nacional com o conceito Farm to Cup, garantindo assim a qualidade em todos os processos, da fazenda à xícara”, diz um dos sócios, Carlos Zilli, que também é diretor de Estratégia Digital na Associação Brasileira de Franchising (ABF). Entre seus vários prêmios, a rede Café Cultura foi considerada a melhor rede de cafeterias do Sul do Brasil e a oitava do país pelo Guia de Franquias 2019/2020, elaborado pela Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios.

Mesmo com a venda online de produtos (no site www.cafeculturabrasil.com), o Café Cultura está em plena expansão de lojas físicas, contando com unidades em Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Paraná. Recentemente, desembarcou na cidade de Curitiba com duas unidades: uma no ParkShoppingBarigüi e outra no Batel Soho.

A rede foi fundada em2004 pela CEO do Café Cultura, Luciana Melo. Neta de imigrantes italianos cafeicultores, busca o cuidado com grãos especiais, selecionando parceiros ideais para elaborar seus blends e apresentar uma verdadeira cultura do café. Há gestão da cadeia desde os produtores até o cliente final. Até mesmo o solo é analisado por Luciana: os grãos 100% arábica tem origem controlada em altitudes acima de 1000m em fazendas de estados como São Paulo e Espírito Santo. Após inspeção, os frutos de alta qualidade são levados ao Café Cultura Lab, laboratório próprio da rede para torrefação e elaboração dos blends.

Linha de Blends

Seis opções completam a linha clássica de cafés do Café Cultura. O House Blend, por exemplo, tem acidez equilibrada com doçura intensa, bem equilibrado e aromático. O Bourbon Amarelo alia notas de caramelo e laranja com notas florais. Já Peaberry é mais aveludado e doce, uma torra mais uniforme com aroma de chocolate. O Orgânico apresenta acidez sutil e corpo médio, de toque cítrico e doce. E o Descafeinado é um café encorpado com notas de frutas secas e nozes que não apresenta o amargor da cafeína. No Dia das Mães, foi lançado o Delas Blend: um café totalmente elaborado por mulheres, plantado no norte do Paraná, cremoso, levemente adocicado e de notasfrutadas.

A marca conta também com edições limitadas e especiais. Para a Páscoa, por exemplo, foi lançado o Páscoa Blend, em uma ação pontual para a celebração com presença marcante do aroma de chocolate. O Café Cultura Lab mantém constante pesquisa de novidades, para o lançamento de variados sabores. Para os próximos meses, já está programado o lançamento de três blends exclusivos.

A rede Café Cultura conta com duas unidades em funcionamento na cidade de Curitiba: ParkShoppingBarigüi (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600) e Batel Soho (R. Saldanha Marinho, 1050). Para mais informações, acesse o site www.cafeculturabrasil.com.

ParkShoppingBarigüi ganha nova cafeteria com ambiente exclusivo

Com mesas próprias, o Café Cultura oferece muito conforto para quem quer aproveitar cafés especiais de maneira segura

CURITIBA, 22/04/2021 – A pausa para o café é um momento especial do dia, seja para ganhar mais energia para o trabalho, para relaxar ou mesmo aproveitar os sabores e aromas da bebida. A experiência se torna ainda melhor em um ambiente favorável, que valorize o conforto e bem estar. E este momento do dia tem um novo lugar para os curitibanos: o Café Cultura do ParkShoppingBarigüi. A cafeteria, que teve origem em Florianópolis conta com espaço exclusivo no piso térreo do shopping.

O espaço valoriza mesas com poucos assentos, observando a distância entre os lugares. Plantas e luminárias que lembram sacos de café, entre outros detalhes da decoração que passam por livros e rádios antigos, dão um clima acolhedor. O ambiente, apesar de reservado, não é um salão fechado, o que destaca a circulação de ar. Assim, o Café Cultura consegue manter a loja aconchegante e confortável enquanto cumpre as regras da Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba.

Outra ótima opção é o take away: pode-se comprar no local e levar para consumir em casa, no trabalho ou onde o cliente preferir. Além de embalagens próprias para viagem, um destaque é o copo de café to go, desenhado para manter a bebida aquecida e ser degustada no caminho.

