Casa Vogue na Estrada: design e sustentabilidade se fundem na Bahia

Hugo França, Laila Assef e Naná Lavander perseguem a preservação do meio ambiente e a conscientização sobre o descarte, transformando em arte o que seria jogado fora

6=YjN2UTZ4ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDOxMTN4MDN0QjM6cWZwpmL39GbkNDNiBTYxUGZhNzNhZGOmNjN3YGOlFzNzkjZwAjZjdjRyUiZjdjRyUCOzUDOGJTJyQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopTN
3=IWZ2QjZjpjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDOxMTN4MDN0QjM6cWZwpmL39Gb4UjNhVmM0kDOzUmZyEjZiF2YxADM5IGNmlTOwQGN4UjRyUCN4UjRyUCOzUDOGJTJyQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopDN
7=MzMjBTZkpjci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pDOxMTN4MDN0QjM6cWZwpmL39Gb5kzMzIDZ1ATYkhTYjNTO0gTZwADM5ATN3gTYhFGO1cjRyUCO1cjRyUCOzUDOGJTJyQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopjN

A beleza inebriante da Costa do Descobrimento, como é conhecido o litoral sul da Bahia, convence pessoas de todos os cantos do mundo desde os anos 1970 a reformularem a vida para fazer do local seu endereço definitivo. No entanto, a disponibilização de luz elétrica e a abertura das estradas (que facilitaram tanto o acesso quanto o turismo) ameaçaram colocar em risco a integridade desse cenário exuberante, capaz de conquistar à primeira vista. Aos poucos, a preocupação com sua conservação despontou na produção de artistas residentes ali, como mostra a reportagem especial da edição de dezembro e janeiro da revista Casa Vogue.

O gaúcho Hugo França, que desembarcou em Trancoso há duas décadas, em busca de mais proximidade com a natureza, e lá passou 15 anos é um exemplo. Neste período, entrou em contato com o desperdício na extração e no uso da madeira, vivência que despertou nele a vocação de criar esculturas mobiliárias: móveis de assento e de apoio, utilitários e obras de arte entalhados em árvores condenadas. Destas, praticamente todos os pedaços, de raízes desenterradas a troncos ocos e toras maciças, renascem com novo propósito. A maioria das peças emprega pequi-vinagreiro, "rejeitado pela marcenaria convencional, pela arquitetura e pela construção civil, mas não pelos índios pataxós, que dispõem dele em suas canoas", pontua França. Segundo ele, trata-se da espécie com maior longevidade em floresta tropical, chegando à idade adulta aos 200 anos e alcançando os 1.200. Em seu ateliê em Trancoso, onde voltou a viver desde março de 2020, há um acervo com os tesouros encontrados. "O pequi-vinagreiro é o único que resta das queimadas. Por ter um alto índice de umidade, é mais resistente ao fogo e sua decomposição ocorre lentamente", explica.

Na vila há 15 anos, a mineira Laila Assef diz que foi escolhida pelo plástico quando chegou. "Era tanta garrafinha jogada na minha porta ou esquecida em cima do balcão...", relembra. Graduada em psicologia, ela atuou no setor da moda por muitos anos em Belo Horizonte, onde abriu uma fábrica de roupas e desenvolveu estampas. "Desse ponto para a pintura foi um pulo. Logo me voltei completamente para o mundo das artes", relata. Mirando uma rotina mais tranquila e perto do mar, instalou-se no vilarejo baiano e rapidamente alugou a loja que mantém até hoje no Quadrado, com curadoria de decoração, arte e suas próprias criações - entre elas, luminárias de PET. "Ao presenciar aquele tanto de descarte, fiquei incomodada e pensei em alguma maneira de contribuir. Seria, inclusive, um jeito de agradecer pelo acolhimento que recebi da comunidade", diz.

Teve, então, a ideia de enfeitar a carrocinha do senhor Manoel, que vende abacaxi na praia, para mobilizar as pessoas a recolherem garrafas, e distribuiu coletores em bares, restaurantes e pousadas. "Foi um sucesso! Em um mês, juntei 10 mil unidades". Esta é a quantidade aproximada que Laila conserva regularmente em seu ateliê. "O estoque esvazia para produção e enche com a coleta." Com o tempo, aperfeiçoou a técnica e aprendeu a dar cabo de todos os componentes do recipiente, até das tampinhas, na concepção de suas luminárias. Durante a elaboração, aposta em ferramentas inusitadas, como modeladores de cabelo para curvar o material ou toalhas de renda que servem como estêncil. Laila se alegra ao ver a valorização que o trabalho ganhou.

O resgate do que iria para o lixo também está no DNA de Naná Lavander. Formada em artes plásticas, a paulistana iniciou a carreira no teatro, montando adereços e cenários. "Como a verba era pequena, sempre improvisava. " Em seguida, ao longo de cinco anos na TV Cultura, deu vida a bonecos e maquinou efeitos especiais com poucos recursos em programas como Ilha Rá-Tim-Bum e Cocoricó. Na publicidade, finalmente deparou com um mercado próspero, mas enfrentou um impasse ético: "Eu usava coisas reaproveitadas para vender outras novas e comecei a me questionar. " Quando resolveu largar tudo para se dedicar a projetos autorais, tirou umas férias e dirigiu sozinha até a Bahia. Trancoso. "Estava uma lua enorme, o Quadrado em festa. Eu ia só pernoitar, e acabei ficando uma semana. " Extasiada, decidiu que iria morar ali. Retornou a São Paulo, vendeu tudo e já reside no vilarejo há cinco anos. Em seu ateliê, coleciona todos os tipos de sobra (tampinhas, canetas, CDs, rolhas, barbantes) e geralmente os converte em peças lúdicas, com movimento, nascidas de sua mente inquieta.

Confira a íntegra da matéria na edição de dezembro e janeiro de Casa Vogue.

Serviço
Revista Casa Vogue | Edição de dezembro e janeiro
Nas bancas a partir de 17 de dezembro

Casa Vogue Experience 2020:um passeio pelos anos 1950 através da arquitetura e do design

A edição de dezembro e janeiro de Casa Vogue apresenta os destaques do evento que materializa o conteúdo da revista em uma casa decorada pela equipe

0=QWO1cjMwojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pTO2QDN4IDN0ATM6cWZwpmL39GbzADMwMmZ4MWYyI2Y0IGN2UzN1IjMlBjZ1UDZiNjZ4UmRyUiZ4UmRyUCOzUDOGJTJyQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopDN

Em sua sexta edição, o Casa Vogue Experience, maior evento anual da Casa Vogue, não teve público presencial. Em sua primeira versão online, proporcionou um passeio pelos anos 1950, expressado no décor e nas tendências de design e cores. Além de belos interiores, a casa no Jardim Europa, em São Paulo, recebeu uma rica programação de talks, palestras e workshops com expoentes da arquitetura e da decoração, transmitidos ao vivo para o público por meio das redes sociais e do site da revista.

Em reportagem especial, a edição de dezembro e janeiro de Casa Vogue revela os pormenores das escolhas de Adriana Frattini, Diretora de Estilo da revista, que assina o projeto da decoração e vestiu o imóvel, de cerca de 70 anos, de novos tons e estampas que conferiram aos eventos um colorido especial.

