O feijão, protagonista na mesa do brasileiro, será tema de uma série de eventos promovidos pelo Sebrae/PR

Com o foco na inovação da produção ao consumo do feijão, o primeiro encontro online acontecerá nesta quarta-feira (05), às 16h

Discutir a produção, idealização de novos produtos e o mercado das leguminosas é o propósito de uma série de eventos pautados para o decorrer de 2021, tendo o feijão como destaque. O primeiro evento e lançamento da iniciativa será realizado de forma online e gratuita nesta quarta-feira (05). O foco é direcionado aos produtores do grão, mas interessados na temática podem participar por meio do link.

De acordo com os últimos números divulgados pelo IBGE, o Paraná é o maior produtor de feijão preto e com cor do Brasil. Segundo dados do Departamento de Economia Rural (Deral), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, o estado produziu 255,4 mil toneladas de feijão na primeira safra do ano. A estimativa é 491 mil toneladas para a segunda safra, indicando um crescimento de 83% no comparativo com a safra anterior, que foi afetada pela estiagem.

Os números expressivos indicam a importância do grão para a economia, especialmente a paranaense. Além disso, a dupla feijão com arroz é indissociável no prato do brasileiro. Tradicionalmente conhecido na forma caldosa, o feijão apresenta variedades e múltiplas formas de preparação, mas ainda pouco conhecidas. Alguns chefes de cozinha inserem a leguminosa em seu cardápio como forma de valorização regional, mas o trabalho de fortalecimento da cultura do uso do feijão em outras variantes ainda precisa ser aprimorado.

“Temos o desafio de reconhecer a importância e diversidade, porque a partir disso ampliamos a chance de outros preparos. Precisamos estimular essa riqueza e trabalhar mais fortemente o apoio à produtividade com variedade. O produtor faz aquilo que é demandado pelo mercado, então precisamos ampliar essa cartela”, explica a chef do Quintana Gastronomia, Gabriela Vilar de Carvalho, de Curitiba.

De acordo com os últimos números divulgados pelo IBGE, o Paraná é o maior produtor de feijão preto e com cor do Brasil (Imagem: Divulgação IAPAR/SEAB/AEN)

O feijão tem alto valor nutritivo, oferece uma grande quantidade de vitaminas e auxilia na saúde ao prevenir uma série de doenças. É rico em ferro que combate a anemia, possui vitaminas do complexo B e alto teor de fibras que ajudam na saúde intestinal, auxilia na saciedade e ainda possui alto aporte de cálcio, zinco e proteínas. Versátil também na alimentação, a chef comenta que o grão é um produto “comfort food”, ou seja, que desperta conforto e bem-estar.

“O feijão traz notas levemente adocicadas e pode ser feito de diversas maneiras. Podemos usar o grão para fazer feijoada, acarajé, falafel e baião de dois. Podemos misturar com outros ingredientes ou usar a farinha do feijão para o preparo de bolos, até mesmo uma sobremesa clássica japonesa. Pode ser feijão hidratado, partido, frito na imersão, recheado, temperado e tantas outras brincadeiras. Essa relação de textura e crocância pode trazer surpresas gastronômicas, revelando experiências inusitadas e muito saborosas”, indica Gabriela.

Para a coordenadora estadual do agronegócio do Sebrae/PR, Maria Isabel Guimarães, um dos desafios atuais é trabalhar o consumo no mercado interno também já pensando no mercado externo. Ela acredita que, por meio da mudança de hábito do feijão tradicionalmente caldoso para outras formas de preparo, é possível diversificar e ampliar horizontes.

“Queremos que as pessoas saibam das possibilidades e das variedades que existe, que o produtor produza outros tipos de feijão além dos nossos tipos já tradicionais e que o consumidor saiba disso, que não é só na panela de pressão que se faz feijão ou para comer com arroz. O feijão é considerado queridinho do Brasil, mas é um produto que pode ser exportado desde que atenda as exigências de consumo. Queremos que chefes, indústrias alimentícias e consumidores utilizem o feijão como base ou como matéria-prima. São diferentes tipos do grão e novos sabores”, finaliza a consultora.

Junto com o Instituto Brasileiro de Feijão e Pulses (IBRAFE), o Sebrae/PR irá trabalhar várias ações com o tema Feijão. Durante os próximos meses, várias ações voltadas para o consumidor serão realizadas nas mídias digitais e sociais do projeto com o objetivo de ampliar o consumo, gerar negócios e inovação em toda cadeia. Palestras, lives, desafio de restaurantes, dicas de preparos no dia a dia, lançamento de livro online de receitas e outras ações acontecerão no decorrer do ano.

Conexões a Céu Aberto acontece neste sábado (07) no Terra Lagundri

Conexões a Céu Aberto acontece neste sábado (07) no Terra Lagundri
Evento realizado em parceria com a Stella Artois acontece das 11h30 às 20h30 e oferece atrações culturais e gastronômicas com foco em gerar interações

Diversas marcas se reúnem no Terra Lagundri, novo espaço do restaurante Lagundri, para o Conexões a Céu Aberto – um dia de atrações culturais e gastronômicas para toda família, que acontece no sábado, 7 de dezembro, das 11h30 às 20h30.

Realizado pela Céu Aberto Eventos, em parceria com a Stella Artois, o evento, que é gratuito e aberto ao público, tem como objetivo gerar conexões entre pessoas, empresas e profissionais, e espera a mesma adesão do Prudente a Céu Aberto e Manoo a Céu Aberto, ambos realizados este ano com público recorde. “Esperamos atrelar a boa gastronomia, cultura, arte e música com encontros, conversa, troca de experiencias e momentos afetivos”, afirma um dos idealizadores do evento, Afro Junior.

A gastronomia é assinada pelo chef Marcelo Amaral (foto), do Lagundri, que prepara um cardápio de cozinha ancestral brasileira denominada Origens, com participação da chef Gabriela Carvalho, do Quintana. Uma parte da verba será destinada para o God Truck.

Pra completar, os parceiros da Prudente - Tasty Salad Shop, L’Art di Gellato e Lola li Café e Doceria estarão presentes com opções exclusivas para a festa, e o café do Super Nova completa o menu. Os drinks ficam por conta da Stella Artois e Colorado, para os amantes de cervejas, e do Ginger bar, com oficinas de drinks e degustações especiais.

A ocasião será marcada também pelo aniversário de três anos do God Truck, que participa com uma exposição fotográfica em um lounge super descolado, e do Donas de Mim, que oferece aos presentes massagens em um espaço de bem-estar, além de um brechó beneficente do Instituo Incanto, que também vai oferecer diversas atrações performáticas com os artistas do Entrelaços. Além desses espaços, a Urban Arts proporciona uma linda exposição de imagens com o tema do evento: Conexões.

As crianças serão muito bem-vindas: a marca de brinquedos Oficina do Vovoio estará presente no espaço kids e o Brincar na Praça vai trazer uma experiência sensorial para os pequenos. Os filhos de quatro patas também são convidados.

Responsabilidade social sempre está em voga e, desta vez, o tema é Lixo Responsável com o Projeto Compostar e Instituto Lixo e Cidadania. Tudo isso embalado pelo som de Renata Guglielme, Indiara e Ricardo Maranhão, Bananeira Brass Band, Jazz Cigano, Peyote e o DJ João Branco.

Serviço:
Conexões a Céu Aberto
Local: Terra Lagundri - R. Saldanha Marinho, 1061 - Centro
Data: 7/12/2019 - sábado
Horário: das 11h30 às 20h30