‘Ferrari’ dos caminhões desembarca no Paraná

Barigüi Caminhões faz a entrega (hoje) de dez unidades da lendária marca Peterbilt a um grupo de colecionadores

A Barigüi Caminhões - concessionária DAF (grupo PACCAR) – fará a entrega hoje (dia 30/04), de um lote com dez caminhões da lendária marca Peterbilt, sonho de consumo de todo caminhoneiro ao redor do mundo.

A importação foi realizada por um grupo de empresários – alguns colecionadores – de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Eles virão buscar pessoalmente seus “brinquedinhos” logo mais. Cada unidade tem valor estimado em torno de R$ 2 milhões e vieram dos Estados Unidos, onde são produzidos.

Os veículos são equipados com cama de casal, TV e frigobar na cabine. Os caminhões chegaram pelo Porto de Paranaguá e são os primeiros e únicos do gênero no Brasil. Os donos dos caminhões já sairão dirigindo os veículos para seus destinos.

“Será um prazer entregar essas máquinas – que não são vendidas no Brasil - aos seus proprietários”, conta Marcos Monteiro, diretor da Barigüi Caminhões.

Parcerias de sucesso
O grupo PACCAR é líder global em tecnologia no projeto, fabricação e suporte ao cliente de caminhões premium leves, médios e pesados com as marcas Kenworth, Peterbilt e DAF.

Em 1996, o grupo PACCAR adquiriu a marca DAF, ampliando sua presença global e tornando um dos maiores produtores de caminhões do mundo.

Em 2011 a DAF chegou ao Brasil e, em dois anos, construiu sua planta em Ponta Grossa, no Paraná. A unidade está situada em um terreno de 2,3 milhões de m², a maior área do Grupo PACCAR no mundo.

No Paraná e Santa Catarina, a DAF tem como parceiro representante o Grupo Barigüi, que existe desde 1993 e é o maior revendedor de veículos novos e seminovos do Sul do Brasil.

Em virtude da qualidade e robustez, cerca de 12 mil caminhões DAF já foram comercializados no Brasil, dos quais mais de 2500 unidades pela Barigüi Caminhões.

A entrega dos dez caminhões da marca Peterbilt será hoje (dia 30), na concessionária DAF, que fica na rodovia Contorno Leste BR 116, km 98, 7501, Costeira, São José dos Pinhais-PR.

Sugestão de legenda
Caminhões raros da lendária marca americana Peterbilt serão entregues a um grupo de grupo de empresários – alguns colecionadores – de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina hoje à tarde

Créditos das fotos
Fabiano Guma

Caminhão itinerante da Serasa chega a Curitiba levando informações e serviços gratuitos à população

O atendimento em Curitiba começará dia 18 fevereiro, na Praça Rui Barbosa, oferecendo consulta de CPF, Score, entre outros. O número de inadimplentes na cidade é de 572.472

São Paulo, fevereiro de 2020–De volta à estrada: o Serasa Consumidor, startup e braço da Serasa Experian, liga os motores do caminhão itinerante – agora equipado com 10 painéis solares para a produção da própria energia –possibilitando acessos e serviços de forma gratuita para os consumidores.

A jornada, que começou em São Paulo e passará por mais 40 cidades até o fim deste ano, fica em Curitiba entre os dias 18 a 22 de fevereiro no Praça Rui Barbosa. Em dezembro de 2019, a cidade indicava que 572.472pessoas estavam endividadas. O número representa praticamente 43% da população adulta. A capital paranaense é a décima cidade com maior número de inadimplentes no país. A maior da região sul.

No total, o veículo rodará mais de 18 mil km pelas estradas brasileiras ao longo de 2020. Em seus dois primeiros anos, o caminhão possibilitou o atendimento de mais de 210 mil pessoas que puderam consultar seu CPF; conhecer e entender sua pontuação de crédito com o Serasa Score,além de simular e/ou contratar empréstimos no comparador de crédito online Serasa eCred.

Além de todos esses serviços, a expectativa é ainda maior, já que os consumidoresque visitarem o caminhão terão acesso a renegociações de dívidas atrasadas e/ou negativadas com empresas parceiras do Serasa Limpa Nome Online epoderão sair de lá com o boleto de pagamento em mãos.

Em 2020, o caminhão terá uma grande novidade: o consumidor terá a oportunidade de conhecer um programa que apresenta chances de renda extra. A Sumup, fintech de meio de pagamentos, promoverá treinamentos para quem quiser se tornar um novo consultor de vendas para suas maquininhas, com remuneração a cada transação realizada.