"No começo de dezembro, ocupamos e decoramos uma casa real. Mas, por razões óbvias, não pudemos receber o público presencialmente", diz Guilherme Amorozo, diretor de conteúdo da marca. "O lado bom é que, pela primeira vez, tivemos transmissão on-line, ao vivo, acessível para qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo", explica.

O espaço designado para acolher a abrangente agenda de palestras, talks e workshops foi mobiliado pelos profissionais de estilo da revista, com décor inspirado nos anos 1950. Localizado no coração do Jardim Europa, o imóvel de cerca de 70 anos vestiu-se de novos tons e estampas a fim de sediar o evento. "A pandemia levou as pessoas a colorirem seus lares. Nesse cenário, o uso de pinturas e padrões geométricos é muito interessante", sintetiza Adriana Frattini, diretora de estilo.

Nas linhas do mobiliário e nos quadros com imagens domésticas capazes de propor uma relação metalinguística com a residência, os cômodos narravam histórias, propunham olhares diversificados sobre o morar e despertavam sensações. Itens que remetiam à década de 1950 se combinaram com peças atualíssimas, num ritmo que passeava entre memórias afetivas e tendências do presente. "A decoração tinha um perfume do passado, mas, ao mesmo tempo, puxava para 2020. Era possível sentir isso lá", diz Adriana, que conduziu a produção com Natália Martucci e Lucas Freitas, integrantes de sua equipe. O time contou ainda com ajuda das arquitetas Bia Guedes e Francine Jubran, do Estúdio Olo.

Todo o conteúdo - rico e inspirador, embalado por uma coleção de delicadezas que fechou o ano com a paleta esperançosa de um futuro melhor - está disponível no YouTube, IGTV e no site da Casa Vogue. Confira a íntegra da matéria e os pormenores da decoração da casa na edição de dezembro e janeiro da revista.

Serviço
Revista Casa Vogue | Edição de dezembro e janeiro
Nas bancas a partir de 17 de dezembro

Casa Vogue Experience ganha edição digital

Evento conta com a participação de grandes nomes da arquitetura, design e decor nacional, como Mauricio Arruda, Paulo Biacchi e Newton Lima e pode ser acompanhado em tempo real nas redes sociais e no site da revista

1=IWZ0ADZ2ojci5SbvNmLhJnclRHQpxGblNWdsFWbhN3cl5WY2pzM4AzN0QTN3YTM6cWZwpmL39GblRDO5YTNiVWOlJzY4Y2M0cDZjVDOjBTO0ETOmZDN2AjRyUCN2AjRyUCOzUDOGJTJyQjNxEzXtUTMt8VbvNmLyBXbtkmRyUiRyUSQzUycwRHdopjN
Créditos: Divulgação

A 6ª edição do Casa Vogue Experience, evento que materializa o conteúdo publicado pela CASA VOGUE em uma casa real, decorada pela própria equipe da revista, acontece de 1 a 4 de dezembro em novo formato. Em consonância com as transformações globais provocadas pela pandemia, a redação do título concebe a primeira edição digital do evento. As atividades têm como norte diálogos que transitam entre a nostalgia, olhares para soluções inovadoras do presente, e hipóteses sobre o futuro do mercado de Arquitetura e Decoração. A programação conta com palestras, talks e workshops inéditos, e se debruça sobre as vanguardas do universo do morar, discutindo temas como neuroarquitetura, slow living, novas funcionalidades para o design, bem-estar, afroveganismo e representatividade nas artes visuais.

"O Casa Vogue Experience deste ano acontecerá 100% via internet, mas preserva o DNA do evento: uma casa concebida pela Casa Vogue com um aspecto de residência real, e não de showroom, feita com produtos de marcas parceiras, que serve de cenário para diversos acontecimentos ligados ao nosso universo. Em 2020, a materialização do conteúdo da Casa Vogue virá por meios digitais", afirma Guilherme Amorozo, Diretor de conteúdo da revista.

O Casa Vogue Experience 2020 será transmitido em tempo real direto dessa casa, de forma gratuita, pelas redes sociais (YouTube, Instagram, Facebook) e site da revista. Tomando como norte referências nostálgicas dos anos 1950, com pinceladas de um design elegante e contido inserido em ambientes multicoloridos, a equipe de estilo cuidou de cada detalhe dos 200 m² da construção que o evento ocupa no Jardim América, em São Paulo.

As últimas tendências de decoração estarão presentes em todos os ambientes, assinados e minuciosamente projetados pela equipe Casa Vogue, bem como na programação, que conta com grandes nomes da arquitetura, design e decor nacional.

No primeiro dia do evento, terça-feira (01/12), os espectadores farão um tour virtual pela casa cenário, o preview digital será uma imersão pelos cômodos, e contará com relatos da equipe da revista sobre as ideias por trás da concepção dos projetos de cada ambiente.

No dia seguinte (02/12) os convidados discutirão as transformações do morar no contexto de isolamento social. Noemi Saga, Natasha Schlobach, Graziela Nivoloni e Ronald Sasson abrem a programação discutindo as novas funções do Design no âmbito de pandemia. Adrielly Barron explica o conceito de neuroarquitetura, uma abordagem que pretende construir ambientes que ajudem a performar e até tratar patologias. O Chef Ricardo Brasil apresenta um workshop sobre ‘afroveganismo’ e ensina os espectadores a preparar pratos que seguem os fundamentos deste movimento gastronômico. Marcos Leite, do grupo Zap, e João Vianna, da Loft, debatem as dores de procurar um imóvel e as mudanças que o mercado sofreu neste ano.

Na quinta-feira (03/12) as atividades serão centradas na criatividade, artes visuais e lifestyle. Henrique Szklo, professor e especialista em criatividade, ensina ‘como se manter criativo’ no trabalho e em casa. Allan Arie, Carollina Lauriano, Moisés Patricio e Heloisa Ariadne promovem um importante debate sobre ‘representatividade cultural’ e como incluir mais artistas negros no mercado das artes. Mauricio Arruda fará uma palestra sobre o ‘cliente como co-autor’ e as novas formas de fazer projetos arquitetônicos. Carl Honoré, autor italiano do livro ‘Devagar’, falará sobre o movimento slow living e sua aplicabilidade no contexto contemporâneo.

Na sexta-feira (04/12), a programação está centrada na arquitetura contemporânea, transformações digitais e dicas de organização. Cora Fernandes, personal organizer, oferece uma palestra sobre como organizar o seu closet e manter tudo sempre em ordem. Amanda Sequin e Renata Gaia falam sobre Social Media para Arquitetos e ensinam os profissionais a se posicionar nas redes sociais de forma criativa e efetiva. Samuel Gonçalves, do canal Um Botânico no Apartamento, fará um workshop explicando tudo o que você precisa saber para ter uma floresta dentro de casa. E para fechar a programação do evento Newton Lima e Paulo Biacchi discutem formas de repensar ambientes conciliando as novas funções que as casas assumiram durante o isolamento social.

Além disso, a edição conta com a parceria das marcas, Suvinil, Dell Anno, BMW, Breton, Diageo, Nespresso, Chandon, Castelatto, Arti, Vasap e Botteh, que se farão presentes tanto no conteúdo das palestras como nos elementos de decoração da casa.

Sobre a Casa Vogue
Casa Vogue é a revista de maior prestígio do Brasil em decoração, design, arquitetura e lifestyle. Autoridade máxima em comportamento e tendências, todos os meses ela encanta e inspira os amantes do bom viver.