Cardápio

Estrela da franquia, o café pode ser servido no Café Cultura de diferentes maneiras. French Press é um método clássico e prático que preserva os óleos naturais do café, mantendo-o com consistência mais densa. O Pour Over permite maior controle do fluxo de água sobre o filtro de papel e porta-filtro. O Café Passado é o típico coado, de grãos selecionados, servido em uma térmica. E o Chemex é semelhante ao Pour Over, mas com filtro mais espesso, concedendo uma saturação prolongada.

O tradicional Espresso também é uma pedida da rede, seja puro, com leite ou até o macchiato, que pode também ser servido em um copo casquinha. Outras escolhas especiais passam pelo Cappuccino Italiano, Café Nutella e Chocolate Quente. Chás quentes e frios, smoothies, sucos e drinks completam as opções de bebidas. Para comer, o cardápio comtempla qualquer hora do dia. Do pão da manhã, passando por misto-quente, croissants e bolos simples, há ovos mexidos, Paninis (os sanduíches abertos), até sopas, saladas e bowls. Já os brunches são combinados com diversas pedidas: o Café Brasileiro, por exemplo, tem porção de pão de queijo, misto-quente, bolinho, salada de frutas, café e suco de laranja. Brownies e tortas, como a de Maçã com amêndoas e sorvete ou a de Chocolate cremoso sem glúten, são ideais para sobremesas.

O Café Cultura foi instalado no andar térreo do ParkShoppingBarigüi (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 600), no bairro Ecoville. O funcionamento da loja segue decretos da Prefeitura – no momento, abrindo de segunda-feira a sábado, das 11h às 22h. Mais informações no site www.cafeculturabrasil.com.

Receita – Hot Salted Caramel Café Cultura

(www.cafeculturabrasil.com.br)

Você é apaixonado por café? Que tal aproveitar para fazer em casa o incrível Hot Salted Caramel, um dos grandes sucessos da rede Café Cultura (www.cafeculturabrasil.com.br), referência nacional em cafés especiais?

O caramelo salgado ganhou destaque na gastronomia nos últimos anos. O sal faz realçar os sabores do doce, ganhando em textura e paladar. Era questão de tempo para se tornar ingrediente de cafés especiais. Na rede de cafeterias que conta com unidades nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, o Hot Salted Caramel se tornou um dos queridinhos do público que busca o toque doce na bebida.

Ingredientes:

- 160 ml de leite
- 100 ml de água
- Café de boa qualidade passado (cerca de 100ml)
- Caramelo salgado (cerca de 30 gramas)

Modo de Preparo:

1 – Passar cerca de 100ml de café de boa qualidade
2 - Aquecer 160 ml de leite no micro-ondas por dois minutos
3 – Colocar o leite no mixer e bater até ficar cremoso (entre 30 segundos e um minuto)
4 – Com uma colher, colocar o caramelo salgado no fundo de uma caneca e decorar as paredes internas
5 – Transferir o leite para a caneca e reservas um pouco da crema para a finalização
6 – Transferir o café já preparado (cerca de 45 ml)
7 – Finalizar com a crema do leite e decorar com caramelo salgado, usando uma colher

Em expansão pelo Brasil, Café Cultura desembarca em Curitiba

Rede catarinense consolidou o modelo de negócio em unidades próprias até iniciar projeto de expansão nos estados da Região Sul; estimativa é fechar 2021 com 46 unidades

Em 2021, o Café Cultura consolidou seu projeto de expansão que prevê a abertura de 260 lojas em todo o país até 2026. Criada em 2004, a rede de franquias de cafés especiais teve origem em Santa Catarina se firmando como uma grande referência do segmento, até iniciar a ampliação para Paraná e Rio Grande do Sul ainda em 2020, atingindo 24 unidades por meio de franquias. Neste ano, a projeção é de atingir 46 unidades no total, chegando ao Rio de Janeiro, na Região Sudeste, onde abrirá sua primeira franquia em abril.

Como não poderia ser diferente, o processo de expansão do Café Cultura passa por Curitiba (PR), cidade extremamente relevante no segmento dos cafés especiais. Até o final do primeiro semestre de 2021, a capital paranaense terá pelo menos 4 unidades da rede em funcionamento. Uma delas já está em operação no ParkShoppingBarigüi, enquanto a segunda acaba de abrir no formato soft opening no Bairro Batel. Já as outras duas unidades serão lançadas oficialmente nas próximas semanas, sendo que uma delas vai funcionar na tradicional Rua Coronel Dulcídio.

