ATO CÍVICO DEMOCRÁTICO & Eleições 2022 & Brasil

Patriotas madrugaram na quarta-feira dia 02 de novembro de 2022 para um histórico senão o maior ATO CÍVICO DEMOCRÁTICO já realizado aqui em Curitiba. Muitos Já estavam acampados há 03 dias e o movimento com média diária altíssima de participantes, não inferior a 50 mil patriotas. Foram atos cívicos nas cercanias aquarteladas principalmente no
Forte do Pinheirinho, próximo à Linha Verde, no portão.
Neste dia de finados a massa popular foi mesmo é sedenta e em marcha fúnebre para sepultar de uma vez por todas a iminência do furto do poder pela esquerda socialista e comunista, relembrando a todos os atos antidemográticos pela corte suprema do país com a soltura de um condenado político. "SUPREMO É O POVO!", esse foi o brado
manifestado em grito de guerra à tomada do poder pela esquerda, pelos manifestantes.
Por volta das 8h da manhã já se contava com mais de 5.000 padriotas em frente ao Forte do Pinheirinho. Foi hasteada por um guindaste a maior bandeira verde-e-amarela com mais de 300 m² e outra do Brasil. O Trio Elétrico contava com personalidades, dentre elas o conhecidíssimo "Red Bull"
e uma idosa patriota em idade avançada que não largava a bandeira e nos dava o exemplo ao cantar TODOS os hinos, da Bandeira Hino do Soldado, Hino Nacional, Hino dos soldados de Suez. Eram 9h da manhã, chovendo, ventando, por volta dos 7º C de temperatura e os curitibanos
não paravam de chegar, entumescendo a frente do forte clamando ao Exército Brasileiro por INTERVENÇÃO FEDERAL. Entre 13h e 16 h nunca foi registrado tamanho movimento segundo aspirante da cancela do forte, que confortou a todos informando que os militares dos quartéis mantém um LIVRO ATA de toda movimentação
de público observada, inclusive com monitoramento de drones para contagem de visitantes. Eram cerca de 10 drones coletando imagens e sons da manifestação durante todo o evento. Às 13h vieram se juntar ao público os manifestantes vindos do quartel do boqueirão e então pode-se constatar entre 13 e 16h cerca 200 mil pessoas.
Era um oceano verde e amarelo, 5 quadras tomadas por padriotas um verdadeiro tapete humano com bandeiras do Brasil flamejantes! Argentinos, chilenos, cubanos, venezuelanos aderiram ao movimento, subiram no trio elétrico e nos advertiram chorando "QUE ESTÃO CONOSCO NA LUTA PRA SALVAR O BRASIL DO COMUNISMO E SOCIALISMO, QUE EM SEUS PAÍSES NÃO PODEM MAIS SE MANIFESTAREM PORQUE JÁ É TARDE!" Após 16 h começaram a se juntar ao movimento manifestantes vindos de outros quartéis como do bacacheri, mantendo a multidão fervorosa embora o clima frio também se mantivesse! Não foi registrada
nenhuma intercorrência, movimento ordeiro, frente ao quartel, fato este que pode ser comprovado pelos nossos amigos soldados da Pátria, que ficaram muito à vontade com o interesse pelo público em prestigiar a Pátria, pessoas de bem, sem anarquismo, com civismo, ordem, manifestação pacífica, respeitando às normas do quartel e até mesmo sem
propagação de lixo, com utilização de banheiros químicos e voluntarismo típico de soldados do Brasil, com café, bolachas para o público. Outro clamor muito repetido foi: " EU VIM DE GRAÇA!", além de muitas vezes repetido:
"INTERVENÇÃO" (por voz dos homens), "FEDERAL" (voz das mulheres).

EMPRESAS E PROFISSIONAIS DE EVENTOS ORGANIZAM PASSEATA EM CURITIBA PARA REIVINDICAR PLANO EMERGENCIAL

“Manifesto acontece na terça (08), a partir das 10horas, durante o feriado da padroeira da cidade. São os profissionais que ninguém vê, mas sem o trabalho deles, nenhum evento acontece”.

Empresas e profissionais de eventos organizam uma passeata pacífica em Curitiba no próximo dia 08 de setembro, durante o feriado que celebra o dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, padroeira de Curitiba. O evento tem início às 10horas e o percurso será pela Avenida Cândido de Abreu (em frente a Fiep) com caminhada até o Palácio do Governo.

Segundo a organização, o ato cívico visa a defesa de paliativos claros para que a subsistência do setor seja garantida até que os eventos possam retornar de forma ampla. Sob orientação jurídica, juntamente com empreendedores e profissionais do meio, realizou-se a elaboração de um documento que representará as reivindicações, de forma coletiva e eficaz, por um plano emergencial junto ao Governo.

Existe uma grande variedade e quantidade de profissionais inseridos nesse setor. Para se ter uma breve ideia, é possível citar como exemplo os produtores, gerentes operacionais, diretores técnicos, cerimonialistas, técnicos, montadores, auxiliares técnicos, carregadores, músicos, recepcionistas, garçons, brigadistas, seguranças, bartenders, auxiliares da limpeza, promoters, motoristas, etc. Esses profissionais de eventos sempre foram praticamente invisíveis, justamente por sempre estarem nos bastidores dos eventos. Porém, sem eles nenhuma marca apresenta seu produto, nenhum artista sobe ao palco e nenhuma experiência é proporcionada. Empurram cases, carregam materiais, montam eventos surpreendentes, trabalham durante intensas horas e fazem o “show” acontecer!

Durante a passeata, os profissionais vão fazer todo o percurso empurrando os cases, que estão sendo utilizados como um símbolo, justamente por serem usados nos bastidores para guardar os equipamentos fundamentais para a montagem dos mais variados tipos de eventos que existem (shows, festivais, teatros, casamentos, festas, formaturas, corporativos, etc).

O Ato Cívico conta com a organização de Empresas e Profissionais de Eventos do Estado do Paraná. Apoio: Curitiba Convention & Visitors Bureau, Abrafesta (Associação Brasileira de Eventos), ABRAPE (Associação Brasileira dos Promotores de Eventos) e da ABEOC BRASIL PR (Associação Brasileira de Empresas de Eventos).