Serviço
Casa Vogue Experience 2020
De 1 a 4 de dezembro
Horários na programação
Transmitida no YouTube, no Facebook e no Instagram da Casa Vogue (@casavoguebrasil)

Chef Vitor Bourguignon ensina virtualmente pratos tradicionais em releituras contemporâneas

Em evento virtual privado para convidados da Florense Carlos de Carvalho, o chef preparou três pratos que trouxeram sabor e aromas brasileiros na casa dos participantes. Veja o cardápio e as dicas apresentadas para os convidados;

downloadAttachment&Message%5Buid%5D=180579&Message%5Benvelope%5D%5Bmessage-id%5D=%253C023601d6a18c%2524c7e64a60%252457b2df20%2524%2540mcommdigital.com.br%253E&Message%5BmailBox%5D%5Bmailbox_id%5D=INBOX&MessageAttachment%5B%5D%5Battachment_id%5D=%3C023601d6a18c%24c7e64a60%2457b2df20%24%40mcommdigital.com.br%3E-1.1.3Cozinhar com um chef e preparar seus pratos em casa, foi a proposta da experiência organizada pela Florense Carlos de Carvalho com o chef Vitor Bourguignon, vencedor do reality show gastronômico Masterchef, em 2019. Os convidados do projeto Conexão Florense participaram de um encontro virtual, em que puderam conhecer a história e o preparo das receitas e degustar os pratos em casa.
O chef preparou suas receitas na bancada do Sistema f53, no showroom da loja na Carlos de Carvalho, que apresenta um conceito que reinterpreta o ritual de cozinhar a partir de um olhar contemporâneo e coloca o ambiente novamente no centro da casa. Criado a partir da concepção dos arquitetos e designers uruguaios, Federico Senociaín e Sebastián Rial, do estúdio La Agencia, o f53 foi vencedor de premiações internacionais como: The Good Design Awards, em Chicago, e A’ Design Award and Competition, em Milão, além de ser selecionado pela Bienal Iberoamericana de Diseño, em Madrid. “O f53 é um sonho de qualquer cozinheiro ou entusiasta da gastronomia, além da sua funcionalidade, ele é lindo!”, declarou o chef durante a live.

O projeto Conexão Florense é uma atividade desenvolvida pela franquia para aproximar os profissionais e clientes de arquitetura e design de interiores. “Em um momento que exige cuidado, a loja preparou um encontro virtual para um evento inédito e interativo, que além de promover uma experiência diferenciada, criou novas memórias para os nossos parceiros. Uma memória com sabores, sensações e conectividade”, descreve o sócio da loja na Carlos de Carvalho, Nelson Calcagnotto.

O menu preparado pelo Bourguignon para os convidados trouxe receitas típicas italianas repensadas para incorporar ingredientes paranaenses. Confira o cardápio e as dicas do chef durante o evento:

Entrada: Canoli Caprese

Um dos clássicos da gastronomia mundial, o canoli é um típico “pastel” italiano que, na maioria das vezes, é preenchido com recheios doces. “Aqui, a brincadeira foi se apoiar da versatilidade da receita e trazer outro prato típico italiano, que é a salada caprese. Dessa fusão, temos uma massa recheada de Stracciatella, pesto genovês e tomate concassê”, relata.

Prato principal: Barreado, Gnocci de Banana da Terra e Gremolata

“O barreado é uma receita típica do Paraná onde, originalmente, se degusta a carne cozida por longas horas com farinha de mandioca, banana e laranja. É um prato com uma raiz histórica muito forte e bela”, apresentou o chef. Para valorizar o prato cultural e contemporizá-lo, Vitor produziu o Gnocci de Banana para compor e harmonizar com a receita, que ainda leva uma gremolata, um molho de ervas típico italiano que traz frescor.

Sobremesa: Pudim de Baru e Tuile de Caramelo e Flor de Sal

Para o chef, uma das comidas mais afetivas que existe é o pudim. “As suas possibilidades em termos de sabor, são infinitas”, acrescenta. Para a noite do evento, Vitor apresentou um pudim aromatizado com Baru, uma castanha típica brasileira com sabor muito próximo ao da baunilha. O pudim foi servido com uma tuile de caramelo salgado, para trazer um contraste de texturas que usualmente não se encontra nesse prato tão brasileiro.

A Florense Carlos de Carvalho
A Florense Carlos de Carvalho está no mercado de luxo curitibano há 32 anos. É referência em mobiliário high end, design e arquitetura com peças exclusivas e acabamentos diferenciados. A franquia é uma empresa brasileira com raízes italianas, design internacional e processos produtivos ecologicamente corretos, onde tecnologia de ponta e trabalho artesanal (fatto a mano) vibram na mesma sintonia para gerar móveis de finíssimo acabamento. Com uma marca autoral, que domina todos os processos industriais e opera pelo sistema custom made, personaliza cada projeto como uma grande marcenaria fina, com flexibilidade de medidas, variedade de materiais nobres e centenas de padrões de acabamentos.

Serviço
Florense Carlos de Carvalho
Endereço: Alameda Carlos de Carvalho, 1301, Batel – Curitiba (PR)
Telefone: (41) 3013-1010
Site: www.florense.com
Instagram: @florensecarlosdecarvalho

CASACOR inaugura nacionalmente o Projeto Janelas CASACOR

Um verdadeiro exercício criativo e de reflexão, com o objetivo de tornar tangíveis, conceitos e ideias traduzindo a casa dos novos tempos. O lançamento será 100% digital e pode ser acompanhado nas redes sociais oficiais da marca, no Facebook, Instagram e YouTube. Com a edição 2020 de CASACOR - a mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas - adiada, o formato das Janelas CASACOR vem como resposta ao momento que estamos vivendo

No projeto, vitrines espalhadas pelo Brasil materializam a casa pós-pandemia na visão do elenco de profissionais CASACOR, que terá como desafio alguns questionamentos que fazem parte da vida de todas as pessoas: O que mudou em nossas vidas e em nossos lares com o novo Coronavírus? Quais são nossas novas necessidades e anseios? Tudo será digital ou ainda resta espaço para o contato?

CASACOR convidou os mais destacados arquitetos e designers de interiores do Brasil a pensar nas respostas para essas perguntas e colocar tudo em janelas que permitam avistar a realidade do novo morar.

O projeto, uma iniciativa democrática, presente nas áreas centrais e periféricas das metrópoles, que dá continuidade ao compromisso de responsabilidade social e sustentabilidade da CASACOR, poderá ser visto de duas formas, totalmente gratuitas: pessoalmente - cumprindo as regras saúde, segurança e distanciamento social - ou com visitas virtuais guiadas pelo autor de cada projeto, no hotsite do projeto Janelas CASACOR.

A primeira, das 11 cidades que recebem a exposição Janelas CASACOR, é a capital federal, Brasília, no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitscheck, que vai de 03 de outubro a 02 de novembro. A instalação, que também celebra os 60 anos de Brasília, reúne projetos criados pelos 14 escritórios de arquitetura e design de interiores participantes.

Entre os dias 03 de outubro e 20 de dezembro, o projeto Janelas CASACOR se espalha por diversas cidades do Brasil. O tema - a casa pós pandemia - segue o mesmo para todos os locais de exibição, mas cada cidade apresentará formatos e propostas diferenciadas e que valorizam as culturas locais. Ao todo, serão 10 estados participantes. Além de Brasília, Janelas CASACOR poderá ser visto na Bahia, no Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo (na capital e em Ribeirão Preto).