“A SumUp existe para colaborar com o crescimento dos microempreendedores, de forma que essas pessoas tenham acesso a tecnologias de pagamento que facilitem o recebimento por vendas de produtos e serviços prestados, com segurança, rapidez e taxas justas. Estamos felizes por fazer parte de uma ação importante de educação financeira como o projeto Serasa Itinerante, no qual, teremos a oportunidade de dividir conhecimentos e formar novos consultores da fintech em todas as regiões do país, preparando essas pessoas para que possam alcançar a mudança de vida que desejam”, afirma Fabiano Camperlingo, CEO da SumUp no Brasil.

“O objetivo desse projeto é possibilitar o acesso à informação e aos serviços gratuitos que a Serasa oferece, principalmente para pessoas que não possuem facilidade de acesso à internet. No primeiro ano, mostramos que a negociação da dívida é o primeiro passo para a melhoria da saúde financeira. No segundo ano, levamos educação financeira para que a taxa de reincidência de endividamentos diminuísse. Este ano temos 3 novos objetivos: tornar o projeto dos consumidores, de modo que teremos 10 cidades escolhidas por voto popular, fazendo dele um projeto ainda mais sustentável através da produção da própria energia e possibilitar que os consumidores tenham acesso a uma forma de renda extra, que é um dos principais fatores de inadimplência.”, afirma Giresse Contini, gerente do Serasa Consumidor. 

As 10 cidades escolhidas são: Imperatriz, Maringá, Arapiraca, Diadema, Maracanaú, Itabuna, Camaçari, Dourados, Itajaí e Feira de Santana.

Atualmente, o Serasa conta com mais de 40 empresas parceiras entre bancos, cartões de crédito, operadoras de telefonia e TV por assinatura como: Ipanema, Tribanco, Porto Seguro, Itaú, Claro, NET, Recovery e Vivo. As negociações com elas são possíveis no caminhão itinerante, nas agências Serasa por todo o Brasil, pelo site do Serasa Limpa Nome e pelo aplicativo do Serasa Consumidor.

“Com a iniciativa, o Serasa Consumidor aumenta sua proximidade com a população, atendendo presencialmente sem custos e levando informação, que é o primeiro e mais importante passo para o início de uma vida financeira saudável. Além disso, temos ciência de que empoderar pessoas para terem o domínio e conhecimento de seu histórico financeiro é o caminho para um futuro mais confortável economicamente. A falta de tempo ou acesso à internet não podem se tornar empecilhos para que o cidadão tenha acesso à informação de qualidade”, finaliza Giresse.     

Destinos
Além de Curitiba, o caminhão visitará também: Florianópolis, Porto Alegre, Blumenau,Itajai, Maringá, Dourados, Campo Grande, Cuiabá, Goiânia,Uberlândia, Brasília, Palmas, Imperatriz, Belém, São Luís, Teresina, Fortaleza, Maracanaú, Natal, João Pessoa, Recife, Maceió, Arapiraca, Aracaju, Feira de Santana, Salvador, Camaçari, Itabuna, Vitória, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias e São Carlos.

Obs.: As cidades ou as datas de visita poderão mudar sem aviso prévio.

Mapa da inadimplência

Segundo estudo desenvolvido pela Serasa Experian, em dezembro de 2019, o número de consumidores inadimplentes no país chegou a 63.3 milhões, 1.5% a mais do que em dezembro de 2018, quando eram 62,4 milhões. O montante alcançado pelas dívidas até dezembro de 2019 foi de R$ 256 bilhões, com o valor médio de R$ 4.043,00.
A maior concentração dos negativados tem entre 26 e 40 anos (37% do total). Em segundo no ranking de participação entre os inadimplentes estão pessoas de 41 e 60 anos, que correspondem por 34,2% do total.
Questões de gênero, a inadimplência está dividida praticamente por igual: 48,3% são homens, e 46,6% são mulheres. A maioria das dívidas foi contraída junto aos setores bancários e de cartão de crédito, totalizando 27,8% do total. O setor de contas básicas, como energia elétrica, água e gás respondeu por 20,4% do total de débitos em atraso. O setor de varejo alcançou 12,3% do montante. Já o setor de telefonia respondeu por 11% da inadimplência.

Inadimplência por região

O estudo também mostra que, em dezembro de 2019, a região com maior percentual de inadimplentes do país era a Sudeste, com 45,5% do total, seguida pela região Nordeste, com 24,4%. O Sul ficou em terceiro, com 12,8% dos negativados. A região Norte registrou 9,3%, seguido da região Centro-Oeste, com 8,2%.
  