“Curitiba sempre esteve em nosso radar, e agora estamos muito felizes com essa chegada do Café Cultura na cidade. Antes de tudo, o mercado de cafés especiais é muito desenvolvido na capital paranaense, com um público consumidor exigente e que valoriza as boas experiências. Além disso, Santa Catarina sempre recebe muitos curitibanos, que frequentam nossas lojas e conhecem a nossa excelência”, comenta a fundadora e CEO do Café Cultura, Luciana Melo.

Nem mesmo as incertezas causadas pela pandemia afetam a estratégia de crescimento projetada pela companhia. Uma das formas encontradas para lidar com o momento foi apostar no delivery e encontrar meios de gerenciar os custos. “Implantamos o delivery e novas formas de vendas assim que as restrições iniciaram, no ano passado. Também orientamos os franqueados em relação à gestão de custos, algo fundamental para o período em que estamos vivendo”, detalha a CEO da rede. Uma das apostas foi fortalecer a marca na pandemia. “Ficamos vivos graças à transformação. Nenhuma das nossas franquias fechou e estamos trabalhando forte para deixarmos todas as lojas preparadas para uma retomada inteligente e segura para todos”, diz Luciana.

Diferenciais

Com uma gestão da cadeia de produção completa (da fazenda para o consumidor final), a marca é reconhecida pela seleção dos melhores cafés brasileiros, controle da torra (seguindo perfis específicos) e entrega direto para as lojas. “Somos a única rede de cafeterias com projeção nacional com o conceito Farm to Cup, garantindo assim a qualidade em todos os processos, da fazenda à xícara”, diz um dos sócios, Carlos Zilli, que também é diretor de Estratégia Digital na Associação Brasileira de Franchising (ABF).

A rede já ganhou diversos prêmios e reconhecimentos pela qualidade de seus produtos e de sua marca. Foi considerada a melhor rede de cafeterias do Sul do Brasil e a 8ª do Brasil pelo Guia de Franquias 2019/2020, elaborado pela Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios (PEGN). O cardápio é amplo e mescla cafés individuais, para duas ou três pessoas, extraídos de diferentes técnicas, caso de french press, pour over e cold brew, além de chás, chocolates quentes, sucos, smoothies, shots, cervejas especiais, que podem ser acompanhados de lanches, como bolos, pães, paninis e tortas. Além disso, também oferece brunch, ovos e omeletes, saladas, sopas, bowls e sobremesas.

Parte do crescimento se deve ao maior interesse do brasileiro pelos cafés especiais. Cerca de 95% da população é consumidora da bebida, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria do Café – apenas a água é mais ingerida. Segundo levantamento do Rabobank, o consumo de cafés especiais no Brasil aumentou cinco vezes nos últimos oito anos e a estimativa é de crescer mais 70% nos próximos três anos.

Investimento inicial

Com investimento inicial de R$ 100 mil, a franquia oferece modelos de negócios que variam do mini bistrô, passando pelos quiosques aos padrões “to go”, cada vez mais disseminados no país. O faturamento médio é de R$ 75 mil, com retorno estimado sobre o investimento de 20 a 30 meses. O pagamento de royalties é de 5% sobre o faturamento bruto, além de 1,5% para um fundo destinado à propaganda.

A rede oferece suporte ao franqueado em inúmeros aspectos: auxílio na escolha do ponto comercial; análise econômica e de viabilidade; assessoria para projeto arquitetônico; assessoria de comunicação e marketing; programa de treinamento; suporte na implantação da loja, entre outros. “Oferecemos um produto com cada vez mais qualidade, aliado a experiências e conhecimento em torno da cultura do café, e sempre de olho nas tendências”, completa Zilli.

A rede Café Cultura conta com duas unidades em funcionamento na cidade de Curitiba, seguindo as regulamentações locais relacionadas ao coronavírus: PARKSHOPPINGBARIGÜI (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600) - (41) 3024-6002 e BATEL SOHO (R. Saldanha Marinho, 1050) - (41) 98430-6929. Para mais informações, acesse o site www.cafeculturabrasil.com.

Café Cultura