Sobre a CASACOR

Empresa do Grupo Abril, a CASACOR é reconhecida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento reúne, anualmente, renomados arquitetos, decoradores e paisagistas e em 2020 chega à sua 34ª edição em São Paulo, com 15 praças nacionais (Bahia, Brasília, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Ribeirão Preto), e mais quatro internacionais (Miami, Bolívia, Paraguai e Peru).

Mais Informações:

http://www.casacor.com

Facebook: http://www.facebook.com/casacoroficial

Instagram: @casacor_oficial/@casacor_sustentavel

MARCOS BERTOLDI ARQUITETOS & HABITAR A QUARENTENA

HABITAR A QUARENTENA

Sou um privilegiado. Minha profissão me permitiu trabalhar em casa. Passei a vida em home office, a novidade é o confinamento. Vivi grande parte da minha infância em casa e, ainda hoje, é o meu lugar de conforto, segurança e bem estar. Lugar onde preservo as minhas principais memórias, referências e encontros.

Quando comprei o meu primeiro laptop e passei a usá-lo para desenhar, me dei conta de que meu escritório seria onde estivesse. No ano de 2008, trouxe a atividade profissional para casa, inicialmente de maneira improvisada, com certo receio de que o escritório pudesse interferir na nossa rotina e privacidade. Rapidamente percebi que o tempo que eu economizava em deslocamentos, os custos de manutenção da antiga sede e a facilidade em ter o escritório próximo me recompensavam com sobras. Eventuais desvantagens de espaço e no recebimento de fornecedores e de clientes ainda deveriam ser testadas. Quando percebi que a situação não nos causaria nenhum embaraço, iniciei reformas e adaptações no térreo/subsolo da residência de modo a tornar os espaços mais agradáveis e salubres à nossa atividade.

Portanto, em tempos de SARS-CoV 2, estamos razoavelmente preparados, mental e fisicamente. Nossa equipe desmobilizou-se e todos agora trabalham de seus respectivos domicílios. Reuniões entre nós, clientes e fornecedores são feitas online, e têm se mostrado mais objetivas e igualmente eficazes.

O que virá de tudo isso não se sabe. “Fique em casa” é o novo mantra. Ainda lembraremos por muito tempo desta pandemia. O que vamos aprender – se é que aprenderemos algo, passado o susto – ainda é prematuro para se afirmar. Para alguns, nos tornaremos menos materialistas, desperdiçaremos e poluiremos menos, seremos mais solidários e cuidaremos melhor dos nossos entes queridos. A economia, finalmente, estará a serviço do homem – e não o contrário. Enfim, respeitaremos mais o planeta, a vida e o próximo. Assim espero.

P.S.: mesmo com o escritório acessível, bastando descer duas rampas, continuo trabalhando da sala da minha casa, onde tenho o nível necessário de introspecção e concentração.

GT Building Live do bem: Live com Ricardo Amorim, Clóvis Arns e diretores de incorporadoras imobiliárias irá debater cenário atual e ajudar no combate à pandemia

O movimento W/Move, da W/Investments e parceiros, irá contribuir com o projeto 'O amor Contagia', que beneficia hospitais, lares e asilos paranaenses

No dia 28 de julho (terça-feira), às 19h, o economista Ricardo Amorim se unirá ao presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Clóvis Arns da Cunha, e aos diretores da W/Investiments, GT Building, Laguna e AG7 em uma live nas redes sociais. O encontro tem o objetivo de discutir como a pandemia está impactando o mercado imobiliário, e também anunciar o projeto W/MOVE, que une as empresas citadas em prol de uma nobre atitude: beneficiar financeiramente hospitais, lares e asilos paranaenses por meio da campanha O Amor Contagia.

Rodrigo Mendes de Camargo, sócio-diretor da W/Investments e um dos idealizadores da W/Move, afirma que o movimento foi criado com a intenção de unir forças para contribuir com a sociedade pelos vieses da saúde e da economia. “Por conta da pandemia, muitas pessoas estão considerando que esses setores estão em lados opostos ou anulam um ao outro. No entanto, queremos mostrar que é possível existir um equilíbrio por meio de atitudes responsáveis e verdadeira contribuição social. Queremos estimular a economia, ajudar a saúde e contagiar o amor”, reflete.

A contribuição a qual Camargo se refere está diretamente ligada às empresas que fazem parte do projeto, que são: GT Building, Laguna e AG7. As incorporadoras imobiliárias se uniram ao W/MOVE e, por conta disso, irão doar parte dos valores das vendas de imóveis de todos os empreendimentos até o final de 2020 para o projeto O Amor Contagia. A W/Investments também irá doar uma porcentagem do faturamento. Durante a live, os espectadores também poderão fazer a sua parte.

O CEO da GT Building, Geninho Thomé, ressalta a importância da construção civil em toda a esfera econômica e aponta para a relevância de empresas de grande porte desse setor agirem em favor da sociedade. “A construção civil é uma área fundamental em âmbito econômico e social, pois é responsável pela geração de diversos empregos diretos e indiretos e, consequentemente, pelo mantimento de milhares de famílias. O impacto que o novo coronavírus vem causando é inegável, porém, o mercado imobiliário é uma potência que tem tido reflexos menos severos, o que comprova a força do setor”, reforça.

Thomé propõe que, nesse sentido, o movimento W/MOVE vem para demonstrar que é preciso movimentação, pró-atividade e comprometimento para contribuir efetivamente com a sociedade. “É com essa união de forças que conseguiremos promover, por meio da construção civil, o desenvolvimento de ações de saúde para conter a pandemia e estimular uma atuação mais justa e voltada àqueles que realmente precisam”, conclui.

Boas ações

Desde o início da pandemia, empresas de diversos segmentos têm doado bens materiais e financeiros para ajudar a conter as dificuldades que hospitais e projetos sociais estão enfrentando. A GT Building beneficiou a Santa Casa de Misericórdia de Curitiba com 200 mil reais que foram revertidos para a compra de novos respiradores e monitores. A AG7, por sua vez, está promovendo lives com vários especialistas para oferecer conhecimento e conteúdo durante o isolamento social.

De acordo com o site Monitor de Doações, que contabiliza semanalmente a quantidade de empresas e a valoração doada desde o início da pandemia no Brasil, mais de seis bilhões de reais beneficiaram diversas instituições por meio de mais de 400 mil empresas ou doadores individuais.

Serviço

Live Ricardo Amorim, Clóvis Arns Cunha e integrantes W/MOVE

Data: 28 de julho, terça-feira

Horário: 19h

Canal: YouTube da W/Investments, Facebook da W/Investments ou Instagram da W/Investments

Para saber mais e doar: W/MOVE

Para saber mais e doar: O Amor Contagia

Sobre a GT Building

A partir de um conceito inovador, aliado à tecnologia, modernidade, qualidade e diferentes projetos de vida, a GT Building faz parte do grupo GT Company, que desde 2017 empreende no setor imobiliário em Curitiba por meio da GT Invest. Com foco na construção de alta qualidade e na excleência por meio de ideias inovadoras guiadas pelas mãos dos líderes, a incorporadora chega como uma das maiores empresas do ramo no Paraná, com 20 empreendimentos em diferentes fases, entre eles o Denmark, Bosco Centrale, o Maison Alto da Glória e o Fly Top Life, em Londrina. Para saber mais, acesse: www.gtbuilding.com.br

Grupo solidário de arquitetos e designers já distribuiu 180 toneladas de alimentos em Curitiba e Região Metropolitana

Ao todo, a rede Somos + Arq. PR já distribuiu 180 toneladas de alimentos e 11.997 kits com itens de higiene, álcool gel e panfletos sobre o Covid-19.