AGENDA:Curitiba
Data: De 18 a 22 de fevereiro
Horário: 8h às 18h.
Local: Praça Rui Barbosa
       
Serasa Consumidor
Desde 2012, o Serasa Consumidor é o braço da Serasa Experian e responsável por estreitar o relacionamento entre a empresa e o consumidor.
Em 2017 passou por uma reformulação, se tornou startup e recebeu o propósito de lançar diversos serviços digitais voltados para melhoria da saúde financeira do consumidor, como: Serasa Score, Serasa eCred, Serasa Antifraude, Serasa Ensina e Novo Serasa Limpa Nome. A intenção de ter todos esses produtos, é estar presente em toda a jornada financeira das pessoas, descomplicando o acesso ao conhecimento e democratizando o crédito para os brasileiros de uma forma rápida, prática e justa.

Serasa Experian
A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à ExperianCompany em 2007. Responde on-line/real-time a 6 milhões de consultas por dia, auxiliando 500 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio.
Constantemente orientada para soluções inovadoras, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.
Para mais informações, visite www.serasaexperian.com.br

Um caminhão de pães especiais Única em Curitiba, A Padaria Chegou

Um caminhão de pães especiais

Única em Curitiba, A Padaria Chegou entrega pães artesanais dentro de condomínios e empresas, em horários pré - agendados. São mais de 20 tipos, entre doces e salgados

Que tal receber pães artesanais, sem conservantes e fresquinhos, dentro do seu condomínio ou empresa? É exatamente isso que A Padaria Chegou oferece aos curitibanos, em um serviço inédito na cidade: um caminhão cheio de pães que vai até seu condomínio em horário pré-agendado. Praticidade e produtos de encher os olhos, que dão água na boca e reafirmam a satisfação de comer bem.

Pães & baguetes, bolos & cookies, além de queijos, curados e meia cura, de produtores paranaenses e mineiros, e dos embutidos da Salumeria Monte Belo, de Quatro Barras na Região Metropolitana de Curitiba, fazem a alegria dos paladares mais exigentes e estimulam o hábito saudável de saber de onde vem o que é consumido.

Além do caminhão na porta da casa do cliente, A Padaria Chegou atende também em endereço fixo, no bairro Campo Comprido, em um espaço simpático e aconchegante onde o cliente pode acompanhar os padeiros fazendo os pães. São em torno de 20 tipos de pães produzidos com fermentação natural. Opções que vão deste os tradicionais baguetes e multicereais, passando por pães étnicos como o Challah (pão judaico trançado) até pães especiais - a cada dia um diferente, como o de chocolate, o folar e a focaccia de funghi.

O dono da ideia, Marcelo França, já era músico quando, em 1998, decidiu fazer um curso de cozinheiro. A ideia era ter uma profissão - ou duas, no caso – com a qual ele pudesse trabalhar em qualquer lugar. E foi assim que o músico morou em vários lugares do Brasil antes de retornar a Curitiba e apostar todas as suas fichas na fábrica de pães artesanais que leva uma variedade diferente de guloseimas, literalmente, até a porta da casa do freguês.

Tudo começou com o caminhão, em maio de 2017, com Marcelo produzindo, sozinho ainda, na cozinha de sua casa. A boa nova correu veloz e a procura animou França que decidiu investir para montar também sua acolhedora padaria, inaugurada em outubro passado.

A rotina é pesada – e mudou a vida do músico, que agora ouve o silêncio da madrugada e não mais o som dos instrumentos. A despeito do dia que começa ainda de noite, basta uma conversa rápida com Marcelo para perceber a satisfação e que os planos são de expansão. “Pão artesanal dá bastante trabalho, arrumar uma loja para um bom atendimento também é uma trabalheira, mas é bem claro que o mercado comporta mais caminhões é o que planejamos”, adianta ele, que não raras vezes vê o sol raiar cuidando dos preparos e fermentações que são a garantia da qualidade dos produtos.

A trupe de França nesta empreitada conta com outros dois músicos que também trocaram os instrumentos pelas farinhas e grãos e duas refugiadas haitianas, que além de aprender uma nova profissão estão ganhando aulas de português. “Mão de obra de panificação é escassa e já que teria que ensinar alguém optei por ensinar essas pessoas que estão fragilizadas pela distância de seu país e familiares e que precisam de trabalho e apoio”, conta.

Serviço:
A Padaria Chegou (R. José Izidoro Biazetto, 848, Campo Comprido)
Informações: (41) 98705-9085

Siga A Padaria Chegou:
www.facebook.com/APadariaChegou
Instagram - @apadariachegou