Desde o início da pandemia, um grupo de arquitetos e designers de interiores tem mostrado que a união faz a força e a diferença. Chamado de “Somos + Arq. PR”, o grupo solidário que conta com mais de 200 profissionais e tem na liderança os arquitetos Jayme Bernardo, Elaine Zanon e Jorge Elmor se reúne semanalmente para fazer a distribuição de alimentos e kits de higiene para comunidades carentes de Curitiba e Região Metropolitana.

De abril até o último fim de semana, no dia 18 de julho, foram 180 toneladas de alimentos distribuídos e 11.997 kits entregues, com itens de higiene, álcool gel e panfletos com informações sobre o Covid-19. O grupo se reúne todos os sábados no estacionamento da loja parceira do projeto Florense Carlos de Carvalho, que gentilmente promove um café da manhã para os profissionais, antes da saída para as entregas.

Além da distribuição dos itens, os profissionais também se envolvem na produção de Álcool Gel, ação liderada pela arquiteta Caroline Bollmann em parceria com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Voluntários do grupo se reúnem semanalmente para ajudar a produzir, envazar e embalar o produto.

Segundo o arquiteto Jayme Bernardo, o grupo tem vivido uma experiência única com o projeto. “Fazer o bem é uma das maiores realizações que podemos ter. Estamos vendo na prática que a união faz a força e pode mudar a realidade de muitas famílias.”, comentou.

O projeto Somos + Arq. PR nasceu do grupo “Juntos Somos Mais Arquitetos”, que reúne arquitetos de São Paulo com o objetivo de angariar fundos, alimentos e itens de higiene para pessoas em situação vulnerável. A iniciativa se espalhou de forma rápida pelo Brasil e já conta com mais de 3800 envolvidos.

Os interessados em colaborar com o projeto, podem realizar depósitos de qualquer valor na conta conjunta: Bradesco (237), agência 5753 e conta corrente nº 20.861-2. O CPF para a transação é 462.689.369-49, do arquiteto Jayme Bernardo. As cestas básicas têm um custo médio de R$65, mas qualquer valor está sendo arrecadado. Para a doação do álcool líquido, para a produção do álcool gel, as empresas interessadas podem fazer contato com a arquiteta Caroline Bollmann pelo telefone (41) 99977-1943.

Sobre Somos + Arq. PR

O “Somos + Arq. PR” é uma rede de arquitetos e designers, liderados no Paraná por Jorge Elmor, Jayme Bernardo e Elaine Zanon, em uma ação nacional, buscando ajudar famílias carentes no período de pandemia. No Paraná, o grupo é formado por mais de 200 arquitetos e designers de todo o estado.

Somos + Arq. PR
Site: http://somosmaisparana.guimuller.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/pr.somosmais.arq/
Arrecadações:
Bradesco (237) | ag. 5753 | conta corrente 20.861-2 | CPF: 462.689.369-49

Ecodecor  Curitiba Norte

Na esquina da Ângelo Sampaio com Av. Candido Hartmann os empresários João Victor Boeng e Marcioney Godoy, inauguraram em junho mais uma franquia Ecodecor. É um show room  licenciado pela marca internacional Ecopaper onde o cliente,  que procura revestimentos de paredes,  se encanta com centenas de opções em texturas, cores e composições.

foto

A Ecodecor  Curitiba Norte apresenta o original Ecopaper, conhecido no mercado como  papel de parede líquido, além de tintas especiais e variados  revestimentos compostos por fragmentos de madeiras e pedras  para áreas externas residenciais ou comerciais.

foto 

Arquitetos, designers, construtores e clientes  encontram na  Ecodecor Curitiba Norte soluções para variados tipos de projetos que exijam  beleza, qualidade , atendimento técnico e o melhor custo benefício.

 foto

O Ecopaper original fascina a todos porque agrega inúmeros benefícios ambientais  à capacidade de transformar uma simples parede em um plano de fundo perfeito para as mais lindas soluções de decoração.

foto

O Ecopaper ou papel de parede líquido original é um revestimento a base de seda, algodão, madeira e substâncias extraídas da natureza. 
Criado em 1997, originário do leste europeu é hoje vendido em mais de 120 países. o Ecopaper original é comercializado no Brasil apenas através da rede de Lojas Ecodecor.

foto 

Ecopaper original possui mais de 300 opções de cores e estampas, e por ser um produto a base apenas  de materiais naturais, é seguro para saúde em qualquer ambiente onde é aplicado.
Não propaga chamas, não desbota, não deteriora e não descola. 

Foto

O Ecopaper original aplicado com a qualidade técnica da Ecodecor Curitiba Norte não apresenta emendas nem fissuras pois é o único e original Papel de Parede Líquido que possui certificados que comprovam seus benefícios e qualidades,  

Logomarca

ECODECOR CURITIBA NORTE 

Contato:  +55 41 99241-3351

AV.  Cândido Hartmann 380 -  Champagnhat- Mercês - Curitiba - PR

instagram/facebook:  @ecodecorcuritibanorte

Seg. a Sexta - 10:00/16:30h

Leilão de Design e Bazar de Moda do “Somos + Arq. PR” volta nesta semana com produtos pela metade do preço

Toda a renda adquirida continua sendo revertida para a compra de cestas básicas e itens de higiene.

Para participar, basta acessar o site: http://somosmaisparana.guimuller.com.br/ , fazer o cadastro, clicar em Leilão de Design ou Leilão de Moda e dar o lance. Desta vez, o leilão contará com lance único. Ao comprar a peça, o interessado deve entrar em contato com o responsável do produto para retirar o mesmo. No site não é preciso cadastrar os dados do cartão.

De abril até o último fim de semana, no dia 11 de julho, o grupo, composto por arquitetos e designers do Paraná, já distribuiu 170 toneladas de alimentos e 11.397 kits, com itens de higiene, álcool gel e panfletos com informações sobre o Covid-19 para comunidades de Curitiba e Região Metropolitana. Todos os sábados os profissionais se reúnem no estacionamento da loja parceira do projeto Florense Carlos de Carvalho, que gentilmente promove um café da manhã para os envolvidos na ação solidária, antes da saída para as entregas. Além da distribuição dos itens, o grupo também se envolve na produção de Álcool Gel, ação liderada pela arquiteta Caroline Bollmann em parceria com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Voluntários se reúnem semanalmente para ajudar a produzir, envazar e embalar o produto.

O projeto Somos + Arq. PR nasceu do grupo “Juntos Somos Mais Arquitetos”, que reúne arquitetos de São Paulo com o objetivo de angariar fundos, alimentos e itens de higiene para pessoas em situação vulnerável. A iniciativa se espalhou de forma rápida pelo Brasil e já conta com mais de 3800 envolvidos. No Paraná, a ação é liderada pelos arquitetos Jayme Bernardo, Elaine Zanon e Jorge Elmor.

Os interessados em colaborar, também podem realizar depósitos de qualquer valor na conta conjunta: Bradesco (237), agência 5753 e conta corrente nº 20.861-2. O CPF para a transação é 462.689.369-49, do arquiteto Jayme Bernardo. As cestas básicas têm um custo médio de R$65, mas qualquer valor está sendo arrecadado. Para a doação do álcool líquido, para a produção do álcool gel, as empresas interessadas podem fazer contato com a arquiteta Caroline Bollmann pelo telefone (41) 99977-1943.

Sobre Somos + Arq. PR

O “Somos + Arq. PR” é uma rede de arquitetos e designers, liderados no Paraná por Jorge Elmor, Jayme Bernardo e Elaine Zanon, em uma ação nacional, buscando ajudar famílias carentes no período de pandemia. No Paraná, o grupo é formado por mais de 200 arquitetos e designers de todo o estado.

Somos + Arq. PR
Site: http://somosmaisparana.guimuller.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/pr.somosmais.arq/
Arrecadações:
Bradesco (237) | ag. 5753 | conta corrente 20.861-2 | CPF: 462.689.369-49

Arquitetos curitibanos desenvolverão loja para o projeto LabModa, orientada para os novos conceitos de consumo, com a parceria do Pátio Batel

Já está mais que claro o papel da inovação em uma sociedade multifacetada e plural. A tecnologia tem criado novos contextos e parâmetros para a vida das pessoas. A inovação também afeta atividades econômicas tradicionais, como o comércio. Nos últimos anos, a expansão digital permitiu novas experiências de compra e venda. E em um mundo que ainda busca respostas sobre como será o futuro, um grupo de jovens arquitetos e urbanistas de Curitiba está criando opções para um novo modelo de consumo.

O desafio foi proposto pelo LABmoda, plataforma multicriativa que tem o propósito de divulgar a moda autoral do Brasil, em especial, da capital paranaense, cidade em que nasceu e se consolidou na última década. Mais que um evento de moda, o LABmoda é uma plataforma de lançamento de ideias, criando formas de intercâmbio de conhecimento e experiências em um espaço que alia a moda, arte e comércio.

Agora, o objetivo é desenvolver uma loja de moda autoral que sintetize aspectos de inovação, transformação digital e da realidade em um novo conceito de experiência para quem compra e vende. Esta tarefa será desenvolvida por um grupo de arquitetos incubados do Atelier 1901, de Curitiba, para o LABMODA STUDIO, nova proposta de loja física do LABmoda, em um projeto que tem a parceria do Pátio Batel, um dos shoppings mais modernos e contemporâneos da capital paranaense.

Assim como o LABmoda, a busca pela inovação e novas soluções criativas sempre foram pilares do Atelier 1901, uma incubadora para arquitetos e urbanistas recém-formados, buscando capacitá-los e auxiliá-los no desenvolvimento de suas carreiras. Modelo de negócio inédito, o Atelier 1901 ganhou forma no fim de 2019 a partir da concepção dos arquitetos Ismael Gustavo Zanardini e Thatiane Botto de Barros, sócios do Studio BaZa Arquitetura e Interiores.

Como hub de captação de projetos, o Atelier 1901 já desenvolveu soluções inovadoras para empreendimentos que estão sendo realizados em Curitiba. O desafio, desta vez, é pensar em um novo formato de varejo em shopping center, a partir do projeto do LABMODA STUDIO.

A ideia do projeto é integrar os espaços físico e digital em uma nova experiência de compra e venda de moda. Vitrine de novos talentos e inovações no cenário da moda autoral, o LABmoda sempre buscou, também, trazer soluções criativas para o público. Em conjunto com o Pátio Batel, o LABmoda expandiu seus conceitos ao longo dos anos de parceria, deixando de ser apenas um evento de moda anual, para criar novas experiências de consumo e de relacionamento entre criadores e público.

Neste ano, o desafio é repensar a moda e o varejo em um contexto de transformação. “O nosso propósito é criar um novo conceito de loja física, buscando alternativas tecnológicas e seguras que se adaptem a uma nova realidade de consumo”, conta Rafael Perry, idealizador do LABmoda.

A parceria do Pátio Batel com o LABmoda vem desde 2015, e já contou com três edições realizadas no shopping, com o objetivo de valorizar e estimular a economia local e o consumo consciente, além de incentivar a economia vertical, permitindo que os criadores se aproximem dos consumidores finais.

“O Patio Batel acredita no potencial criativo de projetos como o LABModa e iniciativas como a do Atelier 1901. Desde 2015, apoia o LABModa, valorizando a moda autoral e oferecendo a elas uma vitrine lado a lado a grandes marcas nacionais e internacionais. Esta é uma forma de contribuímos para o aquecimento da economia local, formando potenciais novos lojistas e também profissionais para o segmento do varejo. Nesse ano, o projeto ganhou ainda mais capilaridade com a entrada do Atelier 1901, expandindo o trabalho para dar visibilidade a jovens talentos do segmento de arquitetura”, afirma Mariane Kucinski Caponi, gerente de marketing e relacionamento do Pátio Batel.

LABMODA STUDIO

Como um ambiente conceitual, o LABMODA STUDIO será um projeto pioneiro. O processo de desenvolvimento da nova loja de moda autoral será selecionado por uma banca que avaliará as propostas apresentadas pelos arquitetos incubados do Atelier 1901, na terceira etapa do processo que inclui, ainda, uma parte de pesquisa e um hackathon, uma modalidade de competição interna para a criação das melhores ideias para o projeto. A melhor proposta será selecionada para execução do novo espaço em uma talk ao vivo, no dia 30 de julho.

Em meio às etapas de desenvolvimento, o Pátio Batel e o LABmoda trarão uma programação especial de talks e lives sobre moda, arquitetura e o cenário do futuro. A série de conversas, chamadas de LabTalks, teve início na terça-feira, dia 7 de julho, com um bate-papo entre os idealizadores do projeto, Rafael Perry, do LABmoda, Ismael Zanardini, do Atelier 1901, e Fernando Bonamico, superintendente do Pátio Batel, com a mediação da jornalista de moda Dani Brito.

Todas as LabTalks serão exibidas pelo canal do Pátio Batel no YouTube (https://www.youtube.com/user/patiobatel). A programação completa está abaixo. Para conferir a primeira conversa que marcou o lançamento do LABMODA STUDIO, basta acessar o link https://youtu.be/9lZUqmrV0Ac.

A programação também estará disponível nos perfis do LABmoda (@lab.moda), do Pátio Batel (@patiobatel) e do Atelier 1901 (@atelier.1901) no Instagram.

NOVO CONTEXTO

Na percepção de Ismael Zanardini, idealizador do Atelier 1901, o varejo tradicional tem passado por um processo de transformação desde a chegada da internet, que possibilitou outras experiências de compra e venda, para além loja física. O atual cenário de isolamento só acentuou a velocidade deste processo. “Mas isso não inviabiliza o comércio como conhecemos. Pelo contrário, amplia as suas possibilidades. Neste novo contexto, a loja física vai unir o real e o digital de uma forma que possa atender novos padrões de consumo”, considera.

Como uma plataforma multicriativa, o LABmoda sempre lançou propostas singulares, antecipando tendências, buscando a inovação e trazendo a moda autoral para perto das pessoas. “E nunca foi tão importante falar da moda autoral como agora. Em um mundo em que as formas de nos relacionarmos estão mudando, valorizar o produto local ganha mais relevância. Além de ser caracterizada por aspectos como personalização, exclusividade e inovação, a moda autoral pode também ser acessível em um ambiente que sintetize as novas possibilidades do varejo”, avalia Perry.

SERVIÇO

LABMODA STUDIO

Iniciativa do LABmoda em parceria com o Pátio Batel e o Atelier 1901

LabTalks - Programação

Lançamento do projeto disponível em https://youtu.be/9lZUqmrV0Ac

Próximas talks no canal do Pátio Batel no YouTube (https://www.youtube.com/user/patiobatel):

09 de julho | 17h

Como será a loja do futuro que precisamos pra ontem?

Mesa: Cristian Resende, Cartel 011 | Pati Backes, Coletiza | Aline Bussi, AABDMODA

Mediação: Dani Brito

14 de julho | 17h

Áreas expositivas e espaços interativos para moda

Mesa: Renata Maximiano, ICX Labs | Gabriela Bettega, Diretora - MUPA | Richard Romanini, Diretor artístico - MUPA | Ismael Zanardini, Atelier 1901

Mediação: Dani Brito

16 de julho | 17h

Como a cenografia pode contribuir para a experiência do cliente?

Mesa: Felipe Guerra | Ismael Zanardini, Atelier 1901 | Shawendy Ceschin, Chroma Garden

Mediação: Dani Brito

23 de julho| 17h

Como fazer um evento se não podemos "aglomerar" pessoas?

Mesa: André Hidalgo, Casa de Criadores | Rafael Perry, LABmoda | Aline Bussi, AABDMODA

Mediação: Dani Brito

30 de julho| 17h

Pitch ao vivo - escolha do projeto vencedor

Mesa: Banca de avaliação | Arquitetos residentes, Atelier 1901

Mediação: Dani Brito

Bazar de Moda Beneficente do Somos + Arq. PR, em parceria com os shoppings, arrecada mais de R$39 mil

O bazar contou com a participação das lojas do Shopping Mueller, ParkShoppingBarigui e Pátio Batel, que doaram peças para serem leiloadas, além de lojas de rua e designers autorais locais. Todo o valor arrecadado será destinado para a compra de cestas básicas.

A rede “Somos + Arq. PR” irá expandir ainda mais sua atuação na cidade com a nova arrecadação. Em parceria com o Shopping Mueller, ParkShoppingBarigui e Pátio Batel, o grupo promoveu um Bazar de Moda Beneficente online que contou com peças doadas pelas lojas parceiras, além de lojas de rua e designers autorais locais, e arrecadou R$39.754,20. Todo o valor adquirido será destinado para a compra de mais de 900 cestas básicas.

Semanalmente, o grupo de arquitetos e designers se reúne para fazer a entrega de alimentos e kits de higiene para as comunidades de Curitiba e Região Metropolitana. Desde o início do projeto, já foram distribuídas 163 toneladas de alimentos, sendo 10.927 kits entregues, entre cestas básicas, itens de higiene, máscaras, álcool gel e panfletos informativos sobre o Covid-19.

De acordo com o arquiteto Jayme Bernardo, à frente do projeto no Paraná, o resultado do bazar de moda trará um impacto muito grande e importante para a cidade. “Com esse valor vamos conseguir ajudar mais de 4 mil pessoas. Agradecemos a todos que se engajaram nessa causa e ajudaram de alguma forma a fazer a diferença na vida de quem mais precisa. Juntos podemos ir mais longe e é o que estamos fazendo”.

Os interessados em colaborar com a ação, também podem realizar depósitos de qualquer valor na conta conjunta: Bradesco (237), agência 5753 e conta corrente nº 20.861-2. O CPF para a transação é 462.689.369-49, do arquiteto Jayme Bernardo. As cestas básicas têm um custo médio de R$65, mas qualquer valor está sendo arrecadado.

Sobre Somos + Arq. PR

O “Somos + Arq. PR” é uma rede de arquitetos e designers, liderados no Paraná por Jorge Elmor, Jayme Bernardo e Elaine Zanon, em uma ação nacional, buscando ajudar famílias carentes no período de pandemia. No Paraná, o grupo é formado por mais de 200 arquitetos e designers de todo o estado.

Somos + Arq. PR
Site: http://somosmaisparana.guimuller.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/pr.somosmais.arq/
Arrecadações:
Bradesco (237) | ag. 5753 | conta corrente 20.861-2 | CPF: 462.689.369-49

Sala presidencial apresenta conceito de formalidade diferenciado, em projeto com a parceria da Florense Carlos de Carvalho

Sala presidencial com 200m² apresenta cozinha, dois livings e escritório totalmente integrados e com mobiliário da Florense Carlos de Carvalho

Para atender a demanda de um projeto empresarial, que na sua essência já desenvolve atividades exclusivas, os profissionais Ciro Scheraiber e Felipe Saia desenvolveram o conceito da empresa também na arquitetura. O resultado deu origem a uma sala presidencial com 200m², que integra dois livings, um escritório, uma sala de reunião e uma cozinha. Esse ambiente foi a proposta para um projeto sofisticado e aconchegante para o cliente, mas que não perdesse a formalidade do ambiente.

Localizado em uma área nobre de Curitiba (PR), próximo ao tradicional Parque Barigui da capital, o escritório da clínica de recalibração interdimensional está localizado na cobertura do edifício, e contempla 400m². “Criamos um espaço sério, mas com o aconchego de um lar, com espaços sofisticados, mas sem a rigidez do ambiente presidencial, e, principalmente, um local que transmitisse a essência em cada pedacinho. O conceito da clínica envolve procedimentos abstratos, mas que tridimensionalizamos para o design de interiores”, relata o arquiteto Felipe Saia.

Em um ano de obra, o escritório precisou criar um ambiente moderno, que revelasse através da arquitetura as mesmas características da empresa: inovadora e elegante. “Fizemos uma proposta que envolveu a modernidade nos detalhes e nos sistemas construtivos e a sofisticação deixamos para os móveis e painéis”, acrescenta Saia. Para que o projeto atendesse a demanda do cliente, foram utilizados o mobiliário high end da Florense, da loja da Carlos de Carvalho, em Curitiba (PR). A marca italiana desenvolveu o balcão do escritório e os móveis da cozinha com o acabamento High Gloss Branco, Laminado BP Grafite e destaque para as portas de vidro Pitanga. “Tivemos um grande prazer em ter a Florense executando esse sonho conosco. Nos auxiliaram muito no desenvolvimento dos sistemas construtivos e executaram perfeitamente o que nós e os nossos clientes havíamos planejado”, acrescenta o arquiteto.

Para integrar os ambientes, os arquitetos utilizaram a madeira, tanto nos pisos, quanto nas paredes e tetos, acrescentando conforto ao ambiente. Um dos destaques do escritório, foi o uso de trilhos e canaletas pretas no forro, para a iluminação. “Essa solução veio para destacar a linguagem moderna da empresa, contrastando com os revestimentos de madeira mais tradicionais”, diz Felipe. Além disso, o projeto de automação desenvolveu 90 pontos de iluminação independentes, para criar diversas cenas na sala da presidência. É nesse ambiente, que os arquitetos também criaram um pergolado de 60m², para embutir o sistema de iluminação e criar uma atmosfera mais acolhedora.

Além da sala presidencial, os arquitetos desenvolveram o restante do escritório, que conta com mais salas administrativas e outra cozinha para os colaboradores. Nesses ambientes, que completam os outros 200m² da clínica, a Florense Carlos de Carvalho também desenvolveu o mobiliário fixo, para a dupla de arquitetos que é parceira da loja.

Sobre a Florense Carlos de Carvalho

A Florense Carlos de Carvalho está no mercado de luxo curitibano há 32 anos. É referência em mobiliário high end, design e arquitetura com peças exclusivas e com acabamentos diferenciados. A franquia é uma empresa brasileira com raízes italianas, design internacional e processos produtivos ecologicamente corretos, onde tecnologia de ponta e trabalho artesanal (fatto a mano) vibram na mesma sintonia para gerar móveis de finíssimo acabamento. Com uma marca autoral, que domina todos os processos industriais e opera pelo sistema custom made, personaliza cada projeto como uma grande marcenaria fina, com flexibilidade de medidas, variedade de materiais nobres e centenas de padrões de acabamentos.

Serviço
Florense Carlos de Carvalho
Endereço: Alameda Carlos de Carvalho, 1301, Batel – Curitiba (PR)
Telefone: 3013-1010
Site: www.florense.com
Instagram: @florensecarlosdecarvalho

“Somos + Arq. PR” promove campanha do agasalho e arrecada roupas de frio para as comunidades

As doações podem ser depositadas nas urnas de coleta distribuídas nas lojas participantes da ação até o dia 27 de junho.

O projeto social “Somos + Arq. PR”, que reúne arquitetos e designers do Paraná em prol da contribuição e doação de alimentos e itens de kits de higiene para comunidades, está com mais uma iniciativa para ajudar a quem precisa: a campanha do agasalho “Aquecendo Vidas”. Junto com a rede, diversas lojas associadas ao Núcleo Paranaense de Decoração e Ponto de Apoio abraçaram a causa e participam da ação com o intuito de aquecer os dias frios de quem mais precisa.

Para participar, os interessados podem ajudar doando roupas masculinas, femininas e infantis que podem ser depositadas nas urnas de coleta distribuídas nas lojas participantes da ação. Entre as lojas estão a Florense Carlos de Carvalho, a Cosy Home, a Osklen e a VR. Para conferir todos os endereços participantes, basta acessar o link: goo.gl/maps/Mmaqy4UDRLQsosCRA.

A campanha vai até o dia 27 de junho e as roupas serão distribuídas nas comunidades de Curitiba e Região Metropolitana.

Desde o início do projeto social, a rede “Somos + Arq PR” já ajudou mais de 30 mil pessoas com a doação de 123,6 toneladas de alimentos e 9.337 kits de higiene/limpeza. Para o mês de junho, a meta é ajudar mais 4 mil famílias. Os interessados em colaborar com a ação, também podem realizar depósitos de qualquer valor na conta conjunta: Bradesco (237), agência 5753 e conta corrente nº 20.861-2. O CPF para a transação é 462.689.369-49, do arquiteto Jayme Bernardo. As cestas básicas têm um custo médio de R$65, mas qualquer valor está sendo arrecadado.

Sobre Somos + Arq. PR

O “Somos + Arq. PR” é uma rede de arquitetos e designers, liderados no Paraná por Jorge Elmor, Jayme Bernardo e Elaine Zanon, em uma ação nacional, buscando ajudar famílias carentes no período de pandemia. No Paraná, o grupo é formado por mais de 200 arquitetos e designers de todo o estado.

Somos + Arq. PR
Site: http://somosmaisparana.guimuller.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/pr.somosmais.arq/
Arrecadações:
Bradesco (237) | ag. 5753 | conta corrente 20.861-2 | CPF: 462.689.369-49

Leilão virtual beneficente do “Somos + Arq. PR” ganha mais uma semana com lances iniciais 40% abaixo do mercado

Os interessados podem participar até o dia 07/06, domingo, e contribuir com o projeto social que já ajudou mais de 30 mil pessoas de comunidades de Curitiba e Região Metropolitana.

O leilão virtual beneficente do projeto social “Somos + Arq. PR” foi prorrogado até o próximo domingo (07/06). Os interessados em participar podem adquirir peças de arte com lances iniciais 40% abaixo do mercado. 100% da renda adquirida será revertida para a arrecadação de fundos para a compra de cestas básicas e itens de higiene.

Para participar, basta acessar o site: http://somosmaisparana.guimuller.com.br/leilao-solidario/ , fazer o cadastro, escolher uma categoria – Galeria, Design assinado ou Decor – e dar o lance. No site não é preciso cadastrar os dados do cartão. No final do período do leilão, se o interessado arrematou a peça, deve entrar em contato com o responsável da peça para retirar a mesma.

Todo o valor arrecadado com o leilão será revertido para o projeto. Desde o início da ação no Paraná, em oito semanas, foram arrecadados mais de R$400 mil reais, 123,6 toneladas de alimentos, 8.337 kits de higiene/limpeza ajudando mais de 30 mil pessoas. O total angariado foi destinado a moradores de mais de 60 comunidades de Curitiba e Região Metropolitana, como Araucária, Piraquara, Colombo e Campo Magro. Os encontros acontecem semanalmente no estacionamento do parceiro do projeto a Florense Carlos de Carvalho que gentilmente antes da saída do grupo para as comunidades carentes recebe um café da manhã da loja.

Além das entregas dos itens, outra frente de atuação do grupo é a ação do Álcool Gel liderada pela arquiteta Caroline Bollmann em parceria com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Voluntários do grupo se reúnem semanalmente para ajudar a produzir, envazar e embalar álcool gel. Segundo a arquiteta, esse é mais uma frente para salvar vidas que muitas vezes não tem onde lavar as mãos. “Temos dados todas as orientações necessárias para eles e nossa meta é continuar fazendo essa produção e entregando muito mais. O que mais precisamos a cada semana são de parceiros para a compra do álcool líquido, para a produção do álcool gel”.

Para o mês de junho, a meta do grupo “Somos + Arq PR” é ajudar mais 4 mil famílias. Os interessados em colaborar com a ação, também podem realizar depósitos de qualquer valor na conta conjunta que está no nome dos três arquitetos: Bradesco (237), agência 5753 e conta corrente nº 20.861-2. O CPF para a transação é 462.689.369-49, do arquiteto Jayme Bernardo. As cestas básicas têm um custo médio de R$65, mas qualquer valor está sendo arrecadado. Para a doação do álcool líquido, para a produção do álcool gel, as empresas interessadas podem fazer contato com a arquiteta Caroline Bollmann pelo telefone (41) 99977-1943.

Sobre Somos + Arq. PR

O “Somos + Arq. PR” é uma rede de arquitetos e designers, liderados no Paraná por Jorge Elmor, Jayme Bernardo e Elaine Zanon, em uma ação nacional, buscando ajudar famílias carentes no período de pandemia. No Paraná, o grupo é formado por mais de 200 arquitetos e designers de todo o estado.

Somos + Arq. PR
Site: http://somosmaisparana.guimuller.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/pr.somosmais.arq/
Arrecadações:
Bradesco (237) | ag. 5753 | conta corrente 20.861-2 | CPF: 462.689.369-49